Pular para o conteúdo
17/09/2021 10:55:17 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 3854 – 09/07/2018

SESSÃO ORDINÁRIA

 

Presidência: Sr. Thiago Pintos Brunet

Às 18 horas, o Senhor Presidente Vereador Thiago Pintos Brunet assume a direção dos trabalhos. Presentes os seguintes vereadores: Alberto Maioli, Aldir Toffanin, Arielson Arsego, Eleonora Broilo, Fabiano André Piccoli, Jorge Cenci, José Mário Bellaver, Josué Paese Filho, Odair José Sobierai, Raul Herpich, Sandro Trevisan, Tadeu Salib dos Santos e Tiago Diord Ilha.

 

PRES. THIAGO BRUNET: Invocando o nome de DEUS declaro abertos os trabalhos da presente Sessão Ordinária. Em aprovação a ata nº 3.848, que está em vistas com o Vereador Josué Paese Filho, o qual passo a palavra.

VER. JOSUÉ PAESE FILHO: Estou devolvendo o pedido de vistas Presidente. Obrigado.

PRES. THIAGO BRUNET: Ok, então devolvendo o pedido de vistas. Os Vereadores que estiverem de acordo, então acho que nem precisa colocar em votação; então aprovada a devolução do pedido de vistas. Também em aprovação as atas n.º 3.850 de 25/06 e 3.851 de 26/06. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovados por todos os Vereadores. Passo a palavra ao 1º Secretário da Casa para que faça a leitura do Expediente da Secretaria.

EXPEDIENTE

 

1º SEC. ODAIR SOBIERAI: Boa noite a todos. Sejam todos bem-vindos. Presidente, temos um convite. Associação dos Moradores do Bairro Vicentina, inscrita no CNPJ sob nº 23.176.832/0001-69, com sede na Rua João Albino Bender, 665, Bairro Vicentina em Farroupilha/RS, por seu presidente infra-assinado, Sr. Nelci Benjamin Bet, tem a honra de convidar Vossa Senhoria, para a confraternização dos moradores do bairro Vicentina, a ser realizada junto a Praça Ledovino Fanton, sita Rua Júlio de Castilhos, nesta cidade, com a seguinte programação: data 14 de julho de 2018 ou 21 de julho de 2018; Horário das 14h00min às 17h00min; local Praça Ledovino Fanton, Rua Júlio de Castilhos – Farroupilha/RS. Caso não houver condições climáticas no dia 14 de julho, o evento será transferido para o dia 21 de julho no mesmo horário e local. Contando com a presença de Vossa Senhoria antecipadamente agradecemos. Era isso Presidente.

PRES. THIAGO BRUNET: Bem então queria nesse momento aqui só me desculpar pela ausência na semana passada, segunda e terça. Na segunda-feira eu inclusive estive aqui presente no Plenário, mas como estavam em bom andamento a Casa e eu estava com dor de garganta, resolvi deixar o Plenário e na terça-feira eu realmente não tinha condições de vir porque eu estava sem voz quase e não ia adiantar nada porque alguém ia ter que falar por mim na terça-feira, na segunda e na terça então depois, eu vou ver com a Secretaria ali se precisa de atestado ou alguma situação, alguma justificativa, mas só para ficar nos anais dessa Casa que na semana passada eu realmente não tinha condições de saúde. Também quero só para informar que o LIMPE, nosso informativo está já impresso no segundo trimestre desse ano, o Gabriel já deixou impresso para nós e então é o informativo que todos podem ler, pegar, cada Vereador tem direito a destinar algum para si mesmo e também se quiserem pegar na Casa para distribuir em algum lugar que acham interessante é só falar com o Gabriel e pedir para ele, que tem bastante cópias aí.  Nesse momento então passamos ao espaço destinado ao Grande Expediente.

 

GRANDE EXPEDIENTE

 

PRES. THIAGO BRUNET: Convido o Partido Progressista – PP para que faça uso da Tribuna. Que abre mão. Convido o Partido dos Trabalhadores – PT, para que faça uso da Tribuna. Que abre mão. Convido o Partido Socialista Brasileiro – PSB, para que faça uso da Tribuna. Que abre mão. O PDT, que abre mão. Convido o Partido Republicano Brasileiro – PRB para que faça uso da Tribuna. Que abre mão. Convido o Partido da Rede Sustentabilidade para que faça uso da Tribuna. Que abre mão. Convido o Partido do Movimento Democrático Brasileiro – MDB, para que faça uso da Tribuna. Abre mão? Desculpa. Com a palavra o Vereador Jorge Cenci.

VER. JORGE CENCI: Boa noite a todos. Saúdo o nosso Presidente, colegas Vereadores, a todos que nos prestigiam, a imprensa, demais presentes. Senhor Presidente eu quero aproveitar a oportunidade e fazer uma referência ao grupo de convidados que representam aqui a Ordem DeMolay do nosso município. Uma ordem a qual na Sessão passada eu apresentei um Requerimento, como um Projeto Sugestão aonde designa e determina uma sugestão de data para que o nosso município tenha uma Lei que faça referência a essa ordem em nosso município. A sugestão da data foi dia 18 de março que aonde já existe uma Lei Nacional aonde contempla uma Lei Nacional como determinação da Ordem DeMolay. Então aproveito para fazer uma pequena apresentação de alguns trabalhos que essa Ordem faz em nosso município, Ordem importante que eu acredito que tem somado muito em ações e contribuído bastante para que o nosso, o serviço social, ações sejam realizadas de forma importante e contribuindo muito para que a nossa comunidade seja representada de forma bem significativa. Então esse é o símbolo da Ordem, é uma Ordem internacional, vamos seguindo, faz favor passa daí mesmo se for possível. Então a Ordem DeMolay foi criada em 1919 por um empresário americano chamado Frank Sherman Land que queria ver o crescimento filosófico e pessoal de jovens de sua época. A Ordem DeMolay é uma organização internacional e que possui divisão em países, estados e municípios. Em Farroupilha nós temos uma dessas organizações que se chama capítulo, ‘Capítulo Farroupilha Nº 967’. Um DeMolay trás em sua vida os seguintes princípios: amor filial (pai e mãe); reverência pelas coisas sagradas; cortesia; companheirismo; fidelidade; pureza e uma coisa que está faltando muito na grande maioria dos brasileiros, patriotismo. Um DeMolay pratica em sua essência a filantropia, organizando ou participando de eventos sociais. Para ser um DeMolay você tem que ter entre 12 e 21 anos incompletos. Ter conduta ilibada, ótimas referências escolares, sociais e pessoais e acreditar em DEUS. A Ordem DeMolay não é uma religião, um culto, uma seita ou uma organização política. A Ordem DeMolay é uma organização social sem fins lucrativos. Aqui segue, se for possível, algumas ações que o ‘Capítulo DeMolay de Farroupilha 967’ realizou em nosso município. Trabalho em conjunto com a Prefeitura de Farroupilha no dia 18/3/2008 que é o dia da Criação Ordem DeMolay, prestação de serviços comunitários. Segundo doação de sangue no Hemocentro em Caxias do Sul; seguindo visitas e doações ao lar de idosos Recanto das Borboletas; campanha do agasalho deste ano que foram arrecadados mais de 5 t de agasalhos, roupas distribuídos para as pessoas carentes de nosso município; dia devocional realizado junto ao Santuário Nossa Senhora de Caravaggio; participação no Congresso Regional Ordem DeMolay em Venâncio Aires; participação no Congresso Estadual Da Ordem DeMolay em Tramandaí em 2017. Então são ações que fazem jus e eu acredito que essa sugestão de Lei, Senhores Vereadores a qual determina o Dia do DeMolay para o nosso município, ela seja importante e peço a contribuição e colaboração de todos para que o mais breve possível seja colocado e até peço ao nosso Presidente que coloque em votação Requerimento feito por mim de nº 86, para que seja enviado ao Poder Executivo Municipal e que venha a esta Casa então como PL e é uma determinação desta Lei. Seguindo Senhor Presidente e colegas Vereadores, eu acredito que não vai ser possível passar porque esta com problema, mas eu tenho dois Requerimentos e que foram realizados aqui nessa Casa, que nós temos que ter um pouco mais de atenção do Poder Executivo. O Requerimento feito por mim, peço desculpas a todos aí estamos com problema técnico, referente à melhoria no Bairro Monte Pasqual, foi feito por essa Casa, foi feito juntamente a Secretaria de Obras e até o momento a reivindicação, ela não foi contemplada. Então seria essa reivindicação protocolada junto a Secretaria de Obras e não foi contemplada ainda, vocês podem ver que faz um período bem significativo que foi protocolado. Foi feito através dessa Casa também e não foi contemplada essa demanda por que estive hoje presente lá e só tem a placa da sinalização e não foi contemplada a demanda. Seguindo tem outro Requerimento do Bairro São José, que é muito semelhante, feito por mim em abril. E não foi contemplado. É uma tubulação que foi corroída e eu peço ao líder de bancada, que atenda as nossas demandas, que a gente sabe que às vezes os serviços são muitos né, mas às vezes pelo significativo tempo que foi pedido, sugiro que reforce o pedido, até para que nós tenhamos até credibilidade junto a quem nos solicitou. Porque se não a gente se perde no caminho e aí fica meio difícil em si. Aproveitando ainda, voltando à questão DeMolay, eu quero fazer uma referência apenas para que fique registrado nessa Casa Senhor Presidente, o nome dos componentes que estão aqui nos prestigiando. Quero aqui fazer uma referência ao Márcio Rici, que é o Coordenador da Ordem, o seu segundo escalão, o Sargento Reis e também permita só pra registrar, Vinicius Chiele, Carlos George, Marcelo Flach, Gustavo Flach, Carlos Eduardo da Cruz, Pedro Miguel Masoti da Cruz, Ricardo Fetter Nicoletti, Bruno Fernandes, Francisco Pezzi Menti, Eduardo Turra, Fabio Turra, Igor dos Santos, aqui está meio ilegível, Ravi Augusto Portolan Lorandi, Marcelo Guimarães Garcia, Vinicius Chiele, Carlos Jorge, acredito que já li, e aqui peço se eu esqueci de alguém, peço que me desculpe que não está ideal a escrita aqui. Então seria isso Senhor Presidente, agradeço a oportunidade da minha bancada por falar nesse momento e agradeço principalmente a vocês que estão aqui nos prestigiando e reforço o convite, venham com mais frequência, vocês são o futuro e o envolvimento de vocês é importante e fundamental para que ali na frente tenhamos uma cidade melhor, um estado melhor e um país melhor. Obrigado Senhor Presidente.

PRES. THIAGO BRUNET: Colocamos em votação então o Requerimento nº 86/2018 formulado pelos Vereadores da Bancada do MDB. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Encaminhamento de votação Vereador Fabiano André Piccoli.

