Pular para o conteúdo
24/02/2024 19:30:35 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 4330 – 06/11/2023 – Destaque Cultural

Sessão SOLENE

 

Presidência: Sr. Maurício Bellaver.

 

Às 18h o senhor presidente vereador Mauricio Bellaver assume a direção dos trabalhos. Presentes os seguintes vereadores: Calebe Coelho, Clarice Baú, Cleonir Roque Severgnini, Davi André de Almeida, Edson Luiz Paesi, Eleonora Peters Broilo, Eurides Sutilli, Felipe Maioli, Gilberto do Amarante, Juliano Luiz Baumgarten, Marcelo Cislaghi Broilo, Sandro Trevisan, Thiago Pintos Brunet e Tiago Diord Ilha.

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Boa noite a todos. Declaro aberto os trabalhos da presente sessão solene de outorga do Certificado Destaque Cultural. Dada a verificação do quórum informo a presença de 14 vereadores nesta sessão solene, 15 vereadores. Inicialmente a Câmara Municipal de Vereadores de Farroupilha agradece a presença de todos e saúda as autoridades presentes, entidades de classe, imprensa, senhoras e senhores Convidamos para fazerem parte da Mesa o vice-prefeito Jonas Tomazini neste ato representando o prefeito Fabiano Feltrin. Convidamos a todos para de pé ouvirmos a execução do Hino Nacional Brasileiro (EXECUÇÃO DO HINO NACIONAL). O Certificado Destaque Cultural foi instituído pela lei municipal nº 4.346, de 20 [sic] de agosto de 2017, de autoria do vereador Tiago Ilha e aprovado por unanimidade nesta Casa. Serão agraciados nesta noite com o certificado Destaque Cultural Farroupilha na categoria música: Banda Municipal Cinquentenário; categoria folclore: Grupo Nani; categoria literatura: Adelino Roque Júnior; categoria cinema/curtas: Colégio Estadual Farroupilha; e categoria artes plásticas: Pedro Emiliano Bin Capellari. Farão uso da tribuna nesta noite um vereador por bancada, os homenageados e o vice-prefeito Jonas Tomazini. Convido o partido rede sustentabilidade para que faça uso da tribuna.

VER. DAVI DE ALMEIDA: Boa noite senhor presidente. Quero cumprimentar também o nosso vice-prefeito Jonas Tomazini também nessa noite, cumprimentando o nosso vice-prefeito quero estender o convite aos secretários que estão aqui nessa noite, cumprimentar as demais autoridades, vereadores/vereadoras, a imprensa que está aqui e os amigos que nos visitam nessa noite e aqueles que estão de maneira online. Farroupilha tem demonstrado um grande avanço todos estes anos a nossa cultura, preservada a cultura, empreendendo na cultura, valorizando aquilo que nós temos na nossa Terra e isso é muito importante. e hoje nós aqui desta Casa, Câmara de Vereadores, temos a oportunidade de entregar a outorga do certificado destaque cultural de 2024. Um feito magnífico em que esta Casa se orgulha muito de receber os representantes da cultura do nosso município. E recebemos aqui sobre a liderança do nosso maestro ‘Zile’ a banda municipal cinquentenário o que nos orgulha muito, que desde 1984 quando fundada vem trazendo alegria a nossa comunidade, aos eventos né, a Fenakiwi e em tantos lugares que a gente vê a nossa banda se apresentando na Casa da Cultura. e eu quando iniciei essa legislatura foi um dos incentivadores e num dos projetos aqui desta Casa trouxemos e ‘startamos’ a banda municipal novamente naquele ano com um grande espetáculo aqui nesta Casa; e hoje nos orgulha muito né ver que estão ocupando aqui o nosso mezanino né com todos esses componentes maravilhosos e é muito bom receber todos vocês. eu sempre que posso estou acompanhando porque outrora fiz parte dessa banda municipal sendo um dos trompetistas né, na época segundo o trompetista da banda municipal; quando não vinha o primeiro então eles me escalavam obviamente para ser o primeiro trompetista, mas sempre trabalhando com muita alegria viajando com a nossa comunidade. e me lembro uma certa feita que poucos deve conhecer de repente uma vez nós fomos tocar em perto de Porto Alegre um lugar ali e nós chegamos e tinham nos prometido churrasco e o maestro Mandelli naquela época ficou sabendo que nos iam dar risoto e ele disse “a minha banda precisa comer churrasco”. naquele dia nós não tocamos voltamos passamos ali na churrascaria Paçoquinha e o Mandelli nos deu um bom churrasco naquele dia. e outras histórias que temos né da banda municipal que fica quando saiu também o LP da banda municipal que a gente tem isso guardado com recordação, as primeiras fotos, é muito bom receber vocês. também receber aqui nessa noite o Grupo Nani que é um orgulho para nós né que estão trazendo e mantendo viva a cultura do jogo mora, dança né, a nossa cultura italiana, tricô e tantas coisas que nós poderíamos falar aqui do tempo de existência. Desde 2007 esse grupo vem nos abrilhantando e mantendo a nossa cultura tão viva. e na categoria de literatura então o Roque Júnior né; o Roque que desde 2000 vem então escrevendo/editando/publicando né na nossa cultura aqui de Farroupilha. E eu como bom farroupilhense me lembro do Roque com uma boina né umas camisas do Che Guevara naquela época ali caminhando pela cidade; eu me lembro de tudo isso né Roque e como é bom te receber hoje à noite aqui né com um currículo extenso e magnífico, e a gente valorizando todo o teu trabalho. E também o Pedro Emiliano né que vem trazendo também suas exposições né que ocorreram, trabalhando, seu primeiro trabalho em 2014 – o lixo também é luxo – né e parece que a gente fala de 2014, mas é um tema muito presente na nossa realidade que precisamos trabalhar. E aqui o Colégio Estadual Farroupilha que vem fazendo um trabalho magnífico né na categoria de cinema, os curtas, que nós já recebemos aqui as professoras que já nos exemplificar aqui o trabalho e a gente parabeniza esse trabalho lindo que vocês vem fazendo como todos os alunos. também incluo aqui na minha saudação meu amigo o diretor e professor Vandré Fardin que está conosco da Escola Estadual Farroupilha. Então senhores uma noite muito especial, eu quero parabenizar a todos neste destaque cultural Farroupilha e que Deus continue abençoando a nossa cultura abençoando todos vocês. Muito obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador pastor Davi. Convidamos o Partido Democrático Trabalhista-PDT para que faça uso da tribuna; fará uso da tribuna o vereador Gilberto do Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Boa noite a todos, a todas. Boa noite aos vereadores/as vereadoras. Saudar aqui o nosso vice-prefeito Jonas Tomazini e em nome do Jonas todos os secretários aqui presente, as demais autoridades. É sempre um privilégio ver essa casa de vereadores cheia de pessoas aqui sendo homenageada hoje onde será entregue a outorga do destaque cultural de nosso município. onde o município de Farroupilha ele vem forma começa lá com a migração com a imigração italiana, se desenvolveu buscou aqui nesta terra onde era difícil de trabalhar como conta a história, os relevos, onde poucas pessoas aqui queriam estar e os imigrantes italianos aqui chegaram e fizeram dessa terra o que hoje representa um pouquinho de cada um de nós. depois veio a migração que veio de diversos municípios de todo o Estado e de todo o Brasil aqui à busca de trabalho à busca também do seu desenvolvimento assim como muitos de nós, Márcia, Flávio e tantos outros que aqui estão, inclusive os vereadores, a busca desta terra aqui que nos deu progresso e tudo que nós desenvolvemos junto com todo esse grupo que aqui tá sendo homenageado hoje. em nome falar da banda da nossa banda municipal é falar da nossa prefeitura municipal. o município fez 89 anos a banda agora em março do próximo ano completa 40, ou seja, é a metade do da vivência do município; a idade da banda que traz consigo todos os eventos de Farroupilha todos os eventos da prefeitura aonde está engajado sempre a nossa banda municipal, ou seja lá o partido que estiver ou seja lá o prefeito que estiver ele sempre está representando. muitas vezes apresentando por si próprio ou então se somando a outros grupos musicais sem problema nenhum. a nossa banda municipal sempre é a banda municipal com outros grupos ou solo, é de todos os farroupilhenses. e é consagrada e é de certa forma conhecida por todos nós Gilberto. Falar do Colégio Estadual que também sendo homenageado hoje no cinema com a realização de curtas metragem que é o cinema; fazer uma escola estadual conseguir fazer interpretar e fazer cinema e representar Farroupilha a nível de Brasil e mundo afora é realmente um destaque que tem que ser falado. Com poucos recursos, mas capacitado sempre Vandré com a vontade de fazer como os professores têm em si a missão de ensinar e transformar seus alunos em pessoas que terão muitos horizontes a seguir. Então a realização o projeto audiovisuais como curtas é uma atividade educacional que oferece uma variedade de benefícios desde o desenvolvimento de habilidades técnicas como a elaboração de roteiros, de histórias, preparação de cenas, interpretações até a promoção da criatividade, pensamentos críticos e alfabetização midiática. Essa forma de expressão e aprendizado prepara os alunos para o mundo digital afim de comunicar suas ideias de maneira eficaz. O projeto curtas é uma atividade envolvente que desperta o interesse dos alunos de forma única, eles muitas vezes se tornam mais motivados, entusiasmados em empreender quando tem a oportunidade de usar a criatividade para criar algo tangível; criar um filme envolve uma ampla gama de habilidades práticas desde o roteiro, a direção até a edição de vídeos e som. os alunos ganham experiência prática que pode ser valiosa em suas vidas pessoais e futuras carreiras. A produção exige que os alunos trabalhem em equipe eles precisam colaborar, compartilhar responsabilidade e resolver problemas juntos o que ajuda no desenvolvimento das habilidades do trabalho em equipe e na comunicação. Além disso a produção dos curtas exige que os alunos transmitam suas ideias de formas de forma clara e eficaz, isso ajuda no desenvolvimento das habilidades de comunicação oral, escrita e visual. então aqui a professora Aline Gasparetto, Joice Colbeich e a Rafaella Coradini e claro o diretor aqui Vandré do Colégio Estadual Farroupilha. Então parabéns a esse grupo de ensinantes e aprendistas [sic]. O nosso grupo folclore Nani que traz consigo muitas vezes no seu chapéu a sua história do trigo/do plantio, da época que se fazia o mutirão ou ‘puxirão’ como se chamava naquela época na colheita ou no plantio porque eram outros tempos, que hoje tornou-se tudo automático. Mas vocês fizeram parte desta criação, do desenvolvimento, do envolvimento de tudo que nós temos de certa forma nesta terra. Onde traz consigo a marca do italiano, da música, do jogo, da mora, da música italiana e as danças típicas italianas também. E que muitas vezes estão em todos os eventos do nosso município representando também com a banda municipal do qual tive o prazer de estar com vocês, eu e o vereador Juliano, em Porto Alegre junto no lançamento de eventos da prefeitura que lá esteve; e lá aonde vocês passavam ou aonde vocês passam deixam uma marca, tem a marca e esta marca é de Farroupilha onde nasceu o berço italiano. Então parabéns. O nosso literário Adelino Roque Júnior que aqui tem um currículo imenso que como o pastor Davi aqui mencionou muitas vezes vestido vestindo-se diferente, de Che Guevara, representando na sua pessoa o que ele faz no seu dia a dia que são diferentes histórias, diferentes livros, palestras em tantas universidades, palestra em Brasília, palestras em diferentes locais de nosso Estado, mas é natural aqui de Farroupilha. Aonde nasceu no bairro Cinquentenário aonde trabalhou lá no seu passado entregando jornal e coloca também no seu currículo também como muitos de nós empalhou em fábrica de garrafão como tantos aqui começaram na indústria lá no seu no seu início de vida. seguindo a banda deixa eu ver que aqui eu troquei aqui, deixa eu voltar, nós temos também o Pedro; Pedro Emiliano Bin Cappellari, artista plástico, que também já fez já trabalhou já representou o município de Farroupilha, já se representou porque ser um artista muitas vezes requer posicionamento requer a capacidade de desenvolver algo que ninguém fez até então. Então parabéns a este nosso homenageado. E que todos aqui esta noite de certa forma se sinta homenageado e nós vereadores temos o privilégio de estar aqui falando com vocês. Muito obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Amarante. Saudar a chegada do prefeito de Pinto Bandeira Hadair Ferrari. Convido o partido progressista – PP para que faça uso da tribuna; fará uso da tribuna o vereador Kiko Paesi.

