Pular para o conteúdo
20/05/2024 07:02:20 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 4290 – 13/06/2023

SESSÃO ORDINÁRIA

 

Presidência: Sr. Maurício Bellaver.

 

Às 18h o senhor presidente vereador Mauricio Bellaver assume a direção dos trabalhos. Presentes os seguintes vereadores: Calebe Coelho, Clarice Baú, Cleonir Roque Severgnini, Davi André de Almeida, Eleonora Peters Broilo, Eurides Sutilli, Felipe Maioli, Gilberto do Amarante, Juliano Luiz Baumgarten, Marcelo Cislaghi Broilo, Sandro Trevisan, Tadeu Salib dos Santos, Thiago Pintos Brunet e Tiago Diord Ilha.

 

 

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Boa noite a todos. Declaro aberto os trabalhos da presente sessão ordinária. Dada a verificação do quórum informo a presença de 15 vereadores nesta sessão plenária com a ordem do dia 13 de junho de 2023. Ordem do dia.

 

 

ORDEM DO DIA

 

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Em 1ª discussão o projeto de lei do executivo nº 09/2023 que altera a lei complementar nº 12/2002, com mensagem retificativa. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Orçamento, Finanças e Contas Públicas favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Felipe Maioli.

VER. FELIPE MAIOLI: Boa noite a todos. Senhor presidente, peço que o projeto de lei nº 09 permaneça em 1ª discussão.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: projeto nº 09/2023 permanece em 1ª discussão. em apreciação o parecer do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul referente a tomada de contas do legislativo/exercício de 2021, processo nº 000727-0200/21-2 gestão do vereador Tadeu Sales dos Santos. Pareceres: Tribunal de Contas pela regularização; Orçamento, Finanças e Contas Públicas favorável. a palavra está disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Marcelo Broilo.