VER. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Obrigado Senhor Presidente uma boa noite a todos, colegas Vereadores, Vereadora Eleonora, público aqui presente. E como nosso tempo é um pouco escasso, vou falar especificamente sobre o Requerimento do colega Vereador Jorge e da Bancada do MDB. A Bancada vota favoravelmente ao Requerimento por entender que o trabalho de vocês, meninos, é muito importante, todo mundo que se doa, ao bem, ao próximo, com certeza lá na frente tem alguém olhando com muito carinho por todas essas ações. Nosso bom DEUS ele acompanha, ele guia, ele ilumina e ele orienta a todos nós, mas as pessoas que fazem o bem, ele tem um carinho muito especial. Então Senhor Presidente, é com muita alegria e parabenizando a bancada do MDB, pela iniciativa deste Requerimento, de incluir no Calendário Oficial do Município essa data tão importante para vocês, mas que essa data possa ser importante também ou mais importante para a comunidade farroupilhense, que virá a se beneficiar ainda mais com os trabalhos desenvolvidos por vocês, pela Ordem DeMolay. Então Senhor Presidente, a bancada vota favoravelmente ao PL e parabeniza mais uma vez a bancada pela iniciativa.

PRES. THIAGO BRUNET: Encaminhamento de votação Vereador Sandro Trevisan.

VER. SANDRO TREVISAN: Obrigado Senhor Presidente, Senhores Vereadores, quero cumprimentar o público presente que já foi citado anteriormente e em especial os DeMolay, essa Ordem que tanto contribui aqui no município com as ações sociais. E dizer assim, o que resume isso é a ideia DeMolay ter crescimento filosófico e pessoal, crescimento filosófico e pessoal dentro de um país que a gente vê qual é a situação. Eu digo sempre, gurizada não no sentido pejorativo e sim, são novos, eu sou bem mais velho, então meus parabéns, eu sei das ações que vocês fazem, sociais, eu sei do comportamento que vocês tem, sistema, da maneira que vocês olham para a sociedade e é extremamente louvável tudo isso. E sempre digo pra várias entidades e uma é a de vocês, que bom se todos pensassem dessa maneira, que bom se todos tivessem o comportamento que vocês têm, que bom se todos pensassem dessa maneira. Porque sei qual é que é a conduta que vocês têm que ter para estar lá dentro, sei mesmo e sei que de fora é bem diferente. Esses valores que vocês levem com vocês, vão ser para a vida inteira, esses valores que vocês recebem, que vocês compartilham, que vocês buscam, esses valores vão para a vida inteira de vocês. Num país onde a injustiça é tão grande, tem tanta injustiça e às vezes a gente para e pensa “poxa vida eu faço as coisas certinho e tanta gente faz as coisas erradas”. Cada um faz por si, o que o outro faz é problema dele, faz por ti e eu sei que vocês fazem, eu conheço vários vocês e sei qual é o procedimento, sei como funciona. Então meus parabéns, nada mais justo do que por isso de maneira oficial no calendário do município. Então eu queria deixar aqui, parabenizar a iniciativa do MDB, em tornar, em registrar essa data, muito merecida. Meus parabéns mesmo, o trabalho que vocês fazem é muito bom mesmo. Valeu gurizada, continuem assim! Continue assim que vale a pena mesmo, muito obrigado. Obrigado Senhor Presidente.

PRES. THIAGO BRUNET: Com a palavra o Vereador Alberto Maioli.

VER. ALBERTO MAIOLI: Senhor Presidente, Senhores Vereadores, quero dar uma saudação muito especial aos componentes do Grupo DeMolay, cumprimentar a nossa Secretária Maria da Glória Menegotto, pessoal da imprensa, enfim todos aqui presentes. E também dizer de que em primeiro momento gostaria de com o consentimento dos autores do Requerimento, subscrever o Requerimento, a bancada da REDE gostaria de subscrever se for com o consentimento de todos os pares que fizeram o Requerimento. Eu devo dizer aqui com toda sinceridade que como é bom ver juventude se preocupando com o bem, semeando o bem, procurando fazer com que discutam coisas boas para transmitir coisas boas para nossa população. Porque que eu digo isto, porque como é bom ver gente igual a vocês, num país meio desvirtuado, de pessoas meio desvirtuadas, que nós enxergamos todos os dias no meio de comunicação. E que alegria me dá para mim ver uma juventude como vocês aqui, se preocupando de semear e fazer o bem. Parabéns, que DEUS ilumine vocês para que pudesse seguir sempre esses passos para pregar o bem para nossa população. Muito obrigada e que DEUS abençoe vocês com fé, com coragem para seguir essa trilha em diante que vocês são merecedores de fazer as coisas boas. Muito obrigado e que DEUS abençoe.

PRES. THIAGO BRUNET: Com a palavra o Vereador Arielson Arsego.

VER. ARIELSON ARSEGO: Senhor Presidente, Senhores Vereadores, todos os presentes, bom, apesar de ser da bancada do PMDB e no encaminhamento de votação já fez toda a explanação do PL, o Vereador Jorge Cenci, mas a bancada do PMDB não poderia deixar na hora da votação, de fazer também ou colocar algumas palavras e nós conhecemos todos não, mas a grande maioria e conhecemos os pais inclusive de vocês. Eu não tenho dúvidas para quem não está num grau maior, Márcio, eu sei que o Senhor já faz parte há muito tempo, ajudando a comunidade e fazendo bem para a comunidade, mas o importante é que alguns pais devem ter influenciado vocês e vocês com isso também participando agora da DeMolay, mas alguns não têm os pais que sejam Maçons, ou que estejam nesta direção de fazer o bem, de praticar algo de importante para a comunidade de Farroupilha, mas que com certeza são orgulho então dos pais e estando neste caminho não tenho dúvidas disso. Porque o que a gente vê é às vezes as pessoas querendo fazer o bem e a gente vê todo dia isso ou fez uma ação por quer aparecer. Na verdade vocês estão no anonimato fazendo essas ações há muito tempo, vocês agora nós vamos aqui por um PL, incluir no Calendário de Eventos Oficiais do Município, mas eu tenho certeza que se não estivesse no Calendário de Eventos Oficiais do Município estaria acontecendo, vocês fariam as ações da mesma maneiram assim como vocês já estão fazendo e agora fica como um dia no Calendário de Eventos Oficiais do Município. Nós estamos oficializando isso, agora o que não pode e o que a gente vê que é diferente aqui é aquela briga de tentar dizer “não, fui eu que fiz isso, fui eu que fiz aquilo” hoje mesmo se vocês ouvirem na imprensa vocês vão querer uma disputa de beleza para saber quem foi que fez, o importante é que vocês fizeram. O importante é que vocês vão continuar fazendo e nós além de propormos aqui através da bancada do PMDB e incluir no Calendário de Eventos Oficiais do Município, nós queremos agradecer vocês e dizer que continuem. Porque, não só Farroupilha, mas todas as pessoas, todos os lugares, todos os municípios, enfim o estado, o país como um todo precisa destas pessoas, que se doam para ajudar aqueles que mais necessitam. Então era isso e lógico, como era do PMDB, somos todos favoráveis né. Obrigado.

PRES. THIAGO BRUNET: Com a palavra o Vereador Aldir Toffanin.

VER. ALDIR TOFFANIN: Senhor Presidente, Senhores Vereadores, quero cumprimentar a todos aqui presentes de uma maneira especial a cada integrante do grupo aí, parabenizar pelo importante trabalho que vem sendo realizado e para não ser repetitivo. Apenas Senhor Presidente deixar gravado nos anais dessa Casa que a bancada do PDT vota favorável ao PL e até por uma correção da Casa, eu tenho o Requerimento número 86 se referindo a outro tema, só para uma correção depois, mas a bancada do PDT vota favorável ao PL.

PRES. THIAGO BRUNET: Com a palavra o Vereador Tadeu Salib dos Santos.

VER. TADEU SALIB DOS SANTOS: Senhor Presidente, Senhores Vereadores, Vereadora Eleonora, quero saudar a cada pessoa que está aqui nessa noite, principalmente a esses jovens cidadãos do amanhã. O Igor que em especial, não poderia ser diferente, este menino que eu acompanho desde o nascimento, para o orgulho do amigo Reis, amiga Geni. E eu queria dizer a vocês de que alguma coisa eu já sabia sobre o DeMolay, mas hoje eu acho que está iniciando-se oficialmente alguma coisa que contempla aquele trabalho dos pais. Me inspiro para dizer isso através do Reis e da Geni, que conhecendo eles e quase que vizinho deles, eu sempre acompanhei o desenvolvimento do Igor, em todos os sentidos. E eu queria dizer de que me surpreende nos últimos tempos atitudes e comportamento do Igor, alguma coisa que é inspiração, nominando aqui o Igor, inspiração para elogiar a cada um de vocês. Porque nada mais é o DeMolay, do que dar para vocês também um limite acima de qualquer coisa das ações de vocês. Dar a vocês aquilo que é a recompensa para os pais, que tudo aquilo que eles se preocupam na formação de vocês em questão de educação, que é o que vem de casa, mas numa formação de cidadania. Aonde que vocês independente da idade estão aí adquirindo experiências que vão tornar vocês os verdadeiros homens de aprendizado especial. Portanto eu desejo sucesso a cada um de vocês, falei claro o nome do Igor, mas quase que todos esses rostos aqui nos são familiar. Ouvindo e sobrenome no relato dos nomes, quero dizer que se não conhecíamos a vocês, mas sabemos de onde vocês vêm, e daqui para frente, com certeza apoiaremos para onde vocês irão. Parabéns e a nossa bancada é favorável com certeza absoluta. E também dizer de que a temos alguns exemplos, em corporações que fazem com que as pessoas se engajem mesmo quando já estão aí quase em final de carreira. Parabéns Reis, terminando a tua carreira militar eu sei que a tua missão vai seguir pela cidadania também. Parabéns a todos que estão envolvidos neste grande Projeto e o capítulo Farroupilha eu quero dizer que já é conhecido por muita gente, parabéns.

PRES. THIAGO BRUNET: Com a palavra o Vereador Tiago Ilha.

