Pular para o conteúdo
18/05/2024 17:00:13 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 4321 – 03/10/2023

SESSÃO ORDINÁRIA

 

 

Presidência: Sr. Mauricio Bellaver.

 

Às 18h o senhor presidente vereador Mauricio Bellaver assume a direção dos trabalhos. Presentes os seguintes vereadores: Calebe Coelho, Clarice Baú, Cleonir Roque Severgnini, Davi André de Almeida, Eleonora Peters Broilo, Eurides Sutilli, Felipe Maioli, Gilberto do Amarante, Juliano Luiz Baumgarten, Sandro Trevisan, Thiago Pintos Brunet e Tiago Diord Ilha.

 

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Boa noite a todos. Declaro aberto os trabalhos da presente sessão ordinária. Dada a verificação do quórum informo a presença de 13 vereadores nesta sessão plenária com a ordem do dia 3 de outubro de 2023; ausente o vereador Tadeu Salib dos Santos e vereador Marcelo Broilo com falta justificada. Ordem do dia.

 

ORDEM DO DIA

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Em 1ª discussão o projeto de lei do executivo nº 30/2023 que dispõe sobre a política de incentivo ao desenvolvimento econômico e turístico do município de Farroupilha, institui o e-farroupilha e dá outras providências. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Orçamento, Finanças e Contas Públicas favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Felipe Maioli.

VER. FELIPE MAIOLI: Presidente, boa noite. colegas vereadores, boa noite. Boa noite a todos que estão aqui nos assistindo presencialmente e em seus lares. com relação ao projeto de lei do executivo nº 30 eu peço que seja retirado de pauta e que permaneça na Casa para que possa nos próximos dias vir o estudo de impacto financeiro para que nós possamos votar ele de maneira mais redonda. Muito obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Felipe Maioli. Projeto nº 30/2023 retirado de pauta e permanece na Casa. Em 1ª discussão o projeto de lei do executivo nº 32/2023 que dispõe sobre o repasse dos recursos provenientes da assistência financeira complementar da União destinada ao cumprimento dos pisos salariais nacionais de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem e parteiras, Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Orçamento, Finanças e Contas Públicas favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Felipe Maioli.

VER. FELIPE MAIOLI: Presidente, então conforme o senhor leu o projeto de lei nº 32 de 19/9/2023 e como é um projeto de extrema importância haja vista o número de pessoas que estão aqui presentes aguardando essa votação; como é de conhecimento dos nobres pares o piso nacional da enfermagem, técnico de enfermagem, auxiliar de enfermagem e parteiras foi definido pela lei federal nº 14.434 de 4/8/2022 e compete à União prestar assistência financeira complementar aos Estados, ao Distrito Federal e aos municípios e as entidades filantrópicas para o seu cumprimento conforme a emenda constitucional nº 127 de 2022. quando dá entrada em vigor da mencionada lei teve início a tramitação da ação direta de inconstitucionalidade tombada sob o nº 722 junto ao Supremo Tribunal Federal. em medida liminar os efeitos da lei foram suspensos ainda em 2022. em 3/7/2023 entretanto ainda que pendente de publicação do acórdão a liminar foi modificada para determinar que a União realizasse o aporte complementar aos municípios para repasse aos profissionais destinatários da legislação federal. Assim no último dia 21/8 a União, por intermédio do Fundo Nacional da Saúde, realizou o repasse financeiro aos municípios de acordo com as informações preenchidas no sistema Invest/SUS. Após esse repasse contudo foram identificadas inconsistências em relação às informações apresentadas, tendo sido, então, as mesmas ajustadas via sistema; sendo que tal situação perdurou, por prazo concedido pela própria União federal até 15/9/2023. Até então, a orientação que se tinha, dos órgãos de controle, de modo a evitar repasses equivocados, foi a de não efetuar qualquer pagamento, situação que se alterou nesta última semana, onde orientação vinda para que o pagamento se dê somente após aprovação da lei municipal que regulamenta o repasse. Para tanto, a fim de que se possa adotar as providências necessárias ao repasse do valor destinado pela União aos profissionais já citados, deve o município estar autorizado por lei municipal, motivo pelo qual solicitamos a apreciação do presente projeto em regime de urgência. Importante referir que o recurso destinado ao município para complementação deve ser repassado exclusivamente com base e nos limites dos repasses de responsabilidade da União. Então estamos aqui nesse momento muito importante, peço que esse projeto de lei seja votado essa noite e com certeza já abrindo o meu voto será favorável a tal projeto. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Felipe Maioli. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente e colegas vereadoras/vereadores, cidadãos/cidadãs que se fazem presentes aqui nessa noite, imprensa, Leandro Adamatti, um cumprimento especial a todos/a todas as profissionais da saúde, enfermeiras, técnicos, enfim, todas as profissionais e profissionais que estão presentes aqui numa noite histórica para categoria, numa noite de justiça. e claro um cumprimento especial também ao Kart Club, aos servidores dessa Casa e também a corporação do 36º batalhão que se faz presente. Bom, até hoje correu uma fake news da minha pessoa dizendo que eu era contra o piso salarial, mas a verdade vem à tona; inclusive eu na condição de historiador eu lembro, eu gosto de voltar para o passado para lembrar, lá no dia 30/4/2021 eu protocolei o primeiro documento que tratava do piso da enfermagem: uma moção. e lá na sessão seguinte fora aprovado de forma unânime por todos os vereadores e depois se intensificou os movimentos com a audiência pública e claro que os próprios profissionais e apoiadores colaboraram e levaram adiante dentro da luta. e eu quero aqui destacar um trecho daquela minha fala lá em 3/5/2021 porque ela não muda uma vírgula, ela é cada vez mais condizente com a realidade: “vivemos um momento de várias manifestações, aplausos, mas isso não basta, precisamos de valorização e valorização se faz com ferramentas de trabalho adequadas e com remuneração”. E que bom que a gente está vendo isso na prática; o governo federal colocou, teve, pagou, o município manda o projeto para Câmara e hoje a gente tá vendo que isso vai acontecer. isso é justo por quem busca proteger quem busca guardar pelas vidas são vocês não só com os médicos, mas vocês um trabalho importantíssimo. e claro a pandemia deixou extremamente como é que eu posso usar o termo com mais visível algo que muitos até não queriam ver, mas a pandemia ela mostrou quantas vidas foram salvas graças a vocês. Então parabéns. e eu quero finalizar aqui com duas frases não menos importantes, mas fundamentais que corroboram e que sustentam aquilo que eu acredito: nunca os trabalhadores conseguiram ganhar nada sem que houvesse luta, sem que houvesse perseverança, sem que houvesse disposição de brigar pelos seus; e agora a última frase que é o que eu sinto nesse momento: sou grato de estar à frente de um capítulo importante da história e da vitória dos trabalhadores de saúde. Parabéns, meu voto é favorável.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano Baumgarten. Com a palavra o vereador pastor Davi.