VER. MARCELO BROILO: boa noite. obrigado senhor presidente. colegas vereadores, imprensa representada aqui pela nosso amigo Leandro Adamatti, pessoas que nos acompanham presencialmente e o pessoal de casa também. Bom, senhor presidente em relação ao parecer do Ministério Público de Contas do Estado a qual faço menção de ler aos demais pares e depois o exame da matéria pela relatoria também da comissão de finanças, orçamentos e contas públicas. Em relação então a parecer do Ministério Público nº 2490/2023 a qual justamente dispõe sobre as contas de gestão como regulares na presidência em 2021 do Tadeu Salib dos Santos e doutora Eleonora Peters Broilo como vice-presidente; o que o tribunal então arrola no seu parecer dizendo que nem existe, aliás, como inexistência de falhas passíveis de esclarecimentos e julgando pela regularidade das contas. Destaca ainda a inexistência de tutela de urgência de denúncias de representações de inspeções especiais ou extraordinários de processos de contas especiais ou de tomadas de contas especiais em andamento de responsabilidade do administrador no exercício sobre sob exame; a fiscalização não identificou inconformidades passíveis de serem esclarecidas sendo assim fora de parecer favorável. eu como relator então deste da matéria e com a anuência dos demais pares também da comissão de finanças e orçamento demos como favorável cumprindo a análise e proferindo parecer em relação ao que o ministério público de contas do estado do Rio Grande do Sul proferiu. segundo o parecer a fiscalização não identificou inconformidades passiveis de esclarecimento como já disse antes, e o Ministério Público pela regularidade das contas de Tadeu Saliba dos Santos/presidente e da senhora Eleonora Broilo como vice-presidente no exercício de 2021. deste modo este relatório é favorável ao parecer público de nº 2490/2023. em face do exposto então a comissão de finanças, orçamento e contas públicas deu parecer favorável senhor presidente. Muito obrigado e colocamos então em votação na presente noite.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Marcelo Broilo. Mais alguém quer fazer o uso da palavra. Se nenhum vereador quiser mais fazer uso da palavra coloco em votação a solicitação do vereador Marcelo Broilo para que o parecer seja votado nesta noite. os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Em votação o parecer do tribunal de contas estado do Rio Grande do Sul referente à tomada de contas do Legislativo/exercício de 2021 processo nº 000727-220200/21-2 gestão do vereador Tadeu Salib dos Santos. os vereadores que estiveram de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os vereadores. em segunda discussão no projeto de lei do legislativo nº 16/2023 que altera a lei municipal nº 4.192 de 09/12/2005. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Infraestrutura, Desenvolvimento e Bem-Estar Social favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente e colegas vereadoras/vereadores. Cumprimento à imprensa, doutor Isaías – presidente do PSB, o Pelicioli, Rogério – patrão do Ronda, a gente acaba esquecendo alguns nomes, nossa prenda Gabrielli voltou agora, enfim, todos os representantes do Ronda Charrua. O projeto então faz um tempinho que está tramitando pela Casa e hoje a tarde estive reunido eu, Gilmar, Marcelo e o Joel e nós debatemos sobre esse assunto e sim houve uma movimentação junto ao Executivo quando trouxemos a esta Casa o tema, que é um problema recorrente da nossa cidade os carros abandonados. E vimos que é um assunto e obviamente quando levantamos vimos que não era tão simples que não teria uma resolução fácil; inclusive o Joel comentava que há uma conversa avançada com o comando da brigada militar junto com o código de trânsito brasileiro, existe uma regulamentação para o Estado fazer esse recolhimento e ter um local. E tendo em vista que o município não colocará na prática por não ter um local de recolhimento e de guardamento desses carros não tem finalidade levar adiante; se for para colocar a lei só por colocar não tem sentido. E também cabe aqui referendar que eu vou mandar como indicação para o Executivo regulamentar, mas há uma necessidade sim de se fazer essa remoção desses carros e achar um método porque atrapalha muitos lugares. eu recebi uma foto do São Luís até eu ia mostrar na semana que se passou no telão onde que o mato tomou conta da parte inferior e ao lado do carro. Então tu pode ver que esse veículo está há anos há meses, perdão, parado ali e está abandonado. Mas precisa ter um destino.  então a gente viu inúmeras situações e mediante o que nós conversávamos hoje eu vou retirar definitivamente de pauta esse projeto e aguardamos que o Executivo mande uma legislação mais robusta e ache uma alternativa para junto com a brigada militar ou qualquer outro órgão assim fazer esse recolhimento e resolver um problema. e como o Joel disse né Marcelo estará sendo feito algumas ações sobre determinadas pautas junto com a brigada no que tange a questão do trânsito e será feito algo específico em algumas localidades para fazer esse viés e claro eu quero que o Cinquentenário esteja né; o Machado que é o presidente do bairro por diversas vezes me cobrava nas reuniões nas reuniões da UAB para tentar resolver o problema porque é algo complicado. ele relatava que na audiência pública que às vezes um vizinho compra uma sucata para botar perto para atrapalhar o outro vizinho, ele falou isso está registrado nos anais dessa Casa não sou eu que estou falando. Então eu retiro de pauta, mas com a certeza do dever cumprido; de ter proposto o debate junto à sociedade e acima de tudo que o Executivo busque mecanismos para resolver esse problema que é um problema sim social da nossa cidade e precisa resolução. obrigado senhor presidente.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano Baumgarten. Projeto nº 16/2023 retirada de pauta. Encerrado o espaço de discussão de projetos. Passamos a apresentação e deliberação dos requerimentos.

 

 

 REQUERIMENTOS

 

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Requerimento nº 49/2023: congratulação ao CTG Ronda Charrua. Passo a palavra ao vereador Calebe Coelho pelo tempo de 5 minutos.