VER. EDSON PAESI: Senhor presidente, senhoras e senhores vereadores, vice-prefeito Jonas Tomazini, secretária de educação, cultura, esporte e juventude Luciana Zanfeliz, e ao cumprimentá-los, prefeito e secretária, estendo os cumprimentos aos demais secretários presentes, servidores dessa Casa, imprensa, público que nos acompanha presencialmente e pelas mídias também. eu quero citar também aqui o colega Kuka Anghinoni que sempre está à frente da cultura numa trajetória muito bonita, a Márcia Georg também uma assídua e incentivadora da cultura e também saudar a presença do representante do Conselho Estadual de Cultura senhor Sandro Giordani, mas em especial nossos artistas homenageados nesta noite. A arte é a expressão da alma. Peço licença para falar em nome dos meus colegas de bancada – vereador Calebe, vereadora Clarice, Vereador Sandro. Mas essa noite é dos senhores artistas e esse público está aqui para homenageá-los. eu quero citar Leandro Flores que diz: “um povo sem arte e sem cultura é um povo que não existe portanto a cultura é um fator crucial para o ser humano pois é através dela que encontramos as várias expressões artísticas presentes na homologação dos indivíduos e grupos sociais”. E essa passagem da sua frase ‘homologação’ me chamou a atenção porque é o que nos dá identidade como povo, a nossa história, pois um povo que não conhece o seu passado/a sua história não entende o seu presente e não saberá programar seu futuro. E a cultura nos dá esse caminho. Saudamos então os homenageados do destaque cultural de 2023. Banda Municipal Cinquentenário de Farroupilha: fundada em 1984 tendo em vista na época os 50 anos da emancipação de Farroupilha, tínhamos como prefeito o senhor Wilson Cignachi e o saudoso Clóvis Zanfeliz vice-prefeito, pai da secretária Luciana, que criaram a Banda Municipal de Farroupilha; hoje sobre regência do maestro Rodrigo Ziliotto com um amplo e diversificado repertório que encanta o público por onde passa. Colégio Estadual Farroupilha: os curtas do estadual Farroupilha. querido diretor, ex-colega de docência e sempre amigo Vandré, ex-colegas e sempre amigas Joice, Rafaella Coradini, a Aline que eu acho que não está presente né. eu tive o privilégio de trabalhar nessa escola com esses nobres colegas muitas vezes ajudando na coordenação na produção dos curtas, onde também por muitas vezes fui conselheiro de turmas, paraninfos e formandos, e eu trago vocês com muito carinho muitas saudades. o dinamismo dessa galera – corpo docente e discente – com escassos recursos porque quem trabalha em escola estadual sabe do que estamos falando né, mas a força de vontade o amor do que se faz e o empenho/a dedicação por si só todos deveriam receber o troféu master por aí. A parte técnica é uma consequência desse amor empenhado. Parabéns.  Adelino Roque Júnior, meu colega de aula e de grêmio estudantil nos tempos do São Tiago; não vamos falar nossa idade né Roque. E muitas vezes fazíamos debates ferrenhos politicamente, mas acima de tudo o respeito e a amizade. Que orgulho te ver aí Roque. Um entusiasta escreve com a alma, com senso crítico e um idealista. Parabéns Roque. Folclore: queridos amigos do Grupo Nani. Como bem citou o vereador Gilberto Amarante Farroupilha, berço da imigração italiana no Estado do Rio Grande do Sul, por onde vocês passam você semeiam a permanência da cultura de nossa gente, nosso bravo povo que fez essa terra. e sem esquecer e sempre valorizando também a todas as demais etnias que aqui escolheram como seu chão e também compartilham a cultura que trazem com a que foi construída aqui tornando uma miscelânea cultural maravilhosa, pois somos a terra de todos os sotaques, de todas etnias, de todas as cores. Essa miscelânea maravilhosa que nos faz dizer que bom que somos dessa terra. Honrar nossos antepassados. A música, a arte e a interação com o público onde passa o Nani não é só aquele grupo artístico que se apresenta e os demais aplaudem; não, todos interagem, cantam, dançam e querem aprender aquilo que talvez para eles é estranho ou que já passou e talvez ficou enterrado, mas vocês ajuda a desenterrar. continuidade sempre. Pedro Bin nas artes plásticas: artista dinâmico que vê expressa na arte a consciência social e ecológica. com um amplo currículo muitas andanças por essas terras aí a fora expondo seu trabalho com entusiasmo e idealismo. Por fim, eu quero citar a frase do filósofo Friedrich Nietzsche: “a arte existe para que a realidade não nos destrua”. Muito obrigado e parabéns aos agraciados essa noite.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Kiko Paesi. Quero saudar também a vereadora Aline de Toni, de Pinto Bandeira. Convido o partido socialista brasileiro – PSB para que faça uso da tribuna; fará uso da tribuna o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Boa noite a todas e a todos. cumprimento todos os cidadãos/cidadãs que se fazem presentes nesta noite. Saúdo o vice-prefeito Jonas Tomazini, o prefeito de Pinto Bandeira Hadair Ferrari, a vereadora Aline de Toni, meus colegas vereadores/vereadoras. falo nesta noite nome da bancada do PSB, vereador Roque. Saúdo todo o secretariado, todos os cidadãos estão aqui representando as entidades, AMDEF, Elenice representando o conselho de cultura, presidente Isaías, Pelicioli, enfim, todos os cidadãos e a imprensa também aqui que se faz presente, muito importante, nessa noite. Bom, fala em cultura é falar em algo vivo, é algo que nos move, é algo que nos encanta e é isso que estamos fazendo. E quero saudar e cumprimentar meu colega vereador Tiago Ilha, autor desta lei que hoje referenda estes grupos que aqui estão para receber os aplausos e a outorga do poder legislativo como certificado destaque cultural. nós durante a comissão, o período que estivemos, nós discutimos, nós pensamos, nós buscamos a forma de como escolher os representantes deste ano porque sim existem muitos artistas muitas potencialidades independente da faixa etária aqui na nossa cidade e que precisam de maior estímulo, que precisam de maior apoio, de maior investimento. Eu, ao longo deste mandato, tenho trabalhado com elementos que fomentam a cultura dentre eles a economia criativa como órgão propulsor de desenvolvimento da cidade perene com a questão da história, da memória e das formas diferentes de acontecer. então os nossos homenageados: a Banda Municipal Cinquentenário que há quase quatro décadas vem construindo histórias, vem escrevendo capítulos e representando a cidade como uma instituição; que ela transcende o governo ‘A’ ou ‘B’ e ela está aqui para representar. E constantemente a gente ver rostos novos que é o que? a transição; que aqueles que ocuparam passaram o bastão e eles estão aqui. Parabéns vocês representam muito bem a nossa cidade. São merecedores de estarem aqui conosco nessa noite sendo saudados e referendados. obrigado por fazerem parte aqui da construção da cultura da nossa cidade. O Pedro Bin que infelizmente acabou não vindo. mas é um artista dinâmico/contemporâneo, alguém que trabalha com sustentabilidade algo diferente. Visitando o seu ateliê conversando/trabalhando com uma perspectiva inclusive o autor já expôs em galerias de São Paulo, fora do Estado, levando a cidade de Farroupilha em outros degraus em outros níveis. O Grupo Nani que representa o folclore, mas acima de tudo um grupo identitário que representa a cultura, a história, a memória oriunda dos nossos imigrantes italianos que povoaram não só Farroupilha, mas toda região. Eles que são os defensores da nossa cultura juntamente com o Grupo Nei Tempi dei Filo que tem que referendar aqui; que usam do tempo do seu trabalho voluntário para adiante e manter viva essa chama que é que perdura aqui na nossa cidade e que representa a forma de ver as expressões, a linguagem, inclusive mantendo viva uma delas: o talian, que é um dialeto quer é uma forma de comunicar. E eu sinto honrado de ser o autor de uma lei neste parlamento que co-oficializa o talian como segunda língua do nosso município; e carece de uma atenção maior do poder público/do departamento de cultura com propulsor de um projeto de salvaguarda para fomentar isso na nossa cidade. a gente não pode deixar uma geração partir sem preservar a história e preservar a cultura. Então obrigado por serem os guardiões das nossas raízes do nosso povo. Também Roque Júnior, vou te chamar assim, sempre conhecido Roque Júnior, um idealista, alguém que sempre acreditou e nunca desistiu Roque. O fruto disso é o teu trabalho é tu sempre ter dado a tua cara a tapa. Muitos ‘não’ tu ouviu, mas tu levantou a cabeça e tu foi atrás. Um expoente da fotografia e um expoente hoje da arte literária, relatando trazendo reflexões muitas vezes duras de uma sociedade que ainda não compreende algumas questões que tangem a saúde mental, a bipolaridade e o movimento da luta antimanicomial que infelizmente o nosso Brasil precedeu os capítulos tristes. E que hoje graças ao avanço da ciência tivemos um tratamento que evoluiu. E que tu é um expoente não só da nossa cidade, da região e do Estado. Parabéns pela persistência e pela perseverança; tu faz parte desse capítulo dessa luta importante da nossa sociedade. Colégio Estadual Farroupilha: falar da minha segunda casa onde que o coração bate mais alto. Eu quero saudar meu colega e amigo professor e ex-vereador desta Casa ex-presidente Vandré Fardin, a profe Joice, a profe Rafaella, todos os professores e professoras que se envolveram e todos os alunos. Porque uma escola é assim é feita com muitas mãos e são as diferentes formas de aprender e de ensinar. Já não estamos naquele método de 150 de 200 anos atrás as coisas evoluíram e a educação também precisa e as os meios didáticos/pedagógicos são sem sombra de