PRES. TIAGO ILHA: Senhor Presidente, colegas Vereadores, colega Vereadora Doutora Eleonora, todas as pessoas que nos acompanham aqui e em casa através dessa transmissão. Nós primeiramente cumprimentando a todas as pessoas que aqui estão presentes, também outros empresários aqui, em especial meu amigo Alencar, por aqui também, a Gi, pessoal do Caminho do Trem, da nossa grande referência de marca na cidade de Farroupilha que é a Malacara do meu amigo Lorenzoni, o Jorge do jornal, Rodrigo também da TV, enfim, as pessoas que nos prestigiam. Nós somos favoráveis sim a essa referência e também gostaria de com a permissão da bancada do MDB, também colocar e subscrever esse referido também Requerimento porque acreditamos que hoje a Ordem DeMolay, não só em Farroupilha, como no Brasil inteiro é uma das Ordens mais organizadas de movimento jovem da sociedade brasileira. Isso traz um trampolim importante, alicerçado na organização e preparando sem dúvida nenhuma esse jovem para ser um grande empreendedor, para ser um grande profissional, para ser acima de tudo um grande ser humano, que tem responsabilidade social, de organização e também do bem estar da sua comunidade. Esses trabalhos que já está estão sendo desenvolvidos aqui na comunidade provam isso e que outros a partir desse momento e sem dúvida nenhuma estão por vir, mostram o compromisso que vocês têm de estar fazendo por Farroupilha. E nós na condição de Vereadores só temos que agradecer o trabalho que vocês fazem, porque eu sempre digo que eu tiro cada vez mais no chapéu a pessoas grupos e organizações que tem ideal, a pessoa que tem ideal, a organização que tem um ideal e que vai lá e luta por aquele ideal, para mim tem meu respeito e minha admiração. Então o nome da bancada do Partido Republicano Brasileiro gostaria de dar os parabéns por esse momento, por essa referência e também colocar o nosso trabalho à disposição no que for preciso para incentivar e apoiar projetos como o que vocês fazem tão bem na cidade de Farroupilha. Era isso Senhor Presidente, muito obrigado.

PRES. THIAGO BRUNET: Coloco em votação então o Requerimento nº 86/2018 formulado pelos Vereadores da bancada do MDB. Aprovado por todos os Senhores Vereadores e subscrito pela bancada da REDE, PRB, PSB, PDT e PP. Muito bem, PT também desculpa. Bom gente gostaria aqui também de deixar a minha fala rapidamente aos jovens DeMolay, acho que todas as instituições nesse momento são importantes, visto que nós passamos por uma crise institucional, que eu sempre digo no Brasil e que essa crise institucional infelizmente levou a uma crise econômica sem precedentes, mas a maior crise nossa é institucional. Eu fui filho de rotariano e dessa forma sempre também fui ativo às causas sociais, participei na época quando também tinha a idade de vocês do Interact e sem dúvida nenhuma isso me deu um crescimento muito grande, são filosofias um pouco diferentes, mas ao mesmo tempo parecidas porque o fim é colaborar com a sociedade. Então tive amigos também que eram DeMolay, que eram do Leos, enfim. E acho que participar na idade de vocês de instituições assim, íntegras e que nos ensinam o bem, só tem a agregar e a fazer com que vocês sejam cidadãos do bem ali na frente. Então parabéns a vocês e nada mais justo a solicitação e o Requerimento da bancada do MDB, parabéns a bancada do MDB também. Com a palavra o Vereador Jorge Cenci.

VER. JORGE CENCI: Senhor Presidente, eu dou uma sugestão, que após o Grande Expediente aqui no intervalo do Grande para o Pequeno, que se faça uma foto oficial com todos e com todos os Vereadores. Uma sugestão que eu deixo para o Senhor.

PRES. THIAGO BRUNET: Então estão convidados já para subir aqui e vamos tirar nesse momento a foto já que se dá por encerrado o Grande Expediente nesse momento. (PAUSA PARA FOTO) Passamos neste momento ao espaço destinado ao Pequeno Expediente; antes de passar ao Pequeno Expediente o Vereador Jorge Cenci quer fazer uma correção.

VER. JORGE CENCI: Senhor Presidente, apenas para fazer uma referência a qual não constava na lista aqui. Quero fazer uma referência ao Leonardo Ludke, que é o Mestre Conselheiro Estadual, que está aqui prestigiando o nosso evento. Bem vindo e obrigado pela sua presença. Também fazer uma correção de um nome aonde foi citado Fabiano Turra, que seja refeito, é Fábio Turra. Obrigado Senhor Presidente.

PRES. THIAGO BRUNET: Bem, nesse momento então passamos ao espaço destinado ao Pequeno Expediente.

 

PEQUENO EXPEDIENTE

 

PRES. THIAGO BRUNET: A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores. Com a palavra o Vereador Alberto Maioli.

VER. ALBERTO MAIOLI: Senhor Presidente, Senhores Vereadores, demais pessoas que estão aqui presentes nesta Casa, uma saudação a todos as pessoas que nos prestigiam nessa noite. Eu, inicialmente, eu tenho aqui um Requerimento da seguinte maneira: “O Vereador signatário, após ouvida a Casa, requer a Vossa Excelência que seja enviado ao órgão competente à troca de lixeira que foi incendiada na Rua da República, 1077 no Bairro do Parque.” Então vejamos bem Senhores, como tem pessoas que vem aqui nesta Casa, se preocupando para fazer o bem, mais uma vez eu quero agradecer a vocês e vejam bem Senhores, como tem pessoas desvirtuadas nesse mundo, queimando patrimônio público e quem paga somos nós, infelizmente. Essa era a minha primeira manifestação, a minha segunda manifestação é sobre duas emendas que veio do Dr. João Derly, que havia nos meios de comunicação, inclusive vieram no meu estabelecimento, dizendo que era mentira que tinha entrado dinheiro nos cofres públicos de Farroupilha. Como tem gente que gosta de falar mentira, de se engrandecer, de falar coisas alheias. Então hoje me certifiquei, realmente aqui nós temos uma emenda que veio de R$ 100.000,00 para fazer custeio no HBSC, mais uma de R$ 400.000,00 que foi por determinação da Maria da Glória Menegotto que também já está dentro dos cofres públicos do município de Farroupilha para prestar serviço ao HBSC. Então isso aqui era apenas para deixar esclarecido que ainda essa semana vieram me fazer interrogação para mim, dizendo que era pura mentira, que não havia tido esse dinheiro aqui do João Derly, que bobagem gente, como é bom, tomara que venha bastante dinheiro para Farroupilha, para poder fazer as coisas que precisa para o município de Farroupilha. Então era apenas isso aí que eu queria deixar registrado nessa noite, que eu fiquei meio indignado porque as pessoas vieram e “é tudo mentira não veio dinheiro nenhum do João Derly” então está aqui o comprovante na minhas mãos e fico muito feliz com isso. Muito obrigado Senhor Presidente e era somente isso.

PRES. THIAGO BRUNET: Colocamos então em votação o Requerimento nº 089/2018, formulado pelo Vereador Alberto Maioli. Os Vereadores que tiverem de acordo permaneçam como estão, encaminhamento de votação Vereador Arielson Arsego.

VER. ARIELSON ARSEGO: Senhor Presidente, colega Vereador, se o Senhor assim permitir, já que a bancada da situação faz uma solicitação para a troca de um contêiner queimado, olhem bem. Vereador da situação tem que fazer Requerimento na Casa para a troca de contêiner queimado, então imagina nós como Vereadores de oposição. Vereador Jorge que fez aí a solicitação de algumas obras, feitas Requerimentos e não foram feitas as solicitações aqui, ou melhor, a solicitação foi feita e não foi feita a obra. Nós gostaríamos se pudesse modificar esse Requerimento e que fosse posto no Requerimento todos os contêineres quebrados, que fossem trocados, que se ampliasse a zona de coleta seletiva através de contêineres na cidade e que também se fizesse a limpeza dos contêineres existentes no Município de Farroupilha. Porque não tem mais condições e eu vou falar aqui todas às vezes o nome ECOFAR, não tem mais condição de ouvir falar dessa empresa e do serviço que ela presta. Então é bom que tenha feito Requerimento, tomara que chegue nos órgãos responsáveis e que seja feito isso, mas que além da troca deste contêiner, seja feito a limpeza dos que tem e o conserto de todos os outros que estão quebrados, inclusive a ampliação da colocação de contêineres no Município de Farroupilha. Obrigado Senhor Presidente.

PRES. THIAGO BRUNET: Coloco em votação então Requerimento número 89/2018 formulado pelo Vereador Alberto Maioli, os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovados por todos os Senhores Vereadores. Com a palavra agora o Vereador Fabiano André Piccoli.

