Pular para o conteúdo
12/06/2024 22:50:29 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 4284 – 23/05/2023

SESSÃO ORDINÁRIA

 

Presidência: Sr. Maurício Bellaver.

 

Às 18h o senhor presidente vereador Mauricio Bellaver assume a direção dos trabalhos. Presentes os seguintes vereadores: Calebe Coelho, Clarice Baú, Cleonir Roque Severgnini, Davi André de Almeida, Eleonora Peters Broilo, Felipe Maioli, Gilberto do Amarante, Juliano Luiz Baumgarten, Marcelo Cislaghi Broilo, Sandro Trevisan, Tadeu Salib dos Santos, Thiago Pintos Brunet, Tiago Diord Ilha e Volnei Arsego.

 

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Boa noite a todos. Declaro aberto os trabalhos da presente sessão ordinária. Dada a verificação do quórum informo a presença de 13 vereadores nesta sessão plenária com a ordem do dia 23 de maio de 2023; ausente os vereadores Thiago Brunet e vereador Calebe Coelho com ausência justificada. Ordem do dia.

 

ORDEM DO DIA

 

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Em 1ª discussão o projeto de lei do executivo nº 09/2023 que altera a lei complementar nº 12/2002, com mensagem retificativa. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Orçamento, Finanças e Contas Públicas favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição do senhor vereador Felipe Maioli.

VER. FELIPE MAIOLI: boa noite senhor presidente, projeto de lei nº 09 peço que permaneça em 1ª discussão.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: permanece em 1ª discussão. em 1ª discussão o projeto de lei do executivo nº 17/2023 que altera a lei municipal nº 4.056, de 10/9/2014. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Orçamento, Finanças e Contas Públicas favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Felipe Maioli.

VER. FELIPE MAIOLI: senhor presidente, boa noite a todos que estão aqui nos assistindo. então o projeto de lei nº 17, de 20/4/2023, que altera a lei municipal nº 4.056 de 10/9/2014 é um projeto muito importante que vem ao encontro dos desejos de muitas pessoas envolvidas visto que os agentes comunitários de saúde e os agentes de combate às endemias estão preparados para orientar as famílias tendo como atribuição o exercício de atividades de prevenção de doenças e promoção de saúde e controle de endemias e seus vetores mediante ações domiciliares ou comunitárias, individuais ou coletivas, desenvolvias em conformidade com as diretrizes do SUS, substituindo o modelo tradicional de assistência orientado para cura de doenças em hospitais. sendo assim faz-se extremamente necessário a garantia de que os mesmos sejam mantidos em seus postos de trabalho e que estejam recebendo remuneração justa e condigna com a importância vital de suas tarefas que, via de consequência, gera economia aos cofres públicos no tratamento de doenças e contribui para o desenvolvimento do nosso município fazendo jus ao adicional por tempo de serviço e ao prêmio assiduidade. Ademais a emenda constitucional nº 120 publicado em 5/5/2022 dispõe que o vencimento dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias não será inferior a dois salários mínimos, repassados pela união aos municípios aos estados e aos distritos federais. Diante do exposto, consideramos a necessidade de adequação da legislação municipal, submetemos o mencionado projeto de lei a elevada apreciação de vossas excelências e solicitamos a sua apreciação e decorrente aprovação. Então senhor presidente gostaria que esse projeto seja posto em votação nesta noite.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Felipe Maioli. Registrar a chegada do vereador Thiago Brunet às 18:08. Mais algum vereador quer fazer uso da palavra. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente, colegas vereadoras/vereadores, imprensa, cidadãos e cidadãs que se fazem presentes aqui nessa noite e um cumprimento especial aos agentes horário de saúde e agentes de endemia que hoje se fazem presente nesta Casa. Acho que é um projeto de suma importância, um projeto legítimo e que vem no momento certo após lá em dezembro do ano passado a bancada do PSB liderada pelo meu colega vereador advogado Roque e com apoio deste vereador nós discutimos na Casa e nós ouvimos aqui neste plenário e nós ouvimos na imprensa que estava tudo certo; não estava tudo certo afinal o projeto está aqui. Muitas vezes essas quedas de braço elas não resolvem, mas pautar o debate público do interesse em ações como essa são fundamentais no avanço na conquista dos direitos básicos que são necessários para os nossos trabalhadores. Aqui eu reitero, já faço obviamente que manifesto meu voto favorável a proposição, e parabenizo o trabalho que eles vêm fazendo, que são poucos, precisa urgentemente aumentar os agentes de saúde para atender nas ruas/nas comunidades. Quando eu faço o gabinete móvel eu tenho ouvido muito falar: precisamos agente de saúde no nosso bairro e os agentes de endemia. Parece que chegou um dado até mim por uma pessoa que tem cerca de 200 focos de dengue na cidade e tem seis agentes na rua e precisaria 48. Ou seja, há uma defasagem considerável e precisa sim a reposição. Então além disso que eu externo também no ano passado em indicação nossa, da bancada, sugerimos o 14º salário que é previsto e que os agentes tem como receber esse recurso que parte do governo federal, ou seja, pinga na conta do município; basta o que? Legislação. Então vai também vereador Felipe eu sei que tu tem se empenhado, o vereador Broilo, tem que levar essa pauta. Nós precisamos valorizar os nossos servidores os nossos trabalhadores as nossas trabalhadoras. Então voto favorável. Que bom que o executivo voltou atrás ouviu os vereadores e está mandando o projeto que depois de aprovado vai para sanção do prefeito; e que seja o quanto antes porque a gente sabe o como a diferença no documento formal/registral faz no dia a dia seja na organização financeira seja na prestação de contas. E o que está sendo feito hoje? Justiça. Isso essa é minha manifestação. Obrigado senhor presidente. Voto favorável.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano Baumgarten. Com a palavra o vereador Davi.