VER. DAVI DE ALMEIDA: Boa noite senhor presidente, senhores vereadores, senhoras vereadoras. quero cumprimentar a imprensa aqui presente, cumprimentar o 36º batalhão, os representantes do Kart Clube e quero cumprimentar todos os profissionais da área da saúde que estão hoje aqui nessa Casa e que hoje vem nos presentear com a presença de todos vocês. Hoje é um dia importante para toda classe da saúde, eu tive o privilégio de por um determinado tempo estar à frente da secretaria da saúde aqui do município e tive vocês como colegas de trabalho num dos momentos mais difíceis da humanidade, naquela pandemia, e todos vocês, todos vocês, doaram suas vidas pelo cuidado da população farroupilhense e de outros lugares. e hoje não vem só o aplauso vem o reconhecimento do trabalho vem o reconhecimento financeiro né para todos. nós sabemos que a área da saúde ela é fundamental para todos nós estarmos aqui hoje e Farroupilha tem dado o seu exemplo de cuidado, de amparo né, o Pró-saúde no seu trabalho, todos vocês no seu dia a dia que tem se dedicado né a nossa população. Então hoje é um grande reconhecimento e vale a pena a gente dizer aqui que vocês continuam sendo fundamentais nas nossas vidas e nós temos aplausos e hoje também uma votação de reconhecimento do piso salarial de todos vocês. então deixo aqui meus parabéns a todos vocês e dizer que nós estamos aqui sempre a favor da saúde buscando, trabalhando, se inteirando; e podem contar com este vereador podem contar com esta Casa que nós estaremos aqui sempre trabalhando para que vocês possam ter dignidade, para que vocês também vocês possam ter cuidado e uma das maneiras hoje é a gente votar favorável. senhor presidente, meu voto é favorável nessa noite. muito obrigado e parabéns a todos.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador pastor Davi. Com a palavra a vereadora Eleonora Broilo.

VER. ELEONORA BROILO: Boa noite presidente Boa noite colegas vereadores, colega vereadora e boa noite todas as pessoas que aqui se encontram: aos profissionais da saúde que a grande maioria eu conheço, aos representantes do 36 BPM, aos representantes do Kart Clube, todas as pessoas que aqui se encontram e os que nos assistem de casa; eu quero deixar meu boa noite e os nossos agradecimentos por estarem aqui nos acompanhando. Quem me dera que todas as nossas sessões fossem assim tão cheia de pessoas nos ouvindo e nos dando razão ou não, enfim, mas aqui né; quem me dera que todas as noites fossem com as pessoas preocupadas com as andanças da nossa cidade. Mas, enfim, nós temos hoje uma noite muito especial. nós temos uma noite em que houve o reconhecimento da classe da saúde, da classe de técnicos de enfermagem, a classe de todos que trabalham na saúde; daqueles que estão ali ao lado do paciente o tempo inteiro, 24 horas, sem os quais nós médicos não poderíamos fazer nada, nada. Nós só podemos fazer algo porque existe o profissional técnico/profissional de enfermagem, este profissional que tá ali ao lado cuidando para que tudo dê certo as 24 horas do dia. eu só tenho a agradecer a este profissional, só tenho a agradecer, e nada mais justo para que votando favorável hoje a este piso salarial que no meu ver tá aquém do que é devido, mas que pelo menos está sendo feito algo. parabéns a toda classe. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereadora Eleonora Broilo. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Fará uso da palavra o vereador Thiago Brunet.

