Pular para o conteúdo
01/03/2024 01:52:35 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 4333 – 14/11/2023

SESSÃO ORDINÁRIA

 

Presidência: Sr. Mauricio Bellaver.

 

Às 18h o senhor presidente vereador Mauricio Bellaver assume a direção dos trabalhos. Presentes os seguintes vereadores: Calebe Coelho, Clarice Baú, Cleonir Roque Severgnini, Davi André de Almeida, Edson Luiz Paesi, Eleonora Peters Broilo, Eurides Sutilli, Felipe Maioli, Gilberto do Amarante, Juliano Luiz Baumgarten, Marcelo Cislaghi Broilo, Sandro Trevisan, Thiago Pintos Brunet e Tiago Diord Ilha.

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Boa noite a todos. Declaro aberto os trabalhos da presente sessão ordinária. Dada a verificação do quórum informo a presença de 15 vereadores nesta sessão plenária com a ordem do dia 14/11/2023. Ordem do dia.

 

 

ORDEM DO DIA

 

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Em 1ª discussão o projeto de lei do legislativo nº 37/2023 que dispõe sobre os conselhos municipais. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Infraestrutura, Desenvolvimento e Bem-Estar Social favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição de senhores vereadores. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente, colegas vereadoras e vereadores, cidadãos/cidadãs que se fazem presentes aqui nessa noite, imprensa; cumprimento a todos. Então eu peço que permaneça na Casa em 1ª discussão. Nos próximos dias estaremos reunidos com os conselhos municipais para debater esse importante projeto. Obrigado senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano Baumgarten. Projeto nº 37/2023 permanece na Casa. Em 1ª discussão o projeto de lei do legislativo nº 38/2003 que aprova denominação para vias públicas municipais. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Infraestrutura, Desenvolvimento e Bem-Estar Social favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição de senhores vereadores. Com a palavra a vereadora Clarice Baú na tribuna.

VER. CLARICE BAÚ: Boa noite presidente. Boa noite os colegas vereadores. Boa noite a todos que estão aqui hoje nos prestigiando presencialmente, aqueles que nos acompanham de forma remota em suas casas e em especial a família do senhor Carlos Antônio Strapazzon. Então Carlos Antônio Strapazzon, o que falar de Carlos? Naturalidade farroupilhense, mas farroupilhense de coração e alma; assim nasceu em Farroupilha, mas escolheu ficar porque esse município seria onde iria construir uma vida com muitos desafios como para todos, mas por certo com muitas vitórias e conquistas. E desta forma foi escrevendo sua história sua trajetória que muito orgulha sua família; sua esposa Vera Lúcia, os filhos Carlos Roberto e Tatiana Lúcia Strapazzon. Para conseguir suas conquistas teve sonhos os quais só se realizaram porque desde cedo entendeu que a melhor forma de realizar seus sonhos seria através do trabalho. Assim começou em uma lavagem de automóveis, gerente administrativo do Unibanco, jogador de futebol do Brasil Farroupilha da época. Colaborou com essa paixão pelo futebol nos veteranos do Brasil de Farroupilha, no Saturno de Caravaggio, no clube Farrapos, AABB, CNEC, como em outros campeonatos sem deixar de lado outra paixão o bolão. Fez muitos amigos na sua jornada, muito querido e excelente cozinheiro. Então foi escrevendo sua história entre seus compromissos profissionais que muito colaborou para uma Farroupilha melhor pelas suas atitudes sempre alicerçadas na honestidade, no trabalho, na colaboração, numa conduta ilibada, deixando o seu legado a todos; uma trajetória exemplar. E que hoje pode ser reconhecida por esta casa legislativa como forma de homenagem indicar o nome do senhor Carlos Antônio Strapazzon na identificação de uma via pública municipal. É nesse sentido o requerimento da bancada do PP – o vereador Calebe Coelho, Edson Paesi, Sandro Trevisan e Clarice Baú. Obrigada.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereadora Clarice Baú. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Se nenhum vereador quiser fazer mais uso da palavra coloco em votação a solicitação da vereadora Clarice Baú para que o projeto seja votado nesta noite. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Em votação o projeto de lei do legislativo nº 38/2023 que aprova denominação para via pública municipal. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os vereadores. Em 1ª discussão o projeto de lei do legislativo nº 43/2023 que altera a lei municipal nº 4.787 de 13/12/2022. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação favorável; Orçamento, Finanças e Contas Públicas favorável; Jurídico Favorável. A palavra está à disposição de senhores vereadores. Com a palavra o vereador Marcelo Broilo.

VER. MARCELO BROILO: Boa noite, obrigado senhor presidente. Boa noite colegas vereadores, vereadoras, público que nos assiste presencialmente, imprensa, gostaria de agradecer o Cilo, Joel, representando também nosso executivo municipal sejam bem-vindos. Bom senhores vereadores, é um projeto simples, mas de muita importância alterando o artigo quinto da lei nº 4.787 que aprovamos nessa Casa em dezembro de 2022 Dizendo agora que ‘esta lei vigorará pelo período de vinte e quatro meses a partir da data de sua publicação’ e anteriormente era sabido que a referida a lei se daria pelo prazo de 12 meses finalizando neste mês de dezembro, aliás, próximo; então com isso temos um ano de 2024 até dezembro para justamente proporcionar ao nosso munícipe situação boa em relação ao subsídio do transporte coletivo sabendo que os efeitos da pandemia do covid-19 ainda se fazem sentir em todos os meandros da economia nacional, em especial sobre o sistema de transporte público municipal que foi diretamente impactado pela redução da mobilidade de usuários frente a sucessivas restrições de circulação de pessoas. No período de pandemia a operação se deu com patamares de passageiros muito aquém da previsão, havendo um aumento gradativo, chegando atualmente em 75% do normal. Por conta de sua inquestionável essencialidade, o transporte coletivo urbano manteve-se e segue prestando serviço não obstante as condições de onerosidade excessiva. A solução ortodoxa seria aumentar o preço da passagem, porém, neste cenário, aumentar o custo da tarifa, ao contrário de reequilibrar o sistema, terminaria por agravar ainda mais a situação deficitária, na medida em que acabaria por reduzir ainda mais o número de usuários e, ao fim, penalizaria o passageiro, que vem a ser o principal beneficiário. Sendo assim, através do presente projeto de lei, propomos que o subsídio tarifário nos serviços públicos de transporte coletivo urbano de passageiros se dê pelo período de vinte e quatro meses a contar de 13 de dezembro de 2022, data da publicação da lei municipal nº 4.787, de 13/12/2022. esta é uma medida adotada pela administração municipal para preservar o equilíbrio econômico-financeiro nos contratos de concessão, assegurando assim a modicidade das tarifas e promovendo a melhoria da mobilidade das pessoas nos deslocamentos dentro do território municipal. A concessão de subsídio está em consonância com os princípios, as diretrizes e os objetivos da política nacional de mobilidade urbana. Ademais senhores, mais uma notícia boa cumpre informar que estão sendo elaborados pela empresa Valor e Foco Consultoria em Engenharia contratada através do Pregão Eletrônico nº 143/2023, com contrato administrativo de prestação de serviços firmado sob o nº 362/2023, os estudos referidos à elaboração do projeto básico do sistema de transporte coletivo rural e para atualização das planilhas de formação de preços do sistema de transporte coletivo urbano de Farroupilha. Segue então o impacto orçamentário. gostaria senhor presidente, após também as comissões com parecer favorável e jurídico também, que se colocasse importante projeto de adequação à lei por mais um ano então valendo por 24 meses da data de 13/12/2022. Obrigado senhor presidente. Obrigado senhores vereadores.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Marcelo Broilo. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente, colegas vereadoras e vereadores. Bom, o projeto que sim a gente precisa debater porque ele é ele é importante e ele mexe sem sombra de dúvida com a população. Eu acredito que uma cidade que é passa por um transporte coletivo onde que a gente tem as pessoas mais integradas e acima de tudo menos veículos né. Não é a realidade de Farroupilha que tem a maior parte utiliza veículos próprios ou de aplicativos, táxis, coisas do gênero e muitas vezes o transporte público não chega aonde precisa chegar e até mesmo não tem horários não tem linhas né Joel. E a gente conversou várias vezes inclusive trouxe né trouxe a pauta aqui, por exemplo, o bairro Santa Rita que não tinha horário mais foi reposto, importante, mas tem outras localidades também que as pessoas procuram. O que eu conversava que é o que me preocupa e de certa forma me estranha que eu acho que a questão da justificativa da pandemia ela não serve mais como embasamento por quê? Praticamente a própria Organização Mundial da Saúde decretou o fim da pandemia certo; a gente sabe que alguns processos econômicos eles têm alguns resquícios, eles carecem de apoio, aporte e etc., mas há também de se fazer uma memória de se fazer um gancho que o preço do óleo diesel teve uma redução. E comparando quando nós votamos a outra lei baixou no mínimo R$ 1,00 o valor do litro do diesel, ou seja, o que que a gente tá fazendo hoje aqui nessa noite é autorizar a prefeitura pagar R$ 1,00 sobre cada passagem do urbano. é importante? é importante sim para as pessoas que não têm acesso etc. e etc., mas cabe também aqui a gente precisa fazer. Será que esse valor que tá sendo cobrado pela empresa é condizente com a realidade pelo serviço prestado? Será que esse valor condiz com a realidade de mercado? Condiz com as rotas? Condiz com os percursos? Então é importante que a gente faça sim esse debate porque a gente está tratando de algo que envolve diretamente a mobilidade do cidadãos. Eu deixo aqui essas esses questionamentos e essa reflexão, mas muito pelo contrário não serei objeção até porque né Joel ali na frente a gente aguarda uma nova licitação. E temos que ver também quanto que será o preço que será posto e qual serviço será prestado. O vereador Roque sempre diz assim não importa quanto tu paga do prato, mas tu tem que saber o que que é o prato o que que é o cardápio. Então voto favorável ao projeto que é importante para a cidade, mas fica esses meus pontos de questionamento. Obrigado senhor presidente

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano Baumgarten. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Se nenhum vereador quiser fazer mais uso da palavra coloco em votação a solicitação do vereador Marcelo Broilo para que o projeto seja votado nesta noite. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Em votação o projeto de lei do executivo nº 43/2023 que altera a lei municipal nº 4.787 de 13/12/2022. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os vereadores. Encerrado o espaço de discussão de projetos. Quero cumprimentar o nosso amigo Roveda a esposa de Vanice de Bona Roveda e o Pedro Pontes que estão na plateia. Passamos a apresentação e deliberação dos requerimentos.

