Pular para o conteúdo
03/10/2022 14:12:48 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 4179 – 21/03/2022 – Mulher Farroupilhense

SESSÃO SOLENE

 

Presidência: Sra. Eleonora Peters Broilo.

Às 18 horas a senhora presidente vereadora Eleonora Peters Broilo assume a direção dos trabalhos. Presentes os seguintes Vereadores: Alexandre Paese, Calebe Coelho, Clarice Baú, Cleonir Roque Severgnini, Davi André de Almeida, Felipe Maioli, Gilberto do Amarante, Juliano Luiz Baumgarten, Marcelo Cislaghi Broilo, Mauricio Bellaver, Sandro Trevisan, Tadeu Salib dos Santos, Thiago Pinto Brunet e Tiago Diord Ilha.

 

 

PRES. ELEONORA BROILO: Boa noite a todos. Pontualmente às 18h declaro abertos os trabalhos da presente sessão solene comemorativa ao dia da mulher farroupilhense e outorga do certificado mulher destaque 2022. Inicialmente a Câmara de Vereadores agradece a presença de todos e saúda as autoridades aqui presentes, e saudando o senhor Jonas Tomazini representando o prefeito Fabiano Feltrin e a primeira-dama do nosso município Ariane Laura saúdo todas as autoridades aqui presentes. Dada à verificação do quórum informo a presença de 15 vereadores nesta sessão solene de 21/03/2022. De imediato convido para fazer parte da mesa o excelentíssimo senhor Jonas Tomazini, vice-prefeito municipal, neste ato representando o prefeito Fabiano Feltrin. E de pé convidamos a todos para ouvirmos a execução do Hino Nacional Brasileiro. (AUDIÇÃO DO HINO). Inicialmente saudamos o nosso vice-prefeito Jonas Tomazini, representando o prefeito Fabiano Feltrin, e cumprimentar a todas as mulheres farroupilhenses e em especial as nossas homenageadas desta noite solene: Cladi Maria Colussi, Elaine Zanella Bartelle, Maria Alice Medim, Marines dos Santos Pereira, Paulina Inês Guisso, Silvia Maria Chieli Rossi e Silvina Giacobe Turcatto, que receberão nesta noite o certificado mulher destaque 2022. O dia da mulher farroupilhense foi instituído pela lei municipal nº 1.355, de 23/05/1984, de autoria da vereadora Marlene Rozina Feltrin. De imediato passamos a palavra a um vereador por bancada que, após sua manifestação, convidará sua homenageada para receber o certificado e a placa Mulher Destaque/2022 e fazer uso da palavra se assim o desejar. A primeira bancada então será o movimento democrático brasileiro – MDB – que fará uso da tribuna; fará uso da tribuna o vereador Marcelo Broilo.

VER. MARCELO BROILO: Muito obrigado senhora presidente. Quero aqui desejar uma ótima noite a todos. Cumprimentar nosso vice-prefeito Jonas Tomazini em nome do nosso prefeito municipal Fabiano Feltrin, cumprimentar nossos colegas vereadores, primeira-dama Ariane em seu nome cumprimentar a todas as mulheres pelo seu mês. Quero aqui agradecer a imprensa aos meus colegas de bancada doutora Eleonora e Felipe que me concederam o privilégio de em nome do nosso partido, o MDB, prestar esta tão justa e merecida homenagem à mulher destaque 2022 na sessão solene comemorativa ao dia da mulher farroupilhense; mas principalmente também as nossas homenageadas e seus familiares e amigos aqui presentes, nos orgulha muito e nos honra à presença de vocês em nossa casa legislativa. Em todo lugar e a todo o momento existe uma verdade a ser dita e a ser vista, uma verdade talvez despercebida, mas que está somente à espera da nossa voz para ser desvelada. É esta verdade que cabe na perspectiva da nossa homenagem, pois de qualquer maneira ela está presente aqui e também em muitos outros lugares através da memória dos seus feitos. Silvia Maria Chieli Rossi, natural de Farroupilha, filha de Jaci Chieli, in memoriam, ex-vereador desta Casa e de Valkíria Prux Chieli, completando 82 anos no próximo dia 11. É isso né Silvia? E que também realizou muito trabalho de voluntariado em nossa cidade. Silvia cursou e é formada em magistério pelo Colégio CNC, pela Universidade de Caxias do Sul formou-se em licenciatura, em ciências, pós-graduação em marketing, pós-graduação em gestão de pessoas e também em produção. Casada com Sérgio Luiz Rossi mãe de Rafael Luiz Rossi e Guilherme Luiz Rossi, avó de Sebastian e sogra de Miqueli. Sócia na empresa Sérgio Rossi Materiais de Construção Limitada com 38 anos de atividade no município onde até hoje é responsável pelo setor financeiro da empresa. Foi professora na Escola Nossa Senhora de Lourdes e também professora municipal nas Escolas Santa Cruz e Presidente Dutra. Também uma das professoras que idealizaram a primeira escola de jovens e adultos na época ainda com nome de CEMEJA, hoje encurtou-se um pouco, como Centro Municipal de Educação de Jovens e Adultos em  nosso município sendo responsável pelas apostilas de matemática. Em 1999 começou como voluntária na liga feminina de combate ao câncer núcleo de Farroupilha. No ano seguinte, olha que missão; houve o desligamento da estrutura que tínhamos até então da Liga de Porto Alegre transformando-se na associação de prevenção e combate ao câncer de Farroupilha sendo imprescindível a sua participação, a sua luta e a sua coragem. Situar a figura desta mulher no tempo no espaço e num contexto de conexão entre sociedade, cultura e contribuição faz-se necessário moldarmos o mosaico de saberes, de fazeres e de poderes que foram se materializando pela mão amiga traduzindo-se em grande significação para nossa comunidade. A linguagem do servir na história social é instrumento tanto para quem o faz quanto ao que recebe. Ao ter se debruçado sobre o voluntariado Silvia evoca na mente humana uma estância abrangente, dinâmica e coletiva que toma forma na solidariedade, pois pelo seu exemplo tem oportunizado múltiplas possibilidades de ajuda a quem mais precisa. Silvia, você é uma verdadeira guerreira os feitos que são divulgados só representam uma parcela desta sua bondade, existem histórias emocionantes de ajuda. Sua maior qualidade é de aliviar as dores das pessoas sem julgar o tamanho desta dor ou o merecimento. Talvez grande parte do que fazes muitos ainda não o sabem, porém as que eu sei suas ações são brilhantes. Como diria uma frase da música de Zeca Pagodinho, fiquei sabendo que você gosta, diz o seguinte Silvia “você tem sempre uma palavra de consolo”. Por fim, gratidão pelo seu legado foste promotora do despertar da mulher de várias gerações e ainda o és da mulher do presente. Muito obrigado por tudo. Convido-a então Silvia a passar aqui na frente.