VER. CALEBE COELHO: Boa noite a todos. É uma honra para nós recebe-los aqui, e devido a história bonita que está aqui eu vou ler para que fique registrado então na história dessa Casa também.  CTG Ronda Charrua foi fundado em 28 de Maio de 1953, primeira entidade tradicionalista na região colonial italiana e no nordeste do Estado, por um grupo de pessoas inspiradas no intuito de resgatar a história e os costumes do povo gaúcho. participaram da fundação os senhores Benito José Fattori, Ângelo Venzon Neto, Genaro Rodrigues e Wilson Capsi, com apoio do prefeito municipal senhor Jaime Rossler. A primeira sede foi o Turista Hotel localizado na Rua Júlio de Castilhos esquina com a Rua Independência onde havia um galpão nos fundos do terreno, que era ocupado para ensaios, reuniões, encontros de música e poesia. os estatutos foram copiados do 35 CTG com algumas modificações realizadas pelo senhor Benito José Fattori. Primeira patronagem: patrão – Ângelo Venzon Neto; tesoureiro – Genaro Rodrigues; peão – Ozari Varisco; secretário – Benito José Fattori. O CTG Ronda Charrua que teve como nome a união da peça de arar a terra utilizada pelos imigrantes italianos, a charrua, com a ideia de estar sempre de ronda prontos para viajar ou vigiar as coisas do Rio Grande; por isso o lema escolhido: pelo Rio Grande o rodeio das tradições. O patrono não poderia ser outro herói de dois mundos Giuseppe Garibaldi. Nas reuniões realizadas no Turista Hotel tomavam chimarrão, faziam poesias e declamavam, fumavam crioulo em palha. o primeiro evento foi uma festa de São João realizada na baixada do campo do Brasil a 23 de julho de 1953. participaram da fundação de outros CTGs. fizeram-se presentes no primeiro congresso tradicionalista em junho de 1954 e em todos os outros já realizados. o primeiro aniversário foi comemorado com um chimarrão festivo. nos diversos galpões que fez de casa: o Turista Hotel, o Clube Juvenil, Clube do Comércio, o antigo Fórum de Farroupilha, o Grêmio Esportivo Italex, o Círculo Operário Farroupilhense, o Clube Primeiro de Maio, o Salão Paroquial, a antiga sede o Rondinha inaugurado em 78 e a atual casa inaugurada em 1991.  o CTG Ronda Charrua foi sempre fazendo amigos. o CTG Ronda Charrua ao longo de sua história passou a ser referência no Estado sendo inspiração para outras entidades não só pela ousadia, inovação e coragem, mas também pelo seu trabalho sério/comprometido e que tem como principal objetivo fomentar a cultura gaúcha levando aos palcos a história viva de nosso Estado. Recebe constantemente convites para demonstrar seu trabalho e cultura para fora de sua querência levando o nome do Ronda e de Farroupilha para todo Estado e fora dele. tivemos o privilégio de levar nossa cultura além de nossas fronteiras ao Estado de São Paulo e aos países vizinhos argentinos e chilenos em festivais de folclore; e mais a honra de ter participado da FIFA Fan Fest no anfiteatro Pôr do Sol em Porto Alegre na abertura oficial da Copa do Mundo em 2014, levando nossa cultura para o mundo inteiro. A entidade hoje é constituída pela patronagem, departamento cultural, departamento artístico, departamento campeiro com o piquete ‘peão charrua’. Essa história não termina aqui ela apenas começou. queridos amigos então é com muita honra que o CTG Ronda Charrua aqui presente celebra seus 70 anos de história de valorização das tradições e costumes da cultura gaúcha. e nós sabemos que o trabalho é bastante difícil nos tempos que estamos hoje né, manter nossa cultura com toda a tecnologia e tablets né. nós sabemos que nossos jovens precisam muito de vocês e desse caminho que a gente dá que é a cultura gaúcha. Então, por favor, não desanimem, continuem o seu trabalho firmes e fortes pois vocês são orgulho para a nossa cidade. E gostaria então de pedir senhor presidente que fosse colocado em votação essa esses votos de congratulações a essa tão honrosa entidade que nos alegra tanto.