Pular para o conteúdo
13/07/2024 09:29:44 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 4354 – 18/03/2024 – Mulher farroupilhense

SESSÃO SOLENE

 

 

Presidência: Sr. Calebe Coelho.

As 18h o senhor vice-presidente vereador Calebe Coelho assume a direção dos trabalhos. Presentes os seguintes vereadores: Clarice Baú, Cleonir Roque Severgnini, Cristiane Pereira de Lima, Eleonora Peters Broilo, Felipe Maioli, Fernanda Martins Correa, Gilberto do Amarante, Jorge Cenci, Juliano Luiz Baumgarten, Mauricio Bellaver, Sandro Trevisan, Tadeu Salib dos Santos, Thiago Pinto Brunet e Tiago Diord Ilha.

 

 

VICE-PRES. CALEBE COELHO: Boa noite a todos. Declaro abertos os trabalhos da presente sessão solene em homenagem ao dia da mulher farroupilhense e outorga do certificado mulher destaque. Convido a todos para de pé ouvirmos a prestação de compromisso e posse da vereadora Fernanda Martins Correa: “Prometo cumprir a Constituição da República Federativa do Brasil, a lei orgânica, as leis federais, do estado e do município, e exercer o meu mandato sob a inspiração do patriotismo, da lealdade, da honra e do bem comum”. Vereadora Fernanda Martins Correa.

VER. FERNANDA CORREA: Assim o prometo.

VICE-PRES. CALEBE COELHO: Declaro empossada a vereadora que prestou compromisso. Podem sentar-se. Convidamos para fazer parte da Mesa o excelentíssimo senhor Davi André de Almeida, prefeito municipal em exercício, e sua esposa Patrícia Schimitz dos Santos de Almeida. Convido a todos para de pé ouvir o Hino Nacional (EXECUÇÃO DO HINO). Pela primeira vez nessa Câmara nós temos 4 mulheres empossadas, parabéns a todas. A data comemorativa ao dia da mulher farroupilhense foi instituída pela lei municipal nº 1.355, de 23/05/1984, de autoria da vereadora Marlene Rozina Feltrin, que designou o dia 18 de março como o dia da mulher farroupilhense. Também nesta noite solene esta Casa outorgará o Certificado Mulher Destaque às senhoras: Ana Paula Bellaver Baggio, Lizete Maria Teixeira Macalossi, Maria Carolina Grazziotin Brites, Maria Cleni Lopes Noll, Márcia Bortolozzo Gasperin, Teresinha Verona Bet e Vilma Lourdes Bohm Tasca. O Certificado Mulher Destaque foi instituído pela resolução nº 495/2012 de autoria da vereadora Maristela Rodolfo Pessin. Agraciadas desta noite são: Também nesta noite Solene, esta Casa outorgará o Certificado Mulher Destaque Informo aos presentes que nessa noite farão uso da palavra um vereador por bancada e o nosso prefeito municipal em exercício Davi André de Almeida. De imediato passo a palavra aos vereadores que representarão suas bancadas e após cada manifestação o vereador convidará a homenageada para receber das mãos deste presidente e do nosso prefeito o Certificado Mulher Destaque 2024 e, após, a homenageada fará uso da palavra, se assim desejar. Convido o partido liberal – PL para que faça uso da tribuna.

VER. MAURÍCIO BELLAVER: Boa noite a todos. boa noite senhor presidente. Boa noite colegas vereadoras, colega Clarice Baú, colega Eleonora Broilo, colega de partido Cristiane. Boa noite ao nosso prefeito em exercício Davi de Almeida, as nossas assessoras, funcionários da Casa e todos que hoje se fazem aqui presente. Primeiramente é uma honra estar aqui hoje podendo homenagear essas mulheres que representam, este ano, todas as mulheres farroupilhenses. Parabéns a todas elas. Só que dia da mulher não é só hoje, não era só março, é todos os dias então nós temos que levar para casa isso. E nós do PL escolhemos ela: Ana Paula Baggio. Nasceu no dia 4/10/1982, casada com Evandro Baggio, mãe da Isadora, da Heloísa, filha mais velha do seu Adair José Bellaver e da Mari Cavalet Bellaver, que são moradores da comunidade de São Marcos. Ana Paula tem mais dois irmãos Josiane Bellaver e Emerson Bellaver. Seus pais são agricultores e desde pequena Ana Paula ajudava nos trabalhos domésticos e da lavoura. Antes de concluir os estudos trabalhou com costureira em uma malharia. Aos 17 anos conheceu Evandro Baggio; em 2003 casaram-se e Ana Paul decidiu retornar para a lavoura e seguir os trabalhos dos pais. Sempre participou das atividades em missas e cantos de sua comunidade e foi a partir disso e de sua paixão pelo canto coral que Ana idealizou os ‘Canarinhos da Serra’. Com ajuda dos pais dedicados iniciou as atividades em 2019. O projeto ‘Canarinhos da Serra’ conta atualmente com 30 crianças e o Maestro Rodrigo Ziliotto. Os ensaios das crianças acontecem na igreja da Vila Jansen. Um projeto lindo tomado voltado para as crianças que residem nos nossos interiores; o projeto atende crianças de São Marcos, Vila Jansen, Linha Jacinto, Capela de São Paulo e Linha 47. Assim leva a cultura municipal para nosso interior. Parabéns Ana Paula Baggio, que você siga neste belo caminho levando esses projetos lindos e muitas alegrias para nossas crianças. Convido a Ana Paula para subir aqui para receber o diploma do nosso prefeito. (ENTREGA DO CERTIFICADO)