VER. DAVI DE ALMEIDA: Boa noite senhor presidente. E boa noite senhores vereadores/senhoras vereadoras, as pessoas que estão conosco aqui na Casa. Quero cumprimentar os agentes de saúde que estão aqui conosco que fomos colegas de trabalhos por algum tempo e estão aqui num merecido momento. Quero cumprimentar também o pastor Luiz de Bairro também que hoje representa o conselho de pastores aqui, é uma alegria receber o senhor mais uma vez nessa Casa; cumprimentar também o pastor Flávio juntamente com todos os irmãos da igreja Assembleia de Deus/Ministério Sul – ADMS, uma alegria recebe-los também e os demais que estão nos acompanhando. Na saúde muitas coisas são importantes, acredito que tudo é importante doutora Eleonora na saúde, mas os agentes de que estão todos os dias tanto na casa das pessoas, na rua ou atendendo as demais demandas são essenciais. Me lembro que quando cheguei na secretaria da saúde faltavam algumas coisas e a gente por algumas vezes se reuniu e sentou para buscar soluções; em muitas nós tivemos êxito. E hoje não é diferente hoje nós estamos aqui nesse projeto de lei para trazer realmente aquilo que é de justiça para todos vocês, valorizando o trabalho valorizando o dia a dia de vocês. Lembrando que está lá na ponta não é muito fácil você se enfrentam as adversidades todos os dias né. Eu me lembro que às vezes a diversidade era um computador né que as vezes não se tinha e que a gente tinha que fazer uma manobra né para conseguir um computador. Então realmente vocês são heróis e heroínas que estão lá todo o dia no campo trazendo soluções, ouvindo as pessoas; não deixa de fazer um trabalho de cura também porque às vezes só ouvir as pessoas elas se sentem melhor e vocês seguem o trabalho. Então quero dizer para vocês que é uma grande alegria ter vocês aqui na nossa cidade. A gente sabe que a muitas coisas ainda de ser melhoradas, muitas pessoas que precisam chegar para ajudar o trabalho, ele é gigante, aumentar as áreas de cobertura de estratégia de saúde da família; tudo é muito importante, mas é passo a passo, construção após construção. E o que me alegra é saber que quando estive lá na frente da saúde, colega de vocês, a gente foi construindo um pouquinho e a gente vê essas construções seguindo conosco aqui na Casa também. Então parabenizo vocês parabenizo essa Casa também que recebe esse projeto, o Executivo, e o meu voto senhor presidente é favorável nessa noite.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Davi. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra o vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Senhor presidente e senhores vereadores. Cumprimento aqui o pastor Luiz de Bairro, cumprimentar o ex-prefeito Pedro Pedrozo, a imprensa que aqui se faz presente; cumprimentar as pessoas que estão aqui no plenário e de modo especial aos agentes comunitários de saúde e aos agentes de combate às endemias. aproveitar para dizer que fui visitado na minha casa, está aqui os meninos que estiveram lá, parabéns pelo trabalho de vocês estavam lá fazendo as espera lá para os ovos dos mosquitos da dengue né. eu tenho certeza que coletaram muitos. Bom, primeiro é bom ver novamente vocês aqui neste plenário porque no dia 5 de dezembro do ano passado, de 22, vocês estiveram aqui e honrosamente você ergueram aqui uma placa ou várias placas reivindicando os direitos de vocês. isso não é afrontar o poder legislativo e nem tampouco afrontar o poder executivo. isso é lutar pelos nossos direitos, isso é lutar pela nossa dignidade. nós tivemos recentemente um episódio deplorável na Espanha onde que o jogador, o Vinícius né, foi imputaram a ele o racismo e ele se indignou e ele receber um cartão vermelho, foi expulso, por conta de ter se indignado com essa cruel né questão do racismo. vocês aqui levantaram a bandeira em defesa dos direitos de vocês e isso está certo, não é afrontar ninguém pelo contrário é digno de elogios. e naquela mesma noite eu lembro que eu fiz o uso do grande expediente apresentando aqui uma sugestão ao prefeito municipal, uma sugestão construída pelo nosso partido pelo ex-prefeito Pedrozo, Juliano e outras pessoas que nos ajudaram e também outros vereadores, e nós tivemos também uma manifestação na imprensa em relação a isso; e a imprensa é importante porque a imprensa leva esse clamor da sociedade para todos os lares e isso também repercute nos meios políticos. e eu lembro também que o secretário de gestão e governo, meu colega advogado inclusive, Rafael Colloda ele fez uso dos microfones da imprensa para dizer que não que não havia nenhum problema com relação ao piso salarial, que estava certo. Que bom que ele voltou atrás. Não sei se essa também foi se esse também era o entendimento do prefeito ou não, mas que bom que voltou atrás. mas eu tenho certeza que aqui tem a mão de muitos vereadores da base também que sentem aqui quando as pessoas veem porque lá no gabinete não vai porque o prefeito não abre as portas lá. Lá vocês não são recebidos. Aqui nessa Casa com todas as críticas que tem a ela, ela está aberta, aqui entra quem quer contanto que faça os seus manifestos de forma ordeira e respeitosa tá aberto aqui para todo mundo. essa é a diferença do parlamento e do executivo. No Executivo nem sempre pode-se receber, mas poderia receber com mais frequência poderia receber com mais frequência. Então é uma conquista não nossa é uma conquista de vocês porque nós isoladamente se nós fizéssemos mil discursos aqui não teria tanta força quanto teve o movimento que vocês fizeram nessa Casa. e essa Casa fez a parte dela, todos vereadores aqui, de fazer chegar a nossa reivindicação feita da tribuna aqui lá no executivo municipal e entender que estava errado e estava se cometendo uma injustiça com vocês; como se já não bastasse pouco efetivo que se tem. Porque quando eu falo aqui que não se viu mais os agentes de endemias, de combate às endemias, e não se viu mais os agentes comunitários de saúde não é porque vocês não estão trabalhando; pelo contrário, vocês estão trabalhando muito mais do que já trabalhavam. O problema é que reduziu o número. Farroupilha aumentou as demandas e reduziu o número de pessoas que estão nesse trabalho. eu vou pedir o espaço de liderança senhor presidente. e por isso e por isso mesmo é que nós estamos enfrentando uma infestação de mosquitos, uma infestação de mosquitos da dengue como jamais se viu em Farroupilha. nós tivemos casos de estar numa reunião lá no bairro Monte Pasqual, eu não canso de dizer, e uma mulher levou um pote com mosquitos da dengue e entregou para o secretário de saúde. naturalmente que o secretário de saúde se espantou, mas ficou por isso mesmo. os mosquitos ficaram fazendo a festa e a gente ainda temos aqui o inverno que ajuda um pouco né nesse quesito e aí diminui. Mas hoje não é nenhuma estranheza dizer que a gente encontra mosquitos da dengue dentro da nossa casa. você vê esse mosquito não existia é um mosquito que está familiarizado por que? Porque não se fez mais aquele trabalho de casa em casa/de porta em porta falando, orientando, educando, explicando, prevenindo, dizendo quais são os malefícios desse mosquito. nós percebemos que de uns anos para cá a cobertura vacinal no nosso país diminuiu também, não tô falando de vacina da covid tô falando da vacina das crianças; por que? Porque se deixou de lado e não se orientou mais. Então a mesma coisa é em relação ao mosquito da dengue. quando você não tem campanhas, você não tem orientações, você não tem visitas vai ficando para trás. quando as agentes de saúde não tem número suficiente para visitar as casas vai ficando para trás. só para fazer uma relação aqui, uma correlação, a prefeitura de farroupilha abriu mão de assinar, por exemplo, o convênio para ter o mais médicos em Farroupilha; está abrindo mão de médicos e assim acontece com os agentes de endemias, assim acontece com os agentes comunitários de saúde. então eu quero parabenizar a todos que se empenharam especialmente aqui os vereadores e tenho certeza aqui que teve o empenho dos vereadores da base também para sensibilizar o prefeito e dizer: olha a gente precisa olhar para a realidade do nosso município, o mundo real é bem diferente número da internet. tu ver coisas na internet que na vida real são muito diferentes e essa questão dos agentes comunitários e dos agentes de endemia é uma situação que ela bate na porta de cada um no dia a dia. e a dengue não escolhe classe social, não escolhe raça, sexo, ela está em todo o nosso município. Então vamos votar esse projeto e vamos dar a esses trabalhadores dignidade, respeito a sua profissão e que a gente possa cumprir a lei que não é nada mais nada menos do que cumprir a lei. obrigado

