Pular para o conteúdo
02/03/2021 10:50:43 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 4029 – 29/06/2020

SESSÃO ORDINÁRIA

 

Presidência: Sr. Fernando Silvestrin.

 

Às 18 horas o Senhor Presidente Vereador Fernando Silvestrin assume a direção dos trabalhos. Presentes os seguintes Vereadores: Arielson Arsego, Deivid Argenta, Eleonora Peters Broilo, Fabiano André Piccoli, Jonas Tomazini, Jorge Cenci, José Mário Bellaver, Josué Paese Filho, Maria da Glória Menegotto, Rudmar Elbio da Silva, Sandro Trevisan, Sedinei Catafesta, Tadeu Salib dos Santos e Thiago Pintos Brunet.

 

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: (FALHA NO MICROFONE)

 

EXPEDIENTE

 

1º SECR. ARIELSON ARSEGO: (FALHA NO MICROFONE)

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: (FALHA NO MICROFONE)

 

GRANDE EXPEDIENTE

 

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: (FALHA NO MICROFONE)

VER. FABIANO A. PICCOLI: (FALHA NO MICROFONE)…, mas nós trazermos alguns técnicos da Secretaria do Planejamento para que nós pudéssemos fazer um debate um pouco maior antes de fazer a votação. Está vindo para essa Casa nas próximas semanas uma alteração do plano diretor que nós votamos aqui em 2018 e que nós vamos ter que fazer um concerto; então o quê que eu sugiro? Que nós possamos ouvir mais pessoas técnicas, aqui nós temos somente o Deivid que é engenheiro, mas que nós possamos ouvir mais técnicos para daqui dois anos ou um ano nós não tenhamos que voltar a debater esse tema e voltar atrás. Então esse é o meu pedido ao colega Vereador Deivid que a gente possa aumentar o debate sobre esse caso, porque não há um consenso sobre essa situação. Eu recebi diversas ligações hoje de pessoas que têm terrenos ao longo dessas rodovias que tá travando o desenvolvimento, mas o que eu disse para ele e aqui eu não preciso esconder o Elói Paese me ligou e eu disse “Elói quando a gente for alterar a gente vai alterar para todas as rodovias que cruzam Farroupilha e elas não têm as mesmas características”. A Jacob Versteg, a extensão da 453, ou a que vai a São Marcos que também é uma rodovia estadual não tem a mesma característica da 453 da 122 tem que ter no futuro uma rua lateral. Porque nós pegamos aqui no bairro América nós temos diversas saídas do bairro direto na rodovia e é um caos, porque quem tá vindo direção Caxias/Porto Alegre pega a direita para entrar no bairro nessas vias que desembocam direto numa rodovia principal. Então confesso que eu tenho uma preocupação muito grande e com esses pareceres aqui ela aumentou. Eu cedo um aparte ao Vereador José Mário.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Um aparte ao Vereador José Mário Bellaver. Não tá funcionando o microfone. Agora sim.

VER. JOSÉ MÁRIO BELLAVER: Obrigado, colega Vereador Fabiano. Só gostaria o Senhor apresentou aí que é a faixa de domínio seria (INAUDÍVEL) metros, mas no nosso entendimento a lei de hoje do DAER não é 25 do centro da rodovia mais sete seria.

VER. FABIANO A. PICCOLI: Mas os 15 metros é a via né, e tem a rua lateral. Então a faixa de domínio do DAER é maior, mas aqui tratando especificamente da via. Porque aqui nós vamos ter uma via marginal de sete e nós vamos ter, a via hoje é dia 15 é isso que tá no parecer técnico por isso que sugiro que nós tenhamos a equipe que elaborou esse parecer, esse diagnóstico, para debater mais aprofundadamente conosco. Obrigado. Tem mais tempo? Então não sei se você quer um aparte? Um aparte, Vereador Deivid.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Um aparte ao Vereador Deivid Argenta.

VER. DEIVID ARGENTA: Obrigado, Vereador Fabiano, pelo aparte. Então essa separação de mais tráfego/menos tráfego ela varia pela característica da rodovia e aí muda a faixa de domínio do DAER. No caso essas mais com mais trafego ela é 40 para cada lado, ou seja, 80 metros de faixa de domínio do DAER e mais 15 de faixa não edificante. Nada diz que ali tem que ser a via; a via pode muito bem ser nos 80 metros onde cabe 20 vias. Se nós pegarmos uma via de 4 metros a maioria delas têm menos, hoje uma pista né, então nós temos um espaço muito grande que se perde. Eu entendo a preocupação dos colegas técnicos da CTPM e entendo também o voto favorável da AFEA que eu acho que é importante a discussão; acho que não temos que lutar amanhã mesmo não é uma coisa para ser tão corrida, né, mas eu acho que nessas horas, Fabiano, a gente lembra, eu lembro e tu lembra também, quanto foi difícil se dar um alvará para uma empresa sem ‘Habite-se’. Os técnicos da Prefeitura disseram “meu DEUS como é que vai não exigir o ‘Habite-se’” Tu vai poder trabalhar, mas não tem o ‘Habite-se’. E nós tivemos que ter a coragem de fazer. Eu conversei com a CTPM muitas cidades aqui ao nosso redor já fizeram essa lei de forma muito simples, é algo que; depois a questão da via lateral se precisar fazer de sete fora se faz, mas ela tem que ser feita nesses 40 metros. Tu imagina uma rua tão longe do asfalto? Isso é um absurdo. A faixa de domínio do DAER ela acaba com muitos lotes e muitos terrenos em Farroupilha e acaba travando o desenvolvimento. A gente tem casa em Caravaggio de um lote que não sobrou nada, que não é o do Paese é do dono da Monicar. O lote sobrou para não dizer nada dá para ele construir 16 m2 num lote. Então eu acho que tem que ser discutido sim, mas a gente tem que ter coragem para fazer; isso aí não existe em lugar nenhum em Farroupilha essa rua lateral depois da faixa de domínio. Então seria o ideal? Seria o mundo ideal, mas vai acontecer daqui 100 anos. Então acho que a gente tem que discutir conversar, mas a gente tem que ser posicionar para que as coisas aconteçam. Obrigado pelo aparte.

VER. FABIANO A. PICCOLI: Obrigado. Acredito que o debate é salutar para que a gente possa avançar e sanar todas as dúvidas que nós temos. Obrigado, Senhor Presidente. Então fica a sugestão de nós marcarmos ao longo da semana ou semana que vem, mas chamar AFEA chamar CTPM para que a gente possa, nós, ter maiores informações.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Obrigado, Vereador Fabiano Piccoli. Agora eu convido o Partido do Movimento Democrático Brasileiro – MDB – para que faça uso da tribuna. Fará uso da tribuna o Vereador Jorge Cenci.

VER. JORGE CENCI: Senhor Presidente, colegas Vereadores, imprensa, demais presentes; peço licença para tirar a máscara, pois fica melhor para falar. Senhor Presidente, quero apresentar inicialmente dois requerimentos e peço auxílio. Primeiro requerimento é o de nº 148 que diz: O Vereador abaixo firmado solicita anuência dos demais pares para que seja encaminhado ao Poder Executivo Municipal e ao seu departamento responsável para que realize um projeto de instalação de semáforos na Rua Três de Outubro, esquina com a Rua Marechal Deodoro da Fonseca. Neste local com muita frequência sabemos que acontecem diversos acidentes e o Fabiano já me antecipou em si e existe uma pretensão da Administração Municipal em realizar este serviço, eu acho que ele é importante, e também aproveito e também quero fazer uma colocação ao Vereador Catafesta que tem um requerimento semelhante e ao Vereador Jonas Tomazini que também tem um requerimento semelhante. Então com a permissão dos dois colegas, peço que anexe, né, o nome de todos para que a gente faça esse encaminhamento. Também sabemos que por diversas vezes vários Vereadores fizeram este mesmo pedido, eu acho que é importante não é, Vereador Josué, Kiko, que se encontre um caminho e uma solução tendo em vista diariamente o risco e semanalmente os acidentes. Então é o requerimento nº 148.  Mais um requerimento, o de nº 149 é na RS-122 passeio público próximo à entrada do bairro Centenário Joel. Ali existe um problema crônico e se nós formos olhar até pelo Google aparece o problema. A segunda foto vai aparecer melhor pelo Google que eu busquei; essa foto do local é passeio público. Então é uma solicitação de pedestres e também quero fazer uma referência e citar o nome do Pablo Barretti, né, além dele alguns outros que me solicitaram essa demanda. Então: o Vereador abaixo firmado solicita aos demais pares para que seja encaminhado ao departamento responsável solução e conserto do passeio público na RS-122 km 62 junto ou próximo à entrada do bairro Centenário. Peço que o Senhor coloque em votação no final, Senhor Presidente.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Será colocado.

