Pular para o conteúdo
19/06/2024 23:42:07 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 4298 – 11/07/2023

SESSÃO ORDINÁRIA

 

 

Presidência: Sr. Mauricio Bellaver.

 

Às 18h o senhor presidente vereador Mauricio Bellaver assume a direção dos trabalhos. Presentes os seguintes vereadores: Calebe Coelho, Clarice Baú, Cleonir Roque Severgnini, Davi André de Almeida, Edson Luiz Paesi, Eleonora Peters Broilo, Eurides Sutilli, Felipe Maioli, Francyelle Bonaci de Matos, Gilberto do Amarante, Juliano Luiz Baumgarten, Marcelo Cislaghi Broilo, Sandro Trevisan, e Tiago Diord Ilha.

 

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Boa noite a todos. Declaro aberto os trabalhos da presente sessão ordinária. Dada a verificação do quórum informo a presença de 15 vereadores nesta sessão plenária com a ordem do dia 11 de julho de 2023. Ordem do dia.

 

 

ORDEM DO DIA

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Em 1ª discussão o projeto de lei do legislativo [sic] nº 09/2023 que altera a lei complementar nº 12/2002, com mensagem retificativa. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Orçamento, Finanças e Contas Públicas favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Felipe Maioli.

VER. FELIPE MAIOLI: Senhor presidente, então mais uma vez pedimos que permaneça em 1ª discussão.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Felipe Maioli. O projeto nº 09/2023 permanece em 1ª discussão. Em 1ª discussão o projeto de lei do legislativo substitutivo nº 27/2023 que aprova denominação para via pública municipal. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Infraestrutura, Desenvolvimento e Bem-Estar Social favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Calebe Coelho.

VER. CALEBE COELHO: Senhor presidente, este projeto peço que permaneça na Casa também.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Projeto nº 09/2023 [sic] permanece em na casa. Encerrado o espaço de discussão de projetos. Passamos a apresentação e deliberação dos requerimentos.

 

 

REQUERIMENTOS

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Requerimento nº 54/2023: Congratulações a Pablo Barretti. A palavra está com o vereador Calebe Coelho pelo tempo de até 5 minutos.

VER. CALEBE COELHO: Senhor presidente, então estamos nesse momento fazendo esses votos de congratulações ao Pablo. eu gostaria de mostrar a bola que é usado quando eles competem; é uma bola estilo de basquete, porém ela é muito pesada – um quilo e meio se eu não me engano, é isso Pablo? 1,250 e ela tem um barulho dentro para que eles possam jogar. É impressionante assistir o jogo, saber como eles conseguem detectar que tá chegando onde que é o gol né. Então eu vou ler aqui as informações: o atleta farroupilhense Pablo Barretti foi convocado para pela Associação de Cegos do Rio Grande do Sul (ACERGS) para disputar a série B do Brasileiro/2023 na modalidade de goalball. Pablo é integrante da equipe AFADEV e já vem treinando com a ACERGS em Porto Alegre, ele viaja dois sábados por mês a capital onde realiza os treinamentos com a equipe na quadra do SESC. Pablo mantém ainda treinos em Farroupilha juntamente com equipe da AFADEV. Goalball, ao contrário de outras modalidades paralímpicas, o goalball foi desenvolvido exclusivamente para pessoas com deficiência visual; a quadra tem as mesmas dimensões das de vôlei – 9 metros de largura X 18 de comprimento. As partidas são realizadas em dois tempos de 12 minutos com 3 minutos de intervalo. Cada equipe conta com três jogadores titulares e três reservas; de cada lado da quadra há um gol com 9 metros de largura e 1 metro e 30 de altura. Os atletas são ao mesmo tempo arremessadores/defensores; o arremesso deve ser rasteiro ou tocar pelo menos uma vez nas áreas obrigatórias. O objetivo é balançar a rede adversária. A bola tem um guizo em seu interior para que os jogadores saibam sua direção. O goalball é um esporte baseado nas percepções tátil e auditiva por isso não pode haver barulho no ginásio durante a partida, exceto no momento do gol e o reinício do jogo nas paradas oficiais. A bola então tem 76 cm de diâmetro e pesa 1,250 kg. Bem, para mim que sou péssimo no futebol e enxergo, aliás, é uma alegria quando eu não jogo, porque as pessoas elas têm mais prazer em me ver buscando a bola que vai lá para alambrado né, eu sou péssimo no futebol; é surpreendente e incrivelmente maravilhoso saber que vocês podem jogar e que tu Pablo tem feito esse trabalho já há algum tempo né e ser convocado pela Seleção. Aliás quero te parabenizar por teu comando né pela tua liderança à frente da AFADEV, junto com seus colegas né, porque tu é um exemplo para nós e também para outras pessoas. Aquele dia que nós passeamos né com os olhos vendados foi uma experiência única na minha vida e na vida de outros colegas que lá estavam também né. Então parabéns por mais essa conquista. E o objetivo desses votos de congratulações é que tu perceba que nós estamos atentos a ti, aos teus amigos e as tuas necessidades então é por isso que estamos fazendo esses votos de congratulações; para que quanto mais pessoas possam ver né e seguir o teu exemplo como uma pessoa que mesmo com todas as dificuldades consegue coisas inimagináveis. Então parabéns, tudo de bom, sucesso nesse campeonato, e que nós possamos ver muitas vezes notícias de vitórias né ou, por exemplo, aquele exemplo quando tu fez o gol né lá aquele gol matador lá né. É legal que estava todo mundo em silêncio, mas na hora do gol não teve né e ele só vai saber se fez o gol porque o pessoal grita né, e foi um momento emocionante ali, parabéns viu. então peço que se coloque em votação, senhor presidente, por favor, os votos de congratulações.

PRES. MAURICIO BELLAVER:  Obrigado, vereador Calebe Coelho. A palavra está à disposição dos senhores vereadores pelo tempo de até 3 minutos. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente e colegas vereadoras/vereadores. Quero cumprimento à imprensa, os cidadãos/cidadãs que se fazem aqui presentes nesta noite, o Pablo, a Fernando, o pessoal da imobiliária e o pessoal que nos acompanha dos seus lares. Bom, Pablo, te desejar parabéns né, um esforço de muito tempo que tu está participando do goalball e é uma prática que ela acima da questão do esporte ela é inclusiva e ela mobiliza muitas pessoas; não só as pessoas que assim o praticam, mas acima de tudo todas as pessoas que acompanham. E quando, por detalhes, o silêncio que o vereador que me antecedeu na fala registrou, mostra que na superação outros sentidos acabam se desenvolvendo com uma maior proximidade, com maior feição. Então tu sempre carregou a bandeira, tu sempre defendeu a causa desde que te conheço, faz um bom tempo, junta a lutar pela acessibilidade a lutar pelo esporte. Então que bom que Farroupilha tá muito bem representado por ti. Parabéns Pablo e vai lá e dá um show para nós aí tá bom. Parabéns, quero cumprimentar também o presidente do PSB, Isaías. Obrigado, senhor presidente, e votamos favorável.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Juliano. Mais alguém quer fazer uso da palavra? Com a palavra o vereador Sandro.