 

 

REQUERIMENTOS

 

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Requerimento nº 87/2023: convite ao senhor Paulo Negreiros. A palavra está à disposição do vereador Gilberto do Amarante pelo tempo de até 5 minutos.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Boa noite senhor presidente. Boa noite vereadores e vereadoras. Quero saudar aqui a família do seu Carlos Antônio Strapazzon, saudar também todos os policiais aposentados que estão aqui essa noite reivindicando os seus suas reposições muito justa, porto, seu Brasil, a gente às vezes, Roveda e às vezes vamos vai fugir,, o Bill, vai fugir nós na lembrança agora de todos, mas quero aqui saudar a todos os policiais que hoje estão na reserva, mas continuam é só chamar que eles estão na ativa também né, Carlos que chegou agora. Então o senhor presidente esse requerimento então ‘solicitar que seja convidado o senhor Paulo Negreiros, diretor executivo dos Caminhos da Serra Gaúcha – CSG, e técnicos para informar acerca dos questionamentos abaixo: – RSC 453 apresentar fluxograma das obras com datas do licenciamento ambiental, projetos de duplicação, obras complementares, acessos, elevadas, retornos e viadutos, considerando contrato firmado com o Estado, levando em consideração os prazos estabelecidos; – Qual o aplicativo que a população deverá rastrear o andamento das obras de forma transparente; – a RSC 453 será entregue em 2026, a obra de duplicação e todas as demais obras compostas, iniciando no acesso da Paulo Tartarotti até a BRS, que  agora mudou antes era só BR 470, porque foi estadualizada, na Telasul; – ERS 122 com início do trajeto das obras no trevo com a RSC 453, que é na frente da Tramontina, no percurso até São Vendelino, entrega firmada em contrato com o Estado no início do ano de 2027; – também ver a possibilidade de antecipar obras de infraestrutura, elevadas, viadutos, retornos e acessos em geral no município de Farroupilha, considerando ser o município, centro da Serra Gaúcha, com passagem de veículos e caminhões dos municípios da serra, demais municípios e estado, e pelo fato de não haver necessidade de licenças ambientais para a execução das obras e assim antecipar fluidez no trânsito, diminuição de acidentes, diminuição de riscos eminentes de morte no trânsito. Se possível, quais obras poderão ser antecipadas e quais são as datas de entrega; – como funcionará a cobrança no sistema Free Flow, e se terá aplicativo’. Reconhecemos também e observamos o trabalho que já está sendo feito. Quero dizer que essas obras, por exemplo, a 453 ela está firmada para entregar para nossa comunidade, a 453, até início de 2026 e haja visto que já se passou-se um ano. Eu sei Marcelo que, vereador Marcelo, que o Executivo também está tratando e neste caso eu sempre digo que nós temos que unirmos esforço como já fizemos no passado – audiências públicas e tantos outros manifesto em prol de incluir obras – inclusive naquela ocasião o Estado não tinha incluído um novo traçado da curva da morte e então foi incluso ali com apelo dos vereadores da Serra Gaúcha do qual a gente tinha um grupo muito forte de vereadores aqui que estávamos em torno de quarenta quase 50 vereadores do qual a gente trabalhou aí com muito afinco e foi incluído essas obras. Então peço apoio de todos e enviar para os as autoridades e que essa empresa venha aqui no início do ano para comentar sobre o assunto.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Amarante. A palavra está à disposição dos senhores vereadores pelo tempo de até 3 minutos. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente, então obviamente que voto favorável ao requerimento do vereador Amarante. Eu me sumo também na manifestação dele que seja no começo de fevereiro quando voltam as atividades parlamentares. A gente sabe que a demanda de projetos diminui então eu acho que se faz salutar organizar para que já se não na primeira segunda ou na segunda, segunda de fevereiro, após o nosso retorno, venha então o senhor Paulo Negreiros para falar. Eu acho que a gente precisa organizar algumas coisas para ser mais proveitosos. A última vez, enfim, que o senhor Paulo Negreiros veio na minha concepção não correspondeu às expectativas, a gente ficou muito vamos dizer muito campo aberto tem que limitar algumas coisas, mas todas elas se fazem pontuais e necessárias; até porque a gente tem visto algumas coisas avançarem e também o atendimento da concessionária Caminhos da Serra Gaúcha é importante. Algumas demandas que nós solicitamos como, por exemplo, algumas coisas que tangem sim a rodovia ali na proximidade do BONDAN, desentupir/desobstruir aquelas galerias foram feitas a meu pedido, já foi executado, a própria questão de sinalização em alguns locais da via também já foi executado e o caso mais emblemático que eu acho que foi um feito coletivo que se iniciou o movimento dos moradores aqui na Câmara aqui neste parlamento que foi sem sombra de dúvidas o trevo de acesso a São Miguel. Então acho que é salutar eu acho que é importante, nós precisamos debater sim temos que ter né Amarante um cronograma das obras, ver também o andamento, a própria questão do ‘free flow’ que é sem sombra de dúvidas uma incógnita para muitos não ficou muito claro como que será feita a cobrança. Então nós precisamos dessas informações para passar para o cidadão e acima de tudo para nossa compreensão enquanto representantes. Então penso reitero organizarmos um pouquinho melhor para termos proveitos. E também a gente tem aqui a imprensa – o Leandro Adamatti, o Ramon, o William Bertuol – para que ajudem a divulgar a posteriori a data para que a população saiba e se faça presente aqui para acompanhar porque impacta na vida de todos a acessibilidade, os caminhos, para ter então, enfim, difundir isso. Obrigado senhor presidente, voto favorável.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra o vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Senhor presidente e senhores vereadores. Aproveitar a oportunidade também para cumprimentar a todos que estão aqui, pessoal das forças de segurança – pessoal da ativa e o pessoal também que já estão na reserva da brigada militar, da policia rodoviária, dos bombeiros, enfim – cumprimentaram também a família Strapazzon e a todos os demais que se encontram nessa Casa, a nossa imprensa e as pessoas que nos assistem de suas casas ou das suas plataformas digitais. Vereador amarante, é importante esse convite aqui para CSG que está vamos dizer assim cuidando das nossas rodovias estaduais aqui na região da Serra, mas de boa parte também do Rio Grande do Sul. E nós temos aqui uma triste lembrança dos pedágios né, muitas peleias né Roveda quanta peleia nesse pedágio que se instalou entre Farroupilha e Caxias tanto assim que quando ele foi extinto houve até manifestações que se deixasse aquelas cancelas para mostrar a vergonha que foi aquele pedágio que se instalou aqui. Felizmente passou, deixou rastros, estragos e deixou uma imagem ruim, mas me parece que essa modalidade que aí está de pedágio me parece que vem a convergir muito com a nossa realidade. É claro que nós estamos falando aqui das nossas estradas que possivelmente quem vai a Bento quem vai a Caxias quem se desloca por aqui não teremos o pagamento do pedágio; agora quando for a Porto Alegre a conta vai vir. Mas a gente nota que há já movimentação a empresa já fazendo alguns tipos de trabalho/alguns reparos, e as rodovias estão tão abandonadas que me parece que só uma roçada, repor uma placa, trocar um poste de iluminação já parece uma grande obra né; e a gente espera ansiosamente que as rodovias possam receber o tratamento adequado e a infraestrutura necessária condizente com o que é a pujança da nossa região. A Serra Gaúcha produz muito gera muitos impostos e às vezes os governos dizem o seguinte ‘a Serra não precisa porque a Serra é rica o pessoal se dá um jeito por lá’ e aí acaba não atendendo né. E hoje me parece que há então um cronograma a gente vai conhecer melhor até por intermédio da vinda do pessoal da concessionária aqui e também para ouvir sobre essa questão da passagem livre né que teremos aí um sistema moderno instalado né, que já experimentamos em outras rodovias que se viaja, mas hoje sem cancela nenhuma né; passa, pode passar a vontade só que vai virar conta para pagar. então a gente entender também como é que vai funcionar esse sistema para que todos os nossos usuários possam estar por dentro disso aí. Então um vereador Amarante acho que é bom a gente vai ter um amplo debate aqui nessa Casa. obrigado senhor presidente

PRES. MAURICIO BELLAVER:  Obrigado vereador Roque Severgnini. Com a palavra a vereadora Clarice Baú.