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Calebe Coelho. A palavra está à disposição dos senhores vereadores pelo tempo de 3 minutos. Com a palavra o vereador Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Senhor presidente, queria cumprimentar as pessoas que estão aqui e também em casa né; em especial aos amigos do CTG Ronda Charrua né o Rogério e toda a patronagem, ao Luís que está já com uma vida inteira lá dentro também com identidade e empreendendo e levando o sabor também da nossa comida típica que é o churrasco. O CTG Ronda Charrua tem uma história sem igual na nossa comunidade e a gente até pediu para subscrever junto a esse requerimento né vereador Calebe por entender a importância que hoje a Câmara reconhece né essa história a qual eu tenho a alegria e a felicidade de também ter feito parte né Rogério. Então hoje a gente vê que a história do Ronda é a história que puxa a tradição na nossa cidade né. Foi através ou por iniciativa do CTG Ronda Charrua que todas as outras demais entidades acabaram se formando e se fortalecendo essa que é bem a verdade né; e que também através do Ronda Charrua manifestações de destaque da nossa cidade no cenário artístico cultural do Estado e do Brasil. então é vamos dizer assim o CTG que abriu os olhares da tradição gaúcha da dança/da música/da poesia do Estado para a nossa cidade de Farroupilha né. Então nada mais do que justo ter esse reconhecimento nessa noite e eu me somo dando os parabéns e me colocando à disposição né dessa entidade e que continue por tantos e tantos anos levando a nossa tradição gaúcha aí para nossa cidade.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Tiago Ilha. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Fará uso da palavra o vereador Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Boa noite senhor presidente, vereadores, vereadora e os que estão aqui nos assistindo e especial Ronda Charrua – Gabriela, Rogerio, o Luís, a Vera a nossa tesoureira. E o Ronda Charrua ele vem de uma história muito intensa na questão do tradicionalismo, Luís que vem lá do Fontoura né Luís de Soledade e aquela região e aos poucos implantando aqui a cultura gaúcha com a nossa primeira prenda. eu tive o privilégio de ter estado no Ronda Charrua por 10/12 anos de quase que diariamente né com nossos filhos, nossas crianças na época passaram pela pré-mirim, mirim, juvenil e depois seguir os seus caminhos; mas com certeza tendo uma base cultural tendo ali uma estrutura de família aonde a gente começa o envolvimento com a tradição e levam isso para sua vida. E eu tenho o privilégio de sempre quando eu vou lá no Ronda Charrua procurar as fotos dos meus filhos que se fizeram presente lá em vários rodeios/fest-mirim então foram tantos momentos de emoção; eu lembro uma vez por questão de pontinhos nós ganhamos ali com a gurizada o 2º segundo ficamos em 2º lugar do Fest-mirim em Santa Maria. Então era uma festa uma comemoração muito grande, sem falar dos ENART que o CTG ficou em 1º lugar; dançando na Europa depois de tantas coisas que foram construído através da nossa cultura gaúcha. e sempre teve o CTG como próprio Tiago Ilha falou foi o início da do desenvolvimento da cultura, acho que até se eu não me engano foi o segundo CTG do Rio Grande do Sul a ser construído ou ser estabelecido no Estado, o primeiro acho que é aquele de Porto Alegre. mas estamos aí e continua né continuamos entre os melhores do Rio Grande do Sul e que bom.  parabéns mais uma vez. é uma singela homenagem congratulações ao nosso Ronda Charrua.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Amarante. Com a palavra o vereador Davi.