VER. JORGE CENCI: Uma outra questão e a pouco nós estivemos aqui o Secretário de educação Vinícius de Cezaro o qual veio explanar sobre o projeto de transporte escolar sobre o auxílio que vai existe no projeto nº 32 aonde serão contempladas as empresas que prestam serviços para a Prefeitura Municipal do transporte escolar. Nós aqui por esta Casa, por intermédio da Vereadora Maria da Glória Menegotto e por meu intermédio fizemos alguns movimentos e alguns encaminhamentos e nós eu acho que deve ser encontrado ou tentar pelo menos encontrar uma alternativa para outra parte da categoria, né, para a outra parte dos transportadores escolares. Sabemos que muitos deles estão com problemas de dificuldades financeiras e vou usar apenas um exemplo e uma comparação. A Administração Municipal, a Prefeitura Municipal, fez um aporte financeiro para as escolinhas que também não estão fazendo ou atendendo as crianças neste momento e eu acho que seria prudente que nós e a Administração Municipal dentro da legalidade encontrasse também um caminho e uma alternativa para atender essa categoria. Vou fazer só uma outra referência e uma outra constatação. Em Brasília o Governador Ibaneis, que é do MDB, encontrou uma alternativa para fazer esse aporte; como? Eu não sei o projeto eu não tenho em mãos, mas eu tenho o conhecimento que foi encontrado. Além disso, existe algumas outras pessoas e Deputados Estaduais que também estão fazendo essa tentativa junto ao Governador do Estado. Eu fiz essa solicitação por alguns, para alguns Deputados e eles estão tentando ver junto ao Governador se encontram uma alternativa. Então é uma categoria importante que está sofrendo e digo mais, se nós não encontrarmos um caminho teoricamente eles vão buscar outra alternativa ou outra profissão e ali na frente quando voltarmos quando voltar às escolas às aulas sofreremos ou quem sofrerá é a própria administração que não vai ter transporte adequado e suficiente para transportar as suas os nossos alunos em si. Aqui a Vereadora Glória me passa que existe uma tratativa também como Deputado Federal Pompeo de Mattos, né, então aproveito também e também vou falar que eu encaminhei essa mesma demanda ou parecida para o Deputado Giovani Feltes, Deputado Federal ao qual eu tenho uma parceria interessante em si. Então é importante que a gente construa algo de concreto e atenda essa necessidade. Uma outra questão dentro da educação e eu também fiz o relato junto ao Secretário que fui procurado por algumas famílias, pais de alunos, aonde questionaram a quantidade de material que os alunos, suas crianças, seus filhos estão recebendo. Eu acho que eu solicitei ao Secretário que visse essa esta quantidade tendo em vista que não foi apenas uma família foram várias famílias que me procuraram e eu constatei ‘in loco’ que realmente o excesso de material por semana que é distribuído para as crianças fazerem os seus deveres de casa. Sabemos que estamos numa exceção, sabemos que a necessidade é essa, a determinação é essa, porém eu penso da seguinte maneira. Não adianta entulhar encher as crianças de material se elas não adquirirem o conhecimento, não adianta estar cheio de, não, é aqui vamos acelerar; mas é conhecimento, o ensinamento, a base, a educação, é isso que nós temos que olhar. Não adianta só material, só conteúdo. Temos que também ter o mais importante: o conhecimento. E uma outra questão que eu quero trazer aqui é hoje então fomos teoricamente contemplados né por pela bandeira laranja. A gente percebe que tem muito de política no meio disso, né, tem muito de política no meio disso, né, infelizmente, mas que bom que nosso município pelo menos conseguiu né fazer algumas ou atender algumas expectativas e demandas e fazer com que o nosso comércio, a nossa indústria e o nosso serviços à população consiga fazer o seu papel de trabalhar, de sair de casa pelo menos e também ganhar o seu ganha pão. Eu acho que é fundamental. Eu digo a questão política, não por Farroupilha, mas as análises que são feitas né. Qual os critérios que sexta era para ser vermelha e hoje já não é mais. Que bom! Mas quais são os critérios? Baseado em quê? Na ciência? Ah, na ciência, ciência; muito bem. Então é um fato positivo para Farroupilha e negativo eu diria pelo fato de acontecer e pela preocupação de empresários, de todos nós trabalhadores passarmos o fim de semana preocupados de como será a nossa terça-feira, né. Como seria o amanhã. Então são fatos assim que devem ser analisados e a população tenho certeza que tá fazendo a sua análise muito bem feita até por que nós estarmos em casa, nós ficaremos mais entediados, mais tensos, com mais possibilidades de sermos acometidos do covid-19, do vírus. Tenho certeza disso, isso é fato. O stress, a tensão né Doutora, a Senhora que é médica, abaixa nossa imunidade e teoricamente o vírus vem e pode nos afetar mais facilmente estando em casa. Então temos que voltar ao normal dentro da legalidade dentro de uma construção sem fazermos algo que possa prejudicar o próximo; acho que nós temos que olhar este contexto só assim a gente sairá dessa melhor e mais forte. E agora mais uma coisa positiva, Senhor Presidente, colegas Vereadores, população de Farroupilha, quero aqui trazer uma informação importante também que é uma Emenda Parlamentar do nosso Deputado Giovani Feltes, o qual é meu parceiro meu amigo, destinada ao Hospital Beneficente São Carlos. Uma emenda parlamentar de duzentos e cinquenta mil solicitada por mim e atendida na última quinta-feira, dia 25, já está no fundo municipal da Prefeitura, da saúde, e podendo o Hospital São Carlos podendo usufruir dela. Eu quero fazer um gancho a esta minha colocação que esta mesma informação eu recebi em março deste ano e como eu costumo ser um pouco prudente em si eu não divulguei. Por quê? Porque se eu tivesse divulgado em março a gente começa a criar uma expectativa que vem ou não vem, vem ou não vem, e eu preferi quando ela estivesse concretizada que é este momento. Na última quinta-feira, dia 25, ela foi atendida e depositada no Fundo Municipal de Saúde. Então são fatos que nós devemos levar em conta, a gente sabe que tem muitas emendas que foram lançadas para a sociedade e elas não se concretizaram. Eu prefiro esperar um pouquinho com os pés no chão e falar realmente quando ela acontece, quando ela tá concretizada. Então seria isso, Presidente. Uma boa noite a todos que nos prestigiam.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Obrigado, Jorge Cenci. Quero fazer uma saudação ao Senhor Adelino Balsani, Presidente do PL, que está aqui presente também. Agora eu convido o Partido da Rede Sustentabilidade para que faça uso da tribuna; a Vereadora Maria da Glória Menegotto abre mão do uso da tribuna. Convido o Partido Social Democrático – PSD, para que faça uso da tribuna. Fará uso da tribuna o Vereador Sedinei Catafesta.

VER. SEDINEI CATAFESTA: Senhor Presidente, todos que estão assistindo nesse momento, vou tirar minha máscara aqui. Eu quero apresentar alguns requerimentos e o Vereador que me antecedeu, Vereador Cenci, relatou da necessidade de uma sinaleira na três de outubro com a Marechal. Vereador líder do governo trouxe também informações importantes da implantação deste instrumento que traz segurança aos pedestres. O Rose vai passar algumas fotos e todos nós já sabemos não é de hoje, isso vem de tempo, teve outras reivindicações apresentada e aprovada nessa Casa por outros parlamentares. Hoje, juntamente com o Vereador Jonas, apresentamos o requerimento nº 150 o qual vamos anexar junto ou fazer um único documento com o Vereador Cenci com a missão de sensibilizar ainda mais o governo; todavia que sabemos que foi retirado equipamentos, substituídos por novos e esses equipamentos estão hoje recebendo essa chuva, o frio e o sol e logo mais talvez nem vai prestar para ser instalado. Porque é o dinheiro do povo, porque não por aonde está precisando? Eletricista a gente tem, caminhão para isso a gente tem, mão de obra a gente tem, e o instrumento que é o mais caro, que é a sinaleira, a gente tem. Falta o quinto item que é a vontade. A vontade. Porque não fazer? Qual a dificuldade? É só fazer ou vão esperar uma morte. São centenas de acidentes, gente, centenas de acidentes, não é um nem dois são centenas. Será que tem que passar um político ou um parente do político lá para depois acontecer? É isso? Ou de um Secretário ou de alguém? A gente não quer isso. Olha aí a realidade, um descuido, uma vergonha. Tantas coisas a gente tem aqui focado num assunto que lá em 2018 foi apresentado pelo Paese, o Vereador Arsego apresentou 2019 eu voltei para essa Casa em 2019 em agosto apresentei de novo, o Cenci em maio, eu de novo e todos nós a mesma situação e continua lá um perigo. Tu apresenta um requerimento para uma sinaleira vão lá e pintam de vermelho aquelas faixas horríveis que são. Uma vergonha. Vermelho chegou o Governador Leite, nem vou falar desse cara hoje, tô aqui oh; Governador de gabinete. Bandeira laranja é o que a gente precisa ficar, continuar com o comércio aberto o emprego são milhares e milhares de CNPJs sendo encerrado só esse mês que passou. Milhares. Aí criticam os MEIs que recebem os 600 pila, miseráveis 600 pila para quem era MEI e Microempreendedor tava recebendo muito mais que isso; 50 vezes mais que isso fazendo unhas entre outras atividades que não estão fazendo e aí recebe R$ 600,00. Vão criticar o povo que tá recebendo. Primeira vez na história que um governo ajuda milhares de brasileiro porque antes só roubavam do povo. Os petistas nojentos e doa em quem quiser que eu tô com nojo do PT. Nojo do PT, DEUS do céu. Foi vocês que deixaram o Brasil que está nessa situação. Ceará recebendo água final de semana, uma benção para aquele povo querido, bilhões e bilhões de reais desviados, empresas e empresas negociando com os petistas. Agora chegou a água andou em dois anos que 16 anos só se foi roubado. Para vocês aí, petistas, oh tchau para vocês. Senhor Presidente, peço então a retirada do requerimento nº 150 e anexo junto com Vereador Jorge Cenci, e que parando esse tempo que veio a chuva agora e que bom que está chovendo, a Prefeitura possa fazer isso. Pare o que está fazendo ali há vidas e se ali fosse uma van escolar no lugar daquele carro amarelo lá, se fosse uma van escolar o quê que seria? Qual era a justificativa da Prefeitura. Não me interessa se está doendo em qualquer um que está ouvindo ou vai ouvir essa mensagem não me interessa. E eu falo mesmo e tô falando pouco. Se fosse uma criança lá e aí qual a justificativa? Se tem equipamento tem que instalar. Tem que instalar é comercio ali perto, uma vergonha, cada semana tem um acidente. Colocar as pessoas para trabalharem hein; tô sabendo que uns jogam cartas, outros estão lá, tão se esquivando. Tem que trabalhar gente. Tra-ba-lhar. Catafesta tá chegando hein vão trabalhar. Falando. Requerimento nº 145, Presidente, vou ler ele aqui para por em votação é a comunidade São Luís passando a escolinha do Grêmio entrada tem uma rua de chão que ali no período de chuva os veículos escolares têm dificuldade para transitar. Então precisa ser feito, alargar a via e tirar um pouco o pico dessa rua aqui dessa estrada de chão. Acredito que dá para fazer também tem máquinas novas caminhões novos estamos pagando financiamento aí e se eu for Prefeito quem for Prefeito vai pagar; é 20 anos, né, não estamos falando de um ano. É tempos, financiamento aí do PARU, do PAR, tudo que vocês imaginar tem então tem que fazer isso aqui também. Salto Ventoso não deu para nós irmos hoje e a Casa está vendo uma nova agenda, Presidente, Salto Ventoso é um dos problemas. Linha Ely já está rachando a espessura posta lá segundo as denúncias que eu recebi não estão correspondendo com contrato. Minha assessora está buscando esse contrato para nós levarmos junto. Se diz se é 8 cm é 8 cm não é 6; tem alguma coisa acontecendo vamos lá ver se é verdade. Se a 10 é 10 se é 8 é 8. Tá rachando e não faz nem dois meses que foi colocado. Tem problemas. São Pauletti lá em cima, também Vila Jansen, caiu né, tá lá para ver. Quantos anos têm? Quatro. Tá lá para ver, dinheiro do povo também, e entre outras estradas do interior que por muitos anos precisava estar recebendo e se é para fazer tem que fazer com qualidade. Olha ali a estrada que sobe da Busa se não é a CORSAN estragar não teria um recapeamento; estamos falando de 20 anos, Arsego? 15 anos. A perfeição, parabéns ao governo que estava, quem executou, quem fiscalizou; fazer bem efeito para que possa continuar. E esse requerimento nº 144 é bem na frente do cercamento eletrônico que não tá funcionando ainda, tem um buraco ali que é lamentável né. Acho que dá para ir lá, nossos funcionários de obras, raspar com a carregadeira que tá bem pertinho trabalhando ali e colocar o material asfáltico. Será que não tem gente para fazer isso? Mas tá louco, gente, isso aqui é o feijão com arroz é o simples que tem que ser feito, o simples; o impossível deixa quieto já teve um sonhador que queria trazer a praia para cá e não trouxe, né, então deixa vamos fazer o simples. Também, Senhor Presidente, o nº 140 quero congratular com pessoal da Cooperativa Cresol momento em que os CNPJs estão diminuindo, desemprego aumentando, os bancos estão ganhando, porque estão  prestando, vão emprestar dinheiro ali na frente a gente vai ver o quê vai acontecer. O juro é menor, não sei se é menor. As empresas precisam manter aberta vão pegar empréstimo é o quê tá acontecendo o país está virando uma bola de neve que ali na frente vai ter o estouro muito grande. Então ser governo, ser governante em 2021 é uma grande missão. Vai ser difícil para todos, todos os municípios; nós ainda temos uma arrecadação tem empresas aqui que realmente produzem e fazem acontecer. Imagina esses municípios pequenos próximos a nós que as empresas são pequenas e que arrecadação é minúscula, que vive da economia da parte rural; imaginem ser Prefeito num município desse a dificuldade que vai ser. Depender do Estado, um Estado que fica brincando de pintura, é vermelha é laranja, mas saí do teu gabinete vai conhecer o Estado, nossa nem vou falar dele, veio a Caravaggio nem sequer veio de carro, veio de helicóptero. Ignorante. Olha, Governador, vem conhecer a região. Governador do Paraná quando ganhou a eleição, filho do Ratinho nosso partido PSD e não só por isso pela pessoa, primeiro ato foi vender o avião particular do Governador; primeiro ato. Aqui não aqui anda de helicóptero para cá povo pagando ele para cá e as estradas situação que está, simples assim. Para quem tinha a fórmula até agora a gente não viu nada, né, nada. Deixou os professores na mão o servidor público do Estado, a polícia; é lamentável ainda bem que eu não votei. Meu partido tá meio lá próximo a ele, mas isso não me representa o que está lá, não me representa. Também, Senhor Presidente, o requerimento nº 141: congratulações aqui ao empresário, os empresários né, o Fabrico o Diego e o Campos que são os sócios da Farra Pizza Burger aqui em Farroupilha; parabéns a eles. Parabéns também a Cresol que eu não continuei e estava falando do banco. A Cresol é uma cooperativa que vem se instalando em Farroupilha gerando emprego atendendo o agricultor atendendo a comunidade e é isso aí, a gente precisa de concorrentes não podemos ser refém apenas de um. Por isso têm que ter outros meios, outras concorrências aí. São isso os meus requerimentos, Senhor Presidente, e que o Executivo possa de fato mudar a realidade da 3 de Outubro com a Marechal. Obrigado.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Obrigado, Vereador Sedinei Catafesta. Até para título de informação, nós temos dois duas solicitações nº 148 e nº 150. O nº 148 é encaminhada pelo Jorge Cenci então solicitando um semáforo na Rua Três de Outubro com Marechal Deodoro da Fonseca e também tem o pedido nº 150 encaminhado Vereador Sedinei Catafesta e subscrito pelo Jonas Tomazini. Então eu acredito até que nós podia colocar em votação e depois fazer um requerimento só que provavelmente outras bancada vão subscrever e o líder do governo também já se manifestou favorável nesse sentido então nós vamos colocar em votação depois os dois requerimento. Dando continuidade, convido o Partido Democrático Trabalhista – PDT – para fazer uso da tribuna. O PDT abre mão do uso da tribuna. Então antes de concluir o Grande Expediente nós vamos colocar em votação os requerimentos formulados pelos Vereadores. Eu vou colocar então em votação o requerimento formulado pelo Vereador Fabiano André Piccoli, requerimento nº 142: O Vereador signatário, após ouvir a Casa, requer que seja encaminhado ao setor competente do Poder Executivo Municipal, a solicitação de pintura de sinalização horizontal na linha que separa o fluxo na Rua José Achiles Colombo, sentido Centro/Bairro São Roque; então conforme foto e conforme demonstrado aí no datashow. Então Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Encaminhamento de votação ao Vereador Jorge Cenci.

