Pular para o conteúdo
17/04/2024 08:35:27 - Farroupilha / RS
Acessibilidade
Atualizado em 26 de julho de 2023

Legislativo aprova 19 novos nomes para as rua de Farroupilha

A principal pauta da Sessão Ordem do Dia desta terça-feira na Câmara de Vereadores foi o Projeto de Lei 029/2023, o qual aprova a denominação de nomes de rua da cidade. A proposição conta com 19 nomes de pessoas que possuem relação com o município.

As homenagens póstumas foram oportunizadas através da indicação dos vereadores, e pela autorização dos familiares. Com isso, a Administração Pública poderá ocupar as novas ruas, ou as vias rurais quando urbanizadas com esses nomes.

Nomes aprovados: 

Adilva Roncatto: Pioneira no município a trabalhar em empresas, por 20 anos atuou na revenda Ford e outros 25 anos na mecânica Barbieri.

Alvina Zucolotto: Disposta aos trabalhos comunitários, foi a primeira coordenadora das capelinhas de São Vicente Mártir, 4º Distrito, cargo de zeladora das capelinhas que exerceu por 45 anos.

Angelo Ariotti: Responsável pela criação da suseção da OAB de Farroupilha, referência no escotismo da cidade, onde sua forma de agir proporcionou atuar no serviço público nas décadas de 80 e 90.

Antonio Foresti: Morador de São Marcos, 1º Distrito, foi um dos construtores da Igreja da comunidade, a mesma que dirigiu trabalhos, com a arrecadação e distribuição de donativos.

Catarina Corrêa do Nascimento: Servidora Municipal dedicou-se junto a Secretaria de Educação, Museu Casa de Pedra e Colégio Cinquentenário.

Edgar Antonio Veiga de Castro: Sócio proprietário do laboratório Pró-Análise, desenvolveu serviços de qualidade por 37 anos aos cidadãos farroupilhenses.

Filippo Faguerazzi: Residente de Linha Jansen, através da política desenvolveu a sua localidade. Empresário, fundou a primeira usina hidrelétrica da cidade em 1926.

Ida Benvenutti: Fundadora da Malharia Paniz, recebeu os títulos de Mulher Destaque e Cidadã Honorífica do Município em 2013. Colaboradora dos eventos municipais, participou na primeira Fenakiwi.

Iris Terezinha Rosanelli: Ligada no setor de malhas, atuou como bordadeira e vendedora. Em prol do município desenvolveu aulas de bordado voluntariamente.

João Antônio Letti: Médico, foi um dos pioneiros da medicina na região. Atuou na Direção Geral do Hospital São Carlos e um dos fundadores da Unimed-NE.

João Tonini: Auxiliava a Prefeitura nas obras que eram realizadas na comunidade de Linha Jacinto. Doou terras para construção da Igreja  de São José, Linha República.

José Pretto: Agricultor, desenvolveu a região através da produção rural no início de 1900, tendo residência na região do 4º Distrito, onde tornou-se sócio da Cooperativa Emboaba.

Júlio Alexandre Piccoli: Professor de Educação Física, desenvolveu sua profissão por 30 anos através das escolas CNEC, Nossa Senhora de Lourdes, Apae e DMD.

Juvelino Angelo de Bortoli: vereador por três mandatos, presidente da Câmara Municipal e líder sindical, contribuiu 40 anos entre a atuação pública e sindical.

Mariazinha Elizabet Mantovani Pandolfi: Natural de Vila Jansen, quando jovem atuou junto a Cooperativa São João, a qual tem como um de seus fundadores seu avô. Quando casada, dedicou-se a família e ao trabalho de costureira.

Narciso Bet: Imigrante, encontrou em Farroupilha sua residência. Auxiliou no desenvolvimento e criação do bairro Medianeira.

Pedro Ferrari Neto: Motorista de ônibus, era morador do bairro São José, onde buscava auxiliar nas atividades desenvolvidas pela comunidade do bairro.

Plínio Tonet: Agricultor de Linha São Miguel, recebeu o Título de Agricultor Destaque em 2007 por sua produção viti-vinicola. Na comunidade auxiliou na ampliação do sinal telefônico, cemitério, asfaltamento e outras infraestruturas.

Santo Zatti: Conhecido pela comunidade por sua atenção e profissionalismo, atuou como borracheiro por 30 anos.

 

Programação