Pular para o conteúdo
04/10/2022 03:34:00 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 4208 – 28/06/2022

SESSÃO ORDINÁRIA

 

Presidência: Sra. Eleonora Peters Broilo.

 

Às 18 horas a senhora presidente vereadora Eleonora Peters Broilo assume a direção dos trabalhos. Presentes os seguintes vereadores: Calebe Coelho, Clarice Baú, Cleonir Roque Severgnini, Davi André de Almeida, Eurides Sutilli, Felipe Maioli, Gilberto do Amarante, Juliano Luiz Baumgarten, Marcelo Cislaghi Broilo, Mauricio Bellaver, Sandro Trevisan, Tadeu Salib dos Santos, Thiago Pintos Brunet e Tiago Diord Ilha.

 

PRES. ELEONORA BROILO: Boa noite a todos. Declaro abertos os trabalhos da presente sessão ordinária. Dada à verificação do quórum informo a presença de 15 vereadores nesta sessão plenária com a ordem do dia de 28 de junho de 2022 sem ausência de vereadores. Em aprovação as atas de nº 4.197 de 23/05/2022 e nº 4.198 e 24/05/2022. Os senhores vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovadas por todos senhores vereadores. Solicita ao vereador Tadeu Salib dos Santos, 1º secretário desta Casa, para que proceda a leitura de expediente da secretaria.

 

EXPEDIENTE

 

1º SEC. TADEU SALIB DOS SANTOS: Senhora presidente, senhores vereadores, vereadora Clarice, também o nosso cumprimento a TV Serra e também ao Jorge que está aqui conosco. Cumprimento a todos que estão nesta noite acompanhando a nossa sessão. Ofício nº 109/2022 – SMGG (Secretaria Municipal de Gestão e Governo); assunto: resposta ao pedido de informação nº 49/2022. Ofício nº 110/2022 – SMGG (Secretaria Municipal de Gestão e Governo); assunto: resposta ao pedido de informação nº 50/2022. Comunicado – Administração Municipal de Farroupilha; convite para a abertura oficial da 24ª Fenakiwi e 2ª Expo Farroupilha, dia 07/07/2022, às 19h00. Ofício nº 01/2022 – CMDR (Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural); assunto: indicação do senhor Celito Contini e família para receber o prêmio de agricultor destaque do ano de 2022. Pedido de Informação nº 71/2022 de autoria do vereador Davi André de Almeida; solicita informações a respeito da quantidade de crianças com transtorno do espectro do autismo e em quais escolas municipais estão matriculadas. Pedido de Providência nº 109/2022 de autoria do vereador Juliano Baumgarten – assunto: manutenção nas ruas do Bairro Monte Pasqual no entorno da Igreja. Pedido de Providência nº 110/2022 de autoria do vereador Juliano Baumgarten – assunto: instalação de poste e luminária no Bairro Centenário, na Rua Thomas José Martin, próximo ao numeral 598. Pedido de Providência nº 111/2022 de autoria do vereador Juliano Baumgarten – assunto: Providência de patrolamento e britagem na Linha Boêmios, Estrada Caravageto, dos numerais 912 ao 916. Pedido de Providência nº 107/2022 de autoria da bancada do PDT – assunto: manutenção na iluminação pública, limpeza e roçada na Rua Muçum, no Bairro São José, do residencial Jardim Toscana até o cruzamento com a Rua Pedro Koff. Indicação nº 34/2022 – autor: Juliano Baumgarten; assunto: pesquisa de trânsito e mobilidade urbana. Indicação nº 35/2022 – autores: Gilberto do Amarante, Thiago Pintos Brunet, Juliano Baumgarten, Roque Servegnini, Tiago Diord Ilha, Davi André de Almeida, Felipe Maioli e Calebe Coelho; assunto: obrigatoriedade de alinhamento e retirada de fios inutilizados dos postes de energia elétrica. Estas as informações do expediente do dia 28/06/2022, senhora presidente.

PRES. ELEONORA BROILO: Muito obrigado, vereador Tadeu Salib dos Santos, 1º secretário desta Casa, e seguimos com a ordem do dia.

 

ORDEM DO DIA

 

PRES. ELEONORA BROILO: Questão de ordem para a vereadora doutora Clarice Baú.

VER. CLARICE BAÚ: Obrigada. Boa noite, colegas. Eu queria solicitar se fosse do entendimento de todos os colegas que nós fizéssemos uma mudança na pauta em função de nós estarmos aqui com atletas hoje homenageados por mim, por votos de congratulações, para que não fiquem aguardando né; é o requerimento nº 66 se fosse possível e de acordo de todos né que a gente fizesse e votasse esse requerimento em primeiro lugar. Obrigada.

PRES. ELEONORA BROILO: Os senhores estão de acordo? Todos estão de acordo podemos fazer então essa troca na pauta? Aprovado por todos, faremos então a troca da pauta. E o requerimento então nº 66 será lido em primeiro lugar. Requerimento nº 66/2022, será lido fora da pauta original a pedido da vereadora doutora Clarice Baú, congratulações aos representantes da ultramaratona Caminhos de Caravaggio. E passo então a palavra à vereadora doutora Clarice Baú pelo tempo de até 5 minutos.

VER. CLARICE BAÚ: Obrigada, presidente. Boa noite a todos os colegas vereadores, a todos que estão aqui nos assistindo presencialmente, os que estão em seus lares, a nossa imprensa, funcionários da Casa e todos os convidados aqui especialmente àqueles que nos representaram muito bem nessa ultramaratona. Então nós tivemos uma ultramaratona no dia 19 de maio do corrente ano; tivemos a largada em Caravaggio e tivemos 216 atletas no total que participaram de diversos estados brasileiros inclusive de outro país, Argentina. Dentro de todos os competidores nossos atletas em todas as categorias que participaram tiveram memorável desempenho com classificação de primeiro e terceiro lugares, sendo que na categoria quarteto masculino os atletas honraram o nosso município também com o primeiro lugar na categoria geral. Devemos lembrar também que ninguém faz nada sozinho e não seria diferente nessa questão dessa ultramaratona em que tiveram que guiar os atletas através dos seus apoios; então temos de fazer aqui uma lembrança aos apoiadores né que auxiliaram então e conduziram nossos atletas para que tivessem chegado a todo esse resultado. Porque os apoios são os olhos dos atletas são seus motoristas que por vezes são até os seus educadores físicos, fisioterapeutas, massagistas, nutricionistas, amigos, parceiros e seus incentivadores; em todo o trajeto todos são exemplos de dedicação, persistência e amor pelo esporte. Independente de medalha, de classificação, de conclusão dos 217 km por muitas existem imprevisto fazendo com que os percursos se alterem por isso todos são vitoriosos e muito nos orgulham. Então esses votos de congratulações a todos os atletas aqui que eu vou nomear só nos trazem orgulho, porque eu sou professor de educação física aposentada e sei da dificuldade né da falta de patrocínio muitas vezes de chegar aonde vocês conseguiram chegar. A gente sabe dos esforços né. Vocês têm uma rotineira diária e mesmo assim tem que estar preparados para representar o nosso município e o representaram muito bem diante de outros Estados inclusive de outro país. Então estão todos de parabéns, só nos orgulham e continuam os obstáculos, além de toda a maratona e de todo o percurso eu sei que temos muitos obstáculos, mas a persistência como vocês mostraram aqui nos resultados é o que faz a diferença sempre. Então eu quero aqui homenagear com muito orgulho: Viviane Vedovelli, Daiana Maciel César, Marisa Mussoi, Juscelaine Gob Heneka, Fransuelen Pereira Castagnera, Dioni Palombit, Manuela Onzi, Francieli Renata Kiekow, se eu pronunciar algum porque parece que aqui tem uns sobrenomes meio estrangeiros, Patrícia Peroni, Fabiana Rosa Santos, Cristiano Heneka, André Pereira, Claure Ferri, Ronaldo Spinelli, Sidenei Feliponi, Josemar Gomes Nunes, Cleonir Simonette, Silvio Junior Aguirre Dias; temos os apoios também que merecem todos os nossos aplausos Leandro Bariuera Nikima, Joel Sandro Tenedini, Cristiano Maciel Cezar, Emerson Ramos Canales e Lúcio Alberto Zardo. Então sintam-se todos homenageados e sintam-se também que nós só temos gratidão de poder estar aqui hoje homenageando vocês através desses votos de congratulações tá bom. Um abraço a todos e continuem a caminhada sempre. Obrigado, presidente.