VER. CLARICE BAÚ: Obrigado presidente. Importante né esse convite do senhor Paulo, ele já esteve aqui e deixou dúvidas né; mas penso também que é importante ele vir para prestar contas e como vai funcionar toda essa questão do pedágio. Mas eu entendo que o pedágio é um mal necessário. O poder público já não tem mais condições de manter nossas estradas da forma que nós merecemos e da forma que nós pagamos para que tenhamos estradas melhores. eu entendo que o convite é importante aqui é fórum de debate né e eu acho que é aqui que ele tem que vir mesmo para prestar contas, mas não vamos ter muitos encaminhamentos; o contrato já está assinado entre a concessionária e o poder público estadual. Nós vamos ter avanços ou mudanças nenhuma, nós vamos debater, mas vai parar no debate e no entendimento de como vai funcionar realmente a logística na cobrança e tal; mas encaminhamentos não poderemos fazer o contrato está fechado já assinado e vão fazer e já eras né então. Mas eu entendo que é o mal necessário porque a vida vale muito mais do que a gente paga ali né. Mas só para esclarecer que nós não vamos poder avançar muito nisso. Mas concordo com o requerimento. Obrigado presidente

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereadora Clarice Baú. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Espaço de líder para o vereador Gilberto do Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Eu concordo contigo vereadora Clarice, e é justamente nós queremos que seja cumprido o contrato: que a entrega da 453 ela está prevista com todas as obras lá colocada para 2026 e já se passou um ano né e a gente não viu um pedaço de obra aí sendo feito. É essa cobrança que eu acho que nós vamos ter que estar muito afinco nesse momento com vereadores, eu sei que o Executivo tá fazendo isso também e lá pelas tantas vamos envolver também a assembleia/o governo do estado que seja cumprido o contrato o que está estabelecido em contrato. E a questão de nós antecipar de repente algumas obras de urgência que seria os retornos/acessos em nossa cidade que hoje estão muito precários isso a gente já conversou em alguns momentos com a empresa, eu acho que o vereador Juliano acho que o vereador Roque estava junto numa reunião com eles, quando a gente discutiu aqui o acesso da Linha São Miguel e eles vê possibilidade de antecipar isso. Que isso não está no contrato. Mas de qualquer forma está no contrato para eles fazer junto com todo toda a obra no contexto todo da obra né. Então é mais nesse foco da gente fazer com que eles cumpram com o contrato, exatamente, porque se nós daqui a pouco ir cobrar deles no último ano ou nos últimos seis meses aí não vai cumprir mesmo né. Então muito obrigado senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Gilberto do Amarante. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra o vereador Sandro Trevisan.

VER. SANDRO TREVISAN: Boa noite presidente, senhores vereadores, senhoras vereadoras, público presente na Casa. Sim, favorável também a vinda aqui na Casa né porque na verdade isso é importante mesmo no sentido de que o contrato está feito isso é imutável já tá concordo, mas assim algumas prioridades pode sim adiantadas né. Eu acho que é prerrogativa da gente fazer essa cobrança e ficar então monitorando e se está sendo cumprido e consequentemente também ficar cobrando porque a gente sabe que a concessionária vai fazer o quê? Ela tem um organograma todo feito, mas alguns movimentos que ela pode fazer, ela faz se tiver pressão. então é importante vereador sou favorável a vinda do representante da empresa aqui na nessa Casa para a gente discutir e ver o que é necessário ser feito e já fazer alguns pedidos né; importante já fazer alguns pedidos para que sejam atendidos aqui na nossa região porque as estradas estão daquele jeito né; com todas essas chuvas agora eu vou direto a Caxias e isso cada pouquinho é um buraco diferente né, aqui para baixo também. Embora como diz a Clarice né o mal necessário os nossos pedágios, mas já que o contrato tá feito já que a empresa tá aí vamos cobrar para que eles façam o serviço deles de maneira de maneira adequada porque um buraco desse muitas vezes numa rodovia como estava antes pode ser a diferença para alguém que colide ali contra ele com o carro e pode ser a diferença entre a vida a morte né. Então vamos ficar cobrando aí para que eles possam fazer o serviço deles e se sintam pressionados a fazer o que é de interesse da comunidade, que seja feita de maneira mais rápida. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Sandro Trevisan. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Se nenhum vereador quiser fazer mais uso da palavra coloco em votação o requerimento nº 87/2023. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os vereadores. Requerimento nº 88/2023: congratulações a equipe feminina de futebol SER Brasil. A palavra está com o vereador Marcelo Broilo pelo tempo de até 5 minutos.

VER. MARCELO BROILO: Senhor presidente, vou usar a tribuna. Boa noite a todos novamente. quero aqui ler o requerimento nº 88 a qual ‘o vereador signatário, após ouvida a Casa, requer a vossa excelência que seja enviado votos de congratulações a equipe feminina do Brasil de Farroupilha, em nome do Presidente da Sociedade Esportiva Recreativa e Cultural Brasil de Farroupilha, Elenir Luiz Bonetto, por garantirem uma vaga no Campeonato Brasileiro A3 de 2024. A equipe farroupilhense venceu, no último dia 29/10/2023, a equipe do Elite na cidade de Ijuí e essa vitória as classificou para as semifinais do campeonato gaúcho, juntamente com grêmio, internacional e juventude; e foi uma maneira de garantir de maneira antecipada a vaga na competição nacional. Diante do exposto deixo registrado minha admiração pelo desempenho da equipe que vem fazendo um belíssimo trabalho. O projeto feminino tem na nossa cidade 6 anos, estando entre os 4 melhores do Estado, com 2 títulos senhores do campeão gaúcho do interior, 2019 e 2020, e duas participações na série A2 do campeonato brasileiro – 2020 e 2021. Além de relevar [sic] e descobrir dezenas de atletas que hoje atuam em alto nível em grandes clubes do Brasil e do mundo. Sendo assim senhor presidente, eu peço deferimento. E gostaria agora de falar algumas palavras, mas antes disso citar não sei se todas as atletas e comissão estão, mas é merecido senhor presidente. Até peço perdão se me alongar no tempo podendo se a bancada do meu partido autorizar usar o espaço de liderança; a qual falo em nome da doutora Eleonora e do colega Felipe Maioli. Atletas, sejam bem-vindos: Adriana Moraes, Alana Bilhar, Andrieli de Carvalho de Souza, Bianca Thomazoni da Costa, Caroline da Silva  Gonçalves, Carolina Silva Severo, Catherine Munaretto Cavion, Kattu Cilene Garcia Serafim, Cynthia Marcondes dos Santos, Eduarda Machado dos Santos, Gabriele Nascimento Dias, Giovana Piton Pessoa da Silva, Isadora Padilha Monte, Jennifer Stefani Kelwes, desculpa a expressão do sobrenome, a nossa atleta atacante Kim, seu nome é mais difícil né, Cristina Garcia Rodrigues, Laira Mauer de Souza, a Laiza Gonçalves Benites, Laysa Yasmin Rios de Carvalho, Letícia Santos Alves, Maria Gabriela Oliveira de Souza, Marcella Koasne, Nicole Neres Batista, Nubia Cabral Doto, Paola Rodrigues Ferreira, Sthefani Siqueira Santos, Yasmin Oliveira Rosa. Perdão novamente se algum sobrenome não pude expressar corretamente. Na comissão técnica o nosso técnico Leonardo Antunes de Moraes, Odemir Paulo Moterle como auxiliar técnico, o Rodrigo Ramos Silveira também auxiliar técnico, a Vera Lúcia Alves da Silva preparadora física, o Jonathan Rodrigues preparador de goleiras e Giovana Vigolo auxiliar de preparação de goleiras. O staff então do clube/da equipe Jefferson Oliveira massoterapeuta, a Bianca de Castro da Silva fisioterapeuta, o doutor Ronaldo e doutor Felipe médicos, Edson gerente, William Bertuol coordenador de comunicação e a Lis dos Santos Neis coordenadora geral. Obrigado senhor presidente. Tatiele Angélica Posa, Adriano Padilha na direção junto com a Tatiele, o Juliano Gabrielle da mesma forma, Liniker Reginato e Cristiano Neri então fazendo parte da direção. E como presidente então Elenir Luiz Bonetto, bem-vindo à Casa Elenir, e o Gabriel Marchetti como presidente do conselho deliberativo e os demais membros do comitê gestor. Obrigado, vou usar o espaço de líder. Senhores, é uma grata satisfação o que essa casa legislativa promove e pratica na noite de hoje. quero aqui destacar uma grande virtude que observei e chama muita atenção nos dias de hoje, vários setores do clube Elenir, o trabalho voluntário, fazendo o seu melhor para construir um legado/uma história valorizando e incentivando atletas e os seus sonhos; exaltando senhores e conduzindo o nome de nossa cidade não só para nossa região aqui e não só também para o Estado, para todo o nosso Brasil. Tendo como Bandeira no futebol né Gabriel, falamos hoje, feminino, a valorização da mulher e como defendemos a mulher aqui né doutora Clarice, vários projetos, que bonito isso, o zelo pelos atletas e contribuindo para banir ou reduzir o preconceito que ainda existe, existe muito. Mantenham-se firmes e persistentes em busca de seus objetivos. quantos testes e provações vocês passaram. Mas como eu sempre digo é nas dificuldades que nos reinventamos e conseguimos a superação. nós somos gratos pela representatividade proporcionada a todos os farroupilhenses. Vida longa é o que desejamos. o sucesso é a habilidade de postergar a gratificação, tudo tem um tempo de maturação de aprendizado; quanto esforço desprendido e quantas dificuldades. Mas vocês souberam esperar e que agora os frutos sejam colhidos; mas continuem plantando novas sementes. Aguardar, orar, confiar e agradecer. E que as congratulações que essa casa legislativa esta noite como eu disse antes promove é muito justa, merecida e verdadeira. Enfatizo dizendo que tenhamos que ser como abelhas, já falei isso na Casa em outra oportunidade, aerodinamicamente falando o corpo delas não é feito para voar, mas elas não sabem disso senhores, não sabem e não conhecem nada de física e voam de qualquer jeito; é isso que podemos fazer, voar e prevalecer diante de qualquer dificuldade e diante de qualquer circunstância. Para isso fica o nosso muito obrigado, continuem assim e parabéns, vida longa, muito sucesso, que bom tê-las aqui, tê-los aqui a comissão técnica, em nome do Elenir então muito obrigado mesmo. E finalizo dizendo senhores o seguinte: não importa o tamanho de suas asas simplesmente voe. Muito obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Marcelo Broilo.  A palavra está à disposição dos senhores vereadores pelo tempo de até 3 minutos. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente e colegas vereadoras/vereadores. Cumprimentar então o time feminino da SER Brasil, sejam bem-vindas aqui nesta Casa, juntamente com diretoria presidente Bonetto Gabriel Marchetti, o Bertuol, o Padilha. cumprimentar também não está presente aqui, mas o Hortêncio que também é um voluntário tem um trabalho intenso no clube, claro todas as meninas e no nome da capitã Kattu saúdo a todas, parabenizo por esta conquista por levar mais adiante mais uma vez o Brasil de Farroupilha para todo o país disputar uma competição nacional. E se a gente olhar a gente vai ver todas as dificuldades longínquas ao longo dos anos que atrapalharam a mulher poder praticar o esporte, a mulher estar inserida no esporte. A gente não vai muito longe, no Brasil foi proibida a prática do futebol feminino na era Vargas, no estado novo, depois após o golpe militar e cerca de 40 anos que foi permitido e claro a passos lentos e demorados a CBF e órgãos de futebol vem trabalhando para dar mais oportunidade, profissionalizar.  então o Brasil de Farroupilha é uma instituição que tem 84 anos de existência e inovou, deu literalmente o pulo do gato lá em 2017 quando criou uma equipe de futebol feminino. Foi um marco para nossa cidade para o futebol e acima de tudo para todas as meninas que são apaixonadas pelo futebol, onde que elas sabem que elas podem que elas devem, que elas têm que estar onde elas quiserem no futebol porque qualquer lugar é o lugar da mulher. não é diferente e assim uma luta diária, a gente sabe das dificuldades, muitas de vocês trabalham durante o dia poucas conseguem se dedicar exclusivamente ao futebol e é por isso que nós precisamos o município precisa apoiar mais o futebol feminino, tem que incentivar. nós temos o FUNDEL tem que injetar dinheiro no FUNDEL tem que investir nas meninas. Porque a gente congratula a gente parabeniza a gente saúda, mas isso não basta. O poder executivo tem que destinar e faço questão aqui de deixar se o poder executivo municipal mandar um projeto de lei para estímulo do futebol feminino e eu voto favorável; está aqui levantado o movimento ajudem o Brasil, de Farroupilha principalmente as meninas porque é fantástico é brilhante o que elas estão fazendo, rompendo barreiras, lutando contra o preconceito e se inserindo nos espaços e acima de tudo que poucos falam: o esporte é uma ferramenta de cidadania de construção social. eu vou usar o espaço de liderança. E é isso que a gente precisa estar a par e apoiar. Eu estive no domingo num almoço no Bela Vista organizado pelo SER Brasil estava muito bem, parabéns a todos a todos que organizaram, tinha um bom público mais de 300 pessoas que se fizeram lá comemorando mostrando que sim nós temos uma equipe de futebol profissional na cidade que representa, que tá ali, que dá espaço, desde as crianças na sua categoria de base para as meninas e para o adulto. Mas é preciso olhar porque olha só o que elas conseguiram. Elas conseguiram ser bicampeãs do interior e no domingo elas vão defender o tricampeonato no Alfredo Jaconi com o Juventude e eu tenho certeza que vocês vão dar o máximo de vocês, vocês vão fazer tudo o que estiver dentro do alcance porque é assim é na luta é na garra na raça é na vontade, e sempre se sobressaindo. Nunca foi fácil, mas nunca desistir. E fora também que já estiveram em outros momentos disputando outros campeonatos estando em outros momentos também junto ao futebol feminino lá nas outras séries passando as barreiras da região e acima de tudo as divisas do Estado e estando na Federação. então eu quero aqui saudar vocês, fala em nome da bancada do PSB do meu colega vereador e advogado Roque, parabéns, obrigado por nos representarem conte conosco e vamos para frente e dá-lhe Brasil. Muito obrigado senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano Baumgarten. Com a palavra a vereadora Clarice Baú.

