Pular para o conteúdo
20/11/2019 14:10:16 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 3972 – 07/10/2019

SESSÃO SOLENE

 

Presidência: Sr. Sandro Trevisan.

 

Às 18 horas o Senhor Presidente Vereador Sandro Trevisan assume a direção dos trabalhos. Presentes os seguintes Vereadores: Alberto Maioli, Arielson Arsego, Deivid Argenta, Eleonora Peters Broilo, Fabiano André Piccoli, Fernando Silvestrin, Jonas Tomazini, Jorge Cenci, José Mário Bellaver, Josué Paese Filho, Odair José Sobierai, Sedinei Catafesta, Tadeu Salib dos Santos e Thiago Pintos Brunet.

 

 

PRES. SANDRO TREVISAN: Boa noite a todos. Invocando o nome de DEUS declaro abertos os trabalhos da Sessão Solene com a presença do Vereador Por Um Dia. Quero saudar todas as autoridades, diretoras, professores e todos os alunos que estão aqui nesta noite. Quero saudar os familiares, os amigos, os nossos Vereadores, a imprensa, Senhores e Senhoras. O Vereador Por Um Dia foi instituído pela Resolução n.º 387/2001 e tem como objetivo proporcionar aos estudantes do nosso município a oportunidade de participar do Poder Legislativo atuando como Vereador e conhecer o trabalho da Casa Legislativa. No início de cada ano a Câmara de Vereadores oficia todas as escolas do município sobre a Sessão do Vereador Por Um Dia, e as escolas interessadas comunicam a Câmara de Vereadores e participam desta Sessão. Convido para fazer parte da mesa o Excelentíssimo Senhor Pedro Evori Pedrozo, Vice-Prefeito Municipal, nesta Sessão representando o Prefeito Claiton Gonçalves convido também nossa 1ª Dama, Deputada Estadual, Francis Somensi. Deixar registrado nessa Casa a presença do Secretário Vandré, Secretário Amarante. Inicialmente eu convido a Vereadora Por Um Dia Júlia de Matos, aluna da 9º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Presidente Dutra, para que ocupe esta cadeira do Vereador Presidente. Passo, neste momento, a palavra para a Vereadora Presidente Júlia de Matos para dar prosseguimento à Sessão que fará a chamada nominal dos Vereadores, que após se manifestarem convidarão os Vereadores Por Um Dia para ocuparem suas respectivas cadeiras. Júlia, Presidente, a palavra está contigo.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Ver. Fabiano A. Piccoli.

VER. FABIANO A. PICCOLI: Boa noite a todos. Uma saudação a nossa Presidente Júlia e de imediato gostaria de convidar a aluna Karina Marques Bianchi para que assuma a cadeira deste Vereador. Enquanto a Karina vem, aproveito para saudar nossa Deputada Estadual Francis Somensi, agradecer a presença, ao nosso Vice-Prefeito Pedro Pedrozo, Secretário Vandré, Secretário Amarante, nosso diretor do CESF, o Marcos, a diretora Luciana Zanfeliz da Escola Santa Cruz, a Flávia, a Veri, a Paula, os professores da escola, alunos, funcionários e pais desta escola que tanto nos orgulha. Fico muito grato por ter sido escolhido Vereador para representar a escola. Boa noite a todos.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Ver. Fernando Silvestrin.

VER. FERNANDO SILVESTRIN: Boa noite a todos e a todas aqui presente. Primeiramente quero saudar a nossa Presidente, Júlia de Matos, por assumir a Presidência da Câmara, saudando você quero saudar todos os Vereadores aqui presentes nesta noite. Também fazer uma saudação especial ao nosso Vice-Prefeito representando o Prefeito Claiton Gonçalves, a nossa Deputada Estadual Francis Somensi; também quero fazer uma saudação às autoridades aqui nominadas nessa Sessão, os diretores aqui presente, professores e os alunos que estão representando o Poder Legislativo. Quero convidar nesse momento o aluno Giovane Salles da Escola Municipal de Ensino Fundamental João Grendene do bairro 1º de maio.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Vereador Odair Sobierai.

VER. ODAIR SOBIERAI: Boa noite a todos, Senhorita Presidente, demais Vereadores, Vereadores Por Um Dia, uma saudação ao Pedrozo, Vice-Prefeito, representando o Prefeito Claiton Gonçalves, Deputada Estadual Francis Somensi seja bem-vinda. Queria parabenizar as escolas pelo belo trabalho dessa Sessão Solene Vereador Por Um Dia. Cumprimentar a Aline Barbosa Alves mãe do meu afilhado e já chamar o Nícolas Gabriel Alves dos Santos que assuma sua cadeira aqui como Vereador Por Um Dia.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Vereador Alberto Maioli.

VER. ALBERTO MAIOLI: Minha querida Presidente, Senhores Vereadores, Senhor Vice-Prefeito Pedro Pedrozo, representando o Prefeito Municipal Claiton Gonçalves nesta noite Solene, Deputada Estadual Francis Somensi. E antes de mais nada queria dar uma saudação tão especial a esses professores maravilhosos que eu sempre digo e vou continuar dizendo todos os professores vão para o céu porque ser educador no dia de hoje é um dom sagrado de DEUS. E eu queria dizer aqui nesse momento também que aqui eu tenho uma resolução de 1995 da autora da Ver. Maria da Glória Menegotto e eu quero dizer a todos vocês da satisfação que eu tenho poder ter esses Vereadores alunos Por Um Dia e eu quero convidar a Ver. Mônica Fernanda de Almeida para me representar nesta noite. E eu tenho certeza absoluta que vou estar bem representado. Cumprimentar a diretora daquela Escola São Tiago, Eglai de Souza, o professor Fabrício Gomes e seja bem-vinda, Vereadora.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Ver. Sedinei Catafesta.

VER. SEDINEI CATAFESTA: Senhora Presidente, Júlia, quero aqui cumprimentar e desejar um bom trabalho a você, cumprimentar a mesa, Dep. Fran, Pedrozo representando o Executivo Municipal, nossos colegas Vereadores, todos os diretores e diretoras e professores e professoras aqui presentes e os alunos sejam bem-vindos a Casa do povo. É uma alegria ter vocês aqui especialmente nessa noite Solene aonde a cadeira do PSD nesta noite é representada pelo aluno da Escola Colégio Nossa Senhora de Lourdes, aonde tem a diretora Salete e todo o corpo docente, quero aqui cumprimentar vocês desejar sempre um profícuo trabalho e parabenizar todas as escolas pelos trabalhos realizados em Farroupilha. E convido aqui nosso Vereador o aluno Bernardo Pierozan Rizzatto, por favor, assuma a cadeira nesta noite aqui.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Ver. Deivid Argenta.

VER. DEIVID ARGENTA: Boa noite Presidente Júlia, colegas Vereadores, cumprimento a mesa também, nosso Vice-Prefeito Pedro Pedrozo, prazer tê-lo aqui, Dep. Francis Somensi, da mesma forma. E já convido também a aluna Juliana Bardemaker, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Oscar Bertholdo, que hoje assume essa cadeira e com certeza pelo pouco que falei com ela antes da Sessão vem com um Projeto bastante interessante que vai mostrar como é importante essa Sessão.  Obrigado.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Ver. Josué Paese Filho.

VER. JOSUÉ PAESE FILHO: Obrigado, Senhora Presidente Júlia. Quero cumprimentar as autoridades presente já citadas no protocolo, cumprimento especial aos Vereadores e Vereadoras Por Um Dia nessa Sessão muito importante. Cumprimento os diretores, diretoras, professores, alunos, familiares desses alunos. Com muita alegria para assumir a cadeira desse Vereador eu convido a Maria Carolina Bertoncello.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Vereador Tadeu Salib dos Santos.

VER. TADEU SALIB DOS SANTOS: Senhora Presidente Júlia de Matos, saudar aqui todas as autoridades já nominadas, saudar a diretora Marli Bortolini e saudando ela quero saudar as diretoras e professoras e também as demais as autoridades que estão aqui nesta noite. Saudar aos familiares e dizer de que estou honrado em convidar o Matheus Bohm Zangalli da Escola José Fanton para me representar também nessa noite de Vereador Por Um Dia.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Ver. Arielson Arsego.