PRES. ELEONORA BROILO: Muito bem, a palavra está à disposição dos senhores vereadores por até 3 minutos. Se ninguém quiser fazer uso… Claro, a palavra está com o vereador Marcelo.

VER. MARCELO BROILO: Muito obrigado, senhora presidente. Nobres colegas vereadores boa noite a todos, imprensa, pessoas que nos assistem também pelas redes sociais. Bom, parabéns, doutora Clarice, pela iniciativa em homenagem tão justa e merecida a vocês. Importante a fala quando Clarice falou amor ao esporte, eu falaria um pouco mais amor à vida. Isso é importante vocês pessoas novas futuro brilhante pela frente e tão apego a essa causa tão importante em relação à vida. Fora a questão individual, tem todo mérito, gostaria de ressaltar a questão do trabalho em equipe como é importante; não somos uma ilha que não dependemos de outras pessoas então isso prova pelo esforço, capacidade, empenho de todos isso é plenamente possível e como é necessário. Como eu digo sempre o impossível é só uma questão de opinião. Então endosso os parabéns a vocês contém com essa casa legislativa e novamente meu muito obrigado.

PRES. ELEONORA BROILO: Vereador Sandro.

VER. SANDRO TREVISAN: Boa noite, presidente, senhores vereadores, público presente, esportistas; tem gente com estadual tem parente tem amigo tem um monte de gente aí. E parabenizar sim, porque a gente não tem na sociedade uma parcela significativa, as pessoas não têm consciência do quão importante é o exercício físico. As nossas crianças eu vejo nos colégios que a própria educação física ela não é enfatizada como deveria ser isso muitas vezes vem de cima é meio que imposto uma quantidade de hora, e se a gente não faz atividade física e cuida do nosso corpo que é onde a gente teoricamente vive, eu não sei o que tem de mais importante do que saúde, esporte e coisas desse gênero. Infelizmente a gente está num sistema hoje tão bitolado, tão fora comum onde que as pessoas se perdem nos compromissos, se perdem em internet, se perdem em um monte de coisa e esquece de fazer algo que é uma manutenção extremamente importante para aquela maquininha que te transporta e te possibilita viver continue funcionando de maneira adequada. É isso que eu entendo dos esportes é isso que vocês fazem. Voltei também um tempo a praticar esporte por que a gente vai deixando, deixando, deixando e quando a gente começa a fazer de maneira periódica no começo é difícil, mas depois vai ficando prazeroso; e a gente precisa fazer com que a população as pessoas entendam isso para que a quantidade de esporte praticado por nós, principalmente pelas criancinhas seja cada vez maior. Parabéns, parabéns pela conquista, pelo empenho, pela batalha a gente sabe tem que estar correndo toda hora, mas é saúde é importante é esporte faz bem. Muito importante. Obrigado e parabéns de novo.

PRES. ELEONORA BROILO: Vereador Felipe Maioli.

VER. FELIPE MAIOLI: Presidente, boa noite colegas vereadores, atletas que estão aqui presidente nesta Casa. Para mim é um orgulho muito grande estar falando de vocês atletas por ser também o professor de educação física muitos amigos estão aqui, ex-alunos, quanto tempo né, mas isso só demonstra que eu tô ficando velho vocês tão oh tranquilos. Parabenizar vocês pela conquista e dizer que além de atletas vitoriosos vocês são incentivadores, a profe Dai é a profe que está aqui né Dai quantas vezes a gente conversou e tu dizia “volta a praticar esportes” para mim né. A idade pegou, mas tu é uma incentivadora, parabéns não só por ser atleta, mas por incentivar as pessoas também a voltar a praticar atividade física. Quero dar um parabéns especial a Viviane Vedovelli que está aqui presente quantas vezes te vejo correndo por aí né incentivando as outras pessoas a correr além de uma grande amiga uma pessoa fantástica continue assim com esse espírito que vocês têm. E quero dizer também que esse trabalho que vocês fazem ele enriquece as pessoas que observam vocês que os jovens que veem vocês por aí para praticando esse esporte, as pessoas se espelham em vocês, podem ter certeza disso. E nós que estamos aqui que hoje estamos podendo fazer parte desse processo quero dizer que estamos incentivando muito um projeto uma indicação de projeto de lei vindo do nosso colega Luciano Pasqual pela implantação de três períodos da educação física nas escolas; que acho que só ali a gente pode resgatar algumas coisas que foram perdidas com o tempo com relação à educação física, e com esse aumento na carga horária podemos voltar a fazer com que as pessoas, as crianças, os jovens, se dediquem ainda mais pelo esporte que eu acho que a solução de muitos problemas relacionados à saúde e que no futuro as pessoas podem se prevenir com isso. Então volto a parabenizar vocês continuem com esse espírito de superação que é o que envolve um atleta. Parabéns.

PRES. ELEONORA BROILO: Vereador Calebe Coelho.

VER. CALEBE COELHO: Boa noite a todos. Eu queria conversar com vocês um pouquinho, falar sobre um pouco da psicologia do esporte do que ela torna vocês. Um dos melhores períodos da minha vida que eu pratiquei esporte uma época comprei uma moto e fui fazer trilha e tudo aonde eu ia não era eu era a moto; aí num determinado momento eu comprei uma bicicleta até que eu cheguei num tempo que pedalava em torno de 150 quilômetros todo final de semana. Aí era minha perna e eu me sentia um super herói fazendo isso sabe, porque poxa eu pedalar esse essa distância toda. E agora eu leio aqui que alguns de vocês pedalaram, pedalaram usaram a perna somente e um tênis né para 136 quilômetros. Se vocês têm determinação para correr isso, eu imagino que qualquer problema na vida de vocês seja uma coisa que vocês encaram com muita coragem né, porque vocês saindo debaixo de sol, de chuva, pegando o tempo ruim, pegando o tempo bom, sol, e vocês conseguirem ir e voltar e chegar em primeiro lugar ou pelo menos chegar na conclusão mostra que vocês não são só bons atletas de corpos perfeitos vocês têm também personalidades fortes. E eu acho que é isso que o esporte é importante para ele transformar a personalidade da pessoa em um verdadeiro guerreiro, porque não existe guerreiro só no corpo, um guerreiro de verdade se faz na mente e isso vocês são. Então meus parabéns para vocês, invejo vocês, uma inveja do bem, se dá para dizer isso né, mas é um orgulho quando a gente tá pela rua e vê vocês correndo ou então vemos as postagens e alguns de vocês né com toda aquela determinação ali e a gente pensa meu Deus será que nada derruba eles, eles não param né. Então parabéns é um orgulho ter vocês aqui e na nossa cidade continuem assim. Obrigado.