VER. CLARICE BAÚ: Obrigado presidente. Boa noite a todos novamente. Um boa noite especial aqui para o Nestor Zanonato que está aqui hoje representando o deputado Pasin, obrigado pela pelo prestígio, ao Cilo Monteiro que aqui ele está representando o Executivo através do departamento de esportes. E com certeza né colega o Cilo estando aqui é porque há incentivo sim né nessa questão de incentivar realmente o esporte. Mas como presidente da frente parlamentar das mulheres e como professora aposentada de educação física eu não poderia deixar de dizer que temos uma conquista sim do futebol, mas da equipe feminina de futebol isso faz muita diferença. Até pouco tempo não muito longe do presente era proibido realmente que as meninas pudessem avançar nessas questões, mas com todos os movimentos né das mulheres estamos avançando sim e vocês contribuem muito para que isso aconteça. Então é com muito orgulho que esta Casa faz essa homenagem, é um reconhecimento dos avanços das mulheres também no esporte como em todos os espaços que merecemos. Então quero dar parabéns a toda a equipe diretiva e também da questão toda a equipe técnica e principalmente para essas meninas que são guerreiras que são poderosas como a mulher sempre foi, mas não era reconhecida. E agora nós estamos sendo reconhecidas porque a juventude tá aí tá aí nos ajudando nessa questão de conquistar nossos espaços. Então parabéns, continuem, nunca desista dos sonhos de vocês e assim vida longa realmente. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereadora Clarice Baú. Com a palavra o vereador Gilberto do Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Boa noite senhor presidente. quero aqui saudar as meninas do Brasil Farroupilha, o Elenir Bonetto, o Gabriel, que estão na frente desse time de futebol com todas as dificuldades né Gabriel/Elenir; que as meninas que jogam no Brasil de Farroupilha têm uma diferença em relação aos demais times, por exemplo, Grêmio e Internacional, uma pequena diferença né na questão do custeio: 70 vezes a mais o Grêmio e o Inter tem estes valores a mais que o nosso Brasil de Farroupilha. Mas vocês eu como fui assistir o último jogo que vocês jogaram com o Grêmio, eu sou gremista, mas eu torci como nunca pelo Brasil de Farroupilha naquele dia. Porque uma que nós conseguimos encher olha o estádio estava quase cheio uma coisa que não vinha mais acontecendo; e que bom vocês trazem essa atividade e de certa forma uma atração para o nosso município para nós estarmos lá com vocês. E uma questão que foi através do Brasil de Farroupilha foi através de vocês que também saiu dali uma jogadora que chegou na seleção brasileira que foi a Rafa Leves e que hoje está em times grandes e que tenho certeza que vocês também daqui um pouco com todas as dificuldades e como todos vocês trabalham; inclusive o técnico do Brasil tem outra função porque senão ele não se mantém é com os recursos do qual ele recebe pelo trabalho no futebol e vocês também não treinam quanto os demais times até porque as condições são muito diferentes. Mas vocês levam o nosso município longe muito longe nas mídias sociais nas televisões, quantas vezes a gente escuta na RBS TV, por exemplo, o time de Brasil do Brasil de Farroupilha que está competindo com os demais times que competem a nível nacional. E agora da mesma forma vocês estão competindo e passarão a competir de forma nacional; então isso leva o nosso município a ser apresentado tanto de mais uma forma. Mas são vocês são vocês meninas que apresentam Farroupilha para o Brasil nesse momento com o Brasil de Farroupilha para o Estado e para o Brasil inteiro como um todo. então só tenho que dizer para vocês parabéns, parabéns por vocês, e continue porque o sucesso como as dificuldades tenho certeza que aparecerá e vocês pelo menos e se não tiver o sucesso de jogar um time grande vocês terão já tem a satisfação hoje de estar competindo com o Brasil de Farroupilha que hoje ele é grande. Então parabéns.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Gilberto do Amarante. Com a palavra o vereador Kiko Paesi.

VER. EDSON PAESI: Obrigado senhor presidente. Boa noite colegas de legislativo, servidores da Casa, imprensa, esse público querido que nos acompanha presencialmente ou pelas mídias também. Meninas do Brasil de Farroupilha como já foi falado aqui durante um período o futebol feminino no Brasil foi proibido Presidente Getúlio Vargas, em 1941, sob o argumento de que era uma prática incompatível com a natureza das mulheres; e vocês são a prova que isso era uma um preconceito uma barreira e que ele estava redondamente enganado, que você superarem barreiras. Porque em 1979 então o presidente Figueiredo revoga o decreto de Getúlio Vargas, em 1983 o Conselho Nacional de Desporto regulamento futebol feminino e uma luta de vencer barreiras e preconceitos. veja o argumento estapafúrdio do presidente Vargas na época considerar o esporte incompatível com a natureza das mulheres e vocês e todo o movimento do futebol feminino demonstra que era uma ideia errada, superada desde a sua origem. Está ali o exemplo de superação de barreiras e preconceitos. vida longa, parabéns e sucesso

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Kiko Paesi. Com a palavra o vereador Calebe Coelho.

VER. CALEBE COELHO: Meninas, eu gostaria de agradecer a vocês por estarem devolvendo a dignidade ao futebol. Eu particularmente, faz muito tempo que eu não acompanho futebol masculino porque nós eu fui acostumado a ver futebol quando era criança tinha Zico, Sócrates, Falcão, era no futebol que era da camisa, era amor, era raça. E depois de um tempo para cá o que que acontece? Os jogadores principalmente dos grandes times né time do Brasil, por exemplo, da seleção brasileira qualquer encostadinha nossa os caras caem e ficam ali parece que vai para UTI né; pisou no pé estragou a unha do jogador meu Deus que e vocês não. Eu me lembro de ver pela internet um vídeo de uma moça jogando, uma moça no exterior, ela caiu e a rótula do joelho dela foi para o lado assim sabe ficou feio aquele joelho dela, sabe o que ela fez, ela botou a rotulo no lugar e foi jogar e terminou o jogo. Isso é raça isso o verdadeiro futebol. Então muito obrigado por estarem trazendo de volta dignidade do futebol arte que é o futebol com raça, com amor à camisa que vocês estão trazendo. Infelizmente a gente não vê mais isso nos times grandes né, o pessoal ganha milhões para ir rolar muitas vezes no campo, não generalizando, mas acontece muito né. Então muito obrigado por estarem aqui continuem a gente sabe que a vida não é fácil né e vocês precisam muitas vezes superar problemas pessoais/dificuldades pessoais para estarem em campo né e estão fazendo bonito. Então muito obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Calebe Coelho. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra a vereadora Eleonora Broilo.