SRA. SILVIA MARIA CHIELI ROSSI: Primeiramente boa noite a todos, presidente da Câmara Eleonora Broilo, ao vice-prefeito Jonas Tomazini, a toda a sua mesa diretora, a bancada do MDB que aprovou o meu nome, então a doutora Eleonora o Felipe Maioli e em especial meu amigo Marcelo Broilo muito obrigada a vocês e os demais vereadores também muito obrigado. Eu não escrevi nada porque eu não consegui vamos falar aquilo que vem. E hoje para mim uma noite muito especial de estar aqui recebendo essa homenagem junto com a comemoração da mulher farroupilhense e saber que o nosso nome foi lembrado por ajudar, por querer ajudar sempre a nossa comunidade. Não esquecendo que nós ajudamos na liga de combate ao câncer porque a comunidade nos ajuda e porque eu tenho uma equipe maravilhosa das voluntárias; sozinha não se faz nada gente. A minha gratidão é em nome de toda a diretoria da liga, em nome de todo o conselho da liga e em nome de todas aquelas pessoas que quando liga da uma balançada estão lá para nos ajudar. Com isso a gente ajuda aqueles que precisa. Como eu sempre digo: a liga não deve ser vista como um lugar triste a gente atende também pessoas tristes, mas a gente tá lá de braços abertos sempre e quando ele se fecha essa pessoa ganha um abraço. E isso é muito importante que ela se sinta acolhida assim como eu estou sendo hoje aqui por vocês. É este acolhimento que a gente dá para as pessoas lá na nossa entidade. Agradeço de coração me pegaram de surpresa mais uma vez por ser a primeira né, mas eu quero dizer assim que Farroupilha me escolheu porque são vereadores que ganharam o voto de muita gente. Então agradeço a estes votos todos que vocês receberam e que estão transmitindo para mim esta confiança hoje, vejam assim também que é muito importante. E nós hoje, sabe que é a casa das sete mulheres só que tem muito mais mulher aqui dentro, nós hoje somos realmente agraciadas e homenageadas porque se contarmos como falamos numa reunião quantas mulheres existem em Farroupilha e nós tivemos o privilégio de sermos escolhidas e estarmos aqui hoje. Isto para nós para mim é uma honra muito grande. E quero agradecer então a minha família, a minha família da liga, aos meus amigos que aceitaram o convite de estarem aqui hoje também e a nossa comunidade que nos assiste; sabem que um pedacinho do coração da gente é de toda a comunidade porque a gente pede sempre para quem? Para a nossa comunidade de Farroupilha. A gente não pede para nós em especial nós pedimos para a liga e a liga gente veste a camiseta, veste o coração, veste tudo. Não é somente estarmos lá em terças e quintas, nós estamos nas terças e quintas presencial, mas estamos fora deste horário, 24 horas, quando necessário. Então muito obrigada Farroupilha muito obrigada Marcelo pelas suas palavras, muito obrigada bancada do MDB pelo Felipe e pela doutora Eleonora. Eu estou muito muito agradecida de estar aqui hoje. Obrigada de coração.

PRES. ELEONORA BROILO: Dando continuidade convido o Progressistas – PP – para que faça uso da tribuna; fará uso da tribuna a vereadora doutora Clarice Baú.

VER. CLARICE BAÚ: Boa noite a todos em especial sempre nossa presidente doutora Eleonora, hoje o vice-prefeito aqui representando nosso Executivo Jonas Tomazini, a primeira-dama Ariane Laura dos Santos Feltrin e em nome da Ariane eu quero homenagear já de início todas as mulheres farroupilhenses. Também um boa noite a todos que estão aqui presentes, os convidados, as pessoas que sempre aqui estão nos prestigiando, eu sempre digo né a presença é o que prestigia o nosso trabalho; e a todos aqueles também que nos assistem de seus lares, a imprensa, nossos funcionários e os nossos colegas vereadores um boa noite muito especial. Maria Alice Medim, o que falar de Maria Alice Medim? Casada com seu Valdir Medim tem três filhos Márcio, Carlos e Janaína. Maria Alice Medim já foi agricultora trabalhou com o cultivo de grãos, hortifrutigranjeiros, com vacas leiteiras, entre outras funções. Sempre trabalhou muito duro para contribuir com o sustento de sua família. Mas dona Alice como é bem conhecida com a preocupação principalmente no futuro de seus filhos iniciou um novo projeto: abrir uma confeitaria. E assim o fez. No ano de 1997 com toda a documentação prevista abriu-se as portas de seu novo empreendimento: a Confeitaria Alici’s. Quando inaugurou a confeitaria trabalhava dona Alice seu filho Carlos como confeiteiros, seu esposo Valdir e seu filho Márcio como padeiros. Não foi fácil, nada fácil, mas com muita determinação muito trabalho, empreendimento da dona Alice obteve sucesso e hoje quase 25 anos depois seu sonho segue colhendo os frutos. Sua equipe de trabalho conta com seus filhos, seus netos, seu genro, além de pessoas dedicadas e atenciosas que já fazem parte da sua família totalizando mais de 20 pessoas. Dona Alice e seu esposo são quem começam os trabalhos diários na padaria acordando às 5 horas da manhã e trabalhando o dia inteiro e é a dona Alice as portas da confeitaria às 19h. Então mais um exemplo de mulher empreendedora quem nunca deixou o seu sonho de lado acreditou, lutou e realizou. Foi fácil? Claro que passou por dificuldades, se dividia entre afazeres domésticos cuidados com a família suas atividades na confeitaria Alici´s. quem já não experimentou as delícias da Alici´s está perdendo tempo. Tudo com a supervisão desta mulher forte, destemida, guerreira conhecida e muito querida pelos moradores do bairro São José pela sua dedicação, honestidade, simplicidade, pelo seu enorme coração e pelo resultado de seu trabalho. Isso é sinônimo de empoderamento feminino que tanto se ouve falar é lutar por um ideal, acreditar, não desistir e empreender; ter a sua independência financeira gerar empregos e renda. Parabéns dona Alice, da Confeitaria Alici’s do Bairro São José como é conhecida, por ser mais um exemplo de mulher que merece todo nosso respeito e reconhecimento. Por isso é com muita humildade, mas com muita alegria e satisfação que nós da bancada do progressistas queremos agradecer por ter nos oportunizado esse momento de poder lhe homenagear como mulher destaque 2022. E tenha certeza dona Alice que é um título que representa toda a sua caminhada como mulher farroupilhense. Esse título é seu dona Alice, pois é merecedora. Parabéns. Obrigado presidente. Convido então dona Alice para subir aqui e receber realmente a homenagem merecida.

SRA. MARIA ALICE MEDIM: Eu só quero agradecer em primeiro lugar à doutora Clarice, a vereadora, a presidente doutora Eleonora e todos os vereadores aqui da Casa. Muito obrigado. Foi uma honra para mim receber essa homenagem hoje. Muito obrigado a todos.

PRES. ELEONORA BROILO: Seguindo, chamamos o partido liberal – PL – para que faça uso da tribuna; e fará uso o vereador Alexandre Paese.