VER. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Obrigado Senhor Presidente. Novamente uma boa noite a todos e a todas, sejam bem-vindos e bem vindas a nossa Câmara Municipal de Vereadores. Uma saudação especial a Ex-vereadora Márcia George, que não se faz mais presente nessa Casa, mas estava acompanhando o seu filho, uma batalhadora; a nossa Secretária de Desenvolvimento Social e Habitação, Maria da Glória Menegotto e ao Clemente Valandro, que todos nós recebemos um convite da família, Clemente Valandro vai ser, será o nosso Agricultor Destaque 2018 e o que eu comentei para o Clemente e compartilho com vocês colegas Vereadores é a hombridade e a simplicidade do Clemente em compartilhar o título com a família, com os outros dois sócios. Não sei se vocês já viram o convite, mas tem o irmão e o sobrinho, porque esse título não é dele. É dele, dos seus sócios e da família. Sabemos que quem trabalha na terra, quem trabalha na agricultura não faz nada sozinho, ou melhor, nunca nós fizemos nada sozinho, mas na agricultura precisa de muitas mãos para cuidar, para lavrar, para colher, então Clemente, parabéns pelo teu gesto de dividir esse título com seus familiares, são poucos que fazem isso. Também é compartilho com os colegas Vereadores, quem não teve a oportunidade de acompanhar o jornal O Farroupilha, na página três o HBSC então publicou um comunicado oficial com a informação agora completa, de todos os Deputados que repassaram da suas emendas parlamentares recursos para o HBSC, para custeio, deixar bem claro, Deputados que repassaram no recursos para custeio para o Hospital São Carlos. Então Carlos Gomes R$ 200.000,00; Heitor Schuch R$ 100.000,00; João Derly R$ 100.000,00; José Otávio Germano R$ 300.000,00; Luís Carlos Heinze R$ 200.000,00; Mauro Pereira R$ 250.000,00 e Pepe Vargas R$ 500.000,00. Então isso é resultado da viagem que nós fizemos à Brasília, então acredito que o hospital já deva ter recebido ou se ainda não, nas próximas semanas deverá estar recebendo esse recurso para custeio; quase 2 milhões de reais para custeio para o hospital. E também Senhor Presidente e agora com muito carinho, eu queria cumprimentar e parabenizar duas meninas farroupilhenses, que levaram o nome de Farroupilha, para o estado do Rio Grande do Sul e que levarão o nome de Farroupilha para o Brasil. São as meninas Ana Laura Cousseau Barbosa e a Ewelly Rottini, que no último final de semana participaram do concurso Mini Miss Universe RS 2018/Versão Disney-Paris, que aconteceu na Sociedade Ginástica Novo Hamburgo. Então essas meninas que nos prestigiam hoje à noite e após o final da Sessão, Senhor Presidente, gostaria que todos os Vereadores pudessem nos acompanhar numa foto, com as duas meninas para ficar registrado. Porque todo mundo que leva o nome da nossa Farroupilha, além-fronteira, precisa receber esse nosso carinho e essas meninas então participaram do concurso com muitas candidatas participando do certame e foram as premiadas, as vencedoras nas categorias mirim e infantojuvenil. Uma saudação muito querida também a minha amiga Gê, Alencar e ao Nando que acompanhou as meninas durante todo o final de semana. Então aqui um pouco da história da Ana e eu peço o espaço de líder de bancada. A Ana Laura então tem oito anos, é filha da Gedoci e do Alencar e representou então Farroupilha juntamente com a Ewelly desse concurso. A Ana então adora desfilar, fotografar, maquiar e, este mundo de miss é o que ela ama, está participando do evento porque é o que ela quer. Ana foi coroada então aqui em Farroupilha, como representante de Farroupilha e participou então no último final de semana do certame regional. Como foi vencedora, agora em outubro vai juntamente com a Ewelly a Campo Grande, Mato Grosso do Sul, participar do Miss Brasil Beleza Fashion. Se porventura forem vencedoras dessa etapa, irão participar da final internacional na Disney. E para participar desse concurso, elas tiveram que passar por uma preparação bastante grande. A Ana, por exemplo, ela fez aula de música, de inglês, de dicção e oratória e de passarela, assim como Ewelly também teve que participar dessa bateria de atividades e preparação para o concurso. Então meninas, muito obrigado por representar a nossa cidade, por levar o nome de Farroupilha a Novo Hamburgo e levar em Novo Hamburgo o nome de Farroupilha para todo estado do RS. Estaremos torcendo por vocês lá em Campo Grande, assim como estávamos torcendo na noite de ontem e sendo atualizado com as informações através da Gê. E que vocês tenham muito sucesso nessa carreira, é uma carreira bastante difícil, mas acima de tudo, que vocês possam aproveitar esses momentos para vocês crescerem, aprenderem coisas novas e se tornarem sempre pessoas melhores. Assim como esses meninos que usam parte do seu tempo para fazer o bem, vocês, nessa carreira também podem aproveitar as oportunidades que vocês tiverem para fazer o bem a outras pessoas. São muitas pessoas nesse mundo que precisam de ajuda e vocês podem também nesse caminho, através da beleza, através da simpatia, fazer ações para beneficiar as outras pessoas. Então Senhor Presidente, eu peço que coloque em votação o Requerimento de nº 90 que diz o seguinte: “O Vereador signatário, após ouvida a Casa, requer a Vossa Excelência que seja enviado ofício de congratulações para as meninas participantes do Mini Miss Universe Rio Grande do Sul versão Disney Paris 2018, realizado na cidade de Novo Hamburgo nos dias 07 e 08 deste mês de julho, Ana Laura Cousseau Barbosa pela conquista do Título de Miss na categoria Mirim e Ewelly Rottini na categoria infantojuvenil.” Então Senhor Presidente, peço que coloque em votação e após eu finalizo.

PRES. THIAGO BRUNET: Coloco em votação então o Requerimento nº 90/2018 formulado pelo Vereador Fabiano André Piccoli. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovados por todos os Senhores Vereadores. Subscrito pela bancada do PRB, PSB, desculpa. Encaminhamento de votação Vereadora Eleonora Broilo.

VER. ELEONORA BROILO: Obrigada Senhor Presidente, eu gostaria de parabenizar o Vereador Fabiano André Piccoli por esse Requerimento, por essa iniciativa; gostaria de parabenizar a Ana Laura e a Ewelly; gostaria de parabenizar os pais que estão aqui presentes, a minha amiga Gê e o Alencar. E dizer que nós estamos orgulhosos e que também estamos torcendo e mais uma vez então estou dizendo que nós votamos favoravelmente e ainda pedimos para, com a permissão, para subscrever. Obrigada.

PRES. THIAGO BRUNET: Coloco em votação. Encaminhamento de votação Vereador Josué Paese Filho.

VER. JOSUÉ PAESE FILHO: Obrigado Senhor Presidente, cumprimentar a imprensa, demais pessoas que já foram citadas no Protocolo e essas duas meninas lindas. Parabéns, parabéns ao Vereador Fabiano por esse Requerimento que elas merecem. E vou sugerir aqui Vereador Fabiano e Senhor Presidente, como é uma noite fria e chuvosa e essa Sessão talvez, não sei até qual horário que vai, talvez entra um debate mais profundo né. Quem sabe nós poderíamos suspender, depois da aprovação do Requerimento, dois minutos bem rápido e já bater a foto com as meninas, depois se elas acham que tem que continuar na Sessão, sem problemas, ou se não estão liberadas, por causa do mal tempo hoje à noite. Uma sugestão. Obrigado e parabéns mais uma vez para as duas meninas aí. Obrigado.

PRES. THIAGO BRUNET: Coloco em votação o Requerimento então nº 90/2018 formulado pelo Vereador Fabiano André Piccoli. Aprovado por todas as bancadas e subscrito por todas as bancadas. Nesse momento então, quebrando o protocolo da Casa, chamo as duas moças bonitas aqui nesta Casa para que a gente possa tirar a foto. (PAUSA PARA FOTO) Com a palavra então o Vereador Fabiano André Piccoli, o qual tem dois minutos da sua sobra de tempo do espaço de líder.

VER. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Obrigado Senhor Presidente, só fazendo uma correção que o Nando nos passou, a final internacional será na Grécia, obrigado Nando e parabéns pelo trabalho de vocês. E falando em levar o nome de Farroupilha, o Alencar para quem não conhece, é proprietário das Botas Malacara, que é conhecida internacionalmente pela qualidade do produto, pela inovação no seu estilo de fazer o produto e é um produto extremamente diferenciado. Então Senhores presentes, saudando a nossa imprensa presente, meu amigo Eder, meu dentista, obrigado pela presença Eder. Era isso Senhor Presidente, muito obrigado.

PRES. THIAGO BRUNET: A palavra à disposição dos Senhores Vereadores. Com a palavra o Vereador Arielson Arsego.

VER. ARIELSON ARSEGO: Senhor Presidente em tempo, eu gostaria de deixar registrado aqui, eu vi que o jornal O Farroupilha na página 3, como o Ver. Fabiano André Piccoli comentou, ele fez a listagem de deputados que mandaram emendas e citou o Dep. Mauro Pereira, com R$250.000,00 para custeio, e este foi do dia 29/06 tá, eu sei que foi falado isto porque foi da viagem feita a Brasília, mas eu gostaria de deixar registrado nos anais da Casa, que no dia 05/10/2017 foram R$250.000,00 também, dia 27/02/2018 foram mais R$600.000,00 e no dia 15/03/2018 mais R$300.000,00, uma soma então de R$1.150.000,00 e mais os R$250.000,00 agora que veio. Então o deputado que, para o município de Farroupilha, ou melhor, para o Hospital São Carlos foi R$1.400.000,00. Mostra o trabalho mesmo não tendo sido, tido o apoio de nem um dos Vereadores dessa Bancada do MDB na eleição passada, tenho a certeza de que trabalhou não pensando somente em eleição, mas também em eleição. Mas trabalhou para o município de Farroupilha e nós devemos salientar de que o Deputado mesmo sendo suplente, que assumiu no lugar do Dep. Marcio Biolchi, fez um belo trabalho para os municípios, principalmente aqui da nossa região. E tomara que tenha que tenha êxito e que continue vindo os recursos que tanto nosso hospital necessita. Depois Senhor Presidente gostaria também de deixar aqui, que no dia, o Requerimento 81 do dia 18 de junho foi feito aqui nesta Casa, parabenizando a estudante Camila Facchi Fachin, e aonde os Vereadores, foi pela Bancada do PT e os Vereadores, inclusive eu, fiz um comentário da seguinte forma: “Senhor Presidente, Senhores Vereadores, para nós uma satisfação podermos inclusive com a permissão do autor do Requerimento subscrever, até porque foi chamada no concurso quando nós estávamos na Prefeitura, e temos a certeza do trabalho que ela desenvolvia”. Porém, no dia em que foi feito o Oficio, eu não sei se este Oficio é de praxe ser feito assim, se for feito assim, acho que deve ser mudado, e se não é assim, este foi feito errado, diz o seguinte: Honra nos cumprimentar com o apreço tal, vou resumir aqui, de autoria do Ver. Fabiano André Piccoli, da Bancada do PT, parabeniza a estudante Camila Facchi Fachin, como vencedora da 8° edição do Prêmio de Arquitetura e, tal, tal. E não tem a sub inscrição que, não me lembro agora se teve mais Vereadores, que sub escreveram, mas, a Bancada do PMDB sub escreve, PP sub escreve, PDT, PRB, PSB, REDE, então sub inscritos por todas as Bancadas, mas no Requerimento não foi, não sei se é de praxe ou não, mas nós gostaríamos que, quando for feito assim saia o nome de sub inscrição das Bancadas.

PRES.THIAGO BRUNET: A gente vai verificar depois, se ocorreu foi uma falha da Presidência, mas a gente arruma.

VER. ARIELSON ARSEGO: Nada que não possa ser corrigido, tranquilo. Outra questão que nós estávamos vendo no Diário Oficial do Município de Farroupilha, são vários né do Diário Oficial, mas tem alguns que ainda nós não vamos fazer comentário. Mas um Diário Oficial nos chamou a atenção, inegibilidade de se fazer aqui uma, uma seleção, ou melhor, fazer uma licitação e se contratou duas, duas Universidades, ou contratação da UNINTER, e também a contratação da UNEIDE Educacional. Bom na verdade aqui Senhor Presidente, o que nos chamou a atenção foi que, são dois, duas funcionárias e vão dar um Curso de Pós Graduação. Bom, curso de Pós-graduação no nosso modo de ver deveria ser para funcionário concursado, no entanto aqui é um CC e gostaríamos que o líder da Bancada do PDT levasse essa nossa preocupação ao Executivo, para ver se realmente vai ser feito isso. Porque eu não lembro de ter passado na Câmara uma autorização para que uma CC fizesse um Curso de Pós-graduação. Todos nós sabemos que CC, logo ali na frente ou terminou o curso de Pós-graduação ou nem conseguirá terminar o curso de Pós Graduação, já pode estar fora da Prefeitura. E a Prefeitura pagar curso de Pós-graduação, acho que é não está certo né, e se for para funcionária concursada, for do ramo dela, vier a trazer algo de benefício para o Município, ainda vai. Agora caso contrário, se é o outro acho que deve ser visto, e se o Prefeito não sabe, talvez fique sabendo e não faça essa contratação de uma empresa para dar Pós-graduação a um CC. Obrigado Senhor Presidente.