SRA. ANA PAULA BELLAVER BAGGIO: Boa noite a todos. Saudações ao presidente da Câmara Calebe Coelho, todos os vereadores e vereadoras e as entidades aqui presentes. Saúdo também o prefeito em exercício Davi de Almeida. quero cumprimentar as demais mulheres que serão homenageadas nesta noite e todas as mulheres pelo dia da mulher farroupilhense. Gostaria de saudar ainda a minha família e amigos que aqui vieram prestigiar e também toda a família ‘canarinha’ que pediram para cancelar o ensaio que seria hoje para estarem aqui também. Antes de mais nada gostaria de agradecer a Deus por este momento, pela minha vida e por tudo que ele colocou no meu caminho. Agradeço ao vereador Maurício Bellaver por ter me indicado para estar aqui hoje pelo reconhecimento da minha dedicação aos ‘Canarinhos da Serra’; sei do quanto tu admiro nosso coral e do grande incentivador que tu és. Um agradecimento aos meus pais que muitas vezes abdicaram de muitas coisas para que nada me faltasse; obrigada pela educação, princípios e valores, vocês sempre foram e sempre serão minhas fontes de inspiração. Agradecer também aos meus irmãos pelo convívio amoroso, realmente é um privilégio compartilhar a vida com vocês. Agradecer ainda os meus sogros, meus cunhados e demais familiares e amigos pelo apoio e confiança. Um agradecimento muito especial as minhas filhas Isadora e Heloísa que me fizeram conhecer o verdadeiro amor incondicional, vocês são os presentes mais lindos que Deus me deu. Meu genro João que trouxe muito mais alegria para família. E por fim, mas não menos importante, o meu marido Evandro, obrigado pelo amor, companheirismo, pela paciência e persistência; tivemos muitas chuvas e tempestades sopraram os ventos, transbordaram os rios, mas a nossa casa não caiu pois estava edificada sobre a rocha e essa rocha sempre foi Deus. Eu sou agricultora sim, embora muitas pessoas não acreditem; eu escolhi esta profissão quando conheci o Evandro, escolhi compartilhar com ele as atividades rurais e sinto muito orgulho de tudo o que juntos conquistamos, pois nada veio fácil, sempre com muito trabalho suor e mãos calejadas. Eu sempre participei do grupo de liturgia da minha comunidade, pois cresci vendo minha mãe fazer isso e desejava proporcionar para as minhas filhas aulas de musicalização para contribuir nas liturgias e principalmente para somar a educação delas, pois a música desenvolve inúmeros benefícios. Para isso eu trazia minhas filhas até aqui no centro para fazer aulas durante o meu horário de trabalho. Mas eu não queria aquilo só para as minhas filhas eu queria proporcionar também aos filhos das minhas amigas e para todos os interessados que residem no interior; aula de musicalização mais próximas e com horários que não interferissem no trabalho dos pais. E foi aí que surgiu a ideia de levar os canarinhos para Vila Jansen num horário noturno podendo proporcionar a todos aulas de canto coral, que teve início das atividades em março de 2019. Uma dedicação totalmente voluntária que muitas vezes me custa muita preocupação, mas com muita paciência e discernimento levo o projeto adiante. Os pais são os principais apoiadores, estão sempre de mangas arregaçadas compartilhando ideias para somar; juntos temos uma força gigante capaz de vencer qualquer dificuldade. Sou grata por todos eles, pois assim como eu acreditam que podemos mudar o futuro através da educação dos nossos filhos. E o resultado está sendo cada vez melhor. É tão prazeroso ver as crianças cantando juntas no altar de uma igreja sabendo que lá fora o mundo está tão desgastado; onde o celular está incapacitando as crianças até mesmo de brincar. Atualmente temos 28 ‘canarinhos’ dentre 5 e 18 anos regidos pelo maestro Rodrigo Ziliotto que, além do canto coral, proporciona aulas de instrumentos musicais como flautas, escaletas, violão e outros todas as segundas-feiras a noite lá na igreja da Vila Jansen. Os Canarinhos da Serra já participam de diversos eventos do nosso município como Fenakiwi, ENTRAI e Feira do Livro; também participa de diversos encontros e ‘Corus’ da região. Anualmente realiza também o concerto de Natal da Vila Jansen. Por fim gostaria de dizer que feliz é aquele que consegue plantar amor num mundo tão desgastado como o nosso, não é fácil lançar a semente em terra seca e colher bons frutos, mas se soubermos semear e preparar bem a terra literalmente colheremos bons frutos é só escolher com cuidado e assim teremos uma maravilhosa e promissora colheita rica de paz, amor, alegria e muitas felicidades. É exatamente isso que Deus espera de nós, que colocamos o bem em prática. Obrigada.

VICE-PRES. CALEBE COELHO: Muito obrigado Ana Paula Bellaver Baggio. Nesse momento convidamos o partido progressista para que faça uso da tribuna.

VER. CLARICE BAÚ: Boa noite presidente Calebe Coelho, pastor David de Almeida, hoje nosso prefeito em exercício, sua esposa, em especial todas autoridades aqui presentes e todas as mulheres hoje aqui homenageados que vão receber então o certificado de mulher destaque farroupilhense. Em especial um boa noite para nossa mulher destaque da bancada do PP Lizete Maria Teixeira Macalossi, aos seus familiares e convidados o nosso carinho. O que falar de Lizete Maria Teixeira Macalossi? Mulher que representa uma fortaleza, representa a força. a garra, competência, disciplina, determinação para nós mulheres. O sucesso de Lizete é o perfil da mulher farroupilhense, mulher que sonha e faz acontecer. Lizete é uma mulher de coração enorme, de valores bem definidos que só orgulho a todos nós. Gratidão Lizete por hoje poder estar aqui e a bancada dos progressistas – o vereador Calebe Coelho, professor Sandro Trevisan, Tadeu Salib dos Santos, Thiago Brunet e Davi de Almeida – termos esta oportunidade de falarmos sobre Lizete Maria Teixeira Macalossi; e demonstrar o nosso reconhecimento com essa homenagem e certificação de mulher destaque farroupilhense 2024. Lizete é graduada em educação física e técnica em desportos pela Universidade de Caxias do sul, fez especialização em folclore, fez Faculdade de Música Palestrina em Porto Alegre e também na Universidade Luterana do Brasil – Ulbra/Canoas/RS. Iniciou seus estudos de dança clássica aos 6 anos de idade em Farroupilha com a professora Eneida Beatriz Dreher e depois cursou por um ano o balé clássico Ilce Simon e jazz dance com Eneida Beatriz Dreher em Porto Alegre; mas não parou por aí cursou ballet clássico Ilce Gruber e no ballet clássico na escola Dora Ballet de Caxias do Sul. E em 1976 deu início ao ballet Lizete Teixeira aqui em Farroupilha. Quem acompanhou até aqui deve ter imaginado uma das paixões de Lizete: o ballet. Outra de suas paixões: a fisioterapia. E aqui posso falar com propriedade desta paixão porque cuidou com tanto carinho e dedicação de minha mãe quando acamada por muitos anos. E aí sem sombra de dúvidas posso testemunhar a competência, o amor que Lizete tem pelos seus pacientes, a paciência, o zelo e o seu comprometimento. E o maior de suas virtudes a empatia não só com os pacientes, mas com os seus familiares. Assim foi a experiência que eu e toda minha família tivemos o privilégio de ter experimentado com o convívio por anos com a Lizete. Então é fisioterapeuta autônomo com consultório próprio, faz atendimento domiciliar, particular, presta serviços de atendimento ‘home care’ pela Unimed/Farroupilha, presta serviços com atendimento de pacientes internados no Hospital São Carlos pelo SUS e pela Unimed; também professora de dança clássica, diretora e proprietária do Balé Lizete Teixeira com sede no nosso Clube do Comércio de Farroupilha. Quem já não ouviu ou teve o prazer de assistir as apresentações do balé da Lizete, um ícone da arte do balé, e temos o privilégio do balé Lizete Teixeira estar aqui no nosso município. Trabalhou como professora concursada de educação física na Escola Estadual José Fanton, professora de dança clássica no Ballet Vera Bublitz de Porto Alegre. Sim, tem várias paixões, mas para isso teve uma trajetória de muitos estudos e especializações. E assim Lizete foi escrevendo sua história. Fez curso de oficinas, espetáculos de balé clássico e folclórico e de repertório de método russo; curso de balé clássico com a professora Nancy Bielski e sapateado americano nos estúdios da Broadway em Nova Iorque/EUA. Aprovada na avaliação realizada pelo Royal Academy of Dancing de Londres. Curso de oficinas de dança com professores internacionais na casa de cultura Mario Quintana de Porto Alegre. Curso de balé clássico, curso barra terre – ponta, dança caráter iniciante, intermediário e de nível adiantado -, alongamento, coreografias no Rio de Janeiro e no ballet Vera Bublitz em Porto Alegre e Paraná. Fez curso de história de dança para níveis iniciantes, intermediários e adiantados. Lizete Teixeira Macalossi: filha, mulher, esposa, mãe, professora de educação física e técnica em desportos, fisioterapeuta, professora e proprietária do Balé Lizete Teixeira. Protagonista de sua própria história. Vejam uma longa caminhada, uma lindíssima trajetória, agora vocês entenderam quando eu falei que é uma mulher de garra, uma fortaleza; mulher que representa todas nós mulheres farroupilhenses. Obrigado Lizete Maria Teixeira Macalossi por ter escolhido Farroupilha para residir e para deixar nossa Farroupilha ainda melhor, mais linda, mais brilhante com os espetáculos de excelência da Escola Ballet Lizete Teixeira. Parabéns, parabéns. Nós, bancada dos progressistas, queremos da mesma forma e com muito carinho parabenizar a senhora Ana Paula Bellaver Baggio, Maria Carolina Grazziotin Brites, Maria Cleni Lopes Noll, Márcia Bortolozzo Gasperin, Teresinha Verona Bet e Vilma Lourdes Bohm Tasca. E agora então chamo a senhora Lizete Maria Teixeira Macalossi para receber o certificado da mulher destaque Farroupilha 2024. (ENTREGA DO CERTIFICADO)

