Pular para o conteúdo
15/08/2020 07:15:57 - Farroupilha / RS
Acessibilidade
Atualizado em 8 de julho de 2020

Vereadores rejeitam projeto que previa reforma administrativa

Por nove votos a dois o Projeto de Lei 026/2020 do Executivo Municipal foi rejeitado no Parlamento. A proposição apresentava uma reestruturação administrativa através da incorporação de Secretarias Municipais e extinção de determinados cargos de chefia.

As mudanças propostas no PL pela administração municipal já ocorrem de forma interina. O expediente das pastas de Meio Ambiente; Esporte e Lazer e Desenvolvimento Econômico estão atuando, respectivamente, juntos com as Secretarias de Planejamento; Turismo e Cultura; e Obras.

Conforme o vereador Líder de Governo, Fabiano Piccoli, a incorporação não impactou na produtividade do serviços públicos oferecidos, vindo a otimizar no enxugamento da máquina pública. Os cargos previstos no PL 026/2020 para serem extintos também não estão sendo ocupados no momento.

Os parlamentares oposicionistas ao projeto entendem não haver a necessidade desta Lei para que o chefe do Executivo siga aplicando suas estratégias de Governo, vindo a mudança impactar efetivamente na próxima Legislatura.

A Sessão foi acompanhada pelo prefeito Pedro Pedrozo.

 

Votos contrários: Arielson Arsego, Deivid Argenta, Eleonora Broilo, Jonas Tomazini, Jorge Cenci, José Mario Bellaver, Josué Paese Filho, Tadeu Salib dos Santos, Thiago Brunet;

Votos favoráveis: Fabiano Piccoli e Maria da Glória Menegotto.