Pular para o conteúdo
27/11/2021 18:26:05 - Farroupilha / RS
Acessibilidade
Atualizado em 4 de novembro de 2021

Executivo esclarece orçamento para 2022 em audiência pública

Por intermédio da Comissão de Orçamento, Finanças e Contas Públicas, a Câmara Municipal realizou na noite desta quarta-feira a Audiência Pública das Leis Orçamentárias para 2022. O tema foi apresentado pela Secretaria Municipal de Finanças, representada pelo secretário Plinio Balbinot e o contador Adriano Toigo.

Estimado em 363 milhões, o orçamento de Farroupilha divide-se em três grupos: R$ 3.9 milhões para o Legislativo Municipal, R$ 57 milhões para o Fundo de Previdência do Município e R$ 302 milhões para a administração pública.  Conforme Demonstrativo de Receita por Secretaria, a pasta de Educação será a mantenedora da maior fatia dos recursos, com R$ 106 milhões, seguida por Finanças com R$ 74.5 mi e Saúde com R$ 71.7 – juntas correspondem  há 70% dos recursos disponíveis.

Entre os diversos desmembramentos, que são realocados em Secretarias Municipais e prestadoras de serviços, Balbinot aponta o aumento significativo de recursos para as pastas de Habitação e Agricultura, que em 2021 aplicou-se R$ 8.4 mi e R$ 6.1 mi respectivamente; e para 2022 os recursos passarão a ser de R$ 14.7 mi à Habitação e R$ 10.2 mi para a Agricultura.

No espaço de manifestação, o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Diego Tormes, alerta sobre as dificuldades da classe diante o congelamento de gastos com o funcionalismo público, decretado pelo Governo Federal, e solicita aos vereadores que não diminuam percentuais expostos na estimativa no que refere-se aos servidores.

Presidindo a Comissão de Finanças, vereador Roque Severgnini conclui a Audiência expondo o mecanismo de manifestação virtual, disponível pela Câmara Municipal até sábado, dia 06/11, onde as manifestações registradas serão submetidas a análise da Comissão Parlamentar.