VER. JORGE CENCI: Senhor Presidente, apenas a nível de contribuição e entendo que esse requerimento é importante sim, Vereador, e eu quero fazer mais uma sugestão se o Senhor permitir e a Casa entender que é a melhoria que próximo a este à saída das do entroncamento do trevo necessita de melhorias na pavimentação do asfalto. Então dentro dessa linha se puder acrescentar nesse requerimento se for entendimento acho que seria importante; têm uns buracos ali.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Encaminhamento de votação ao Vereador Fabiano Piccoli.

VER. FABIANO A. PICCOLI: Obrigado, Senhor Presidente. Em conversa com o Secretário de Obras, Vereador Cenci, está sendo licitado um tapa-buracos bem grande para a cidade; foram feito alguns reparos na Raineri Petrini, ali também na rua lateral em frente ao Shopping 585 tinha um buraco grande foi feito… Oi, tá aberto? Tá abrindo de novo né, porque foi só um emergencial, mas será feito. Obrigado.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Era isso? Então em votação o requerimento nº 141/2020 elaborado pelo Vereador Fabiano Piccoli e também se podemos acrescentar o pedido né do Vereador Jorge Cenci aí que seria um tapa-buraco, uma melhoria aí. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos os Vereadores presentes. Agora em votação eu vou começar pelo nº 148 que foi encaminhado pelo Vereador Jorge Cenci; o 148 que nem eu falei anteriormente né então eu vou ler o requerimento. O Vereador abaixo firmado solicita anuência dos demais pares que seja encaminhado ao Poder Executivo Municipal no departamento responsável para realize o projeto e instale o sistema de semáforos na esquina das Ruas 3 de Outubro X Marechal Deodoro da Fonseca, e se assim os Vereadores concordarem, também tem o pedido do Vereador Sedinei Catafesta e do Jonas Tomazini, o requerimento nº 150 do mesmo teor; se assim os Vereadores concordar nós colocamos votação os dois requerimentos e depois o Secretário Executivo elabora um e manda um somente um. Encaminhamento de votação ao Vereador Jonas Tomazini.

VER. JONAS TOMAZINI: Senhor Presidente, eu acho que nós podemos aprovar apenas o nº 148 para ficar registrado e anexo o pedido do nº 150 que é o teor é o mesmo para nós não termos dois requerimentos aprovados. Já há a anuência dos propositores do requerimento nº 150 assim fica o Vereador Jorge Cenci que é o nº 148 e caso tenha mais algum Vereador pode subscrever nesse mesmo requerimento nº 148. Aproveito, Senhor Presidente, para encaminhar também dizendo que visto que aqui três colegas apresentaram esse pedido, mas certamente outros Vereadores também foram acionados sobre esse mesmo problema tanto agora como em outras oportunidades, claro, o acidente de sábado novamente acende uma luz amarela com relação a esse assunto; é mais um acidente que ocorre nesse cruzamento então nós queremos inclusive reforçar essa solicitação para que o Executivo Municipal mesmo que não tenha daqui a pouco os equipamentos novos que possa reutilizar alguns daqueles equipamentos semafóricos que foram retirados de outros cruzamentos do município para que nós possamos utilizar, não sei se de maneira provisória ou definitiva, até porque esses equipamentos atendiam outros cruzamentos com a contento vamos dizer assim. Então nós podemos é melhor ter talvez às sinaleiras que nós tínhamos antes em outros cruzamentos não talvez com a mesma qualidade dessas novas, mas que pelo menos possam evitar os acidentes e preservar vidas que possam ser perdidas então nesse cruzamento que já tem sido dito tão perigoso. Então nós encaminhamos favoravelmente a aprovação do requerimento nº 148/2020 do Vereador Jorge Cenci com a adição então dos Vereadores que escreveram também o requerimento nº 150. Era isso muito obrigado, Senhor Presidente.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Obrigado, Vereador Jonas Tomazini. Encaminhamento de votação Vereador Sedinei Catafesta.

VER. SEDINEI CATAFESTA: Senhor Presidente, na mesma linha da proposição do Vereador Jonas, vamos subscrever o requerimento nº 148 e eu vou deixar registrado aqui 15 dias ao governo, se não tiver uma equipe para instalar o material que já está ali eu estarei levando para o Ministério Público, entrarei pelo Ministério Público e com assinaturas daqueles moradores que lá estão, as vítimas desses acidentes, etc. e tal. Porque assim oh se não tivesse o material era uma coisa, mas tem, vamos instalar; vamos fazer uma forcinha essa semana, semana que vem e fazer a instalação. É tão simples porque o pior já tem que é o equipamento. Voto favorável e subscrito então junto lá com o Vereador Jonas e o Vereador Cenci. Obrigado.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Obrigado, Vereador Sedinei Catafesta. Então em votação, encaminhamento de votação ao Vereador Kiko Paese, Josué Paese Filho.

VER. JOSUÉ PAESE FILHO: Obrigado, Senhor Presidente. Quero aqui fazer as palavras do Vereador Catafesta que desde 2018, 2017/18 foi apresentado diversos requerimentos por essa Casa com esse problema desde o momento que foi feito o asfalto na Rua Marechal Deodoro. Até eu dizia na época se colocasse uma sinaleira não precisaria fazer mão única na Barão do Rio Branco. Que muitas pessoas até hoje não passam lá por causa dessa esquina. Mas hoje eu vi aqui três Vereadores apresentando requerimento, ótimo. Mas eu também ouvi hoje, Senhores Vereadores, que muitas vezes, muitas vezes, o que nós fizemos aqui nessa Casa com requerimento pedido da população chega lá na Prefeitura e eles fazem isso aqui: rasgam o requerimento e não atendem os Vereadores. Agora quando que hoje de manhã que eu ouvi na imprensa diversos moradores comerciantes há 30 anos naquela esquina, indo para a imprensa e aí o Prefeito o quê que disse? Se não for essa semana a semana que vem nós vamos colocar a sinaleira. Essa é a verdade só não enxerga quem não quer. Vereador Jorge, parabéns pelo seu requerimento mais uma vez, parabéns Jonas, parabéns Catafesta. Agora precisou vir a população na imprensa o Prefeito chegar e dizer e não for essa semana a semana que vem. E nós temos sinaleiras que foram tiradas e mesmo sendo antiga nós vamos colocar lá. Então muitas vezes as pessoas cobram dos Vereadores, os Vereadores vão atrás Vereador Arielson apresentam o problema para a comunidade e lá no Executivo ignoram. Eu ouvi falar na imprensa hoje de manhã que os Vereadores deviam se preocupar com essa sinaleira também, mas desde 2018 gente que nós estamos mandando requerimento. Eu sei que eu mandei, Catafesta mandou, a Glória, se não me engano, também fez se eu não me engano, tá, e outros Vereadores aqui; o Jorge o Arielson falou diversas vezes, todos nós, inclusive suplentes que teve aqui falaram sobre esse assunto. E não fomos ouvido. Parece, parece ou é uma realidade que eles querem ter o momento para chegar na imprensa e dizer vamos colocar porque a população está pedindo. Isso que eu chamo de politicagem. Obrigado.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Obrigado, Vereador Kiko Paese. Então em votação o requerimento formulado pelo Vereador Jorge Cenci nº 148/2020. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos os Vereadores juntamente com a subscrição do Vereador Sedinei Catafesta e o Jonas Tomazini que tinha encaminhado o requerimento nº 150 e esse Vereador também gostaria de subscrever. Então não sei se mais alguém; acho que todas as bancadas subscrevem. Então aprovado por todos e subscrito por todos também, né, e aprovado. Nós temos também o requerimento nº 149 encaminhado pelo Vereador Jorge Cenci. O Vereador abaixo firmado solicita anuência dos demais pares que seja encaminhado ao Poder Executivo Municipal através do seu departamento responsável e que realize melhorias e conserto no passeio público no Km 62 da RS-122 próximo à entrada do bairro Centenário. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos os Vereadores presentes. Em votação o requerimento nº 140/2020 encaminhado pelo Vereador Sedinei Catafesta: O Vereador signatário, após ouvida a Casa, requer a vossa excelência que envie votos de congratulações e sucesso à Cooperativa de Crédito Cresol através dos seus gerentes Márcia Fardin e Flávio Noal. A empresa inaugurou a primeira agência na Serra Gaúcha na última sexta-feira na Rua Júlio de Castilho centro de Farroupilha. Então os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Encaminhamento de votação ao Vereador Fabiano Piccoli.

VER. FABIANO A. PICCOLI: Obrigado, Senhor Presidente. Aqui a bancada gostaria de subscrever e gostaria de dizer que o primeiro Pronaf da Cresol em Farroupilha foi lá da nossa empresa de tomates e eles nem estavam ainda estabelecidos, foi feito tudo através da matriz. Isso demonstra agilidade, competência e a vontade de fazer da Márcia e do Flávio de agilizar os processos de investir no crescimento de Farroupilha. Então a bancada vota favorável e parabeniza o autor do requerimento. Obrigado, Senhor Presidente.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Obrigado, Fabiano Piccoli. Então em votação o requerimento nº 140/2020. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos e subscrito por todas as bancadas. Em votação o requerimento nº 141/2020 encaminhado pelo Vereador Sedinei Catafesta: o Vereador signatário, após ouvida a Casa, requer a vossa excelência que envie votos de congratulações a Farra Burger Farroupilha que celebra dois anos de atendimento ao público farroupilhense. Parabenizamos a equipe da Farra Burger em especial o Gladson de Campos, Fabrício Spinelli e Diego Garcia. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos os Vereadores presentes. Nós temos o requerimento nº 144/2020 encaminhado também pelo Vereador Sedinei Catafesta: O Vereador abaixo firmado solicita anuência dos demais pares que seja encaminhado ao Poder Executivo Municipal a solicitação de reparo no início do asfalto que vai para o Salto Ventoso. Eu vou fazer um pequeno comentário eu sei que o Presidente não pode pedir o encaminhamento de votação, mas eu sou morador dessa localidade aí então hoje de manhã foi feita a retirada do asfalto desse trecho aí. Só que eu gostaria, se assim o proponente me autorizar, logo abaixo chamado aí da curva da pedreira tem a família Piccoli e o Salvador aí, tem um borrachudo aí também. Então nós, eu já pedi para o Secretário, mas eu gostaria também acrescentasse assim se o proponente me autorizar. Então seria só para a título de contribuição. Então coloco em votação o requerimento nº 144/2020 encaminhado pelo Vereador Sedinei Catafesta. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Então aprovado por todos os Vereadores, com o acréscimo aí do da melhoria aí também do borrachudo logo abaixo da curva da pedreira. Também temos o requerimento nº 145/2020 encaminhado pelo Vereador Sedinei Catafesta. O Vereador abaixo firmado solicita anuência dos demais pares que seja encaminhado ao Poder Executivo Municipal solicitação de melhorias na estrada rural próximo a escolinha do Grêmio Esportivo São Luiz. Então os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão.  Aprovado por todos os Vereadores presentes. Dando continuidade então agora passamos ao espaço destinado ao Pequeno Expediente.