PRES.THIAGO BRUNET: Com a palavra o Ver. Josué Paese Filho.

VER. JOSUÉ PAESE FILHO: Obrigado Senhor Presidente. Primeiro eu vou entrar no assunto do IPTU aqui, que essa pessoa inclusive me autorizou a citar o nome dele, mas eu, uma questão de coerência até nem vou fazer o nome dele tá, é lá no Bairro Alvorada. Ele tem uma casa, onde ele mora, ele tem uma casa onde ele mora na Rua Manoel Pasqual, ele recebeu 3 carnês; a casa que ele mora, mais uma casa nos fundos, e mais uma casa na frente. Quando chegou o IPTU na casa dele, ele foi na Prefeitura pedir uma reivindicação, rever a situação, foram duas vezes lá, pediram para ele não pagar nada que estavam vendo qual era o equívoco que houve, qual era o erro que ouve, ficaram de avisar ele, dois meses depois ninguém avisou. Ele voltou à semana passada, na 5ª feira se eu não me engano, na Prefeitura e disse, “olha eu quero saber a minha solução?” Aí entregaram para ele uma cópia, que está aqui tudo bem escrito, do Poder Público, aonde que diz: “informamos ter ocorrido um equívoco no lançamento tal, tal”, daquela frente da casa e nos fundos, mas pediram para ele não pagar nada. Resultado, ele me mostrou os carnês passados, sempre pagou o IPTU a vista, então foi acertar o IPTU, com multa, e não conseguiu pagar no preço a vista no caso. Então ele está pagando parcelado, está aqui já às contas que ele pagou, e ainda ele me disse Kiko, diz ele é pouca coisa é 20,30 reais, mas quantos desses não aconteceu, e quantos, estou falando as palavras dele, não é do Vereador que está dizendo Tadeu, palavras dele. Quantos moradores que receberam o carnê, que aconteceu isso e tiveram que pagar, e quanto a Prefeitura recolheu acima, além do seu IPTU já muito cara. Então só para deixar registrado, ele pediu para mim, inclusive ele disse, por favor, cita meu nome, mas eu por uma questão, não vou citar o nome dele tá, mas é na Rua Manoel Pasqual, lá no Bairro Industrial. Aí, aí ele foi lá então na semana passada, reclamou e disse, mas pera aí; por que que não me avisaram que era para pagar então? Pelo menos aquele que era mil real, diz a guria, eu não tenho, a menina lá ou quem atendeu ele, não tem mais o que fazer, agora o Senhor tem que pagar parcelado e com a multa. Então ele tá muito indignado com essa situação; então vou deixar registrado isso a pedido do morador, está aqui, se alguém quiser saber o nome dele depois, tá aqui ele me pediu para autorizar, mas eu não vou deixar colocar o nome dele no, tá aqui os três carnes, então aquele dos fundos e da frente foi anulado, ele só está pagando então o dele que só tem uma casa no terreno dele. E segundo ele, essa frente e os fundos é de um vizinho dele, aí eu não sei o que aconteceu com esse vizinho dele, se não foi para o vizinho dele ou não foi, é uma questão do Executivo. Outro, outro assunto que eu ouvi falar muito a semana passada, inclusive eu vi a Secretária Maria da Glória Menegotto, ela estava aqui presente, não sei se ela já se, se retirou aqui da Câmara, vi uma entrevista dela hoje de manhã, como vi outras. E agora vou falar desse assunto, por que eu vi o Ver. Fabiano André Piccoli novamente, o Vereador Fabiano repetir o número das emendas que veio os valores, e uma pessoa me disse hoje de manhã, tomando chimarrão: “mas Kiko, isso aí virou um concurso de beleza, para quem mandou mais dinheiro, quem mandou menos, quem buscou”. Eu me lembro que falavam, que os Vereadores falavam, que era uma bandeira para o HBSC, digo mas é isso aí; sim mas para que toda essa briga então? Então está tendo algum equívoco, algum erro novamente, então agora dentro do Hospital São Carlos, as pessoas que cuidam dessa parte. Porque, a Maria da Gloria Menegotto hoje de manhã, Ver. Maria da Glória Menegotto, hoje Secretária, diz que tem quinhentos mil, cem o Ver. Alberto Maioli falou, está aí os papel, agora continua dizendo que tem cem, eu não vou falar do meu partido quanto veio, vou deixar, eu vou deixar, eu vou deixar para o Ver. Tadeu Salib dos Santos, depois se ele quiser falar sobre esse assunto, por que é ele que ficou mais encarregado, vamos dizer no nosso partido, em cima dessas emendas, dessas emendas entende. Mas isso aí fica até uma coisa, muito estranha Raul, aí na, na Sociedade entende, aí o pessoal começa a não acreditar, eu acho que não veio nada, eu acho que veio, acho que não veio entende. Por que um diz uma coisa, amanhã vai outro e diz outra entrevista, vai o outro e diz outra, aí vai alguém e lê lá um, um Documento Oficial que, que a rádio conseguiu lá do Hospital São Carlos e agora a Vereadora Maria da Glória Menegotto, hoje de manhã fala novamente, para finalizar Senhor Presidente, que realmente veio quinhentos mil do Deputado João Derly. Então eu até, eu até fico em dúvida, se veio ou não veio, acredito em quem? Acredito em quem?  Obrigado Senhor Presidente.

PRES. THIAGO BRUNET: A palavra à disposição dos Senhores Vereadores. Com a palavra o Ver. Fabiano André Piccoli, espaço de líder de governo.

VER. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Obrigado Senhor Vereador. Ver. Josué Paese Filho em relação a essa questão do IPTU, primeiro: Não poderia acontecer um erro desses, um erro de ir três carnês de IPTU. Se houver três casas, aí sim, pode haver três carnês de IPTU, agora se no terreno só tem uma edificação, bom é um erro grotesco que deveria ter sido sanado o mais breve possível. Mas uma orientação que você pode dar para esse contribuinte e que fica uma orientação geral, sempre fazer essas reclamações por protocolo. Por que por protocolo agora, com a data retroativa anterior ao vencimento da parcela com pagamento com o desconto, com pagamentos com parcela única poderia sim, solicitar que fosse pago com o valor da parcela única com o desconto. Agora sem o protocolo, um, o poder público, uma administração pública, fica difícil você conseguir justificar, ahh foi o fulano que disse; mas para a administração pública, o fulano não existe, existe um protocolo, existe um pedido formal. Então que fique assim como orientação macro, que até a gente pode dar nesses casos, não pode acontecer o erro, mas se acontecer que seja feito de forma formal. Eu deixei com o líder da Bancada do PP, o Ver. Tadeu Salib dos Santos, o líder da Bancada do PMDB o Ver. Arielson Arsego, um, uma minuta que o governo passou para o nosso líder hoje à tarde, para os colegas Vereadores em relação ao PL de Incentivos Fiscais, que está em tramitação. Então nós convidaríamos a todos, se amanhã às 17h pudéssemos se encontrar, para dar uma analisada nessa minuta, já tem alguns erros que eu já apontei, para o chefe de gabinete, que não, não estão de acordo, e tem alguns outros que nós podemos debater. Então se os senhores puderem dar uma lida previa, para que amanhã a gente possa fazer uma, um debate bem, bem focado, do jeito que está não tem a minha aprovação, já deixo registrado. Porque tem que mudar, e mudar muito, mas que a gente possa começar uma análise em relação a este documento, que deverá ser anexado ao PL. Em relação, também Ver. Josué Paese Filho, a emenda do Dep. João Derly, eu acredito que esse recurso tenha vindo sim, porque o João Derly é um deputado que ele cumpre as suas promessas, mas eu acredito e não tenho a certeza de que tenha vindo para custeio para o hospital. Porque lá quando o Deputado destina no orçamento a emenda, ela pode ser para custeio, que é o ‘teto MAC’ que eles chamam, ou para capital. Se veio para capital ou mesmo para custeio para as Unidades Básicas, não vai estar na lista do hospital. Tem outros, alguns deputados inclusive o Dep. Carlos Gomes se eu não me engano mandou esse ano, ou ano passado o recurso para, Dep. Alceu Moreira, para custeio das Unidades Básicas, da atenção básica. Então talvez não vai estar na lista do hospital por causa disso, inclusive se nós olharmos atentamente ao jornal, as três, os três últimos deputados Afonso Motta, Henrique Fontana e José Fogaça, também enviaram emendas, só que é para a Capital, que é para compra de, compra de equipamentos para o hospital. Não está creditado ainda porque as Emendas de Capital elas demoram mais para vim do que as de custeio. Então eu acredito que, essa, esse desencontro de informações esteja justamente nisso, talvez seja para custeio não do hospital, mas da atenção básica. Mas isso é fácil, só ir lá na Secretaria de Saúde buscar informação que nós podemos esclarecer. E se for para o HBSC nós vamos botar aqui na nossa lista, que é mérito do Ver. Alberto Maioli então e da Vereadora, da Secretária Maria da Glória Menegotto, junto ao Dep. João Derly, por trazer esse recurso para o nosso HBSC que tanto precisa. Então era isso Senhor Presidente. Acredito que por hoje eu usei todos os meus espaços.

PRES. THIAGO BRUNET: A palavra à disposição dos Senhores Vereadores. Com a palavra o Ver. Tadeu Salib dos Santos.