dúvidas fundamentais, e um deles é a inclusão da arte, da cultura, do cinema, que faz com que os alunos despertem não só a imaginação, a criatividade, mas uma pesquisa um trabalho denso que envolve as famílias que envolve a comunidade e que também precisa do poder público. e serve de um puxão de orelha, nós estivemos lá buscando tentando apoio e nada aconteceu. além de parabenizar pela raça, pela garra, pela eficiência, por vocês estarem fazendo isso. levaram adiante né Joice muitos ‘não’, mas muitos ‘sim’ e hoje é fruto de tudo que vocês trabalharam e tudo que vocês construíram. e eu gosto sempre de citar uma frase que envolve a educação porque ela que permeia tudo que a gente tá vivendo e eu quero dizer assim: ninguém nasce feito, é experimentando-nos no mundo que nós nos fazemos; do nosso patrono da educação Paulo Freire. É importante aqui referendar sempre como uma referência importante e que leva a realidade das escolas e tenta fazer o diferente do trabalho no seu dia a dia. por fim, então eu saliento aqui que a nossa cidade precisa de mais investimentos na cultura, a nossa cidade precisa ser uma cidade mais viva. Falava nós somos a cultura do trabalho, mas nós temos que viver mais, nós temos que experimentar Farroupilha como um todo e isso faz parte de uma cultura viva, pujante nas comunidades, nos bairros envolvendo todos os agentes culturais independente de etnia, de grupo, de tribo urbana. Que é assim que a gente vai defender e vai desenvolver uma cidade sustentável, uma cidade melhor para o futuro, mas também para o presente; a gente tem que pensar no presente. Muitas vezes se fala muito no futuro e a gente quando olha para a história a gente tem que olhar que a história se repete ou como farsa ou como tragédia, então nós precisamos constantemente olhar para o passado para tentar compreender o que estamos vivenciando e o que nós podemos avançar. E também há de se pensar, aqui fica um lembrete, no ano de 2024 se comemora o bicentenário da imigração alemã no Rio Grande do Sul e sim nós temos cantos da nossa cidade também que foram colonizados e povoados por imigrantes alemães e fica aqui a provocação ao poder público para que faça ações para lembrar esse povo/essa cultura tão importante. E para finalizar mais uma vez parabéns a todos e a todas envolvidas, obrigado por vocês fazerem parte e por manterem de pé e viva a cultura de Farroupilha. Muito obrigado, boa noite.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano Baumgarten. Convido o partido republicano para que faça uso da tribuna; fará uso da tribuna o vereador Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Senhor presidente, colegas vereadores e vereadoras. eu quero de forma muito carinhosa cumprimentar a todos vocês aqui nessa noite tão especial, a todos que estão aqui e as pessoas que também estão nas suas casas. veja como é importante esse momento que nós estamos vivendo aqui hoje né. o ano era de 2017 quando tive a ideia e a sugestão de alguns fazedores de cultura de trazer para casa municipal uma lei que pudesse destacar a cultura da nossa cidade, pois em outros momentos nessa casa Jonas Tomazini, o nosso prefeito, é que a nossa cidade precisa e deve reconhecer todas as áreas da cidade. assim é feito muitas vezes aqui no destaque da mulher, assim é feito no destaque do agricultor e tantas outras referências importantes que a comunidade através dos vereadores, que são os nossos representantes, possam entregar nesse dia tão especial. e aí quando assumir aqui de vereador eu disse “poxa falta uma para a cultura”. e nós apresentamos essa lei de nossa autoria a lei nº 4.346 e foi aprovado por todos os nossos colegas vereadores que estavam aqui e sancionada; e que a partir daquele ano então já começou bem nesse momento de novembro já no intermeio da do dia 5 de novembro, dia nacional da cultura, que a gente possa trazer nele esse reconhecimento. e aqui nos últimos anos desde a lei de 2017 Jonas e olha quantas pessoas e quantas organizações quantos grupos então já teve aqui Vandré o cinema já teve aqui, a cultura já teve aqui, o CTG, e tem aqui a cultura italiana, tem aqui as artes plásticas, tem a comunidade de Farroupilha presente da sua forma cultural. porque o que que é a nossa cidade de Farroupilha? é trabalho? Sim. A nossa cidade de Farroupilha é família? Sim. A nossa cidade de Farroupilha é muito ‘lavoro’? Sim. A nossa cidade de Farroupilha é muita história? Sim, berço da imigração italiana. a nossa Farroupilha é muita arte, é muita cultura, muita felicidade, é isso que nos mantém vivo. A gente precisa trabalhar, mas precisamos viver também e a arte faz com que a vida floresça. já dizia aqui um pensador que eu gosto muito chamado Leon Tolstoi: se queres ser universal começa a pintar a tua aldeia. Então a gente precisa primeiro de tudo é valorizar os nossos, as pessoas que fazem a história da nossa cidade. Então nesse sentido meu querido amigo Álvaro, que te saúdo aqui também, é de trazer sem dúvida nenhuma a cultura para esse reconhecimento. porque nós acreditamos muito que a cultura da nossa cidade Sandro precisa ser reconhecida. então eu quero aqui fazer as nossas referências porque hoje é um dia tão especial primeiro porque graças a esse momento que nós estamos vivendo hoje aqui a Banda Municipal Cinquentenário pode estar aqui junto com a gente; olha que coisa linda. Me lembro de inúmeros trabalhos quando eu tive a felicidade de conduzir e coordenar os nossos eventos da cidade a banda Municipal Cinquentenário foi uma grande parceira e com o trabalho e com o talento de todos vocês; me lembro carinhosamente do maestro Nambu também. fizeram a história junto com a gente trouxeram momentos sem iguais. eu me lembro que todo desafio que eu levava para banda virava um algo maravilhoso, como muitas vezes a gente juntou isso em vários momentos da cidade. e quantas pessoas ao longo dos anos passaram lá pela banda. Então a mesma coisa do Grupo Nani, olha que alegria o Grupo Nani cantando as nossas músicas/as nossas canções e tenho certeza que todos os integrantes aqui do Grupo Nani sabem disso a importância de não perder a sua cultura gente. Porque no momento que a gente perde o que a gente tem de mais precioso a gente só vai saber para onde vai na nossa cidade senhor prefeito se a gente sabe de onde veio e valorizar o nosso canto, a nossa música, a nossa cultura, a nossa vestimenta, é manter viva essa cidade que a gente acredita. Falar aqui então do meu amigo Roque Júnior; muitas conversas fizemos ao longo dos anos e eu pude observar e acompanhar toda essa cronologia Roque, não só o teu olhar fotográfico como teu olhar literário. Um olhar livre. A literatura precisa e deve ser livre. E você deu do teu jeito da tua característica. Então hoje a cidade está dizendo obrigado Roque pela tuas obras, pela tua forma de pensar, pela tuas ideias livres aqui mostrando também um pedaço da nossa cidade. quero também reconhecer aqui o nosso querido Colégio Estadual Farroupilha com esse projeto professor Vandré, nosso diretor, lindíssimo dos curtas. o Gustavo, meu filho, nossa secretária, ficou felizaço [sic] de participar do vinha lá no meio do trabalho nosso da empresa dizendo “pai, olha aqui os vídeos que eu tô gravando lá que vai ter um projeto dos curtas lá da do colégio”. Então isso é inserir o jovem mais do que, Vandré, mais do que mostrar o cinema; é trazer a comunidade para dentro, do jovem, para dentro e dizer que é seu e possa ser aplaudido. porque gente quando nós criamos o Farroupilha Bem Gaúcho eu falava esse projeto que vai nas escolas e ensina a tradição gaúcha é muito mais do que só colocar a tradição gaúcha gente; é fazer os nossos jovens ser aplaudido, subir num palco, ser reconhecido, isso muda a vida dos nossos jovens que amanhã depois vão tá pedindo emprego vão estar precisando se comunicar melhor. Eu vejo dentro da minha casa o quanto o CTG faz bem para os meus filhos na hora que eles tem que ir para o mercado de trabalho. Quanto que a cultura faz bem para nossas gerações. Quero aqui também reconhecer o trabalho do Pedro que não esteve aqui e que também tem um trabalho maravilhoso, Juliano, também pela cidade inteira representado. Então tanto a banda, o grupo Nani, o Roque, o Colégio, o Pedro, trazem essa cidade que a gente acredita. E eu finalizo a minha fala aqui eu também sou apaixonado pela cultura, minha é inteira ligada a isso, e cada um vai buscando a área da cultura que mais ele gosta dá prazer; na no meu caso, além da dança, da música, enfim, um pouco do rádio, teve a poesia gaúcha. E eu vou trazer para finalizar aqui a minha participação um trechinho de uma poesia que eu gosto muito de um grande autor gaúcho de poesia chamada Apparício Silva Rillo, lá de São Borja, que trazia no seu poema com o título, intitulado, que era João da gaita e que ele dizia lá pelas tantas no na história do poema que contava a história de dois irmãos que acabaram se encontrando na guerra e ficando de lados opostos e que nesse mundo que nós estamos vivendo que é só ligar a TV que a gente vê uma guerra/uma revolução eu me lembro desse poema que ele traz para mim assim ó uma simplicidade genial da cultura né que ele fala lá pelas tantas no seu poema dizendo o seguinte né ‘que queria que todos pudessem estar a sombra de uma ramada’; o poema diz no finalzinho assim… Agora me fugiu o poema, vou lembrar o poema. Dos puros de coração: “ver a querência irmanada, Sem que lhe falte nenhum, Num grande baile comum, À sombra de uma ramada”. É assim que a vida precisa todos estarmos em comunhão, todos estarmos juntos e pensando que a cultura é vida, é a fonte da vida, porque cultura é alegria. Parabéns a todos vocês porque hoje o dia é dia de homenagear a cada um de vocês. Muito obrigado