VER. ELEONORA BROILO: Boa noite a todos. Boa noite colegas vereadores. Boa noite presidente Maurício, nossos colaboradores, boa noite minha colega doutora vereadora Clarice Baú, a todos que aqui se encontram. Eu queria dizer de modo muito singelo que as mulheres estão galgando setores estão galgando esportes estão em ações que antes não lhes era dado a chance; não que elas não pudessem, mas não lhes era dado a chance. Hoje elas mostram nós mostramos que nós podemos ser boas em qualquer profissão em qualquer esporte qualquer coisa; a mulher pode ser boa em qualquer coisa basta que ela queira. E é com orgulho que eu digo a essas meninas parabéns, parabéns meninas do SER Brasil. Parabéns, vocês merecem esta justa homenagem e merecem que todos nós aqui digamos exatamente isso. Parabéns meninas de ouro, vocês são meninas de ouro. Obrigado

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado doutora vereadora Eleonora Broilo. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra o vereador pastor Davi.

VER. DAVI DE ALMEIDA: Boa noite senhor presidente, senhores vereadores, senhoras vereadoras. Quero cumprimentar aqui nessa noite doutor Carlos Cruz que está aqui hoje presidente do PTB, cumprimentar também o Cilo Monteiro, cumprimentar aqui o Nestor Zanonato, também a família Strapazzon que hoje também foi reconhecida, Elenir Bonetto e o nosso querido Brasil de Farroupilha. Essas meninas que são lutadoras, guerreiras e chegam aqui hoje para este momento vitorioso de tantos que virão pela frente. O caminho é difícil às vezes é árduo, desafios grandes, mas com grandes desafios vêm grandes vitórias e é isso que nós precisamos pensar; cada jogo é um jogo e assim a gente vai vencendo desafios. E agora vocês têm um grande que é o brasileiro e a gente está aqui nessa Casa para apoiar. Como ouvi aqui os colegas vereadores falarem penso que nós devemos investir sim no Brasil de Farroupilha, eu tive o privilégio de estar conversando um pouquinho com o presidente outro dia lá na sede do Brasil e quanto nós podemos ter um olhar no Brasil de Farroupilha; vejo que nós podemos ampliar essa visão né e investir nestes talentos que estão aqui diante não só de Farroupilha, mas do sul e do Brasil e quem sabe por que não fora do Brasil num futuro dessas meninas tão talentosas. parabéns a todas vocês.

PRES. MAURICIO BELLAVER:  Obrigado vereador pastor Davi. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Se nenhum vereador quiser fazer mais uso da palavra coloco em votação o requerimento nº 88/2023. os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os vereadores e subscrito por todas as bancadas. Requerimento nº 89/2023: congratulações ao atleta Cleiton Cordeiro. A palavra está disponível ao vereador Calebe Coelho pelo tempo de até 5 minutos.

VER. CALEBE COELHO: Cleiton, esse é o tipo de notícia que nós gostamos de falar aqui nessa Casa: atleta farroupilhense conquista 1º lugar do campeonato brasileiro de Muay Thai. O evento aconteceu no Rio de Janeiro no dia 4 e o farroupilhense Cleiton Cordeiro participou do campeonato brasileiro de Muay Thai no Rio de Janeiro conquistando o 1º lugar, primeiro lugar, na sua categoria. A chave tinha seis competidores dos estados do Rio de Janeiro, Amazonas, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Cordeiro lutou duas vezes contra o atleta do Amazonas, vencendo por nocaute técnico no 3º round. A final foi contra o outro gaúcho com vitória por pontos em decisão unânime. Importante ressaltar que o atleta recebeu incentivo através do programa ‘auxílio atleta’ que viabiliza com verbas a participação em prova para os competidores; assim cumprimentando também o Cilo Monteiro que faz parte deste projeto tão importante. Cilo, aliás, muito obrigado por tudo que o senhor vem fazendo pelo esporte de nossa cidade. Sendo assim, estes simples votos de congratulações é uma forma de reconhecimento da nossa Casa para lhe aplaudir e desejar sucesso em sua trajetória. E este vereador bem como meus colegas de bancada vereadora Clarice Baú, vereador Sandro Trevisan e vereador Edson Paesi, desde já agradecem o atleta por estar levando o nome do município consigo através de tanta garra, disciplina e dedicação ao esporte. E o poder legislativo municipal se dispõe inteiramente a cooperar, colocando-se a disposição para ouvir suas demandas. Parabéns Cleiton Cordeiro por ter conquistado o 1º lugar no campeonato brasileiro de Muay Thai, é uma honra tê-lo conosco esta noite. Nós também sabemos que não é fácil nem o treino nem a vida de forma geral de um atleta né são muitas dificuldades que só tu sabe sem contar as dores diárias do treino né. então tu é um exemplo não só para nós adultos, mas também para com a geração que está vindo aí, continue firme e forte nessa luta nesse caminho. Muito obrigado.

VICE-PRES. DAVI DE ALMEIDA: A palavra está à disposição dos senhores vereadores. se ninguém quiser fazer uso… Juliano, vereador Juliano está com a palavra.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente e colegas vereadoras/vereadores. Parabéns Cleiton né representar nossa cidade por ser campeão. Importante fomentar todas as modalidades de esporte e todos os programas. eu tive a felicidade de fazer parte do governo passado na secretaria de esportes e um dos programas que nós conseguimos criar foi esse ‘auxílio atleta’ que teve algumas adequações, mas que sim foi dado um passo e é importante que a gente fomente né Cilo mais políticas públicas, mais apoio, mais incentivo a todas as categorias seja de reconhecimento e acima de tudo o investimento. Que a gente sabe que ser atleta não é algo simples, não é algo barato, tem que dedicar tua vida particular, tu tem que tu é profissional e claro a vida de atleta. Parabéns por representar o nosso município. Falo em nome do meu colega também vereador Roque. Obrigado e parabéns.

VICE-PRES. DAVI DE ALMEIDA: Obrigado vereador Juliano. E a palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Kiko Paesi.

VER. EDSON PAESI: Obrigado vereador pastor Davi. Eu teria muitos amigos a citar aqui na plateia, mas o tempo é curto e como já foram citados então estendo cumprimentos. Caro Cleiton Cordeiro, falamos a pouco das meninas do Brasil de Farroupilha vejam que noite memorável para nossa Câmara de Vereadores nós estamos com expoentes do esporte de Farroupilha, um clube tradicional no futebol e que hoje tem essas meninas que nos orgulham e o Cleiton no Muay Thai conquistando um título nacional. É uma noite festiva. Cumprimentá-lo Cleiton por essa conquista e por muitas outras que virão certamente; perseverança, humildade, persistência sempre, certamente isso vocês têm a nos ensinar inclusive. Parabéns, sucesso e muito obrigado por trazerem essas glórias a nossa cidade.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Kiko Paesi Com a palavra o vereador pastor Davi

VER. DAVI DE ALMEIDA: Cleiton Cordeiro, só para parabenizar né você aqui nessa noite também, essa grande conquista. A gente vê quanto Farroupilha tem avançado e hoje como tu disseste vereador Kiko é uma noite memorável temos aqui dois expoentes gigantescos da nossa cidade o quanto mostra o quanto se tem trabalhado no esporte se incentivado nessa continuidade Cilo e que a gente possa continuar nesse tempo investindo nesses talentos que levam o nosso nome e a gente tem muito orgulho. meu voto é favorável senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador pastor Davi. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Se nenhum vereador quiser fazer mais uso da palavra coloco em votação o requerimento nº 89/2023. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os vereadores e subscrito por todas as bancadas. Encerrado o espaço de requerimentos. Passamos ao espaço destinado a moções.

 

 

MOÇÕES

 

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Moção nº 26/2023: apoio a reposição inflacionária da brigada militar e corpo de bombeiros. A palavra está à disposição do vereador Davi Almeida pelo tempo de até 5 minutos

VER. DAVI ALMEIDA: Muito obrigado mais uma vez senhor presidente. Eu quero cumprimentar aqui a imprensa – o Adamatti e também o jornal Informante -, as pessoas que estão nos assistindo nesse momento também, os farroupilhenses, e em especial eu quero cumprimentar a todos os policiais que estão aqui né força de segurança que estão na ativa que estão na reserva e em especial quero cumprimentar o sargento Brasil, o sargento Pontes que estão aqui. o tenente Schimitt, o tenente Luiz, não vou arriscar teu sobrenome aqui tenente Luiz né, mas vou chamar pelo primeiro nome. Cumprimentando eles cumprimento todos vocês o que nos dá uma grande honra receber todos vocês aqui nesta Casa que a casa do povo. e eu trago o senhor presidente essa moção de apoio a reposição inflacionária pedindo que então seja entregue a todos esses guerreiros também. Hoje nós estamos falando aqui de pessoas que vencem que ajudam que cuidam por um longo tempo e aqueles que estão na ativa ainda estão trabalhando pela população, são grandes guerreiros, brigada militar e corpo de bombeiros. E essa moção senhores nós estamos pedindo que ela então vá e seja encaminhada senhor presidente ao senhor governador do Estado do Rio Grande do Sul Eduardo Leite; ao secretário estadual de segurança pública Sandro Caron de Moraes; ao presidente da assembleia legislativa do Estado do Rio Grande do Sul Vilmar Zanchin; A senhora presidente da comissão de segurança, serviços públicos e modernização do Estado e da assembleia legislativa do Estado do Rio Grande do Sul Stela Farias; e ao comandante geral da brigada militar do Estado do Rio Grande do Sul coronel Cláudio dos Santos Feoli. Essa emoção senhores é uma moção muito justa, mais de 160 câmaras de vereadores já fizeram esta moção de apoio a todos esses senhores e senhoras que estão pleiteando esta causa. E essa presente emoção tem como finalidade apoiar este servidores militares. A demanda refere-se a verificar os impactos das taxas de inflação sobre os vencimentos dos servidores militares no Rio Grande do Sul em caso de não haver política de reposição ou recomposição ao reajuste salarial. O subsídio não contemplou a verticalidade como deveria, o subsídio dos soldados ao sargento ficou faltando 3,1% na verticalidade. Poderíamos falar aqui dos tenentes de outras patentes e de valores e de reposições, mas o que vale defender aqui nessa noite que nós estamos reivindicando e fazendo essa moção senhores vereadores que é o justo é a reposição/recomposição inflacionária. nós não estamos pedindo nada menos aqui do apoio dos senhores é para que seja recomposto com base em todos os aumentos que tivemos: cesta básica e tantos outros itens que nós poderíamos colocar aqui. Mas o que eu faço um pedido senhores vereadores é que a gente possa aprovar esta moção trazendo essa recomposição a todos os servidores militares que estão aqui nessa Casa bem como a todos aqueles que servem o nosso Rio Grande do Sul. Então senhor presidente eu peço que seja votado e que com a ciência de todos os vereadores possa ser aprovado por unanimidade nessa Casa. muito obrigado senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador pastor Davi. A palavra está à disposição dos senhores vereadores pelo tempo de até 3 minutos. Com a palavra o vereador Calebe Coelho.