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Roque Severgnini. com a palavra o vereador Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Senhor presidente boa noite. Boa noite vereadores boa noite vereadoras. Quero dar boa noite ao Pedro Pedrozo, a nossa imprensa, todos os demais, o pastor e todos os demais que estão aqui esta noite presentes. Quero dar os parabéns a esses trabalhadores que trabalham aí no dia a dia com as endemias e que antes estavam na secretaria da saúde né e hoje estão no pró-saúde. Eu sou sincero em dizer com vocês não sei como está o trabalho de vocês. Claro que eu vi vocês talvez diminuiu a equipe, mas eu vejo menos vocês na rua e eu círculo bastante; de repente diminuiu e não sei como está o trabalho de vocês a nível de carga de trabalho porque o que se vê é muitos focos né. Acho que nós tivemos um verão diferente tivemos aí uma situação do próprio, enfim, da do próprio clima né diferente esse ano que provocou ainda mais o mosquito a se proliferar. E aí em vez de nós aumentarmos nós diminuímos. E quando nós falamos as vezes em gasto no governo ele está muito atrelado aos serviços prestado para uma comunidade né, ou nós atendemos dos serviços e os serviços primários esse serviço já estava instalado em nosso município. Então como o vereador Roque e o vereador Juliano já citou foi falado há um tempo atrás sim de ajustar os valores na carteira profissional de vocês que entre aspas vocês recebem meio que de penduricalho sim o valor, mas se um dia vocês quiserem utilizar até para acertos né num referido contrato de trabalho ou então na aposentadoria vocês vai estar o que está ali no de fato e o penduricalho ele nunca vai junto. Quero dizer que votarei sim favorável. Parabéns a vocês parabéns ao trabalho que vocês fazem. Claro que me traz uma preocupação porque ontem também falei com o pessoal da secretaria de obras, pessoas que me encontram na rua, há um descontentamento da forma que o Executivo está tratando os profissionais. Entendo que eu acho que vocês estão tratando muito bem também estão tratando muito bem também porque a uma reclamação a um descontentamento e é uma preocupação desses vereadores por que? Porque nós queremos que a nossa cidade funcione de forma harmônica e para isso vocês tem que estar tem que estar bem também né, tem que estar de bem consigo e de bem com o seu contratante. Nós temos a própria guarda municipal que aqui estamos discutindo a bastante tempo porque a gente não vê ela também mais nas ruas. Então eu voto favorável ao projeto de vocês. Quero dizer que sim quando nós falamos em economia é importantíssimo, mas o serviço básico a segurança a vida nós não podemos deixar faltar porque de repente nós demos uma maquiada né e achamos que está tudo bem e não está. Então parabéns a vocês aí para estar na rua aí no dia a dia. Muito obrigado.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Amarante. Com a palavra o vereador Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Senhor presidente, colegas vereadores e vereadoras. eu quero cumprimentar a todas as pessoas aqui presentes e em especial ao pastor Luiz de Bairro, nosso amigo, que hoje vai participar aqui num momento importante né e histórico dessa Câmara que é a votação também do projeto nº 23 né que concede a ele o título de cidadão honorífico e posteriormente né na sessão solene que deve acontecer lá em agosto. na pessoa do Luiz queria cumprimentar toda a igreja que tá aqui presente, também os membros, enfim, a comunidade que nos acompanha de casa, o Pedrozo nosso sempre prefeito que estava por aqui. quero dizer que também a gente obviamente que é favorável a esse projeto de lei. e às vezes eu não gostaria que o agente de endemia fosse colocado muitas vezes como em alguns momentos da história é colocado na nossa cidade como uma obrigação né. A gente às vezes coloca uma falta de valorização ao profissional que não é só agente de endemia no controle como o vereador Roque falava aqui, ele também tem um papel crucial em outras situações porque ele é um agente público dentro da casa das pessoas né.  tenho certeza que vai muito além de só olhar as situações de endemia; às vezes vai ter informação de segurança pública, às vezes vai ter informação de maus tratos a crianças, às vezes vai ter informação de outras situações né. e a nossa cidade enfrenta um problema que logo vai ser pauta de discussão nessa Camara acredito que sim que é o aumento absurdo pastor Davi de roedores. Hoje eu fui também em duas situações aqui na cidade, no centro da cidade, de invasão de roedores né. um problema que tá inclusive hoje conversei com uma pessoa que veio de outro município para fazer o estudo aqui porque aqui que está pior que os outros municípios da região. E que isso não tá publicamente né externizado e a gente tá vendo isso in loco na casas das pessoas. então a gente precisa valorizar o agente de endemias, esse profissional que tem um papel muito importante né e que neste momento nessa noite nós somos totalmente favoráveis a esse projeto senhor presidente.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Tiago Ilha. Com a palavra vereadora Clarice Baú.