VER. DAVI DE ALMEIDA:  Boa noite senhor presidente. Boa noite senhores vereadores. quero cumprimentar as pessoas que estão conosco aqui na Casa, cumprimentar aí os patriotas, doutor Isaías que está conosco e cumprimentar também o pessoal do Ronda Charrua. Rogério, meu amigo, né que traz com ele a tradição desses todos esses anos né e também a 1ª prenda que está aí, a Gabriele, e cumprimentar também o Luís, a Vera, as demais pessoas que estão conosco aqui. eu quero falar não tanto da tradição por que os colegas que me antecederam já falam com muita propriedade né, Tiago Ilha já fala com muita conhecimento da causa; mas eu quero falar mais é do final de semana é do churrasco mesmo. É de um churrasco lá né que a gente vai lá e se serve, é bem atendido por essa família Ronda Charrua e como é bom a gente ter vocês ali como referência e poder levar a nossa família lá e ter momentos agradáveis. Então o meu desejo é que essa data ela possa se repetir né por longo tempo e que vocês possam ter saúde aí para ir cumprindo a missão de cada um né levando a tradição e também sendo uma grande referência na nossa culinária do churrasco. um abraço a todos.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Davi. mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra o vereador Tadeu.

VER. TADEU SALIB DOS SANTOS: Senhor presidente e demais vereadores. Falar do Ronda é falar da minha história no tradicionalíssimo aqui em Farroupilha. eu ainda levo e vou levar para o resto da minha vida o momento que eu vivi junto ao Ronda que foi o antigo FEGART campeoníssimo e na época o patrão Noivar Pessin e eu vice-patrão do Ronda aonde Farroupilha viveu essa conquista. E dizer para o Eneas, o Luís vocês mantem vivo aquele momento espetacular do Ronda. eu tive o prazer de ter as minhas três filhas prendas do Ronda – tanto a Ariane, quanto a Aline e quanto a Amanda – e por último minha netinha como prenda dente de leite. então a família Ronda Charrua tornou para mim na minha história uma extensão da minha casa, na formação as minhas filhas eu tive também o Ronda Charrua como uma entidade forte que deu a elas também exemplos de lealdade com as cores da bandeira do Rio Grande e as cores da bandeira do Ronda Charrua. Nós entramos no Ronda quando ele ainda existia o acampamento na subidinha do Parque Cinquentenário. E eu quero dizer de que a família Ronda Charrua não poderia deixar passar esse 70 anos sem que recebesse as congratulações. Parabéns Calebe, parabéns, porquê o Ronda faz parte da formação de muitas pessoas, da formação da pessoa num todo. e como uma identidade cultural eu quero dizer do meu orgulho de pertencer ao Ronda Charrua até hoje. Parabéns a vocês. Vida longa ao nosso CTG. Parabéns

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Tadeu. Mais alguém quer fazer o uso da palavra.  Fara usa a palavra o vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Senhor presidente, senhores vereadores/vereadoras, pessoas aqui presentes, de modo especial o CTG Ronda Charrua né toda sua equipe que aqui está e que completou ou completa neste ano 70 anos. 70 anos por uma entidade não é pouca coisa. quantas entidades nós temos na nossa cidade ou na nossa região ou até no nosso país que completaram 70 anos né de uma história; não é 70 anos cartorial não é 70 anos documentalmente, mas é 70 anos registrando e marcando uma história cada vez mais viva dentro da nossa cultura do tradicionalista gaúcho. e não é a única entidade da cidade que se quiser vai no Ronda porque não tem outra opção, nós temos outras opções e que bom que tem né, mas o Ronda continua firme e forte com seus 70 anos. E tenho certeza que muita coisa boa já foi feito, mas o melhor deve estar por vir ainda porque é assim que a gente é. a gente olha para frente e vê um horizonte; quando a gente dá um passo em direção ao horizonte ele também se afasta da gente. mas alguém poderia perguntar para que que serve o horizonte? serve para que nós continuemos a caminhar a buscar os nossos objetivos e aprimorar aquilo que a gente já aprendeu fazer e fazer melhor. Porque o que era feito a 70 anos atrás com certeza foi aprimorado se melhorou e se mantém vivo ainda aquilo que se aprendeu lá atrás, mas de uma forma melhor. Porque o vereador Tadeu estava falando que a vida dele se confunde com o CTG, suas filhas/netas, e é difícil né você manter gerações em um CTG e competir né com todas as facilidades que tem hoje em dia nesse mundo líquido/virtual né; competir/tirar a gurizada de casa para ir lá para o CTG não é algo fácil. Então parabéns a todos vocês que de forma totalmente gratuita emprestam o seu trabalho, seus conhecimentos, a sua família, o seu tempo; e não é só gratuito né tem despesa para isso né, mas lá estão cada um do seu jeito, mas compondo aí a grande família a Ronda Charrua que por 70 anos orgulha e orgulha muito a nossa cidade. parabéns.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Roque Severgnini. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Se nenhum vereador quiser fazer mais uso da palavra coloco em votação o requerimento nº 49/2023. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os vereadores e subscrito por todas as bancadas. Encerrado o espaço de requerimentos. Passamos ao espaço de moções.