SRA. LIZETE MARIA TEIXEIRA MACALOSSI: Boa noite excelentíssimo senhor prefeito David de Almeida, senhoras e senhores vereadores, familiares e amigos. Ah, fiquei realmente bem balançada agora. Muito obrigada Clarice, você foi sensacional, muito obrigada mesmo. É um momento muito especial e uma grande honra ser lembrada como destaque da mulher de farroupilhense. São 48 anos de trabalho árduo de amor a dança, a cultura e ao ensino. Essa homenagem né, desculpe, eu estendo as mulheres que são meu alicerce – minha mãe Maria, minha irmã Jeane, minhas filhas Gabriela e Giulia, minhas cunhadas e a todas as mulheres e meninas que tive a honra de ensinar a amar a arte. Ao mesmo tempo nestes últimos 12 anos pode atuar como fisioterapeuta reabilitando e trabalhando com o mesmo amor para o bem-estar de todos os meus pacientes. Agradeço a todos os membros da minha família que sempre me apoiaram e me incentivar ao longo da minha vida. Quero parabenizar essas mulheres maravilhosas: Ana Paula, Maria Carolina, Maria Cleni, Márcia, Teresinha e Vilma que são homenageadas hoje por servirem nossa sociedade se destacando nas mais diversas áreas. E por fim agradecer aos nossos representantes da Câmara de Vereadores por marcarem esse dia fazendo com que possamos refletir do importante e valioso que as mulheres exercem na nossa cidade. Muito obrigada.

VICE-PRES. CALEBE COELHO: Muito obrigado Lizete Maria Teixeira Macalossi, e parabéns. O primeiro vereador a fazer uso da palavra foi Mauricio Bellaver, depois a Clarice Baú e eu deveria ter anunciado antes; então peço desculpas. Fará uso agora da palavra convido o partido republicano – PR para que faça uso da tribuna; e o vereador Tiago Ilha então fará o seu discurso

VER. TIAGO ILHA: Boa noite a todos e a todas. Eu quero dizer que um dia tão especial e maravilhoso hoje o nosso bom Deus nos colocou de estarmos aqui na condição de vereador da nossa cidade nesta justa e merecida homenagem no dia de hoje. Queria aqui saudar o nosso presidente hoje Calebe, o nosso prefeito em exercício pastor Davi que divide todos os dias aqui o trabalho dessa Casa, sua esposa e na pessoa dos demais vereadores e especial as vereadoras hoje né. Muito bem lembrado estamos aqui com quatro vereadoras que representam a nossa cidade né Fran, que coisa bonita de ver aqui hoje 4 vereadora e espero que na próxima legislatura doutor Thiago possamos ter ainda mais mulheres servindo ao nosso município nessa Casa, porque é o lugar da mulher. Porque às vezes a gente fala e tem uma compreensão ‘não, a gente tem que homenagear porque é as mulheres’. Gente, é natural que as mulheres estejam nesse lugar, é natural que as mulheres estejam no comanda muitas vezes, é natural que junto com os homens as mulheres exerçam cargos tão importantes quanto Gloria Menegotto, nossa vereadora. É normal isso. Olha a contribuição dada. Queria saudar aqui a nossa sempre deputada Fran Somensi né, na pessoa da Fran também a todas as demais mulheres, a minha esposa Carla que está aqui, a minha filha Teodora e Betina que também estão aqui hoje nesse dia tão especial. E elas disseram viu Maria que hoje elas tinham que vir aqui né porque hoje a profe. ia ser uma das homenageadas. Mas eu gostaria de primeiramente dizer para Ana Paula, a Lizete, para as duas Marias né, para Márcia, a Teresinha e a Vilma que hoje a gente já viu que o entorno aqui das homenagens vão versar muito sobre música, canção e essa veia artística nisso que a nossa cidade tem tantas mulheres. E eu quero dizer para começar meu pronunciamento que tantas que eu vejo aqui poderiam estar aqui sendo homenageado porque hoje essa seleção que presenteia com a sua presença a nossa Câmara Municipal Clemente Valandro, muitas aqui poderiam estar aqui recebendo essa homenagem. E vocês que estão hoje recebendo essa homenagem representam a tantas que já estiveram aqui recebendo e tantas outras que ainda virão. porque essa é o objetivo da nossa cidade: reconhecer as pessoas que fazem diferente. E eu preparei aqui no meu discurso lembrando alguns trechos de música, não era para ser diferente. Primeiro trecho que eu quero começar falando da nossa indicação do partido republicano que a Maria Carolina Grazziotin Brites. A Maria Carolina que a primeira letra de música é que “talento, fibra e coragem não se compra nem se empresta”; um grande poeta gaúcho, Anomar Danúbio Vieira, escreveu esse poema numa canção que fala e reflete exatamente o que que é a nossa homenageada. Veja bem, nascida no dia 19/12/90 na cidade de Porto Alegre reside aqui em Farroupilha desde 99 e desde pequena os pais sentiram a vocação dela para a música e o instrumento escolhido por ela o piano, que se apaixonou; com muita tenra idade já estava dando aula de música e poucos anos depois quando ainda buscava sua formação estava abrindo uma sala e atendendo na nossa cidade; e o nome dela virou tão forte na nossa cidade que deu nome à sua empresa que hoje virou maior do que o próprio nome de pessoa física dela porque através da Escola de Música Maria Carolina levam quantos pais e quantas famílias presente todo ano entregando um pouco da vivência dos nossos filhos. Outra frase que também combina muito “dizem que a mulher é sexo frágil, mas que mentira absurda”. A gente tem absoluta certeza que esse papo de dizer que mulher é sexo frágil gente do céu; sexo frágil somos nós que não conseguimos acompanhar o tamanho da fibra e da coragem que as mulheres têm. E muitas vezes não gostamos dessa presença tão forte. Mas quando nós entendemos o quanto isso é brilhante em nossas vidas a gente agradece porque é delas que nós nascemos. Outra frase muito importante também de uma música diz que “tudo que se planta cresce o que mais floresce é o amor”. Exatamente isso que a gente observa quando a gente está aqui homenageando mulheres que fazem parte da vida da nossa cidade, que estão lá muitas vezes que no anonimato fazendo trabalhos importante fazendo mais do que precisa ser feito porque são apaixonadas pela vida, pelo trabalho, pela arte de ensinar, pela arte de cuidar das pessoas. Virtudes tão importantes que formam essa cidade a cidade que é, a cidade que acredita no seu cidadão; e nada mais somos que o reflexo de quem nós convivemos. E a nossa cidade nossa sempre vereadora Glória é o que é porque ela acredita na sua cidade. Eu sempre digo todos os dias quando me levanto se tem uma coisa que eu acredito é na minha cidade; eu acredito nas pessoas que estão aqui nessa cidade, eu acredito que cada um pode dar a sua contribuição seja às vezes no mais anonimato possível, mas quem sai muitas vezes dá comodidade e entrega sua vida para comunidade é por isso que nós estamos aqui hoje. Porque se todo mundo fizer a sua parte a nossa cidade sem dúvida nenhuma sempre vai ter um futuro muito melhor. Para finalizar a minha fala aqui eu quero dizer o que eu observei no olho de cada pai que hoje empresta os seus filhos para estar lá junto ao teu trabalho na tua escola, que é muito mais do que uma empresa é a presença do amor traduzido para os nossos filhos. Agora me despeço aqui de vereador e falo como pai, eu vejo no brilho da minhas filhas quando saem pelo sábado de manhã porque tem aula na escola de música. Isso gente é mais do que formar cantores é mais do que formar pessoas melhores, é de formar cidadãos que vão ser nós no futuro; é transmitir o amor através da arte, da cultura e da música. Para minha alegria eu chamo para que receba o título de mulher destaque nesse ano a nossa indicada Maria Carolina Grazziotin Brites, venha para cá. (ENTREGA DO CERTIFICADO)