VER. THIAGO BRUNET: Boa noite senhor presidente, demais colegas vereadores, a imprensa, os meus colegas que aqui estão, ao 36º batalhão, o pessoal do Kart Clube. Hoje é um dia que mostrou para mim que vale a pena fazer política, que vale a pena dialogar, que vale a pena construir pontes, que vale a pena sair da zona de conforto, da redoma que a gente vive muitas vezes, para buscar os nossos direitos para buscar aquilo que é de merecimento de todos vocês. E me coloco junto porque sou da classe da saúde e já disse e repito aqui: nunca vou me calar e nunca vou deixar de defender a minha classe, a quem eu conheço. Se eu não puder fazer isso eu pego meu chapéu e vou embora. Então hoje eu queria agradecer, agradecer a todos os vereadores que se empenharam há dois anos atrás/há três anos atrás quando o mundo viu a importância da enfermagem; agradecer aos deputados, aos senadores, aos juízes, que entendem que o trabalho de vocês é fundamental para a existência humana é fundamental, fundamental para uma saúde de boa qualidade. No dia de hoje milhares de pessoas no Brasil inteiro, de norte a sul, passaram pela mão de profissionais como vocês e muitos deles devem à vida pelo bom atendimento de vocês. porque cuidar das pessoas, cuidar da mente das pessoas, cuidar da saúde, da higiene íntima das pessoas, isso só vocês sabem fazer com maestria. eu conheço aqui a história que tem por trás de cada rosto de vocês, não são só pessoas não são só números não são só profissionais correndo pelo hospital ou no Pró-saúde ou seja lá onde for, são pessoas que merecem o meu respeito e por isso que eu tô aqui e por isso que eu quero agradecer a todos. também ao executivo municipal que não poupou esforços; conversei muito com o vice-prefeito Jonas Tomazini ao qual se dedicou deu celeridade ao processo lá no executivo municipal e buscou cadastrar todos, todos, os técnicos e enfermeiros para que possa ter vindo a verba da União. Agora se porventura acontecer de um profissional de um colega não receber o que é de direito aí peço para que a gente converse para que venham atrás de mim porque eu sei que andaram falando que nem todos vão receber e eu tô aqui para afirmar para vocês que todos vão receber. E não só eu, eu tenho certeza que os 15 vereadores aqui vão dar essa segurança. parabéns pelo trabalho de vocês e parabéns pela conquista e pela coragem que vocês tiveram. Muito obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Thiago Brunet. Com a palavra a vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Senhor presidente, senhores vereadores/vereadoras. Cump0rimento especial ao 36 BPM, o Kart Clube e aos nossos heróis da saúde aí: enfermeiros/enfermeiras, técnicos e auxiliares de enfermagem, parteiras, enfim, né. chegou o dia então de nós votarmos aqui esse projeto nº 32 que ele é na verdade uma construção, é uma construção que já vem de um certo tempo, passou pela Câmara dos Deputados, muitas discussões, não pensem que todos os deputados lá foram a favor né; tiveram muitos que foram contra porque acham que investir em salário do trabalhador é despesa e onera os cofres e precisa guardar dinheiro para outras coisas né. nosso entendimento investir no profissional que trata da vida que trata da saúde de cada homem cada mulher desse país é fazer investimento na saúde. tanto assim é verdade que esse projeto ele não atende a todos os profissionais da saúde ele atende aquelas entidades filantrópicas e as entidades ainda que privadas mas que atendam minimamente 60% pelo SUS. Então veja que isso também faz referência ao sistema único de saúde que foi o grande né sustentáculo da saúde no momento da pandemia né: o sistema único de saúde. nós precisamos valorizar muito o sistema único de saúde que aquele que acolhe a todos. e por que que ele é um sistema que funciona no país ainda que tenha lá suas demoras. É porque tem profissionais; existem pessoas que trabalham no dia a dia, noite a noite, semana a semana, feriado, domingo, sábado; não tem hora né porque tem que estar pronto sempre para atender. então nós vínhamos acompanhando já de longa através do nosso deputado Heitor Schuch, que está aqui o nosso ex-prefeito Pedro Pedrozo que trabalha no gabinete do deputado, para que esse projeto fosse o mais breve possível trazido para os municípios porque a vida acontece nos municípios. a gente vive no nosso município a gente não mora no Estado ou na União a gente mora no município. Então as coisas acontecem lá e depois tem aplicabilidade aqui. E sim temos que reconhecer a prefeitura foi rápido depois que estava tudo resolvido de encaminhar para cá. agora é muito claro, o projeto como disse o vereador Thiago ele precisa atender a toda a categoria e se alguém não estiver contemplado sim tem que vir a Câmara de Vereadores trazer aqui a informação para que a gente possa de novo né estabelecer um diálogo aqui, um trabalho junto com vocês para que sejam garantidos esses direitos. então parabéns a cada um e a cada uma que se empenhou e lutou junto conosco para que esse dia fosse possível. obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Roque Severgnini. Com a palavra a vereadora Clarice Baú.

VER. CLARICE BAÚ: Obrigado presidente. Boa noite aos colegas vereadores, a todos que estão aqui presentes hoje nos prestigiando e vindo aqui ver as suas demandas serem atendidas. porque dificilmente alguém teria coragem de votar contra um projeto de tanto importância que tem em nossa categoria da enfermagem porque se salvam vidas, cuidam das pessoas e agora vão ser também reconhecidos financeiramente. porque dar condições de trabalho, valorização, elogios não basta tem também que ter o reconhecimento financeiro. Então hoje aqui com esse projeto de lei e nós temos realmente aqui exaltar a sensibilidade do Executivo em agilizar isto em fazer esse pedido para que seja autorizado a fazer esse repasse que é de direito de todos vocês. então parabéns e estamos todos de parabéns né, todos lutamos para que chegasse a esse momento, e que façam bom uso e que continuem cuidando de nós. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereadora Clarice Baú. Com a palavra o vereador Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Boa noite vereadores/vereadoras, o nosso 36 BPM, o Kart Clube e o setor de enfermagem esta noite que esse sim tá de parabéns, muitos parabéns. Porque infelizmente teve um passado muito triste na caminhada de vocês recente, muitos colegas de vocês de repente estão mais aqui justamente pelo cargo e pela profissão e pela exigência e pelo comprometimento de vocês que estiveram o tempo todo e nunca se afastaram, pelo contrário muitas vezes até faziam muito mais horas de trabalho porque colegas às vezes adoeciam. então e quando a gente tem um parente o a gente mesmo passa pelo hospital a gente fica com vocês, vocês tomam conta de toda a nossa família ou de quem está naquele momento a precisar; porque o médico passa, às vezes demora dois dias o médico para vir ver o paciente, às vezes tem outras demandas tem outros compromissos e a gente entende. eu tenho certeza que vocês também muitas vezes são salvaguarda dos médicos porque vocês muitas vezes sabem pelo conhecimento e a técnica do que tá acontecendo. claro que vocês têm os protocolos e seguem sempre como profissional. Quero dizer para vocês que todo salário de uma classe que às vezes está no está abaixo, por exemplo, até mesmo dos médicos que ganham muito não muito talvez é merecido todos são merecidos, mas é justo o valor que vocês recebendo. e este valor ele vem do governo federal; assim como o Executivo deu agilidade no processo para que chegasse na Casa nós vereadores aqui também fizemos o máximo para agilizar para que essa votação acontecesse hoje, junto com o líder do governo junto com os vereadores da situação; todos os vereadores nas comissões a gente procurou agilizar o máximo para que a votação acontecesse o quanto antes para que vocês então tivessem essa lei também aqui no nosso município porque a lei federal já existe né. E claro que com o salário que o vereador Roque mesmo falou aqui que o SUS ele é um programa do governo federal e ele traz esse escopo de que esses profissionais tem que receber esse piso os demais profissionais das áreas particulares também vão ser contemplados de certa forma porque vai decorrer isso esse método de salário para todas as classes eu tenho certeza disso. muito obrigado e parabéns a vocês mais uma vez.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Amarante. Com a palavra o vereador Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Senhor presidente, colegas vereadores e vereadoras. eu quero cumprimentar a todos que estão aqui e que também estão em suas casas. dizer que tem algumas profissões no Brasil que deveriam ser consideradas super profissões né e aqui deu a coincidência do destino de nós termos duas classes que são exatamente isso que eu configuro como super profissões. Aqui tá o pessoal policiais militares e está aqui enfermeiros. o que eu considero uma super profissão gente é muito mais do que tecnicamente ser um enfermeiro é muito mais do que tecnicamente ser um policial. E aí no dia a dia do trabalho de vocês isso a gente percebe todos os dias. o enfermeiro é muito mais do que aquele que atende tecnicamente ao leito de um hospital ou de um tratamento de saúde, ele é o psicólogo, ele é o pai, ele é a mãe, ele é aquela pessoa que precisa dizer: calma que tudo vai dar certo, fica tranquilo que você vai melhorar. muitas vezes encontra a pessoa no quadro extremamente terrível e tem que dizer: não, estou contigo e tudo vai dar certo, fica tranquilo estou te protegendo. Então hoje é um momento histórico para nossa cidade e Deus quis que eu tivesse na condição de vereador para votar de forma favorável e muito feliz de estar fazendo o que é justo o que é certo, muito aquém do que é necessário a gente sabe disso, mas hoje estamos escrevendo aqui juntos um papel fundamental. queria cumprimentar também aqui o ex-prefeito Pedrozo e me lembro Pedrozo que durante a pandemia nós trabalhamos juntos com toda essa classe num trabalho sem igual pastor Davi e a gente pode ver no dia a dia a diferença do trabalho de todos os profissionais porque vocês sim foram os grandes heróis né desse momento tão difícil que o mundo viveu. Então gostaria de colocar aqui ao depoimento obviamente que é favorável como eu imagino que a maioria dos votos da Câmara de hoje porque a gente está aqui fazendo Justiça aos trabalhadores que para mim são mais um daqueles anjos que Deus coloca na terra porque assim ó tem profissões gente e aqui eu de novo faço correlação aos enfermeiros e os policiais. Ou você tem aptidão de ser ou você não entra porque é amor que te faz entrar não é outra coisa, é amor e isso é um presente de Deus. então sem dúvida nenhuma eu me sinto muito feliz de estar hoje aqui valorizando essa categoria aí que faz tanto pela nossa sociedade. obrigado senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Tiago Ilha. Com a palavra o vereador Sandro Trevisan.