VER. ALEXANDRE PAESE: Boa noite senhora presidente, colegas vereadores e vereadora Clarice. Vice-prefeito Jonas Tomazini, primeira-dama Ariane Laura Feltrin, deputada Francis Somensi e secretários presentes; imprensa, funcionários da Casa e todos que nos acompanham. Boa noite especial às sete mulheres que estão sendo homenageadas com o título mulher destaque 2022, aqui nesta Casa, no dia de hoje. Cladi Maria Zuffo Colussi: professora e referência na área da educação no município; Maria Alice Medim: empresária com uma linda história e doces muito gostosos; Marines dos Santos Pereira: professora e tradicionalista que espalha um pouco da nossa cultura gaúcha de forma especial em nosso município; Paulina Inês Guisso: enfermeira e referência na área da saúde no município; Silvia Maria Rossi: faz um trabalho voluntário lindo na liga de Combate ao Câncer; Silvina Giacobe Turcatto: faz um trabalho voluntário lindo também, hoje, junto a Pastoral da Criança; e a nossa homenageada da bancada do PL Elaine Zanella Bartelle, que é a mulher destaque, indicada pela bancada. A história da Elaine é impressionante, uma mulher guerreira e que com muito esforço vem deixando uma marca em nosso município. Vou compartilhar um pouco com vocês. Já fazia uns 20 anos que ela vinha pensando que precisava abrir alguma entidade para atender pessoas com transtorno de espectro autista no município e região em decorrência de ter um filho com transtorno de espectro autismo; filho este que hoje tem 47 anos e se chama Gabriel Bartelle. Em decorrência disso era necessário se deslocar até Porto Alegre 3 vezes por semana para que Gabriel recebesse atendimento multidisciplinar e mesmo assim não era algo específico para o autismo, mas era o que tinha naquela época. Em 2002 Elaine iniciou a construção de uma relação com uma psicopedagoga que tinha uma especialização neste transtorno, Ana Esmeraldo, e conseguiu um atendimento para seu filho e para o filho de um amigo que também esteve lhe ajudando, o senhor doutor Hilário Lovatto. Então, ela e o doutor Hilário procuraram mais famílias que pudessem precisar deste atendimento. Naquele momento localizaram quatro famílias tornando no total seis famílias com o mesmo propósito; surgiu a Associação de Pais e Amigos do Autista de Farroupilha, após as buscas legais para constituir a Associação, com o fim de abrir espaço para mais famílias que não tinham condições financeiras de ter um atendimento adequado para seus filhos. A AMAFA iniciou os atendimentos em 27/03/2003 com a cedência do espaço pela prefeitura em São Luiz/3º Distrito, na época o prefeito em exercício era o Bolivar Antônio Pasqual, e então foi fundada a Escola de Educação Especial Sonho Azul. Iniciou os trabalhos com Ana Esmeraldo, psicopedagoga que lhe acompanhou, e após fechou o consultório e foi trabalhar com a AMAFA. Desde então Eliane sempre esteve na linha de frente da AMAFA buscando recursos para a manutenção da entidade e tentando sempre melhorar e expandir as áreas de atendimento dentro da instituição, prezando pela qualidade do serviço. Aos poucos foram contratando outros profissionais e expandindo os serviços. Sem medir esforços Elaine faz diversas atividades para a manutenção da AMAFA tais como brechó, bingo, ‘drive-trhu’, almoços, jantas, e etc.. Atualmente a AMAFA, que é um centro de atendimento, está com sede própria no Bairro Vicentina com 60 pessoas que recebem atendimentos com 26 profissionais; conta também com equoterapia, natação, fisioterapia, psicóloga, terapia ocupacional, psicopedagogia, educadores sociais, professores, transporte pago pela instituição porta a porta, refeição balanceada e controlada por nutricionista, entre outros benefícios. Todo tratamento disponibilizado é gratuito. O acompanhamento se estende às famílias também contando com psicóloga, uma vez ao mês, para dar suporte emocional para a família. Resumidamente, essa é a história da Senhora Elaine. Hoje lhe parabenizo e esse título que a bancada do PL lhe dedica é só uma forma singela de agradecê-la. Convido para subir ao palco Elaine Zanella Bartelle.

SRA. ELAINE ZANELLA BARTELLE: Um boa noite então em primeiro lugar a nossa presidente da Casa, representante do prefeito Jonas Tomazini, a primeira-dama, a todos os vereadores e o publico em geral. Eu estou até emocionada por receber está homenagem, para mim é bastante gratificante, pois isso é o reconhecimento do trabalho que é feito na AMAFA; não é nem com o meu trabalho, mas o trabalho que lá é praticado para beneficiar essas pessoas que têm no transtorno do autismo, que é um transtorno de processamento de interação social, de socialização de linguagem, enfim, é um transtorno global que ele pega todo o organismo da pessoa né então a dificuldade bem grande que eles têm de conviver na nossa no nosso meio na nossa comunidade como um todo. Então isso para mim só representa que toda a dedicação não só a minha, mas como a equipe que está lá dentro no dia a dia trabalhando com esses meninos está dando resultado né tem dado resultado então isso para mim é bastante gratificante saber que lá atrás quando era apenas um sonho hoje eu posso dizer que é uma realidade. O resultado está aí e está sendo reconhecido. então muito obrigada por isso.