SRA. MARIA CAROLINA GRAZZIOTIN BRITES: Boa noite as autoridades aqui presentes, homenageadas, familiares e amigos. Saúdo a todos nessa noite especial. Confesso que foi uma surpresa o convite de hoje; quando o Tiago e o Francis vieram até a escola imaginei que fôssemos conversar sobre algum evento musical, claro né, e para minha surpresa fizeram o convite de uma maneira que fiquei lisonjeada. Tiago e Francis, eu não sei se vocês vão se recordar, mas uma fala de vocês nesse dia do convite foi que vocês acreditam que devemos homenagear as pessoas em vida e lembrando o quanto ela é importante e que faz a diferença. Isso é algo que minha família preza muito. Sim, devemos fazer o esforço para termos encontros com pessoas que amamos e queremos bem mesmo que o nosso dia seja corrido e cheio de preocupações. Agora no mês de março a nossa escola completará 12 anos, mas em toda essa caminhada eu tive pessoas especiais me incentivando, torcendo para o nosso sucesso, dando os conselhos necessários e me ajudando a crescer como pessoa e profissional. Vim para Farroupilha com 8 anos de idade, cidade que acolheu minha família que criamos raízes, conhecemos pessoas extraordinárias e escolhemos ficar. Me sinto farroupilhense sim e hoje receber essa homenagem com o título de mulher destaque farroupilhense é emocionante. Poder participar da comunidade ativamente com meu trabalho é gratificante. Hoje em dia sabemos como a música é importante para o desenvolvimento ser humano, não necessariamente para sermos músicos Tiago comentou, mas para utilizar da música e seus recursos de maneira que possamos evoluir. Acredito nisso, estudo para aprimorar meu conhecimento e sou grata por fazer aquilo que amo através das aulas de música ou das sessões de musicoterapia. A minha primeira formação foi o bacharelado em musicoterapia, a segunda formação a licenciatura em música, a terceira formação eu fiz uma pós-graduação em neurociência e desenvolvimento infantil; então a gente segue sempre estudando. Hoje a nossa escola atende em torno de 300 alunos. E também temos projetos fora dela que aqui não contabilizei números. Ver o caminho que já percorremos, construir uma base sólida de princípios me enche de orgulho e eu não faço isso sozinha; meu irmão Mateus fica pelos bastidores enquanto é o meu nome que está à frente, mas Mateus quero te dizer e tu já sabe disso que só funciona porque somos nós dois juntos. Temos personalidades diferentes sonhos distintos também, mas amamos um ao outro de maneira que unindo as nossas diferenças e qualidades conseguimos colocar no nosso empreendimento o que temos de melhor. Não posso te deixar de falar aqui agradecer a todos aqueles que nos abriram as portas e acreditaram no nosso trabalho. Francis e Tiago, representando a bancada dos republicanos, é uma honra estar aqui e agradeço pela oportunidade e não só pelo dia de hoje, mas para poder participar da vida das famílias de vocês. A querida Escola Santa Cruz que por meio das amigas Luciane e Flávia incentivaram e criaram o nosso coral que hoje é patrocinado pelo COMDICA e que hoje também tenho todo o apoio da nova direção com a querida Veri. Muito obrigada. Aos professores e colaboradores da Maria Carolina Musicoterapia e Escola de Música somos uma equipe e o sucesso é devido ao esforço de todos. Estou aqui hoje recebendo algo que é nosso. Aos nossos alunos e pacientes por acreditarem na nossa proposta de ensino e permitirem que a gente faça parte da vida deles. A Deus pela vida e por tudo que sempre me proporcionou, mas principalmente pela minha família que é a minha base. Mamãe e papai devo muito do que sou por causa de vocês, que sempre acreditam na gente e nos apoiam em qualquer situação. Meu noivo por ser meu parceiro e entender o amor que tenho pela escola e viver esse sonho comigo. Meus irmãos, cunhados, que também vestem a camiseta da escola literalmente e participam ativamente de tudo. A minha irmã Maria Luiza que também faz parte de tudo através da sua agência Twiggy, e faz toda a nossa propaganda e desenvolve projetos incríveis, mas que também auxilia no que for preciso. Em especial a minha dinda que está aqui hoje e também sempre se faz presente em todos os momentos. Quem convive com a gente sabe disso a escola é uma grande família, nos sentimos literalmente em casa por lá, é um lugar de formação não só de música, mas de pessoas com princípios e valores. Peço a Deus que sempre nos guie no melhor caminho para poder dividir conhecimentos e aprender também. Sempre me expressei melhor musicalmente e tem uma canção dos Beatles que a Rita Lee fez uma versão em português que eu queria mostrar um trechinho para vocês. Ela é assim: “tem lugares que me lembram minha vida, por onde andei, as histórias, os caminhos, os destinos que eu mudei, desenhos que a vida vai fazendo desbotam alguns, uns ficam iguais, entre corações que tenho tatuados de você me lembro mais, de você eu não esqueço jamais”. Eu jamais esquecerei desse momento ele vai ficar tatuado no meu coração. Muito obrigada.

VICE-PRES. CALEBE COELHO: Muito obrigado a você Maria Carolina Grazziotin Brites. Neste momento convidamos o partido movimento democrático brasileiro – MDB para que faça uso da tribuna; fará uso da tribuna a vereadora Eleonora Broilo.