VER. CLARICE BAÚ: Obrigado presidente. Boa noite presidente, boa noite todos os colegas vereadores, aqueles que estão aqui nos prestigiando nessa noite e aqueles que nos assistem de seus lares também, a imprensa e todos os funcionários da Casa Eu entendo e tive aqui uma passagem rápida pela secretaria de saúde e aqui não se tem que se discutir a importância dos agentes comunitários; é de suma importância, imprescindível, o trabalho deles porque eles entram como disse o vereador Tiago na casa das pessoas. Ali não identificam só a questão de saúde que foram chamados ou estão ali fazendo o levantamento; lá pode ter violência contra as mulheres, contra os idosos e o agente está aí e percebe porque eles são profissionais da área, são qualificados para essas questões. Então não se resolve só as questões de saúde e sim as questões as vezes de toda uma comunidade e para isso precisamos sim valorizar o trabalho e uma das maneiras é a questão do salário. Porque se estão trabalhando precisam ganhar bem né. Eu acho que é uma forma de o Executivo valorizar o trabalho é esse projeto aqui. então estamos todos de parabéns porque todos nós como disse o colega Roque construímos esse projeto, ao longo do tempo que estamos aqui construímos juntos com o Executivo esse projeto. estamos todos de parabéns. E parabéns pelo trabalho que vocês fazem no dia porque a gente sabe que não é fácil. Obrigada presidente.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereadora Clarice Baú. mais alguém que fazer uso da palavra. Se nenhum vereador quiser mais fazer uso da palavra coloco em votação a solicitação do vereador Felipe Maioli para que o projeto seja votado nesta noite. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Em votação o projeto de lei do executivo nº 17/2023 que altera lei municipal nº 4.056 de 10/9/2014. os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os vereadores. Em 1ª discussão o projeto de lei do legislativo nº 09/2023 que proíbe o manuseio, a utilização, a queima e a soltura de fogos de artifício e artefatos pirotécnicos de/com estampido ou qualquer outro efeito sonoro ruidoso no município de Farroupilha. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Infraestrutura, Desenvolvimento e Bem-Estar favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente e colegas vereadores, peço que permaneça na Casa em discussão.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Permanece na Casa. Em 2ª discussão o projeto do legislativo nº 15/2023 que fixa restrições para a nomeação de cargos comissionados e conselheiros municipais. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Orçamento, Finanças e Contas Públicas favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente, eu solicito a retirada desse projeto da pauta, o projeto nº 15, da minha autoria. Obrigado.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: O projeto nº 15 retirada de pauta. em 2ª discussão o projeto do legislativo nº 16/2023 que altera a lei municipal nº 4.192 de 09/12/2005 [sic]. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Infraestrutura, Desenvolvimento e Bem-Estar favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente, solicito permaneça em 1ª discussão o referido projeto. É 1ª ou 2ª não lembro agora. Bom, 2ª, mas vai ficar na Casa.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: O projeto nº 16 permanece em 2ª discussão. em 1ª discussão o projeto de lei do legislativo substitutivo nº 17/2023 que dispõe sobre a educação ambiental, instituindo a política de educação ambiental no município de Farroupilha. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Infraestrutura, Desenvolvimento e Bem-Estar favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: gostaria que permanecesse também em 1ª discussão senhor presidente.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Permanece em 1ª discussão o projeto nº 17. Em 1ª discussão do projeto de lei do legislativo substitutivo nº 19/2023 que institui no município de Farroupilha/RS a semana municipal de conscientização do espectro autista. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Infraestrutura, Desenvolvimento e Bem-Estar favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente e colegas vereadores, eu também peço que fique na Casa. estava conversando com pessoal da AMAFA e da MOAB para se fazerem presentes acompanhar o debate desse projeto importante. Então permaneça em 1ª discussão. Obrigado.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Projeto nº 19 permanece em 1ª discussão. Em 1ª discussão no projeto de lei do legislativo nº 23/2023 que concede título honorífico de cidadão de Farroupilha ao Sr. Luiz de Bairro. