Pular para o conteúdo
17/10/2021 08:40:49 - Farroupilha / RS
Acessibilidade
Atualizado em 21 de setembro de 2020

Câmara expõe contrariedade ao aumento na tarifa de energia

Em vigor desde julho, a taxa de energia elétrica nas tarifas da RGE sofreu um aumento médio de 6%. A medida foi aprovada pela Agência Nacional de regulação da Energia Elétrica, a Aneel, em junho. O aumento levou em conta a alta do dólar e pelos custos de aquisição de energia, conforme atesta em nota a RGE.

Motivo de reclamação por parte da comunidade, a Câmara Municipal emitiu uma Moção de Repúdio a medida adotada pela Agência Nacional em meio a pandemia causada pelo covid-19, a qual resulta em uma crise econômica nacional.

Apesar de estar em vigor a cerca de 90 dias, o impacto do aumento é percebido neste momento, em que usa-se mais energia para manter as residências aquecidas no inverno e há uma maior permanência das famílias em seus domicílios, conforme explica o autor do requerimento, vereador Sedinei Catafesta.

A proposição aprovada por unanimidade, solicita a revisão do reajuste por parte da Aneel, levando em conta o cenário econômico brasileiro, bem como o período de maior exigência da energia elétrica pelo gaúcho.