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Tiago Ilha. Convido o partido do movimento democrático brasileiro – MDB – para que faça uso da tribuna; fará uso da tribuna a vereadora Eleonora Broilo.

VER. ELEONORA BROILO: Boa noite a todos; senhor presidente Maurício Bellaver, colegas vereadores, colega vereadora doutora Clarice Baú, excelentíssimo senhor vice-prefeito Jonas Tomazini aqui representando o prefeito de Farroupilha senhor Fabiano Feltrin, excelentíssimo senhor prefeito de Pinto Bandeira Hadair Ferrari, também a vereadora de Pinto Bandeira Aline de Toni, o secretários Luciana Zanfeliz, secretário Clarimundo, secretário Argídio Schmitz; cumprimento o Kuka, a Márcia Georg, nosso sempre vereador Arielson Arsego, que me dá um prazer imenso também vê-lo aqui, em seus nomes eu cumprimento todas as autoridades presentes, meu marido que está lá no cantinho e que me muito me honra hoje com a sua presença aqui. de modo muito especial nossos homenageados, os seus familiares, os seus amigos, senhoras e senhores presentes nessa noite festiva e aqueles que nos acompanham de suas casas. Eu falo em nome dos meus colegas de bancada – vereador Marcelo e vereador Felipe. Hoje 6 de novembro estamos em festa com a sessão solene de outorga do certificado destaque cultural, uma sessão muito importante para todos nós. Destaque musical: Banda Municipal Cinquentenário fundada em 15/3/84 em comemoração ao cinquentenário do município daí logicamente vem o seu nome; atualmente composta por 15 músicos regidos pelo maestro Rodrigo Ziliotto. Tem um repertório muito eclético, esse repertório navega entre músicas clássicas, pop, gaúcha, todos os tipos de música, agradando a todos os tipos de público. A Banda Municipal Cinquentenário já abrilhantou eventos municipais como a Fenakiwi e a Expo Farroupilha, por exemplo. É uma justa homenagem a esta fantástica Banda Municipal Cinquentenário. Parabéns. Destaque de artes plásticas: Pedro Emiliano Bin Capellari, que infelizmente não pode se fazer presente. Sua primeira exposição em 2014 na feira do livro de Farroupilha se chamou ‘o lixo também é luxo’; vejam que é tema atual até hoje. Consagrou-se em exposições individuais assim como exposições coletivas; um exemplo da exposição individual de 2015 – ‘sincronicidade em harmonia’ e da exposição coletiva – ‘expressões contemporâneas do coletivo’ também em 2015. Merecida homenagem senhor Pedro Bin. Destaque cultural folclórico: Grupo Nani; esse grupo maravilhoso que surgiu em janeiro de 2007 e que inicialmente contava com apenas dois jogadores de mora, mas e com o passar dos anos o grupo foi sendo agregado com mais participantes e hoje conta com 19 integrantes – dos 13 aos 83 anos. Seu objetivo é disseminar o folclore italiano, o folclore dos nossos imigrantes italianos, com sua alegria com seus trajes típicos trazendo tudo todo o folclore que vem junto com as tradições italianas. Parabéns Grupo Nani por manter as tradições dos imigrantes italianos vivas. Parabéns. Destaque literário: Adelino Roque Júnior nascido em 71 em Farroupilha tem 3 irmãos e é casado com Marta Santos. publicou seus primeiros livros em 2000 que se chamaram ‘poesias para refletir 1 e 2’. Na sua trajetória publicou vários livros e recebeu prêmios também por suas fotos; foi palestrante em oficinas e mesas e, enfim, merecida é a outorga do título de destaque literário ao senhor Adelino Roque Júnior. Parabéns. Por último, mas de igual importância os anteriores o destaque cultural de cinema: título concedido com orgulho ao curtas do Colégio Estadual Farroupilha. projeto sobre orientação das professoras Aline, Joice e Rafael. esse projeto é uma atividade educacional que oferece uma variedade de benefícios desde o desenvolvimento de habilidades técnicas com a elaboração de roteiros históricos, preparação de cenas, interpretação, até promoção da criatividade de pensamento crítico e alfabetização midiática. vejam senhores que é de extrema importância que a mente desses jovens alunos fiquem aguçadas e engajadas e também individualizadas em contextos maiores e especializados. Esse projeto já ganhou vários prêmios concorrendo em vários festivais. Vida longa ao curtas do Colégio Estadual Farroupilha. Sucesso, muito sucesso e parabéns. Nesta noite de solenidade de outorga do certificado destaque cultural com indicação de estrelas encerro meu discurso lembrando um verso do poema Via Láctea de Olavo Bilac, de 1.888, cujo final diz assim: “É preciso amar para ter ouvido capaz de ouvir e de entender estrelas”. Muito obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereadora Eleonora Broilo. Convido para que faça uso da tribuna em nome do poder executivo municipal o vice-prefeito Jonas Tomazini.