VER. SANDRO TREVISAN: Obrigado presidente. senhores vereadores, senhora vereadoras, aqui então tem o Farroupilha Kart Clube, 36º BPM, ex-prefeito Pedro Pedrozo e os profissionais da área da saúde. quem nos dera que todos os projetos que viessem para essa Casa fossem projetos dessa magnitude porque aqui muitas vezes não é um projeto que vem desse jeito e tem uma discussão e tem… Mas felizmente hoje a gente tem um projeto nessa Casa um projeto onde que todos os vereadores tenham certeza absoluta votam favorável e se votam com gosto né; é uma coisa bacana de se votar. é um projeto que vem a valorizar os profissionais que realmente merecem. Gente, e no momento que a gente está, a minha estava uns dias atrás bem ruim passou um período ruim e o quão importante é entrar dentro de um hospital de um local aonde vão tratar a gente, vão atender a gente, vão fazer com que a gente tem que recuperar as nossas condições normais. eu tenho certeza absoluta que todos os vereadores dessa Casa sabem da importância do trabalho de vocês, a importância absurda do trabalho de vocês; nós tivemos uma prova muito grande como já comentado aqui num período de pandemia onde que foi um período extremamente conturbado aonde muitas vezes eu parava para pensar ‘todas as pessoas com máscaras, com afastamento, se distanciando ao máximo uma das outras, sem poder entrar em contato, enquanto que os profissionais da área da saúde colocavam suas máscaras e iam direto atender as pessoas contaminadas’. Claro que não é só isso é muito mais amplo, mas esse momento foi um momento acho que sacudiu a sociedade e demonstrou a real importância dos profissionais da saúde. como disse o Thiago tem outros profissionais importantes, com certeza tem é uma junção de ‘n’ profissionais, mas o trabalho de vocês todos nós tem a certeza absoluta que é de extrema extrema importância. a gente aqui então parabeniza o trabalho feito por vocês. é o mínimo que a gente pode fazer ter esse reconhecimento que claro que vem esses valores vem da a nível federal, mas é o mínimo que merecem e continuem na luta. Já vou acabar presidente. e continuem na luta porque na verdade buscar essas reivindicações buscar valorização é uma luta; merecido essa esse alcance de dinheiro que como a Clarice falou né ‘reconhecimento é bom para caramba, mas vai para o mercado custa caro né’. Então parabéns com certeza todos vão votar favorável essa noite a esse projeto Obrigado presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Sandro Trevisan. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Passo a presidência para o meu vice-presidente.

VICE-PRES. DAVI DE ALMEIDA: Com a palavra o vereador Maurício Bellaver.

VER. MAURÍCIO BELLAVER: Boa noite a todos obrigado. Boa noite a brigada militar, a vocês da enfermagem, o Kart. Esse projeto nº 32/2023 para mim é o projeto mais importante desde 2021, que eu estou aqui, por quê? Porque eu como presidente e fui contra a manifestação da plateia, mas vocês era um sonho bem grande né para chegar nessa hora então vocês merecem. e vocês, que nem falou o vereador Tiago Ilha, vocês são tudo; mas o problema é que eu também como mais gente lembram vão lembrar de vocês quando nós estamos lá na maca e é triste né. vocês eu já tive várias vezes que fui parar lá, vou e volto, e até foi faz um mês/dois que eu fui parar na UPA e muito bem atendido. Se vocês precisar da Câmara de Vereadores nós estaremos aqui de portas abertas, independe horário, sol/chuva não tem problema é só vir comunicar com nós aí. muito obrigado a todos vocês. E obrigado vice-presidente.

VICE-PRES. DAVI DE ALMEIDA: Obrigado vereador Mauricio Bellaver. E devolvo a palavra a vossa excelência.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Mais algum vereador quer fazer uso da palavra. se nenhum vereador quiser fazer mais uso da palavra coloco em votação a solicitação do vereador Felipe Maioli para que o projeto seja votado nesta noite. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Em votação do projeto de lei do executivo nº 32/2023. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os vereadores. Em 1ª discussão o projeto de lei do legislativo nº 37/2023 que dispõe sobre os conselhos municipais. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Infraestrutura, Desenvolvimento e Bem-Estar Social favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição de senhores vereadores. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente e colegas vereadoras/vereadores. querem cumprimentar em especial o ex-prefeito Pedro Pedrozo. quero solicitar que permaneça em 1ª discussão o referido projeto. obrigado senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano Baumgarten. O projeto nº 37/2023 permanece em 1ª discussão. Em 2ª votação o projeto de emenda à lei orgânica municipal nº 03/2023. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado em 2ª votação por unanimidade. Encerrado o espaço de discussão de projetos. Passamos a apresentação e deliberação dos requerimentos.