VER. ARIELSON ARSEGO: Senhora Presidente Júlia, cumprimentar o Vice-Prefeito Pedro Pedrozo, Deputada Francis. Cumprimentar a diretora da Escola Estadual de Ensino Fundamental José Fanton a qual me orgulho por ser representado por essa Escola, a diretora Marli Bortolini da Silva e em nome dela cumprimentar todos os diretores das escolas; cumprimentar a professora Cristine Colombo e em nome dela cumprimentar os professores e professoras aqui presentes. Aos familiares da Vereadora e em nome dos quais também cumprimentar todos os pais, todas as famílias aqui presentes, os amigos dos Vereadores Por Um Dia. E ela me pediu no início, quando nós falamos aqui, ela me pediu se eu ficava nervoso quando falava aqui, quero confessar a vocês que ela me deixou nervoso, apesar de eu ser muito calmo ela conseguiu me deixar nervoso. Mas gostaria então de convidar a Vereadora que vai apresentar um Projeto nesta noite a Ver. Vitória Filipini Worm para que assuma essa cadeira.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Ver. José Mário Bellaver.

VER. JOSÉ MÁRIO BELLAVER: Muito boa noite, Presidente Júlia de Matos. Quero saudar aqui o Vice-Prefeito, neste ato representando o Prefeito Claiton Gonçalves, a Deputada Estadual Francis Somensi, aos Secretários Municipais. Quero saudar também a todos os professores, diretores, diretoras e familiares dos alunos Por Um Dia. A aluna que vai ocupar esta cadeira tem 18 anos é do 3º ano do ensino médio da turma 301 da Escola Estadual de Ensino Médio Júlio Mangoni; filha de Dirceu Bortolanza e de Ivana Ziero Bortolanza, representando o 2º distrito de Farroupilha, sua diretora é Fernanda Piletti e seu nome é Natália Bortolanza a qual tenho a satisfação que ela ocupe esse assento para representar o aluno por dia nessa cadeira desse Vereador.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra a Ver. Eleonora Broilo.

VER. ELEONORA BROILO: Boa noite Senhora Presidente, todos os Vereadores que aqui se encontram, Vice-Prefeito Pedro Pedrozo, Deputada Francis Somensi, todas as autoridades presentes; diretor Marcos Ricardo Pretto em nome dele saudar todos os diretores e diretoras que se encontram aqui presentes, todos os alunos que estão nos prestigiando aqui nessa noite, seus familiares e amigos. Eu gostaria muito de dizer do orgulho que eu tenho de passar a cadeira que eu ocupo para uma Vereadora Por Um Dia que é Heloísa Binda Somacal, aluna do CNEC da 7ª série, filha de Sandra e Gladimir. E dizer que eu tenho certeza que ela vai me representar muito bem, quero dizer do orgulho que eu tenho de te receber aqui.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Ver. Jorge Cenci

VER. JORGE CENCI: Presidente Júlia de Matos, quero saudar a ti e aos demais Vereadores Por Um Dia que estão aqui hoje assumindo estas cadeiras, a Deputada Fran, o Vice-Prefeito Pedro Evori Pedrozo representando o Poder Executivo Municipal, todas as diretoras, professores, pais, enfim a comunidade aqui presente. É com orgulho que o meu representante é da Escola Estadual Zelinda Rodolfo Pessin, do bairro Centenário, a qual quero saudar a diretora Jaqueline de Albuquerque e com muito orgulho quero convidar o meu substituto Pedro Henrique Cobalchini de Oliveira para assumir a cadeira.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Ver. Jonas Tomazini.

VER. JONAS TOMAZINI: Obrigado, Presidente Júlia de Matos. Quero lhe cumprimentar e em seu nome também cumprimentar a todos os Vereadores Por Um Dia que farão a nossa Sessão nesta noite de hoje. Cumprimentar também a Deputada Francis Somensi, ao Vice-Prefeito Pedro Evori Pedrozo e a todas as autoridades que estão presentes aqui nesta Sessão, mas cumprimentar de maneira especial a toda a comunidade escolar do município de Farroupilha que se faz presente nesta noite. Vocês são impulsionadores do nosso futuro e é muito bom ver essa Casa, essa Câmara de Vereadores, com a presença de vocês e impulsionando os seus alunos. De maneira especial quero cumprimentar a Escola Estadual de Ensino Fundamental Padre Rui Lorenzi através da diretora Viviane Segatto e todo seu corpo escolar que nos cede então ao representante que vai ocupar o meu lugar nessa noite, e eu quero convidar então o Welinton Felipe Ianoski para que ocupe essa cadeira e possa apresentar o seu projeto toda comunidade farroupilhense.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Ver. Deivid Argenta que representará o Vereador Thiago Brunet.

VER. DEIVID ARGENTA: Obrigado, Senhorita Presidente, colegas Vereadores. O Vereador Thiago então teve um empecilho no seu trabalho, ele é médico, e acabou tendo um atraso de alguns minutinhos, mas logo chega. Eu quero chamar então a aluna da Escola Estadual de Ensino Fundamental Vivian Maggioni Gisele Rodrigues Morello para que ocupe essa cadeira.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Antes de passarmos a palavra aos Vereadores Por Um Dia, eu convido a Deputada Francis Somensi para que faça uso da tribuna neste momento, em virtude de outro compromisso agendado nesta noite.

DEPUTADA FRANCIS SOMENSI: Boa noite a todos e a todas. Eu quero cumprimentar com muito carinho a Júlia que preside essa noite na Câmara de Vereadores aqui em Farroupilha. Me permito cumprimentar todos os Vereadores Por Um Dia, então a Karina Marques Bianchi, Giovane Salles, Nicolas Gabriel Alves dos Santos, Mônica Fernanda de Almeida, Bernardo Pierozan Rizzatto, Juliana Bardemaker, Gisele Rodrigues Morello, Maria Carolina Bertoncello, Mateus Bohm Zangalli, Vitória Filipini Worn, Natália Bortolanza, Heloísa Binda Somacal, Pedro Henrique Cobalchini de Oliveira e Welinton Felipe Ianoski. Cumprindo os Vereadores Por Um Dia, eu quero cumprimentar todos os nossos Vereadores aqui do nosso município de Farroupilha, a nossa Vereadora Eleonora, cumprimentar aqui as escolas presentes, os pais, as diretoras, as professoras e cumprimentar este ato dessa noite. Quando nós recebemos o convite para estar aqui abrilhantando essa noite participando, fizemos o possível pelo menos para estarmos nesse início porque temos outro compromisso em um Município próximo daqui, mas dizer para vocês que eu fico muito feliz quando eu vejo essa juventude aqui querendo já participar da política. E dizer mais ainda para vocês de que a política ela tem um papel transformador na vida das pessoas, basta a gente querer, e trago aqui o meu exemplo. Eu vim morar em Farroupilha 20 anos atrás, vim como farmacêutica, fiz o meu trabalho tive oportunidade de desenvolver um trabalho dentro da política como primeira-dama e hoje represento o nosso município na Assembleia Legislativa. E essa oportunidade que eu tive é um reflexo do meu trabalho. Então não tem milagre, a gente tem oportunidades e a vida dá essas oportunidades para gente. Então eu quero deixar uma mensagem para vocês de que nós, vocês, jovens, provavelmente em um futuro muito próximo estarão aqui ocupando sim quem sabe muitas cadeiras. O futuro a DEUS pertence, mas o nosso destino a gente tem que traçar, a gente tem que escolher. Parabenizo desde já todos que aqui estão representando os Vereadores da nossa Casa e que cada um traz o seu projeto e uma angústia da população, tenho certeza, e tomara que todos consigam atender os seus objetivos. Desejo uma excelente noite, uma boa noite a todos que estão aqui e parabéns a Câmara de Vereadores por essa noite especial.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Agradecemos à Deputada Francis Somensi. Após tomarem seus respectivos assentos vamos passar a palavra aos Vereadores Por Um Dia para as suas considerações. Passo a palavra a Ver. Karina Marques Bianchi.