 

PEQUENO EXPEDIENTE

 

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores. Com a palavra o Vereador Jonas Tomazini.

VER. JONAS TOMAZINI: Senhor Presidente e demais Vereadores. Quero cumprimentar aqui a imprensa Leandro Adamatti, o Zé Theodoro, a quem nos acompanha também nessa noite. Vou abordar alguns assuntos aqui rapidamente, Senhor Presidente. Primeiro eu quero fazer aqui dois reconhecimentos e deixar registrado aqui nessa Casa que nós tivemos aí nos últimos 15 ou 20 dias duas situações de salvamento aqui de crianças engasgadas, nós tivemos aqui o resgate voluntário através da socorrista, a Renata Dani; ela estava no posto de atendimento do resgate aqui no centro os pais com uma criança também muito pequena engasgada levaram até o local e ela conseguiu fazer as manobras necessárias e assim encaminhar para o hospital, mas já com a criança fora de perigo. E também nós tivemos agora nesse último fim de semana o soldado Justino do Corpo de Bombeiros que através de uma ligação enquanto uma guarnição se encaminhava até o local, à residência de um outro bebê de dois meses, também conseguiu passar as instruções para que também fossem feitas as manobras necessárias mesmo que por telefone e isso também acabou ocasionando aí com o salvamento desse outro bebê de 2 meses. Isso só reforça, na verdade, a incidência de casos que a gente tem de engasgamentos e a importância que nós temos com relação à legislação que nós aprovamos nessa Casa para que quanto mais pessoas a gente possa ter treinadas nesse assunto, maior é a possibilidade de realizarmos salvamento seja em bebês, em crianças ou até mesmo em pessoas adultas. Então eu quero deixar o meu reconhecimento eu vou até pegar os nomes completos para depois nós fazermos ofícios aqui pela Câmara de Vereadores. Quero também, Senhor Presidente, relatar eu ouvia hoje ao meio-dia na imprensa a entrevista da Marlice, Marlice Meotti Miranda, nossa colega inclusive de partido que relatava a sua vitória na luta contra o coronavírus depois de um tempo bastante extenso inclusive de internação; internação em tratamento intensivo na UTI do Hospital de Garibaldi teve então alta primeiro da UTI e depois também aqui do Hospital São Carlos e ela está nos acompanhando. Então eu quero deixar para a Marlice o meu abraço as minhas estimas de que as melhores estejam sejam completas, tem ainda alguma dorzinha de garganta, mas já está em casa tomando café. Então nós estamos todos aqui comemorando a sua recuperação, Marlice. Quero também, Senhor Presidente, então falar do requerimento nº 147 que eu vou pedir que você coloque em votação ao final da minha fala aonde o Vereador signatário após ouvida a Casa requer a vossa excelência que seja oficiado o poder Executivo Municipal no seu setor competente para avaliar a possibilidade de adequar a boca de lobo localizada na Rua Minas Gerais próximo ao nº 790 no bairro Bela Vista. O requerimento vai com foto, Senhor Presidente, da localização atual da boca de lobo e do que está ocasionando essa localização ou a sua ineficiência neste momento que acaba então por alagar residências próximas aí aonde está esse dispositivo que não está cumprindo o seu papel e assim então prejudicando os moradores da redondeza então ao final da minha fala peço que o Senhor coloque em votação o requerimento nº 147/2020. Por fim, Senhor Presidente, quero dizer também que nós recebemos uma demanda da população o Governo Federal vem trabalhando em parceria com Estados e Municípios com relação à implementação de escolas cívico-militares. Este é um assunto que a gente já tinha iniciado no começo do ano com a Assembleia Legislativa e com o Governo do Estado depois claro acabou aí em função da pandemia, os contatos acabaram ficando um pouco mais restritos e nós não conseguimos então dar a devida sequência. Retomamos esses contatos e entendemos que é uma possibilidade para o município de Farroupilha, é um assunto ainda que está no seu estágio extremamente inicial, então nós ainda temos toda uma elaboração para verificar primeiro se há condições de fazer a instalação de um equipamento desses aqui no município. Caso seja positivo, nós partiremos então para a segunda etapa que a questão de selecionar a entidade de ensino que poderia abrigar esse tipo, a escola cívico-militar, e depois tem toda uma série de regramentos que é a conversa com a comunidade escolar com todos os envolvidos para que depois então se chegue a uma decisão. Então só quero registrar também que estamos trabalhando nesse assunto e vamos dar retorno aqui na Casa nos próximos dias. Então Senhor Presidente encerro pedindo para que o Senhor coloque em votação o requerimento nº 147/2020. Muito obrigado.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Obrigado, Jonas Tomazini. Então nós colocamos em votação o requerimento nº 147 onde que o Vereador solicita a possibilidade de adequar a boca de lobo localizada na Rua Minas Gerais próximo ao numeral 790, no bairro Bela Vista. Então os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos os Vereadores. Era isso, foi concluído né. Então agora com a palavra o Vereador Fabiano André Piccoli.

VER. FABIANO A. PICCOLI: Obrigado, Senhor Presidente. Requerimento nº 143 de autoria do Vereador Sedinei Catafesta e minha que foi já faz algum tempo que nós não falamos sobre a CORSAN; durante o ano passado 2019 e 2018 a CORSAN esteve em voga nessa Casa com vários debates. E houve a mudança do gestor mudança na equipe de engenharia então eu queria, nós queríamos deixar registrado através do requerimento nº 143 um convite ao gestor da unidade, o Senhor Elton Luiz Ernzen e também engenheiro Bruno Mariot que venham a essa Casa após passarmos por esse período que a Casa não está recebendo convidados para que explane sobre o calendário de obras previstas para o município. Numa conversa na semana passada, nós ouvimos, colega Catafesta e eu, que nós temos mais de 40 milhões de reais liberados para serem investidos em Farroupilha como, por exemplo, a construção de uma rede para Vila Esperança passando pelo distrito industrial de Monte Bérico; nós temos só para termos uma ideia algumas empresas que não têm água, a Tecnolaser é uma o Volmar já perfurou diversos poços e todos deram seco não conseguiu encontrar água. Então é uma grande conquista para Farroupilha assim como algumas outras melhorias nas redes atuais ampliação do armazenamento, então que eles possam vir e explicar e colocar para nós esse cronograma de obras. Também sobre a bandeira laranja com muita alegria que nós recebemos então a alteração do que estava previsto para ser bandeira vermelha e vem assim atender toda a demanda do município da AMESNE, que se organizou, das entidades. Se nós abrirmos o site do Pioneiro agora nós temos mais de 2.800 vagas de trabalho que foram fechadas no mês de maio em Caxias do Sul. Esse é o resultado de uma recessão que nós estamos vivendo e viveremos mais intensamente nos próximos meses. Nós temos que nos cuidar, temos que nos proteger e proteger as nossas famílias de forma consciente, mas sabemos que se nós fecharmos as portas e todos os estabelecimentos, o número desempregados irá crescer mais e ali na frente essa difícil situação econômica que já vivemos ela será exponenciada e todo mundo perde. Então o segredo é nós continuarmos os cuidados necessários cuidados impostos a todos nós continuarmos ampliando os números de leitos de UTI disponíveis e seguirmos a vida com todos os cuidados necessários. Também queria propor para o Vereador Kiko Paese e todos os Vereadores que fizeram requerimento solicitando um semáforo na Marechal Deodoro com a  13 de Outubro, que nós façamos um pedido de informação ao Executivo reunindo todos esses requerimentos para que nós possamos saber quais são os motivos que lá no passado impossibilitaram a colocação de uma sinaleira nesse trecho aí. Por que se lá no passado nós pedimos inclusive, se eu não me engano, eu também fiz um requerimento e não foi atendido, agora o Prefeito Pedrozo muito solícito e aqui eu deixo meus parabéns a ele, que acredito que desse período que ele assumiu é o primeiro acidente que acontece nesse trecho; então no primeiro acidente ele vem a público e se compromete com a colocação de uma de uma sinaleira. Segundo, então que a gente faça um pedido informação talvez tenha havia uma análise técnica que impossibilitasse a colocação, mas para que a gente possa saber verdadeiramente o porquê não foi colocado, e que agora está sendo colocado. Porque, Vereador Kiko, não adianta nós chegarmos à tribuna e esbravejarmos sem sabermos o porquê das coisas não aconteceram. E algumas coisas que não aconteceram no passado, para finalizar, Senhor Presidente, estão acontecendo inclusive à poda de uma árvore na frente do seu; fazia quantos anos que havia sido solicitado e isso não é politicalha, Vereador Kiko. Isso são coisas que se consegue ao longo do tempo. Obrigado, Senhor Presidente.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Obrigado, Vereador Fabiano Piccoli. Então eu já coloco em votação o requerimento nº 143 formulado pelo Fabiano André Piccoli e o Vereador Sedinei Catafesta então Os Vereadores signatários, após ouvida a Casa, requerem que seja convidado o Gestor da Unidade de Saneamento da CORSAN em Farroupilha o Sr. Elton Luiz Ernzen e o Engenheiro Sr. Bruno Fogliatto Mariot, para que venha a esta Casa explanar sobre o calendário de obras previsto para o Município de Farroupilha. Encaminhamento de votação À Vereadora Maria da Glória Menegotto.

VER. GLÓRIA MENEGOTTO: Senhor Presidente, Senhores Vereadores, imprensa, demais presentes. Eu quero pedir para subscrever, se possível, esse requerimento até porque foi eu fiz um trabalho muito forte na época em que eu fui Secretária de Desenvolvimento Social e Habitação para que a CORSAN pudesse fazer abertura de rede de água, enfim né, naquela localidade ali onde passa pela Vila Esperança e também chega até a Greentec. Então foi um trabalho bastante forte que a gente fez e creio que vai dar certo, né, onde a Prefeitura entraria com as máquinas e a CORSAN com o encanamento. Então eu quero pedir então eu te agradeço, Fabiano, e vou subscrever para que a gente possa ouvir sim o pessoal da CORSAN o que tem a dizer. Obrigado.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Colocamos em votação, só para eu entender que eu estava, e com a subscrição.

VER. GLÓRIA MENEGOTTO: Só subscrevo.

PRES. FERNANDO SILVESTRIN: Então tá. Então nós colocamos em votação o requerimento nº 143 encaminhado pelo Vereador Fabiano Piccoli e Sedinei Catafesta e subscrito pela Vereadora Maria da Glória Menegotto. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos os Vereadores. Peço uma questão de ordem agora. Eu vou ter que eu vou ter que sair, tenho um compromisso, vou me ausentar, então gostaria de pedir a permissão dos Senhores Vereadores se vocês me autorizam aí eu vou me retirar. Aí coloca em votação se os Vereadores concordarem; então aprovado por todos. E convido agora o 1º Vice, Jonas Tomazini, que tome a cadeira aqui para presidir a Sessão dessa noite. Obrigado, Vereador Jonas. Com a subscrição do Sedinei Catafesta.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Então dando seguimento ao nosso Pequeno Expediente coloco a palavra à disposição dos Senhores Vereadores. Com a palavra o Vereador Arielson Arsego.