 

REQUERIMENTOS

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Requerimento nº 78/2023: solicitação de colocação de containers. A palavra está como o vereador Gilberto do Amarante pelo tempo de 5 minutos.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Não, nós já votamos. Senhor presidente, deixa eu, acho que esse container é para nós colocarmos é um pedido dos moradores lá do bairro Industrial para colocar na numa pracinha que tinha, até foi retirada a pracinha e nesse mesmo requerimento tinha a recolocação da pracinha que fica ao lado do posto de saúde atual que lá foi instalado. então é colocar container do lixo orgânico e o lixo úmido porque faz justo até pela questão de higiene naquele local ter container porque hoje como está colocado os lixos os cachorros, enfim, estouram/rasgam. então às vezes que a gente passou lá inclusive tinha lixo estourado na frente do posto de saúde. então era isso senhor presidente, é uma era para ser um requerimento, mas tudo certo. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: A palavra está à disposição dos senhores vereadores pelo tempo de 3 minutos. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente, eu quero só manifestar/registrar meu voto favorável. é de suma nós estivemos algumas vezes lá, eu e o vereador Amarante, e sim tem uma demanda grande e considerável e lá dois containers serão de suma importância para o local. voto favorável e subscrevo. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Se nenhum vereador quiser fazer mais uso da palavra coloco em votação no requerimento nº 78/2023. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os vereadores. Encerrado espaço de requerimentos. Passamos ao espaço destinado a moções.

 

MOÇÕES

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Moção nº 23/2023: aplausos a brigada militar. A palavra está com o vereador Calebe Coelho pelo tempo de até 5 minutos.

VER. CALEBE COELHO: Senhoras e senhores boa noite. Moção de aplauso e reconhecimento pelo ato de bravura ao 36º batalhão de polícia militar, em especial ao soldado Bruno Soares Costa, ao soldado Tiago Luiz Rozek e ao soldado Jeferson Rafael Vargas Antunes. Estamos solicitando também para que essa moção seja enviado para o senhor comandante do 36º batalhão de polícia militar major Giovani Gomes; também ao comandante do CRPO/Serra; ao comandante geral da brigada militar; ao governador do Estado;  ao secretário estadual de segurança pública; ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul; ao presidente da comissão de segurança, serviços públicos e modernização do Estado da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul; e também ao presidente da frente parlamentar em defesa dos servidores da segurança pública estadual deputado tenente-coronel Zucco. Tendo em vista, a repercussão do fato que ocorreu no dia 23/9/2023, neste município, onde os policiais acima nominados, salvaram a vida de uma criança de 1 (um) ano e 6 (seis) meses, com nome de Luiz Henrique Rodrigues da Rosa, que já estava inconsciente, com manobra de Heimlich; e com este feito heroico demonstraram-se completamente capacitados, qualificados e íntegros profissionais, merecem o reconhecimento e os aplausos desta casa legislativa. Assinam a presente moção: eu Calebe Coelho, Clarice Baú, Sandro Trevisan, Tadeu Salib dos Santos, Maurício Bellaver, Davi de Almeida, Eleonora Broilo e Felipe Maioli. Pesquisando e tentando entender o que poderia ser feito em favor destes policiais observou-se que a lei complementar nº 11.000 de 18/8/1997 que dispõe sobre a promoção extraordinária do serviço militar e do servidor integrante dos quadros da polícia civil, do instituto geral de perícias e da superintendência dos serviços penitenciários em seu artigo 5º, prevê artigo 5º: considera-se ato de bravura em serviço a conduta do servidor que no desempenho de suas atribuições e para a preservação de vida de outrem coloque em risco incomum a sua própria vida demonstrando coragem, audácia e a presença de qualidades morais extraordinárias; parágrafo único: o ato de bravura será destacado como forma de valorizar as posturas que respeitando os direitos fundamentais e os princípios gerais do direito revelem a presença de um espírito público responsável pela superação do estrito cumprimento do dever. embora essa moção faça referência a um fato específico, já mencionado, aproveito essa oportunidade para que os aplausos sejam também estendidos a corporação do 36º batalhão de polícia militar que atualmente está fazendo-se presente nesta casa legislativa e interagindo com o poder legislativo municipal de modo que toda a corporação se sinta homenageada. reconhecida a importância da instituição e o comprometimento desta resta salientar que o policial militar deve ser cada vez mais valorizado seja através de reconhecimento, promoção, investimento, infraestrutura, políticas de incentivo, planos de modernização de carreira e o que mais couber dentro da legalidade para auxiliar ou até mesmo tornar o trabalho mais gratificante. neste caso em específico se assim o comando entender sugere-se a realização de análise sobre a possibilidade de concessão de promoção por ato de bravura. Ante o exposto a Casa manifestação moção de aplausos e reconhecimento aos senhores soldado Bruno Soares Costa, soldado Tiago Luiz Rozek e soldado Jeferson Rafael Vargas Antunes e também ao 36º batalhão. Senhores, muito obrigado e parabéns.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Calebe Coelho. A palavra está à disposição dos senhores vereadores pelo tempo de 3 minutos. Se nenhum vereador quiser fazer mais uso da palavra coloco em votação a moção nº 23/2023. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os vereadores e subscritos por todas as bancadas. Encerrado o espaço das moções. Passamos ao espaço de comunicação de liderança pelo tempo de 3 minutos para manifestações sobre ações da bancada ou bloco parlamentar.