VEREADORA POR UM DIA KARINA M. BIANCHI: Boa noite a todos. Saúdo o Presidente da Câmara, os nossos colegas Vereadores Por Um Dia, os Senhores Vereadores, as equipes diretivas, a direção e os professores da Escola Santa Cruz, as autoridades e os demais presentes, em especial o Vereador Fabiano A. Piccoli cujo estou representando nesta Sessão.  Me chamo Karina Marques Bianchi, sou filha de Rogério Bianchi e Fernanda Geni Marques, tenho 15 anos e estou cursando o 9º ano na Escola Municipal de Ensino Fundamental Santa Cruz. Como Vereadora Por Um Dia e representante dessa escola sinto-me agraciada por participar desse projeto. Agradeço por isso a minha escola por ter me escolhido como representante e ter me dado essa oportunidade. Na noite de hoje compartilharei com os colegas os Vereadores Por Um Dia um sonho da comunidade escolar o qual esperamos que seja acolhido por todos, antes, porém convido todo mundo a assistir o vídeo que representa a história de nossa escola. (APRESENTAÇÃO DE VIDEO) Venho por meio deste Requerimento sugerir que seja realizada a pavimentação da Rua Roque Vitor Barbieri em Nova Milano. Esta rua passa em frente a nossa escola e dá acesso à capela mortuária, a casa paroquial e ao salão comunitário. O nome desta rua homenageia um farroupilhense ilustre membro marcante do nosso município especialmente para a comunidade de Nova Milano; entre tantas atividades, queremos lembrar que Roque foi professor de atividades agrícolas durante 6 anos na Escola Santa Cruz. A citada via pública passa em frente à nossa escola e percebe-se que em período chuvoso formam-se poças de água e barro em quase toda a sua extensão dificultando a vida dos pedestres e dos condutores de veículos que necessitam desviar dos buracos que se formam, em período de estiagem há excesso de poeira que também pode levar a uma epidemia alérgica acometendo principalmente as crianças que frequentam a escola. A pavimentação dessa rua é importante para a comunidade de Nova Milano, pois melhorará a qualidade de vida e oportunizará melhor trafegabilidade para veículos e pedestres.  Sermos agraciados com a pavimentação será a concretização de um sonho para as famílias e para a comunidade escolar de Nova Milano, pois há inúmeros transtornos causados pela ação do tempo tanto em período de chuva quanto em período de seca. Diante do exposto, peço atenção e apoio dos nobres Vereadores. Muito obrigado a todos. Peço que seja passado no telão um vídeo que é surpresa para mim e para toda a comunidade escolar feita pelo meu Vereador.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Ver. Giovane Salles.

VEREADOR POR UM DIA GIOVANE SALLES: Boa noite. Quero saudar todos os Vereadores que aqui estão Vereadores Por Um Dia, saudar nossa Presidente Júlia de Matos, saudar todos os Vereadores que aqui estão presente hoje e toda a comunidade tanto escolar como familiar dos representantes dos Vereadores. Eu sou o Giovane Salles, estudo na Escola João Grendene, estou no 9º ano, turma 901 e eu vou fazer uma breve apresentação da Escola. A Escola Municipal João Grendene foi criada no dia 1º de fevereiro de 1996 e recebeu esse nome em homenagem ao antigo Prefeito João Grendene que doou as terras para a construção da mesma; atualmente conta com 41 professores, sete funcionários e seis estagiários e atende a 415 alunos. A escola está sobre a direção das professoras Juliana Zardo, Jaqueline Tem Pahs e Vanderléia Franceschett e sobre orientação pedagógica das professoras Jaqueline e Vanderléia. A escola conta com vários projetos dentre eles o coral, a oficina de danças gaúchas e o ‘convida’ visando promover a autoestima e integrar a comunidade escolar. Neste ano, a escola continua focando trabalhando projeto de pertencimento e valores buscando torna-la mais acolhedora e democrática estabelecendo uma relação pautada pelo debate e participação de todos na construção de uma escola de qualidade. Requerimento nº 1/2019, eu juntamente com a direção da escola e outros professores fizemos esse Requerimento que a gente está muito necessitado. O Vereador Por Um Dia Giovane Salles, requer a Vossa Excelência que seja enviado ao Poder Executivo a solicitação de um semáforo para automóveis e pedestres na Rua Pedro Antonello cruzamento com a Rua Antônio Sachett. Justificativa: percebemos que o fluxo de automóveis e pedestres sendo que nos horários próximos a entrada e saída da escola, a maioria dos pedestres são alunos, funcionários e familiares de alunos da Escola Municipal João Grendene que fica próximo a esse cruzamento; já ocorreram acidentes de trânsito e atropelamento envolvendo professores e alunos da escola. Na via há sinalização com a placa de pare, mas percebe-se que não há cumprimento das Leis de trânsito havendo necessidade de algo mais efetivo como a colocação de um semáforo para os automóveis e também um semáforo para pedestres com o objetivo de oferecer maior segurança na travessia das ruas. Nestes termos, pede-se deferimento. Farroupilha dia 7 de outubro de 2019. Giovane Salles, Vereador Por Um Dia, Escola Municipal de Ensino Fundamental João Grendene.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Ver. Nicolas Gabriel Alves dos Santos.

VEREADOR POR UM DIA NÍCOLAS GABRIEL A. DOS SANTOS: Primeiramente quero agradecer a nossa Senhora Presidente, aos meus colegas Vereadores Por Um Dia, Vereadores do nosso município de Farroupilha; não só agradecer a eles, mas também agradecer todos aqui presentes. Muito obrigado pela sua presença. Hoje apresento um Projeto de Lei que propõe a criação de um espaço para discussões sobre educação no município partindo das observações dos próprios estudantes da educação básica. Tal iniciativa se deve a essa falta de escuta em relação às demandas estudantis. Isso ficou evidenciado nas estratégias estabelecidas pelo nosso Plano Municipal de Educação que agora está em vigor. A meta 19 desse plano, prevê o fortalecimento da gestão escolar democrática nas escolas municipais, para isso prevê a garantia e o incentivo da livre organização estudantil assegurando o funcionamento dos grêmios estudantis. Houve desta um incentivo a criação e a retomada dos funcionamentos dos grêmios nas escolas de ensino fundamental e médio da cidade, porém as reivindicações, problemas enfrentados por estes estudantes, não possui o mesmo incentivo para serem compartilhados. Dessa forma o Projeto de Lei que apresento determina que o Conselho Municipal de Educação junto com a Secretaria Municipal de Educação ficam responsáveis pela organização semestral de um fórum para escutar as demandas estudantis no município através da convocação dos representantes dos grêmios estudantis da escola. Isso faria com que os estudantes e os grêmios estudantis se mobilizassem para participar democraticamente deste fórum expondo duas necessidades: sugestões e críticas de maneira argumentativa. Então essa Lei funcionaria como? No 1º artigo fica instituído que ao final de cada semestre letivo o Conselho Municipal de Educação, a Secretaria Municipal de Educação e os grêmios estudantis da cidade de Farroupilha realizarão um fórum municipal de grêmios estudantis para debater ideias; no 2º artigo a organização do fórum em relação aos eixos temáticos, as datas de realização, ao local de realização e as possibilidades de participação serão definidas por uma comissão formada por integrantes das instituições indicadas no artigo 1º. A comissão será formada primeiro por dois membros da Secretaria Municipal de Educação a partir da indicação do Secretário ou Secretária de Educação em atividade, segundo por dois membros do Conselho Municipal de Educação a partir da indicação do Presidente ou da Presidente do referido Conselho e três por quatro membros de grêmios estudantis de diferentes escolas. Existindo mais de quatro indicações o Conselho Municipal de Educação seria responsável pelo sorteio público desses quatro membros que farão parte da comissão. No 3º artigo, o Fórum Municipal de Grêmios Estudantis deverá estar prevista no calendário escolar do município para que não haja futuros problemas. Grato pela atenção de todas e todos me despeço acreditando que a proposta de Projeto de Lei que apresento auxilia para a construção da cidadania entre as crianças e jovens possibilitando uma participação concreta e de valorização das demandas dessa parcela da população. Boa noite.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra à Vereadora Mônica Fernanda de Almeida.

VEREADORA POR UM DIA MÔNICA F. DE ALMEIDA: Boa noite a todos e todas. Minhas saudações ao meu Vereador padrinho Alberto Maioli, ao meu professor Fabrício Gomes, a minha Vice-Diretora Miriam Giacomel e a Presidência da Câmara. Me chamo Mônica Fernanda de Almeida, sou aluna do 9º ano no Colégio Estadual São Tiago, e hoje apresento um Projeto de Lei da alteração da Lei nº 4344/2017 que institui no município de Farroupilha o Conselho Municipal da Juventude, o COMJUVE. Tal projeto é reflexo de abordagens em sala de aula sobre o processo de conquista na participação política pelas mulheres, no início do ano letivo, comemorando o dia 8 de Março, dia internacional das mulheres, produzimos um painel sobre a conquista do voto pelas mulheres em diferentes países do mundo. Percebe-se que esse direito que hoje nos parecem quase natural foi motivo de muita luta, violência e morte de mulheres engajadas na busca pelo reconhecimento da sua cidadania. Lembro aqui da Associação Brasileiro pelo Progresso Feminino liderada por Bertha Lutz importante figura da luta das mulheres no Brasil. Dessa forma sugiro a alteração da Lei que criou o COMJUVE com o objetivo de garantir o espaço das mulheres nesse espaço de elaboração de políticas públicas, reconhecendo que como mulheres precisamos muitas vezes desse tipo de garantia onde somos excluídas como consequência da sociedade em que vivemos onde as mulheres não são vistas como cidadãs plenas de primeira categoria. Então o Projeto de Lei que apresento propõe que seja garantido por Lei que as seis indicações realizadas pelo Poder Executivo para composição do COMJUVE, três indicações sejam de jovens do gênero masculino e três indicações de jovens do gênero feminino. Além disso concordo com a sugestão de alteração da mesma Lei realizada pela colega Vereadora Por Um Dia Juliana Bardemaker, que prevê que as outras seis vagas de conselheiros sejam preenchidas através do processo eleitoral direto garantindo três vagas para cada gênero. Além disso, sugiro a alteração do artigo 5º da Lei do COMJUVE que passa a determinar que a Presidência do Conselho seja exercida por mandatos alternados entre mulheres e homens. Agradeço a atenção de todos e todas e me despeço confiante de que essa proposta será analisada e aprovada pela Câmara Municipal de Vereadores com o objetivo de reduzir as desigualdades existentes no Brasil construídas historicamente. Boa noite. Obrigada.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Ver. Bernardo Pierozan Rizzatto.