VER. ARIELSON ARSEGO: Senhor Presidente e Senhores Vereadores. Eu queria fazer um requerimento e recebi nesse final de semana uma pessoa que me fez umas colocações e que realmente acontece isso lá no plantão da Unimed. É um requerimento não um pedido de informação, porque nós não podemos fazer um pedido de informação a uma empresa privada. Então vou fazer como forma de requerimento se os Senhores Vereadores acharem que devem aprovar se a Unimed achar que deve responder responde; infelizmente eu não posso obrigar eles que respondam. Eu sei que um Ex-vereador, o Antônio Chiele, ele uma vez fez esse pedido veio à resposta o qual deve estar nos assistindo e gostaria de inclusive cumprimentá-lo. Os Vereadores signatários, após ouvida a Casa, requerem a Vossa Excelência, que seja oficiado a Unimed Nordeste para que se possível informe: Motivo do atendimento para a realização de exames raio-x se encerrar às 20h30min, bem como esclareça qual é o motivo que esse tipo de atendimento para realização desse exame não fica disponível 24 horas por dia no pronto atendimento no município de Farroupilha; Número de moradores de Farroupilha contribuintes por que deve ter mudado muito daquela época até agora inclusive muitas pessoas falam no que arrecada a Unimed do quantos farroupilhenses têm realmente o plano de saúde e a gente fica ouvindo números que daqui um pouco não são verdadeiros, mas nós gostaríamos de ter isso; Bem como se pudesse informar a média dos últimos três meses do valor arrecadado com o pagamento do plano pelos associados de Farroupilha.  Então no final, Senhor Presidente, se puder colocar em votação o requerimento nº 146. Isso é uma questão que o raio-x vai até oito e meia e aí vai para o São Carlos ou vai para o São Carlos direto. E as pessoas acham que pelo, e é verdade que o pagamento quando a gente paga no final do mês ali sempre ou no início do mês é um valor alto que se paga para Unimed, e a gente não sabe quais são as despesas também. Mas enfim nós, obrigado Vereador Piccoli, na verdade o que nós gostaríamos é de ter esta essa informação e agradecer também pelas colocações por que mais farroupilhenses a não ser aquele que no sábado precisava do atendimento e não tinha. Então se tem alguém com uma fratura ou algo assim não tem o raio-x funcionando então vai para São Carlos e nós achamos que claro que é melhor tu vai lá no pronto atendimento é atendido já faz o raio-x lá, mas gostaria de ter este esclarecimento para depois fazermos as nossas considerações. Gostaria de falar também e não fiz requerimento vou falar aqui deixar se o Vereador líder do governo puder anotar Rua Augusto Crippa no bairro 1º de maio. Nós já tivemos carros engolidos pela tubulação e vai acontecer de novo, já tá acontecendo, o paralelepípedo já tá baixando e quando começa a baixar o paralelepípedo pode contar que ali embaixo tem cano estourado. Então vai dar problema de novo, nós estamos avisando, porque os moradores queriam fazer uma manifestação nós achamos melhor ali nas proximidades do nº 900; 800 até o 900, enfim, naquela quadra é só dar uma olhada. Porque inclusive quando fizeram o asfalto na rua de cima eles não, Vereador Jose Mário, não desobstruíram as bocas-de-lobo e hoje a água ao invés de ser captada ali naquela rua, ela vai para a rua de baixo. É mais uma grande quantidade de água, inclusive o Vereador Jorge Cenci já tinha se manifestado esses tempos atrás sobre esse assunto, e naquela época que nos manifestamos também não fizeram nada e acabou dando aqueles problemas; pessoas até a pé a pessoas caem ali. Então é um problema realmente que é visível que tem problema embaixo da rua. Nós sabemos que tem lugares que não tem como ver; na frente da rádio Spaço, por exemplo, os paralelepípedo estava tudo reto e embaixo tava tudo oco. Eu não sei como é que passava o ônibus e carros sem cair aquilo, mas na época tava oco embaixo, né, então é um cuidado que tem que se tomar. Questão das sinaleiras eu falei na imprensa sobre a Rua Três de Outubro e a Marechal Deodoro isso na semana passada que foi falado sobre alguma sinaleiras como, por exemplo, a sinaleira do Santa Rita que fica alguns dias sem arrumar. Tem que ter um pouco de material guardado para fazer a manutenção, as sinaleiras de Farroupilha quando era uma lâmpada só ela queimava quando chovia nós trocamos tudo por LED. Essas lâmpadas que tem dentro queimava uma não tinha mais problema nenhum, eu não sei por que foi trocado a sinaleira. Porque fala em sinaleira inteligente. Essas de Farroupilha tem que mandar para a aula de novo, porque não tem nada de inteligência. Quando chega dois três carros que para um e aí daí a sinaleira ele devia abrir se não tem ninguém no outro lado se ela é inteligente, mas essas de Farroupilha pode me dizer não tem nada de inteligente. O que tem de inteligente é o cara que vendeu e que vai receber, esse é inteligente. Então essa é uma e todas as colocações que nós fizemos aqui Vereador Kiko eu tinha anotado para falar exatamente o que o Senhor falou da questão da sinaleira. Porque todos nós falamos da sinaleira eles nunca fizeram quando foi para imprensa eles fizeram. Aí quando a gente vai na rádio falar acham que é porque é oposição. Não. Tem que ir lá na rádio mesmo, se não for na rádio não sai não é feito. Então é uma das constatações sabe por quê? Porque dois ou três lugares que eram pedidos sinaleiras ou que eles acharam que tinha que colocar eles colocaram, mas nesse lugar que os Vereadores pediram por incrível que pareça foi o lugar que ficou sem. foi o lugar que ficou sem. E não tô falando se é Pedrozo se era o Claiton, mas é enfim essa administração. E aí eu vou dar mais um lugar: Pedro Anote-lo no bairro 1º de Maio; agora não lembro qual é que é Antônio Sachet talvez, ou, enfim aquela que quando tu tá entrando no bairro 1º de Maio tem que parar. Ali tem que colocar uma sinaleira. Nós já pedimos uma sinaleira, inclusive pauta aqui dos Vereadores por um dia, lá na Rua Paulo Broilo com a Rua Tiradentes. Então essas aí deviam ser estudadas também. Outra questão e agora tá terminando o meu tempo, mas eu vou só dar uma pincelada. Vamos começar a cuidar dos prédios públicos. O balneário Santa Rita foi invadido de novo. Falaram em mil coisas que iam fazer lá no balneário Santa Rita quando tinha aqui o Vereador também o Vereador Tiago, né, o Tiago Ilha, e jardim não sei do quê vamos contar as plantas e não fizeram nada, gente. Isso aí isso aí tá um negócio esquecido, fazem uma grandiosidade uma monstruosidade num programa num projeto e na verdade não sai é nada. Nada X nada = a nada. Obrigado, Senhor Presidente.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Obrigado, Vereador Arielson Arsego. Eu coloco em votação então o requerimento nº 146/2020 que já foi lido pelo Vereador Arielson então encaminhando para Unimed Nordeste para prestar informações para essa Casa Legislativa caso seja possível. Então os Vereadores que estão de acordo permaneçam como estão. Encaminhamento de votação Vereador Fabiano Piccoli.

VER. FABIANO A. PICCOLI: Obrigado Senhor Presidente. Além do raio-x nós temos a questão da ecografia que às vezes há alguma lesão e que não é de osso e sim de ligamento e que o raio-x não pega. E eu quando há cinco anos atrás me lesionei precisava de uma ecografia fui de ambulância ao São Carlos e questionei os profissionais que me atenderam e é uma questão econômica, Vereador Arielson. Provavelmente essa que virá e que me foi dito aquela vez. Porque o número de pacientes é menor teoricamente à noite e como o São Carlos tem esse serviço de raio-x é feito o convênio, acho que o raio-x no são Carlos é lima terceirizada que presta esse serviço e presta esse serviço para a Unimed. Também. Então é uma questão que pelo menos que foi respondida para mim naquele momento é econômica e se for possível acrescentar o serviço de ecografia já que a gente vai fazer a solicitação, que seja raio-x e ecografia. Obrigado, Senhor Presidente

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Eu coloco em votação então o requerimento nº 146/2020 acrescentando… Encaminhamento de votação Vereador Arielson Arsego.

VER. ARIELSON ARSEGO: Eu vou ocupar o mesmo espaço lá que eu tinha posto para o Vereador Piccoli até porque é rápido. Na verdade, Vereador Piccoli, nós temos que deixar bem claro aqui para que a população não entenda diferente e nem a Unimed. Nós não estamos dizendo que não foi atendido, porque na verdade foi atendido no Hospital São Carlos ou quem vai lá na Unimed acaba sendo transferido para o Hospital Seu Carlos. Então eu não quero que fique aqui dizendo que não houve o atendimento; houve o atendimento, mas o que nós estamos pedindo é se há condição de deixar aberto lá então agora inclusive com a ecografia né. Então acho que deve sim ser colocado no ofício né que vai ser direcionado à Unimed, e agradecemos e concordamos com as colocações. Obrigado Senhor Presidente.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Obrigado, Vereador Arielson Arsego. Então coloco em votação o requerimento nº 146/2020 acrescentando na primeira solicitação além de raio-x a ecografia. Os Vereadores que estão de acordo; encaminhamento, Doutora, depois no seu espaço. Os Vereadores que estão de acordo permaneçam como estão; subscrito pelas bancadas do Progressistas, PSD, PSB, PDT, acho que todas as bancadas então. Rede? Glória também? Sim. Então tá bem, aprovado o requerimento nº 146/2020 com a subscrição de todas as bancadas. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores. Com a palavra o Vereador Sandro Trevisan.