PRES. ELEONORA BROILO: Antes de passar a palavra para manifestação do PSB eu gostaria de agradecer a presença da deputada Francis Somensi que está aqui nos prestigiando nessa noite bem como todos os secretários e todas as autoridades aqui presentes. Convido o partido socialista brasileiro – PSB – para faça uso da tribuna; fará uso da tribuna o vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Senhora presidente da Câmara de Vereadores doutora Eleonora em seu nome cumprimento a todos os vereadores e a vereadora Clarice. Cumprimento o vice-prefeito Jonas Tomazini que representa o senhor prefeito municipal nesse ato. Cumprimentar a primeira-dama dona Ariane, a deputada Fran deputada estadual, a imprensa, pessoas que estão presentes nessa sessão solene de homenagem a mulher farroupilhense e também as pessoas que nos assistem através das plataformas digitais. Quero cumprimentar a todas as mulheres nesta noite que aqui estão especialmente as homenageadas: a senhora Cladi Maria Zuffo Colussi, a senhora Elaine Zanella Bartelle, a senhora Maria Alice Medim, a senhora Marines dos Santos Pereira, a senhora Paulina Inês Guisso, a senhora Silvia Maria Chieli Rossi e a nossa homenageada do PSB a senhora Silvina Giacobe Turcatto. Dona Silvina Turcatto nasceu em Sobradinho casou-se 1970 com o senhor Frederico que está aqui né acompanhando a dona Silvina, dessa união com o senhor Frederico tiveram três filhos: a Sandra, o Adriano e o Rogério in memoriam. A dona Silvina e o seu Frederico trabalhavam na agricultura no cultivo de tabaco de fumo, fumo de corda e fumo de estufa né, uma lida muito sofrida, pois além de ser pesado e uma agricultura de subsistência também é um produto é uma planta que requer muito uso de agrotóxicos. Então eles resolveram vender o que tinham lá e em 1983, no dia 16 de junho, resolveram vir para nossa querida Farroupilha e assim compraram um terreno no bairro São José, imagino que no mesmo lugar que ainda moram né, e iniciaram aí as atividades e a dona Silvina trabalhando em fábrica de calçado que era um período, diga-se de passagem, muito trabalho, muito mão de obra do setor calçadista neste período em Farroupilha. Com o passar do tempo em 97 a dona Silvina se aposentou e com dinheirinho do acerto que fez lá com a saída da empresa ela resolveu comprar umas máquinas de costura e começou fazer umas costuras em sua casa. Em 2014 infelizmente teve o falecimento do seu filho, jovem ainda, de 41 anos, do Rogério; com isso talvez tenha sido um chamado de Deus né a dona Silvina começou se dedicar um pouco o trabalho comunitário e resolveu ali onde ela trabalhava já com suas costuras resolveu abrir um pequeno espaço para quem quisesse doar alguma coisa de roupas, de vestuário pudesse então ceder a ela que ela iria repassar para as pessoas que tinham necessidade. Eram recolhidos aí roupas, calçados brinquedos para atender pessoas de idades, pessoas vulnerabilidade social, pessoas também crianças que precisavam de brinquedo. E assim a dona Silvina foi construindo esse espaço. Depois em 2018/2019 ela iniciou um curso de teologia e recebeu um convite para participar da Pastoral da Criança, aliás, a Pastoral da Criança é uma pastoral que ajuda muito as famílias que estão em vulnerabilidade social principalmente as crianças que estão abaixo do peso, crianças que precisam ser acompanhados se tomaram vacinas, se estão sendo atendidas no seu na sua casa na sua família. E assim também a dona Silvina começou a participar de visitas, visitar as famílias no Bairro São José com especial atenção ao núcleo da SFAN e ali ela ainda continua atendendo e auxiliando; e, aliás, ela ampliou né porque agora também ela abriu um espaço para quem quiser doar alimentos e esses alimentos são repassados para aquelas pessoas que tem necessidade. E eles têm um atendimento ali na igreja, vamos lá, Igreja Menino Jesus né no núcleo da vila da SFAN que elas atendem as gestantes também e também crianças de 0 a 6 anos; fazem pesagem, verificam se foram vacinadas se estão sendo bem cuidados se tem um brinquedinho de natal de páscoa, se tem o alimento um leite né. Isso é um serviço totalmente gratuito é realmente retribuindo aquilo que a gente pode fazer de melhor que é ajudar o próximo. E ajudar o próximo é naquele momento em que ele mais precisa né é aquele momento que você sabe que está fazendo a diferença na vida da pessoa. Às vezes alcançar uma mão para que a pessoa possa ter o alimento pelo menos três vezes ao dia possa ter um calçado, um abrigo, um uniforme escolar às vezes para ir para o colégio poder se abrigar do frio e da chuva e dormir de barriga cheia é muito importante, é muito importante isso. Somente quem passa por isso sabe o quanto isso é importante na vida né. Sem alimento não haverá saúde não haverá nada. E ela também tem no dia 13 de junho que é o dia do Santo Antônio eles servem um sopão ali exatamente na Igreja Menino Jesus. Ela estima que atende mensalmente em torno de 250 a 300 pessoas por mês. Isso é um número considerável. Obviamente que não deve ser… Aliás, muitas vezes são as mesmas pessoas por que não conseguem sair do ciclo da necessidade, da miséria, da falta do alimento, do vestiário, enfim, e precisa ser atendida por pessoas como à senhora dona Silvina. Então parabéns por esse seu trabalho maravilhoso. Existem muitas pessoas certamente no mundo, no Brasil, no Estado aqui em Farroupilha que fazem trabalho igual à senhora então essa homenagem nossa da Câmara de Vereadores transmitido por mim e pelo meu colega professor Juliano da bancada do PSB para a senhora ela é simbólica e extensiva a todas as mulheres, homens e pessoas de bem que tanto fazem e às vezes na maioria das vezes estão no anonimato fazendo o seu trabalho. E como diz aquela passagem da Bíblia né ‘o que a mão direita alcança a esquerda não precisa saber e o que a mão esquerda alcança a direita não precisa saber’. O importante é quando se faz, não há necessidade de grandes espetáculos para fazer o bem basta fazer. A pessoa que recebe se sente muito bem, mas quem pode ajudar se sente ainda melhor. Dona Silvina sobe até aqui no palco para receber um abraço nosso e também uma lembrança aqui.

SRA. SILVINA GIACOBE TURCATTO: Boa noite a todos. Confesso que estou emocionada. Estou emocionada. Quero agradecer então a presidente doutora Eleonora, senhores vereadores, o publico presente, os funcionários da Casa e os meios de comunicações. Eu quero agradecer em especial os vereadores o Roque Severgnini e o Juliano Baumgarten que me convidaram para fazer esse reconhecimento do meu trabalho. Eu quero dizer para vocês que esse trabalho eu faço com muito amor e dedicação. (INAUDÍVEL) E tudo isso defino só em uma palavra: gratidão, gratidão, gratidão. Muito obrigado a todos.

PRES. ELEONORA BROILO: Dando continuidade convidamos a Rede Sustentabilidade para que faça uso da tribuna; fará uso o pastor Davi.

VER. DAVI DE ALMEIDA: Boa noite senhora presidente. Meu boa noite ao excelentíssimo vice-prefeito Jonas Tomazini, meu cumprimento a nossa primeira-dama doutora Ariane Feltrin cumprimentando ela cumprimento todas as mulheres e neste mês das mulheres já deixo aqui meu abraço a todas; também o meu cumprimento a nossa deputada Fran Somensi cumprimentando também os meus colegas vereadores que estão aqui. E é claro nesse dia tão especial eu nunca imaginei que faria né parte da casa da sete mulheres, mas hoje essa Casa recebe essa sete mulheres que têm deixado um legado para todos nós. E eu quero saudar aqui a minha querida Paulina Inês Guisso cumprimentando ela eu quero cumprimentar as demais homenageadas. E é claro que eu faço aqui uma citação bíblica por que a Bíblia já vem declarando o valor dessas mulheres que Deus trouxe à existência. Em provérbios Capítulo 31 a bíblia diz “mulher virtuosa quem a achará? o seu valor excede o valor de rubis”. Vocês têm muito valor e é por isso que hoje nós estamos aqui as homenageando. A Paulina Inês Guisso filha de agricultores nascida no interior de Pinto Bandeira, há mais de 40 anos Deus a trouxe para esta cidade por que sabia que colocaria nas tuas mãos Paulina uma missão grandiosa de estar à frente do cuidar de toda a nossa cidade. Formada em enfermagem e licenciatura em enfermagem pela Universidade de Caxias do Sul com pós-graduação em enfermagem em saúde pública e especialização em educação permanente em saúde. Paulina ela tem conduzido na sua carreira a saúde da vigilância epidemiológica da nossa querida Farroupilha; trabalhou em vários postos de saúde e eu creio que hoje traz a memória o tempo que iniciou o tempo que passou e hoje chegando à frente da vigilância epidemiológica vem desempenhando um trabalho de prevenção um trabalho de cuidado e é claro que pelas mãos dela muitas crianças passaram muitas pessoas passaram e traz a memória a vacinação e todo um trabalho desempenhado com uma equipe que hoje representada por outras mulheres que estão aqui da saúde também consegue desempenhar esse excelente trabalho. Uma participação ativa há dois anos atrás quando nós juntos e eu tive o privilégio e a honra trabalhar ao seu lado enquanto estive secretário da saúde deste município. Encaramos juntos o covid-19. Tivemos um início turbulento muitas dificuldades enfrentamos, mas hoje especialmente hoje o nosso prefeito Fabiano Feltrin representado aqui pelo nosso querido Jonas Tomazini lança um decreto em que é facultativo a utilização de máscaras na nossa cidade marcando sim um novo tempo, um novo ciclo e eu posso ter certeza que passou pelo teu cuidado pela tua preocupação. E hoje nós somos gratos a toda a equipe da saúde e a cada um de nós que contribuiu para que hoje nós tivéssemos êxito no combate a pandemia coronavírus aqui na nossa cidade. Paulina sempre à disposição em todos momentos em que todos os horários fosse durante o dia fosse a noite e eu me trago à memória o nosso primeiro caso de contaminação né quando veio importado da Inglaterra e nós juntos nos reunimos, às vezes até a madrugada trocando né mensagem, de como faríamos de como agiríamos nesse trabalho; mas a tua condição foi exemplar o teu trabalho como mulher né foi exemplar nessa cidade e assim sempre disposta. Paulina, com certeza Farroupilha agradece todo o teu trabalho o tenho empenho um orgulho da tua família e um orgulho para todos nós. E eu quero dizer que Deus continue te abençoando que Deus continue te dando saúde para que tu possas continuar o teu trabalho continuar cuidando da nossa cidade fazendo esse trabalho extraordinário que nenhum valor poderia pagar, mas sim o cuidado de Deus sobre a tua vida com certeza será todos os dias. Que Deus abençoe a tua vida. Eu quero te convidar para que você tome aqui né este lugar para receber essa homenagem.

