Pular para o conteúdo
21/04/2021 21:00:15 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Projeto 015/2021 – Dispõe sobre a utilização de espaços da cidade para a arte do grafite e dá outras providências.

 05/02/2021: Protocolado

08/02/2021: encaminhado para as comissões

09/03/2021: emenda 001/2021

23/03/2021: Retirado

 

PROJETO DE LEI DO LEGISLATIVO Nº 015/2021

 

 

O VEREADOR signatário, no uso das atribuições que lhe confere a Lei Orgânica, apresenta o seguinte:

 

 

PROJETO DE LEI

 

 

Dispõe sobre a utilização de espaços da cidade para a arte do grafite e dá outras providências.

 

 

Art. 1º Fica reconhecida a prática do grafite como manifestação artística de valor cultural, sem conteúdo publicitário, realizada com o objetivo de valorizar o patrimônio público ou privado, desde que autorizada por estes.

 

Parágrafo único. O grafite, resultado da prática prevista no caput, não é considerado anúncio.

 

Art. 2º Poderão ser utilizados os seguintes espaços públicos ou privados para a prática do grafite, mediante autorização prévia do Poder Público Municipal ou do proprietário do imóvel:

 

I – postes;

 

II – colunas;

 

III – obras de artes viárias;

 

IV – túneis;

 

V – muros;

 

VI – paredes cegas;

 

VII – tapumes de obras;

 

VIII – skateparks;

 

IX – quadras de prática esportiva;

 

X – paradas de ônibus.

 

Parágrafo único. Quando o espaço se tratar de bem culturalmente protegido, será necessário apresentar documento de aprovação emitido pelo órgão público responsável para que a prática do grafite fique autorizada.

 

Art. 3º A intervenção artística não poderá fazer referências a marcas ou produtos comerciais, nem conter referências ou mensagens de cunho pornográfico, racista, preconceituoso, ilegal ou ofensivo a minorias, grupos religiosos, étnicos ou culturais.

 

Art. 4° Uma vez realizada a intervenção artística, desde que respeitado o disposto nesta Lei, fica vedada qualquer ação que danifique a obra, em especial o seu apagamento.

 

Parágrafo único. Quando o dano for feito pela Administração Pública Municipal direta ou indireta, ou por entidade privada prestadora de serviço público, os artistas deverão ser ressarcidos de seus prejuízos, e a obra deverá ser refeita.

 

Art. 5° Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação.

 

 

Gabinete parlamentar, 09 de fevereiro de 2021

 

 

Juliano Luiz Baumgarten

Vereador Bancada PSB

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

JUSTIFICATIVA

 

 

Senhor Presidente,

Senhores Vereadores,

 

 

A arte do grafite é uma forma de manifestação artística em espaços públicos. A definição mais popular diz que o grafite é um tipo de inscrição feita em paredes. Existem relatos e vestígios dessa arte desde o Império Romano. Seu aparecimento na Idade Contemporânea se deu na década de 1970, em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Alguns jovens começaram a deixar suas marcas nas paredes da cidade e, algum tempo depois, essas marcas evoluíram com técnicas e desenhos.

O grafite está ligado diretamente a vários movimentos, em especial ao Hip Hop. Para esse movimento, o grafite é a forma de expressar toda a opressão que a humanidade vive, principalmente os menos favorecidos, ou seja, o grafite reflete a realidade das ruas.

O grafite foi introduzido no Brasil no final da década de 1970, em São Paulo. Os brasileiros não se contentaram com o grafite norte-americano, então começaram a incrementar a arte com um toque brasileiro. O estilo do grafite brasileiro é reconhecido entre os melhores de todo o mundo.

Há tempos os grafiteiros, verdadeiros “artivistas culturais”, lutam para que sua arte seja reconhecida. Para muitos o grafite é visto como arte democrática e humanizadora, pois os desenhos ficam expostos, mudando a paisagem da cidade.

É papel do Estado garantir o acesso à cultura, como direito de cidadania. Para tanto, é necessário ter recursos orçamentários, estrutura e sensibilidade para captar as demandas existentes na sociedade e viabilizar ações correspondentes.

Este projeto de lei visa solucionar alguns dos problemas que marcam a rotina de quem faz arte na cidade, uma vez que gastam energia em busca de uma autorização para fazer seu grafite e depois as mesmas são apagadas sem maiores explicações.

 

Gabinete parlamentar, 09 de janeiro de 2021

 

 

Juliano Luiz Baumgarten

Vereador Bancada PSB