VER. ELEONORA BROILO: Boa noite a todos. Cumprimento o senhor Davi André de Almeida nessa noite como prefeito em exercício e sua esposa, o presidente da Câmara de Vereadores o senhor Calebe Coelho, senhores vereadores, senhoras vereadoras, as autoridades presentes, de modo especial a senhora Maria Cleni Lopes Noll que é a homenageada da nossa bancada do MDB, seus familiares, seus amigos e todas as demais senhoras que nessa noite também são homenageadas a senhora Ana Paula Bellaver Baggio, a senhora Lizete Maria Teixeira Macalossi, a senhora Maria Carolina Grazziotin Brites, a  senhora Maria Cleni Lopes Noll, a senhora Márcia Bortolozzo Gasperin, a senhora Teresinha Verona Bet e a senhora Vilma Lourdes Bohm Tasca. Agradeço a todos que aqui se encontram e, enfim, cumprimento a todos que se fizeram presentes nessa noite e aqueles que nos acompanham pelas mídias sociais de suas casas. Agradeço ao Vereador Jorge Cenci e ao vereador Felipe Maioli que confiaram a mim a honra de falar nessa noite festiva. O dia da mulher farroupilhense, 18 de março, foi instituído em 1984, mais especificamente no dia 23/5/1984 pelo então prefeito Wilson João Cignachi, uma lei da vereadora Marlene Rozina Feltrin, mãe do nosso prefeito Fabiano Feltrin. Essa lei foi criada para reforçar a importância da mulher na sociedade. Nessa linha, homenageamos a senhora Maria Cleni Lopes Noll, que criou em 2005 a empresa Delicias e Sabores da Serra, no ramo de chocolates. Nascida em Humaitá/RS, oitava filha de João Lopes e Antônia Lopes, que ainda vive aos 90 anos na cidade de Bento Gonçalves, e que junto com seu marido ensinaram aos seus filhos a responsabilidade e o caráter, tão essenciais na condução das nossas vidas. Casou-se em 1979 com Edio Antônio Noll, dessa união nasceu a filha Patrícia que depois lhes deu a neta Laurinha. Aos 18 anos a senhora Maria Cleni, pouco mais que uma criança, ocupou o cargo de auxiliar de serviços médicos na secretaria de saúde por 10 anos e outros 10 anos no Hospital Somaza, em Santo Augusto/RS. Começou a trabalhar no comércio de Farroupilha em 1999. Sempre se dedicou aos trabalhos voluntários, participa de diversas entidades empresariais da cidade, em vários conselhos municipais e no mesmo ano iniciou sua participação no CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas, até chegar à presidência do mesmo; sendo a primeira mulher eleita para esse cargo em 50 anos. Em 2023fundou o CDL Mulher, prova de sua forte atuação. A senhora Maria Cleni é assim, e ainda no seu tempo livre mergulha na criatividade, pois carrega o artesanato no seu grande coração. Uma mulher à frente de seu tempo que enobrece e orgulha não só as mulheres farroupilhenses, mas toda uma comunidade com sua força e seu caráter. Parabéns senhora Maria Cleni, e parabéns a todos homenageadas nessa noite solene de outorga do certificado mulher destaque 2024. E chamo agora a senhora Maria Cleni Lopes Noll para receber sua justa homenagem das mãos do presidente da Câmara, do prefeito em exercício e desta que vos fala. (ENTREGA DO CERTIFICADO)

SRA. MARIA CLENI LOPES NOLL: Boa noite a todos. Queria agradecer o pastor Davi de Almeida, prefeito em exercício, e em seu nome agradecer todos os presentes. Quero agradecer também o presidente da Câmara, vereador em exercício, Calebe Coelho e em seu nome agradecer os demais vereadores. Meu agradecimento de forma especial a bancada do MDB pelo convite que recebi. Fiquei super surpresa e muito feliz. Agradeço meu esposo Édio, minha filha Patrícia e minha neta Laura e a todos os meus familiares e amigos aqui presente. Não posso deixar de agradecer a minha mãe Antônia Eva, tem 91 anos, não pode estar presente, mas quero agradecer por todos os ensinamentos passado para mim e para meus irmãos. Agradeço a CDL, minha diretoria, a equipe da CDL mulher, a CDL jovem; e também quero agradecer o núcleo das mulheres empreendedoras da CICS e as meninas do atelier com arte. Quero dividir essa homenagem com todas as mulheres que batalham diariamente pelo seu espaço, a cada dia tenho mais certeza de que muitos podemos contribuir para uma sociedade melhor. Muito obrigado a todos, sou muito grata e quero dividir com todas as mulheres essa homenagem. Obrigado a todos.

VICE-PRES. CALEBE COELHO: Muito obrigado Maria Cleni Lopes Noll. Convido agora o partido união brasil para que faça uso da tribuna; fará uso da tribuna pela primeira vez Fernanda Martins Correa.

VER. FERNANDA CORREA: Boa noite senhoras e senhores. Primeiramente eu agradeço a Deus por esse momento. Quero cumprimentar o excelentíssimo senhor presidente dessa Casa o senhor Calebe Coelho, em seu nome eu cumprimento todos senhores vereadores e as senhoras vereadoras. Cumprimento o excelentíssimo prefeito municipal em exercício o senhor pastor Davi e a sua esposa a pastora Patrícia e em seu nome cumprimento a todas as autoridades aqui presentes, aos assessores e funcionários da Casa, como também aqueles que estão nos acompanhando pela internet. A alegria nesse momento ao estar nessa tribuna pela primeira vez é de gratidão. Gratidão aos farroupilhense que acreditam no poder da mulher, gratidão as pessoas que confiaram o seu voto em mim, a rede sustentabilidade que me trouxe até aqui, ao pastor Davi por essa oportunidade de estar representando neste momento o partido união brasil, pois é uma alegria enorme estar aqui como vereadora numa data tão importante que é o dia da mulher farroupilhense. Hoje aqui eu também não poderia deixar de cumprimentar uma grande liderança, uma mulher que foi responsável junto com a sua equipe pela entrega dessa casa legislativa que é a Glória Menegotto. Glória, é um orgulho muito grande saber que teve as mãos de uma mulher nessa obra que é a casa do povo. E dito isso hoje é o dia especial às nossas homenageados. Vocês mulheres que fizeram e fazem parte do crescimento da nossa Farroupilha, vocês que em cada uma das suas funções lutam bravamente todos os dias e mesmo em meio às adversidades tem a capacidade de seguir em frente com uma força inabalável. Aqui hoje temos em nosso meio mulheres que nos inspiram e que trazem consigo uma história única e valiosa porque são a espinha dorsal de suas famílias e de suas comunidades. Eu quero abrir um parêntese nesse momento para agradecer todos os meus amigos e amigas que estão aqui me prestigiando, a minha família, a minha mãe Andreia e a minha irmã Mariane que estão nos acompanhando lá em São Gabriel e deixar dito aqui: mãe e pai, obrigada por vocês serem o meu espelho força, determinação e resiliência. Eu desejo que cada mulher se sinta empoderada para seguir os seus sonhos, alcançar seus objetivos e mudar o mundo, mas o mundo reconheça e celebre a diversidade e a singularidade das mulheres em todas as suas formas. Porque a beleza da mulher não se resume em um traje de moda, mas sim pela autenticidade e capacidade de ocupar qualquer espaço com igualdade. A nossa homenageada desta noite é uma mulher que representa todas as palavras que eu falei anteriormente; é uma professora, educadora, colaboradora do ensino farroupilhense, que teve o dom de ensinar e que marcou com certeza a vida de muitos alunos. É a professora Márcia Bortolozzo Gasperin, casada com senhor Vladimir Gasperin, mãe do Vinícius e da Nayara; professora municipal concursada e hoje aposentado. Idealizadora da educação infantil em Farroupilha, juntamente com a Estrelita Cignachi, a professora Márcia iniciou o seu trabalho na rede municipal em Farroupilha em 1983; trabalhou por 24 anos na Escola Municipal Presidente Dutra, foi convidada para fazer parte da equipe da secretaria da educação participando ativamente da gestão da educação municipal. Fez parte de diversos conselhos que contribuíram nas leis que norteiam os professores. Professora Márcia eu que sou filha de caminhoneiro e uma dona de lar desde criança eu fui ensinada que só o estudo liberta e leva a boas possibilidades de vida. Eu acreditei nisso fui atrás da minha sorte e com o suporte da minha família de muitas pessoas, muitas mulheres sendo referência inclusive professores e professoras que guardo até hoje no meu coração, segurei todas as oportunidades que a vida me ofereceu; estudei, concluí minha graduação e hoje estou aqui numa posição que jamais eu imaginava que eu estaria. Por isso aqui eu digo que nunca devemos esquecer ou duvidar de um quanto um professor é fundamental não só na formação de tantas profissões, mas na formação humana de cada indivíduo. Que nós possamos nos espelhar em mulheres como a senhora que construíram legados, deixaram suas marcas e inspiram gerações futuras. Neste momento essa homenagem eu divido com o pastor Davi, pois ele foi a sua escolhida; e homenageando a senhora eu parabenizo todas as mulheres que estão sendo homenageadas nessa noite, todas as mulheres farroupilhense e convido a senhora para vir receber o certificado destaque. (ENTREGA DO CERTIFICADO)