VER. CALEBE COELHO: Senhores, num país onde nós temos manifestações políticas pedindo o fim da brigada, onde o alto escalão do governo entra na favela dominada por traficantes como se eles tivessem entrando em casa, onde o alto escalão do governo recebe integrantes do comando vermelho e ainda se ouve também falar em situações onde o policial só pode atirar se o bandido atirar primeiro, torcer para que não acerte; sem contar que num dia vocês prendem arriscam a vida e no outro o meliante já está sendo novamente solto como no exemplo que nós vimos essa semana: um meliante foi preso por assaltar uma farmácia logo, logo ele estava solto ele voltou na farmácia buscar o chinelo. Olha que chinelão esse bandido. Esse é o nosso país. Ou seja, cada vez mais o bandido tem mais vantagens e vocês dando couro e a vida para que a gente possa ter alguma dignidade. Reposição de perdas salariais é pouco, vocês merecem muito mais não só financeiramente como também respeito. Tenho certeza que o cidadão de bem concorda com essas palavras. Vimos a poucos dias a emoção de um pai reencontrando o filho sequestrado, um bandido preso e um CPF cancelado. senhoras e senhores nosso muito obrigado, nosso carinho e nosso respeito.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Calebe Coelho. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra a vereadora Clarice Baú.

VER. CLARICE BAÚ: Obrigado presidente. Bem-vindos a todos aqui que estão representando a brigada e o corpo de bombeiros. Parabéns vereador Davi por ter né a iniciativa dessa moção porque quando se fala em reposição salarial nada mais é que é uma compensação da inflação que de direito de todos e que tanto tira o poder aquisitivo e tanto eu tiro o poder de compra né. E se falar da brigada e do corpo de bombeiros que vocês estão aí para preservar os nossos bens, mas também o nosso bem maior que é a nossa vida e a vida da nossa família e de todos que nos cercam. Então nada mais justo essa moção porque importante nós estarmos juntos nessa luta e sabe que nós estamos e estamos sempre à disposição aqui para auxiliar essas causas que tanto são de direito e merecedores. Então contem sempre conosco e parabéns ao Davi e parabéns a todos nós que com certeza votaremos favorável a essa moção. Obrigada.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereadora Clarice Baú. Com a palavra o vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Senhores e senhoras, nossos queridos representantes aí das forças de segurança que honram e nos orgulham muito pelos serviços prestados para os que já estão na sua merecida vamos dizer assim sua aposentadoria e também para aqueles que estão na ativa. Eu fico muito feliz de ver a proposição desse requerimento e até gostaria de ter o meu nome inscrito aqui, não fui procurado por ninguém, mas, enfim, gostaria que constasse aqui o meu nome e o nome do vereador Juliano porque nós nos irmanamos e reconhecemos a necessidade dessa reposição. A reposição salarial de vocês não é ideológica ela é necessária, não importa se o governo é de esquerda ou de direita ou de centro ou de quem quer que seja; para vocês importa sim é o respeito a profissão de vocês e o respeito à dignidade salarial. E é isso que nós estamos pedindo aqui ao Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Os problemas da brigada militar não nasceram ontem ou com a posse do Leite ou com a posse do Lula sempre existiu problema de segurança do nosso país e seria um discurso demagogo vir aqui dizer que a culpa é do cara daqui ou dali. A culpa é das faltas de política de reajuste salarial que sempre vai deixando para depois ora é com a brigada militar ora é com os professores ora é com outros servidores públicos né e vai ficando para trás esse reajuste necessário e digno. E com certeza esse requerimento talvez só o da Câmara de Vereadores de Farroupilha não faça o necessário efeito, mas o que eu falava aqui com o vereador Davi, que fez muito bem o uso das palavras quando fez as suas colocações, tem mais de quase 200 câmaras de vereadores que já encaminharam isso. Então isso faz uma certa reflexão junto ao governo do estado junto ao comando geral da brigada militar né e talvez se não suficiente precisa também conversar com os deputados estaduais né, conversar com os políticos que a gente tem relação. Eu vejo aqui muitos senhores e senhoras de cabelo branco né dos quais alguns aqui de muito tempo que a gente tem relação né, da época em que a gente travou boas batalhas juntos né e isso significa muito para nossa cidade. A brigada militar, o corpo de bombeiro, a polícia rodoviária estadual, todas as forças de segurança elas precisam além, espaço de liderança senhor presidente, elas precisam além de ter reconhecido o seu trabalho precisa ter o seu salário em dia, precisa ter os seus reajustes e precisa ter a estrutura e a inteligência para poder estar à frente do marginalia né. Porque hoje não é mais talvez um tempo atrás a gente se deparava com determinados tipos de crime e que hoje o crime evoluiu, se profissionalizou, se modernizou e exatamente pelo sucateamento do serviço público pela falta de investimento na pesquisa na cientificidade das questões a gente acabou perdendo espaço. E hoje a gente se surpreende acho que foi o vereador Calebe ontem à noite até comentava aqui de um tipo de golpe que ele, cara, o cara tem que ser muito estudado né para praticar para entender disso. E aí na condição de advogado e a doutora Clarice também é advogada aqui a gente estava esses dias fazendo uma discussão sobre a questão do PCC, por exemplo, aí os caras “não, mas o PCC contratos melhores advogados”. Não, o PCC tá financiando e pagando a faculdade para as pessoas serem advogados do próprio time. Ah, mas o PCC pode intervir nas decisões judiciais. Olha já tem pessoal pensando em preparar advogados para fazer concurso para juiz para o PCC ter os seus próprios juízes. Quer dizer isso tudo são questões que chegam nada de comprovação, mas existe os comentários. Então como é que nós vamos enfrentar isso? como é que nós vamos enfrentar isso? Com os policiais bem preparados sejam eles policiais civis policiais militares né bem preparados, estruturados, salário digno, reposição salarial. E os governos é que tem que fazer isso; eles têm que olhar para essa categoria como necessário, como necessário, e jamais nós tratar isso como uma questão ideológica de quem gosta ou não gosta da Brigada. Eu nunca vi alguém fazer um discurso ‘fora brigado militar’. Acho que isso aí é um pouco exagero. isso existe em todas as profissões né os que gostos que não gosta, mas a Brigada é necessária e levam aqui os nossos votos de considerações, meus e do vereador Juliano, e creio né com certeza de todos os vereadores e dessa Casa pelo respeito ao serviço prestado, Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER:  Obrigado vereador Roque Severgnini. Com a palavra o vereador Gilberto do Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Quero dar um boa noite muito especial aqui aos meus amigos da brigada militar, o corpo de bombeiro, da polícia rodoviária do qual se cruzamos sempre né seu Brasil com a grande maioria que está aqui, Porto que saiu. eu quero dizer que já foi retirado alguns direitos que vocês tinham adquirido né um ano ou dois atrás do qual naquele momento vocês estiveram na Assembleia Legislativa e não foram recebidos; não foram recebidos pelos, aliás, não queriam deixar vocês entrar na Assembleia Legislativa. e por não sei porque cargas d’água o PDT foi lá e deu um jeito e colocou, os deputados do PDT colocou vocês lá dentro da Assembleia para acompanhar a votação que naquele momento era proibido, não queria, quer dizer o discurso era só entre eles. Quer dizer que os aqueles que estavam sendo atingido, o beneficiado diretamente que era vocês, não puderam participar. mas foi lá sim dado ficha naquele momento e uma parte da equipe entrou e acompanhou embora que claro foram vencidos naquela ocasião. E agora é muito justo neste momento a reposição salarial. Até os senhores até pediram para mim também fazer essa moção eu vi aqui com o pastor Davi já havia encaminhado e até gostaria pastor que colocasse o nosso nome, se o Thiago quiseres também do PDT aqui coloque e o próprio Tiago Ilha, todos nós. Porque é uma defesa de todos nós. porque aqui falar mal da Brigada eu tenho certeza que tem pessoas que não gosta mesmo da Brigada. Tem vocês sabem disso e sabe quem não gosta. Quem não gosta é aquele que nos atrapalha no dia a dia, aquele lá não gosta e não vai gostar mesmo por quê? Porque ele é preso e às vezes solto vocês vão lá e prendem de novo teve pessoas que vocês prenderam 20 vezes. Mas aí é uma lei que nós políticos temos que mudar. Que é uma lei que vem lá de Brasília dos deputados de repente lá do STF que determina o que tem que ser feito. E não é vocês. E vocês vão lá e prendem de novo. E é isso que vocês fizeram a vida toda prendendo e soltando e defendendo a comunidade defendendo as pessoas dos seus trabalhos dos seus negócios. Então quando estamos no sufoco em quem que a gente lembra? sempre da Brigada. Estamos no sufoco é o que vem na nossa cabeça primeiramente; estamos no sufoco na rua, estamos num acidente de trânsito ou até mesmo em casa em momentos críticos lembramos da nossa saudosa brigada militar e das pessoas que já passaram. Claro vocês hoje estão aposentados, só para terminar senhor presidente, mas é merecedor sim deste aumento de salário que está defasado há muito tempo. Então parabéns. Obrigado presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Gilberto do amarante. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra a vereadora Eleonora Broilo.