VER. SANDRO TREVISAN: Obrigado, senhor presidente, senhores vereadores, senhoras vereadoras que agora aumentou o número né, público presente aqui e especialmente um grande amigo meu: Pablo, parabéns pela convocação Pablo. A Sofia, a Magali tá aí que é uma pessoa que luta o tempo inteiro pela AFADEV aí, a gente tem a mãe também do Pablo aqui – senhora Regina né, a Shirley. E eu conheço esse pessoal porque a gente tá cortando sabão sempre junto né; vale a pena tem que falar aqui que Associação vende sabão caseiro e um sabão muito bom que é que é cortado lá na casa mesmo da mãe do Pablo e vendido aqui na cidade: no restaurante aqui no Caminhos do Trem, na Arte Química, quem comprar o sabão caseiro lá tá ajudando a AFADEV. É bem baratinho e um sabão ótimo. Eu tive oportunidade de conhecer o Pablo e a gente foi se tornando amigo; já jogamos goalball também né e é complicado sabe, aquela bola veio bateu no meu nariz não sei porquê, foi ali que colidiu, e sim é interessante. O Pablo tem uma jogada em que essa bola quando ela gira o Sininho dela vai fazendo um barulho né, mas ele gira essa bola ele joga bola, mas gira ela como se fosse um redemoinho assim e daí não faz barulho né. É sacanagem isso Pablo tá, mas isso resulta em muitos gols. A gente teve a oportunidade, vários vereadores dessa Casa também com a companhia do Pablo, de andar pela cidade vendado né Pablo, que é uma experiência incrível; quem não teve essa oportunidade pode fazer isso, é muito interessante, porque a gente consegue perceber algo que quando que se enxerga não se tem consciência ou noção. A gente fica o tempo inteiro esperando, esperando não né, mas com medo que uma placa um pouco mais alta venha bater na cabeça da gente. E daí assim nesse sentido é bom que as pessoas entendam que, por exemplo, o próprio ato de estacionar um carro e eu lembro que o Pablo estava indo com a bengala dele e de repente começou a bater numa coisa eu digo “o que que tem Pablo?” E ele disse, cara, tem um carro estacionado na faixa de segurança. Então imagina alguém que tenha noção daquele trajeto, é um trajeto que teoricamente teria que estar livre e estava lá o carro atravessado. Então é o momento da gente pedir consciência também às pessoas que estaciona os seus casos, porque isso dificulta muito quem tá trafegando por aí. Então, Pablo, de novo agradecer a tua presença, parabenizar pela conquista, que o Pablo sim é um batalhador ele vive em função da AFADEV, do esporte, é alguém que é um exemplo aí de pessoa e que está sempre ligado em todos os assuntos da cidade, todas as questões voltadas à política, voltada a tudo que se diz respeito à nossa cidade. Pablo, parabéns, tudo de bom sempre. Obrigado, senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Sandro. Com a palavra vereadora Fran.

VER. FRANCYELLE BONACI: Boa noite, senhor presidente, senhores vereadores/vereadoras, demais presentes na Casa, imprensa. Pablo, eu queria te parabenizar em nome da bancada do PDT e dizer que muito se fala em inclusão né de possibilitar que pessoas com deficiência na verdade ocupem espaços, mas que para isso a gente precisa que os espaços estejam preparados né. então muito legal que tu foi convocado, parabéns, a gente te parabeniza. E tu sabe, Pablo, que o meu TCC, na verdade, foi orientado pela Prof. Tânia, que foi também o teu né, e ela me enviou o teu TCC para que eu pudesse, na verdade, ler e fazer também de acordo com a forma que tu fez né para me guiar. Então assim eu passei a conhecer o teu trabalho também e te parabenizo também por isso. Dizer da tua luta, que eu passei a conhecer também a tua luta, e estar no esporte né na verdade é mais uma forma de mostrar que os deficientes né sejam físicos, intelectuais ou visuais podem ser atletas e o que querem ser, na verdade, dentro de suas limitações. Então parabéns por essa convocação em nome da bancada do PDT. Obrigada.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereadora Fran. Com a palavra o vereador Felipe Maioli.