SRA. MÁRCIA BORTOLOZZO GASPERIN: Boa noite a todos. Eu quero agradecer esse mo9mento que fui convidada para ser homenageada, agradecer a Fernanda e ao mesmo tempo agora ao nosso prefeito né em exercício o professor Davi, professor não pastor Davi que fui professora dele. hoje ele está aí e eu fui a primeira professora dele, acho que eu fiz alguma coisa de bom. Quero agradecer a todos e quero dizer que esse momento não é meu, esse momento é de todas as mulheres de Farroupilha. Porque as mulheres, seja quem for ela, ela deve ser homenageada porque sem as mulheres nada funciona. Quero agradecer a minha família, meu marido, meus filhos, a minha filha que está aqui meu filho não mora aqui, mora na Itália, tá lá longe, quase morro todas as vezes que lembro, mas é isso. Agradecer a todos. Boa noite a todos. agradecer a todos os vereadores. E acredito que é isso que eu tenho para dizer. Muito obrigado. Boa noite

VICE-PRES. CALEBE COELHO: Muito obrigado Márcia Bortolozzo Gasperin. Convido o partido democrático trabalhista – PDT para que faça uso da tribuna; fará uso da tribuna o vereador Gilberto do Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Boa noite a todos e a todas. Saudar aqui em especial o prefeito em exercício pastor Davi, o presidente dessa Casa Calebe Coelho, as 4 vereadoras hoje em exercício e saudar em especial minha esposa Heloísa e agradecer por alicerçar nossa família. E também saudar a todas as mulheres aqui presente, ou seja, professoras, trabalhadoras, agricultoras, que lutam no seu dia a dia muito e trabalham muito mais, isso estatisticamente comprovada, que os homens; até deixaria um recado para nós homens vamos compartilhar mais dos serviços domésticos porque a mulher aí terá talvez investimento no seu descanso, na sua profissão, no seu dia a dia, mas principalmente no seu descanso. Saudar também as homenageadas essa noite: a Ana Paula, a Lizete Maria Teixeira, a Maria Carolina Grazziotin Brites, a Maria Cleni Lopes Noll, a Maria [sic] Bortolozzo Gasperin, a Teresinha Verona Bet, minha homenageada, e a Vilma Lourdes Bohm Tasca. Quero falar então um pouco da nossa homenageada Teresinha Bet e da qual ela também me representa no dia a dia e nos seus afazeres. Teresinha Bet, Teresinha Verona Bet, nascida em 24/11/1968 no interior de Farroupilha, filha de Pedro Constante Verona e Maria Helena Verona, a segunda filha da família. A Teresinha desde cedo começou em vez de brincar de boneca ela brincava de comércio, de compra e venda, e muitas vezes usava seus familiares como compradores. Desde cedo seus pais mostraram que a base da família foi educada com muito amor, respeito, carinho e honestidade. Aprendeu na prática o exemplo dos pais, a responsabilidade seria uma das suas virtudes. Teresinha Bet casada com Nelci Bet, com as filhas Laura, Luiza e Bernardo, junto construíram a empresa Estofados Benjamin que é alicerçada na fé e no trabalho árduo; e foi por meio desta base que nos momentos difíceis conseguiram reconstruir aquilo que de repente por destino o fogo o destruiu. Com a certeza que Deus acompanhou os passos e dá apenas cruzes para aqueles que possam carregar. Aprendeu durante a caminhada da vida que o que deixamos é o amor que espalhamos por isso; por isso sempre foi muito presente na comunidade/na igreja auxiliando nos mais diversos lugares. Também com os mesmos valores e por onde passam a família Bet transforma por onde são coordenadores das comunidade, ou seja, sempre estão a voluntariar. Aprendeu que uma sociedade justa se constrói com pequenas ações diárias, com valores que precisam ser relembrado todos os dias e quando espalhamos a bondade que temos em nosso coração temos o poder de transformar a nossa realidade de pouquinho em pouquinho de pessoa em pessoa fazendo assim a diferença. Agradece a cada dia pela vida é um ato de gratidão que faz dela uma doação fazendo assim parte do plano de Deus através de pequenos serviço quase invisíveis aos olhos humanos. A doação e o amor são fontes infinitas capazes de construir o futuro que sonhamos para os que virão depois. Então Teresinha Bet é este recado é esta homenagem a nossa homenageada de hoje. Aqui destacar todas as mulheres a exemplo da Fran Somensi, da Gloria, Fran Bonaci, todas aquelas lideranças que invisível se apresentam no dia a dia. Você é uma liderança que quer sempre ficar no invisível. Parabéns. Muito obrigado por aceitar nosso convite e nossa minha pequena homenagem. Teresinha tu sobe aqui. (ENTREGA DO CERTIFICADO)

SRA. TERESINHA VERONA BET: Boa noite a todos. Isso deixa a gente um pouco nervoso, emocionado. Gilberto, a tua bancada e a toda essa Câmara, essas pessoas, representando o prefeito o pastor Davi, todas as homenageadas colegas né. Então assim Gilberto quando tu me diz que eu te represento, vou falar em ti olhando para tua bancada também, eu gosto de me espelhar no que tu me disse acho que foi a frase que me trouxe aqui. Porque somos de um lugar que a gente trabalha em comunidades, a gente se enxerga em muitas e lá é bom que lá é o Gilberto é a Terê e isso não tem preço porque isso a gente faz por puro amor. Se qualquer coisa que a gente se coloca a dispor é porque alguém tá precisando e a gente simplesmente pode fazer. Então Gilberto eu te agradeço imensamente e te peço até desculpas porque quando ele me convidou eu disse ‘Gilberto, tem tanta gente como é que tu foi olhar para mim né’. Mas eu admiro a persistência dele porque quando ele me disse que eu representava ele eu fiquei muito feliz. Porque amigos, pessoas, famílias a gente conhece nas horas que a gente precisa são boas, mas principalmente nas não boas, essas pessoas arregaçam a manga e não tem dor não tem horário não tem nada. Gilberto é uma pessoa assim. Então Gilberto muito obrigada. E tenho certeza que essas mulheres que estão sendo homenageadas aqui trazem uma história linda; a gente só se viu duas vezes aqui pessoalmente e eu me encantei por cada história. Agradeço a minha família, Deus, a minha família a família que Deus me deu de presente que é da minha sogra, o melhor presente a minha família o meu esposo, os meus três filhos e a imunidade onde eu consigo trabalhar que confia muito na gente. Então assim eu agradeço muito, muito. E parabéns a todas as mulheres.