 

ESPAÇO DE COMUNICAÇÃO DE LIDERANÇA

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Com a palavra o líder de bancada. Com a palavra o vereador Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Senhor presidente, eu quero me dirigir a palavra agora para o Kart Clube de nossa cidade. hoje eles estão aqui porque nós tinha marcado uma reunião através do vereador Sandro com o Executivo e o Executivo acho que não se fez presente e vocês, enfim, estão reivindicando porque na concessão que foi feito teve mudanças no meio do caminho. então de repente vocês até não procuraram os vereadores ou outras entidades no andar da concessão porque lá tinha alguns parágrafos dos quais citava que teria que ser clube federado; depois mudou-se essa licitação e no fim amos lá fazer daquele local de repente um lugar de empresa ou empreendimentos. Que isso é muito ruim com uma empresa de Santa Catarina do qual venceu esta ganhou ou a empresa de fora que não é da nossa cidade não faz parte da rotina da cidade e vamos de repente entregar aquele espaço e deixar das pessoas que cuidaram até então este período todo; período de pandemia, um dos primeiros clubes a ser reaberto após pandemia trazendo campeonatos para nossa cidade. Então isso tudo não se considerou não se levou em conta quando se faz um trabalho dessa maneira. Dias atrás o Brasil de Farroupilha também me procuro, estavam fazendo algo parecido com o campo do Brasil; o Brasil é uma entidade reconhecida no Rio Grande do Sul inteiro e de repente Brasil afora né e também estavam cedendo o espaço do Brasil de Farroupilha. claro que aí houve de repente uma mudança na própria na própria concessão ou na cessão de uso né, concessão, enfim, do qual então manteve-se o Brasil de Farroupilha. que poderia ter feito da mesma forma com vocês, não precisar ir e não é ilegal não tem nada de ilegal é só manter era só manter o que estava lá escritos né, escrito, era só manter que vocês tinham o direito de continuar principalmente porque vocês são da cidade são de Farroupilha. estão lá há muito tempo cuidando daquele espaço. Então hoje eu sou solidário a vocês como eu imagino que a maioria dos vereadores ou todos também da mesma forma e vamos ver se o nosso executivo municipal reveja esta concessão que eu acho que ainda há tempo. muito obrigado senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Amarante. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra o vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Senhor presidente, senhores vereadores. nesse mesmo assunto do Kart Clube aí que o vereador Amarante se posicionava nós fizemos aqui através da nossa assessoria de bancada uma linha do tempo de como as coisas aconteceram, e tem algumas coisas que chama atenção. não estou dizendo aqui que está errado, mas no mínimo chama atenção. lançamento do edital dia 12/7 né e dia 14/7 já há alteração do edital. então houve aí uma pressão hercúlea vamos dizer assim para que se fizesse a alteração porque foi muito rápido; lançou no diário oficial do estado e no jornal do comércio dia 12/7 e dia 14/7/2023 já houve a alteração do edital. então me pareceu assim uma agilidade um pouco fora da curva de fazer essas alterações. além do mais que ainda nos deixa um pouco mais grilado é que o vereador Sandro ficou encarregado aqui de articular uma reunião com a prefeitura municipal e fez, inclusive foi até a prefeitura municipal e alguém que eu não sei quem, enfim, se encarregou de vir aqui hoje às 17h30min e deixaram o vereador Sandro aqui, me solidarizo com ele, pendurado no pincel, não vieram. segundo informações é que não vieram porque está certo. Então se está certo esse é um espaço e uma oportunidade para você reafirmar que está certo perante os vereadores e perante os interessados que é o Kart Clube. perderam uma oportunidade e levantaram assim uma desconfiança ainda maior; poderiam reafirmar o seu ponto forte convicto de questão certo, mas não deram espaço para fortalecer o ponto fraco que é essa desconfiança; e não passa de uma desconfiança. Então ninguém tá fazendo acusação nenhuma aqui, mas eu acho que seria importante vir para conversar. e também não se esgota por aí eu acho que ainda há tempo né para fazer essa conversa, mas eu acho sinceramente que a prefeitura municipal e quando se fala a prefeitura municipal é o prefeito que responde pela prefeitura, não posso falar do secretário ou do cara que que cuida das compras, é do prefeito porque ele que responde, então eu imagino que é de conhecimento dele porque houve uma divulgação na imprensa inclusive dessa pauta e o prefeito estava sabendo. então ele deveria ter encarregado alguém para vir aqui e conversar com os vereadores. para concluir senhor presidente, nós lamentamos que as coisas andam dessa forma e evidentemente que aumenta aqui a desconfiança por parte desse certame, enfim, de tudo que cercou a essa licitação.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Roque Severgnini. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra o vereador Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Senhor presidente, então sobre esse assunto né eu lembro aqui uma manifestação do colega vereador Juliano que o eterno Leonel de Moura Brizola dizia né: se tem rabo de jacaré, couro de jacaré, boca de jacaré só pode ser jacaré. Então a gente tem levantado eu tenho feito também um trabalho da dessa bancada sobre esse assunto e hoje não consegui me fazer presente na reunião e não teve reunião né no fim porque o Executivo não veio né a vereador Sandro; imagino aqui o senhor é o vereador aí da situação imagina como é o como é a relação correlação. eu tenho começado a pensar que o nosso prefeito ele tá fechado e um grupo de pessoas que o cercam contam para ele uma realidade que não existe, para mim não tem outra explicação porque hoje até acompanhava uma manifestação do prefeito na rádio e eu prestei atenção na hora do almoço ali escutando eu falei ‘eu acho que nem ele tá acreditando que ele tá dizendo né’. então tenho percebido sim uma eu não sei o que que tem acontecido com aquela cadeira né, enfim, mas tenho percebido, gente se tá tudo certo se tá bacana e se tem que falar vem aqui explica. Aliás o próprio o próprio Kart Clube comentou na reunião que fez com os vereadores aqui que foi tentado várias várias conversas vários diálogos ‘olha dá uma olhada aqui prefeito e tal né’. E foi confidenciado aqui por um dos integrantes que o prefeito inclusive levantou e ‘não, pode botar na minha conta aí, isso é uma decisão minha’. Não é assim que a gente trata quando a gente não é o dono da cidade, a gente é o gestor da cidade; gestor e dono, aliás, até quando você é dono você tem que tratar diferente imagino quando você é o gestor do que não é teu é de todos. então cabe aqui uma reflexão. infelizmente vereador Roque nós estamos junto com o vereador Sandro, os vereadores ficaram segurado no pincel é isso; infelizmente esse é o cenário do momento que hoje nós estamos passando aqui. obrigado senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Tiago Ilha. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Não havendo mais manifestação está encerrado o espaço de liderança. Passamos ao espaço de explicação pessoal aos vereadores pelo tempo de 2 minutos para falar de ações de seu gabinete ou assunto de interesse coletivo.