SRA. PAULINA INÊS GUISSO: Então boa noite a todos. Em primeiro lugar quero saudar a todas as autoridades aqui presentes que já foram mencionadas e uma saudação especial ao nosso legislativo municipal por esta solenidade de comemoração ao dia da mulher farroupilhense. Quero dizer que fiquei muito muito emocionada e lisonjeada em receber esta outorga de mulher destaque e reconhecimento pelo trabalho desenvolvido neste município em prol da saúde dos nossos munícipes. E quero compartilhar ou compartilho a todas as mulheres farroupilhenses essa belíssima homenagem em especial às mulheres que trabalham na área da saúde e que várias estão aqui principalmente da minha equipe. Sei que nós mulheres ainda temos muito para conquistar, mas acreditem já somos vencedoras. Com o nosso jeito de ser somos exemplos de amor, coragem, determinação, somos guerreiras, fortes, delicadas com uma paixão enorme pela vida, enfim, somos mulheres poderosas. E com um poder enorme como diz a nossa doutora Eleonora, presidente da Câmara, com um poder enorme dentro de cada uma de vocês para desenvolver e transformar os sonhos em realidade. Não permitam ninguém dizer que os seus propósitos e sonhos são bobagens e que não vai dar certo. Sigam firmes e com muito amor e afeto para sua felicidade e a construção de um mundo melhor. Só tenho a dizer gratidão; gratidão a toda esta Casa hoje aqui presente, gratidão ao nosso vice-prefeito, gratidão a todos, gratidão a minha família e gratidão a Deus.

PRES. ELEONORA BROILO: Bem, dando continuidade eu chamaria agora os Republicanos, mas como ele não se encontra nós vamos pular e vamos chama-lo depois. Eu convido para fazer uso da tribuna então o PDT – partido democrático trabalhista; e fará uso o vereador Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Boa noite. Boa noite presidente, boa noite doutora Clarice, boa noite a todos os vereadores. Boa noite a todas as mulheres homenageadas a Cladi Maria Zuffo Colussi, a minha homenageada, Elaine Zanella Bartelle, Maria Alice Medim, Marines dos Santos Pereira, Paulina Inês Guisso, Silvia Maria Chieli Rossi e a Silvina Giacobe Turcatto. Também quero aqui saudar a presença do nosso vice-prefeito Jonas Tomazini, a nossa deputada Fran Somensi e a nossa primeira-dama Ariane. E também quero homenagear a minha esposa Heloísa, mãe dos meus filhos, e também amor da minha vida. Quero dizer parabenizar todas as mulheres essa noite mulheres empreendedoras, mulheres mãe, mulheres professoras, ou seja, podem ser o que quiser. Acredito que nada mais impede a força da mulher. A nossa homenageada minha e do Thiago Brunet que emprestou aqui o microfone esta noite. Filha de agricultores Cladi Maria Zuffo Colussi é filha de Olímpio e Oliva Eco Zuffo, primogenia [sic] de seis irmãos. Casada com Agenor Colussi, mãe de Alice e Alexandre e vó da pequena Helena. Filha de agricultores assim como tantos farroupilhenses em nossa cidade e grata aos agricultores de hoje. Ainda menina mudou-se para Farroupilha e continuou a escrever sua história. Formou-se em pedagogia, constituiu família é mãe é avó! Foi e é professora. A missão que leva consigo de ensinar, assim como tantas professoras que estão aqui esta noite, onde muitas vezes fez o papel de mãe, de pai, oferecendo a seus alunos aconchego, esperança, e dizendo a eles: vocês são capazes de aprender para ali na frente tomar as suas próprias decisões com segurança, e realizar as conquistas que vocês almejam. Quantos abraços, quantas cobranças daqueles alunos, hoje adultos lembram da professora Cladi, que escreveu na história da vida de cada aluno uns com letras, outros linhas ou páginas. Passa o tempo, mas esta lá as lembranças em cada um. No dia de hoje a professora aposentada continua de forma voluntária com a missão de sempre, ensinar as crianças com olhar no futuro das mesmas como sempre fez. A Cladi foi por muitos anos presidente da associação de moradores do Bairro São José sempre buscando melhores condições para as pessoas do seu entorno de forma discreta sempre fazendo o bem na busca de conquistar para outro. Hoje vê na sua netinha o amor e a vida que se renova e entende que tudo valeu, tudo foram conquista para si e para as pessoas no seu entorno. Que seu exemplo seja seguido pelos adultos ou quem ainda é criança! Então obrigado Cladi por emprestar o seu nome para nós homenageá-lo. E obrigado por todas as mulheres existirem e por fazerem existir. Muito obrigado. Então chamo aqui a nossa convidada.

SRA. CLADI MARIA ZUFFO COLUSSI: Boa noite a todos. Primeiramente gostaria então de saudar a todas as autoridades aqui presentes que já foram mencionadas e uma saudação especial ao nosso legislativo municipal por essa solenidade. Quero agradecer a minha família por sempre estarem presentes em minha caminhada meu marido Agenor minha filha Aline meu filho Alexandre e hoje minha netinha Helena. Na minha trajetória enquanto educadora fui professora, fui diretora e sempre desempenhei minha função com muito amor, com muito carinho, com muita dedicação, pois é uma profissão linda e gratificante. Lidar com esses alunos essas crianças e esses adolescentes faz a gente viver aprender e lidar, sempre fiz com muito amor e carinho. Quero agradecer a todas as minhas colegas professoras pelo carinho, pelo apoio, pela dedicação que sempre tiveram enquanto a minha função de diretora nas escolas. Obrigado a todas muita gratidão. E essa homenagem de hoje eu gostaria de estender a todas as mulheres com quem eu convivi e convivo. Ser mulher é uma dádiva ser mulher e homenageada como destaque é muito especial; é o comprometimento com a minha vida e com a vida de outras pessoas que fizeram parte da minha trajetória. Ser homenageada é vivenciar cada momento como único, é se doar em amor e compreensão todos os dias da nossa vida, é se dividir em 1.000 e ser inteira em cada parte, é alcançar o pensamento do outro que sofre, é lançar com sensibilidade a vibração necessária de alívio e esperança. O que tenho a dizer é: muito obrigada e gratidão. Obrigada e gratidão por todos que passaram e que ainda vão passar pela minha vida. Obrigada e gratidão por tanto aprendizado nesta jornada que chamamos de vida. gratidão e muito obrigada.