VER. ELEONORA BROILO: Boa noite de novo a todos. Eu acabei não cumprimentando o Zanonato, Cilo Monteiro; aqueles que eu não cumprimentei sintam-se todos cumprimentados tá. Bem, eu não poderia deixar de falar a respeito dessa moção e eu falo em nome de minha bancada – do Marcelo e do Felipe. Mas eu quero dizer o seguinte na realidade eu acho que absurdo estarmos aqui com todo o respeito nada, nada pessoal, mas que absurdo estarmos aqui fazendo uma moção por algo que eles têm direito, direito natural, direito que lhes é direito que é deles é atribuído a eles. Como é que nós vamos fazer uma moção por algo que eles têm direito. Nós temos que fazer moção por alguma coisa que foi dado a eles e que não é algo de direito aí nós temos que vir aqui e fazer uma moção e dizer meu Deus olha que maravilha está acontecendo; não, mas isso é uma coisa que eles têm direito, é um direito natural, eles têm aqueles que estão na reserva tem os que estão na ativa; os que estão na reserva quanto que eles quanto que eles prejudicaram a vida própria em favor das nossas e os que estão na reserva que já fizeram isso e os que estão na ativa estão fazendo. Quanto a gostar ou não da Brigada eu tenho certeza que tem muito mais gente que não gosta de vereadores do que os que não gostam da Brigada, tenho certeza disso. Mas de qualquer maneira eu quero dizer que eu apoio sim essa moção por ser uma questão justa, é justa, é uma reposição justa senhores. E claro que eu vou apoiar sempre qualquer inciativa dessa parte. Obrigado

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereadora Eleonora Broilo. Mais alguém vereador quer fazer uso da palavra. Se nenhum vereador… Espaço de líder para o vereador Gilberto do Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Vereadora, a senhora as vezes a senhora tem que às vezes a senhora faz umas coisas desnecessária. Por favor, quem não gosta da Brigada, quem, claro que tem os delinquentes não gostam da Brigada doutora ou a senhora acha que eles gostam da Brigada. Eles se escondem, eles desviam da Brigada sim. Para e raciocínio um pouco. essas pessoas! Agora o cidadão que é protegido pela Brigada toda hora tá precisando e saudua [sic] eles sempre. E claro que tem gente que não gosta de vereadores principalmente aqueles que daqui a pouco sei lá não gosta de pessoas também porque pode ter político que não gosta de pessoas e da mesma forma as pessoas não gostam de política. Então vamos parar com isso né. a situação não foi dizer trazer aqui que não gosta de vereador. A minha fala eu tenho certeza que os todos os que estão aqui entenderam muito bem a minha fala, de quem não gosta da polícia; são aqueles que são delinquentes no seu dia a dia. E com certeza agora nós toda a população a grande maioria de nossa cidade defende todos os dias a nossa saudosa brigada. E que bom que nós temos a Brigada ativa no nosso Rio grande do Sul. Que bom que nós temos uma polícia que cada vez está muito mais atuante e menos pessoas e maior população que se transformam que muitas vezes se transforma em dois quando é um policial só, que se usa de as vezes até mesmo de algumas estratégias para aumentar o seu volume de efetivo para dar a vanguarda que a população precisa. Agora sim o que eu estou falando e defendo sempre como todo servidor e vocês de certa forma que vem sendo judiado e eu estava e vou dizer assim ó eu estava numa ocasião com Eduardo Leite agora sim vou falar do Eduardo Leite aqui no Parque dos Pinheiros quando ele disse que não mexeria nas questões dos salários da brigada militar e acho que os senhores de alguns de vocês estava aqui e o que que ele fez por primeiro? foi lá e mexeu justamente naquilo que  foi gravado foi filmado naquele momento, e foi lá e mexeu. Então são essas coisas que às vezes os políticos nós temos que trabalhar melhor junto a nós político junto aos nossos representantes do Estado, da Assembleia e levar isso a Brasília também; e acho que é isso que nós representamos aqui na cidade de Farroupilha como representante de vocês nesse momento. Muito obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Amarante. Com a palavra o vereador Sandro Trevisan.

VER. SANDRO TREVISAN: Obrigado presidente. Rapidamente então agradecer a presença da família Strapazzon aqui, nosso campeão de Muay Thai cara bravo né, Muay Thai, bacana, as gurias então do nosso futebol feminino parabéns, sucesso, sucesso, parabéns. Força, vamos correr atras, a gente tem sonho tem que correr atrás mesmo. E essa moção é óbvio que a gente é favorável né e a Câmara de Vereadores não tem aquele peso absurdo como foi falado a nível de município em função de algo que é prerrogativa do Estado, mas a união de todas essas casas legislativas no Estado fazendo esse pedido ao Estado o Estado olha com outros olhos. então a junção de todos esses pedidos para que o governo do estado olhe com carinho para algo que é de direito. E aí eu remeto ao que o Roque falou que é extremamente pertinente, extremamente pertinente, enquanto a astúcia do crime ela é cada dia mais enfatizada cada vez mais se trabalha com inteligência no sentido de atuar de forma criminosa a gente faz o quê com quem faz a segurança da população? Simplesmente de certa forma desanima até. Porque queira ou não queira hoje em dia o que a gente recebe é muito importante para subsistência, a gente precisa de dinheiro para tudo. então assim uma maneira de valorizar é se ter um bom salário, salário ser atualizado e até o que é de direito de certa forma é retirado. Então acho justo extremamente justa a moção. Eu acredito que o vereador foi muito feliz né em trazer ela para essa Casa aqui e com certeza todos os vereadores com certeza absoluta todos os vereadores são extremamente favoráveis a essa moção; e que vai sim servir de certa forma um peso para que o governo do estado tome uma decisão e essa decisão a gente sabe qual é a melhor. Que se faça justiça e que realmente se de certa forma se de que por direito é de todo os senhores que estão aqui nessa noite pedindo e reivindicando.  E a gente só vai ter uma segurança cada vez mais qualificada quando que a gente tiver a consideração, terminando senhor presidente, quando tiver a devida consideração de maneira a respeito dignidade e salário. E eu acho que em todas as classes a gente precisa disso para que tenhamos cada vez mais uma segurança bem equipada pronta para fazer o quê: fazer segurança a todos nós da comunidade. Obrigado senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado Sandro Trevisan, vereador. Com a palavra o vereador Kiko Paesi.

VER. EDSON PAESI: Obrigado presidente. A brigada militar e também os bombeiros militares estão entre as instituições que eu mais admiro e confio. Como foi bem colocado aqui por baixo da farda existe um ser humano que tem sua vida, sua família, suas metas de vida, suas angústias também e que tem certeza que está saindo diariamente para um trabalho assim como qualquer um de nós, mas os senhores muito mais vulneráveis do que nós; mas não há certeza de retornar. Claro que isso aplique-se a todo ser humano. Mas nessa guerra diária contra o crime organizado e com poder bélico um arsenal muitas vezes superior ao que as forças de segurança têm é uma realidade. E hoje estão aqui para reivindicar como bem falou a vereadora Eleonora um direito básico, não é nenhum momento real é uma reposição, pelo menos compensar aquele déficit que tem não é nem um aumento real é uma reposição. Então tem o apoio unânime de todos os vereadores por um direito legítimo que foi negligenciado. Então nosso agradecimento por todo o serviço que a brigada militar faz pela comunidade, aqui eu vejo brigadianos da reserva, muitos que conheço, alguém na ativa ainda; mas nós somos gratos aos senhores porque sem as forças de segurança estaríamos fadados ao caos. Lembrem que há poucos anos atrás o Estado do Espírito Santo teve uma greve de dias das forças de segurança e foi o caos, se conheceu o inferno na terra, e naquela ocasião numa rede social minha eu fiz uma postagem: aos que defendem o desarmamento das forças militares estão vendo a consequência. Obrigado brigada militar e merecida reposição para vocês.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Kiko Paesi. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente, o meu colega vereador Roque falou pela bancada falou muito bem e representou. Mas eu vou falar poucas palavras e elas se somam a tudo isso. obviamente que a gente é a favor, obviamente que a gente vai apoiar a moção porque sim é uma prerrogativa do vereador e é um movimento uma manifestação e é uma tomada de posição. Sim, nós somos favoráveis e assim me digam qual classe trabalhadora para brigar pelos direitos não teve que bater o pé, não teve que se mobilizar, não teve que se organizar. Não há vitória sem luta. E com os trabalhadores da segurança não é diferente e com os professores porque infelizmente é uma luta constante. A gente sabe que isso é óbvio, mas o óbvio às vezes ele precisa ser dito e redito. Então obviamente nós somos favoráveis nós pedimos a subscrição do documento. Parabéns por todo o serviço que vocês prestaram e tem prestado à nossa sociedade. Obrigado senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano Baumgarten. Mais alguém que vai fazer uso da palavra. Se nenhum vereador quiser fazer mais uso da palavra coloco em votação a moção nº 26/2023. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todas as todos os vereadores e subscrito por todas as bancadas. E uma salva de palmas. Moção nº 27/2023: apoio ao PL complementar nº 368/2023. A palavra está à disposição do vereador Gilberto do Amarante pelo tempo de até 5 minutos.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Senhor presidente, ‘o vereador abaixo firmado solicita anuência dos nobres pares para que seja encaminhada para todos os deputados estaduais da 56° legislatura, ao presidente da Assembleia Legislativa Estadual senhor  Vilmar Zanchin, além da Comissão de Constituição e Justiça, Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa e o governador Eduardo Leite esta moção de apoio ao; de autoria dos deputados Cláudio Tatsch/PL, Airton Artus/PDT e doutor Thiago Duarte/União Brasil. Então esta moção de apoio ela trata de apoiar este projeto de lei complementar ao PL que cria o programa de incentivo aos hospitais filantrópicos e santa casas do Estado do Rio Grande do Sul – PIHFSC/RS; pode auxiliar muito nossos hospitais e santas casas, na dificuldade financeira que passam há muitos anos. Sem dúvidas, criar mecanismos que possam auxiliar nesse sentido é a principal finalidade desse PLC, que foi pensado e elaborado por muitas mãos na Assembleia Legislativa e na liderança dos deputados Cláudio Tatsch do PL, como já citei, do PDT e do União Brasil. Além disso, abre a possibilidade da parceria dos setores público e privado para melhorar os atendimentos na área da saúde do Estado sem onerar os cofres públicos, pois não haverá renúncia ou isenção fiscal, visto que fica em 12% constitucionais da saúde; além disso, possibilita compensação limitada em 5% por empresa do total da receita estadual com ICMS do Estado. O projeto está sendo apresentado a diversos municípios com o objetivo de unir forças em busca de recursos e moções de apoio aos hospitais e santas casas que estão com dificuldades, principalmente na sua estrutura e no seu custeio, e este auxílio pode significar um bom atendimento para os usuários do SUS. Então isso aqui é um complemento é uma lei que está tramitando na Assembleia Legislativa e eles pediram apoio para diversas Câmaras do nosso Rio Grande do Sul. E essas finanças ela vem ajudar inclusive o nosso Hospital São Carlos do qual conversei com a coordenadora do hospital Janete Toigo que também estão trabalhando junto com a Assembleia Legislativa para fazer a aprovação desse projeto; que depois eu não sei como vai ser a distribuição desses valor de retorno sobre arrecadação do município ou vai ter uma distribuição geral desses valores a nível de Estado. então era muito obrigado senhor presidente, eu peço aqui a votação para hoje e o apoio de todos.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Gilberto do Amarante. A palavra está à disposição dos senhores vereadores pelo tempo de até 3 minutos. Se nenhum vereador quiser fazer mais uso da palavra coloco em votação a moção nº 27/2023. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os vereadores e subscrito por todas as bancadas. Encerrado o espaço das moções. Passamos ao espaço de comunicação de liderança pelo tempo de 3 minutos para manifestações sobre ações da bancada ou bloco parlamentar.