VER. SANDRO TREVISAN: Obrigado Senhor Presidente, Senhores Vereadores, público ainda presente aqui, Leandro/TV Serra sempre nos acompanhando. Utilizar 5 minutos se o Vereador até quiser colocar o meu tempo pode ser, não vou utilizar todo ele mesmo né então. E daí fazer um comentário a respeito ali do nosso Santa Rita. Quando eu falo de Santa Rita já me vem à cabeça uma das falas que eu tive com o Prefeito em que naquele momento o Prefeito queria fazer então em função dos prédios que são hoje alugados fazer uma chamada pública lá para aquele local e a empresa que fosse vencedora na chamada pública fosse construir atrás da onde a gente tem hoje a nossa Prefeitura iria construir um prédio de 14 andares com tudo que tem direito: shopping center, cancha de golfe, heliporto, sei lá. Então acho que na verdade por causa disso que a gente tem essa esse tipo de conservação do que é patrimônio público aqui de Farroupilha. Desculpa, mas é uma maneira do nosso anterior gestor, tô falando do antigo Prefeito, de pensar em um mundo que eu acredito que não é o mundo real em que nós vivemos. Porque vamos falar a verdade uma empresa privada vai chegar lá no Santa Rita pegar do jeito que tá eu quero aproveitar isso por 10, 15, 20 anos e vou construir agora de contrapartida um prédio de 14 andares atrás. Não né; sei lá acho meio estranho isso. Segundo falar a respeito, a gente vem falando a respeito do covid pegar o gancho do Jonas ontem mesmo passou no Fantástico um professor bem amigo meu aqui a gente trabalhou trabalhamos anos juntos e passou no Fantástico ele se reencontrando com o filho dele. Ele ficou um tempo aqui em Caxias daí então ele teve câncer e daí em função do câncer que ele teve no esôfago ao final de um tratamento que ele fez ele pegou covid e ficou no hospital. Então afirmar aquilo que a gente sempre vem falando de quê tem que sim manter isso tudo aberto, mas tem que ter tem que ter um respeito pelo que estamos passando. Precisa ter respeito. E eu tive que fazer uma viagem e o que me chamou atenção ontem então, já que não utilizamos nosso espaço na tribuna então utilizamos cinco minutos para falar um pouco a respeito desses assuntos que são de certa forma de maneira mais generalizada, com os nossos vem e vai do Governador colocando bandeira de um tipo bandeira de outro. Mas o engraçado é que tive que fazer uma viagem fui aí quando cheguei logo né, em Torres, os nossos amigos pedágios, e daí tava falando com meu primo também que é caminhoneiro “cara é lockdown é não sei o quê”; bandeira da cor que for os pedágios estão todos eles funcionando. Os caminhoneiros segundo o meu primo uma revolta absurda porque tudo para e esses pedágios na verdade me parece que são de alguma coisa de extrema necessidade para a sociedade ficar aberto né. Bastante ironia nesse momento né. Qual é a necessidade de os pedágios estarem abertos nesse momento, e daí passei lá. Outro fato extremamente importante que além de estar aberto com uma fila gigante. Uma coisa que não necessariamente deveria estar, poderia estar fechado sim, porque esses caras não têm necessidade hoje a gente estava escutando assunto de várias pessoas e várias famílias e várias empresas ou de gente que tem MEI e precisaria de um aporte da Prefeitura né, Glória. Precisariam desse aporte e a Prefeitura não sabe como dar e no mesmo instante os caras que nem os cara do pedágio as concessionários que têm dinheiro, tem muito dinheiro, ficam aberta para arrecadar. Então eu tô passando agora aqui nesse momento a indignação desse pessoal que andou fazendo contato dizendo da indignação dele: tudo fechado; fecha as empresas, fecha comércio, fecha restaurante, pedagiozinho continuando e detalhe com uma fila gigantesca né. Vários outros lugares podendo ser aberto uma fila gigantesca que acelera o movimento aí então tem aquela troca de dinheiro, continua aquela troca de dinheiro com quem tá pagando então tu entrega o dinheiro ele te devolve tu não tem tempo, fiquei um pouco longe do gel, não tem tempo de fazer higiênico por que o cara de trás já começa a buzinar se não tranca tudo, trava, vira aquele sistema infernal que a gente já conhece nos pedágios. Então só para fazer esse relato em função do que eu tive que ver quando eu tava me deslocando para lá. E dizer que é brincadeira. Analise, Senhor Governador; por favor, que analise realmente quem deve fechar e quem deve ficar aberto; acho que essa análise tem que ser feita da maneira correta. Esses pedágios podem sim fechar um pouco eles têm como sustentar os funcionários deles e não vai precisar se reparar as rodovias que eles cuidam agora um mês dois meses três meses. Obrigado, Senhor Presidente.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Obrigado, Vereador Sandro Trevisan. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores. Passo a palavra ao Vereador Jorge Cenci que havia solicitado.

VER. JORGE CENCI: Senhor Presidente e colegas Vereadores. Apenas para pegar um gancho nas falas que aconteceram e até da Rua Augusto Crippa, Vereador Arielson, que o Senhor citou agora. Eu fiz um requerimento junto a Secretaria de Obras no dia 8 de junho agora aonde solicitei uma melhoria de quatro quadras entre as Ruas Carlos Alberto Rovatti e Santiago. São 4 quadras e acredito que esta solicitação e esta demanda ela tá bem na Rua Santiago ali na divisa, né, e ela contempla… É entre as Ruas Carlos Alberto Rovatti e Santiago, são quatro quadras na verdade; 4 quadras da Rua Augusto Crippa. Uma outra questão também referente à colocação dos semáforos ali que foi levantado tem requerimento em si e vou levantar uma sugestão do Pablo Barretti né e ver da possibilidade, se possível, colocar uma sinaleira sonora para os deficientes visuais. Uma solicitação que ele me encaminhou agora então eu já repasso para o governo em si ver se existe essa possibilidade; e ela é importante e também que seja acrescido no requerimento com entendimento dos colegas Vereadores. Falando em pandemia, falando em nos precavermos, né a gente sabe que tem algumas categorias que nós temos que dar os parabéns. Uma delas são os profissionais de saúde que estão ali na linha de frente sem medir esforços para atender e fazer os encaminhamentos necessários para as pessoas que ali possam estar acometidas do vírus. Também temos que fazer uma saudação muito especial também para os profissionais das farmácias, dos mercados, mas nós temos que olhar uma categoria que além dessas também fez o seu papel e não, não parou. Que é a categoria dos caminhoneiros. Os caminhoneiros não mediram esforços e não pararam; é uma categoria que também deve ser incluída e referenciada neste momento de pandemia. Seria isso, Senhor Presidente, e com a com a minha solicitação da inclusão no requerimento peço a aprovação dos colegas e quero ceder um aparte ao Vereador José Mário Bellaver.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Um aparte ao Vereador José Mário Bellaver.

VER. JOSÉ MÁRIO BELLAVER: Obrigado, Vereador Jorge. Pegando esse gancho, Vereador Jorge, gostaríamos de deixar registrado outra categoria que não parou e continua com qualquer tempo: são os nossos queridos agricultores. Você pode ver que não tem tempo ruim, não tem epidemia que eles continuam trabalhando e não usando máscara, Vereador Tadeu. Então claro que estão lá no meio das lavouras, mas estão trabalhando sem olhar o que pode ser causado. Então essa categoria também nós temos que ter o reconhecimento do que eles estão fazendo pela agricultura do nosso município e da região. Obrigado pelo aparte, Vereador.

VER. JORGE CENCI: Parabéns, Mário, pela colocação. Sem dúvida nenhuma o setor primário ele é fundamental e temos também que parabenizar. Parabéns pela tua colocação e me somo a ela. Obrigado, Senhor Presidente.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Obrigado, Vereadores Jorge Cenci e José Mário Bellaver. Eu vou apenas então consultar os Senhores Vereadores com relação à anuência de vocês para que nós possamos acrescentar na redação do requerimento nº 148/2020 essa solicitação que faz o Vereador Jorge Cenci para que nós vejamos então dá possibilidade, o Executivo veja da possibilidade da inclusão quando da instalação das sinaleiras que são solicitadas também das do semáforo sonoro né que é principalmente para os deficientes visuais. Os Senhores Vereadores que concordam com essa com esse acréscimo permaneçam como estão. Então nós vamos acrescentar no ofício da Câmara de Vereadores, tô pedindo aqui para o Secretário Executivo no requerimento nº 148/2020. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores. A palavra está com a Vereadora Maria da Glória Menegotto.

VER. GLÓRIA MENEGOTTO: Senhor Presidente e Senhores Vereadores. Eu queria pegar um gancho aí do Vereador Sandro e também depois, viu, o Cenci. Mas realmente a categoria que não parou até hoje e que nunca teve nenhum auxílio ninguém pensou em nada foi a dos caminhoneiros, né. É uma categoria que precisa, nós precisamos, eu diria o mundo precisa né, porque tudo é transportado, tudo tem necessidade. Eu acho que nós poderíamos aqui também na próxima Sessão fazer um pedido fazer um requerimento não sei para que suspendesse a cobrança de tarifas em todas as rodovias, todas as rodovias, por um prazo, dos caminhoneiros né, por um prazo aí sei lá de alguns meses ou até mesmo até o fim da calamidade. É uma Moção de Apelo, exatamente, o Vereador Arielson me ajudou aqui; uma Moção de Apelo acho que nós vamos fazer na semana que vem nesse ponto né. Porque o Brasil é um país que transporta e se movimenta por estradas e o custo dos pedágios é bastante elevado, então com o impacto dos fretes que eles acabam pagando também né e quem paga somos nós os fretes então eu acho que é importante que a gente faça isso a partir de agora semana que vem então fazer essa Moção de Apelo. Vou pedir então para que providencie e nós todos podemos assinar. Porque os caminhoneiros realmente a gente nem nunca pensou neles né e eu ouvi ontem também algumas pessoas me falando e agora ouvindo os dois Vereadores falando aqui me veio essa ideia. Então era isso, Senhor Presidente. Obrigado

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Muito obrigado, Vereadora. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores; está inscrita a Vereadora Doutora Eleonora Broilo.

VER. ELEONORA BROILO: Boa noite, Presidente, Vice-presidente Tomazini que está agora no lugar do Presidente, colegas Vereadores, colega Vereadora, Leandro Adamatti/TV Serra, nossos colaboradores aqui da Câmara. Bom a primeira coisa eu quero saudar muito carinhosamente a nossa colega Marlice Meotti e dizer para ela que nós ficamos muito preocupada, preocupados quando do acometimento dela pelo covid e que ao mesmo tempo agora estamos muito, muito, muito felizes com a pronta recuperação. Marlice nós estamos contigo e logo logo vamos estar tomando um café juntos. Naquela hora do requerimento do Ver. Arielson, eu quis pedir a palavra porque eu queria sugerir que o nome eu queria sugerir que o nome serviço fosse serviço de rádio imagem; nós não precisamos separar serviço de radiologia, serviço de ecografia quando nós podemos dizer serviço de rádio imagem. Contudo eu queria deixar duas questões aqui, a primeira como eu não faço plantão mais em lugar nenhum, tá, eu realmente não sei se lá no PA da Unimed nós contamos com tomógrafo. Não sei dizer para vocês. Mas se nós não contamos com tomógrafo de qualquer maneira vai ser feito as tomografias necessárias no São Carlos; eu acho que não tem, mas não vou afirmar, porque não tenho certeza. Quanto ao serviço de ecografia no São Carlos à noite também é um sistema de sobreaviso, não existe lá um ecografista esperando para fazer. Então como é um serviço que cuja demanda não é tão intensa quanto raio-x, por exemplo, eu acho que é um pouco mais complicado de termos um serviço que tem ecografia também. O máximo que pode acontecer e ter um serviço também de sobreaviso como é o caso de São Carlos. Graças a DEUS a nossa bandeira é laranja, nós podemos trabalhar todos com dignidade, manter a nossa dignidade de trabalho. E quanto a isso eu quero dizer o seguinte para vocês: eu tenho assistido todas as ‘lives’ possíveis e imagináveis a respeito do covid e a essa altura do campeonato não é uma opção não trabalhar; trabalhar a gente tem que ir não adianta, mas  aqueles eu torno a dizer, quem não tem o que fazer na rua não tem conta para pagar, não tem nada para fazer, não vai trabalhar: fica em casa. Essa história de dizer que em casa a gente pega isso está provado e é só assistir as últimas ‘lives’ sobre o covid; não é verdade nós não pegamos em casa, em casa é o local mais seguro que nós temos para ficar, mas como eu disse: trabalhar; não trabalhar não é uma opção nós temos que trabalhar. Manter o comércio aberto é imprescindível. E era isso, eu só queria pegar o gancho do Vereador José Mário a respeito da agricultura e dizer que sim os agricultores estão, nunca pararam estão mantendo o seu serviço; eu canso de atender no consultório as pessoas os agricultores dizendo Doutora a gente veio a consulta é bem rápido por que nós estamos em pleno corte disso, safra daquilo, não sei o quê. Então eles não pararam e é graças a isso que nós vamos ter ainda alimentos.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Para concluir.

VER. ELEONORA BROILO: Então parabéns também aos agricultores e a todas outras profissões nomeadas aqui. Boa noite.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Obrigado, Vereadora Eleonora. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores. Com a palavra o Vereador Sedinei Catafesta.