PRES. ELEONORA BROILO: De imediato vamos convidar o Republicanos para fazer uso da tribuna; fará uso o vereador Thiago Diord Ilha.

VER. THIAGO ILHA: Senhora presidente, colegas vereadoras, todas as pessoas que estão aqui. Gostaria de saudar a Ariane nossa primeira-dama, queria saudar muito carinhosamente aqui a nossa deputada estadual Fran Somensi que também prestigia essa noite tão especial nesta casa legislativa. Queria saudar aqui o nosso vice-prefeito Jonas Tomazini, ex-vereador desta Casa, que hoje tem essa missão de estar junto ao Executivo e neste ato representa também o nosso Executivo e saúdo a todos os demais integrantes/ secretários do nosso município, todas as lideranças locais. E veja que noite tão especial que nós estamos vivendo aqui hoje. Peço licença a cada um dos senhores e das senhoras para falar do sentimento que este vereador tem de tanta felicidade de poder estar aqui vereador Tadeu. Que honra o destino nos coloca na condição de vereador e a confiança das pessoas de estar aqui hoje prestando essa homenagem as sete mulheres tão especiais. E falam por aí nas estatísticas que metade do mundo são mulheres né, talvez um pouco mais um pouco menos, e a outra metade são quem? São os filhos delas, nós que estamos aqui. A mulher que traz a fonte da vida. Então eu queria de uma forma muito respeitosa deixar a minha homenagem a todas as mulheres que estão aqui que estão na sua casa. E veja como é importante a presença da mulher para a formação nossa enquanto sociedade. Quero lembrar aqui um pouquinho da história contada pelo meus colegas vereadores como a dona Cladi que emprestou a sua vida para cuidar dos nossos filhos, praticamente toda ela; a dona Elaine que fez do amor da sua história o amor a outros que têm histórias semelhantes. Podia falar então da dona Maria Alice, dona Alice, que fez da doçura de ser mulher a entrega da felicidade para tanta gente, que cada pedacinho do que a senhora faz com tanto amor jamais esquece da senhora, aliás, seu nome estampa sua empresa veja só sua responsabilidade. A Paulina que trouxe o amor pela sua profissão e o compromisso de ser servidor público de ser servidora pública Paulina no momento mais atípico da história da humanidade, Deus quis que você estivesse lá nosso vereador Pastor Davi Deus quis que ela estivesse lá e ela pudesse ser importante neste momento tão delicado que a nossa sociedade precisou da fibra de uma mulher à frente dessa função tão importante. Silvia Rossi uma empreendedora nata que tenho certeza que muitas vezes criou os seus filhos no pé do seu caixa lá no seu empreendimento né cuidando ali “fiquem aqui a mãe tem que trabalhar mais um pouco depois nós vamos junto para casa”. Realidade de tantas e tantas farroupilhenses que mostrou Silvia que hoje a gente enxerga também na formação dos seus filhos muito que aprenderam com a mãe: o espírito empreendedor de acordar cedo de lutar. Também nossa homenageada Silvia Turcatto que trabalho comunitário não lhe faltou como lembrou aqui nosso colega vereador Roque. Como é importante a gente sair da nossa comodidade, da nossa vida dos nossos afazeres e de nos doar aos próximos, fazer um pouquinho mais e a senhora provou isso com maestria. É por isso que hoje a Câmara de Vereadores está também lhe prestando essa homenagem. Em especial a homenageada do partido republicano brasileiro que me somo aqui ao nosso Presidente do partido Paulo a nossa deputada Fran e a toda nossa família republicana de escolhermos a nossa homenageada dona Marines dos Santos Pereira, a dona Mari. Uma autêntica prenda de CTG. Uma mulher que levou não só como professora e trouxe nascida no dia 9 de maio de 64 natural aqui da nossa terra, filha do seu Honório e da dona Lourdes casada com um tradicionalista nato, uma das maiores contribuições pela tradição gaúcha dessa cidade meu amigo Ataíde Pereira, mãe da Larissa dos Santos Pereira. E me parece de ver quando essa mulher teve as dores do parto, gente, ou ela estava dançando um maçanico ou ela estava fazendo comida no CTG ou ela estava ajudando cuidar da criança de algum pai que estava lá com seu filho que não podia levar. Por aí né. Olha que eu nem perguntei. Porque eu sei que a sua vida foi de entrega a sua vida foi de serviço em prol da tradição gaúcha. Aqui vejo tantos tradicionalistas, inclusive está aqui a Nice que também foi homenageada desse vereador sabe que eu tô dizendo, a entrega pela tradição gaúcha para a mulher é entregar toda sua vida em prol a preservar os nossos costumes e vai muito além disso; porque a dona Mari como era carinhosamente conhecida no colégio é carinhosamente conhecida lá no CTG. Você pergunta onde é que tá a marines o pessoal até pergunta “quem é”. Fala da dona Mari e todo mundo sabe onde que tá. Então por que essa identidade de carinho foi a sua característica principal, a força, a persistência, uma autêntica mulher gaúcha que tem todos os seus afazeres e guarda boa parte do seu tempo para estar preservando o que é nosso. Ninguém sabe para onde vai se a gente não preserva de onde que veio seja na tradição gaúcha, na tradição italiana Neusa, mas é importante que a gente tenha essa preservação da nossa identidade. É assim que a nossa cidade é tão linda e tão bonita e forma essa característica que é só nossa quando a gente valoriza o que é nosso. E a Marines fez isso com perfeita maestria. Uma mulher que trouxe a essência, uma mulher que trouxe a persistência, tenho certeza que o seu Honório e a dona Lourdes são muito felizes e foram muito felizes e continuarão sendo na eternidade porque criaram uma filha de caráter que junto com seu marido sempre foi o esteio do seu lar. Perguntei um dia desses para o seu Ataíde qual é a principal virtude da sua esposa e ele me disse “persistência”. E eu vejo que isso talvez seja a maior característica de toda mulher. E eu vejo lá em casa e aproveito essa homenagem para homenagear a minha esposa Carla minha filha Betina e minha filha Teodora, minha sogra que está por aqui também a dona Ilônia, que são exemplos de mulheres persistentes. Então são exemplo de mulheres persistentes. Eu separei um trechinho de alguns trechos que são pequenos fragmentos de musicas, principalmente da nossa musica gaúcha, que fala “mulher é essência mulher é persistência mulher serrana e até dançadeira uma prenda de CTG legitima uma mulher que com fibra coragem ousadia e delicadeza emprestou e empresta o seu nome a sua história e o seu amor à sociedade farroupilhense”. Por isso nós te convidamos Marines dos Santos Pereira para receber o certificado de mulheres destaque 2022. Venha pra cá.