VER. FELIPE MAIOLI: Boa noite, presidente. Boa noite, colegas. Boa noite a todos que estão aqui nos assistindo presencialmente e em seus lares. Pablo, não podia deixar passar essa oportunidade em falar sobre a tua pessoa, sobre a tua família, sobre teus amigos, sobre a Sofia, Magali, enfim, a sua mãe que está presente, todas as pessoas que estão ao teu redor. É um momento muito especial tenho certeza que tu está muito feliz pela convocação, em representar a seleção gaúcha/seleção do Estado do Rio Grande do Sul é isso, Pablo? Vai ser, isso aí, para representar/levar o nome de Farroupilha adiante isso é uma conquista muito grande. Parabéns. E te dizer que uma das coisas que aconteceram de maneira muito positiva na minha vida após ter/estar nessa passagem aqui como vereador é ter te conhecido, porque tu me proporcionou a experiência que os colegas falaram aqui de ter jogado o goalball, de ter andado pela cidade também, extremamente complexo isso tudo que aconteceu na minha vida, mas ao mesmo tempo prazeroso por poder passar por essa experiência. E em cima disso a gente não pode esquecer que uma das coisas que eu levantei aqui nessa Casa algum tempo atrás uma diria uma reivindicação né foi com relação as calçadas né, Pablo. se o Pablo precisa ir até a minha casa hoje me fazer uma visita que será muito prazeroso, Pablo, se tu fizer isso a qualquer momento, mas se ele for andando tu terá muita dificuldade, Pablo, porque tem locais que não tem as calçadas, tem locais que não tem aquele piso tátil, é isso né, para ti poder ter a noção das coisas. Então eu acho que cabe aqui também nesse momento nós fazermos uma, pensarmos um pouco sobre isso; por quê? Porque já que as pessoas que tem na lei que as donas dos seus lotes seriam obrigadas, eu diria assim, seriam de responsabilidade delas em fazer as suas calçadas e não ou fazem quem sabe o poder público/o executivo municipal possa fazer o que lhe é de responsabilidade fazer nos locais públicos para poder dar exemplo e fazer com que as pessoas se sensibilizarem com esse ato, pesasse na consciência, e pudesse fazer também. Eu acho que nós estaríamos sim ajudando muito a essas pessoas que nos enchem de orgulho, que só passando por aquilo que vocês passam assim né que a gente tem a real noção de quanto é difícil. Então quero te parabenizar muitas vezes e dizer que vocês são vencedores. Muito obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Felipe Maioli. Mais alguém quer fazer uso da palavra? Com a palavra o vereador Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Senhor presidente e colegas vereadores e vereadoras. Eu quero também me somar nesse momento em reconhecimento ao trabalho do Pablo que não só como esportista, mas também como um ativista um lutador né pelo pelos direitos né e oportunizar a tantas pessoas, com teu trabalho, que pudessem ter uma Farroupilha que fosse extremamente inclusiva que pudesse ser uma cidade realmente de todos. Falou muito bem aqui o Felipe Maioli. Nós discutimos aqui algumas semanas atrás sobre e vai vir logo novamente aqui o plano diretor e a gente vai falar também sobre a questão do urbanismo na cidade. Eu estou até elaborando um projeto de lei nessa área, porque a nossa cidade ela tem feito muito pouco no ponto de vista de acessibilidade, porque historicamente a gente tem feito o que tá vindo, os recursos do governo federal, que é obrigatório já que seja feita as obras tendo todas essa questão de acessibilidade. Têm trabalhos feitos muito pela liderança exercida pelo teu trabalho né na nossa cidade, mas está no momento de a gente pensar a farroupilha que a gente quer que seja realmente de todos; e não tem como uma cidade pensar no seu futuro sem pensar em questão de mobilidade. Então conte comigo para também me somar as tuas pautas que além de ser já um nome de destaque no esporte é um nome de destaque na luta por uma cidade que seja realmente inclusiva. Então meu respeito, a minha admiração e também parabéns aqui pela iniciativa do meu colega vereador Calebe. Obrigado, senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Felipe… Felipe não, vereador Tiago Ilha. Com a palavra o vereador Davi.

VER. DAVI DE ALMEIDA: Boa noite, senhor presidente. Boa noite, senhores vereadores, senhoras vereadoras, quero cumprimentar aqui a imprensa presente, todos que estão aqui e também no plenário. E parabenizar, Pablo, por mais essa conquista tua demonstrando né o teu trabalho tua dedicação em todas as áreas que tu estás trabalhando e avançando; e desejar sorte que seja mais uma etapa que a gente conquiste aí e possa trazer títulos né para que a gente possa comemorar todos juntos. Parabenizo também o Calebe pela iniciativa e subscrevo também a moção. Um abraço.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador pastor Davi. Mais alguém quer fazer uso a palavra? Com a palavra vereadora Eleonora Broilo.

VER. ELEONORA BROILO: Boa noite a todos. Boa noite, presidente, espero que o senhor esteja melhor. Boa noite, colegas vereadores, colegas vereadoras, nosso novo colega também. Pablo, é um prazer tê-lo aqui como sempre, o senhor, sua família, seus amigos, todas as pessoas que aqui se encontram, a imprensa e as pessoas que nos acompanham de casa. Bem, Pablo o que eu queria te dizer é bem curtinho: eu queria dizer para ti que tu é um exemplo de vida. Por quê? Porque muitas pessoas e muitas pessoas mesmo são o próprio a própria pessoa que reclama de tudo, é o Zé reclamão; muitas pessoas são assim, reclamam de tudo e nem sabem porquê, mas tu não, tu teve uma parte da tua vida que foi tirada, mas compensada com outras coisas; tu não te deixou abater por causa disso, não. Tu cresceu na tua vida, tu cresceu com teus desejos, com a tua capacidade de brilhar em algum esporte, tu cresceu com teus desejos particulares, com tua vontade de não deixar que nada, nada, limitasse a tua vida. Então, Pablo, eu só posso te dizer que eu tenho maior orgulho quando eu te vejo aqui. Eu só posso dizer que tu é um exemplo de vida para todo mundo, para mim e todos que estão aqui e os que não estão aqui também. Pablo, parabéns, parabéns e parabéns para ti e para tua família e para todos que te rodeiam, mas principalmente para ti. Boa noite.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereadora Eleonora Broilo. Mais alguém quer fazer uso da palavra? Com a palavra o vereador Chico Sutilli.

VER. EURIDES SUTILLI: Boa noite a todos. Quero parabenizar o Pablo aí. Nós tivemos uma grata experiência de conhecer o ambiente dele lá, me surpreendeu já de ser andares acima assim que para nós que temos o dom de enxergar tudo em nossa frente já foi uma grande dificuldade de conseguir subir assim 2/3 que nós estávamos subindo né. Demos uma volta, conhecemos a cidade juntos, só tivemos a certeza e estar andando vendado por estar no lado dele, porque é muito, como que se diz assim: a gente cria uma sensação de insegurança né, não tem como tu tá se deslocando pela cidade sem saber o que tá havendo no entorno. Depois disso a gente foi jogar uma partida de goalball que foi uma a derrota mais gratificante que eu tive na minha vida que foi conhecer, para mim foi uma vitória, não foi uma derrota né, conhecer um fato um esporte diferente e para ver como que a gente é tão frágil de não conseguir saber o que tá acontecendo no teu entorno né; foi uma goleada assim que para mim foi fantástica, porque foi uma goleada de aprendizado para nós que participamos – eu, o Felipe, o colega Sandro. Só temos que agradecer e agradecer muito por tu estar nos representando, nossa cidade, a nível nacional. Obrigado mesmo.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Chico Sutilli. Alguém quer fazer uso da palavra? Se nenhum vereador quiser mais fazer uso da palavra coloco em votação o requerimento nº 54/2023. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos e subscrito por todas as bancadas. Requerimento nº 56/2023: congratulações a Valentina Gil de Lima. A palavra está com o vereador Calebe Coelho pelo tempo de até 5 minutos.