VER. SEDINEI CATAFESTA: Senhor Presidente eu vou aqui primeiro cumprimentar os internautas que estão assistindo e também estão dando sugestões de melhoria na Casa na questão de divulgação dos trabalhos com novas filmadoras. Isso é importante que a mesa possa ali na frente tratar desse assunto e ver a possibilidade, todavia em 2014 quando implantamos a divulgação dos trabalhos via internet já foi um avanço. Foi um avanço e está aí funcionando e quero cumprimentar todos que estão assistindo, cumprimentar o Leonardo Vilas Boas meu pré-candidato a Vereador e os demais o Pablo e todos que estão online. Falando ali da questão do Balneário Santa Rita que no passado foi um espaço maravilhoso dessa cidade de alegria, de lazer, e que por muito tempo ficou e continua sendo o legítimo abandono do parque público, do bem público o qual foi instituído por lei uma reserva ecológica. Passei semana passada lá tem um vídeo nem não postei na internet porque eu tenho vergonha daquele lugar, vergonha daquele lugar que um dia foi um cartão postal e aí se torna uma reserva ecológica Para quê? Para nada; para nada o espaço maravilhoso que Farroupilha tanto precisa para o lazer para o encontro das famílias. Hoje é uma reserva hein foi defendido na Casa que é uma reserva ecológica. Uma vergonha.  Estava recordando, Senhor Presidente, em 2009 quando estava eu de Vereador na outra Casa Legislativa, aprovamos um requerimento de minha autoria e os demais Vereadores na época Glória, Lino, Mário, que estão aqui hoje e o Kiko aprovamos então esse requerimento que era então para família Rossler, agradecer aqui e registrar o Dr. João e também o Dr. Edison, o assunto era os equipamentos do hospital Cibele que por muito tempo auxiliou Farroupilha e que faz falta. Dr. João junto com o Dr. Edison fez então a doação naquele momento e eu na época na juventude do Progressista liderei a manutenção e o conserto e entregamos para o hospital São Carlos. Hoje então marcou esse período e apareceu na minha rede social. Eu quero aqui mais uma vez agradecer que até hoje o hospital utiliza os porta soro, as mesas de apoio, as camas; o Rotary também utiliza, porque doamos lá para eles fazerem toda a destinação, os cuidados e a manutenção e o apoio às pessoas que precisam. Então marcou um momento lá do início do meu trabalho que este ano vai encerrar três mandatos e eu quero me despedir dessa Casa deixando sim marcas de trabalho que é o nosso mandato desde 2009 até o final deste ano 2020 quando se encerra então meu ciclo de Vereador nesta Casa nesta querida cidade chamada Farroupilha. Mas tenho certeza que outros virão e seguirão os trabalhos. Nosso partido hoje concluímos 23 pré-candidatos, que é uma alegria, quero agradecer cada um que colocou o seu nome a disposição para uma eleição difícil que vamos ter ali na frente diferente de todas as eleições que qualquer Parlamento e qualquer município ou estado ou país já teve é uma eleição que qualquer parlamento e qualquer município ou Estado ou pais já teve. É uma eleição que o vírus vai estar do lado, mas que a democracia vai estar lutando e que as ideias da mudança, a ideia de uma cidade melhor vai estar ao alcance da comunidade e cada um vai analisar. Isso é de fato que cada um faça sua análise e o melhor projeto que possa ser o vencedor. Então, Presidente, eu registro a indignação de um espaço maravilhoso que por muito tempo serviu a uma família, que também contribuiu naquele período, e que agora está lá abandonado que se chama o Balneário do Santa Rita. Lamentável, triste realidade.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Obrigado, Vereador Catafesta. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores. Com a palavra o Vereador Kiko Paese.

VER. JOSUÉ PAESE FILHO: Obrigado, Senhor Presidente. Senhores Vereadores, Vereadoras, imprensa, o Leandro, funcionários da Casa e demais pessoas que nos assistem. Rapidamente eu vou dizer que sobre os pedágios que falaram, Sandro, acho que dificilmente o governo consegue mandar fechar; isso é tudo empresa terceirizada e coisa, tem contrato e eu me lembro o que aconteceu em alguns lugares e depois entraram na justiça e acabaram ganhando uma fortuna, né. Então é bastante complicado, né, é bastante complicado. Foi aprovado aqui recentemente então aquele projeto do Ver. Arielson com o PMDB lá da Unimed, até o PP subscreveu.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Requerimento.

VER. JOSUÉ PAESE FILHO: Requerimento desculpe tá. Eu acho que mesmo sendo aprovado eu acho que concordo até com a Dra. Eleonora de colocar lá imagens, só trocar os coisas né; mesmo se foi aprovado eu acho que não tem problema se assim os proponentes concordarem é claro né. Vou falar agora com mais calma, bem rapidinho também, sobre a sinaleira aí da 3 de Outubro. Ela pega a preferencial, a Marechal Deodoro, aqui na 13 de Maio e vai até no viaduto lá embaixo, iria no caso, chega na 3 de Outubro ela tranca. Então é bastante complicado gente, precisa de uma sinaleira, acho que quando se faz um asfalto na cidade e esse asfalto tinha que ser feito mesmo até bem antes de se ter feito, mas tem que observar qual é o problema que vai causar além dos benefícios os problemas que vai trazer. E esse é um problema. É mesma coisa quando a gente faz um asfalto no interior, tá, e a administração passada também aconteceu com asfaltos que foram feitos e hoje eles estão pedindo quebra mola Deivid; como é que é o nome?

VER. DEIVID ARGENTA: Lombofaixa.

VER. JOSUÉ PAESE FILHO: É isso aí tá. Então tem que prever essa situação. Por exemplo, eu vou fazer um requerimento a semana que vem, tá, na Barão do Rio Branco que da 3 de Outubro até o viaduto tem entorno de 500 metros, 400/500 metros, depois da sinaleira os cara descem aí a mil na descida; na subida não porque tem a sinaleira lá embaixo né, então é subida. Mas vou dizer uma coisa se vocês forem lá tomar um café comigo e ficar olhando tem hora lá que passa carro a 80-100 km/h. E não adianta o pessoal não obedece à sinalização, não obedece. Então nós temos que ter esse cuidado, o Vereador falou antes aí para salvar vidas para o pessoal não se machucarem. Não adianta. É que nem na pandemia, 95% respeita as regras e 5% não respeita e cai tudo no mesmo valo, né. Então não é nenhuma crítica. E sobre a árvore, Vereador Piccoli, não é na frente da minha casa, é do outro lado da rua tá. Inclusive o Getúlio me autorizou de citar o nome dele aqui na Câmara, eu mostrei as foto aqui oh, né, os caminhão e ônibus batendo nos galhos. Ele ligou para a Prefeitura e não teve solução aí ele me procurou eu liguei na Prefeitura e pediram para bater uma foto e mandar para eles; sem problema mandei as fotos. Ah, não mandei, porque ele disse que eu tinha que preencher um questionário sei lá o quê; eu disse “ah não para aí, aí é brincadeira”. Se fosse uma área particular que quisesse podar bom aí é diferente agora é no passeio público causando sérios problemas, né. Aí logo em seguida depois no dia seguinte veio uma moça lá, deve ser uma fiscal, e (INAUDIVEL) e cortaram a árvore. Então não é porque o Kiko foi atendido o Vereador foi atendido para podar uma árvore, Fabiano, eu fiz minha obrigação de coisa. Outra coisa que foi feito eu fiz um requerimento, aqui mostrei as imagem aqui oh, é pouco custo, é pouco custo, vamos manter o que nos temos; Patrimônio Histórico em Farroupilha gente quando foi feita a Júlio de Castilhos. Tá lá na Praça Flores da Cunha aquele trator, Bellaver. Aquilo veio do Governo do Estado e ficou aí para o município, Flores da Cunha que assinou a emancipação de Farroupilha. E aquela praça tem esse nome. Aquilo tá apodrecendo no tempo. Talvez e eu boto aqui bato no meu peito, talvez a administração antes de Claiton/Pedrozo talvez nós já devia ter feito alguma coisa para preservar, mas nunca é tarde para preservar as coisas. Vão lá e dão uma olhada naquilo lá aquilo lá é uma vergonha no centro da cidade gente. Tanto o tratorzinho que tá como aquela parte do telhado. Então é complicado gente, é complicado. Quando a gente aqui levanta a voz um pouquinho e eu não levanto a voz não é para ofender ninguém eu não tenho inimizade com ninguém. Hoje de manhã 08h30min eu tava no gabinete do Prefeito falando com Pedrozo, 08h30min, fui bem recebido. Então não vai atender o pedido desse Vereador, porque a lei eleitoral não permite.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Concluindo, Senhor Vereador.

VER. JOSUÉ PAESE FILHO: Concluindo. Então não tenho briga nenhuma com político, com nenhum político, com nenhum partido, tá. Quando a gente fala aqui é pedido da comunidade. Então, Piccoli, não é nada contra você não é nada contra o Pedrozo nada contra ninguém, é quem tá de administração e a administração que tá aí hoje tá sete e meio, sete anos e meio. Obrigado.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Obrigado, Vereador Kiko Paese. E a palavra está à disposição dos Senhores Vereadores. Com a palavra o Vereador Tadeu Salib dos Santos.

VER. TADEU SALIB DOS SANTOS: Senhor Presidente, permita-me retirar a máscara por duas razões: pela idade já não se enxerga muito, com os óculos embaçados aí não se enxerga nada. Cumprimentar a Vossa Excelência em cumprimentando hoje e assumindo a Presidência desta Casa. Quero cumprimentar também aos colegas Vereadores, Vereadoras e também ao Leandro Adamatti/TV Serra, que leva todas as nossas falas semanalmente à comunidade farroupilhense. Eu ouvi hoje aqui vários discursos até avaliando o comportamento do Governo do Estado que é inadmissível a forma como ele conduz o controle dessas cores de bandeiras, as quais coloca-se pessoas numa situação extremamente difícil. No dia de ontem falando com uma pessoa, empresária, olha a gente fica sem palavras quando nos perguntam “e a partir de terça-feira o que vai acontecer?” E a nossa resposta “não sei”. Infelizmente a gente está numa situação da qual a gente responde não sei como se nós tivéssemos que ter a resposta na ponta da língua. Mas infelizmente aí quando nos questionam a respeito disto e a gente responder “não sabemos ainda teremos que aguardar”, a qual se referiu “bem até terça-feira nós estaremos trabalhando a partir de terça dependendo da bandeira do Estado nós fecharemos em definitivo até que não se tenha mais cor de bandeira não definida causando para nós um estrago muito maior do que aquele que já foi causado pela pandemia, que é a indefinição de critérios que nos dê uma noção do que vai acontecer”. Bem, quero dizer de que ao invés de ontem poder dar uma resposta, eu tive que ser acolhido por essa empresária por dizer do trauma que nós, imaginando que temos algum poder algum poder de opinião, mas que neste momento nós não tínhamos nada a dizer a não ser: acredite em ti nas tuas decisões e parabéns por ainda manter condições dos teus trabalhadores ainda terem a oportunidade da tua reserva ser aplicada em função deles. Agora eu queria me referir aos patrimônios do nosso município. Nós estamos nos referindo ao Santa Rita, mas nós temos um outro lugar que logo logo aí na frente é um cartão postal de Farroupilha em pleno centro de Farroupilha e que está dependendo também do olhar do nosso poder público. O Parque dos Pinheiros tem aquele restaurante que é um verdadeiro luxo, porém já se passou muito tempo sem manutenção e ele é locado a terceiros. Só que os terceiros não têm o poder de fazer as devidas reformas para que aquilo não se torne um futuro Balneário Santa Rita. Porque e além do Parque dos Pinheiros muitas coisas virão à tona ainda, porque estamos num prazo muito curto para iniciar a campanha eleitoral, muitas soluções aparecerão, muitas ideias aparecerão, mas não esqueçam do que foi a campanha do Estado e o resultado que está o Estado aí. Então comecem a observar o que ainda não desmoronou, mas está prestes a desmoronar. Muito obrigado TV Serra e sugestões, por favor, contatem o seu Vereador ou qualquer Vereador da nossa Casa para que a gente possa aqui dizer algumas verdades, porque a coisa tá pior do que a gente imagina. Uma boa noite a todos.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Obrigado, Vereador Tadeu. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores. Espaço de liderança então para a Vereadora Maria da Glória Menegotto.