SRA. MARINÊS DOS SANTOS PEREIRA: Boa noite a todos. Minhas saudações a Câmara de Vereadores em especial a nossa presidenta Eleonora Broilo e também ao vereador Tiago Ilha, todos os presentes, a Francis Somensi, a nossa primeira-dama, nosso vice-prefeito Jonas e em especial as sete mulheres. Que nós temos um compromisso muito grande né estamos aqui para representar toda a cidade farroupilhense então isso nos compromete em muito. Bom, hoje é um dia de homenagem, todas as mulheres farroupilhenses aqui representadas por nós que exercemos os mais diversos papéis fazendo a diferença na sociedade, mas também é um dia de agradecimento. Gratidão a minha família que sempre me proporcionou para que eu seguisse o caminho dos estudos ser uma professora, conseguir fazer uma faculdade, conseguir estar sempre me atualizando com os cursos. Agradecimento ao meu esposo que abriu caminho ao tradicionalismo; agradecimento a toda a sociedade farroupilhense, mas aí em especial ao meu CTG nossa segunda casa, o CTG Aldeia Farroupilha o meu CTG de coração, somos tradicionalistas, mas a gente sempre tem a casa do coração. Agradeço as minhas amigas, aos meus amigos aos meus familiares, a Francis e o Tiago que foram especialmente me entregar o convite então eu disse “eu queria falar, mas a emoção é tanta com uma homenagem que muitas vezes nós podemos esquecer alguma coisa”. Então já naquele momento já foi especial. Agradeço de coração. Agradeço também a Monalisa a família Busetti porque independente de CTG nós somos tradicionalistas. Então é como eu digo as portas do tradicionalismo sempre estarão aberta para todos porque o que a gente tem que ter na essência é cultivar as nossas raízes a nossa tradição. Então por representar hoje a mulher no tradicionalismo eu vou tomar como exemplo Anita de Jesus Ribeiro, Anita Garibaldi, uma mulher que deixou um marco na história da sociedade gaúcha pela sua bravura, coragem independente das caminhadas que ela percorreu; que ela nos sirva de exemplo para que possamos ter uma sociedade mais justa e humanizada. Assim somos nós mães, professoras, empresárias, trabalhadoras, enfim, mulheres guerreiras que percorrem no dia a dia seus caminhos através de suas atuações e voluntariados. Mais uma vez só tenho que agradecer pela indicação pelo apoio pelo carinho de todos por essa homenagem. Cultuar a tradição é um orgulho, mas ser tradicionalista é uma honra é um estado de espírito. Cabe a nós sete mulheres, como o filme já diz é um compromisso muito grande, representarmos as demais mulheres farroupilhenses o compromisso a responsabilidade de ajudar e contribuir com a nossa sociedade deixando um legado para as futuras gerações. O meu muito obrigado a todos em especial ao Tiago Ilha e parabéns a todas as mulheres que fazem a história de Farroupilha. Gratidão.

PRES. ELEONORA BROILO: Dona Marines a senhora poderia permanecer ainda um pouquinho aqui, um pouquinho no púlpito. Neste momento eu vou suspender a sessão por poucos minutos para que as bancadas e suas homenageadas possam tirar uma foto porque nem todas as bancadas e seus vereadores estiveram presentes nas fotos; e por uma questão de igualdade por uma questão de não haver diferenças nós vamos então proporcionar isso. (SESSÃO SUSPENSA). Agradecendo a todos né e pedindo desculpas por essa quebra do protocolo convido agora para fazer uso da tribuna senhora Franciele Rech, coordenadora da coordenadoria da mulher, para que faça uso da palavra.

SRA. FRANCIELE RECH: Boa noite a todos. Quero saudar a presença do nosso vice-prefeito municipal senhor Jonas Tomazini. Cumprimentar a nossa primeira-dama Ariane Feltrin, nossa deputada estadual Francis Somensi e cumprimentar a presidente desta Casa doutora Eleonora Broilo e a primeira-secretária doutora Clarice Baú; em nome delas cumprimento a todos os vereadores, secretários municipais, autoridades e a imprensa aqui presente. Hoje é mais um dia de comemoração. Comemoramos o reconhecimento desta Casa as sete mulheres homenageadas, a casa das sete mulheres, sete mulheres que fazem a diferença também em nosso município: a Cladi Maria Zuffo Colussi, Elaine Zanella Bartelle, Maria Alice Medim, Marines dos Santos Pereira, Paulina Inês Guisso, Silvia Maria Chieli Rossi e Silvina Giacobe Turcatto. Meus parabéns vocês representam as mulheres do nosso município. Mas presidente, além dessa linda homenagem que a Casa fez a essas sete mulheres homenageadas nós da secretaria de habitação através da coordenadoria da mulher deste município e do gabinete da primeira-dama não poderíamos deixar de homenagear neste mês de março também a diretoria desta Casa que pela primeira vez é composta por duas mulheres: nossa presidente doutora Eleonora Broilo e nossa primeira-secretária doutora Clarice. Quero dizer a vocês mulheres tão diferentes, mas com propósitos tão semelhantes; mulheres que doam seu tempo, sua energia, sua sensibilidade e seu amor para o bem da população farroupilhense. Vocês duas mulheres que se preocupam com os mais frágeis, mulheres que para estarem nessa posição enfrentaram preconceitos e dificuldades e uma coisa eu posso afirmar para vocês estas duas mulheres não estão aqui pela competição estão aqui por seus propósitos de vida estão aqui para fazer a diferença. E que diferença vocês duas fazem sejam nas suas profissões de médica e advogada, sejam como vereadoras como presidente dessa Casa, como primeira-secretária. Doutora Eleonora e doutora Clarice, hoje estou aqui para agradecer vocês pelo trabalho que vocês fazem e dizer que vocês também representam e muito bem as mulheres de Farroupilha. Parabéns pelo lindo trabalho que vocês desenvolvem e pela maestria que estão presidindo a casa do povo. Um forte abraço em cada uma de vocês. E gostaria de convidar nossa querida primeira-dama do município para que faça entrega de um ‘mimo’ então para vocês como agradecimento pelo trabalho.

PRES. ELEONORA BROILO: Bom, né, após essa demonstração de carinho e de afeto eu acho que nós estamos sinceramente com a voz um pouco embargada né. Dando seguimento. Convido neste momento para que faça uso da tribuna o nosso vice-prefeito Jonas Tomazini neste ato representando o executivo municipal.