PRES. ELEONORA BROILO: Vereador Chico Sutilli.

VER. EURIDES SUTILLI: Boa noite a todos. Vendo vocês como atletas aí tem que parabenizar, vocês são os guerreiros, porque a nossa comunidade nós não abraçamos nem no estilo de esporte nós somos muito afastado; eu vejo como empresário nosso empresariado nós ninguém apoia o esporte em Farroupilha e nenhum âmbito, tu pega futebol/atletismo/ciclismo tudo que tu incluir esporte cada um tem que se virar por conta própria e todo mundo sabe, quem participa, que qualquer atividade esportiva requer muita dedicação e muito dinheiro para o cara conseguir participar/viajar isso aí. Eu faço um apelo que nós empresariado o que nós pudermos ajudar nós temos que ajudarmos, incentivar todos os setores do esporte na nossa cidade obrigado.

PRES. ELEONORA BROILO: Vereador Gilberto do Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Boa noite aos corredores. Parabéns pela Clarice pela homenagem. Quero dizer que por um período eu participei junto com um grupo de corredores aqui de Farroupilha que era CORF e como era difícil para conseguir patrocínio, aliás, parece que é um esporte insignificante e é um esporte que ele traz vida, ele traz saúde. Esse esporte ele pode ser até mais aplaudido mais feito nas escolas, eu tenho minha esposa que muitas vezes eu fui com ela receber alguns prêmios Rio Grande do Sul, ela é professora de educação física e quando ela está praticando a ação de educação física ela torna-se competitiva com os alunos e é o que faz, de repente, a começar lá na escola pelo amor pelo esporte pela corrida pelo futebol. Porque hoje além das corridas nós olhamos os campos de futebol né, Chico Sutilli, estão abandonados, porque a internet trouxe as crianças para dentro de suas casas através dos seus celulares e de certa forma que teve um abandono; e que pode as duas coisas andar junto, pode essas duas coisas ser compartilhado. E o esporte, diferente da internet, ele traz a saúde traz aquela aquele espírito de competitividade que também tem lá no Facebook, também tem lá nos joguinhos, mas essa competitividade que combina muito com saúde é o mais importante que você fazem no dia a dia de vocês. Parabéns. Obrigado.

PRES. ELEONORA BROILO: A palavra continua à disposição. Vereador Thiago Brunet.

VER. THIAGO BRUNET: Boa noite, senhora presidente. Boa noite colegas vereadores e público presente. Apenas para ressaltar o que todos os vereadores aqui já colocaram, parabéns à vereadora Clarice Baú estas atitudes nossos dos nossos vereadores faz com que aconteça isso: traz público né para o nosso plenário. Porque infelizmente e é uma crítica que eu faço a alguns anos já, infelizmente 99% das vezes nós estamos aqui sozinhos falando então e isso muito muito é culpa nossa. Nós temos que tentar trazer atratividade aqui para o plenário para que as pessoas venham; não pode ser aquela coisa chata protocolar que ninguém mais aguenta. Então parabéns a vocês né que como todos já falaram aqui através do esporte né conseguem sair vitoriosos, conseguem melhorar a sua condição física, melhorar a sua vida, melhorar o seu sentimento de lazer né. Eu queria parabenizar todos pela conquista em especial a Daiane, porque ela faz parte da minha vida ela trabalhou trabalhamos juntos como colegas de trabalho na maternidade logo que eu cheguei na cidade, foi ela é dessa forma mesmo né com garra como disse aqui bem o vereador Maioli assim sempre tentando incentivar a gente tentando estimular a gente. E eu digo para vocês assim eu vejo várias caras de vocês agora vendo vocês estão sempre na rua correndo sempre na rua correndo, eu passo ali perto da UPA ali várias caras agora vendo vocês estão sempre correndo então isso é um sinal de que não foi de graça o premio né. Muitas vezes olham o que bebo e não olham o tombo que leva né então as pessoas ah, olha só ganhou e tal, mas tá sempre. Muitas vezes eu já cansei de sair, porque eu sou muito noturno, porque bebê não tem hora para nascer e muitas vezes eu saio 5 horas da manhã/seis da manhã e vocês estão correndo seis da manhã né bem cedinho estão lá.  Então isso mostra que vale a pena viu, vale a pena a gente ter persistência, a gente fazer o que gosta, porque o resultado tá aí. Parabéns. Eu já fiz os caminhos de Caravaggio tá só que eu fiz em 5 dias caminhando. Então assim parabéns para vocês mais uma vez. Um abraço.

PRES. ELEONORA BROILO: A palavra continua à disposição dos senhores vereadores. A palavra está com o vereador Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Senhora presidente, eu queria só também me somar aqui e dizer a vereadora Clarice pela iniciativa dos vereadores proponentes né me somar as palavra dos nossos colegas vereadores. E acredita que exemplos como o que vocês trazem aqui precisam se replicar na nossa cidade né. O que vocês estão fazendo nada mais é de trazer uma das práticas mais importantes para o ponto de vista de saúde, ponto de vista de felicidade né, isso é muito mais do que preservar a saúde é questão também de sentir bem fazendo né. Porque acredito que é isso que traz satisfação né que nem o Thiago falou: quatro muitas vezes de madrugada noite e tal faz porque gosta. E eu sempre digo que eu tiro o chapéu para quem faz o que gosta e faz isso com amor e se dedica para isso, isso é o que mais importa. Eu tive uma ultimamente um fato na minha vida que eu compartilhei com vocês aqui de ter conseguido nos últimos tempos aí de ter perdido alguns quilos e aí uma vontade imensa que eu tinha era de ser corredor, sempre olhava assim eu quero ser corredor, e quase estou quase procurando um grupo assim que nem o de vocês, vou jogar o meu futebolzinho lá, meu veio, e aí estirei meu joelho e agora tô de molho um tempo. Mas assim que melhorar, porque eu acho que é uma prática das mais saudáveis e ainda mais na nossa cidade que é tão linda, tão bonita e estar contemplando por uma outra ótica a nossa cidade é um dos maiores presentes que eu acho que você corredor deve receber; não só a prática esportiva, mas contemplar a cidade que a gente ama. Então isso é muito bom e que nos ajudem, porque talvez vocês podem ser muitas vezes até os olhos nossos aí pela nossa cidade né, porque ninguém mais como eles sabem dizer aonde consegue correr e onde não dá mais né que tem muito buraco. Às vezes precisa também cuidar disso. Muito obrigado, senhora presidente.