VICE-PRES. CALEBE COELHO: Muito obrigado Teresinha Verona Bet. Neste momento convido o partido socialista brasileiro – PSB para que faça uso da tribuna; fará o uso da palavra o vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Boa noite. Estamos concedendo o certificado de mulher destaque para as seguintes mulheres: Ana Paula Baggio, Lizete Teixeira, Maria Carolina Grazziotin Brites, Maria Cleni Lopes Noll, Márcia Bortolozzo Gasperin, a Teresinha Verona Bet e a nossa querida homenageada Vilma Lourdes Bohm Tasca. Gostaria de cumprimentar aqui a todos os vereadores e na pessoa da Fernanda que tá estreando essa noite à Câmara cumprimentar a todas as vereadoras; cumprimento ao pastor Davi, prefeito em exercício, ao senhor e a sua esposa, cumprimentar aqui a Vanusa, minha esposa. Cumprimentar aqui também a ex-presidente desta casa Gloria Menegotto, ex-primeira-dama e ex-deputada Fran Somensi, ex-primeira-dama Cláudia Pedrozo e em nome delas cumprimentar a todas as mulheres e desejar parabéns pelo dia da mulher farroupilhense a todas. E falaram que a Glória fez aqui o plenário dessa Casa, construiu aqui esse espaço, agora falta um presidente de coragem de botar um ar condicionado para quando vocês vierem aqui ter um arzinho condicionado aqui né; vou contar uma coisa para vocês como é injusto aqui em cima são as bancadas todas elas têm um ar condicionado lá dentro e para vocês não tem. Não é justo né, tem que ter um ar condicionado as pessoas tem que ser bem recebido aqui nessa Casa né, tá todo mundo se abanando, tem gente lá fora pegando um ar, tem gente lá do outro lado. Então eu acho que o dinheiro público tem que ser gasto para as pessoas estarem bem, os nossos convidados, é a nossa Casa e vocês tem que se sentir bem aqui. Feito isso nós do PSB vamos homenagear então hoje com certificado de mulher destaque para Vilma Lourdes Bohm Tasca. Em meu nome e nome do professor Juliano a senhora é a nossa homenageado. Falar da Vilma é falar sobre trabalho, cultura e amor pela comunidade, pela família e pelo próximo; isso tanto é como agricultora bem como professora, historiadora, pesquisadora, escritora, empresária, voluntária, entre outras qualidades mais que a Vilma tem. A Vilma nasceu na Linha 47, já aproveito para saudar os meus amigos lá da Linha 47 e todo nosso 2º distrito aí que tem muita gente de lá né; nasceu no 47 casada com nosso amigo Oclides Tasca. Oclides, parabéns. Mãe de três filhos e avó. A Vilma é aquela pessoa que tem gosto pela labuta, desde cedo trabalhou como agricultora familiar e também ajudava em ambas as empresas que seus pais possuíam. E uma novidade aqui talvez para todos eles tinham uma empresa de linhos e outra de olaria onde fabricavam tijolos. Em 72 ela concluiu o curso normal e iniciou a carreira do magistério na escola da sua comunidade lá da Linha 47 que é a Escola Municipal 13 de Maio né que pertence a Linha Jansen. A mesma escola onde ela estudou quando criança. Logo depois Vilma virou uma porta voz e uma pesquisadora da cultura sueca de grande relevância, sendo autora do livro ‘A terra onde corre leite e mel’. Uma escritora aí então. Em 2008 a Vilma deu mais um passo para se tornar a inspiração que ela é hoje, fundou a Casa Sueca e o Museu do Linho que é um ponto turístico que faz parte do roteiro Farroupilha colonial e resgata toda a história da fábrica de cordas e barbantes de linho da família Bohm; atividade trazida da Suécia em 1890. No local que é ali na comunidade do 47 além de contar história da imigração sueca através de documentos, objetos e máquinas o local ainda conta com a gastronomia de tirar o chapéu. Quem visita a Casa Sueca também sai de lá craque na cultura, nos cantos e nas danças do país europeu; inclusive no que se trata de cultura sueca a Vilma recebeu em 2020 a medalha de honra ao mérito do consulado geral da Suécia em São Paulo. Premiação recebida por resgatar a história e divulgar a cultura sueca. Agora tem uma coisa que a gente não pode esquecer, falar da Vilma é falar de comunidade ali mesmo na Linha 47 onde ela nasceu, viveu e trabalhou durante toda a vida; e a gente testemunha isso cada vez que fala com a dona Vilma. Ela olha lá da casa dela, que enxerga a igreja do 47, a comunidade e ela curte muito isso aí e gosta, e gosta de ver bem a sua comunidade. Agora o asfalto chegou lá na casa da dona Vilma ali eu acho lá por 2016/17, toda Linha 80 asfaltada toda a Linha 47 encontra o município de Pinto Bandeira, o que facilitou de modo especial essa comunidade a exemplo também da Rio Branco né Ana Paula, que chegou o asfalto lá também lá no período de 2013 a 2020. Na localidade a Vilma foi catequista, deu aulas de reforço, foi professora ajudando a alfabetizar crianças e adultos. Além disso por lá fez parte por duas vezes da equipe administrativa e de festeiros dos eventos da região; mas além disso a Vilma também é vice-diretora da Associação Nossa Senhora das Dores que desde 1991 ajuda pessoas com necessidades especiais, apoiando psicologicamente e financeiramente mais de 500 famílias de toda Paróquia de São Marcos. A Associação que conta com 494 associados doa materiais de higiene, fraldas, absorventes, lenços umedecidos, remédios, cadeiras de rodas para banho, muletas, bengalas, bota ortopédica, entre outros. Além do mais para contribuir com as famílias a Associação também promove evento de Natal, rifas onde o valor é revertido em ações para a comunidade. Como disse no início falar da Vilma é falar sobre trabalho, mas não apenas, é falar de luta, comunidade, amizade, cultura, gastronomia e boas ações. Falar sobre Vilma é falar sobre alguém que constrói uma Farroupilha melhor, mais igualitária e mais divertida. Falar de Vilma é falar da agricultura, é falar da luta diária de todas as mulheres que labutam na agricultura. Falar de Vilma é falar de fato de uma grande mulher farroupilhense. Parabéns Vilma. Receba a nossa homenagem e venha até aqui receber da minhas mãos, das mãos do vereador Juliano e do nosso prefeito e o presidente da Casa a merecida homenagem. (ENTREGA DO CERTIFICADO)

SRA. VILMA LOURDES BOHM TASCA: Boa noite a todos. Quero saber primeiramente ao pastor Davi, prefeito em exercício, a esposa né, o vereador presidente e a todas as mulheres, vou começar pelas mulheres vereadoras e a todos os vereadores e de maneira especial nós dizemos o Roque né ao vereador Roque muito amigo e também ao vereador Juliano por terem escolhido uma mulher lá do interior, que eu nem esperava por isso. Eu acho que só foram tinham sido homenageado as mulheres da cidade, não sei se alguém já tinha né, agora tem Ana Paula também né duas lá da Jansen. Eu agradeço. Fiquei surpresa na hora que me ligaram porque eu disse acho que não sei se mereço isso né, mas também fiquei feliz né porque de uma maneira que a gente viu que o trabalho da gente é reconhecido; e quando eu trabalho da gente é reconhecida acho que é porque a gente tá fazendo bem né, penso assim. E quero também parabenizar todas as mulheres minhas amigas já né agora, a gente só se viu duas vezes, mas a Cleni que eu conhecia né mais de perto né e Ana Paula também né, mas parabéns a todas também. Gostei da história de vocês todas. Agradeço a todos os presentes que estão aqui, casa cheia né, muita gente que eu nem esperava que tivesse tanta gente né. E só quero dizer muito obrigado. E aquilo que eu fiz aqui também não vou falar porque o Roque falou tanto; eu tenho a liberdade de chamar de Roque porque lá em casa todo mundo chama de Roque – é o vereador Roque é o doutor Roque, mas lá em casa é o Roque mesmo. Então só tenho a agradecer. Eu não escrevi como as outras, não escrevi nada, então eu só quero dizer que fiquei tão emocionada assim por essa homenagem linda né que fizeram. E também parabenizar Farroupilha né, a administração de Farroupilha que eu acredito que é só aqui que tem dois dias para as mulheres – o dia internacional, todo mundo já conhece faz tempo né, e Farroupilha tem dois. então obrigado, obrigada por valorizar né as mulheres daqui também. E claro a mulher não quer ser melhor que o homem, mas ela quer estar ao lado né; ela sabe ela tem inteligência e ela trabalha muito mais e isso é certo, me desculpem os homens, mas eu sei que tem uma dupla jornada. Eu conheço as mulheres muito bem, principalmente da minha comunidade, o quanto elas trabalham durante todo o dia e depois à noite continua porque tem em casa tem roupa, tem muitas coisas né para fazer e quem tem filhos pequenos às vezes né. Porque dizem ‘ah, tem creche’; tem creche, mas tem que pensar, tem que ter o lanche, tem que ter a roupa, tem que ter a mochila pronta, a criança às vezes tá com febre, tá doente, e a mulher se preocupa muito com isso tá. Então é tudo né então eu acho que a gente merece também uma homenagem. Parabéns a todas tá sem desvalorizar os homens que eles também fazem muito né, mas a nossa jornada é sempre maior né Márcia.