VICE-PREFEITO JONAS TOMAZINI: Boa noite a todos. Quero cumprimentar inicialmente a vereadora doutora Eleonora Broilo e a primeira-secretária dessa Casa vereadora Clarice e em nome delas cumprimentar todos os demais vereadores. Quero também cumprimentar a nossa primeira-dama doutora Ariane Laura dos Santos Feltrin, a nossa Nani, e junto com a com doutora Franciele Rech, coordenadora da coordenadoria da mulher, vêm nos auxiliando, prefeito Feltrin e eu, e o nosso governo a implementar as políticas públicas direcionadas as mulheres. Quero cumprimentar também a doutora Juliane Lazzari, a minha Juli, que com sensibilidade, garra, força e ternura me ensina todos os dias a sermos um pouco melhores e claro cumprimentar as sete mulheres homenageadas pela Câmara de Vereadores. E nisso, eu fazia a conta aqui antes, nós citamos 12 pessoas nessas saudações iniciais, todas mulheres, ocupando diferentes postos ocupando diferentes posições cada uma com seu esforço com a sua importância e com a sua contribuição. E só o fato nós iniciarmos um protocolo mesmo que formal aqui Câmara de Vereadores citando 12 mulheres é a prova prática de que a luta de vocês a luta de todas que as antecederam deu resultado. Meus parabéns. Quero cumprimentar também a imprensa aqui presente que leva essa homenagem para todos os farroupilhenses para as pessoas que não podem estar aqui na Câmara de Vereadores nesta noite que possa também conhecer os exemplos da mulher farroupilhense. Cumprimento também a nossa deputado estadual Francis Somensi que leva a representação do município de Farroupilha para a Assembleia Legislativa e para os gaúchos através do seu trabalho. E comprimento claro todos os presentes que nos acompanham, familiares, a todas as pessoas com vínculo com os homenageados que estão aqui na Câmara de Vereadores. Nós estamos muito felizes primeiro de estarmos aqui nessa noite, trago o recado do prefeito Fabiano Feltrin que em função de um compromisso assumido anteriormente através de uma participação com o SIMPLAS – Sindicato das Indústrias Plásticas da Região Nordeste – já marcado há algum tempo foi convidado para expor também as potencialidades do nosso município; mas nós nos sentimos sempre muito à vontade porque através do trabalho compartilhado que nós estamos fazendo à frente da gestão municipal a gente tem a condição aqui de trazer também o recado do prefeito Feltrin. Um recado que na prática demonstra também a participação das mulheres no nosso governo. Quero cumprimentar os secretários municipais e nós temos três secretárias municipais e também importantes mulheres que estão em cargos de decisão, cargos de chefia da nossa gestão municipal, levando como eu disse antes toda a sensibilidade a ternura, mas também a garra e a determinação para as decisões que a gente tem no dia a dia do nosso governo. Também é uma noite de felicidade, pois nós estamos aqui depois de dois anos em que essa homenagem não foi feita dessa forma, a última vez foi em 2019 com as mulheres homenageadas recebendo as suas distinções eu estava aqui nessa Câmara de Vereadores participei daquela sessão e infelizmente nós tivemos dois anos de interrupção desse formato aonde nós não conseguimos quem sabe expor para toda a comunidade farroupilhense exemplos tão valorosos como de cada uma de vocês que está aqui hoje. Na última sexta-feira nós tivemos então um jantar promovido pela coordenadoria da mulher junto com o COMDIM aonde nós também agraciamos a Liane Pioner Sartori inspetora da polícia civil responsável pela sala das margaridas com também uma distinção e um certificado pelo trabalho que ela realiza. Então o executivo municipal está muito feliz de estar aqui nesta noite também estendendo a homenagem a cada uma de vocês. E esse certificado essa distinção que vocês recebem também nos contempla, pois foi através de uma de um projeto de lei de uma lei de autoria da doutora Marlene Feltrin, mãe do nosso prefeito Fabiano, que através do seu trabalho na Câmara de vereadores na secretaria da educação e também no que era parecido com que hoje a gente tem a coordenadoria da mulher fez um trabalho importantíssimo pela defesa de todas as mulheres do nosso município. Nós poderíamos citar vários exemplos de empreendedorismo, de voluntariado, na saúde, na educação, no tradicionalismo, e contemplar a Silvia, a Alice, a Elaine, a Paulina, a Marines, a Cladi, a Silvina e tantas outras que fazem o seu trabalho todos os dias. Que nós possamos ter ainda muitas sessões aqui na Câmara, que nós possamos ter muitos anos para continuar dando essa distinção para as mulheres e para que vocês possam continuar sendo exemplos para que outras que vão chegar que estão chegando possam se espelhar no trabalho de cada um de vocês em cada um dos seus segmentos. Nas políticas públicas é importante ressaltarmos que quando nós assumimos mesmo em um ano de pandemia nós tínhamos em torno de 700 mulheres que aguardavam exames de mamografia; um exame relativamente simples, mas que em função também da pandemia iniciada nós tínhamos uma fila de espera bastante grande. E sabemos que muitas vezes a identificação da doença de forma antecipada pode salvar uma vida pode provocar menores danos para aquela mulher que seja acometida dessa forma. Nós zeramos a fila de mamografias no ano passado e agora estamos aplicando através de novos convênios e contratações uma alta resolutividade de quem aguarda para fazer esse exame de quem aguarda muitas mulheres que aguardavam nas filas de cirurgia de alta complexidade na traumatologia desde 2017 que nós estamos agora também conseguindo fazer com que essas pessoas, homens e principalmente mulheres, sejam atendidas pelas políticas públicas do governo municipal. Quero concluir dizendo também que a parceria entre o poder legislativo e o poder executivo ela é fundamental vereadores. Nós abraçamos quando a Câmara de Vereadores através do nosso líder de governo vereador Marcelo Broilo propôs o projeto ‘Me respeita’. Foi aprovado por todos os vereadores dessa Casa e é hoje um ‘case’ de sucesso com repercussão na imprensa regional na imprensa estadual e até nacional. Vocês vereadores fizeram a sua parte propondo ao Executivo o projeto de lei o Executivo abraçou a ideia para que nós pudéssemos implementar a coordenadoria da mulher/o gabinete da primeira-dama, fizeram o seu trabalho para que nós pudéssemos treinar pessoas e difundir o respeito às mulheres. E isso eu gostaria de deixar como mensagem final que o mês de março que está quase se aproximando do fim e nós tivemos diversas atividades durante esse mês homenageando as mulheres possa servir de exemplo, mas que o respeito à mulher a valorização ao trabalho delas, a participação das mesmas não fique só na folhinha de março do nosso calendário; que nós possamos levar esse respeito esse reconhecimento esse impulso ao trabalho que cada um de vocês faz para todos os dias do ano. E assim continuar conquistando vitórias como essa de nós citarmos 12 mulheres, 12 pessoas todas as mulheres, como eu fiz no início da minha manifestação. Parabéns a cada uma de vocês. Muito obrigado e boa noite a todos.

PRES. ELEONORA BROILO: Agradeço neste momento o nosso vice-prefeito Jonas Tomazini, agradeço também as belas palavras da coordenadora da coordenadoria da mulher Franciele Rech, foram belas palavras, aos secretários municipais as entidades de classe, nossas sete mulheres destaques 2022, a todas as mulheres farroupilhenses, a imprensa, senhoras e senhores presentes nessa noite solene e também do conforto de suas casas que nos honram. E nesse momento eu convido a todos para de pé ouvirmos a execução do Hino Rio-grandense. (AUDIÇÃO DO HINO). Nada mais a ser tratado nesta sessão solene declaro encerrado a presente sessão. Boa noite e obrigado a todos.

 

 

 

Eleonora Peters Broilo

Vereadora Presidente

 

 

 

 

Clarice Baú

Vereadora 1ª Secretária

 

 

 

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa e Apoio Administrativo.