VEREADOR POR UM DIA BERNARDO P. RIZZATTO: Boa noite a todos aqui presente. Saúdo o Excelentíssimo Vice-Prefeito Pedro Pedrozo que está representando o Claiton Gonçalves, o Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara de Vereadores Sandro Trevisan e a sua Vereadora Por Um Dia Júlia de Matos, o ilustríssimo Vereador que me apadrinha Senhor Sedinei Catafesta em nome dos demais Vereadores e público aqui presente. No meu projeto de intervenção eu abordo o tema de trânsito aqui de Farroupilha onde eu vejo muita periculosidade em alguns trechos. Abordei o trecho da Avenida Paulo Broilo com o cruzamento da Rua Treze de Maio onde se encontram vários pontos de referência nessa região os quais o fórum, a Rádio Spaço FM, a vara do trabalho, promotoria de justiça, centro de registro de veículos automotores, CTG Rancho dos Gaudérios e Déli Café e Padaria. Então nessa região como a gente pode ver entre o cruzamento da Avenida Paulo Broilo com a Rua Treze de Maio, há cerca de quatro sentidos que se cruzam, ou seja, é muito perigoso para quem frequente essa região e para os motoristas que ali circulam. A minha proposta é que seja mantido o sentido único da Rua Paulo Broilo por pelo menos mais uma quadra, região Centro a São Luís, isso diminuiria pelo menos duas rotas de colisão, o sentido que vem de Centro da Avenida Paulo Broilo e que sobe pela Avenida opa me confundi perdão. Diminuiria pelo menos duas rotas de colisões a que sobe pela Rua Três de Maio ou subiria pela Avenida Paulo Broilo ou desceria pela Avenida Paulo Broilo; diminuiria duas rotas de colisão novamente. E creio que isso livraria muitos acidentes e colisões que poderiam ocorrer nessa região. Peço a todos os colegas Vereadores para aprovação deste meu Projeto Sugestão nessa noite. Muito obrigado e uma boa noite a todos.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra a Ver. Juliana Bardemaker.

VEREADORA POR UM DIA JÚLIANA BARDEMAKER: Boa noite a todos. Eu gostaria de saudar a nossa Presidente Júlia, também os nossos colegas Vereadores e o Vice-Prefeito Pedro Pedrozo que está representando o Claiton Gonçalves. O meu Projeto é sobre as eleições diretas para o COMJUVE. Ele alteraria o artigo 3º da Lei Municipal nº 4344, de 30/08/2017, instituindo eleições diretas para 6 das 12 vagas exigentes para o Conselho Municipal da Juventude, o COMJUVE. Eu tinha esquecido de me apresentar: meu nome é Juliana Bardemaker Pereira, eu estudo no 9º ano da Escola Municipal Oscar Bertholdo. E o Conselho ele começou a aparecer no início do ano letivo de 2019 nas nossas aulas de história quando começamos a estudar sobre a República Velha também conhecida como Primeira República ou República Oligárquica; quando começamos a debater sobre a insatisfação das pessoas que viviam lá entre o período de 1889 e 1930 porque naquela época eles não tinham uma decisão junto com o governo então eles não estavam felizes com aquilo. Então nós paramos para refletir qual que era o papel dos jovens democraticamente aqui em Farroupilha e foi então que nosso professor Fabrício Gomes nos apresentou o COMJUVE que foi uma novidade para turma. Então nós como alunos, decidimos enviar cartas para o Conselho com algumas perguntas sobre como funcionava? Quem participava? O quê que eles faziam? E quando nos recebemos as cartas novamente nós começamos a questionar a composição do Conselho que tem como faixa etária de 15 aos 29 anos, que são os jovens. Porém dos 15 aos 18 anos haviam poucas pessoas para representar e também haviam mais homens do que mulheres. Como o Conselho ele é responsável pela proposição de políticas públicas, eu acredito que ele deve ter mais diversidade por isso que eu estou propondo a alteração dessa Lei. A minha proposta mantém seis indicações do Poder Executivo que já existem no caso doze, então a minha proposta faria com que ficassem seis do Poder Executivo e os outros seis seriam por uma democracia né o povo que iria votar por eleições diretas. Eu acho que essa eleição é uma coisa muito importante e ela levaria esse Projeto mais longe porque muita gente, a maioria dos jovens, nem conhece o COMJUVE e ele é a maneira que os jovens têm de entrar dentro da política aqui dentro de Farroupilha; o que eu acho que é uma coisa muito importante por isso que eu acho que essa mudança tem que ser feita. Promoveria o debate e depois a juventude participaria democraticamente. Além disso, como disse a minha colega Vereadora Monica de Almeida, eu concordo com ela onde entre os seis que serão votados três sejam jovens do sexo masculino e três jovens do sexo feminino. Eu solicito a aprovação do meu projeto para que a juventude de Farroupilha garanta o seu espaço de intervenção cidadã dos projetos políticos da cidade. Realmente eu acho muito importante que os jovens participem porque nós que somos jovens hoje, daqui alguns anos, seremos os adultos dessa cidade, então nós temos que aprender como que funciona os Projetos de Lei, como funciona a política para estarmos preparados para um dia estar ocupando os lugares desses Vereadores que estão aqui hoje. Então acredito que é muito importante esse Projeto e agora eu vou ler como ficaria na Lei. Mudaria o artigo 3º: o COMJUVE será composto por 12 membros titulares e respectivos suplentes designados pelo Prefeito Municipal de acordo com a seguinte representação; no 1º inciso 6 membros governamentais de livre escolha do Prefeito Municipal e no 2º inciso seis membros da sociedade civil escolhidos através de processo eleitoral sendo eleitos os três jovens do gênero masculino e três jovens do sexo feminino com maior votação. Parágrafo único: o mandato dos membros do COMJUVE será de dois anos permitida a recondução. Muito obrigada pela atenção foi um prazer estar aqui representando a Escola Oscar Bertholdo no Vereador Por Um Dia.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra a Ver. Gisele Rodrigues Morello.