VER. GLÓRIA MENEGOTTO: Senhor Presidente, eu não poderia começar a falar de futuras campanhas eleitorais, mas primeiro quero falar desse vírus que é muito agressivo, muito mesmo. E quero aqui e pelo que eu notei a dona Marlice Ana Meotti ela deve estar ouvindo nós e eu a conheço bem e quero dar um abraço nela, porque eu ouvi ela com muita atenção hoje pelo meio-dia e sei o quanto ela sofreu. Porque imagina só quando você acaba tendo esse vírus né que é um vírus super agressivo mesmo e ela disse que a surpresa dela foi ter voltado para sua casa. Então além delas também alguns familiares também foram diagnosticados com a doença. Então, Marlice, receba o meu abraço tá e realmente que DEUS te dê muita saúde, porque você merece, uma pessoa maravilhosa, eu te ouvi bastante hoje ao meio dia, receba meu abraço, Marlice. E dizer que também aqueles equipamentos que foram doados pelo Vereador Catafesta no São Carlos eu também tive a oportunidade de fazer algumas doações que recebi da família Rossler no Hospital São Carlos e foi muitos equipamentos, muitos equipamentos mesmo. Que o pai da Renata me chamou quando eu era Secretária da Saúde ainda; me chamou lá e ele me disse assim, oh: esses equipamentos estão aqui coisas maravilhosas daquele hospital que era grandioso mesmo do Cibele. Então parabéns à família Rossler, parabéns mesmo, porque eles deixaram tudo arrumadinho limpinhos e depois fizeram a doação no Hospital São Carlos e tenho certeza que tá ajudando muitas famílias. E dizer também que uma outra coisa que eu gostaria de colocar é sobre as sinaleiras. Eu acho que daqui mais algum tempo o nosso município vai ter mais sinaleira do que ruas por quê? Por quê? Porque não tem uma educação no trânsito nós também temos que entender isso, não adianta a gente querer só botar sinaleira botar sinaleira; veja que esse essa Rua Três de Outubro ali com a Marechal Deodoro da Fonseca eu passo todos os dias ali, passo todos os dias, e também me preocupo sim e também sábado já ouvi o acidente que deu, imediatamente a gente ouviu, mas veja bem nossa não é tão difícil é só parar e observar. Em vários lugares então nós teríamos que colocar sinaleira em tudo quanto é a rua. Educação no trânsito. E por isso que eu sou contra diminuir a pontuação da carteira de motorista, sou contra, deveria quer dizer aumentar a pontuação deveria diminuir, porque mortes acontecem exatamente por isso. Quantas mortes que acontecem porque a gente não se educa no trânsito e quando falo isso não é só os motorista não é as pessoas também, por quê? Porque muitas vezes você tá dirigindo e as pessoas ah por que tem uma faixa ali já vão atravessando nem olham para o lado já vão atravessando; tem que ter cuidado gente, até uma sinaleira aberta para gente e eles atravessam, né. Ali na rodoviária velha ali nossa é direto. Então eu acho que a gente também tem que sinalizar isso para que as pessoas se cuidem para que nós motoristas também nos cuidamos para que não aconteça isso. Sobre o balneário Santa Rita, eu não estou de acordo de acordo da forma que estão fazendo, não estou de acordo, acho que nós temos que sim e tenho certeza que muita gente tá fazendo planos de governo, né, e acredito que vai sair isso sim. Tem que voltar a ser o que era no passado aquele balneário Santa Rita, tem que se dar um jeito e não simplesmente acabar com um local turístico grandioso que nós temos em Farroupilha. E não tenho mais tempo senão ia falar de outros lugares que é do Parque dos Pinheiros e também do Parque da Imigração Italiana, mas muito obrigado, Senhor Presidente.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Obrigado, Vereadora Glória. A palavra continua à disposição dos Senhores Vereadores. Espaço de liderança para o Vereador Sedinei Catafesta.

VER. SEDINEI CATAFESTA: Senhor Presidente, eu quero aqui registrar essa semana então se iniciou uma obra tão importante da comunidade de Nova Sardenha. Agradecer aqui o nosso Deputado Danrlei, Deputado Federal, empenhado com esse município em várias questões, é na saúde é no esporte é no lazer e agora então foi na liberação do recurso que já está na Caixa desde o mês três e agora então trabalho do setor de planejamento na elaboração desses projetos. Quero aqui agradecer a Prefeitura, agradecer o Planejamento, todos que fizeram parte da execução desses projetos que são então referente a três praças de lazer. Bairro Industrial 2, nos próximos dias inicia obra também, Bairro Imigrante, que é o bairro que cresceu muito aquela região aqui do Imigrante, receberá uma praça de lazer e também Nova Sardenha que iniciou essa semana. A comunidade está de parabéns pela luta, pelo trabalho, todos ali estiveram unidos e continuam unidos em prol do melhor para toda a comunidade e para nossa cidade. Agradeço o Deputado Danrlei mais uma vez que vem auxiliando nossa querida cidade nossa querida Farroupilha. Isso é motivo de orgulho de levantar a bandeira do PSD partido que vem crescendo muito no Brasil e também crescerá muito nessas eleições municipais aonde 83 municípios do Estado do Rio Grande do Sul já tem pré-candidato a Prefeito para a próxima eleição para disputar as eleições. Isso é um avanço grande no partido e Farroupilha não será diferente contando com a nossa pré-candidatura a Prefeito nesses próximos dias que se inicia. Então quero aqui mais uma vez dizer a essa Casa que a questão do balneário é questão pública é uma questão que merece novamente uma atenção dessa Casa, uma audiência pública quando voltar à normalidade a nossa cidade com essa pandemia que vem afastando do emprego que vem gerando descontento geral na comunidade entre outras ações. Precisamos discutir o que é melhor para aquele espaço? Voltar o lazer ou permanecer aquele abandono? Tem que analisar essas são as questões, questões que tem que ser levantadas. Vou registrar aqui por que eu não tenho papas na língua e o que tem que dizer eu digo mesmo aos desocupados de plantão, os ‘fake news’ que andaram circulando uma lista com meu nome de auxílio emergencial. Vocês não tem o que fazer. As pessoas que ali receberam são pessoas que necessitam. Ah, mas são empresário. Sabe quanto é o faturamento do microempreendedor, você sabe você sabe quanto que ela faturou essa pessoa? Se ela recebeu é por que tem direito. Ah, mas é um advogado; mas se ele é um advogado microempreendedor e não tem processos não podem ganhar? Tem que ganhar. Tem uma boutique tem de ganhar, é funcionário desempregado tem direito a ganhar, é mãe de família com 2, 3 filhos têm direito e tem que ganhar. E aí vão ali e tentam mais uma vez denegrir a minha imagem, não vão conseguir. Cambada de desocupados divulgando lista com meu nome. Eu doei do meu salário, continuo doando para ajudar essa comunidade. E mais uma vez eu registro, Presidente, até o final do mês pelo período eleitoral o projeto nosso ‘Farroupilha contra o vírus’ fica à disposição quem puder quem quiser contribuir, essa é a última semana, com alimentos com produtos de higiene para que a Casa possa fazer a destinação. Não é o Catafesta, não é nenhum de nós é a Casa. Eu sei que todos de uma forma todos já estão contribuindo muitos são neutros não falam, mas dentro do coração sabem o que já ajudaram. Eu sei da luta de cada um e os desocupados de plantão nem sequer vão ali pedir se a comunidade tá precisando de alguma coisa ficam ali ‘fake news’, mas olha, gente, vocês na terra só estão para atrapalhar e os bons Jesus chama antes. Perdi um grande amigo num acidente ali na frente da rodoviária, acidente de moto, aonde tem um pardal do dinheiro público que não está funcionando de novo, mas olha ainda bem que terminou. Mas é uma vergonha que o Prefeito possa rever esse contrato do cercamento eletrônico; ou funciona de fato aquele pardal ou tire de lá aquela caixa de abelha que lá está que não está funcionando em nada.  Obrigado, Presidente.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Obrigado, Vereador. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores. Vereador Tadeu Salib dos Santos, espaço de liderança do Partido Progressista.

VER. TADEU SALIB DOS SANTOS: Senhor Presidente e Senhores Vereadores. Como tá difícil de nós conseguirmos a manter o equilíbrio diante de tantas situações. Nessa semana falou agora também o Vereador Sedinei Catafesta há algumas coisas que nos tiram o chão, que nos tiram o chão. Quem lembra da farmácia Santa Teresa do Hospital Cibele este jovem de 50 anos, podemos ainda dizer jovem, tinha muito por viver aonde o seu trabalho foi um dos primeiros motoboys de Farroupilha entregando medicamentos da Farmácia Santa Teresa ainda, o Paim; uma pessoa a qual deixa para nós um sentimento de saudade extremamente grande. E me permitam lembrar e eu lembro deste menino, na época em que o CTG Ronda Charrua disputava o FEGART aonde a Fernanda, a sua mana, dançava na invernada do Ronda Charrua e em diversos eventos do Ronda Charrua lá estava o Lucas Estevão Kunzler. Para nós que somos pais, somos avós, para quem é mãe geradora de uma vida, eu quero dizer a vocês de que esta semana nos colocou à prova com essas duas pessoas. O Paim um a pessoa de uma nobreza incrível de uma perseverança naquilo que ele sabia fazer com toda a honestidade do mundo e o Lucas aquele menino que eu lembro e que vi praticamente nascer e crescer olhar para os pais e nada poder fazer. Porque o nosso sentimento neste momento é o sentimento deles, porque nos colocamos como pai, nos colocamos na figura da mãe e a impotência vem diante de que qualquer coisa que fizermos de nada adianta para confortar. Mas na Câmara de Vereadores hoje falando em acidentes ao qual ninguém pode dizer que está livre ou que estará livre amanhã, feliz daquele que nunca passou por essa situação. Por isso, Senhor Presidente, peço com toda humildade em nome daquelas pessoas que não puderam, devido à pandemia, levar o seu abraço, o seu carinho, a sua solidariedade por que às vezes não precisa se falar absolutamente nada, apenas um abraço é o suficiente nessa hora; palavra nenhuma conforta, mas quem sabe aquele abraço fraterno e irmão. Então eu quero aqui em nome da família Paim levar para eles o nosso carinho, o nosso abraço fraterno; à família Kunzler, Daicir, Dra. Nicia também ao Júnior a Fernanda e a todos que se somam na família, a esposa do Júnior, o Juliano, me fugiu me perdoe agora a esposa do Júnior me fugiu o nome, a Gabriela a Gabi, né, muito obrigado ao nosso Presidente. Eu pediria, Senhor Presidente, se possível nós fazermos um minuto de silêncio para um sentimento acidental que aconteceu com famílias que precisam quem sabe também da manifestação desta Casa. Tenho certeza absoluta que faremos isso com todo respeito do mundo e pedindo a Deus que se houver algo que nós possamos estender a nossa mão que a gente seja fraterno neste momento nossa parte eu pediria um minuto de silêncio ao encerramento desta Sessão.

1º VICE-PRES. JONAS TOMAZINI: Muito obrigado, Vereador Tadeu Salib dos Santos. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores. Se nenhum Vereador quiser fazer uso da palavra eu acuso o recebimento do Ofício nº 109/2020; Excelentíssimo Senhor Presidente Fernando Silvestrin, Presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Farroupilha/RS. Assunto: Projeto de Lei, regime de urgência. Senhor Presidente, honra-nos cumprimentar Vossa Excelência na oportunidade em que solicitamos a essa egrégia Câmara de Vereadores a apreciação em regime de urgência nos termos do art. 35 da Lei Orgânica Municipal do Projeto de Lei nº 33, de 29/06/2020, que autoriza a abertura de crédito especial. Atenciosamente, Pedro Evori Pedrozo Prefeito Municipal. Nós já então vamos encaminhar o Projeto de Lei nº 33/2020 para as comissões de Constituição e Justiça e Finanças e Orçamento. Então antes de nós encerrarmos, nós vamos, atendendo a solicitação feita pelo Vereador Tadeu Salib dos Santos, fazer um minuto de silêncio então em memória de Lucas Estevão Kunzler e Marcos Paim. (UM MINUTO DE SILÊNCIO) Obrigado a todos. Nada mais a ser tratado nesta noite, declaro encerrados os trabalhos da presente Sessão Ordinária. Uma boa noite a todos e a todas.

 

 

 

 

 

 

Fernando Silvestrin

Vereador Presidente

 

 

 

 

 

Arielson Arsego

Vereador 1º Secretário

 

 

 

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa e Apoio Administrativo.