PRES. ELEONORA BROILO: A palavra está com o vereador Roque.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Boa noite, senhora presidente e senhores vereadores. Cumprimentar aqui então os atletas maratonistas que fizeram o Caminhos de Caravaggio, muito bom recebê-los aqui na Câmara, parabéns por essa aventura de fazer, de percorrer correndo, né o Caminhos de Caravaggio. É bom, porque além de ter uma prática esportiva que é interessante, porque dá um exemplo para gurizada, enfim, de uma boa prática de esporte de saúde né. Eu fiz o Caminhos de Caravaggio, nós fomos os primeiros que fizemos a pé, foi o doutor Mário Maggioni nosso juiz, o Gilberto Galafassi, o ex-secretário Francis e eu fizemos no dia 11/01/2019 ao dia 16/01/2019. 202 quilômetros. Então percorremos isso aí e é muito gratificante e a gente fica feliz, porque é um projeto que deu certo o Caminhos de Caravaggio. Foi um projeto ousado do prefeito Claiton né que envolveu aí Canela, Gramado, Nova Petrópolis, Caxias e Farroupilha e é exatamente isso que a gente imaginava que um dia as pessoas iam estar correndo, iam estar passando praticando ciclismo como já aconteceu, caminhando pessoas de Farroupilha, da região, do Estado, do Brasil e de fora do Brasil também. E esse ato de vocês terem praticado essa maratona isso aí é estar levando também Farroupilha por que está sendo divulgado isso. Quando chega lá no Caravaggio em bate o sininho lá, eu não sei se foi isso que aconteceu, mas os que caminham vão lá, está divulgando, né está divulgando a nossa cidade está divulgando os potenciais da nossa cidade. Então às vezes as pessoas involuntariamente acabam fazendo algo que rende muito para a cidade e com investimento zero. Então essas boas práticas do esporte da cultura né que movimentam o turismo que movimentam a cidade e divulgam um projeto bom como é o Caminho de Caravaggio. Então você alia a divulgação de um projeto importante que nós queremos que ele se solidifique a exemplo de tantos outros caminhos como, por exemplo, Santiago de Compostela é claro lá são 800 quilômetros né, não queremos nos comparar, mas nós somos uma referência em alguma coisa disso. Então isso é bom, porque divulga pratica um esporte saudável incentiva uma geração, principalmente a gurizada né, e faz com que nós possamos estar inserido dentro dessa prática em nível local, estadual, nacional e até internacional. Então parabéns a vocês todos que praticaram e praticam e incentivam sempre essa prática. Parabéns.

PRES. ELEONORA BROILO: Vereador Juliano.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhora presidente e colegas vereadores, cumprimentar o público presente, cidadãos que nos acompanham aqui de forma virtual e a imprensa. Bom, de uma forma bem sucinta, mas não menos importante parabenizar e cumprimentar né. Primeiro uma aventura um desafio e acima de tudo a dedicação né pelo tempo envolvido na causa, pelo tempo envolvido no esporte e na sua preparação. E referendar que bom a junção do esporte, da cidadania e o turismo. E quando a gente vê que talvez um dos atos mais ousados do nosso governo que foi a construção do Caminhos de Caravaggio, hoje ele serve de referência para outros locais. E muitas pessoas ficam pensando o seguinte: espera aí, nós temos algo concreto algo que é importante e algo que dá para envolver não só a caminhada a corrida, mas também a própria questão do ciclismo e eu acho que isso é importante. Porque no momento que a gente envolve a questão da prevenção, da prática, além de fazer trabalhar com a questão do bem-estar social, a gente trabalha também com a questão da saúde e da prevenção. Então parabéns mais uma vez nosso parlamento segue à disposição para o que nós pudermos contribuir com o fomento do esporte na nossa cidade. Obrigado.

PRES. ELEONORA BROILO: Se mais nenhum vereador quiser fazer o uso da palavra coloca em votação o requerimento nº 66 da autoria da vereadora doutora Clarice Baú. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os senhores vereadores. E nesse momento suspendo a sessão por dois minutinhos para que nós possamos registrar este momento e chamo todos os representantes então da ultramaratona 19 de maio para que subam ao palco e nós possamos bater uma foto. (SESSÃO SUSPENSA). Seguindo então com a ordem do dia. Em 1ª discussão o projeto de lei do executivo nº 22/2022 que cria e extingue cargos, e dá outras providências; com mensagem retificativa. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Infraestrutura, Desenvolvimento e Bem-Estar Social favorável; Jurídico favorável. Emendas n º 01 nº 02 nº 03 e nº 04 favoráveis. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Marcelo Broilo, líder do governo.

VER. MARCELO BROILO: Muito obrigado, senhora presidente. Em relação ao projeto do Executivo nº 22/2022 com mensagem retifica nº 01 ao referido projeto de lei alterando a redação do artigo primeiro do mencionado projeto de lei passando a inserir, melhor dizendo, a denominação da categoria “arquivista” conforme em anexo definindo padrões de vencimento síntese dos deveres e exemplos de atribuições condições de trabalho e requisitos para provimento. Sendo que o aumento tem adequação orçamentária e financeira com a lei orçamentária anual e compatibilidade com o plano plurianual e com a lei de diretrizes orçamentárias. Em relação ao projeto nº 22 de cunho bastante técnico no seu esboço podemos ver nos anexos funções bem mais detalhadas do agente da gestão pública já em exame aos nobres vereadores, técnico em edificações, técnico em eletrotécnica, avançando a parte do fiscal, biólogo, analista jurídico e pedagogo. Pois bem, conforme já mencionado noutras oportunidades, cada vez mais a administração pública deve responder aos anseios da população com maior eficiência, agilidade, efetividade e qualidade. Via de consequência, a evolução das necessidades públicas, sociais e coletivas tem exigido adaptação e progressiva reorganização de estruturas administrativas para fins de prestação de serviços públicos com alcance dos resultados esperados. Sendo assim, diante da projeção de aumento da demanda nas atividades da administração e planejamento do município, bem como de planejamento de ações estratégicas voltadas ao desenvolvimento municipal, a presente proposta visa racionalizar e desenvolver os setores públicos tornando-os mais eficientes e qualificados. No conjunto do projeto, podemos destacar a criação de 112 novos cargos de provimento efetivo com características multifuncionais, englobando diversas atribuições da mesma natureza de trabalho e adequados ao atendimento das necessidades atuais e futuras da administração pública municipal e da sociedade farroupilhense; e a extinção de 35 cargos de provimento efetivo vagos e a extinção de 64 cargos de provimento efetivo à medida que vagarem. Cabe esclarecer, ainda, que os cargos de provimento efetivo aqui criados visam também suprir 25 contratações temporárias. Ou seja, entre cargos efetivos extintos e temporários haverá uma redução final total quando da desocupação dos mesmos na ordem de 124 cargos. Continuando, os cargos criados serão providos mediante concurso público realizado nos próximos meses, na forma prevista em respectiva legislação, e o preenchimento das vagas dar-se-á de acordo com as necessidades da administração pública. Cumpre destacar que a Lei Complementar nº 173/2020 que estabelece o programa federativo de enfrentamento ao coronavírus, proibiu, até 31/12/2021, a criação de cargo, emprego ou função e também a realização de concursos públicos para provimento de novos cargos. Diante desse cenário, o município se viu compelido a contratar pessoal de forma temporária e emergencial, nos moldes do art. 37 da Constituição Federal, para que a continuidade dos serviços públicos não fosse comprometida, tampouco causasse prejuízos à população. Destacamos que segundo o relatório de gestão fiscal (RGF) do terceiro quadrimestre de 2021 o índice de despesa com pessoal está na ordem de 29,61%, um dos menores índices já registrados para o município de Farroupilha… Espaço de…

PRES. ELEONORA BROILO: Já será concedido seu espaço de líder de governo.