VEREADORA POR UM DIA GISELE R. MORELLO: Boa noite. Primeiramente quero cumprimentar todas as autoridades já citadas no protocolo e agradecer a esta Casa e a minha escola pela oportunidade que tenho em estar aqui. Meu nome é Gisele Rodrigues Morello sou estudante do 9º ano ensino fundamental da Escola Estadual de Ensino Fundamental Vivian Maggioni sou integrante do Conselho Escolar e foi escolhida pelos professores para representar a minha instituição. Nesta representação escolhi homenagear a minha escola que neste ano completa 40 anos de existência. A Escola Estadual de Ensino Fundamental Vivian Maggioni, localizada na Rua Alexandre Bartelle no bairro São José, teve origem em um pequeno prédio de madeira com uma única sala de aula e se localizava no núcleo da antiga SFAN – Sociedade Farroupilhense de Auxílio aos Necessitados. Com a criação do bairro São José, a escola transferiu-se para o centro do mesmo em 1978 construiu-se um pequeno prédio de alvenaria com duas salas de aula conservando o nome da então Escola Municipal São Francisco de Assis. O prédio foi ampliado por sucessivas vezes acrescentando-se novas salas de aula e demais dependências necessárias, visando atender ao crescente número de educandos daquela comunidade. No ano de 1979, o patrimônio da escola foi doado ao governo estadual e desativada a Escola Municipal passando a chamar-se Escola Estadual de 1º Grau Incompleto do bairro São José; em 1980 a comunidade votou pela alteração do nome para Escola Estadual de 1º Grau Vivian Maggioni em homenagem a falecida filha do Prefeito da época Senhor Avelino Maggioni. Pela necessidade de atender a grande demanda de alunos que concluíam a quinta série do primeiro grau e que se deslocavam para as escolas do centro, que já não conseguiram absorvê-los, foi solicitado as demais séries do primeiro grau onde em 1985 instalou-se o primeiro grau completo alterando o nome para Escola Estadual de 1º Grau Vivian Maggioni. E no mesmo ano criou-se o primeiro grau noturno para atender os alunos trabalhadores o qual permaneceu até 1998. Entre os anos de 1988 e 2011 a escola contou com a classe especial para atender alunos portadores de necessidades especiais, antes mesmo de ser extinta a classe especial a escola já contava com uma sala de recursos para atendimento educacional especializado, AEE, com profissional capacitado para atender a demanda de alunos portadores de necessidades especiais atendidos no ensino regular. No início do ano de 1999 os professores se reuniram e ousaram na tentativa de resgatar os cidadãos que estavam sendo excluídos da escola, baseada na nova Lei de diretrizes e bases na proposta pedagógica do Governo do Estado e na metodologia de Paulo Freire foi organizado na escola o projeto de jovens e adultos. Este Projeto tornou-se realidade com a implantação em todo o Estado do Rio Grande do Sul e tornou-se modelo de implementação. No ano 2000 a escola passa a atender pelo nome Escola Estadual de Ensino Fundamental Vivian Maggioni. A EJA funcionou na escola até o ano de 2010 o Projeto foi retomado no ano de 2018 e hoje a escola conta com aproximadamente 50 alunos matriculados nessa modalidade de ensino. Atualmente a escola atende crianças, jovens e adultos residentes majoritariamente no bairro São José; nos turnos da manhã e da tarde funciona turmas de séries iniciais e finais do Ensino Fundamental regular, além de duas turmas de educação infantil estas mantidas pelo Poder Público Municipal. No noturno são atendidos alunos do EJA. A professora Cladi Maria Zuffo Colussi está hoje a frente da direção da escola composta também pelas Vice-Diretoras Professora Neusa Molon Mansan, Lisette Joana Fabro Weber e Simone Cristina Moroni. A estrutura física da escola conta hoje com nove salas de aula, laboratório de ciências, laboratório de informática, sala de recursos, auditório, refeitório e cozinha, biblioteca, secretaria, sala de professores, sala para coordenação pedagógica e orientação educacional, sala de direção e sala de professores. Nesses espaços transitam hoje aproximadamente 350 alunos, 35 professores e cinco funcionários construindo todos os dias educação no município de Farroupilha. Muito obrigado a todos.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra a Ver. Maria Carolina Bertoncello.

VEREADORA POR UM DIA MARIA CAROLINA BERTONCELLO: Boa noite a todos aqui presente. Meu nome é Maria Carolina Bertoncello tenho 14 anos e estudo no 9º ano da Escola Presidente Dutra. Gostaria de colocar um vídeo da escola para apresentar para vocês. (APRESENTAÇÃO DE VÍDEO) Gostaria de saudar a todos os Senhores e Senhoras, as autoridades aqui presentes, diretores, professores e alunos, enfim todo o corpo escolar, minha família, amigos, colegas Vereadores Por Um Dia e a toda comunidade farroupilhense presente nessa noite tão especial na minha vida. Saúdo e agradeço os ilustres membros dessa Câmara Municipal de Vereadores em especial o Ver. Josué Paese Filho o qual represento. Nessa noite em que vivencio a experiência de ser um parlamentar municipal agradeço a oportunidade de apresentar com muito orgulho aquela que faz parte da minha vida e que através dela muito cresci; hoje continuo aprendendo e transformando graças a Escola Municipal de Ensino Fundamental Presidente Dutra, que em 2020 estará comemorando seus 60 anos. Fundada em 18 de Setembro de 1960 possuía apenas 30 alunos que eram todos atendidos em uma classe multisseriada e hoje conta com aproximadamente 600 alunos. Atualmente nossa escola é conduzida pela diretora Leda Zanella Pancotto, suas Vice-Diretoras Ana Ana Cláudia Bartelle e Merlim Dupont Zanandréa e orientadora pedagógica Glória Maria Silveira de Souza. Nos dias atuais possui 10 salas de aula que atendem da educação infantil de quatro anos ao 9º ano do Ensino Fundamental nos turnos manhã e tarde, e à noite a EJA – Educação de Jovens e Adultos. A escola possui uma infraestrutura física e pedagógica que permite proporcionar a nós alunos uma aprendizagem significativa e a toda a comunidade escolar conforto e bem-estar. Estamos chegando ao sexagésimo aniversário da Escola Presidente Dutra e com ele comemoramos um trabalho voltado para ética, inovação, responsabilidade social e ambiental; a proposta é ser referência em educação com ambientes de aprendizagem inovadores e profissionais comprometidos com a construção de uma sociedade justa, solidária e sustentável. Missão esta que se pode observar nas atividades desenvolvidas através de um currículo que contribui para nossa inteligência cognitiva e emocional, estimulando habilidades e competências essenciais para que possamos enfrentar os desafios da sociedade contemporânea. Acreditamos que para que nós alunos tenhamos uma aprendizagem significativa necessitamos de um currículo voltado para os conhecimentos essenciais de toda a educação básica uma vez que todos têm o direito de aprender. Para tanto é necessário um conjunto de estratégias e metodologias diversificadas que tendem a contribuir muito para a inteligência cognitiva e emocional das crianças e adolescentes. Para contemplar todos os processos educativos de qualidade, a escola tem realizado investimentos na sua estrutura física e pedagógica; a motivação pessoal, a orientação dos professores ao processo investigativo, o respeito às individualidades somado a muito incentivo tem sido fatores determinantes no processo de aprendizagem o que resultou na elevação do nosso IDEB. Como se pode perceber, através das estratégias, atividades e projetos pedagógicos proporcionado pela nossa escola os esforços se voltam para a construção de processos educativos sintonizados com as nossas necessidades, possibilidades e interesses junto com os desafios da sociedade contemporânea e da nossa Geração ‘Z’. Pois somos uma geração que constitui o primeiro agrupamento de indivíduos nascidos na era digital: conectado, móvel e que nunca conheceu o mundo sem internet. A Escola Presidente Dutra tem uma proposta curricular inovadora que encanta e ao mesmo tempo possibilita o desenvolvimento de novas competências e habilidades que possam dar conta das nossas aspirações. Parabéns a nossa Escola Municipal Presidente Dutra. A todos os presentes o meu muito obrigado e uma boa noite a todos.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Ver. Matheus Bohm Zangalli e Vereadora Vitória Filipini Worn.

VEREADOR POR UM DIA MATHEUS B. ZANGALLI e VEREADORA POR UM DIA VITÓRIA F. WORN: Boa noite. Nós viemos aqui nessa Câmara hoje representando a Escola José Fanton. Meu nome é Matheus Bohm Zangalli e eu curso o 6º ano do ensino fundamental, eu sou a Vitória Filipini Worn e estou no 6º ano letivo da Escola Estadual de Ensino Fundamental José Fanton. Saúdo a todos os nobres colegas Vereadores aqui presentes, Senhora Júlia de Matos Presidente desta Casa, Vereadores padrinhos, diretores, professores, colegas estudantes, Senhoras e Senhores. Antes de iniciar a apresentação da nossa proposta nesta Sessão gostaríamos de deixar uma mensagem de reflexão a todos os Vereadores, Secretários, cargos públicos político-partidários aqui presentes. “Que a humildade em cada um de nós não seja muita a ponto de desmerecer o que cada um é capaz, que não seja insuficiente a ponto de esquecermos as nossas origens ou das necessidades de quem mais sofre ao nosso redor; tenhamos humildade suficiente para nos tornar importantes, lembrados e sempre agradecidos pelo trabalho de servir a todos.” Durante todos os dias da nossa ida para escola ou nas notícias ou nas conversas de colegas no recreio ou mesmo na sala de professores vemos e ouvimos falar das questões de violência dentro da escola. Nas entradas, saídas, nas salas de aula, nos casos de bullying, nas palavras agressivas aos professores e colegas, nas diferenças culturais ou econômicas e em todos os outros tipos de atitudes consideradas violência pelo fato de humilhar ou machucar qualquer aluno, professor, funcionário, pai, mãe ou qualquer membro que compõe a comunidade escolar. Uma vez eu já presenciei uma briga em frente ao portão da escola quando um menino deu um soco no seu colega né fazendo cair e bater a nuca no cordão e infelizmente teve que ser chamado ambulância, mas eu acho que o menino está bem; e também isso ficou marcado porque, eu já quando tem briga eu já me afasto e não gosto. Quando estava no segundo ano letivo eu tinha uma colega negra e quando a gente pedia favores a ela achava que a gente estava humilhando, pois os seus antepassados escravos eram negros. Mas aí expliquei a ela que em hipótese alguma a gente trataria ela como uma escrava e que para mim racismo, é um ato de violência muito grande e agressivo. Queremos um mundo de igualdade e sem violência sejam elas com palavras ou agressões físicas, sejam elas por quaisquer motivos; consideramos todas essas questões muito preocupantes para nossos pais e para todos nós também. Dando importância para este fato, nosso projeto vem hoje amadurecer a ideia de dedicarmos uma semana em todas as escolas do nosso município para debater e refletir sobre medidas e ações que possam melhorar e terminar com esses tipos de atitudes. Trouxemos hoje uma proposta de transformar este Projeto em Lei, gostaríamos de instituir a semana de prevenção e combate à violência nas escolas. Uma semana em que cada uma das escolas deverá refletir, discutir e encontrar juntos propostas para prevenir e aliviar os conflitos que geram todo e qualquer tipo de violência. Nossa proposta escolhe a primeira semana do mês de junho que agrega um período onde proporciona a facilidade de qualquer necessidade. Proponho então que a Senhora Júlia de Matos, Presidente desta Casa, coloque em votação a nossa proposta. Agradecemos aos Vereadores Arielson e Tadeu que já fizeram o requerimento com a sugestão de projeto como pode ser visto no telão. Muito obrigado a todos e uma boa noite.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra a Ver. Natália Bortolanza.