VER. CALEBE COELHO: Senhor presidente, eu peço que esse requerimento seja retirado de pauta. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Requerimento nº 56/2023 retirado de pauta. Requerimento nº 57/2023: congratulações a Universidade de Caxias do Sul. A palavra está com o vereador Juliano Baumgarten pelo tempo de até 5 minutos.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente e colegas vereadoras/vereadores, quero cumprimentar em especial a diretora do campus da UCS a Fernanda Maria Francischini Schmitz, também quero cumprimentar o Gustavo que tá aqui nos acompanhando, bom te ver, Gustavo. E dizer, Fernanda, que é muito importante é algo simplório é algo que nos cabe salientar, mas que sim é um reconhecimento público como uma instituição de ensino representa não só uma cidade não uma comunidade, mas sim uma região e ela leva muito mais do que pessoas/conhecimento/a educação a forma de fazer com que ocorra a transformação no mundo né. Esse requerimento todos os meus colegas subscreveram alguns a gente conversou e assinou junto – o meu colega vereador advogado Roque, vereador Amarante, a vereadora Fran, vereador Tiago Ilha. E é importante aqui salientar que recentemente, mais preciso no dia 4 de julho, a revista britânica ‘Times Higher Education divulgou um levantamento das universidades latino-americanas – um ranking – na qual se avaliou 197 instituições de ensino superior e a Universidade de Caxias do Sul pelo quinto ano consecutivo ficou no ranking como uma das melhores colocadas, Ou seja, é um orgulho para nós, para nossa cidade, para nossa região. E é importante e eu falava para o professor/o reitor Gelson, que foi meu professor, sobre a importância de fazer esses atos, mostrar e referendar para nós buscarmos alternativas para tentar lutar em prol das universidades comunitárias/filantrópicas que é o caso da Universidade de Caxias do Sul. E isso mostra que nós devemos continuar a luta e cobrando. Inclusive no ano passado nós apresentamos uma moção de apoio para que se cumpra o artigo 201 o § 3º da constituição estadual deste Estado que fala que o Estado aplicará 0,5% da receita líquida de impostos nos próprios na manutenção e desenvolvimento do ensino superior que é voltado a universidades comunitárias como o caso da Universidade de Caxias do Sul; que tem prestado um trabalho brilhante não só na questão do ensino, mas no envolvimento com a comunidade. E eu quero aqui te agradecer né Fernanda, a ti/o Augusto/a professora Adriane, quando eu estive como coordenador/diretor do departamento de juventude, a UCS foi minha parceira número um. Nós mudamos o contexto da juventude na cidade, as políticas que foram implementadas que hoje não fazem mais parte, não acontecem, mas nós conseguimos modificar; inclusive um projeto piloto de um pré-ENEM que infelizmente depois veio a pandemia, enfim, houve algumas trocas; outras tantas atividades que poderiam ser salientadas/referendadas, mas é importante agradecer/reconhecer, porque sem o conhecimento não há transformação e a gente precisa buscar. E eu falo de boca cheia porque eu fui aluno da Universidade, tive a oportunidade de trabalhar alguns projetos tenho um envolvimento ministrei um curso de extensão, mas falo pela importância e pela relevância. Nós vamos fazer mais uma noção e vamos botar juntamente esse dado para pressionar o Governo do Estado, porque é importante, porque quantas quantos jovens quantas pessoas poderão ser atendidas com mais serviço seja o SAJU, seja a própria questão agora da UCS/Tec, o desenvolvimento do grafeno, enfim, entre outras tantas tecnologias que só um meio científico pode produzir e com referência. Então eu quero te parabenizar, em teu nome leve meu abraço ao reitor e conte conosco para nós lutarmos pela nossa UCS, pela nossa instituição comunitária aqui e pelo desenvolvimento da nossa região. Muito obrigado. Parabéns mais uma vez e tenho certeza que o ano que vem vai entrar de novo no ranking. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Juliano. A palavra está à disposição de senhores vereadores pelo tempo de até 3 minutos. Com a palavra o vereador Kiko.

VER. EDSON PAESI: Senhor presidente, senhoras vereadoras, senhores vereadores, imprensa e público. Eu quero me engajar nessa fala e homenagem a Universidade de Caxias do Sul, porque a minha primeira graduação foi na Universidade de Caxias do Sul; a honra de estudar nessa universidade e a honra também dos nobres professores que lá eu tive. E eu falo também em nome da minha bancada progressista aqui – vereadora Clarice que foi diretora da escola onde lecionei e o vereador professor Sandro meu colega de docência na mesma escola; assim como vereador Juliano também. Eu trago com muito carinho muitas lembranças da Universidade de Caxias do Sul, fiz minha graduação em filosofia e professores memoráveis como o saudoso Lino Casagrande, um nobre intelectual, Décio Bombassaro, Aldo Migot, Evaldo Kuiva – ex-reitor, Idalgo Sangalli e muitos outros que iria ultrapassar os 3 minutos para discorrer de todos os nomes. Então o meu carinho a Universidade de Caxias do Sul e os parabéns por essa posição que ela ocupa merecidamente isso dada a qualidade do ensino acadêmico que a nossa querida universidade trabalha. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Kiko. Com a palavra a vereadora Eleonora Broilo.