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Infraestrutura, Desenvolvimento e Bem-Estar favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição do senhor vereador Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Senhor presidente, então gostaria de colocar em votação em regime de urgência nessa noite o projeto de lei nº 23 que concede o título honorífico ao cidadão de Farroupilha ao senhor Luiz de Bairro, nosso querido pastor. É concedido o título honorífico de cidadão de Farroupilha ao senhor Luiz de Bairro, em conformidade com as disposições da lei municipal nº 594, de 13/11/1962, com as modificações inseridas pela lei municipal nº 1.248, de 18/11/1981; no artigo 2º: serão atendidas por dotações orçamentárias próprias as despesas por ventura resultante dessa lei. Essa lei entra em vigor da sua publicação né este vereador Tiago Ilha. Então para nós é uma alegria uma honra né de ter a oportunidade na condição de vereador de estar aqui colocando através da bancada do republicano e aqui eu quero também dizer da importância do nosso sempre vereador do republicano Paulo Telles, nosso primeiro suplente de vereador, que muitas vezes já sentou nessa cadeira, na decisão né nossa de trazer essa indicação né. o Paulo tem me contado muito né sobre o dia a dia do Luiz que a gente não conhecia; não só o Luiz que trabalha já há muitos anos na nossa cidade que faz um trabalho social, afetivo, um trabalho de acalentar pastor Davi as almas no momento que a gente mais precisa né. a gente precisa que a vida tenha pessoas de fé, de família e de bons princípios. Então conversando muito com o Paulo nós tínhamos a certeza que essa indicação era uma dedicação justa e honrosa no ponto de vista da Câmara Municipal Pedro Pedrozo pela figura do seu Luiz de Bairro né. Atuante a muitos nãos fazendo e liderando movimentos da igreja evangélica aqui né pastor Davi então a gente precisa reconhecer isso. e quem nós seríamos em condição de vereadores se não tivéssemos a prerrogativa de reconhecer. E quando nós estamos apresentando para ser votado na noite de hoje não é somente o vereador Tiago Ilha que tá aqui colocando né, são todos os vereadores que estão aqui colocando e que no momento oportuno e necessário já vamos lá por meados do dia 14 de agosto tudo indica que vamos fazer uma grande sessão solene né de outorga desse reconhecimento de cidadão honorífico. No primeiro mandato eu tive a felicidade de indicar um homem da tradição gaúcha: Alexandre Batisti, gaiteiro, um homem simples com uma alma grandiosa. e agora eu tenho a honra pastor de indicar o senhor, também um homem que leva na sua história no seu DNA e na sua cronologia uma vida dedicada a comunidade. então não poderia ser de outra forma se não a Câmara de Vereadores lhe conceder esse título justo e merecido. Para tanto então senhores vereadores e senhor presidente eu gostaria de colocar em votação na noite de hoje.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER:  Obrigado vereador Tiago Ilha. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra o vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Senhor presidente e senhores vereadores. quero cumprimentar aqui o pastor Luiz de Bairro; parabéns e parabéns ao vereador Tiago Ilha pela proposição e pela escolha em homenagear com o título de cidadão honorífico de cidadão de Farroupilha o pastor Luiz de Bairro. E certamente esse título pastor ele é extensiva todos os membros da sua igreja e de todas as igrejas independente de qual congregação, mas de todas aquelas que praticam a fé, praticam a esperança, praticam a paz e que a gente possa sempre estar reconhecendo essas pessoas que praticam o bem pela nossa cidade. A nossa cidade não se constrói sozinho cada um constrói um pouquinho, cada um tem a sua construção; a gente olha para trás o que cada um conseguiu botar qual é o tijolinho que cada um colocou nessa cidade para que ela pudesse ser hoje o que ela é. agricultores, pastores, padres, fieis, trabalhadores, empresários, homens e mulheres de todas as crenças estiveram e estão empenhados em construir essa cidade. E que bom que nós estamos aqui nesse momento para aprovar esse projeto de lei que concede esse título. E teremos aí logo à frente né vereador Tiago Ilha a oportunidade de fazermos nessa Casa então uma justa homenagem. nós já fomos vizinhos né pastor e nem e eu nem você pensava de um dia estarmos aqui nos encontrando então sempre é bom preservar as boas vizinhanças os bons amigos né, nunca se sabe quando a gente vai se encontrar. Vai saber ali adiante como vamos nos encontrar né. E é de encontros e reencontros que a vida é feita. Então parabéns vamos votar favorável. eu peço ao presidente vereador Maurício que se possível consultar o plenário sobre a possibilidade de eu me ausentar da sessão para estar participando de uma reunião do SINTRAFAR lá na comunidade de Machadinho, que vão discutir sobre a questão da segurança das máquinas agrícolas, dos homens e mulheres aí, que trabalham na agricultura. Obrigado senhor presidente.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Roque Severgnini. todos concordam que o vereador Roque vai sair por um motivo muito importante. Todos, todos concordam? Então faça bom proveito vereador Roque. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Se nenhum vereador quiser mais fazer uso da palavra coloco em votação a solicitação do vereador Tiago Ilha para que o projeto seja votado nesta noite. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Em votação o projeto de lei do legislativo nº 23/2023 que concede o título emérito de cidadão de Farroupilha ao senhor Luiz de Bairro. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos vereadores. Encerrado o espaço discussões de projeto. Passamos a apresentação e deliberação dos requerimentos.