VER. MARCELO BROILO: Obrigado, doutora. …que poderia chegar, senhores, até o limite de 54%; comprovando o zelo desta administração com os gastos com pessoal. Por fim, também estamos propondo a alteração da redação das atribuições do cargo de fiscal para fins de conferir, essencialmente, atribuições na área tributária, com exceção de lançamento e exclusão. Senhores, eficiência uma palavra chave, redução da máquina, como temos feito, é o escopo desse projeto nº 22 aonde o governo, ouvindo também vereadores e pessoas importantes, que a gente consiga alinhar e fazer o melhor para o nosso município e funcionários. Estamos aqui convergindo com vários pontos esse projeto já tramita pela Casa há um bom tempo aonde comissões totalmente favoráveis, jurídico também; sabendo que é importante para a votação desta noite peço, senhora presidente, que assim o seja se assim os senhores vereadores também entenderem de comum acordo a aprovação nesta data. Muito obrigado.

PRES. ELEONORA BROILO: A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Juliano pelo tempo de 3 minutos e após o vereador Amarante.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhora presidente e colegas vereadores. Bom, é um projeto de ordem administrativa, mas algumas coisas são questionáveis e foi fora feita alguns apontamentos conversando então com o secretário Colloda com o vereador Marcelo. Eu apresentei 4 emendas supressivas nas quais as quatro foram de ordenamento capacitado jurídico, ou seja, ambas seguem o rito constitucional. Quero saudar aqui o presidente do PSB doutor Isaías, cumprimentador também o historiador do município Vinícius Pigozzi e eu quero solicitar a retirada das emendas supressivas 1, 2 e 3 e solicitar que se permaneça a emendar 4 na qual se retira do projeto o cargo de historiador, por quê? Primeiro que o projeto quando ele veio ele não veio com alguns embasamentos técnicos em algumas questões substitutivas; um destes foi o caso do cargo de historiador. Porque é um serviço permanente, ou seja, não é algo temporário. E quando a gente fala na questão da história é algo que hoje se trabalha com matemática e ora com outra, eu sei de registro de pesquisadores que inclusive fizeram trabalho de doutorado e que buscaram apoio no suporte técnico do historiador; afinal o cargo de historiador é um cargo técnico, não é um cargo político e existe, diga-se de passagem, uma necessidade da manutenção por quê? Porque é um trabalho permanente onde que se faz entrevistas onde se avalia a própria questão da análise de documentos, a temporalidade delas, a própria questão de pesquisas inerentes aos assuntos, vamos usar, precisamos fazer um inventário de outros bens tangíveis seja a questão dos materiais e imateriais, a própria questão também de um assessoramento técnico na própria questão que é importante e precisa ser direcionada ao COMPAHC que é o conselho municipal do patrimônio onde que por lá passam decisões dentre elas a própria questão da autorização para derrubada ou não de edificações. Eu peço espaço de liderança, senhora presidente. Então é importante a manutenção desse cargo, porque é um cargo que recentemente foi criado, mas durante muitos anos do congresso federal tramitou então foi uma luta histórica dos professores, dos historiadores para que se regulamentasse a profissão de historiador.  Antes de ser vereador eu sou professor e também historiador e assim que fora…

PRES. ELEONORA BROILO: Espaço de liderança a partir de agora para o vereador Juliano.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: …assim que foi regulamentada a profissão, retirei também minha carteirinha na inscrição 60/2021 do Rio Grande do Sul na qual é de suma importância a manutenção. E para vocês terem noção o nosso colega historiador apresentou uma carta que foi encaminhada a todos os vereadores, uma carta aberta, apresentando uma série de argumentos plausíveis pela permanência do cargo pela manutenção, pois da forma como que está posta se o mesmo fosse extinto nada seria prejudicado a pessoa do servidor, mas sim a questão cultural da cidade, a questão da memória, a questão da preservação, ou seja, avançamos e iríamos retroceder. E nessa carta traz a assinatura de muitos órgãos, conselhos de políticas culturais como, por exemplo, nosso município de Farroupilha/Caxias/Bento Gonçalves, museus aqui da região e também traz a assinatura da ANPUH; para fazer um paralelo para vocês compreenderem, seria a mesma coisa que se fosse na questão do direito um parecer da Ordem dos Advogados do Brasil, ou seja, a ANPUH é o maior órgão nacional que trata a questão da história. Então conseguiu apoio fundamental que pede o que? A manutenção, a importância para a preservação da história, da memória e para o desenvolvimento. E a bem da verdade os museus nas quais possuímos tanto no Casa de Pedra quanto o Casal Moschetti precisa sim de um profissional capacitado para tocar, para avaliar a questão de possíveis exposições permanentes, exposições temporárias para manter de pé. E nós temos alguns fatos concomitantes que fazem também com que se enalteça e se busque com que permaneça o caso, nós somos referência na questão, nós somos o berço da imigração italiana; então constantemente vem surgindo novas questões e ali está o profissional técnico/capacitado e que faz uma pesquisa diferente. Um outro exemplo, a própria questão do arquivo da prefeitura; o arquivo lá tem muitas coisas onde que tá lá registrado/datado a história do município de Farroupilha. Portanto eu voto, eu falo em nome da bancada do PSB, meu colega vereador Roque nós somos favoráveis à aprovação do projeto nº 22 com a aprovação da emenda nº 4 que permanece o cargo de historiador. Assim solicito a compreensão, pois retirei as três emendas e da mesma forma quero que seja aprovado de forma unânime a emenda 4 e assim aprovaremos o projeto nº 22, para concluir, na noite de hoje. Obrigado, senhora presidente.

PRES. ELEONORA BROILO: Com a palavra o vereador Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Boa noite, senhora presidente, Boa noite, Adamatti e os demais da imprensa, aqueles que estão aqui nos acompanhando e aqueles que estão em suas casas através das redes sociais. Eu até de certa forma, Marcelo Broilo, eu tinha pegado estava embasado na emenda nas quatro emenda que o vereador Juliano tinha feito que uma delas aqui também estava defendendo a permanência da denominação da categoria de operador de máquina e veículos padrões em nosso município. Quando eu falo operadores de máquina eu falo no operador de retroescavadeira, operador de patrola, operador de esteira que digo para vocês com certeza nós temos, temos sim problemas com esses; de repente de cada 20 funcionários concursados vamos dizer que lá três ou quatro tenhamos um pouco mais de dificuldade para trabalhar com esses profissionais, mas os outros, os demais, temos o grande problema às vezes não é o profissional que fez um concurso, que estudou, que passou que se preparou, que conhece como poucos o nosso município e eu falo isso principalmente na área de drenagem. Que em 2019 nós trocamos no município em torno, substituímos em torno de mais de 5.000 metros de tubos aí com o vereador Roque fazendo uma parte no interior e as demais os demais trabalhos foram feitos em nossa aqui na área urbana. Que era muito comum, dava uma chuva torrencial, o bairro São Francisco teve problema em várias ruas, problemas de alagamento em casas, bairro Monte Pasqual da mesma forma, o bairro Primeiro de Maio da mesma forma, bairro América da mesma forma. E com esses profissionais a gente avançou muito e a minha preocupação de secretário era quando Adelar, por exemplo, não vinha trabalhar, porque ele era um dos poucos que conhecia cada drenagem que tinha no nosso município. E nós retirando esta profissão, depois espaço de líder, presidente, nós retirando essa profissão também nós perdemos essa referência. Ah, mas vai ficar de repente aqueles que estão; sim vai ficar, mas para um período e para esses que já estão já com tempo de casa, não passarão essas informações para os novos que virão. E claro, vereador Marcelo Broilo, quando você fala que vaga, 124 vagas, não é bem assim, a gente sabe que essas esses profissionais vão ser todos…