VER. ELEONORA BROILO: Novamente boa noite a todos. Eu antes de mais nada eu quero congratular o vereador Calebe pela congratulação ao Pablo Barretti, eu me esqueci antes. Parabéns. Bem, senhora Fernanda Maria Francischini Schmitz, que honra tê-la aqui. E uma honra maior ainda pela sua atuação né à frente da UCS/Farroupilha onde nós temos pelo 5º ano consecutivo a frente como uma das melhores universidades da região, isso não tem preço como diz a propaganda né, e segundo a revista britânica Times Higher Education. Então eu só posso parabenizar não só a senhora, mas a toda a sua equipe a todos os seus professores né. Eu só posso congratular por esse êxito, mais um êxito que certamente vai se repetir. Eu não posso dizer como disse o professor Kiko que eu estudei que eu me graduei na UCS, eu não tive essa oportunidade, eu morava em Porto Alegre e fiz toda minha graduação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Então não tive a oportunidade, mas tive oportunidade e me orgulho disso de trabalhar no Geral com status de professor pela UCS. É era uma parceria muito boa e eu me orgulho muito disso. Mas mais uma vez parabenizá-la por esse êxito. E eu estou falando também pelo vereador Marcelo acredito que o vereador Felipe vai falar, não, então estou falando por toda a nossa bancada. Muito boa noite. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereadora Eleonora. Com a palavra o vereador Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Senhor presidente, também quero cumprimentar aqui o Calebe também pela essa referência a qual nós também nos somamos na assinatura do mesmo, a Prof. Fernanda e a toda a Universidade que foi a nossa… Ah, foi o Juliano isso? Verdade então tá certo parabéns ao Juliano, porque a universidade ela tem, ela se confunde com a história da nossa região e também ela é uma referência no Estado do Rio Grande do Sul. Na universidade onde que passei toda minha formação – minha formação de graduação, minha pós-graduação – e foi no meu mestrado, na conclusão do meu mestrado, que nasceu a minha empresa né; no término do meu mestrado lá na universidade a professora doutora Janaína, até farroupilhense, nas começava e terminava o meu trabalho de conclusão até que então ela disse “não, mas então faça uma coisa real”. Eu falei para ela “vou fazer uma coisa real” e aí de lá nasceu o nosso primeiro ‘e-commerce’ chamado bolicho virtual que virou Facas BV e transformou né a nossa empresa do tamanho que tá hoje presente em três países já diariamente né. E nasceu aonde? Lá na Universidade de Caxias do Sul né. Não terminei meu mestrado ainda, porque a empresa me atropelou, mas é um plano que eu já quero fazer no próximo ano porque sinto uma missão e uma vocação de estar na sala de aula. Eu acho isso o máximo né. Acho que a oportunidade de passar adiante o que a gente aprende e tenho muita história para contar né dessa jornada à frente da nossa empresa. Então também me somo aqui as homenagens né, Juliano, pela importância que é a universidade para a nossa cidade para nossa região, e tá um pouquinho ligada com a vida de todo mundo né. Então é um motivo de muito orgulho para a gente de estar aqui nesse momento. Obrigado, senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Tiago. Mais alguém quer fazer uso da palavra? Com a palavra o vereador Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Boa noite, senhor presidente, vereadores, vereadoras, os demais que estão aqui nessa Casa essa noite, a nossa diretora Fernanda da Universidade da UCS que é uma referência aqui na nossa região; hoje a UCS tornou-se a faculdade da região, claro que tem outras né, diretora, mas eu lembro que tempos atrás eu fui visitar o laboratório de vocês quando eu trabalhava numa empresa privada onde a gente foi fazer testes. Eu sei que a base é a educação, é o ensino, é a evolução de todos nós de certa forma né, mas vocês têm os laboratórios de diferentes pesquisas que isso pouco se fala. A gente se falou muito no ano passado aqui sobre o grafeno ou anos anteriores que também é um desenvolvimento de vocês através da tecnologia/ciência e tudo o que temos de modernos nos dias de hoje. Então vocês estão no campo avançado. Eu tenho os meus filhos que estudam na universidade eu tenho uma filha que estuda sim estuda em Porto Alegre, mas com certeza tem o escopo da nossa região e tem todo o nosso reconhecimento e não só por essa gestão, por outra gestões que passam gestões, mas a universidade fica as comunidades ficam né e continuam sempre a evoluir. Então como o próprio vereador Juliano e a questão dos impostos eu acho que a universidade não tem que pagar imposto teoricamente né, até as privadas por uma questão de educar/auxiliar o Estado na educação, mas é uma forma de buscar alternativa para diminuir a carga de impostos e se investir mais na educação. E quero aproveitar também parabenizar aqui o Pablo que é uma referência na nossa cidade na questão da do trabalho né, Pablo, da insistência/do envolvimento de buscar até colocar como uma pessoa como nós todos e você não é diferente nos teus atos nas tuas nas suas ações no teu dia a dia e temos que trabalhar para que tenhamos ações né efetivas do nosso dos nossos executivos de uma forma geral para que os passeios públicos de nossa cidade sejam adaptados para todos né de uma forma igualitária. E que é uma pauta que tenho falado inclusive com o Executivo para nós trazer essa transformação, porque tem lugares que além de não ter, só para terminar senhor presidente, além de não ter sinalizador, nós temos as calçadas todas irregulares. Então muito obrigado, senhor presidente e era essa. Quero saudar aqui os dois homenageados.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Amarante. Com a palavra o vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Senhor presidente, senhores vereadores e senhoras vereadoras. Cumprimentar a todos aqui presente nesta sessão. Cumprimentar aqui o Pablo Barretti, parabéns, já foram ditas palavras muito bonitas e eu me somo a elas, parabéns. Cumprimentar aqui o vereador Juliano pela homenagem aqui a nossa Universidade de Caxias do Sul. Cumprimentar aqui a doutora professora Fernanda Franceschini que nos brinda com a sua presença. E dizer que é sem dúvida um momento de reconhecimento da Universidade de Caxias do Sul, a UCS núcleo aqui de Farroupilha também né, e todo o seu o seu grupo de trabalho que compõe a universidade. Que muitos aqui foram e outros ainda são e outros serão alunos da universidade. Eu tive a oportunidade de fazer as minhas duas graduações em gestão pública, que foi o primeiro curso do Rio Grande do Sul organizado pela Universidade de Caxias do Sul, e depois do curso de Direito; aliás a Universidade de Caxias do Sul tem, a UCS, um conceito muito bom né no curso de Direito. Que a universidade ela propicia o conhecimento né que eu entendo que não é educação, é conhecimento; educação é hábito é comportamento né. Tem gente que tem diploma e não dá ‘boa tarde’, não dá ‘bom dia’, não cumprimento uma pessoa e tem diploma de curso superior. Então não é curso que te dá educação. O que te dá educação são os teus hábitos, o teu comportamento, a forma que você foi criado, mas a universidade da conhecimento é acho isso importante, isso muda muito você ter conhecimento. E falar em conhecimento, nós tivemos o primeiro contato com o grafeno né que, aliás, a universidade está dando show nisso aí, foi numa missão na Universidade de Mackenzie em São Paulo que eu tive a oportunidade de coordenar junto com um grupo de empresários e da academia de nós fazermos aquela visita e a UCS foi parceira e esteve junto lá. E hoje os resultados estão aí. Também a UCS foi nossa parceira na secretaria do desenvolvimento econômico do ‘coworking’ que hoje funciona na UCS, lá no núcleo de Farroupilha, e também na nossa semana do empreendedorismo onde a UCS pode fazer também palestra sobre inovação; sobre inovação que é um dos pilares importantes do conhecimento. Tanto assim que o lema da UCS eu acho que ainda é né ‘pés na região, olhos no mundo’, mas que mundo é esse né que nos desafia todos os dias, todos os dias nós somos desafiados a obter novos conhecimentos; só para concluir, senhor presidente; e o conhecimento ele muda muito rápido muito rápido. Nós ainda não temos ideia do quanto já mudou e nós ainda precisamos mudar para acompanhar a evolução. Então o conhecimento, a inovação, a tecnologia, a internet das coisas, a inteligência artificial, tantas coisas que vão acontecendo e vão acontecendo de forma tão rápida que a gente tem e terá ainda mais dificuldade de acompanhar. E eu não sei para onde esse mundo vai, mas tem que estar de olho. Parabéns. Parabéns, Juliano, aqui pela homenagem merecida.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Roque Severgnini. Mais alguém quer fazer uso da palavra? Se nenhum vereador quiser mais fazer uso da palavra coloco em votação no requerimento nº 57/2023. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os vereadores e subscrito por todas as bancadas. Requerimento nº 58/2023: congratulações a Serrana Imobiliária. A palavra está como o vereador Calebe Coelho pelo tempo de até 5 minutos.