VICE-PREFEITO JONAS TOMAZINI: Boa noite a todos. quero cumprimentar o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, vereador Maurício Bellaver, e em seu nome cumprimentar a todos os colegas vereadores presentes nesta sessão; e desde já parabenizar pela organização e pela justa e merecida homenagem que se fazem aos destaques culturais presentes aqui nesta noite. quero cumprimentar nosso prefeito de Pinto Bandeira Hadair Ferrari, nosso coirmão aqui pertinho, que participa muito tanto das nossas angústias dos nossos problemas, mas também de todas as nossas fortalezas, das nossas conquistas e dos momentos que a gente tem a possibilidade de compartilhar de uma forma muito fraterna, muito obrigado prefeito pela sua presença. quero cumprimentar também a imprensa aqui presente que tão importante é tanto para levar as informações do que acontece aqui nessa casa legislativa como também muitas vezes das manifestações culturais dos nossos homenageados que estão aqui nesta noite e também de outros grupos e pessoas que na sua individualidade fazem a cultura do nosso município; a imprensa ela permite amplificar a presença aumentar o alcance que nós temos muitas vezes uma limitação, uma pessoa que não pode ir em determinado momento que através do rádio através do jornal através da televisão vai conseguir também participar de certa forma daquele momento cultural e também impulsionar e incentivar para que em outra oportunidade esteja presente quando nós temos essas manifestações. Quero cumprimentar aqui em nome de todas as entidades o presidente da AMDEF, Giovani Capra, e em seu nome Giovani cumprimentar a todas as entidades e associações que nos ajudam também a fazer nosso município no dia a dia; e dizer Giovani que a conversa que nós tivemos a poucos dias quando nós fazíamos a inauguração dos nossos parques inclusivos aqui de Farroupilha realmente se concretizou, é um sucesso, nós temos aí os nossos parquinhos cheios no finais de semana, nos fins de tarde e também tem permitido que pessoas/crianças que antes não podiam participar agora participam no mesmo local de atividade dos nossos parques inclusivos. Permitindo também e até estamos recebendo prefeitos e secretários de outros municípios que estão vindo para cá buscando a forma como Farroupilha construiu essa iniciativa para também estender a outros a seus municípios essa possibilidade de inclusão que também é tão importante. Quero cumprimentar a nossa secretária de educação, Luciana Zanfeliz, a toda sua equipe que tem uma secretaria grande na mão; só educação já seria uma secretária muito importante, mas que agrega também a cultura, o esporte, o lazer, a juventude, de uma forma que conduz com maestria todas essas áreas obtendo bons resultados em todas elas. Em nome da Luciana cumprimentar a todos os nossos secretários municipais aqui presentes. Nós temos datas importantes e vereador Tiago Ilha eu estava aqui quando da sua proposição do presente projeto de lei, como o senhor disse aprovado por unanimidade, eu lembro na época quando aprovamos logo no primeiro ano daquela legislatura e já desde aquele momento nos permitiu que nós fizéssemos esse reconhecimento como já se faz, como o senhor disse né, para o agricultor destaque, para o esportista, para a mulher, para os voluntários, através do vereador por um dia, são diversas iniciativas que a Câmara promove e que dão a possibilidade de nós estarmos mais presentes e mais próximos do que se faz aqui nessa casa legislativa. Então parabéns pela iniciativa que permite que a gente possa perdurar agora com essas homenagens. E como a gente sempre diz o prefeito uma pessoa muito inserida na questão cultural ele sempre fala que nós não fazemos nada sozinhos e que as pessoas passam as instituições e as ideias é que permanecem. Então aqui nós estamos, de certa forma pode ser que daqui 4, 5, 10 anos as pessoas que vão estar nesses lugares serão totalmente diferentes das que estão hoje, mas o reconhecimento que se fará a quem vai estar sendo homenageado continuará acontecendo e essa é a importância de nos fazermos uma sociedade que seja impessoal e que possa os feitos continuarem a serem reconhecidos. Quero também cumprimentar a todos os homenageados, aos seus familiares e amigos que estão presente nesta noite e dizer que nós teremos uma série de desafios em datas os vereadores lembravam aqui. Em 2024 nós teremos os 90 anos da emancipação política do nosso município de Farroupilha, o bicentenário da colonização alemã, a 25ª edição da Fenakiwi que nós retomamos com força no ano passado depois de um ensaio de querer acabar com a nossa tradicional festa nós retomamos a mesma com seu nome tradicional, com o cultivo do kiwi, para que nós possamos reconhecer o que foi feito no ano passado e valorizar o que será feito no futuro. e essa frase foi dita por diversos dita por diversos vereadores então nós entendemos que retomar a Fenakiwi que se chega no ano que vem na sua 25ª edição é também uma forma de contemplar as manifestações culturais. Porque lá na Fenakiwi a gente tem a participação do Grupo Nani que está aqui, tem a participação do Grupo Nei Tempi dei Filo que está conosco e tantas outras pessoas que manifestam a cultura do nosso município que possuem espaço na nossa principal festa. Nós termos também em 2025 os 150 anos da imigração italiana e também é uma data importante para que Farroupilha reforce o seu selo e também a sua marca de ser, aqui o local onde a imigração italiana iniciou no nosso estado do Rio Grande do Sul. Então serão desafios importantes que nós teremos e que desde já a gente convida a cada um de vocês para que possa participar junto conosco e que nós possamos marcar a história do nosso município. Quero a cada um dos homenageados poderia apenas reforçar a que foi dita pelos vereadores, cada uma das bancadas que esteve aqui presente e todas reconhecendo a partir da sua visão cada uma tem o seu convívio; o vereador Kiko, por exemplo, através do seu convívio através do colégio através da experiencia no departamento de cultura tem uma visão, os outros vereadores tem um outro tipo de convívio, mas todos são importantes para que nós possamos fazer o reconhecimento desta noite. A Banda Municipal Cinquentenário quero cumprimentar através do nosso maestro Rodrigo Ziliotto que não tem dia ruim, em muitos momentos o município chama a banda para poder  complementar para poder fazer uma apresentação e a banda através do seu trabalho juntando cada um dos seus componentes, em alguns momentos em alguns em outros vêm todos, mas sempre está colaborando com o município para que nós possamos levar o nome da banda municipal e do próprio município que é quem rende as homenagens da banda que está sendo homenageada nesta noite. O Grupo Nani aqui presente como foi dito em diversas oportunidades que perdura que faz com que perpetuar a cultura italiana aqui na nossa região, junto com outros grupos aqui presentes são fundamentais para levar alegria para deixar o sorriso no resto e fazer com que nós tenhamos esse reconhecimento que vai ser ainda mais importante como eu dizia quando se aproxima agora os 150 anos da imigração italiana. E é fundamental que vocês estejam motivados para que possamos fazer um trabalho que marque ainda mais a participação do grupo na nossa sociedade. Inclusive nós estaremos nos próximos dias também com mais uma obra no nosso interior, uma pavimentação ali em Santo Antônio da Linha Jacinto que é também o local onde surgiu o grupo e que nós teremos a possibilidade de continuar melhorando os acessos dos locais do interior do município. Colégio Estadual Farroupilha, através do projeto ‘curtas’, eu quero aqui diretor Vandré, se tu me permite chamar de professor que foi meu professor, e parabenizar pela tua coordenação, não vai ficar com médio de se achar velho né Vandré de ser meu professor era pouco tempo de diferença de idade quando Vandré foi meu professor, e assim parabenizar também as professoras que coordenam esse trabalho – a Aline, Joice e a Rafaella, a todos os alunos que fazem esse trabalho no dia a dia e que recebem essa justa homenagem no dia de hoje. Roque Junior, quero te cumprimentar pelo teu trabalho; eu conheci primeiro na fotografia e depois todas as suas inserções também, a edição dos livros, e eu olhava aqui todos os livros lançados algumas com mais de uma edição. E dizer e aproveitar tanto contigo como o Pedro Bin que não está presente está noite, mas aproveitar para fazer um convite para amanhã, terça-feira. Eu vi que muitas das iniciativas de vocês elas se deram na feira do livro aqui no município e também de outros municípios aqui próximos, infelizmente nós tivemos aí 7 anos sem feira do livro, ela parou em 2016 e depois teve aquele período da pandemia 2020/21/22; nós estamos retomando a feira do livro porque nós entendemos que não fazer a feira do livro não é positivo e se tira uma possibilidade de cenário aonde as manifestações culturais podem acontecer. Então quero convidar a cada um de vocês para que amanhã, terça-feira, 19h15min, estejam lá na nossa Praça da Emancipação onde faremos a abertura oficial da feira do livro que permanece do dia 7/11 ao dia 11/11 lá na Praça da Emancipação; onde teremos diversos momentos aonde vamos ter manifestações culturais e também o culto ao livro que é importante que nós façamos/retomamos também essa manifestação cultural aqui na nossa cidade. Para encerrar gostaria de dizer que não fique em vão essa homenagem que a Câmara de Vereadores faz essa noite é muito importante que vocês possam disseminar o trabalho de vocês e principalmente eu entendo que quando a gente faz uma homenagem é porque nós passamos para que nós possamos utilizar aquele exemplo que cada um de vocês carrega para incentivar outras pessoas que possam trilhar esse mesmo caminho. Cada um com sua particularidade. como eu disse, alguns em grupo alguns de maneira individual, mas que vocês sejam exemplos que possam levar esta chama para que outras pessoas outros grupos sigam o mesmo caminho que vocês seguem. Porque a nossa sociedade é a soma de diversas manifestações. Vocês hoje estão aqui recebendo uma homenagem pala manifestação que vocês fazem pelo trabalho que vocês executam. Parabéns. Que Deus abençoes a todos. Uma boa noite

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vice-prefeito Jonas Tomazini e parabéns você que é um papai do ano. Agradecemos aos vereadores e o vice-prefeito Jonas Tomazini. Neste momento daremos início ao cerimonial de outorga do certificado destaque cultural do ano. Conforme vou nominado o homenageado receberá o certificado das mãos deste presidente e do vice-prefeito Jonas Tomazini e após faz seu pronunciamento e apresentação dos seus trabalhos. Convidamos para receber o certificado destaque cultural, na categoria música, a Banda Municipal Cinquentenário representada pelo maestro Rodrigo Ziliotto. (CERIMÔNIA DE OUTORGA).

