Pular para o conteúdo
21/09/2021 11:49:52 - Farroupilha / RS
Acessibilidade
Atualizado em 21 de junho de 2021

Através do grafeno UCS acelera o mercado de nanotecnologia

Em sessão Plenária, a Câmara de Vereadores recebeu na noite desta segunda-feira a Universidade de Caxias do Sul, representada pelo reitor Evaldo Kuiava e pelo professor Diego Piazza. A presença ocorreu por convite da Casa, através de requerimento do vereador Roque Severgnini, a fim de que a Instituição de ensino explanasse sobre o projeto UCSGraphene.

Oriundo do carbono, o grafeno é um componente utilizado atualmente por equipamentos de nanotecnologia, como telas de celulares, peças de processamento e arquivamento de dados, baterias; podendo agir também no processo de filtração da água. O material é considerado o mais leve, fino e resistente do mundo, e suas aplicações permitirão desenvolver produtos com alta resistência e baixo impacto ambiental.

Em operação desde abril de 2020, a UCSGraphene é uma planta de produção instalada no Parque de Ciências Tecnologia e Inovação da Universidade, o qual desenvolve os estudos e o composto para as empresas privadas parceiras do Projeto.

Atualmente, conforme o professor, o projeto possui um processo nacional, desde os insumos até o resultado final. A ação conta com cerca de 130 empresas, dessas, 7% são gaúchas.  Com uma produção de 500kg/ano de grafeno, a Universidade planeja alcançar  5 mil kg/ano.

Com base nos esclarecimentos, os parlamentares, buscarão juntamente com o Executivo Municipal e entidades de classe apoiar o fomento de novos parceiros ao Projeto, a fim de referenciar o município como um polo de desenvolvimento tecnológico.