VER. CALEBE COELHO: Alexandre e Ieda, sejam bem-vindos a nossa Casa, muito obrigado por estarem aqui. É uma honra para gente poder falar um pouquinho sobre vocês, porque afinal de contas lá se vão 45 anos de história né. E nesses 45 anos eu fico pensando não só quantos negócios quantos imóveis, mas quantos sonhos, porque afinal de contas comprar um imóvel/ter um imóvel/vender um imóvel é um sonho; quantos lares né, quantas famílias não foram abrigadas, quantas empresas não tiveram seu local. Então é muita história nesses 45 anos. Fundada em 1º de julho de 1978 por Darci Valim de Souza e Wilmar Pacheco de Oliveira, a Serrana atuava somente na área de compra, venda e locação de mercado imobiliário. No final dos 2.000 ainda em constante crescimento outra mudança foi realizada mantendo a ideia de praticidade e facilidade para os clientes. A Serrana mudou-se para a instalação que detém até os dias atuais e onde melhor criou raízes, na Rua da República; em 2021 a estrutura foi revitalizada passando por modernização da fachada e criação de novos espaços internos. Hoje a Serrana é administrada integralmente pela Família Souza: compõe o quadro social o fundador senhor Darci Valim de Souza, sua esposa senhora Corina Ruivo de Souza e seus filhos – Ieda de Souza, Milton de Souza e Alexandre de Souza, engenheiro e diretor-geral da imobiliária. Ao longo dessa trajetória, a Serrana construiu parcerias sólidas e relações de confiança, clientes e parceiros. Referencial no ramo imobiliário, conquistou destaque na oferta de projetos exclusivos e inovadores como o ‘aluguel sem fiador’ e pioneira com o programa ‘morei, gostei e comprei’, sendo esta uma marca registrada e exclusiva da Imobiliária Serrana. Então a vocês – aos diretores, aos proprietários e também aos 11 colaboradores especializados em compra e venda de imóveis nossos parabéns e nosso reconhecimento da sua grandeza pelos nossos 45 anos de crescimento juntos né afinal vocês cresceram como com toda cidade. Então muito obrigado por tudo. E só lembrando que no final disso então nós teremos fotos aqui em cima com todos os homenageados hoje tá. Muito obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Calebe. A palavra está à disposição dos senhores vereadores pelo tempo de até 5 minutos, 3 minutos desculpa. Com a palavra o vereador Felipe Maioli.

VER. FELIPE MAIOLI: Boa noite a todos novamente. Então diretor-geral Alexandre, Ieda, brevemente após esse currículo maravilhoso que o Calebe acabou de ler, parabéns, Caleb, pela tua indicação também, tenho só que parabenizar a família e a essa empresa sólida que se sustenta até hoje e tenho certeza que se sustentará por muito tempo. Sei de todas as dificuldades que uma empresa familiar pode gerar né no grupo, discordâncias, enfim, mas muitas coisas eu diria se nós colocarmos numa balança, tem muito mais coisas boas em empresas familiares do que coisas não tão boas assim. Então eu só tenho que parabenizar essa família incrível, dizer que vocês são sim uma referência na nossa cidade e para finalizar dar os parabéns de maneira simples, mas pode ter certeza que essa Casa está abraçando a família Souza muito forte para dar força, para continuar por muitos e muitos anos aí pela frente. Parabéns a toda a família. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Felipe Maioli. Com a palavra o Vereador Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Senhor presidente, agora sim né vereador Calebe pela iniciativa nós também colocamos para assinar junto esse requerimento né. Na pessoa do Alexandre e toda a família, parabéns por essa história né então tão bonita, uma história familiar de trabalho. Hoje o mercado imobiliário sem dúvida nenhuma é um dos mercados mais desafiadores da história né que ao longo da economia ele acaba alicerçando o poder econômico de uma cidade né e é assim de sul ao norte em todos os cantos desse Brasil. O mercado imobiliário tem uma presença fortíssima em todas as comunidades. E aqui pelo destaque da empresa de vocês então hoje a cidade através dos vereadores né dizem ‘muito obrigado’ pela história também familiar. Eu tenho testemunhado esse contato quando precisei até poucos dias né, era um domingo né, quando liguei e o Alexandre prontamente né me atendeu. Então eu sempre digo que quando a gente tem esse amor ao cliente, independente de fechar o negócio não né, é sinal que a gente tá no caminho certo né. Então também queria me somar e contem também com o vereador Tiago Ilha aí para sempre estar incentivando a história do empreendedorismo da cidade e vocês são figuras principais dessa história. Parabéns. Obrigado, senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Tiago. Com a palavra Vereador Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Parabéns ao engenheiro Alexandre, construtor Alexandre, professor Alexandre, gaiteiro; então tem temos aqui muitas atribuições sim né, Alexandre. Mas a empresa de vocês a Imobiliária Serrana que tivemos aí por vários momentos contato/negócio juntos, e tem o Milton do qual continuamos falando aí quase semanalmente. O conhecimento de vocês na nossa cidade está imbuído na base, na estrutura então vocês muitas vezes pode nos dar aconselhar tanto nós vereadores o próprio Executivo de alternativas para o nosso município. Vocês acompanham o dia a dia do andar do nosso município tanto nos empreendimentos de construção imobiliário, assim como também os loteamentos né; então vocês estão vivendo a cidade, o desenvolvimento e o crescimento, para que lado anda; o plano diretor, por exemplo, que estamos logo ali a estudar, eu imagino que você já esteve também em contato nas reuniões que já foi passado e já foi discutido na cidade. Então são várias atribuições que o conhecimento e a vivência de vocês com a cidade e com o município podem contribuir de forma voluntária, claro que fica ao entendimento de vocês, mas eu tenho certeza que vocês fazem isso ao longo da história junto com a empresa de vocês. Então esse envolvimento das empresas no dia a dia ela faz com que os políticos também passem a conhecer, basta conversar com vocês para ter ali todo um entendimento, todo uma gama de informações que pode nos auxiliar. Então quero parabenizar vocês, sucesso sempre, pela caminhada avante né; eu sei que vocês têm vários segmentos e acima de tudo teu pai, seu Darci, que hoje não sei como que está a atribuições, acho que a última que até vi vocês todos foi no sítio ali no São José. Então parabéns mais uma vez, sucesso sempre. Obrigado, presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Amarante. Com a palavra o vereador Marcelo Broilo.