  1. RODRIGO ZILIOTTO: Acho importante ler esse importante certificado recebido por nós: ‘O presidente da Câmara de Vereadores de Farroupilha em conformidade com a lei municipal nº 4346, de 30 de agosto 2017, outorga o certificado destaque cultural de 2023 a Banda Municipal Cinquentenário de Farroupilha’. Em outras palavras essa turma que vocês estão vendo aí é que faz a coisa acontecer de fato né. cumprimento todos os amigos vereadores, poder executivo também que está aí representado pela secretária Luciana e pelo Jonas Tomazini. quero fazer um cumprimento especial também a todos os fazedores de cultura que estão aí hoje, estava falando para o Tumelero que agora tá até difícil de falar porque né primeira vez na vida que eu faço um discurso e não vou nem conseguir usar porque todo mundo já falou tudo né; enfim, nós tinha que falar antes né. Mas eu acho que é importante aqui destacar 2024 a banda completa 40 anos de existência, como alguns disseram aqui cruzou fronteiras partido ‘A’/partido ‘B’ e a banda seguiu firme e forte. Importante aqui fazer um agradecimento aos maestros: maestro Toldo que iniciou os trabalhos em 1984; maestro Pernambuco, maestro Pernambuco é o tipo de pessoa que a gente não eu pelo menos não conheci pessoalmente e posso dizer que sou um fã dele né porque onde a gente passa fala de orquestra/de banda municipal o maestro Pernambuco é lembrado com muito carinho, inclusive o vereador Davi que fez parte banda municipal na época do Pernambuco falava muito bem né dos seus ensinamentos; maestro Nambu não está aí hoje, mas foi um cara que deixou a sua marca também com seus arranjos únicos né. Enfim, a nossa banda municipal tem uma formatação diferente do tradicional por ter na nossa banda flautas transversais, grupo das madeiras com sax, grupo de metais com trompete e trombone, e uma banda base né com aqueles moços bonitos – guitarra, contrabaixo, piano e bateria. Importante agradecer ao executivo, ao legislativo e também ao conselho de cultura né – conselho de política cultural – em nome da presidente que tá aí Elenice Girelli, que nos honraram com esse prêmio né com essa certificação. Hoje agora eles não falaram agora eu posso ler: Hoje um dos grupos musicais mais antigos em atividade do nosso município entra para a história. Qualquer palavra aqui dita seria pouco para traduzir o nosso sentimento, emoção e gratidão, pois sim a música tem essa possibilidade de gerar emoções e sentimentos de diferentes formas em cada um de nós. E é através da batuta ou a varinha, como queiram chamar né, mas a batuta é o nome correto, através da batuta que se dá o nosso agradecimento hoje; no um, dois, três… (APRESENTAÇÃO MUSICAL) Assim nós iniciamos a nossa apresentação que vai durar mais ou menos duas horas né. Aqui é importante fazer um reconhecimento a todos esses músicos que estão aí: Dorival e Gilmar no trombone; Tamires e Guilherme, ainda não estão aí presente o Ariosto e o Ariosto por problema de saúde o Ângelo por em função de trabalho, nos trompetes; Rafael sax tenor, Sandro sax alto, Lourenço sax alto e Maurício Farinon sax alto; a renovação está aí Helena e Lucas na flauta transversal; Renan Marchetto na guitarra, Marcos Trubain no contrabaixo, Rafael na bateria, Manoel no piano. Aqui cabe um destaque muito importante que hoje eu acredito que 30% da banda ou mais é formada por estudantes da nossa escola pública de música, alguns vivem da música alguns integrantes vivem na música outros não; mas estar aqui hoje é um motivo de orgulho para nós. A banda ficou dois anos aí na pandemia sem atividade, é importante aqui fazer um destaque em agradecimento ao Kiko que na época era diretor de cultura e não mediu esforços né para que a banda retomasse aí com a parada da pandemia e foi um desafio bastante grande, para o Maurício também que sempre puxou o grupo dos sopros aí para a gente conseguir tentar entrar novamente no cenário musical. E em 2024 a gente tá preparando consertos alusivos à nossa Banda Cinquentenário que completa 40 anos. falamos da colonização alemã pelo vereador Juliano né, falamos da dos imigrantes italianos e ano que vem nós vamos fazer um conserto que vai se chamar Filó e Kerb. Filó e Kerb né, eu nem sabia que era bicentenário da colonização alemã e os 150 anos da imigração italiana, não sabia, mas deu certinho né. Nós vamos fazer esse concerto em homenagem a essas duas importantes culturas formadoras do nosso município aí. Nos despedimos então como a canção festiva ‘amigos para sempre’ com arranjo do maestro Nambu e nos despedimos para os demais receberem suas homenagens e poderem falar também com a canção ‘ob‐la‐di, ob‐la‐da’.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado a Banda Municipal Cinquentenário. Convido para receber o certificado destaque cultural, na categoria literatura, o escritor Adelino Roque Junior. (CERIMÔNIA DE OUTORGA).

  1. ADELINO ROQUE JUNIOR: Muitíssimo boa noite a todas as autoridades já citadas. Primeiramente quero agradecer a comissão de educação, esporte, cultura, lazer e assistência social dessa Casa, a secretaria municipal de turismo e cultura de Farroupilha, o conselho municipal de cultura de Farroupilha por terem me escolhido. Em segundo lugar agradecer profundamente meus apoiadores financeiros, meus colaboradores de ideias e especial minhas leitoras e leitores. Agradecer aos presentes neste ato, em destaque minha esposa Marta que sempre me acompanha, e aos meus ilustres convidados, também aos virtuais Brasil afora, ao vivo ou gravado, e ao meu neto Pedro. Agradeço também aos trabalhadores e trabalhadoras dessa Casa sempre dedicados e prestativos. Espero contribuir novamente nos autos dessa Câmara de Vereadores lembrando a lei municipal já citada, nº 4346 de 30 de agosto de 2017, origem do destaque cultural que está em sua 5ª edição. Lembrar o dia de ontem, 5 de novembro, dia nacional de cultura. Minha história tem muita relação com Farroupilha ou então colégio público chamado estadual até hoje no centro de município que hoje também recebe o certificado; lá conheci muitas pessoas especiais, comecei meus textos ampliando com os estudos pela literatura e percebi com muita tristeza que muitos escritores nacionais que tanto estudamos na literatura brasileira tiveram boa parte de suas obras publicadas de forma póstuma. Lá frequentando, antes de 1986, em uma das feiras dos livros da cidade compramos em conjunto dividido em pequenos grupos com ‘vaquinha’, a famosa ‘vaquinha’ né, e já antes da compra solicitei para que o exemplar ficasse comigo; que foi o primeiro livro de minha enorme biblioteca. não mais achei o livro. Lembro com detalhes dentre eles que era de bolso como é a extrema a maioria horas que publiquei. Ainda na época tendo pouco mais de uma década de idade, muito ambicioso como sempre fui, planejava publicar meus livros independente das formas e detalhes e detalhe: em vida. Tive muitos projetos entre eles consegui um mimeógrafo, os da antiga SAB, para procurar publicar meus livros com uma matriz a álcool; o que não cheguei a efetivar. Na luta contra os manicômios estão na RENILA – Rede Nacional Internúcleos da Luta Antimanicomial – desde julho de 2019. Para finalizar minha fala cito alguns livros a décadas com apenas dois exemplares um para o destino e outro em meu arquivo entre eles com certo requinte produzido em impressora laser e encadernados; ainda tem alguns desses dessas únicas cópias em meus arquivos, até manuscritos. Por outro lado percebi a dificuldade financeira de leitoras e leitores comprarem seus livros quando passou a ser minha maior motivação literária entrando as parcerias, que volto a agradecer, o que possibilitou doar mais de 10 mil livros até o presente de forma impressa bem como os mais de 65 livros publicados. hoje são 33 livros em PDF disponibilizado gratuitamente em meu site www.roquejr.com.br com nenhuma contrapartida e de fácil acesso para todo Brasil; e inclusive está na mesa ao lado aí quem quiser no final pegar alguns aí tem alguns algumas edições de exemplares e algumas edições gratuitas aí para serem distribuídas, quem ficar à vontade aí para pegar. Faço um convite para todos e todos para a próxima quinta-feira como o prefeito falou, o prefeito em exercício falou, às 10h30min, na feira do livro de Farroupilha; serão lá distribuídos mais de 100 livros também gratuitamente. Também na quinta-feira será divulgada a lista dos 10 finalistas de cada categoria da edição 65 a edição 65 do prêmio nacional jabuti; espero estar nessa relação, estou participando pela terceira vez deste prêmio. Mais uma vez muitíssimo obrigado

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado ao escritor Adelino Roque Júnior. Convido para receber o certificado destaque cultural na categoria ‘curtas’ o Colégio Estadual Farroupilha representado pelas professoras Aline Gasparetto, Joice Colbeich e Rafaella Coradini. (CERIMÔNIA DE OUTORGA).