VER. TADEU SALIB DOS SANTOS: Senhor Presidente, Senhores Vereadores, Ver. Eleonora Broilo, todos que permanecem aqui conosco ainda. Quero saudar também o Jorge, do Jornal O Farroupilha, que tem o seu assento fixo aqui na Câmara, está aqui conosco praticamente em todas as sessões. As questões das verbas por emenda Senhor Presidente, está, está realmente gerando até alguns conflitos de opinião. Por que as pessoas estão dizendo algumas coisas, primeiro ou por desinformação e quem deveria dar a informação correta, fazer esse, esse casamento entre duas partes seria HBSC que é o interessado em receber essas verbas, Prefeitura Municipal que vem de fundo a fundo, também algumas informações estão atravessadas. A questão que, para custeio se ele não vier de fundo a fundo, não há possibilidade da transferência desse dinheiro, o município se comprometeu, se comprometeu na nossa ida e quando lá estávamos de que, o que depender do Poder Público, podem fazer porque o Poder Público o fará. Semana passada nós tivemos uma informação, Dep. Gerônimo Goergen também teria mais um valor de R$100.000,00 que ele teria passado para custeio, ele não aparece em lugar nenhum; o HBSC não sabe informar. Ele inclusive em uma entrevista, em uma entrevista, numa emissora de rádio aqui da nossa cidade, ele confirmou também este valor né. E ele não está aparecendo. Me parece ainda a esclarecer isso, eu não quero fazer, nem um comentário prematuro, mas, mas eu acho que ainda, apesar de todo o esforço, independente de partidos, independente de partidos, há sem dúvida alguma a questão de não simpatia, de quem dirige o Hospital São Carlos hoje. Estamos falando na questão de quem está dirigindo, aí não entra voluntárias, aí não entra, então que as pessoas não usem isso para continuar querendo mudar as verdades e colocar alguma coisa que não seja a verdade; e o Poder Público em contra partida, que também não é simpático a quem está na direção do hospital hoje ou na gerencia do hospital. Então eu acho que o diálogo entre instituição e Poder Público, ele está com algumas interrogações, consequentemente trazendo para nós a responsabilidade de algumas coisas que poderiam estar muito claras se os interesses fossem os mesmos. Então o que eu quero dizer aos Senhores que, a partir de amanhã faremos e a Renata está aqui, assessora da nossa Bancada, e nós estamos insistindo, Renata temos que buscar informações com a Sandra, por que falamos com deputados, falamos com assessores de deputados e todos eles confirmando. Sabemos de alguns atrasos, de uma emenda, por exemplo, era para ter vindo como custeio, quando a emenda chegou em Farroupilha não era para custeio. Dito isto pelo Poder Público Municipal retornou-se para o Gabinete da Senadora e os Senhores sabem da dificuldade para desfazer uma emenda, e refazer de novo o empenho dessa emenda; isso tudo foi feito, está no Gabinete da Senadora, deverá estar chegando por esses dias também ao Hospital São Carlos, tamanho foi o esforço para, que isso viesse para custeio que é a maior necessidade, ou seja, dinheiro para o hospital e não autorização para compra de equipamentos. Então a partir de amanhã estaremos dando sequência ao nosso trabalho Senhor Presidente, de buscar as informações seja no Executivo, seja no HBSC, mas o que passarmos para a imprensa esperamos, é claro, não passar equívocos. Informação de verba de 100 mil, verba de 500 mil e documentalmente está aqui o valor, não é R$ 500.000,00 é R$100.000,00. Então eu acho que a comunidade tem esse direito de saber, o que é verdade, não o que é manchete, me perdoe Jorge, sei que não estás incluso nisso, não é manchete apenas para a imprensa explorar, faremos isso o quanto antes.

PRES. THIAGO BRUNET: Com a palavra o Ver. José Mário Bellaver.

VER. JOSÉ MARIO BELLAVER: Senhor Presidente, colegas Vereadores, uma saudação a toda a plateia que está na Câmara nesta noite; um cumprimento especial ao Sargento Reis pelo trabalho prestado a Corporação do Corpo de Bombeiros e continuando com esses jovens, cumprimentos a todos. Quero saudar os funcionários da Casa, o Jorge do Jornal Farroupilha e os demais que nos assistem nessa noite. Nessa linha de emendas, eu quero, já que veio a tona nesta noite, eu tenho uma emenda que a Bancada fez o pedido ao Dep. Alceu Moreira, que veio há uns 30 dias atrás já, na Secretaria da Saúde, como Fundo Municipal de Saúde de Farroupilha. Aonde que diz recursos de custeios, uma emenda parlamentar para pagamento de consultas, exames, materiais de consumo, entre outros. Então é bem provável que nós, a princípio nós tínhamos feito um pedido dessa emenda para o HBSC e não sei por que, cargas d’agua, que veio para a Secretária de Saúde, mas importante que veio para a saúde R$ 190 mil já fazem uns 35 dias que, inclusive eu e o colega Ver. Jorge Cenci, estivemos na Secretaria confirmando com a Secretária e ela disse que sim, “já veio esses recursos e estão sendo aproveitados para a população de Farroupilha”. Então o importante mesmo que veio. Ahhh, às vezes dá esses transtornos e realmente para reconduzir essas emendas quando volta se torna bastante complicado, mas importante é que essa emenda chegou a Secretaria e fizeram um bom uso para, para a população de Farroupilha. Primeiro eu gostaria Senhor Presidente de ceder um aparte ao Ver. Fabiano André Piccoli e após o Ver. Arielson Arsego.

PRES. THIAGO BRUNET: Aparte Ver. Fabiano André Piccoli.

VER. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Obrigado Ver. José Mario Bellaver. E só para completar, acredito que na mesma portaria que saiu esses R$ 190 mil do Dep. Alceu Moreira, eu recebi informação agora, vieram esses R$ 400 mil do Dep. João Derly e tem R$ 250 mil do Stédile e Ver. Tadeu Salib dos Santos tem R$136.090,00 do Gerônimo, mas o do Gerônimo veio para equipamento e do Alceu, do João Derly e do Stédile para atenção básica. Como o Senhor falou então esse recurso do João Derly e do Stédile está na atenção básica, que tem que ser usada na atenção básica, leia-se os Postos de Saúde. Obrigado Vereador.

VER. JOSÉ MÁRIO BELLAVER: Obrigado colega Fabiano e engrandece a discussão nesta noite, mas importante mesmo Senhor Presidente, que está em Farroupilha para poder atender a população com mais rapidez e que os recursos, é dessa forma que nós temos que buscar recursos para o nosso município. Então com R$ 190 mil, mais R$ 400, mais R$ 100 mil de outro deputado, do Stédile, com certeza a Secretaria fará um bom trabalho em atender a população de Farroupilha. Senhor Presidente um aparte ao Ver. Arielson Arsego.

PRES. THIAGO BRUNET: Um aparte Ver. Arielson Arsego.

VER. ARIELSON ARSEGO: Ver. José Mario Bellaver obrigado pelo aparte. Só dizer que, se o Município assim desejar ele pode pegar esses valores, que ele não vai precisar aportar para o Pró Saúde, que é o que coordena os Postos de Saúde; pega esse dinheiro que está vindo para o Município, que veio de emendas parlamentares, que é a intenção era chegar ao HBSC, faz a soma desses valores, aproximadamente aí R$ 1.000.000,00, pega esse valor e repassa para o Hospital São Carlos. Por que ele está recebendo já esses valores de emendas para usar nos Postos de Saúde, se não tivesse vindo essas emendas que eram a intenção de chegar ao Hospital, ele não teria esse dinheiro para fazer a atividade básica, nas Unidades Básicas de Saúde, ele teria que usar o dinheiro dos cofres do município. Então eu acho que dá para levar a sugestão de que estas verbas que entraram através dos Deputados passem para o HBSC e use os recursos do Município para os Postos de Saúde. Mas aonde eu quero chegar Ver. Josué Paese Filho é exatamente essas informações, imagina se o Ver. José Mario Bellaver tivesse ligado para a rádio dizendo: “não, mas têm mais R$190, R$200 mil do Deputado tal”, aí liga lá do, do Stédile, o Ver. Sandro Trevisan, “olha tem mais lá tantos mil reais do meu Deputado”. Vocês imaginam se nós estamos nessa dúvida toda, o que está à comunidade de Farroupilha. Então é urgente, faz um levantamento, diz o que veio para o município, o que veio para o hospital e repassa isso oficialmente para acabar com esse veio aqui, veio lá, veio, eu falei primeiro.

PRES. THIAGO BRUNET: Com a palavra Ver. José Mario Bellaver.

VER. ARIELSON ARSEGO: A desculpa.

VER. JOSÉ MARIO BELLAVER: Obrigado Vereador Arielson Arsego, justamente nesse pensamento que nós gostaríamos; realmente o que veio para o Hospital, o que veio para a Secretaria da Saúde, mas,

PRES. THIAGO BRUNET: Espaço de líder vereador.

VER. JOSE MARIO BELLAVER: Só para encerrar Senhor Presidente. Mas o importante é que essas emendas realmente cheguem ao nosso município e que possa ser a população, ser atendida com, com urgência. Há casos que, graves que necessitam de exames, de atendimento, que sejam atendidas essas pessoas. Era isso Senhor Presidente, obrigado.

PRES.THIAGO BRUNET: Com a palavra o Ver. Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Presidente gostaria de trazer como ficou (inaudível) já nesta Casa, não ia falar, mas vou falar. Primeiro que toda vez que nós vamos, nós vamos em busca de uma emenda parlamentar é o nosso dever saber como funciona as emendas parlamentares. Primeiro a gente tem que fazer o estudo de casa, se a gente não sabe temos que estudar, vamos lá estudamos como é que funciona. E entendemos a diferença de uma emenda de custeio, de uma emenda que vem para custeio da Saúde Básica que leia-se Postos de Saúde, de uma emenda que vem para custeio do hospital, e equipamentos compra e aquisição. Primeiro nós temos que entender de emendas, saber o que nós estamos buscando, para depois nós irmos atrás das emendas. Claro que quando você chega no gabinete do Deputado e o Deputado diz: “olha eu não tenho emenda para custeio para o hospital, eu tenho uma emenda para a UBS, Saúde Básica”. Bom, pois bem, então você vai fazer essa construção com o Deputado para que venha para a UBS e aí também vai servir para a população, vai servir para o custeio básico de saúde, para os nossos postos de saúde que também precisam. Mas quando você tem direcionado o trabalho, eu quero direcionar o trabalho e buscar o recurso para o hospital, eu tenho que buscar nas duas modalidades que é possível se buscar para o hospital, que são: emenda para custeio e emenda para compra de equipamentos e investimentos. Quando nós conseguimos fazer essa diferença de como buscar as emendas, aí não dá tanta confusão na hora de dar distribuição. Uma coisa que é difícil fazer a comunidade entender, ‘ah o Deputado queria mandar o suco de limão, mas era de tamarindo, mas tem gosto de groselha’; não dá, fica tudo muito tumultuado. Quero trazer recurso para o HBSC, então eu trago para custeio, vou servir para algo que, o que que é custeio? Pagar o dia a dia do hospital. Quero para comprar equipamentos, compra de equipamentos. Claro que, por exemplo, se o Deputado disser: “só tenho a emenda para Saúde Básica”, beleza, não tem como dizer que não. Saúde Básica também precisa e é importante que os Postos de Saúde sejam bem equipados e que também tenham um custeio para oferecer um serviço melhor para o cidadão. E tem uma outra ferramenta que ajuda que é, que não fique este disque me disque, que é o Diário Oficial da União. Existe, ele está lá, há poucos dias atrás, acho que foi no dia 30 do mês de junho ou dia 27/28 do mês de junho, estava lá no Diário Oficial da União, aonde que a União oficialmente diz, oh está lá no fundo do municipal da saúde o dinheiro tal, tal e tal. Por sua vez o Fundo Municipal de Saúde, que é a Saúde Plena, repassa esses recursos para o hospital, mas isso não quer dizer que a emenda que veio para a compra de equipamentos, que é a emenda que veio para ajudar os Postos de Saúde. Por exemplo, o meu Deputado, eu não contabilizei R$ 400 mil para o hospital, por quê? Porque R$ 200 mil eram para custeio do hospital, que já está no hospital, e R$ 200 mil eram para custeio da Saúde Básica, que estão nos postos. Então eu não posso nem dizer que a Emenda dos R$ 400.000,00 foram para o hospital, como também não posso dizer que os R$ 400.000,00 somados foram para os postos. O que eu posso dizer é a verdade do que é, R$ 200 mil foram para custeio e estão no hospital, R$ 200 mil é para os Postos de Saúde, estão nos Postos de Saúde, simples assim. Obrigado, ahh vou ceder um aparte ao Ver. Tadeu Salib dos Santos que me pediu.