VER. MARCELO BROILO: Obrigado, senhor presidente. Boa noite, colegas vereadores/vereadoras, nossa imprensa, pessoas que nos acompanham, ao Pablo e sua família, endossar novamente os parabéns, Pablo, a ti, vida longa. E falar o quê? 45 anos Alexandre e Ieda não é 45 meses né; é uma vida é um legado principalmente nos ramos dos negócios imobiliários. Então da minha parte parabéns novamente, vida longa, e mantenham essa premissa no atendimento ao cliente o foco total nele. Tive a oportunidade algumas vezes também de ser mais um bem atendido então continuem assim e que venha mais outros 45 anos. Parabéns.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Marcelo Broilo. Com a palavra o vereador Sandro Trevisan.

VER. SANDRO TREVISAN: Obrigado, presidente. Quero parabenizar aqui então, Alexandre e Ieda; Alexandre, amigo particular né. E dizer que 45 anos. A gente no nosso país né vereador Tiago e agora já faz um tempo que vem te aventurando com empresas e ter coragem né; no nosso país para colocar uma empresa tem que ter primeiro lugar muita coragem. Porque os nossos governos de maneira geral eles não tão muito interessados em ajudar, a quantidade de impostos que são cobrados sobre os produtos e às vezes a gente diz “ah, mas esses impostos são revertidos”. São revertidos, mas tem que aumentar o teu custo é maior e tudo fica mais caro. Então tem que ter muita coragem sim, tem que ter muita vontade sim; tem que passar um tempo a gente utiliza o tempo da vida eu tive a um tempo atrás também empresa e a gente utiliza um uma quantidade imensa o tempo da vida assim voltado àquele serviço; se não tiver dedicação, não tiver amor, não tiver vontade, conhecimento, tem que ser flexível. Então só parabenizar porque 45 anos de uma empresa. e a gente tem no Brasil uma quantidade absurda de empresas que abrem periodicamente todo ano velocidade absurda dessas empresas fecham em prazo de 6 meses em prazo de um ano. Têm muitas pessoas que resolvem colocar a sua empresa, sai do próprio serviço, eu quero ser um empreendedor e aí daqui um pouquinho aquele sonho da pessoa virou um pesadelo, porque ela não consegue dar conta de todos os custos que tem. Então que bom que tem 45 anos né significa que conseguiram vencer conseguiram se estabilizar. A gente só tem a agradecer em nome, a cidade de Farroupilha tem a agradecer, porque é mais uma empresa é mais uma instituição que vem aqui para ajudar com a nossa comunidade para desenvolver a cidade. Parabéns a toda a família. Parabéns pelos trabalhos que vocês trazem a nossa família. Parabéns pela coragem imensa por ter uma empresa no nosso país tá, só temos agradecer. Essa Câmara de Vereadores está hoje aqui homenageando vocês por aquilo que fazem pela nossa cidade. Muito obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Sandro. Com a palavra a vereadora Eleonora Broilo.

VER. ELEONORA BROILO: Bem, não podia deixar de me manifestar quanto as congratulações à Imobiliária Serrana. Primeiro quero parabenizar o vereador Calebe por mais essas congratulações, parabéns. Mas eu queria dizer que 45 anos realmente não são 45 meses, em 45 anos a gente tem tempo de crescer, de estudar, de casar, de ter filhos e até de ser avô; em 45 anos a gente faz muita coisa, mas muita coisa. E vocês fizeram, fizeram muita coisa não só pela empresa, mas por Farroupilha pelas pessoas. Então eu gostaria de parabenizar o diretor-geral Alexandre, a Ieda que aqui estão. Eu gostaria de congratular a todos que fazem parte desta empresa familiar. Porque empresa familiar tem uma coisa que a gente sempre tem que levar em consideração, a empresa familiar quando a família está unida em torno de um ideal a tendência é o crescimento e ao sucesso e é isso que vocês vem alcançando. Então mais uma vez parabéns que continuem assim. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, Eleonora Broilo. Mais alguém quer fazer uso da palavra? Fará uso da palavra o vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUES SEVERGNINI: Alexandre, parabéns aí por essa empresa tu e toda a sua equipe né e aos clientes né porque o maior patrimônio de uma empresa são os clientes né. Isso é o que dá lucro para uma empresa: é o cliente né ele é o nosso objetivo. A hora que a gente não tiver mais cliente não tem mais empresa por mais esforço que tenha. Então 45 anos né bom tratamento com o cliente, fidelizando e fazendo negócios. E eu fraternalmente discordo dizer que é ruim ser empresário no país; é bom, é bom ser trabalhador, é que tu tem que estar vocacionado para aquilo que tu quer fazer. Se você levantar todos os dias otimista e convicto daquilo que tu tá fazendo você faz 45 anos de história, faz 50, faz 100. Nós temos aqui na nossa cidade uma relojoaria que é a Relojoaria Milesi com 100 anos, está com 100 anos, é mais velha que Farroupilha e está ali com as portas abertas tocando o negócio. mas a imobiliária ela é uma prestadora de serviços né, ela não produz, ela presta serviço, então todos os dias tu tem que estar tendo um novo cliente/um novo negócio/um novo produto/uma criatividade e isso impulsiona, o cérebro da gente já tá sempre ligado. Porque tudo é venda né não existe nada que não seja venda. Tudo é venda. Se você vendeu você vai ter produto vai ter o seu resultado final. E vocês têm um conceito muito importante dentro da nossa cidade e vocês ajudam muito a cidade no sentido do desenvolvimento. Porque tá sempre, tem que estar sempre ligado como vai andar o setor público também; porque é errado dizer que o setor público não induz o desenvolvimento. ele induz sim. Pode ser para melhor ou para pior. por exemplo, o plano diretor que logo nós vamos estar votando aqui na Câmara dependendo como é que ele vai ser votado, não sei como é que ele vai vir, mas ele pode induzir mais ou menos negócio imobiliário né; ele pode induzir a construção civil que é um dos grandes motores da economia. Que aliás tem dados que está dando uma melhorada dando uma recuperada nesse setor, porque ele demora uns 4/5 anos para dar um ciclo né. Então dependendo como vai as coisas podem induzir para melhor ou para pior. Então com certeza nesses 45 anos vocês vivenciaram muitos momentos do crescimento da cidade, não sei quantos imóveis vocês compraram/venderam/alugaram, enfim, isso é uma questão interna de vocês; mas de qualquer forma a gente reconhece esse trabalho de vocês em meu nome aqui, do PSB, e do professor vereador Juliano. Parabéns.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Roque Severgnini. Mais alguém quer fazer uso da palavra? Se nenhum vereador quiser mais fazer uso da palavra coloco em votação o requerimento nº 58/2023. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os vereadores e subscrito por todas as bancadas. Encerrado o espaço de requerimentos.