VEREADORA POR UM DIA NATÁLIA BORTOLANZA: Boa noite Presidente Júlia, boa noite a todas, todos e todes aqui presentes nesta noite. Falo em nome dos moradores da comunidade da Vila Jansen, me chamo Natália Bortolanza e estudo na Escola Júlio Mangoni que ali reside. Falo também dos arredores e das comunidades que fazem parte desse polo que é a Vila Jansen localizados no 2º distrito. O nosso projeto então é um posto de saúde na Vila Jansen com uma infraestrutura de qualidade e capacitada a atender os nossos moradores e das comunidades de Linha 80, Linha 47, Linha Jacinto, Capela Santo André, Capela São José, Linha Amadeu, Linhas 100, Capela São Paulo, Capela São Marcos que é a comunidade onde reside o Vereador que hoje represento, José Mário Bellaver, entre outras comunidades ali presentes. O principal motivo é o deslocamento. Muitas vezes nossos moradores têm sintomas de pressões altas, pressões baixas, febre, tonturas e etc.; os mesmos não sabem como lidar com esses problemas, pois não são todos que tem condições de ter aparelhos de medições em casa nem são treinados ou especializados no uso dos mesmos. Portanto, se acaso algum morador tiver em casa algum aparelho os vizinhos acabam recorrendo a esses. Assim poderia piorar a situação do mesmo tendo resultados errados dados por um leigo. Com essa situação, temos em mente que um posto de saúde localizado na Vila Jansen poderia atender muitos moradores assim não precisando deslocar-se até o centro da cidade, tendo em mente que a Vila Jansen é em torno de 17 km até o centro sem contar os quilômetros a mais das outras comunidades vizinhas que são mais longe. Certos de sua colaboração, a comunidade do 2º distrito agradece a todos. Uma boa noite.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra a Ver. Heloísa Binda Somacal.

VEREADORA POR UM DIA HELOÍSA B. SOMACAL: Cumprimento o Presidente da Câmara Senhor professor Sandro Trevisan, a todos os meus colegas Vereadores Por Um Dia, a todas as autoridades, diretores, professores, pais e colegas aqui presentes. Meu nome é Heloísa Binda Somacal, filha de Sandra Binda Somacal e Gladimir Somacal, tenho 13 anos e sou aluna do 7º ano do ensino fundamental do Colégio CNEC Farroupilha Ângelo Antonello. No momento sou apadrinhada pela Doutora Eleonora Broilo a quem sou muito grata pela oportunidade. Neste ano o colégio completou 59 anos de fundação com um incansável trabalho para a democratização da educação, a CNEC é e sempre foi uma instituição comunitária preservando os valores da escuta, do relacionamento, da inclusão e da inserção social, da formação cidadã e da formação para liderança da autonomia dos indivíduos bem como para o respeito e o exercício pleno de seus direitos. Escolhida pelo corpo docente e discente sinto-me honrada por estar aqui podendo representar os alunos dessa instituição que como eu tem expectativas e escolhas a fazer. Assim faço uso da palavra para expressar as necessidades que vem sendo percebidas e estudadas pela comunidade educativa. Conforme análise dos alunos, voltamos a solicitar preservar e embelezar nossa cidade que neste ano completará 85 anos. Demanda essa sugerida por docentes e discentes a qual intitulamos ‘jardinagem permanente’ a fim de manter limpas e organizadas avenidas, praças e ruas da cidade. Não apenas em momentos esporádicos ou em datas comemorativas. Da mesma forma propomos que haja uma fiscalização eficiente e uma cobrança aos proprietários que possuem terrenos baldios que se encontram no centro da cidade; abandonados, esses terrenos são cheios de capoeira e com as calçadas estragadas fazendo com que os pedestres tenham que descer as calçadas e andar na própria rua, pois as mesmas não oferecem condições de uso conforme as imagens anexadas no projeto. Um outro ponto importante selecionado pelos discentes é uma pesquisa realizada por um grupo de alunos da 3ª série do ensino médio sobre organoclorados e fosforados na alimentação humana; trabalho esse apresentado em mostra científica no Município de Novo Hamburgo. A pesquisa aborda que com o atual aumento de patologias relacionadas ao uso de agrotóxicos contendo organoclorados e fosforados como Glifosato, Gramoxone, Tordon, BHC, DDT, entre outros, requer uma conscientização dos produtores da comunidade em geral sobre a necessidade de abolir o uso de tais substâncias na produção de alimentos, buscando alternativas naturais e biologicamente corretas uma vez que muitos desses agrotóxicos já são proibidos em outros países. Diante do exposto, nossa sugestão é que os órgãos competentes realizem análise da água em poços artesianos do interior, que já é realizada mensalmente pela comunidade e anualmente pelos órgãos competentes, para averiguação de cloro livre, cor aparente, PH, turbidez, coliformes totais e escherichia coli; posso incluir também a análise de compostos clorados e fosforados visto que uso dos mesmos pode estar contaminando os lençóis freáticos causando inúmeras patologias relacionadas a esses agrotóxicos. Também registramos aqui a nossa sugestão para que além dos projetos sejam expostos em lugar público e na internet, sejam divulgados e apresentados na reunião dos estudantes selecionados no ano seguinte. As respectivas providências tomadas ao longo do ano pelo Poder Público sobre os projetos apresentados no ano anterior, fazem parte da transparência. Encerro meu depoimento agradecendo a oportunidade que me foi dada pelo colégio como também a Câmara de Vereadores por nos abrir as portas para expormos nossas ideias e conhecermos o trabalho desenvolvido pelos Vereadores, e a todos que vieram prestigiar esse momento tão importante não somente para nós aqui, mas para todos que poderão ser beneficiados com projetos que partiram da nossa oportunidade. Muito obrigado e boa noite a todos.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Ver. Pedro Henrique Cobalchini de Oliveira.

VEREADOR POR UM DIA PEDRO HENRIQUE C. DE OLIVEIRA: Boa noite a todos. Neste momento cumprimento ao Presidente da Câmara de Vereadores Por Um Dia Júlia de Matos e em nome dela os demais Vereadores aqui presentes. Cumprimento também o Poder Executivo Municipal, pais, familiares, professores, diretores, alunos e demais pessoas que estão prestigiando essa Sessão, em especial o Vereador Jorge Cenci meu padrinho neste ato. Chamo-me Pedro Henrique Cobalchini de Oliveira, tenho 14 anos, sou aluno do 8º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Zelinda Rodolfo Pessin. Inicialmente quero agradecer a oportunidade de estar aqui vivenciando esta tão importante experiência. Estou representando uma comunidade escolar assim como nossos Vereadores reais foram eleitos para representar a população farroupilhense. E antes de expor a todos o tema que defenderei, solicito a vossa atenção ao vídeo que será apresentado. (APRESENTAÇÃO DE VIDEO) Senhoras e Senhores permitam-me falar um pouco sobre meu nobre colega Tiago Faganello dos Santos, Tiago tem 16 anos e chegou a nossa escola em 2018. Atualmente frequenta o 8º ano, é portador de Síndrome de Williams o que o limita na questão cognitiva. É um ótimo aluno embora não saiba ler fluentemente, não aplica as regras ortográficas, não domina a tabuada, não compreende momentos históricos e características climáticas, tem uma personalidade que se destaca. É dedicado, sorridente, interessado, disposto, solidário e muito querido por todos. Este ano, Tiago foi indicado pela nossa escola como estudante destaque; mesmo ele não cumprindo os requisitos necessários sua indicação foi aceita, pois o Presidente da Câmara de Vereadores Senhor Sandro Trevisan ao visitar nossa escola se sensibilizou com a história do nosso colega. Tamanha foi sua alegria ao saber de sua participação, ficou eufórico, falava a todo o momento e para todos que encontrava sobre o assunto. Foi necessário trabalhar com ele o calendário a fim de compreender quantos dias faltavam para a Sessão de outorga do estudante destaque e acreditem, ele já está esperando pelo próximo dia para ser homenageado. Esta breve apresentação sobre o Tiago me faz trazer até vocês, nobres Vereadores Por Um Dia, a reflexão sobre os critérios estabelecidos na Lei Municipal de nº 3090/2005 que trata sobre o título de estudante destaque. Faz-se necessário atualizar estes critérios visto que a Lei Federal nº 13146/2015 institui a inclusão da pessoa com deficiência destinada a assegurar e a promover em condições de igualdade o exercício dos direitos e das liberdades fundamentais por pessoa com deficiência visando a sua inclusão social e cidadania. Anterior a esta a Lei Federal nº 9394/1996 já previa a inclusão escolar de educandos portadores de necessidades especiais assim como o Tiago e por serem cidadãos, precisam ter garantidos todos os seus direitos, enfim precisam exercer a sua cidadania. Por isso proponha a alteração da Lei que regulamenta o título de estudante destaque do nosso município a fim de acrescentar em sua redação a inclusão de critérios que beneficiem alunos portadores de quaisquer tipos de deficiência. Muito obrigado.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Passo a palavra ao Vereador Welinton Felipe Ianoski.