SRA. RAFAELLA CORADINI: Boa noite a todos e todas. Nós, já foi falado muito sobre o objetivo do projeto né os vereadores conseguiram contemplar essa parte então a gente vai deixar um pouquinho de lado e falar do início dele. Ele começou lá com biografias sobre a 2ª guerra mundial. Nós tivemos uma parceria com o Museu do Holocausto em Curitiba e aí a gente começou só com biografias, mas a pedidos dos alunos a gente conseguiu mudar isso e começamos a criar histórias. os alunos criaram criavam histórias dentro de um roteiro de suspense, comédia, terror também, também a gente teve alguns romances esse ano. E mesmo sem verbas sem o ginásio a gente tem que alugar sempre o Clube do Comércio porque nós não temos um ginásio fechado né, alguns colegas nossos sabem o quanto a gente luta também para isso, a gente conseguiu fazer à noite do Oscar. Esse ano a gente teve como prêmio né de melhor filme original ‘o sonho americano’ – que a gente vai passar aqui espero que a gente consiga passar todo ele – e nós temos a presença do nosso aluno né o Gabriel Figueiró ali que produziu/organizou tudo e também foi o ator principal né o protagonista desse filme. Agradecemos também a presença da 4ª CRE que está aqui homenageando a gente e a nossa direção, a direção da escola aqui também a nossa parceira para que tudo aconteça porque a gente acaba sempre movimentando toda a cidade, o município, a casa da cultura, o museu né Casal Moschetti e também alguns pontos turísticos; os nossos alunos precisam ir até esses pontos e a comunidade acaba se envolvendo com a gente. os professores/orientadores do projeto: nós temos a Aline Gasparetto que não está aqui presente hoje, ela está já em estágio final da gestação então quarta-feira chega a Luísa né para o mundo aqui então ela justifica a ausência dela. Ela é formada em ciências biológicas, pós-graduada em educação ambiental e metodologias do ensino de química e é professora no colégio né do colégio desde 2013. Nós temos também aqui a profe. Joice Colbeich formada também em licenciatura em ciências biológicas e pós-graduada em educação ambiental, é professora do colégio desde 2003. e eu também formado em licenciatura em História sou pós-graduada em educação para a diversidade e mestre em história; eu estou na escola desde 2010. e a Joice vai falar um pouquinho dos nossos prêmios pra gente conseguir passar o sonho americano para vocês.

SRA. JOICE COLBEICH: Boa noite a todos. Vamos ser bem breves então. A gente nunca imaginou que um trabalho de escola pudesse ganhar à proporção que ganhou, os nossos ‘curtas’. Nós começamos com as nossas premiações bem assim bem modestas lá em 2019 no festival estudantil, a primeira fora da cidade, no CINEST de Santa Maria onde a gente ganhou o melhor filme com ‘a lista de Schindler’ e depois a gente foi enviando; teve dois anos de pandemia que a gente parou e a gente seguiu enviando esses filmes para os festivais aqui e no exterior. e para nossa grata surpresa nós ganhamos duas vezes no ‘você na tela’ – dois filmes nossos no festival de Tocantins; ganhamos cinco prêmios no festival internacional FECEA em Alvorada; fomos gratamente surpreendidos com o festival internacional Student World Impact Film Festival em Nova Jersey/Estados Unidos onde com mais de 13 mil filmes do mundo inteiro nós tivemos dois semifinalistas que foi ‘clozapina’ – que é um dos filmes mais premiados que nós temos – e o ‘Anne Frank e o anexo secreto’; e tivemos mais cinco filmes no festival de Guaíba premiados também. estamos concorrendo com o festival em Guaíba com mais sete filmes; o festival de saúde mental da Nova Zelândia com ‘clozapina’; e com o Festival da Global Network em Londres com mais cinco filmes nossos concorrendo. então filmes da escola feitos aqui como disseram os ilustres vereadores, sem verba nenhuma, feitos com o celular, é só amor ao que a gente faz e os alunos acreditarem na nossa proposta. E o mérito todo é deles desses alunos maravilhosos que nós temos e que fazem tudo isso acontecer. A gente vai passar ‘o sonho americano’ para vocês verem a qualidade desses filmes. (APRESENTAÇÃO DE VIDEO)

PRES. MAURICIO BELLAVER: Agradecemos Colégio Estadual Farroupilha. Na categoria artes plásticas o destaque cultural vai para Pedro Emiliano Bin Capellari que, por motivos profissionais, não pode se fazer presente. Eu solicito ao vereador Calebe para que faça a leitura do currículo e após assistiremos a um vídeo de agradecimento.

VER. CALEBE COELHO: Um breve resumo da obra do Pedro: atualmente sua pesquisa transita entre o atelier e as ruas, entre o privado e o público, em busca de uma forma híbrida e contaminada para as artes visuais através de colagens, pinturas e instalações. sua primeira exposição – o lixo também é luxo – ocorreu em 2014 na feira do livro de Farroupilha que foi idealizada através do reaproveitamento de materiais como shapes, quadros e estátuas. Em 2015 a proposta ‘o lixo também é luxo’ desdobrou-se para ‘sincronicidade em harmonia’ mantendo o conceito de reutilização de materiais porém com um conjunto maior de obras e de materiais. a exposição aconteceu primeiramente SESC, em Caxias do Sul, e depois disso viajou por Farroupilha na exposição coletiva ‘expressões contemporâneas do coletivo’ e pelo ‘abril cultural’ realizado pelo SESC/Farroupilha. No segundo semestre deste mesmo ano, 2015, o trabalho avançou ocupando espaços de galerias de Porto Alegre. Em 2016 foi cofundador do primeiro coletivo da cidade de Farroupilha chamado ‘o nômade coletivo’ onde fez sua residência artística buscando incentivar a cultura local e o empreendedorismo. Participou também de uma exposição individual ‘abril cultural’ SESC/Casa de Cultura de Farroupilha. Compõe o coletivo ‘lambe-lambers’ que fez sua estreia com a exposição ‘a faxina aleatória da cidade’ em 2017 realizada no Centro de Cultura Ordovás na cidade de Caxias do Sul. apresentou uma instalação chamada ‘a querida Senhora da limpeza’ na qual retratava através da sua obra a história de vida de uma trabalhadora da limpeza escolar. Em 2019 realizou a produção da exposição ‘nadando em um arquipélago’ que aconteceu no Força e Luz Energia Cultural de Porto Alegre – antigo Centro Cultural CEEE Érico Veríssimo – com a curadoria de Xadalu Tupã Jekupé. Em 2021 participou da exposição coletiva ‘seres visíveis e invisíveis’ na Casa de Cultura em Farroupilha. Em 2022 participou da exposição ‘coleção Sartori, a arte contemporânea habita Antônio Prado’ no MARGS – Museu de Arte do Rio Grande do Sul – com a curadoria de Paulo Herkenhoff; participou da exposição individual ‘pinturas para um mundo desconhecido’/projeto potências – ECARTA/Porto Alegre – curadoria André e Venzon. este um resumo do artista plástico Pedro Emiliano Capellari Bin. (APRESENTAÇÃO DE VIDEO)

PRES. MAURICIO BELLAVER: Convido para receber o certificado destaque cultural na categoria folclore o Grupo Nani representado pelo seu presidente Antoninho Tumelero. (CERIMÔNIA DE OUTORGA).

  1. ANTONINHO TUMELERO: Boa noite a todos. Boa noite a todos; já estão pegando no sono? Não né. Eu vou fazer diferente dos colegas ali que foram homenageados e todos eles com uma pastinha e lendo, parabéns pelo que eles escreveram representando a cultura deles. e eu vou fazer ao contrário eu escrevi no chapéu; será que vai dar certo? Vou botar o chapéu de volta. Gente, eu agradeço a Câmara de Vereadores, agradeço a prefeitura de Farroupilha pela oportunidade do grupo Nani hoje ser homenageado junto com os meus com os nossos colegas né. E o grupo Nani honrado em poder apresentar, representar, desculpe, a cultura italiana em Farroupilha – ENTRAI, Fenakiwi, Expo Farroupilha, que deram um apoio enorme para o grupo Nani um grupo do município. Mas a dona vereadora Eleonora citou a pouco, desculpa que eu apontei o dedo, que 2007 surgiu o Grupo Nani. como é que surgiu o Grupo Nani? inspirado nas apresentações dos nossos colegas Nei Tempi dei Filó. Antes de 2007 eu participava nas festas de Farroupilha – ENTRAI, Fenakiwi – e via o grupo Nei Tempi dei Filó cantando e se apresentando no meio do pessoal, das pessoas, do público; aí eu pensei eu vou entrar nesse grupo, mas não tive oportunidades. Me lembro também do nosso inesquecível falecido que também levou a cultura italiana nosso grande amigo Ricardo Ló, que também nos apoiou, mas como eu não tive na época coragem ou a oportunidade de participar do grupo Nei Tempi dei Filó eu participei do jogo da mora junto com um colega meu, primo Bortolanza, muito sábio jogador do jogo de mora numa festa de pêssego em janeiro de 2007 em Pinto Bandeira. ali que eles me pediram quem sabia jogar mora. o jogo da mora vocês devem saber o que que é. é um jogo italiano. aí eu participei desse jogo. Então a primeira semente ela foi lançada em Pinto Bandeira, obrigado ao prefeito Hadair Ferrari que hoje está presente. E também logo em seguida como Farroupilha não sabia que existia um grupo um novo grupo italiano quer era o Grupo Nani. O Grupo Nani formado por quatro pessoas começou a participar ‘oferecidos’ na Festa do Vinho Novo; a gente se sentiu muito orgulhado orgulhoso por poder ter essa oportunidade em participar da Festa do Vinho Novo. Logo em seguida então Farroupilha reconheceu o trabalho no grupo e só tivemos bons resultados, colhemos bons frutos né. E Sandro Jordani do Círculo Trentino, de Bento, que está presente hoje também nos deram muito apoio ao Grupo Nani. Não sei como que o Grupo Nani conseguiu chegar até Bento Gonçalves, mas chegou né. temos também ali o Espaço Biazolli que nos apoio bastante e eu não sei se tem um círculo se tem alguém representando o Círculo aqui de Farroupilha, obrigado pela presença. E é sempre um orgulho para o Grupo Nani levar o nome Farroupilha; não só Farroupilha e Pinto Bandeira e Serra Gaúcha. Por que Pinto Bandeira? porque temos dois componentes do grupo que fazem parte de Pinto Bandeira: nosso amigo Salvador Longo, ex-vereador, e Aline Tumelero, vereadora atual, é Aline Tumelero de Toni. esses dias tivemos a oportunidade de parte do Grupo Nani em participar numa animação de um filó italiano; com muito orgulho aceitamos o convite. Eu não lembro da cidade agora, mas são 110 km para lá de Santa Maria, também uma cidade que preservam a cultura italiana. então nós lá tivemos estivemos representando a cultura italiana e representando Farroupilha e Pinto Bandeira, por quê? Porque essa pergunta sempre vem. Da onde vocês são? Qual é a cidade? com orgulho Farroupilha e, parte do grupo, Pinto Bandeira. isso que é importante. mas a gente não esquece de todos os nossos italianos, o Grupo Nani não esquece de todos os italianos que vieram há 148 anos atrás aqui em Farroupilha levar as novidades para o grupo para os farroupilhenses, pinto-bandeirenses e a região da Serra Gaúcha. Então nós do Grupo Nani temos um compromisso com todo cidadão italiano em manter essa cultura viva. Temos um grupo temos no grupo temos duas pessoas hoje que participam, minha filha com 16 anos de idade que faz parte do grupo e a Aline Tumelero de Toni que é os dois componentes mais novos que nós temos. Mas nesse trajeto do Grupo Nani teve outros que hoje estão com 18/20 anos de idade e alguém de vocês deve-se lembrar que eles participavam aqui da festa do Fenakiwi e do ENTRAI com o jogo da mora e participavam do grupo nas animações. então por isso eu devo meu muito obrigado a todos vocês que estão aqui presentes e de novo a Câmara de Vereadores e a prefeitura de Farroupilha. agora eu vou convidar, se me permite, a vereadora de Pinto Bandeira Aline Tumelero de Toni para que ela faça uso de uma mensagem ou da palavra. por favor.