 

 

 

 

MOÇÕES

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Não há moções. Passamos ao espaço de comunicação de liderança pelo tempo de até 3 minutos para manifestações sobre ações da bancada ou bloco parlamentar.

 

 

ESPAÇO DE COMUNICAÇÃO DE LIDERANÇA

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: Com a palavra o líder da bancada. Com a palavra o vereador Gilberto do Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Senhor presidente, eu quero falar nesta noite para os demais vereadores tivemos estivemos – eu, vereador Juliano, o vereador Roque e a vereadora Fran Bonaci – junto numa reunião com o Executivo hoje de manhã para tratar ali do acesso da Linha São Miguel do qual fomos muito bem recebido tanto pelo prefeito quanto pelo vice Jonas; aonde todos nós, tanto vereador como Executivo, está interessado em resolver aquela questão. Esse assunto ele começou a discussão muito forte aqui na Câmara de Vereadores no qual a gente fez algumas reuniões lá no local, na 122, no acesso, aonde a empresa nos apresentou um projeto e do qual este mesmo projeto a gente discutiu hoje e já estamos em tratativa para executar a obra. Uma obra aonde está ali comprometido de forma financeira a própria empresa, CSG, e o Executivo fará a terraplanagem na qual a gente já tinha proposto aqui nesta Casa. E o Executivo então se comprometeu de uma forma muito solidária e responsável também em executá-lo e o mais rápido possível neste acordo que foi feito junto a esta empresa de pedágio e junto, claro, aos vereadores que lá estavam. Então quero aqui agradecer os vereadores que tivemos que estiveram comigo do qual o próprio ‘Gasolina’ então ficou imbuído de marcar uma nova reunião e aonde irá nos convocar junto com a empresa que a empresa hoje, a CSG, não estava representada. Então se define essa reunião e depois para assim definir aí para executar a obra no prazo mais rápido possível, porque falando daquela comunidade ela continua sem acesso né. Então muito obrigado, senhor presidente, era isso que eu queria colocar essa noite.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Amarante. Com a palavra o vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Gostaria também de reforçar as palavras aqui do vereador Amarante e agradecer até integrantes da administração municipal que nos ligaram ontem aí convidando para reunião de hoje de manhã; onde estivemos presente aí um grupo de vereadores aí especialmente o vereador Amarante, vereadora Fran, a Juliano e eu. E reconhecer aqui o prefeito, o prefeito Fabiano Feltrin fez, acatou uma sugestão que foi dado por nós lá de fazer uma unidade em torno desse tema com a Câmara de Vereadores né e estabeleceu que o ex-vereador Arielson Arsego vai tratar esse tema com a  Câmara né, precisa ter relacionamento na Câmara para tratar os assuntos e ele então vai ficar o encarregado de conversar, e vamos unificar os esforços da Câmara de Vereadores da prefeitura municipal e da comunidade em torno do tema pare a gente possa ir para essas reuniões com a concessionária unido né, vereador Sutilli. Porque senão vai cada um de um jeito, enfim, não tem unidade. Então acho que isso foi bom foi produtivo e ficamos aí aguardando agora os próximos aceno aí para que a gente possa avançar no tema. Quem precisa ganhar com isso é Farroupilha e principalmente aquele acesso à comunidade de São Miguel que tem mais de 100 anos né que as pessoas utilizam aquele acesso. E não é que está com dificuldade, está sem o acesso, está sem. Então para acessar ali tu fica à mercê de cometer uma infração de trânsito e ser penalizado com uma multa né. Então acho que foi importante né essa reunião de hoje pela manhã e esperamos por mais reuniões assim. Obrigado, senhor presidente.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Roque Severgnini. Mais alguém quer fazer uso da palavra? Não havendo mais manifestação está encerrado o espaço de liderança. Passamos ao espaço de explicação pessoal aos vereadores pelo tempo de 2 minutos para falar de ações de seu gabinete ou assunto de interesse coletivo.

 

 

ESPAÇO DE EXPLICAÇÃO PESSOAL

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra vereador Juliano Baumgartner.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente e colegas vereadores/vereadoras. Primeiro reforçar fala dos meus colegas o Amarante e meu colega vereador advogado Roque, foi muito produtiva a reunião e sim dentre desses dois anos e seis meses que se passaram eu acho que foi a primeira ação que nós conseguimos dialogar entre os dois poderes com harmonia, com discurso de unidade e tentando achar uma solução. E aquilo que nós havíamos apresentado ainda lá maio ou até antes né, Amarante, foi levado à tona vai ser articulado com a concessionária e após isso será executado. Rose, tem umas fotos no telão ali que eu gostaria que tu colocasse; ontem deu um pequenininho problema. Questão de lixo. Uma das ações do nosso mandato é o gabinete móvel e duas casas que nós passamos, duas, as pessoas se queixaram para nós. É ali o arquivo Monte Verde. Lá na rua principal, Aurora, Argentina Dalla Riva Tartarotti foi feito um piloto, eu acho que tem que avaliar isso e ver o que pode ser feito. Hoje na situação que está lá não tem condições de permanecer; o que que acaba acontecendo? Infelizmente a gente sabe que há um problema educacional há um problema complexo em torno do lixo e o que nós constatamos lá visualizando: primeiro alguns containers deteriorado; segundo muito lixo que se acumulou no entorno; terceiro quando é depositado nos dias o lixo seletivo os catadores vão lá recolhem/jogam e muitas vezes o que que acaba, fica lixo espalhado e voa e vai para dentro das residências. Então o pessoal tem reclamado também dos odores e também não há um controle. E sim não tem como ficar controlando, só para mim concluir, senhor presidente, não tem como a ECOFAR ficar controlando quem coloca quem não coloca o lixo, se está no seco ou no orgânico. Então tem que se buscar uma alternativa, porque há uma reclamação gigantesca dos moradores de lá. Então eu trago para a gente refletir sobre esse assunto. E, vereador Marcelo, por gentileza, se puder levar esse tema junto ao Executivo te agradeço. Obrigado.

PRES. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, vereador Juliano. Mais alguém quer fazer uso da palavra? Não havendo mais manifestação está encerrado o espaço da explicações pessoais. Espaço do presidente.

 

 

 

ESPAÇO DO PRESIDENTE

 

PRES. MAURICIO BELLAVER: não há assunto. Nada mais a ser tratado nesta noite declaro encerrado os trabalhos da presente sessão ordinária. Boa noite a todos.

 

 

 

Mauricio Bellaver

Vereador Presidente

 

 

 

Calebe Coelho

Vereador 1ª Secretário

 

 

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa e Apoio Administrativo.