 

ESPAÇO DE EXPLICAÇÃO PESSOAL

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente, eu vou me somar a manifestação dos meus colegas. eu quero dizer Sandro me solidarizar a ti porque olha que companheirismo que tem né; imagina se fosse da oposição até compreensível, mas da base do governo deixar o colega na mão olha só por Deus. isso mostra o comprometimento que o prefeito tem com a cidade, não tá nem aí vive no mundo de fábulas ele vive no mundo da fantasia e quem paga o pato quem é o prejudicado? a população, não é ele. E aí depois ele vai lá faz uma ceninha faz todo mundo teatrinho ‘ah, bota na minha conta’ faz todo um gritedo e depois sem vitimiza. Mas tchê prefeito tu foi eleito para quê? Para dar ataque e ‘piti’ ou para ti governar ou para ti atender à população. Eu, a minha posição eu disse para o para o responsável ali do Kart Clube: revoga a licitação. tem que revogar. essa alteração do edital humm tá muito confuso. Por que que será; mudaram em dois dias vereador Roque Que ágil hein. Então eu acho que o seguinte: quando se fala da cidade tu trata pela cidade tu não pode deixar uma instituição de quase três décadas abandonada e simplesmente a bel-prazer jogar toma tá aqui não é mais responsabilidade minha e joga no colo do outro. então me manifesto isso. só quero fazer uma outra fala que é também importante. bota a foto no telão Rose; é mais uma das fábulas e das peripécias da Farroupilha da vida real. essa aqui tá na Rua Antônio Grendene no bairro Primeiro de Maio, eu vou compartilhar com vocês porque é bem importante. hoje um morador me contatou tem problema de esgoto a prefeitura foi lá quebrou, não consertou e o bonito que semana passada eles foram lá e pintaram por cima do buraco. Essa é a Farroupilha da vida real. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano Baumgarten. Com a palavra o vereador Thiago Brunet.

VER. THIAGO BRUNET: Boa noite senhor presidente. eu quero aqui me solidarizar as pessoas do Kart Clube tá. sou um apaixonado por velocidade sempre gostei de kart e tanto gostei que quando o meu filho fez 4 anos eu levei lá ele para o César Mittag lá e disse assim: César tu dá uma força aí para esse guri andar de kart. Tá louco doutor é muito novinho ainda, vem ano que vem aqui ele é muito pequeno ainda. então ninguém me falou eu vi o carinho que, tô dizendo no nome do Mittag e em nome dele eu falo em nome de todo o Kart Clube o carinho que eles têm pelas pessoas que vão lá. o sentimento desportivo, coletivo né de querer realmente melhorar as pessoas que vão lá no kart, que querem se divertir, que querem competir, que querem brincar. isso tudo é o Kart Club hoje. eu sinto isso é uma receptividade muito boa um acolhimento legal. Eu não sei como é que vai ser daqui para frente, não sei como é que vai ser se eu levar o meu filho hoje lá como é que eu vou ser recebido porque são pessoas que a gente não conhece. Nada contra essas pessoas né. São pessoas devem ser respeitadas também eu sou um ser humano médico e respeito todo e qualquer tipo. Mas eu quero tentar fazer alguma coisa tá. eu não sei o que que eu vou poder fazer, eu não vou prometer nada porque eu não posso prometer o que não depende das minhas mãos; o que depende das minhas mãos é sim talvez juntamente com o Sandro buscar explicações do Executivo, buscar, por que o que vocês querem não é nem revogar daqui a pouco a licitação. É só ter o direito de estar lá de participar. É só ter o direito, o senhor Mittag, de continuar trabalhando lá, continuar fazendo o que fez há 20 anos atrás há 30 anos atrás. então eu quero eu precisava falar isso em respeito que eu tenho ao Mittag que cuidou do meu filho durante 3 anos/4 anos né; depois foi uma opção dele, a gente não pode forçar, muitas vezes a gente quer botar nos sonhos da gente nos nossos filhos né e o Caetaninho chegou o momento. mas ele já disse ‘bah pai’ faz horas que ele vem me toureando ‘vamos lá no kart tô afim tô com saudade do kart, tô indo. então para que isso não acabe para que essa chama não acabe eu vou fazer o possível gente tá. não sei o que é, não sei, vou me inteirar melhor amanhã mesmo eu tô indo na prefeitura e vou conversar com o Executivo vou conversar…

PRES. MAURICIO BELLAVER: Seu tempo vereador.

VER. THIAGO BRUNET: Para dar uma explicação inclusive para vocês também tá.  muito obrigado. Desculpa.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Thiago Brunet. Com a palavra o vereador Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: quero continuar esse assunto do kart. Há uma preocupação do executivo municipal em relação a apontamento do tribunal de contas por aquela área por aquele espaço tá segundo é o que motivou fazer essa concessão. mas teria que ter essa preocupação ou esta mesma preocupação com o terreno que compraram lá no interior de São Marcos pagou acho que pagaram em torno de R$ 1.000.000,00 está sem uso desde eu compraram. então tem muitas áreas em nosso município que tá sem uso e é propriedade do município e tudo bem é do município, tá lá. até foi citado recentemente que também iriam regularizar ou fazer aí nova chamada pública para os campos de futebol, que tem alguns clubes de nossa cidade que também utilizam esses campos, inclusive oferecendo para outros grupos né. Que eu acho isso muito deselegante porque lá tem um tem um clube ou um time de futebol que tá jogando lá há 20 há 10/15/20 anos, inclusive cuida daquele espaço fez a estrutura que está lá. então isso é muito deselegante por parte de qualquer um que possa fazer qualquer promessa para qualquer outra pessoa que não seja aquele que está lá né; de repente conversar com aquele que já está lá em primeiro lugar ver se há interesse, ver as condições, ver como tá sendo cuidado ou tratado. que com certeza o espaço de vocês lá tá sendo muito bem cuidado muito bem tratado. Então como foi dito aqui se o prefeito não veio hoje e disse que foi feito tudo certo; sim, foi feito tudo certo dentro da lei, mas a lei também poderia ter feito tudo certo e deixado vocês lá dentro da lei tá. Está tudo certo da mesma forma. só que aí tem as considerações ou os olhares né, olhares para aqueles que de repente tiveram o olhar para aquele local lá. muito obrigado senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Amarante. Mais alguém quer fazer usar da palavra. Com a palavra o vereador Felipe Maioli.