 

 

MOÇÕES

 

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Não há moções. Passamos ao espaço de comunicação de liderança pelo tempo de até 3 minutos para manifestações sobre ações da bancada ou bloco parlamentar.

 

 

ESPAÇO DE COMUNICAÇÃO DE LIDERANÇA

 

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Com a palavra o líder de bancada. Não havendo mais manifestação está encerrado o espaço de liderança. Passamos ao espaço de explicações pessoais aos vereadores pelo tempo de 2 minutos para falar de ações de seu gabinete ou assuntos de interesses coletivos.

 

 

ESPAÇO DE EXPLICAÇÃO PESSOAL

 

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten

VER. JULIANO BAUMGARTEN: senhor presidente e colegas vereadores. Bom, quero bem sucinto né me somar aos votos dos meus colegas vereadores, parabéns pelos 70 anos de muita história e muitos capítulos que serão escritos ao longo dos próximos anos. Eu quero usar esse espaço para falar de alguns assuntos. Primeiro a questão ontem eu fui procurado por duas senhoras que me entregaram esse abaixo-assinado por conta da questão de perturbação do sossego público, que era uma pauta que a gente vinha discutindo o ano passado e se cessou a comissão e não houve mais avanço. Então quero propor que se alguém tiver interesse, dos vereadores, até quinta-feira ou me contate ou contate o Gilmar para criarmos uma comissão e dar sequência nesse trabalho que foi começado e infelizmente não foi concluído. inclusive é um assunto que o Executivo sabe, mas vai vir o verão e vai voltar de novo esse problema todo; é um problema histórico e a gente tem que tentar achar um caminho uma alternativa. Eu recebi antes pelo WhatsApp do meu colega de bancada foi colocado sim uma espécie de um mini guard-rail lá no morro da Jacinta; então foi uma demanda que nós pedimos o ano passado. Acho que é importante mais um ponto de sinalização daquela comunidade para evitar possíveis acidentes principalmente com a questão da vida. e por fim quero comentar também uma das ações que nós temos tomado ciência e buscado é a questão da telefonia em Caravaggio. Então já tive algumas reuniões – ANATEL, vereador Ênio Grolli de Carlos Barbosa e algumas operadores – e fizemos uma solicitação pois a comunidade ficou fora do leilão da 5G e há uma necessidade da comunicação. algo que nós diríamos que no século XXI é assustador de ver que não pega sinal de telefone, só para concluir, sinal de telefone e internet. então é uma ação que nosso gabinete vem trabalhando nos últimos dias. Obrigado senhor presidente.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano Baumgarten. Mais alguém quer fazer o da palavra. Fará uso da palavra o vereador Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Senhor presidente, só para informar então amanhã à tarde a gente vai estar com Márcio, engenheiro da concessionária, ali no ponto da Linha São Miguel tentando aí buscar mais alternativa de facilitar aquele acesso. e sexta-feira nós vamos estar então umas 10h nós vamos estar com o Paulo da concessionária discutindo o mesmo assunto. então deixo aqui o convite para os demais vereadores. Muito obrigado.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Amarante. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Não havendo mais manifestação está encerrado o espaço de explicações pessoais. Espaço do presidente pelo tempo de 5 minutos para avisos e informações.

 

 

ESPAÇO DO PRESIDENTE

 

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: não há assuntos. nada mais a ser tratado nesta noite declaro encerrado os trabalhos da presente sessão ordinária. Boa noite a todos.

 

 

 

Mauricio Bellaver

Vereador Presidente

 

 

 

 

Calebe Coelho

Vereador 1ª Secretário

 

 

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa e Apoio Administrativo.