 

REQUERIMENTOS

 

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Requerimento nº 41/2023: congratulações ao grupo Feltrin. A palavra está com o vereador Sandro Trevisan por até 5 minutos.

VER. SANDRO TREVISAN: Boa noite presidente, senhores vereadores, senhoras vereadoras, público presente. Eu gostaria que o requerimento de nº 41 e também o requerimento de nº 43 ficasse na Casa tendo em vista que o proponente dos dois requerimentos é o vereador do Calebe e hoje ele está impossibilidade de vir por motivo de saúde. obrigado senhor presidente.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Sandro Trevisan. Permanece na Casa os dois requerimentos. Requerimento nº 43/2023: congratulação a igreja evangélica assembleia de Deus. A palavra está como o vereador Davi de Almeida pelo tempo de cinco minutos. Som na tribuna para o vereador Davi.

VER. DAVI DE ALMEIDA: senhor presidente, mais uma vez eu comprimento a todos que estão conosco nessa noite. uma noite especial uma noite que nos traz muita alegria e que remete ao trabalho da igreja assembleia de Deus/ministério sul aqui na nossa cidade. Assembleia de Deus/Ministério ela deu início em 1º de maio de 2010 na Rua Luciano Cortes nº 44 ali no bairro Belvedere. Pastor presidente e fundador nosso querido amigo, companheiro também de oração/de fé aqui nessa cidade, de proclamação do evangelho pastor Flávio Augusto Gonçalves Alves;  vice-presidente pastor Aldo Alex Gonçalves Alves; pastor local hoje pastor Rangel que também está aqui nessa noite, alegria em recebê-lo. e hoje pela graça de Deus a gente vê pastor Flávio e pastores, queridos irmãos que estão aqui hoje à noite, que Deus ele tem ampliado as tendas, ele tem levado essa obra que vocês começaram num lugar humilde e simples, mas com um coração cheio de fé cheio de amor para poder proclamar esta palavra que transforma. Quando a palavra de Deus diz ‘transformai-vos pela renovação do entendimento’. e é claro que hoje nós podemos dizer que não só Farroupilha ganha porque nasceu aqui esse ministério, é da nossa terra, é aqui que foi lançada essa semente, mas ela já se espalhou tendo outras igrejas em Caxias do Sul, Lagoa Vermelha, São José, em Pernambuco, no estado do Espírito Santo, ou seja, foi invadindo o Brasil adentro e não só ficou nas fronteiras, mas saiu das fronteiras do Brasil e chegou em Cuba numa missão extraordinária que Deus pela sua misericórdia tem sustentado vocês. e eu tenho certeza pastor Flávio que está aqui hoje à noite é só o começo daquilo que Deus tem porque hoje nós vemos aqui o nosso querido Pastor Luiz de Bairro com um ministério de 40 anos, completando 23 anos de pastoreio, e o senhor 13 anos à frente desse tão belo ministério podendo fazer trabalhos sociais como a Associação Alpha que atende milhares de pessoas aqui na nossa cidade com muito carinho/com muito amor, e a gente vê que vocês não medem esforços. agora no final de semana que passou tivemos um extraordinário evento um coral de 100 vozes ali nos pavilhões do Parque Cinquentenário que foi um dia que marcou Farroupilha, marcou a história, marcou um tempo, marcou uma estação. e eu tenho certeza que vem um novo tempo para vocês e que Deus possa realmente recompensá-los suprindo todas as expectativas e ampliando os teus sonhos pastor Flávio porque eu sei que um pastor ele é sonhador ele realiza alguma coisa e ele já pensa em algo maior. então que Deus venha abençoar vocês, que muitas pessoas possam aceitar Jesus né e congregar ali na congregação de vocês e espalhar esta congregação pelos campos pelos valados né pelas campinas como diz a palavra de Deus desse Brasil e dos arredores da Serra Gaúcha porque o reino de Deus ele avança. e o reino de Deus ele é três coisas: ele é justiça, paz e alegria no Espírito Santo. Então eu queria pedir aos nossos queridos vereadores que a gente aprovasse esse requerimento nº 42 e que depois senhor presidente no final da sessão pudéssemos fazer uma bela foto com todos os irmãos que estão aqui hoje à noite. muito obrigado.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: obrigado vereador Davi. A palavra está à disposição dos senhores vereadores pelo tempo de 3 minutos. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente e colegas vereadoras/vereadores. Bom, primeiro eu quero cumprimentar então igreja evangélica da assembleia de Deus pela existência todos esses anos e desejamos que muitos anos pela frente assim o tenha. usando um pouco do que eu falei antes levando essa palavra de fé e esperança que é o que nós esperamos nos nossos dias. E também cumprimentar meu colega vereador pastor Davi pela proposição. e falo em nome da bancada do PSB, meu nome e nome do vereador advogado Roque, e subscrevemos parabenizando mais uma vez então por todos esses anos alcançados. obrigado senhor presidente.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: obrigado vereador Juliano. Mais alguém quer fazer os a palavra. Com a palavra o vereador Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Da mesma forma quero cumprimentar primeiro aqui pastor Davi né por essa iniciativa, também tô colocando junto nesse requerimento né também subscrevendo o mesmo pela justiça e reconhecimento aos homens de fé né. hoje deu a coincidência boa né de estar aqui dois homens de fé né; aqui também um terceiro homem de fé que é o pastor Davi que faz um trabalho magnífico já a muitos anos na cidade. e eu sempre convivi desde muito pequeno com a igreja evangélica né isso pela convivência com meus os avós pela convivência com meus pais; eu sou católico e também participo da igreja católica porque eu acredito que a gente precisa ter fé, a fé é que move a nossa sociedade né. o amor a fé é isso o que nos torna maior a cada dia por isso que volta e meia quando eu falo muitas vezes pastor Davi passa lá na empresa e vamos fazer uma oração né. E quando encontrava o padre Paulo aqui Padre Paulo passa lá na empresa e vamos fazer uma oração né porque a gente acredita que nesse mundo que a gente vive a gente necessita ter muitas horas de oração, e que às vezes a gente se pega numa num ponto que não o faz né talvez carregado por várias situações que não nos deixam fazer né. mas que a gente precisa reconhecer que as pessoas sem a fé respeitando né a todos por o Estado ser laico a gente precisa ter fé né. E que essa mensagem de reconhecimento ao Flávio e a todo o pessoal da igreja possa continuar tantos e tantos anos viu fazendo esse trabalho aí de fé né de amor/ de família. e que pode contar também com o vereador Tiago Ilha não só nessa votação e tudo que for necessário tá bom. Amém. então mais uma vez parabéns e nós estamos juntos aí nessa valorização nessa causa tão importante. Obrigado senhor presidente.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: obrigado vereador Tiago Ilha. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Se nenhum vereador quiser fazer mais uso da palavra coloco em votação o requerimento nº 41/2023. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os vereadores, subscrito por todas as bancadas. Requerimento nº 44/2023: convite ao senhor Diego Tormes – presidente dos SISMUF, Argídio Schmitz – Secretário de Obras e Manoel Conrad da guarda municipal para explanar sobre os trabalhos em nosso município. a palavra está com o vereador Gilberto do Amarante pelo tempo de 5 minutos.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: eu vou retirar esse projeto senhor presidente e vou reapresentar na próxima semana. Muito obrigado. Esse requerimento.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: retirado o requerimento de nº 44. Encerrado o espaço de requerimentos. Passamos ao espaço destinado a moções.