PRES. ELEONORA BROILO: Seu espaço de liderança, vereador Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Obrigado, presidente. Essas vagas todas são substituída por terceirizada por empresas terceirizadas que da qual aí tem uma coisa que nós podemos observar como é o cuidado inclusive com os equipamentos daqueles que são concursados, está aqui o nosso vereador aqui, aqueles que trabalham com equipamentos que são concursados o cuidado que eles têm com o equipamento e aqueles que são terceirizados. Então eu vejo sim que nós temos uma dificuldade no setor público muitas vezes que nós políticos criamos com esses profissionais, porque às vezes nós filiamos, nós buscamos que ele atenda um partido ‘A’ ou partido ‘B’ isso é uma falha de gestões da própria política e que de repente nós criamos costumes nesses profissionais e que é isso que nós precisamos corrigir. Porque de repente nós terceirizar 100% da garagem eu pergunto para os senhores vereadores: a ECOFAR está bem hoje? Está funcionando, está atendendo as demandas da nossa comunidade? A ECOFAR é 100% terceirizada. Então quero dizer para vocês, nós temos terceirizando 100% da garagem, eu até sugiro para o governo depois da aprovação dessa lei para tornar-se tudo ECOFAR se for assim, porque não precisamos ter secretaria de obras é só reforçar o planejamento com alguns técnicos e engenheiro e não precisamos ter sim a secretaria, não precisamos ter a secretaria de obras, porque nós estamos terceirizando 100% dos serviços que lá hoje é feito de certa forma da parte prática da parte produtiva. E quando nós falamos de técnicos e engenheiros que assim sim aqui está pedindo outras demandas eu quero dizer que é preciso sim os engenheiros, assim como numa obra numa construção civil muitas vezes o bom pedreiro o bom carpinteiro muda muitos detalhes do projeto do engenheiro, eles entram num acordo por quê? Porque lá o pedreiro ou carpinteiro tem a prática assim como os nossos operadores têm a prática de longos anos e aí o engenheiro aceita essas alterações e aí vão combinando para que o trabalho seja realizado com a melhor qualidade e durabilidade como a gente fez junto com esses operadores naquele período do qual eu fui secretário e eu nunca tive dificuldade, vocês podem vir em todas as minhas entrevistas. Eu nunca reclamei da nossa garagem até porque eu acho que quem faz a gestão é o gestor é quem comanda as equipe e o problema é que muitas vezes nós botamos pessoas lá para comandar equipe que nunca se comandaram aí sim claro que tem dificuldade com esses técnicos esses profissionais. Muito obrigado, senhora presidente.

PRES. ELEONORA BROILO: A palavra continua à disposição dos senhores vereadores. Pode, o senhor pode usar o espaço de líder de bancada.

VER. MARCELO BROILO: Obrigado, senhora presidente. Só para concluir então o raciocínio em relação ao nº 22; respeito, Amarante, o teu posicionamento. O que eu posso dizer e você falou muito bem nada se perde dos que lá estão, a gente sabe disso, a pressa, urgência neste projeto se dá em função de querermos fazer um concurso público logo ali adiante, certo. Avançar nesse posicionamento é importante haja vista justamente de cobrir essa lacuna e sabendo que terceirizar eu não vejo problema até eu acho bastante benéfico, é uma questão própria de Executivo; sabendo que as atividades são própria de funcionários públicos e outras, não desmerecendo, talvez possam ser executadas em parceria com instituições privadas. Diante disso, eu só quis então ressaltar isso que o que está nada se perde é uma questão de adequação, de eficiência como eu falei, ouvindo inclusive vereadores em questão com as emendas em questão. E o que eu referencio também, Juliano, somos favoráveis então à retirada das três emendas supressivas a nº 1 a nº 2 e a nº 3 e votamos assim no projeto nº 22 com emenda do executivo municipal, retificativa nº 01, e supressiva então nº 04. Da nossa parte então o entendimento do governo assim está bem.  Muito obrigado.

PRES. ELEONORA BROILO: A palavra continua à disposição dos senhores vereadores. Se mais nenhum vereador quiser fazer uso da palavra colocamos em votação a solicitação do vereador Marcelo, líder de governo, para urgência desse projeto. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os senhores vereadores. Em votação da emenda de nº 04: os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovada por todos os senhores vereadores. Em aprovação o projeto de lei do executivo nº 22/2022 que cria e extingue cargos, e dá outras providências com mensagem retificativa. Os senhores vereadores que estiverem de acordo, permaneçam como estão; aprovado pela maioria dos vereadores com voto contra do vereador Amarante da bancada do PDT. Em 1ª discussão o projeto de lei do legislativo nº 09/2022 que dispõe sobre a obrigatoriedade da elaboração e divulgação da relação dos medicamentos pelo município de Farroupilha. Pareceres: Legislação, Justiça e Redação Final favorável; Infraestrutura, Desenvolvimento e Bem-Estar Social favorável; Jurídico favorável. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Juliano.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhora presidente e colegas vereadores. Solicito para permanecer em 1ª discussão. Obrigado.

PRES. ELEONORA BROILO: Permanece então em 1ª discussão. Encerra-se o espaço de discussão de projetos. E passa a apresentação e deliberação de requerimentos.

 

REQUERIMENTOS

 

PRES. ELEONORA BROILO: Iniciamos com o requerimento nº 72/2022 que é uma convocação para o secretário municipal responsável pela ECOFAR. Passo a palavra ao vereador Roque Severgnini pelo tempo de até cinco minutos.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Eu falo sobre esse requerimento no sentido de retirá-lo de pauta, porque nós tínhamos dito aqui na semana passada que se a ECOFAR não viesse a esta Casa falar sobre os assuntos que estão pendentes de esclarecimentos que é a questão da roçada, capina, varrição, recolhimento de lixo, containers e os próprios serviços prestados no município de Caxias do Sul nós faríamos uma convocação. E como que até a data de sexta-feira não havia sido confirmado a vinda da ECOFAR aqui para essa Casa nós entramos com pedido de convocação então do secretário municipal ou a secretária municipal responsável pela ECOFAR, mas no dia de hoje eu obtive aqui a confirmação e ainda no dia de ontem nós havíamos conversado com a presidente Eleonora, mas hoje com o vereador Marcelo também e já está no site da Câmara que a ECOFFAR virá atendendo o requerimento do convite anterior e será então a pauta da sessão do dia 04/07 onde nós deveremos ter a presença aqui diretor-presidente né da ECOFAR o senhor Renato Tartarotti. E a ele que nós temos que ouvir né e assim eu retiro então esse requerimento de convocação, porque ele já foi atendido então de forma ainda que tardia, mas ao convite que nós havíamos feito outrora para que ele doravante se faça presente a Casa e que esclareça as dúvidas dos vereadores desse poder legislativo a cerca da dos serviços da ECOFAR. Então considero retirado o requerimento de convocação. Obrigado.

PRES. ELEONORA BROILO: Retirado então o requerimento de nº 72 e a Casa agradece. Encerrado o espaço de requerimentos e passamos a apresentação e de liberação de moções.