VICE-PRES. CALEBE COELHO: Obrigado dona Vilma. Por favor, a senhora permaneça aqui nós vamos nesse momento convidar então as outras homenageadas para subirem até aqui para nós tiramos uma foto oficial. Todo mundo. (REGISTRO DA CERIMÔNIA). Muito obrigado e parabéns a todas as nossas homenageadas. E parafraseando a dona Vilma o homem pode até construir uma casa, mas sem uma mulher dificilmente esse esta casa será um lar. Nesse momento convido para que faça uso da tribuna em nome do poder executivo municipal o prefeito municipal em exercício Davi André de Almeida.

PREF. MUN. EM EXERCÍCIO DAVI DE ALMEIDA: Uma boa noite a todos. Que noite tão especial em que nós podemos estar aqui celebrando a vida, celebrando as mulheres, aquela que traz a vida. Quero cumprimentar o excelentíssimo presidente desta Casa, em exercício, Calebe Coelho e é uma grande honra estar aqui contigo, hoje também prefeito em exercício né. Quero cumprimentar a minha princesa minha esposa Patrícia, quero cumprimentar aqui também a doutora Clarice, doutora Eleonora, cumprimentar os demais colegas e quero fazer aqui um cumprimento especial também a minha mãezinha que está aqui hoje à noite, se coloca de pé aí mãe, por favor, para que as pessoas te conheçam. Que coisa boa celebrar e te ter hoje à noite aqui mãe e também o pai que está aqui, minha família, filhos. Quero fazer um cumprimento especial também a uma mulher que um dia em uma conversa ela disse para mim assim ‘tu vais ocupar a minha cadeira na vereança’. E aí uma conversa eu digo para vocês que esta mulher ela não é nada fraca, é empresária, ex-presidente da Câmara, ex-secretária e é a Glória Menegotto que é a minha madrinha aqui na política; então Glória que bom te ter aqui hoje à noite para a gente ver também a nossa querida Fernanda que hoje está aqui no dia 18, no dia da mulher farroupilhense, mostrando a tua força, a tua capacidade, a tua inteligência. E nós chegamos aqui juntos e hoje é uma grande honra poder estar aqui prefeito e também tendo você ocupando essa cadeira com tanta dignidade, eu digo que a tua fala representa muito essa noite falando da nossa homenageada. Quero cumprimentar também a nossa querida secretária Anita Pasqual, cumprimentando ela quero cumprimentar as demais autoridades hoje à noite aqui presentes. E dizer que é um grande privilégio ter estas sete mulheres, é quase A Casa das Sete Mulheres hoje à noite, e dizer que vocês hoje estão recebendo de também de uma lei de uma idealizadora, uma mulher desbravadora que também foi a nossa querida Marlene Rozina Feltrin, que é a mãe do nosso querido prefeito Fabiano Feltrin. E hoje vocês estão aqui recebendo esta honraria e a minha gratidão. Os vereadores aqui já expressaram sua qualidades, tudo aquilo que vocês desenvolvem, mas eu queria rapidamente aqui porque eu sei que todo mundo tá enfrentando um calor bem como disse aqui o nosso excelentíssimo vereador Roque né, que precisa de um presidente com coragem, então Calebe até quarta-feira que tu tenha essa coragem né. Eu passo a bola hoje à noite aqui. É muito bom ter vocês aqui: Ana Paula Baggio que aqui na fala declara trabalho, dedicação; a Lizete Maria Teixeira Macalossi que declara aqui na sua fala empenho, esforço e cuidado; na fala da Maria Cleni Lopes Noll, uma mulher que batalha diariamente pelo seu espaço; a senhora Vilma que é uma porta voz de uma cultura, que palavra poderosa poder trazer através da sua voz uma grande cultura para nossa cidade; a Maria Carolina que expressa tão bem na sua fala e dizer que esta Casa está valorizando as pessoas em vida, é isso que nós precisamos porque a mulher ela é edificadora, ela é gestora, a mulher ela tem várias virtudes e dentre tantas essas virtudes é trazer a sua representatividade, lutar pelos seus ideais; senhora Teresinha Verona Bet que com fé e trabalho vem trazendo aqui a sua simplicidade, mas de uma grandeza tão extraordinária. E é claro que eu preciso também falar da minha querida profe a querida Marcia Bortolosso Gasperin, que grande honra de ter hoje à noite aqui. Poder falar e dizer que sim vereador Felipe Maioli ela foi minha professora é que ela não envelheceu quem envelheceu foi eu né; também ter aqui a tua família Marcia: o Gladi, Nayara que está aí também, o Vini que está longe. Mas quando eu falo do teu nome eu falo de história, eu trago a memória aquilo que me traz esperança e estar aqui hoje à noite junto com todos vocês com esta Casa cheia eu digo que vale a pena; vale a pena a gente trabalhar, vale a pena a gente ter fé, vale a pena a gente avançar, vale a pena nós enfrentarmos os desafios que são tantos, mas eu quero dizer que hoje a gente está aqui porque todas vocês são mais que vencedoras. Então o meu carinho o meu beijo a todas vocês e que Deus abençoe a todos nós nessa noite.

VICE-PRES. CALEBE COELHO: Obrigado ao nosso prefeito em exercício e sua esposa Patrícia, agradecemos pelas suas presenças. Quero novamente agradecer a presença de nossas homenageadas: Lizete Maria Teixeira Macalossi, Maria Carolina Grazziotin Brites, Ana Paula Bellaver Baggio, Teresinha Verona Bet, Maria Cleni Lopes Noll, Vilma Lourdes Bohm Tasca e Márcia Bortolozzo Gasperin. Gostaria imensamente mais uma vez de dizer parabéns a todas as mulheres e essa Casa se sente muito honrada com a presença de todas. Agradeço também a presença de todas as autoridades, os secretários que estão presentes, representantes de entidades, a imprensa escrita e falada, representantes dos conselhos municipais, senhores e senhoras nosso muito obrigado. Não poderia também deixar de prestar uma homenagem as mulheres que fazem parte desta Casa, destacando as nossas vereadoras – doutora Eleonora Broilo, Clarice Baú, Cristiane de Lima e da Fernanda Martins Correa, que assumiu nesta noite – e também as nossas assessoras que são fundamentais para o nosso trabalho. Vocês estão presenciando um momento único nessa noite, é a primeira vez na história de Farroupilha que nós temos quatro vereadoras empossadas. Parabéns, que momento. Enfim, convido a todos para de pé ouvirmos a execução do Hino Rio-grandense. (EXECUÇÃO DO HINO). Nada mais a ser tratado nesta noite declaro encerrado os trabalhos da presente sessão solene. Muito obrigado a todos, muito obrigado as nossas homenageadas. Uma boa noite.

 

 

 

 

Calebe Coelho

Vereador Vice-Presidente

 

 

 

Felipe Maioli

Vereador 1º Secretário

 

 

 

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa e Apoio Administrativo.