 

MOÇÕES

 

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: não há moções. encerrado o espaço de moções. Passamos ao espaço de comunicações de liderança pelo tempo de até 3 minutos para manifestações sobre ações da bancada ou bloco parlamentar.

 

ESPAÇO DE COMUNICAÇÃO DE LIDERANÇA

 

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente, uso esse espaço para alguns assuntos. Primeiro eu quero cumprimentar o Diego Tormes presidente reeleito hoje né Diego, 97% dos votos, parabéns; desejamos um profícuo trabalho e que o sindicato continue sendo esse elo e sempre mantendo um diálogo com todos os vereadores auxiliando aqui quando há projetos pertinentes a categoria para gente tentar o quê? chegar pelo melhor para ter esse equilíbrio. acho que isso talvez a presença a tua principal característica seja o diálogo a calma a tranquilidade até muito calmo né, mas vamos lá brincadeiras à parte. Então parabéns mais uma vez a ti e a toda a diretoria do SISMUF. Quero dizer uma coisa positiva também recebi agora a pouco uma mensagem que depois de um mês mais ou menos que eu vinha cobrando foi roçado lá no Vale do Trentino, que bom antes tarde do que nunca. E essas manutenções elas têm que ser periódicas que daí não causa aquele impacto não deixa nossa cidade em condições estéticas e de segurança desagradáveis. é nossa cidade é o nosso cartão de visitas. Tem aquele ditado a primeira impressão é que fica; então se nós chegarmos num ponto turístico da cidade e o mesmo não estiver bem qual que é a imagem que fica. Quero aqui também eu já desenvolvemos o pedido de informações e vamos protocolar amanhã ou quinta por que que o município não aderiu ao Programa Mais Médicos do governo federal. eu gostaria de inclusive vai vir nesse pedido informações porque eu lamento eu acredito que todas as ações do governo federal/governo estadual que sejam para o nosso município para nosso cidadão seja qual área tem que aderir. O máximo lá na frente é ouvir um ‘não’; mas tem que aderir. Será que está autossuficiente? Será que não precisa desse médico ou médicos? não sei agora precisar quantos. então fica também essa reflexão e é de suma importância que o município venha aderir aos programas. Ontem usava o grande expediente e eu falei algumas coisas sobre Brasília. vai abrir aquele edital junto ao Ministério do Esporte e hoje pela manhã estive no bairro Industrial e eu falava com um que foi presidente, o Júlio, bem conhecido pelo Amarante. Dentro desse programa do Ministério do Esporte dá para a gente pleitear mais áreas de esporte e lazer nas comunidades vulneráveis. nós temos que dar atividade para essa juventude, nós temos que tentar inserir eles em alguma coisa afastar das drogas afastar dos problemas. Então espero que seja feito essa adesão inclusive vou conversar com a secretária Cris para desenvolver o projeto. e também vamos falar sobre a legislação da 5G; já tenho as minutas prontas vou mandar como indicação e o município que não regulamentar 5G não recebe o sinal. então era esse meu minha fala nesse espaço. Obrigado presente.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano Baumgarten. mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra o vereador Davi.

VER. DAVI DE ALMEIDA: Senhor presidente, hoje nós começamos uma série de palestras estão na Escola José Fanton sobre o projeto ‘fala comigo’. hoje ministramos então palestramos para os alunos do 7º ano, foi muito bom, vai ser uma sequência agora de palestras essa semana, semana que vem; e a gente vê a necessidade de estarmos falando sobre essa valorização da vida né sobre esse projeto de acolhimento. Então quero agradecer aqui já de antemão as escolas que estão abrindo para nós irmos então e falar sobre esse projeto e estar palestrando para as crianças. A gente já vê um resultado imediato e o feedback é muito bom; além de que toda a família pode participar depois através do Instagram: falacomigo_projeto. Então um projeto muito bacana que vem da nossa bancada e a gente segue então palestrando essa semana. Só para deixar o registro nessa casa obrigado senhor presente.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Davi. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Com a palavra o vereador Volnei Arsego.

VER. VOLNEI ARSEGO: Obrigado senhor presidente, vereadores de bancada/colegas. hoje nós estivemos conversando com o diretor na sede da CSG sobre a questão do Rio Burati aonde esteve o vereador Volnei Arsego, vereador Amarante e lideranças da localidade. aonde exporam suas reivindicações e problemas e demostraram mais uma vez uma dificuldade de acesso à rodovia porque não conseguem manobrar uma carreta para abastecer suas indústrias. então o diretor Paulo foi muito atencioso, ficou surpreso também com a movimentação e apresentação do problema, e disse que ia pensar com carinho, porém as diretrizes já estão bastante demarcadas né. então vai se apresentar bastante dificuldade em todas as ERS né, as vias de Farroupilha, e vamos ter que batalhar muito vamos ter que conversar muitos para que possa se resolver e cada cidadão farroupilhense tenha o melhor acesso possível. Muito obrigado a todos.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Volnei Arsego. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Não havendo mais manifestações está encerrado o espaço de comunicação de liderança. Passamos ao espaço de explicações pessoais aos vereadores pelo tempo de 2 minutos para falar de ações de seu gabinete ou assuntos de interesses coletivos.