PRES. THIAGO BRUNET: Um aparte Ver. Tadeu Salib dos Santos.

VER. TADEU SALIB DOS SANTOS: Obrigado Senhor Presidente, obrigado Ver. Tiago Ilha pelo aparte. O que eu queria dizer é de que, na nossa caminhada aonde vossa excelência estava  conosco e acompanhou inclusive as solicitações, o Senhor deve lembrar de que, nós todos pedimos para custeio, todos os Vereadores que foram a Brasília pediram para custeio, não para a compra de equipamentos. Esse era o nosso discurso, custeio do hospital. Quanto à questão de estar no Diário Oficial, no Diário Oficial já está oficializado, ou equipamento ou custeio que é dinheiro. E a diferença que nós fazíamos qual era? Custeio é dinheiro, equipamento não. Vem verba para a compra de equipamento que é um outro processo e que para o hospital no momento não interessava. Então isto estava bem claro, obrigado pelo aparte.

VER. TIAGO ILHA: O aparte contribuiu Ver. Tadeu Salib dos Santos. Exatamente essa construção que o Deputado né, o gabinete do Deputado, na hora de destinar escolheu né. Como foi essa escolha? Aí o gabinete que tem que posicionar ou se daqui a pouco só teve aquele caminho, mas é, é como o Ver. Tadeu Salib dos Santos falou, nós estivemos pedindo para custeio. O Deputado mandou para outra finalidade também dentro da mesma área, talvez foi o que ele conseguiu alcançar, não sei qual a explicação. Mas essa diferença bem pontuada, que eu também pontuei na minha fala é: custeio é custeio, compra de equipamento é compra de equipamento, mas um não anula o outro e todos só acabam colaborando. Era isso.

PRES.THIAGO BRUNET: Com a palavra Ver. Aldir Toffanin.

VER. ALDIR TOFFANIN: Senhor Presidente, Senhores Vereadores. Quero cumprimentar o Jorge que não cumprimentei anteriormente, o Gilberto também nos acompanha esta noite e os demais que nos acompanham até essa hora. Ver. Jorge Cenci eu quero aqui me comprometer inclusive de ver, o porquê que não foi feito esses serviços dos seus Requerimentos aí. Recordo na data que o Senhor fez isso aí e já devia ter sido feito, ao menos uma explicação o porquê não foi feito. Então fica aqui meu comprometimento de verificar o porquê não foi feito e trazer numa próxima sessão. Espero já trazer a notícia que serviço feito né, mas o menos o porquê não foi feito. Me referindo a Requerimento, na semana passada que tive que me ausentar por problemas de saúde, teve um Requerimento da Bancada do PP, que eu não quero fazer injustiça, foi o Ver. Tadeu Salib dos Santos, Ver. Josué Paese Filho. Hoje também acompanhei o Cesar até aquele local lá para mostrar, já que é um local de difícil, o endereço para ele, então acompanhei ele, verificamos os postes marcados, assim que o tempo melhorar vai ser resolvido o problema lá. Vereador Arielson Arsego quero dizer para o Senhor que eu realmente não sabia desta Pós-graduação para um CC, também não concordo com isso aí e vamos verificar amanhã o que que está acontecendo também né tchê; por quê?. Vamos verificar que acho, acho que isso aí cabe, cabe muito bem quando se trata de um funcionário concursado né, é mais um funcionário concursado que vai ficar na Casa por muitos anos. Então vamos verificar isso aí. Quanto ao IPTU Ver. Josué Paese Filho, eu estava lá na oportunidade onde a esposa desse Senhor esteve reclamando do problema lá né, é não foi bem assim, não paga nada, deixa assim, mas essa foi a informação que o Senhor recebeu né. Foi um erro lamentável, que eu achei que já estava corrigido isso aí, como também é um erro lamentável, a data do vencimento dos IPTU. Dia 07 muita gente não recebeu, preocupado com essa situação, acompanhado hoje de tarde do Ver. Sandro Trevisan e do Ver. Odair Sobierai, tivemos conversando com o Seu Prefeito Municipal, o qual vai baixar um Decreto para que as próximas parcelas; acredito que ainda mais três parcelas, tenham vencimento todas elas para o dia 10 de cada mês. Então é um cuidado até que, até hoje na conversa com o Prefeito eu, o Ver. Sandro Trevisan e o Ver. Odair Sobierai, para que o próximo ano não tenha esse tipo de, de equivoco aí. Lhe cedo um aparte sim Vereadora.

PRES.THIAGO BRUNET: Aparte Ver. Eleonora Broilo.

VER. ELEONORA BROILO: Obrigado pelo aparte Ver. Aldir Toffanin. Eu, eu conversava exatamente sobre isso na, na Bancada mais cedo. Por que eu também recebi no consultório algumas reclamações hoje de famílias que moram no Cinquentenário e no América exatamente sobre a data do vencimento. Porque eles não receberam o salário até o dia 06 e, quando foram pagar hoje a parcela do IPTU pagaram com multa. Pessoas que ganham pouco e que quando foram pagar tinha R$15,00 de multa, de juro, desculpa, juro por dois dias. E eu comentava justamente na Bancada que eu falaria sobre isso, então eu aproveitei que o senhor está falando para colocar que também recebi reclamações. Obrigado.

VER. ALDIR TOFFANIN: Obrigado pelo aparte Vereadora. É realmente é um problema que esperamos, cobramos hoje o Senhor Prefeito e o bom senso do Prefeito imediatamente pediu para que seja feito esse decreto, no qual infelizmente essa parcela agora não tem mais o que fazer. Mas que as próximas três agora tenha um vencimento para dia 10 de cada mês. Era isso Senhor Presidente, muito obrigado. Um aparte para o Ver. Fabiano André Piccoli e depois para o Ver. Tiago Ilha.

PRES.THIAGO BRUNET: Um aparte Ver. Fabiano André Piccoli. Acabou o tempo.

VER. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Só para completar a informações então, em relação às emendas no dia 16 de maio, elas foram publicadas no Diário Oficial, nas pag. 58 e 59 e no dia 25 de junho ouve o pagamento. Então conforme o Ver. Tiago Ilha estava falando, sai publicado no Diário Oficial e depois tem um tempo até o, a transferência do recurso. Obrigado Ver. Aldir Toffanin.

PRES. THIAGO BRUNET: Com a palavra, espaço de líder Ver. Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Bom eu ocupo o espaço de líder Senhor Presidente e caro colega para trazer uma noticia, até bem importante também nesse tema, falando em saúde, para a nossa cidade de Farroupilha, para as pessoas que nos acompanham. Hoje eu fui chamado pelo nosso Prefeito Municipal, o Dr. Claiton Gonçalves, que nos chamou para uma conversa, até por nós estarmos neste momento presidindo a Comissão de Saúde desta Casa. Agora no finalzinho da tarde, para nos dar, para trazer já este tema para começar a ser dialogado aqui na Casa Legislativa, que está com quase que tudo acertado ou bem encaminhado né, dentro do Executivo Municipal para que a UPA, o prédio da UPA possa ter uma utilidade, e ser efetivamente um local de atender a saúde do cidadão farroupilhense. E até, e até já tenho até um nome sugestivo para a atividade, de Hospital do Amor da Serra Gaúcha. E esse nome sugestivo, quando entendi o projeto, vem bem do encontro de trazer um braço do Hospital do Câncer de Barretos, que é uma referência nacional e que até internacional o Hospital do Câncer de Barretos, e aproveitar a estrutura que tem a UPA, para quem sabe buscarmos logo aí adiante e trazermos um Hospital do Amor da Serra Gaúcha, que vai através de muitas ações, referentes a pessoas que tem problemas de câncer, ser tratada em toda a nossa região e atender os municípios da região. Então me senti muito feliz com essa fala que o Prefeito pediu que eu dividisse, não só com os meus colegas da Comissão de Saúde, mas também com todos os Vereadores dessa Casa, para que nos próximos dias, talvez meses, nós vamos estar apresentando aqui na Tribuna, vamos levar primeiramente lá para a nossa Comissão de Saúde, quem sabe vamos juntos ajudar a construir essa novidade que está se encaminhando. Não teve naquele momento como oficializar a abertura da UPA, porém tem esse caminho novo de trazer um Hospital referência, um braço do Hospital do Câncer lá de Barretos, que já é um sucesso e que é uma referência nacional, para a cidade de Farroupilha, Dr. Thiago e atender também toda a região da Serra Gaúcha. Então é uma notícia bem interessante, bem importante e que o nosso Prefeito pediu que a gente já começasse a trazer esse assunto para ser dialogado aqui. Por que eu acho que é de comum, pelo outras manifestações nesta Casa, de que nós temos que urgentemente ocuparmos a UPA e ter lá uma atividade diretamente de saúde que beneficie o cidadão. Então até foi tema há alguns dias atrás me lembro, naquele, na reportagem lá do Jornal Nacional, uma farroupilhense disse que ela gostaria de ver o Brasil que ela pensava era de ver a UPA de Farroupilha funcionando. Talvez não vai funcionar como UPA, por várias questões, mas talvez possa funcionar como nome sugestivo que eu adorei chama Hospital do Amor da Serra Gaúcha, nome provisório, que vai semear e plantar e semear o amor através de pessoas que lutam para viver através desse mal que toma a comunidade de uma forma que é o câncer. E que se trouxer Ver. Tadeu Salib dos Santos um pouquinho da expertise e da experiência bem sucedida lá em Barretos, tenho certeza que tem tudo para funcionar aqui em Farroupilha. Para ter uma ideia um desses gestores que esteve na cidade hoje, teve que voltar às pressas por que ele é um dos grandes responsáveis pelas principais cirurgias do Hospital do Câncer de Barretos, que recebe hoje diversos investimentos de várias pessoas a nível internacional, inclusive porque é referência no que faz. E quando eu recebi essa noticia fiquei empolgado, esperamos que essa conversa que agora está muito em embrião ainda, muito inicial, mas que fui autorizado pelo Prefeito a dividir, compartilhar com vocês, possa efetivamente virar realidade nos próximos dias e a gente celebrar com a comunidade. Era isso Senhor Presidente, muito obrigado.