 

MOÇÕES

 

PRES. ELEONORA BROILO: Moção nº 11/2022 – ao governo do estado e outros para convocação de todos os aprovados da SUSEP. Passamos a palavra ao vereador Gilberto do Amarante pelo tempo de até cinco minutos.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Senhora presidente, essa moção é uma moção muito parecida com aquela da dos policiais da brigada militar que foi apresentada na semana passada e aí também me procurou uma pessoa aqui de Farroupilha que também fez concurso na SUSEP e o governo do estado vai fazer o treinamento para 3.000 funcionários sendo que passou em torno de 3.750 que fizeram o concurso; e eles estão pedindo então para que faça os 3.750 o treinamento que possivelmente ali o governo do estado então e o número é superior aos 3.000 que tá necessitando no Estado venha chamar essas pessoas que já prestaram concurso então já ficam preparado, já ficam pronto também com o treinamento. Então é a capacitação para aqueles que prestaram o concurso. Então é da mesma forma que foi feito para os policiais para esses essas pessoas que também prestaram o concurso da SUSEP então peço aqui o apoio de todos e a aprovação para que nós encaminhamos isso aqui para o governo do estado e segurança secretário de segurança do estado. Muito obrigado, senhora presidente.

PRES. ELEONORA BROILO: Certo. Mais alguém gostaria de fazer o uso da palavra. Se mais nenhum vereador quiser fazer o uso da palavra, coloco em votação a moção nº 11/2022. Os vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão; aprovado por todos os senhores vereadores e subscrito pela bancada do PSB, pela bancada do MDB, PP, PL, todas as bancadas. Encerrado o espaço das moções. Passamos ao espaço de comunicação de liderança pelo tempo de até 3 minutos para manifestação sobre ações de bancada ou de bloco parlamentar.

 

ESPAÇO DE COMUNICAÇÃO DE LIDERANÇA

 

PRES. ELEONORA BROILO: Com a palavra o líder de bancada Davi.

VER. DAVI DE ALMEIDA: Boa noite, senhora presidente e senhores vereadores. Apenas para comunicar que hoje nós tivemos uma reunião com alguns vereadores – vereador Sandro, vereador Juliano, vereador Amarante – e nós então estávamos iniciando um trabalho a pedido do MOAB, mas entendemos que a comissão que já é presidida pelo vereador Amarante já está tratando o assunto; então nós unimos esforços para que a gente tem um grande resultado nesse projeto Então nós não teremos a comissão que trata o assunto dos autistas e apoiaremos então a comissão já existente nessa Casa. Muito obrigado.

PRES. ELEONORA BROILO: Com a palavra o vereador Juliano.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhora presidente e colegas vereadores. Então eu queria só fazer um convite então aos colegas que compõem a comissão do código de posturas para terça-feira que vem dia 5, às 17h30min, na sala de reuniões, perdão, para fazermos uma conversa para instituirmos/elegermos o cargo de vice-presidente, secretário e etc. Eu vou entregar também juntamente com uma cópia para cada vereador a legislação, vou entregar algumas ponderações, algumas sugestões na qual já venho trabalhando há algum tempo para apreciação. E também apresentar uma proposta para convidarmos nessa discussão o Ouvidor do município Cristian Tonin e um ou dois fiscais para acompanhar para ter então, diga-se de passagem, um único discurso entre legislativo e executivo por que muitas vezes as coisas não acontecem na ponta no ato da fiscalização. Outro assunto que também quero falar na qual já havia feito uma solicitação um pedido de informações nº 31/2022, que veio incompleto, na qual perguntei sobre a previsão do retorno do Baile da Terceira Idade. Hoje fui procurado de novo por alguns moradores do bairro Nova Vicenza que estão indignados e não entendem porque que não voltou. Pois bem, ao questionar o secretário Jorge Cenci, me perguntou o senhor não leu o pedido de informações? “Pois é eu li, mas ele veio incompleto” Literalmente de uma forma incompetente que veio a resposta. Então eu estarei refazendo o pedido de informações e que venha completo e que quando trate com o vereador, inclusive ele é está licenciado, que trate com respeito sem ironia. Mandar reler pedido de informações. Tem que responder da forma certa dai não precisa pedir duas vezes. Por isso que muitas vezes têm que refazer pedidos. Tem que ler se responde pergunta. Isso só mostra o quê? Que em vez de ficar ironizando, falta trabalho, falta organização, já devia ter sanado o problema. Então tem que ter menos desculpa e mais atitude. Então estarei protocolando na próxima sessão um pedido de informações e cobrar; e se não vir uma resposta fidedigna, condizente e que esclareça para a população principalmente o grupo da terceira idade sobre quando voltará as atividades vou atender o pedido deles e vou apoiar eles numa manifestação lá na frente da prefeitura para chamar atenção. Poxa, mas que dificuldade, que dificuldade de responder. Responde certo “ah, tá previsto para voltar em agosto” coloca agosto. Começo do ano primeiro pedido de informações que eu fiz: o cronograma de obras. Algumas não foram concluídas, não seguiu excedeu o prazo, mas veio uma perspectiva. Então o cidadão/contribuinte nos pergunta nós respondemos de acordo com as informações. Então é uma bagunça e é uma vergonha. Obrigado, senhora presidente.

PRES. ELEONORA BROILO: Vereador Felipe.

VER. FELIPE MAIOLI: Para convidar os colegas para uma reunião na sala de reunião onde vamos falar sobre a nova composição de cargos para fazer parte do legislativo em ação. Então nós vamos fazer a reunião no dia 5/7 na próxima terça-feira, às 16h30min, na sala de reunião. Todos estão convidados.

PRES. ELEONORA BROILO: Mais alguém gostaria de fazer o uso da palavra. Vereador Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Então dando seguimento do trabalho com o Executivo/conselho escolar e os vereadores da comissão de infraestrutura e bem-estar social nós marcamos para próximo dia 4, às 16 horas, que o pastor Davi então vai estar presente nos auxiliando e contribuindo com esta com a busca de resolver aquelas questões que essas mães de autista nos trouxeram junto ao Executivo. Então na próxima terça-feira dia 4, às 16 horas, vamos estar reunido aqui na sala de reuniões e convido os demais que queiram participar, os demais vereadores podem se fazer presente também. Muito obrigado, senhora presidente.

PRES. ELEONORA BROILO: Mais alguém gostaria de fazer o uso da palavra? Se não houver mais manifestações encerra-se o espaço de liderança. Passamos ao espaço de explicação pessoal aos vereadores pelo tempo de 2 minutos para falar de ações de seu gabinete ou assunto de interesse coletivo.

 

ESPAÇO DE EXPLICAÇÃO PESSOAL

 

PRES. ELEONORA BROILO: Com a palavra o vereador Roque.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Eu queria e quero fazer uma manifestação acerca do seminário que ocorreu na sexta-feira última que debateu aqui a questão da do fornecimento de energia elétrica. O seminário contou com a presença do deputado federal Heitor Schuch representando a Câmara dos Deputados, principalmente a comissão de agricultura e também com a ANEEL, que é a Agência Nacional de Energia Elétrica, e a RGE que é a fornecedora de energia. Creio que foi um seminário importante, boa participação de vereadores, entidades, além de participação presencial, mas também a participação na tribuna aqui da Casa onde fizeram uso da palavra para manifestar a sua opinião, o seu descontentamento com o fornecimento em dados momentos da energia elétrica. Quero lamentar aqui a participação desorientada, desinformada, descontextualizada da ANEEL que estava representada pela AGERGS, mas que a contribuição foi paupérrima assim, não teve nada que deu para aproveitar, nem sequer geograficamente pode se aproveitar as informações que trouxeram. Então lamento que nós tenhamos na ANEEL este tipo de comportamento que dado momento comentou que a lupa da ANEEL não olha o interior e que pelo fato de Farroupilha ter a participação de 8%, demograficamente falando, então não é algo que chame atenção; talvez é exatamente, porque não conhece o que é o potencial do interior de Farroupilha. Mas de mais o seminário foi muito bom e muito proveitoso obrigado.