 

ESPAÇO DE EXPLICAÇÃO PESSOAL

 

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: A palavra está com os senhores vereadores. Com a palavra o vereador Gilberto do Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Quero mais uma vez ressaltar aqui senhor presidente e até falei ontem na questão hoje estivemos com o vereador convocado e marcada essa reunião pelo vereador Volnei Arsego com a nova concessionária onde sim vejo que Volnei foi produtiva; foi mostrado um local aonde talvez a concessionária não tinha se dado conta e não saberia de repente e talvez deixaria como está e não ia tomar maiores medidas, mas como esta conversa de hoje tenho certeza eles vão ter uma atenção bem especial com aquele assunto e vão resolver. E se não resolver nós vamos levantar a bandeira junto com os moradores e com certeza vamos cobrar lá uma solução atenda aquela comunidade. e outra situação eu queria relembrar que nós há 11 dias nós tivemos o último encontro ali na Linha São Miguel e ficamos de marcar Marcelo Broilo/Felipe Maioli com o prefeito uma reunião com aqueles moradores dos quais estão cobrando; hoje me ligou 3 para nós marcarmos essa reunião senão nós vamos ir com esses moradores lá para frente da prefeitura. o que que nós vamos fazer? porque seria muito é muito difícil de nós entendermos que o Estado marque uma reunião quando nós pedimos, a concessionária marca uma reunião quando nós pedimos, a RGE marca uma reunião que nós pedimos e o nosso Executivo não tem agenda para ninguém; para nós vereadores para uma comunidade para uma empresa, enfim, então atender uma comunidade que lá hoje está com dificuldade. E digo para vocês conforme já falamos Sandro e vereador Maioli a coisa de repente pode ser barato para fazer, não é caro, é só questão de atender. muito obrigado senhor presidente.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Amarante. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Vereador Volnei, eu peço escusas que eu acabei me passando senão eu teria acompanhado essa atividade que o senhor e o vereador Amarante participaram; sabe que pode contar comigo e se tiver outra reunião, por gentileza, ajuda lembrar que eu estarei presente. quanto a essa questão eu só vou fazer uma justiça o vereador Calebe se prontificou a marcar a agenda tá vereador Felipe e Amarante; mas nada impeça que a base posso ajudar porque agora eu posso dizer com legitimidade olha mais fácil de conversar com o vice-presidente da república do que com o prefeito tá. Agora eu posso falar isso de boca cheia. então o que que acontece pessoal? há uma necessidade para ontem lá no trevo de São Miguel, há uma necessidade o município pode deve e tem que ser envolver. não dá para deixar. Porque é o seguinte foi lá a Caminhos, a concessionária Caminhos da Serra Gaúcha, fez o projeto fez o desenho lá é possível é executável sim tem como o município fazer sim, mas tem que ter a conversa tem que juntar. e o que nós lamentamos né é que naquela naquele encontro não tinha nenhuma pessoa do poder executivo nem secretaria de obras nem outra secretaria nem gabinete e isso nos preocupa porque nós estamos falando da vida das pessoas. A gente fala tanto em valorizar a vida a segurança, mas ali é perigoso. Daí vai dizer assim o problema é histórico, mas agora tem um desfecho. Então nós precisamos para ontem uma reunião com o executivo e que claro não só fazer uma reunião para executivo dizer que tá na programação ou que vai projetar; tem que bancar tem que dizer assim nós vamos fazer e pronto, resolvido. É o que a gente espera. Obrigado senhor presidente.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Juliano Baumgarten. Com a palavra o vereador Marcelo Broilo.

VER. MARCELO BROILO: Obrigado senhor presidente. Boa noite a todos que participam dessa sessão, pessoas que nos acompanham de casa e imprensa. só a título de colaborar colega Juliano você comentasse que o município não está cadastrado no programa ‘Médicos pelo Brasil”.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: ‘Mais Médicos’ e não ‘Médicos pelo Brasil’.

VER. MARCELO BROILO: Bom, então era isso que eu queria clarear a dúvida. Então quanto a ‘Médicos pelo Brasil’ temos o projeto nº 20 do Executivo que entrou na Casa como ajuda de custo a esse profissional. então Ok só para deixar bem claro que quanto ao programa ‘Médicos pelo Brasil’ Farroupilha está cadastrado tanto é que está nas comissões dessa Casa dos vereadores para análise para posterior votação. Muito obrigado.

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Obrigado vereador Marcelo Broilo. Mais alguém quer fazer uso da palavra. Não havendo mais manifestação está encerrado espaço de explicações pessoais. Espaço do presidente pelo tempo de 5 minutos para avisos e informações.

 

ESPAÇO DO PRESIDENTE

 

PRES. MAURÍCIO BELLAVER: Eu quero avisar/convidar depois que acaba a sessão o cidadão homérico [sic] subir aqui para tirar a foto e do requerimento nº 42/2023 que é do vereador pastor Davi. e como o vereador Tiago Ilha falou que o pastor da benção lá então o pastor tá para dar a benção aqui na nossa Casa também. Encerrado o espaço do presidente. Nada mais a ser tratado nesta noite declaro encerrado os trabalhos da presente sessão ordinária. Boa noite a todos.

 

 

 

Mauricio Bellaver

Vereador Presidente

 

 

 

Calebe Coelho

Vereador 1ª Secretário

 

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa e Apoio Administrativo.