Pular para o conteúdo
27/11/2020 06:15:08 - Farroupilha / RS
Acessibilidade
Atualizado em 28 de abril de 2020

SMED busca amenizar danos causados por suspensão de aulas

Presente na Sessão, o secretário Municipal de Educação, professor Vinicius Grazziotin de Cezaro apresentou aos vereadores as diretrizes adotadas pela Rede de Ensino Municipal, durante a crise de saúde pública, exposta pela covid 19.

Com as aulas suspensas, estudantes permanecem em casa, gerando um novo planejamento estratégico à Secretaria a respeito do calendário escolar, merendas, transportes, manutenção de contratos e atividades a serem desenvolvidas com os jovens durante este período.

O secretário explica que as medidas adotadas pela Pasta vão ao encontro das decisões do Governo do RS.

Enquanto seguem suspensas as aulas, a Secretaria Municipal de Educação (SMED) providencia merendas escolares aos estudantes; ao todo, já foram distribuídos 1.070 lanches aos jovens da rede Municipal. E, como forma de manter o hábito do estudo nos jovens, disponibilizou-se uma plataforma digital de atividades.

Questionado pelos vereadores sobre possíveis incentivos às entidades ligadas a educação, como escolas de contra turno privadas, motoristas de vans escolares ou professores de contratação emergencial; o secretário informou estar buscando o auxílio mais adequado a esses setores, dentro do enquadramento jurídico de cada situação.

Na tarde desta terça-feira, o governador Eduardo Leite prorrogou a suspensão das aulas, que até então estavam previstas para iniciar em 04 de maio. Não há previsão de volta. A Secretaria de Educação de Farroupilha estuda antecipar as férias de julho dos estudantes para este período de suspensão, a fins de minimizar os prejuízos no calendário escolar.