SRA. ALINE TUMELERO DE TONI: Bom, obrigado senhor presidente pela oportunidade. (DISCURSO EM TALIAN). Saúdo o presidente desta Casa senhor Maurício Bellaver, em nome dele cumprimento aos demais vereadores aqui presentes. cumprimento o vice-prefeito municipal senhor Jonas Tomazini representando o prefeito municipal senhor Fabiano Feltrin. Cumprimento o prefeito municipal da minha terra senhor Hadair Ferrari aqui presente, muito boa noite, os senhores secretários municipais, plenário. Temos aqui alguns amigos – Sandro Giordani, a Sandra Bonetto acho que já saiu -, pessoal do Espaço Biazolli que sempre nos convida a participar lá no seu espaço/na sua casa e cumprimento por fim a todos que nos acompanham pelas redes sociais. parabenizo a todos os homenageados nesta noite especial. Em nome do Grupo Nani eu gostaria de agradecer esta casa legislativa por nos oportunizar este momento de prestígio que ficará para sempre em nossa memória. Falando em Pinto Bandeira, terra de Darcy Loss Luzzatto, detentor do nosso talian, como bem disse o nosso presidente temos dois integrantes que são de lá né, eu e o ex-vereador Salvador Longo. Pinto Bandeira também tem como língua cooficial o talian assim como Farroupilha, e é um orgulho para nós. temos também a Cucagna – Scola de Talian da qual honra em participar e ser a coordenadora deste grandioso projeto do governo do estado. e agradeço demais ao senhor prefeito Hadair e a secretária Angelita por oportunizarem isso aos demais pinto-bandeirenses né para que possa se manter viva essa cultura. nós do Grupo Nani nos unimos porque amamos o que fazemos transmitir alegria preservando o talian. Para mim que sou uma das mais novas, tenho apenas a idade de Cristo, é um integrante é um orgulho como integrante do grupo, pois juntos estamos em família; e hoje o nosso gaiteiro seu Luiz Girelli vai cantar uma música de autoria própria o que nos honra ainda mais. Nosso grupo também tem dois integrantes que fazem parte lá em Pinto Bandeira da Banda Municipal Maria Alves né que é Salvador Le o senhor Luiz Carlos Formaglioni. Banda municipal em Pinto Bandeira também. Enfim, quero aproveitar este momento para convidar a todos para o 2º Merendin De La Pinta que vai acontecer no dia 2 de dezembro a partir das 14h; e também para a 6ª Festa do Pêssego a ocorrer nos dias 11, 12, 13 e 14 de janeiro de 2024. Será um prazer ter vocês conosco. mais uma vez quero expressar minha gratidão em nome dos Nani de todo o nosso coração. Mila grazie.

  1. ANTONINHO TUMELERO: E agora eu quero ver/ouvir vocês dizer o que dizia o nosso amigo inesquecível Ricardo Ló: Come nialtri no ghe n’è altri, se ghe n’è ancora che i vegna fora! né amigos. Seguinte: eu agora vou fazer um convite para o Grupo Nani entrar para tocar as músicas e eu quero ver/ouvir todos vocês cantarem e festejarem junto com a gente. Estão convidados o Grupo Nani para entrar. (APRESENTAÇÃO MUSICAL) Grazie grazie a tutti quanti. E agora então como disse a vereadora Aline o Luiz Girelli teve a ideia e a alegria de compor uma letra; não sei se a palavra certa é compor, mas, enfim, vamos chutar por cima né. Foi ele que fez a letra de uma música que fala do nossos italianos. Então por isso que o senhor Luiz decidiu juntamente com o Grupo Nani cantar ela hoje. Mas eu passo a palavra para o nosso amigo Luiz.
  2. LUIZ GIRELLI: Bem, em primeiro lugar eu quero cumprimentar os dois prefeito, cumprimento a eles cumprimento a todos vocês. Então na verdade a música que ele falou é uma música italiana; eu tenho música italiana da minha autoria, mas só que não vou cantar aquela vou cantar uma música gaúcha que ela fala um pouco a respeito da nossa região, da nossa tradição, aqui das nossas culturas. Então vou tentar fazer essa. (APRESENTAÇÃO MUSICAL)
  3. ANTONINHO TUMELERO: Senhor Luiz explica para os nosso amigos qual é a música que tu vai cantar agora.
  4. LUIZ GIRELLI: vamos fazer ‘Quel mazzonlin di fiori’ só para mexer um pouco. Tutti quanti cantare ‘Quel mazzonlin di fiori’ (APRESENTAÇÃO MUSICAL)
  5. ANTONINHO TUMELERO: Obrigado gente querida, e fica aqui o nosso abraço em nome do Grupo Nani. Então um beijo para todos vocês e sintam-se abraçados pelo Grupo Nani.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Eu quero passar a palavra para o prefeito Hadair que também faz parte do Grupo Nani.

  1. HADAIR FERRARI: Obrigado presidente Mauricio Bellaver. Cumprimento aí a Casa, você e seus colegas vereadores por essa atitude tão linda de homenagear os que se destacam em Farroupilha. E nós nos honra nós de Pinto Bandeira estarmos aqui com parte do grupo Nani, o Antoninho muito querido estava lá ontem com o grupo todo lá em Pinto Bandeira né no Festival da Primavera. Então vocês são especiais para nós também. Cumprimentar o nosso prefeito em exercício Jonas Tomazini, ele que se destaca tem uma fala muito expressiva o prefeito de Farroupilha é um alguém que fala em muito bem de você. eu gosto assim quando há uma união quando prefeito e vice se dão bem e se dão bem com a Casa, e ele fala muito bem, estava com ele lá no evento no sábado de meio-dia lá em Farroupilha divisa com Pinto Bandeira que é o Monte Astral; almocei com ele lá e ele falou muito bem disse que você vai ser o sucessor, tomara a Deus. então agradecer ao Sandro que tá aqui ele do Grupo Trentin, é isso Sandro? Sandro você que está sempre à frente estava conosco lá também. E a nossa vereadora Aline, ela que faz parte do grupo, nosso sempre vereador Salvador Longo, vocês são especiais tanto quanto todos aí. e aí hoje nos orgulha né eu não estava preparado para vir aqui fazer a minha fala, mas devo dizer o seguinte em talian né Aline que nem o fora dito aqui pelo Antoninho Come nialtri no ghe n’è altri, se ghe n’è ancora che i vegna fora! Eu gostaria de saber o resto dessa música porque era o que o italiano cantava na guerra para se animar Come nialtri no ghe n’è altri, se ghe n’è ancora che i vegna fora! né. Eu gostaria de saber o resto e até hoje não consegui descobrir. então quero aqui deixar um forte abraço dizer assim como se diz lá no na nossa Pinto Bandeira: salute coraio a tutti e sempre avante.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Muito obrigado prefeito Hadair Ferrari. Estes os nossos homenageados desta noite. Quero em nome do poder legislativo municipal agradecer a presença do nosso vice-prefeito Jonas Tomazini, vereadores, as autoridades aqui presentes; agradecer a presença dos secretários municipais, também quero agradecer a presença da Márcia Georg/EMATER, Leonir Grando/SICREDI, Flávio Noal/CRESOL e aos nossos homenageados, a imprensa, senhoras e senhores presentes. Convido a todos para de pé ouvirmos a execução do Hino Riograndense (EXECUÇÃO DO HINO). Também quero deixar registrado aqui que foi uma da sessão mais bonita que eu presidi de presidente este ano. muito obrigado a todos que estiveram aqui. e depois que subam no palco aqui para nós deixar os retratos oficiais aí sempre para nos recordar, não vai sair da história esta sessão. Nada mais a ser tratado declaro encerrados os trabalhos da presente sessão solene. Boa Noite a todos.

 

 

 

Mauricio Bellaver

Vereador Presidente

 

 

 

Calebe Coelho

Vereador 1º Secretário

 

 

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa e Apoio Administrativo.