PRES. ELEONORA BROILO: A palavra continua à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Mauricio.

VER. MAURÍCIO BELLAVER: Boa noite, doutora presidente; boa noite, colegas vereadores, imprensa. Eu ia falar ontem, mas ontem não podia. Eu pergunto o quê que o DAER faz entre Farroupilha e Bento na 453 no quilômetro, exclusivo, no km 113 no entroncamento para Nova Roma/São Marcos? Que ali tem que nem uma guilhotina que seria até uma pouca vergonha para o DAER isso aí. Mais uma morte sexta-feira aconteceu e nada se resolve. Ali seria até levantar quantas pessoas já faleceram aí. Acho que segunda-feira vou levantar esse assunto aí os colegas vereadores que querem me ajudar, porque realmente é a o trevo da morte. Acho que vamos fazer um pedido aí eu vou botar ‘trevo da morte’, Juliano, o quê que tu acha. Ué tem curva da morte botemos lá porque é uma pouca vergonha mesmo o engenheiro que fez isso aí. Inclusive eu chamei um engenheiro ali ele veio falou comigo e diz que quem tá errado é os condutor. Mas tudo bem, segunda-feira vou me manifestar sobre esse assunto aí. Muito obrigado.

PRES. ELEONORA BROILO: Vereador Juliano.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhora presidente, usar esse espaço então para reforçar também estive presente na atividade do seminário quero parabenizar meu colega vereador advogado Roque pela iniciativa, acho que foi louvável, e sim foi mais um momento de reforçar que este parlamento tem trabalhado muito, seja qual vereador, seja qual temática. E lamentar a ausência da ANEEL e aquilo que eu falava lá em Brasília era tudo, tudo, pode aqui não pode. Então questionei bastante a AGERGS eles não tinham literalmente além de faltar com problema a questão da lupa faltava um pouco de estudo e um pouco de vergonha na cara também quanto de vir falar de uma comunidade e não conhecer; enquadrei eles também, não tem problema. Todos que vierem aqui falar bobagem eu vou rebater. Por fim, senhora presidente, e externo aos membros da mesa diretora eu encaminhei um ofício com uma sugestão de homenagem nesta Casa num espaço físico simbólico, mas muito importante; e sim busquei na questão jurídica e é uma prerrogativa, uma iniciativa da mesa, simbolicamente colocarmos o nome lá da sala da imprensa, onde nosso colega Gabriel fica, sala da imprensa Ricardo Ló. Uma homenagem ao nosso colega da comunicação, uma figura emblemática, categórica da nossa cidade; algo simplório, mas verdadeiro de coração para não deixar morrer a história dele e sim num local onde que faz muita parte da história a comunicação, a informação. Durante quase 50 anos ele esteve à frente de programas de rádio e sempre era uma figura presente nas nossas sessões aqui da Câmara. Então obrigado pelo espaço. Era essa minha manifestação,

PRES. ELEONORA BROILO: Vereador Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Parabéns, vereador Roque, pela audiência, seminário, que teve aí na última sexta-feira que eu acho que foi sempre temos o que construir e essa Casa está fazendo história, vamos dizer assim, porque nós estamos trabalhando; muitos vereadores aqui trabalhando muito e estamos trazendo resultado. Também, Maurício, com certeza vou me somar a ti naquela questão, porque é uma vergonha e aquilo lá não é problema de motorista, não é. Porque ali tem um perigo apontado para o motorista isso sim. E também queria falar um pouquinho, pessoal, hoje eu dei uma passada em nossa cidade nós estamos, Marcelo Broilo, com a nossa cidade toda esburacada. O que o Tiago Ilha falou antes dos corredores que eles podem cair no buraco é verdade. Eu sei que antes tinha problema, mas esses problemas eles vêm aumentando e não se traz solução. Então é problemas simples de resolver, é problemas rotineiros, mas não se resolve, ele aumenta né. Temos buraco na Avenida Santa Rita, na Pedro Grendene, na Tomas Edison, na Independência; bom, aqui pelo centro da cidade é difícil nós citarmos a rua que não tem buraco. Então teria que dar uma geral em nossa cidade sem falar do quebra-mola lá que continua incomodando muita gente. Então não é demasia falar do quebra-mola é que ele incomoda as pessoas, isso incomoda, era uma coisa que estava lá pronta e os buracos se alastram pela cidade. Então parece que é ironia. Temos um problema já oficial e nós deixamos os outros deixar oficial também. Muito obrigado, senhora presidente.

PRES. ELEONORA BROILO: Vereador Marcelo, seu espaço de explicação pessoal.

VER. MARCELO BROILO: Obrigado, senhora presidente. Como os demais pares falaram da sexta-feira vou me pronunciar também. Falei ali no episódio parabéns Roque pela condução, deputado federal também bastante colaborativo e foi um avanço acho que um na linha da reunião com os deputados né. E concordo com você a questão AGERGS ali fica a desejar não conhece a nossa cidade, não conhece a região e me assustou muito o universo de 8% que eu falava ali na sexta-feira são 2.720 unidades consumidoras e como eu disse lá é 100% para essas pessoas. Então parabéns de novo. E acho que vamos alinhando e trazendo para esta Casa o diálogo/discussão e usando também nós Câmara de Vereadores para fazer a nossa parte importante assunto da RGE. Sim, Amarante, temos buracos e a chuva parece que não dá trégua. Isso é uma pauta importantíssima, o secretário é sabedor, hoje foi, na verdade, já na segunda-feira foi abertura do Sol foi várias situações consertadas, mas temos que avançar temos que avançar isso. E na questão quebra-molas de novo até tem um pedido de informação a respeito, licitação fora feita e questão de 15/20 dias o tempo ajudando. Eu sei que tá incomodando pela quarta ou quinta vez eu reitero e quando a gente não vai bem não tem o porquê, não é demérito algum tá, de eu falar dimensionamos mal não fomos bem agora temos que correr atrás e consertar. Mas tenha certeza que em breve é prioridade total fazer essa esse quebra-mola com camada de asfalto como tem que ser. Certo. Obrigado pela colaboração.

PRES. ELEONORA BROILO: Não havendo mais solicitação para usar esse espaço, encerro o espaço de explicação pessoal. E agora espaço do presidente pelo tempo de até cinco minutos para avisos e informações.

 

ESPAÇO DO PRESIDENTE

 

PRES. ELEONORA BROILO: Apenas para convocar os vereadores para uma reunião na sala de reuniões, rápida e rasteira, após o término desta sessão de assuntos de interesse de vossas senhorias. Encerrado o meu espaço. Encaminhamos às comissões de Constituição[sic], Justiça e Redação Final, Infraestrutura, Desenvolvimento e Bem-Estar Social os projetos de lei do legislativo nº 12 substitutivo e nº 15. Nada mais ser tratado nessa noite declaro encerrados os trabalhos da presente sessão ordinária. Muito obrigado a todos.

 

 

 

 

Eleonora Peters Broilo

Vereadora presidente

 

 

 

Tadeu Salib dos Santos

Vereador 1º Secretário

 

 

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa e Apoio Administrativo.