VEREADOR POR UM DIA WELINTON F. IANOSKI: Saúdo a Câmara Municipal de Vereadores de Farroupilha e a todos aqui presentes, em especial a ilustríssima Presidente desta Casa Júlia Matos. E cumprimentando, estendendo meus comprimentos ao padrinho Jonas Tomazini, aos demais Vereadores, autoridades, professores, diretores e cidadãos farroupilhenses presentes nesta Sessão. Boa noite. Meu nome Welinton Felipe represento a Escola Estadual de Ensino Fundamental Padre Rui Lorenzi, sou aluno do 9º ano. Irei apresentar o Projeto de Lei chamado: adaptar é incluir. Projeto adaptar é incluir, artigo 1º: este projeto prevê a implantação de brinquedos adaptados nas pracinhas das escolas e nas praças das comunidades dos bairros da cidade. Artigo 2º: realizar a manutenção das áreas de lazer com frequência. Justificativas: as crianças com necessidades especiais possuem os mesmos direitos que as demais, segundo o Estatuto da Criança e Adolescente, Lei nº 8.069/1990, garante a todas as crianças e adolescentes direitos básicos relacionados à saúde, educação, profissionalização e trabalho, cultura e lazer buscando uma melhor qualidade de vida e aproveitamento dessa fase. Com base nisso, as áreas de lazer também deveriam ser adaptadas com brinquedos também adaptados para que as crianças com deficiências também possam divertir-se, agir e interagir, integrar-se, desenvolver-se a sua liberdade e autonomia. Também é necessário que além de colocar esses brinquedos adaptados ocorra a manutenção desses e de todos os outros, pois os brinquedos devem estar em plenas condições de uso para não se tornar um perigo a quem os utilizar. Todas as crianças têm os mesmos direitos, portanto todas devem ter garantido o seu direito de ser feliz podendo também brincar em lugares públicos. A implantação dos brinquedos adaptados trará a algumas crianças uma experiência incrível de se sentir parte da sociedade; os pais de crianças especiais também poderão ir às praças ver seus filhos participando de brincadeiras e interagindo com outras crianças. Ali a gente tem alguns exemplos dos brinquedos adaptados. Através desses brinquedos poderemos verificar que realmente se está pondo em prática o conceito de inclusão, pois se as calçadas e os acessos a estabelecimentos devem ser adaptados, o transporte público, o atendimento preferencial em determinados lugares também, faz-se necessário a implantação de brinquedos que possam ser utilizados pelas crianças com deficiências. Claro que sempre com apoio e cuidados do seu cuidador ou de seu responsável. Obrigado e boa noite.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Também esta Presidente fará uso da palavra.

PRES. SANDRO TREVISAN: Passo então a palavra a Vereadora Júlia de Matos.

VEREADORA POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Gostaria de agradecer a oportunidade de estar aqui hoje e saudar os Vereadores, autoridades, imprensa e todos aqui presentes; gostaria de agradecer de forma especial meu Vereador padrinho Sandro Trevisan e também a minha escola, equipe diretiva e professoras aqui presentes. E também saudar de forma mais especial ainda meu pai Joel que me ajudou e me incentivou muito a participar dessa Sessão. Pode passar, por favor. Bom eu decidi começar com o conceito de mobilidade urbana por que torna-se fundamental para o meu trabalho, pois ele surgiu desse assunto. É uma sugestão para melhoria desse aspecto que está sendo cada vez mais discutido atualmente. Pode passar o slide, por favor. Outro aspecto que eu gostaria de colocar é que já existe uma comunicação moderna entre a sociedade e seus governantes, porém ainda há como melhorar esse sistema fazendo com que esses dois componentes conversem entre si através dos meios de comunicação atuais igualando suas realidades. O que quero dizer com isso? Os órgãos governamentais que conversam com a sociedade, que levam as reivindicações e também trazem as soluções, eles usam os meios de comunicação já são atualmente cabíveis, mas acho que poderia melhorar em alguns aspectos; integração de aplicativos e coisas assim, falando nesse sentido. Pode passar o slide, por favor. Creio que já tenham ouvido falar do aplicativo ‘Transit’ que informa as linhas de ônibus e suas paradas. Minha sugestão é que use-se de base este aplicativo com foco específico nos transportes escolares. Pode passar, por favor. Muitas vezes ocorrem alguns problemas ou atraso dessas vans é difícil se comunicar com o motorista ou até de fato saber o que houve, além de que a criança tem a possibilidade de ficar esperando o período de tempo e estar à mercê de algum perigo tanto quando vai pegar a van para ir para escola quanto para retornar para casa. Pode passar, por favor. Não! Desculpa. Além disso, será garantida a fiscalização e condições das vans para o uso, diminuindo ainda mais o risco de incidentes e mantendo o padrão otimizado das vans. Pode passar, por favor. Essas são algumas sugestões do que poderia conter o aplicativo visando o que foi proposto já no objetivo. A primeira sugestão é que o tempo de percurso, não é o slide anterior, por favor; uma metodologia de cálculo que medirá o tempo de percurso da casa do transportado até no destino final. O tempo de percurso é importante para que os pais e a criança possam se planejar com mais certeza e segurança. E segundo: como está o serviço deste motorista? A classificação teria o objetivo de formar uma média de qualidade dos serviços e apontar os aspectos que podem ser melhorados como também pontos fortes do transporte. Pode passar, por favor. Terceiro: se oferecido pelas escolas o aplicativo poderia ter um sistema de identificação através da matrícula do aluno preservando sua identidade servindo como guia para os motoristas, essa informação ficaria disponível para o motorista como também para os responsáveis que contrataram o serviço. Além disso tudo, o aplicativo deveria suportar dois módulos um para os motoristas e outro para os responsáveis com pequenas alterações de um para o outro para facilitar no controle e especificar a função de cada um. Pode passar, por favor. Ficaria responsável pela fiscalização o Poder Público tendo em vista que esse aplicativo seria oferecido pela Prefeitura e usado nas escolas municipais, seria uma eficiente maneira de controlar o uso e fazer dele de fato mais um meio eficiente de comunicação entre seus contratantes e contratados. Os impactos positivos desse projeto em suma são: otimização do tempo, mais segurança para os usuários de vans escolares, maior controle da rota e tempo gasto pelo transporte, incentivar o uso desses meios, menos engarrafamento e problemas de passagem até a chegada da escola. Nono slide, por favor. Bom, pesquisando sobre a profissão de Vereador encontrei o significado da palavra: Vereador vem do verbo verear; antigamente significava andar pela cidade. É o Vereador que constrói os caminhos, leva do povo até o Executivo suas reivindicações e sugestões. São uma ponte que dá suporte e auxilia. Espero que continuem a nos ajudar, abrir caminhos e facilitar cada vez mais essa comunicação entre a população e seus governantes como vem fazendo desde muito tempo atrás. Era isso obrigado a todos. Coloco em votação, em conjunto, todos os projetos e requerimentos apresentados pelos Vereadores Por Um Dia. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos os Senhores Vereadores Por Um Dia os Projetos e Requerimentos que serão encaminhados ao Prefeito Claiton Gonçalves, Chefe do Executivo Municipal. Se nenhum Vereador quiser fazer mais o uso da palavra passaremos para a diplomação dos nobres Vereadores. Conforme vou nominando o Vereador padrinho e o Vereador Por Um Dia se postem a frente desta mesa para a diplomação. Convido o Vereador Fabiano A. Piccoli para que proceda à outorga do Diploma de Vereadora Por Um Dia a Karina Marques Bianchi. Convido o Vereador Fernando Silvestrin para que proceda à outorga do Diploma de Vereador Por Um Dia a Giovane Salles. Convido o Vereador Odair Sobierai para que proceda à outorga do Diploma de Vereador Por Um Dia a Nícolas Gabriel Alves dos Santos. Convido o Vereador Alberto Maioli para que proceda à outorga do Diploma de Vereadora Por Um Dia a Mônica Fernanda de Almeida. Convido o Vereador Sedinei Catafesta para que proceda à outorga do Diploma de Vereador Por Um Dia a Bernardo Pierozan Rizzatto. Convido o Vereador Deivid Argenta para que proceda à outorga do Diploma de Vereadora Por Um Dia a Juliana Bardemaker. Convido o Vereador Thiago Brunet para que proceda à outorga do Diploma de Vereadora Por Um Dia a Gisele Rodrigues Morello. Convido o Vereador Josué Paese Filho para que proceda à outorga do Diploma de Vereadora Por Um Dia a Maria Carolina Bertoncello. Convido o Vereador Tadeu Salib dos Santos para que proceda à outorga do Diploma de Vereador Por Um Dia a Mateus Bohm Zangalli. Convido o Vereador Arielson Arsego para que proceda à outorga do Diploma de Vereadora Por Um Dia a Vitória Filipini Worm. Convido o Vereador José Mário Bellaver para que proceda à outorga do Diploma de Vereadora Por Um Dia a Natália Bortolanza. Convido a Vereadora Eleonora Broilo para que proceda à outorga do Diploma de Vereadora Por Um Dia a Heloísa Binda Somacal. Convido o Vereador Jorge Cenci para que proceda à outorga do Diploma de Vereador Por Um Dia a Pedro Henrique Cobalchini de Oliveira. Convido o Vereador Jonas Tomazini para que proceda à outorga do Diploma de Vereador Por Um Dia a Welinton Felipe Ianoski. Por fim, o Vereador Sandro Trevisan fará a outorga do Diploma de Vereadora Por Um Dia a esta Presidente. Convido para que faça uso da tribuna, em nome do Poder Executivo Municipal, o Vice-Prefeito Pedro Evori Pedrozo.