 

 

ESPAÇO DE COMUNICAÇÃO DE LIDERANÇA

 

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Com a palavra o líder de bancada. Com a palavra o vereador Marcelo Broilo.

VER. MARCELO BROILO: Obrigado senhor presidente. Gostaria de saudar o Zanonato presente na nossa Casa, as nossas forças – brigada militar, corpo de bombeiros – muito obrigado pelo que fizeram e continuam fazendo mesmo em reserva, só da presença de vocês aqui nos orgulha muito. Gostaria senhor presidente após a sessão então convidar os agraciados para uma sessão de fotos a qual também vai ser entregue ao Elenir os votos de congratulações, muito obrigado. E gostaria se o Gabriel me permitisse citar o Cilo Monteiro; Cilo um capítulo à parte não quis fazer junto ao Brasil, mas sabendo que o Gabriel me disse que você é um dos braços do projeto, certo, criado pelo Gabriel em 2017, mas na humildade dele deixando também o protagonismo para as meninas do futebol feminino. Mas você Cilo incansável com o apoio representando o Executivo fiz questão de lembrar desse enorme esforço que você faz em várias frentes e dizer que o assunto a seguir também, quero lhe agradecer, fora referenciado pelo colega Juliano na sessão de ontem na retirada das goleiras do Parque dos Pinheiros e hoje então com a secretária Luciana a qual me respondeu, não passei lá, mas já foram repostas colega Juliano. Não muito diferente das que estavam, mas o formato né Cilo a forma de colocação para evitar acidentes que era minha preocupação na noite de ontem. Então agradeço você por isso, fiz um ‘link’ em relação também ao Brasil como o braço desse projeto e, mas também te agradecer essa principalmente em repor as goleiras, mas né doutora Eleonora justamente bem fixadas para evitar acidente com as nossas crianças. Então muito obrigado senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Marcelo Broilo. Com a palavra o vereador Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Senhor presidente, colegas vereadores e vereadores. Eu quero cumprimentar aqui a todos os homenageados hoje aqui o reconhecimento público da nossa Câmara em especial também as meninas do Brasil de Farroupilha né e entre todo a equipe de trabalho do nosso time aqui da nossa cidade especial a minha amiga Tati né que também é uma batalhadora né de estar sempre incentivando; olha, parabéns viu Tati por todo o trabalho que você tem feito, é diferenciado né e as meninas sabem disso e a diretoria a organização toda aí também. Então a todo mundo que se doa e ajuda o time da nossa cidade. quero aproveitar também essa oportunidade e comentar que nós pedimos ‘vista’ a um projeto executivo municipal que modificava uma lei já existente colocando então a proibição da criação de, por exemplo, de cavalos nos bairros da cidade né. Então nós fizemos o pedido de ‘vistas’ né porque a lei anterior ela ela versava somente pela área central da cidade e nessa lei que estava aqui ela ampliava essa proibição aos bairros da nossa cidade né. Então levantamos a situação e nós falamos também com o Marcelo, líder do governo, enfim, todos os vereadores e o Marcelo me trouxe então essa informação da retirada senhor presidente do projeto da Casa. Então acho que isso é importante eu acho que nesse momento a gente faz a política do bem né. Nós trouxemos aqui uma situação de preocupação né acionamos isso como representantes do movimento tradicionalista que sou, teve a sensibilidade do governo municipal de entender ‘não, vamos tirar o projeto vamos estudar melhor como trazer essa situação’. Porque às vezes uma redação que eu acho que foi, não foi uma maldade e reafirmo que até hoje falava com alguns integrantes ‘olha gente eu não entendi isso com uma maldade do Executivo e sim talvez numa proposta de redação né talvez que mereceu retirar e pensar ela de uma forma diferente’. Então veja como é a importância nosso como vereador: uma palavra, uma vírgula, uma frase muda a realidade da vida das pessoas né; então vírgula bairros já atinge a proibição do bairro; é uma lei está escrito. Então eu acho que esse trabalho legislativo nosso aqui veja como que é a prerrogativa nossa né auxiliou nesse momento e a gente conseguiu então que o projeto seja retirado e imagino eu que o governo vai estudar de uma forma diferente para retornar a essa Casa. então quem vence a democracia porque esse é o nosso papel de estar aqui defendendo os interesses da população. Obrigado senhor presidente

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Tiago Ilha. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente, vou ser bem breve, eu só tenho uma proposição para fazer para sessão solene de segunda-feira. Nós temos então foi indicação da vereadora Eleonora a cidadã que receberá o título de cidadã honorífica, merecedora, e é uma cidadã idosa uma pessoa que requer uma certa atenção e um cuidado. E eu o que que eu proponho: que só um vereador ou uma vereadora, no caso até sugiro a vereadora Eleonora, ela falar pelos 15 vereadores para ser uma sessão solene célere, rápida, objetiva. Então fica a minha sugestão minha proposição.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano Baumgarten. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra a vereadora Eleonora Broilo.

VER. ELEONORA BROILO: Apenas eu quero congratular o vereador Juliano pela proposição. Sim, nós do MDB que fomos quem fez a proposição do cidadão honorifica nós concordamos plenamente tá porque nós achamos que é um respeito a dona Amélia. Muito obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereadora Eleonora Broilo. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Não havendo mais manifestações está encerrado espaço de lideranças. Passamos ao espaço de explicação pessoal aos vereadores pelo tempo de dois minutos para falar de ações de seu gabinete ou assunto de interesse coletivo.

 

 

ESPAÇO DE EXPLICAÇÃO PESSOAL

 

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: A palavra está à disposição dos senhores vereadores. A palavra com o vereador líder de governo Felipe Maioli.

VER. FELIPE MAIOLI: Presidente, boa noite. Queria dar um boa noite a todos, em especial ao Paulo, amigo de longa data, muito bom te ver nessa Casa, e em teu nome quero dar um boa noite especial a todos que estão aqui nos assistindo; desejar a todos, sem exceção, muita saúde e parabenizar pelos feitos e por dizer que vocês são nossos representantes e estamos sempre ao lado de todos vocês. Pedi a palavra para convidar os colegas vereadores para no dia 28/11, às 16h, na sala de reunião estará conosco o secretário de planejamento e urbanismo juntamente com sua comissão, que trabalhou na construção do plano diretor, para sanar possíveis dos colegas. A audiência pública ficou para o dia 1º/12 então a gente tomou a iniciativa de trazer pessoas para esta casa no dia 28/11, às 16h. Todos estão convidados. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Felipe Maioli. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra vereador Gilberto do Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Deixar registrado senhor presidente, que eu estive hoje na escola Zelinda Pessin, que um pai me chamou, tem lá está sendo feito obras inclusive na frente do ginásio onde teve um pequeno problema; esta obra ela se danificou no momento que estava sendo construído e tem que ajustar o mais rápido possível. Tem um barranco atrás da escola que desbarrancou e tá se aproximando da inclusive da parede, já tem terra até na parede da escola, e precisa resolver né por que? porque inclusive falei com a secretária Luciana, mandei para ela, e precisa agilizar o mais breve possível; quem sabe tu leva esse apoio até para ela mesmo para que seja resolvido essa questão porque inclusive os alunos para passar para entrar no ginásio tem que pular lá um cano ou passar por cima de um cano que foi feito de forma inadequada tá bom. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Gilberto do Amarante. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Fará uso o vereador Mauricio. Nem vou passar a palavra província

VER. MAURÍCIO BELLAVER: Eu quero fazer um pedido para o vereador líder do governo Felipe Maioli que, anota que você vai esquecer, fazer um pedido aí para o Diogo das lâmpadas que no interior tá meio fraco as lâmpadas, tá escuro. Então eu acho que eu vou ver uma luz no fim do túnel com o senhor, aí passa o recado para ele lá. Obrigado aí.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Mais alguém quer fazer uso da palavra. Não havendo mais manifestação está encerrado o espaço de explicações pessoais. Espaço do presidente pelo tempo de até 5 minutos para avisos e informações.

 

 

ESPAÇO DO PRESIDENTE

 

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Abre mão. Depois do encerramento nós vamos tirar as fotos, nós vamos organizar acho que ficamos um pouco embaixo porque todos vai quebrar o palco vereador Calebe. Nada mais a ser tratado nesta noite declaro encerrado os trabalhos da presente sessão. Boa noite a todos.

 

 

 

Mauricio Bellaver

Vereador Presidente

 

 

 

Calebe Coelho

Vereador 1ª Secretário

 

 

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa e Apoio Administrativo.