VER. FELIPE MAIOLI: Presidente, eu quero fazer a solicitação então para que retorne a pauta o PL nº 28 do executivo municipal. e dizer que Sandro parabéns pela tua atitude, consciência tranquila né pode dormir tranquilo pelo que tu fez. porém acredito que nós temos que sair daqui com alguma coisa já definida com relação à questão do kart. se nós tentarmos não levar para individualidade de cada um querer fazer alguma coisa e fizer algo em conjunto, todos assinar um documento; não sei como se a mesa diretora pode fazer e todo mundo assinar fazendo essa solicitação para que venha um representante, não precisa ser o prefeito não precisa ser o vice-prefeito, alguém para dar explicações até para nós também aqui talvez seria uma alternativa. só para sair daqui com alguma coisa mais mais encaminhada. Uma ideia. Simplesmente estou aqui para contribuir peço ajuda para a decisão aí do que fazer. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Felipe Maioli. Com a palavra o vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Olha eu até comentava com o vereador Thiago aqui informalmente que falar no executivo o Sandro já falou, o vereador Sandro né, e parece que não resolveu então; ao menos que o Thiaguinho está mais aliançado aí. Brincadeiras à parte Thiaguinho. mas eu acho que o vereador Felipe trouxe uma ideia boa, eu acho que a gente pode fazer um documento requerendo né inicialmente convidando e depois a gente pode convocar também porque é uma prerrogativa da Câmara convocar para vir aqui na no plenário prestar esclarecimento de um tema que pode estar tudo certo, mas o fato de não vir né não se prontificar a vir levanta ‘n’, enfim, ideias. Então eu acho que o Felipe, o vereador Felipe, tem razão. a gente poderia já deixar aqui porque tem umas coisas que a gente pode fazer pelo plenário, o plenário é soberano né, a gente né pode aqui decidir que fica já convidado o prefeito ou vice-prefeito ou secretário ou alguém responsável que eu acho que não precisa ser o prefeito; mas alguém responsável para vir aqui na próxima terça-feira, por exemplo. aí eu até sugiro que o kart que a gente troque a vinda de vocês da 3ª para a 2ª que 2ª é a pauta mais aberta para debater isso e a gente pudesse incluir a vinda de alguém do executivo para segunda-feira, que pode ser alguém responsável pelo jurídico, alguém responsável pelas compras, pelas licitações, enfim, que esclareça que esclareça os fatos. então eu comungo e acho que o vereador Juliano aqui da bancada também concorda, a gente assina ou vota aqui né essa sugestão verbal. Obrigado

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador. Questão de ordem para o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente, eu quero, obrigado pela questão de ordem, para contribuir eu acho que é uma soma das falas e o objetivo é o mesmo. Segunda-feira nós vamos ter uma sessão solene e a sessão ela tende a não ,passar de uma hora, pé um vereador por bancada que fala e mais uma professora só homenageada. Enfim, eu penso de nós fazermos uma sessão ordinária pós a sessão solene e aí sim tem grande e pequeno expediente e nós convidarmos no primeiro momento de forma republicana um secretário ou secretária, enfim, quem venha representar o Executivo para tratar desse tema. então fica aqui minha questão de ordem para colaborar com o debate.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano Baumgarten. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Não havendo mais manifestação está encerrado o espaço de explicações pessoais. Espaço do presidente pelo tempo de 5 minutos para avisos e informações.

 

ESPAÇO DO PRESIDENTE

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Quero informar que hoje de tarde eu estive junto com o prefeito de Nova Roma, Diogo [sic] Pasuch, e lá nós tratamos sobre a ponte; a ponte que está e criaram até uma Associação Amigos de Nova Aroma e eu repassei no grupo dos vereadores a Associação todas as informações e ali tem um PIX que eles estão arrecadando dinheiro. como é que a ponte caiu, a chuva que deu, tem tudo as informações aí. E o que que eles pediram para mim? para divulgar, divulgar esse aplicativo aí, para passar as informações e quem quer ajudar os amigos de Nova Roma. E um morador de lá falou que até me chamou atenção que ele disse que a ponte ele quer que construa a ponte em poucos dias em meses que construa porque essa ponta aí salva vida; alguém passa mal em Nova Roma para vir para vir para Farroupilha quanto demora? e hoje nós estava tratando justamente do da saúde né. então é importante que cada um faça sua parte, é bom ajudar que o ano passado eles estavam ajudando o hospital. então cada um faça sua parte aí. muito obrigado aí. encerrado o espaço do presidente. nada mais a ser… Questão de ordem para o vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Acho que é importante votar essa sugestão do Felipe. nós podemos votar aqui nesse e eu acho que até 2ª não sei Juliano porque tem vai conturbar muito, mas de repente numa próxima. Eu acho que o governo o líder do governo deu a sugestão e eu aqui acho que posso falar também pelos colegas aqui, enfim, não tem porque não fazer. Acho que facilita.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado vereador Roque Severgnini. Questão de ordem para o vereador pastor Davi.

VER. DAVI DE ALMEIDA: Senhor presidente, obrigado. eu faço uma sugestão que seja terça-feira essa reunião às 16:30; que possamos fazer um convite ao secretário Thiago né, que é o de gestão e governo, e que onde possa todos nos reunir aqui. faço a sugestão né depois o presidente ou a mesa possa decidir.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Muito obrigado vereador pastor Davi. Nada mais a ser tratado nessa noite…

VER. GILBERTO DO AMARANTE: (INAUDIVEL)

PRES. MAURICIO BELLAVER: Então a reunião será terça-feira depois da sessão. Nada mais a ser tratado nesta noite declaro encerrado os trabalhos da presente sessão. Boa noite a todos.

 

 

 

Mauricio Bellaver

Vereador Presidente

 

 

 

Calebe Coelho

Vereador 1ª Secretário

 

 

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa e Apoio Administrativo.