VICE-PREFEITO PEDRO EVORI PEDROZO: Boa noite a todos. Quero saudar carinhosamente a nova Presidente, foste muito bem, Júlia, arrasaram. Quero te dizer que o Sandro ficou com medo, ficou com medo porque tu foste perfeita. Quero saudar os Vereadores por Um dia, quero saudar todos os Vereadores que compõem essa Casa, saudar os pais, os amigos, os diretores e me permitam citar o professor Marcos Pretto em nome de todos os diretores que estão aí, professor muito obrigado pela tua presença. E dizer o quanto é bonita essa Sessão. A Câmara de Vereadores ela tem algumas funções que são ingratas que muitas vezes não tem o reconhecimento ou o entendimento de parte da população, mas a Câmara de Vereadores é necessário sim porque senão transformaria os Prefeitos, os Governadores, os Presidentes em reis né; se eles não tivessem nada que filtrasse a vontade deles, eles poderiam fazer qualquer coisa. A Câmara de Vereadores, as assembleias, o congresso, ela tem esse papel de filtrar, de orientar, de sugerir, de discordar, de concordar para que o administrador consiga fazer adequadamente. A geração digital como teve um dos que falou, não sei quem foi se foi uma menina ou menino, eu achei interessante porque é verdade; eu ficava pensando é a geração digital, é a geração que nasceu na internet, é a geração que tem no celular o mundo, essa geração que veio para cá. Essa geração me surpreendeu porque é uma geração política, muitos vieram falando de projetos, de trocas, de transformação. Vi tendências feministas importantíssimas porque tem que realmente nós precisamos da paridade, da igualdade. Vi gente falando de necessidades especiais contando né, Pedro, contando falando da importância de valorizar as diferenças não só os chamados gênios, mas os gênios de todas as classes. Vi gente falando da sua comunidade, falando da necessidade mais imediata. Enfim vi uma nova geração que, se DEUS quiser, vai acordar não vai ser alienada achando que pode deixar tudo para trás, que não precisa mais escolher ninguém. Vi uma geração preocupada com seu lugar, preocupada com as políticas, preocupadas com as diferenças, preocupadas com um mundo mais igual. Eu e Dr. Claiton estamos chegando ao final de nosso mandato, nós temos dois mandatos; eu optei em substituir o Dr. Claiton que é o que a Lei manda, substitui alguns Secretários quando eles saem de férias e hoje eu dirijo a escola pública de música. Tenho lá 500 alunos entre teatro e música e eu vi muitos dos meus alunos de músicas aqui. E eu estava pensando e falei para a Deputada Francis que engraçado que as pessoas se sucedem, aqueles que são os Presidentes dos bairros são os que querem mais, desejam ser Vereadores e Prefeitos; os alunos que vieram para cá eles estão envolvido com grêmios, eles estão envolvidos com a associação da escola, eles estão envolvidos com aula de música, com aula de teatro, eles estão envolvidos com o escotismo, eles estão envolvidos se vocês olharem para eles vocês vão ver que são criaturas de múltiplas funções. É interessante essa geração, nós precisamos de pessoas voluntárias em tudo; nós precisamos de Presidentes de bairro, nós precisamos de Presidentes do Círculo de Pais e Mestres, nós precisamos de gente em todos os setores, nós precisamos de voluntários. Vejo muita gente falando mal da escola, mas ele nunca foi Presidente do Círculo de Pais e Mestres porque nunca teve coragem. Eu vejo gente falando de professores, mas sequer entrou em uma sala de aula para saber como é que os professores trabalham. A era digital nos trouxe o mundo e a facilidade para falar mal dos outros, nós precisamos de gente que fale bem, nós precisamos de gente que invoque as qualidades. Eu Pedro Pedrozo tenho muita honra de participar da administração deste lindo município que é o nosso. Eu tenho a honra de ajudar a melhorar a vida das pessoas porque a política ela não tem sentido se ela não melhorar a vida das pessoas. É natural que a gente discorde da forma, é natural que a gente discorde de algumas coisas porque as pessoas têm ideias diferentes, inclusive entre os casais, entre os irmãos, entre a mesma família, isso é natural. Agora é verídico de que na nossa cidade sempre tivemos gente com boa vontade e trabalhando e trabalhando muito para honrar os votos, a vontade da população. Eu tenho muita honra de estar aqui nessa Sessão linda onde eu encontrei uma diversidade enorme de nosso povo, e onde me deu uma esperança enorme de que o futuro nosso está garantido. Muito obrigado a todos, parabéns à Câmara de Vereadores, parabéns aos pais, os professores que com aquela coragem empreendedora vieram trazer todos os seus representantes. Um abraço a todos.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Quero, em nome do Poder Legislativo, agradecer a presença do nosso Vice-Prefeito Pedro Pedrozo, da Deputada Francis Somensi, os Vereadores Por Um Dia, aos diretores e professores, aos alunos e familiares, a imprensa. Após o encerramento eu convido a todos os Vereadores Por Um Dia e a todos os Vereadores padrinhos para a foto oficial defronte esta mesa. Convidamos o Vice-Prefeito para que faça parte da foto oficial. Informo a todos os Vereadores Por Um Dia que todos os projetos e solicitações apresentados nesta noite serão encaminhados ao Executivo Municipal.

PRES. SANDRO TREVISAN: Rapidamente, então, eu quero agradecer a Júlia de Matos que assumiu meu trabalho hoje e fez isso brilhantemente né Pedrozo, perdi meu posto com certeza fui atropelado. Agradecer então a Escola Presidente Dutra que está representada pela nossa diretora Leda Pancotto, agradecer a presença de todos vocês; meus colegas, coragem, meus colegas coragem. Muito obrigado. E Júlia meus parabéns pelo brilhante trabalho, meus parabéns mesmo.

PRES. POR UM DIA JÚLIA DE MATOS: Nada mais a ser tratado nessa noite, em nome de DEUS, declaro encerrados os trabalhos da presente Sessão Solene. Boa noite a todos.

 

 

 

 

 

Sandro Trevisan

Vereador Presidente

 

 

 

 

 

 

Fabiano André Piccoli

Vereador 2º Vice-Presidente

 

 

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa e Apoio Administrativo.