PRES. THIAGO BRUNET: Com a palavra o Ver. Sandro Trevisan.

VER. SANDRO TREVISAN: Obrigado Senhor Presidente. Bom gostaria de reforçar então a, o que o nosso líder de governo o Ver. Aldir Toffanin acabou de falar, de que estávamos lá hoje no gabinete junto com o Prefeito, com o Procurador, com o Adamoli, chefe do gabinete, o Ver. Odair Sobierai, e daí nesse momento a gente conversou sim, Ver. Eleonora Broilo com o Prefeito. E naquela ocasião, fazendo um comentário sobre essa data, que é dois três dias a mais e vencimento dia 10, e que o ano que vem que se faça o vencimento dia 10. Por que as pessoas, nem todas elas recebem, e se recebem tem que ir na data do quinto dia útil, tem que sair correndo e já pegar esse dinheiro, depositar essa diferença de um ou dois dias, não é tão significativa para o município. Mas às vezes faz a diferença para as pessoas né, foi o comentário que a gente fez lá e vamos ver se de repente nos ouvem. Outra coisa, eu gostaria de falar sobre esse monte de emendas, esse, esse monte de emendas que vocês ouviram falar a respeito das emendas são dinheiro que os deputados mandam dinheiro de vocês, dinheiro nosso. Faz uma propaganda e barulho, e bota no jornal, que o deputado mandou, que outro deputado mandou, que esse ajudou, que fez isso, que esse fez aquilo, dinheiro nosso, dinheiro que vocês que estão aí pagando, toda a população paga. E o que que o Deputado tem? E o que que o Deputado faz? Ele manda, vou mandar para lá, vou mandar para lá, para fazer política. Então assim oh, eu quero dizer para vocês assim que de repente uma sugestão, por que os DeMolay, eu conheço o trabalho DeMolay, quem sabe fazer uma pesquisa legal, por que vocês são formadores de opiniões. Quem sabe vocês se dediquem um tempinho agora por que logo, logo vamos ter uma eleição, eu sei que vocês falam muito sobre política, mas quem sabe uma pesquisa funda, bem profunda, bem séria sobre o assunto. Que de forma alguma é perda de tempo né, de forma alguma é perda de tempo. Isso beneficia só vocês, a nós, beneficia a todos. Então é uma sugestão que eu dou, por que eu passei um tempo da minha vida sem me preocupar muito com isso e hoje eu me arrependo, e às vezes eu reclamo, e penso ‘cara tu tem que ficar quieto, nem abrir a boca para reclamar’. Por que tu passou um tempo significativo sem dar preocupação a isso, e a gente tem uma ferramenta, vocês são expert em pegar o celular e conseguir entrar em todos, tudo quanto é site, por exemplo, assim as pessoas que são que tem uma idade mais significativa, elas não tem a capacidade que vocês mais jovens tem de fazer isso. Vocês tem essa responsabilidade de buscar essa informação de maneira concreta, de maneira segura, bem informada. Vocês viram aqui mesmo como fica uma confusão de informação e dai se parece no jornal de um tipo, aparece no rádio um tipo, aparece de outro, não estou julgando que esteja errada a maneira que se coloca, mas às vezes é uma colocação um pouco diferente do que poderia ser colocado, muda todo o sentido. Então a coisa, uma opinião interessante, e eu dei essa opinião por que eu conheço o grupo DeMolay, falei por causa disso. Então por que essas emendas vão para um lado e para o outro, e são indicadas por pessoas que utilizam o dinheiro público e ainda conseguem com isso fazer campanha eleitoral. Estou falando dos Vereadores aqui, que estão dizendo quem, nem, nem partido deram, nem nome de partido deram aos Deputados, mas sim os próprios deputados que estão lá em cima, enviando esse dinheiro que não é deles, e ainda como diria um amigo meu, pagando de gatão, com dinheiro do povo. Eu ainda vou ver um dia, que esse tipo de emenda acabe, sério não pretendo morrer sem ver isso, Senhor Presidente era isso, muito obrigado.

PRES. THIAGO BRUNET: Com a palavra o Ver. Raul Herpich.

VER. RAUL HERPICH: Senhor Presidente, Senhores Vereadores, demais presentes, principalmente esses jovens que aqui se encontram essa noite. Que tem se dedicado, estão fazendo um excelente trabalho a nossa comunidade, parabéns a vocês, continuem, por que de vocês é o futuro desse país, obrigado pelo trabalho que vocês fazem e continuem trabalhando neste sentido. Bom Senhor Presidente, essa semana realmente, pairou sobre o Brasil uma nuvem negra, que realmente fica marcado na história do nosso país. Primeiro lugar eu quero comentar o que aconteceu ontem em POA, no TRF4 quarta região, onde um Desembargador indicado por um determinado partido e um determinado deputado do mesmo partido, entra com uma liminar, (inaudível) com um pedido de habeas corpus, e esse é conseguido na hora. Então, o que, que lição que nós temos disso, veja bem (inaudível) do direito dos Desembargadores, juízes, atuando dessa forma o que nós podemos esperar do povo brasileiro. Lembro-me eu numa eleição que teve aqui há alguns anos atrás, não me lembro o nome do juiz, e nós estávamos como mesário entregando as nossas, nossas urnas lá, e se foi demorado, e ouve umas vaias, ele chegou, o juiz chegou na porta do Clube do Comércio, seguinte vocês são os representantes da comunidade, se vocês agem assim, o que esperar dos outros. Então eu volto agora a essa mesma condição, veja bem o que aconteceu, um, a hierarquia, Desembargador, STJ, STF, aí um juiz vai lá e da uma liminar. Eu não quero discutir se a prisão é correto, isso não vem ao caso, talvez a, o desrespeito às leis, dos tribunais que aconteceu ontem, uma verdadeira desfaçatez, brincar com o povo brasileiro, que aqui ninguém respeita ninguém. Então se cobra do povo às vezes isso, mas as pessoas que tem esse poder, essa responsabilidade agem dessa forma, então isso é lamentável, isso é triste, uma página negra no, no que se diz respeito ao Brasil. Tivemos então aqui a questão do, veja bem a desorganização, futebol, toda a esperança em cima daquela seleção brasileira, perde para a Bélgica, um País sem tradição no futebol, talvez por teimosia de um treinador ou por um Deputado jogador, que era o astro, o rei, não produziu o que esperava, e nós o povo brasileiro, ficamos decepcionados. Quase 160 milhões de brasileiros, profundamente consternados, decepcionados com uma seleção brasileira. Isso também é consequência, desorganização. Semana passada Ministério do Trabalho, veja bem gente Ministério do Trabalho, todo ele foi destituído pelo, pela justiça por irregularidades. Por venda de cartas sindicais, para arrecadar dinheiro para campanha, aonde nós estamos. Sabemos já que temos hoje, eu vi um número estarrecedor, nós temos 15 mil sindicatos no Brasil, 15 mil, agora estão reclamando que o imposto sindical foi cortado e agora não tem mais dinheiro. Graças a Deus que foi cortado, também deverá ser diminuídos os sindicatos. Temos na semana também outro fato que acho que, talvez nem, nem todos tenham conhecimento da forma que aconteceu isso ou da consequência que isso tem Quando o governo brasileiro autorizou a venda da EMBRAER, 80% de uma empresa de aviação. A 3ª maior produtora de aviões do mundo vendida era um capital brasileiro, já (inaudível) que o capital era do governo, foi aberto capital, mas o governo tinha ainda a maioria das ações. E agora vende para, entrega para uma empresa Multinacional, a Boeing, e assim vai indo as questões. Estamos aqui brigando, por alguns, eu digo assim valores mínimos, espaço de liderança Senhor Presidente, em função de enviar dinheiro dos Deputados Federais para o Hospital, para custeio, que dizer, que bom que veio para custeio, para investimento, ou para o Hospital como um todo. Mas há pouco tempo se trazia uma assinatura do contrato de leniência da JBS, de quatro bilhões e meio, que eles devem para o governo. E o governo assinou lá, para devolver em 25 anos, dinheiro que tá, que tá, dinheiro nosso, dinheiro que poderia estar nos hospitais, na saúde, podia estar na educação, está ali. Hoje aqui agora, assistimos agora a pouco saiu à notícia aqui, a ODEBRECHT assinou num contrato de leniência com o Governo Federal de R$2.750.000.000,00 que está devendo para o governo, que pegou irregularmente esse dinheiro, agora fez uma, fez uma proposta para devolver em 22 anos. E nós estamos aqui, brigando por R$ 200 reais, uma emenda de R$ 500 para o hospital e o dinheiro do nosso Brasil desta forma sendo tratado. Então é lastimável que isso tem que, que a gente tenha visto isso no Brasil, nosso querido Brasil, com toda essa população que tanto necessita de pelo menos de pessoas sérias, competentes para dirigir esse país e vai cada vez a gente vê maus exemplos. Se vê todos os dias na televisão, na imprensa, tudo com desvio de recursos. Vimos o próprio Governo do Estado vendendo o que temos de mais valioso que é o Banrisul, vendendo o Banrisul, vendendo o Banrisul. O que vai sobrar para nós? O Estado tem que ter outra solução, não só vender, vender, vender ações para pagar salário, dá para um mês; e no outro mês vão vender o que? Temos o Governo também acertando com a IGM, com a GM – General Motors, quando se instalou no RS, tinha isenção de ICMS, ele igual tem que devolver esse dinheiro para o Governo. Mas eu não sei qual é o vencimento, mas ainda não venceu o prazo e o Governo está tentando negociar, o ICMS com esse deságio violento, me parece em torno de 40% a 50 %. Se tinha que receber 100 vamos receber 60 ou 50. Aonde nós vamos parar, qual é a situação do nosso País, vender, vender, vender, acabou não tem mais nada para vender. No passado foi vendido a CRT, que era um patrimônio do Estado, foi vendido a CEEE, quase toda parte, 70% da CEEE; agora a CEEE está quebrada, com problemas. E veja bem como é que pode a empresa que compra energia, vende energia com lucro; como é que pode quebrar? Aonde está o problema? Então isso que a gente se questiona e nós ficamos aqui preocupados em correr atrás de uma emenda de um Deputado, de outro Deputado, ou de cada Bancada se interessou, fomos a Brasília para conseguir, eu digo, com todo o respeito, trocados daquilo que se faz, que se desvia de recursos do nosso país. E nós aqui assistindo desta forma, essas coisas acontecendo, então isso é muito, muito triste para nós brasileiros, principalmente na questão da Seleção brasileira, era uma expectativa enorme. Dava um novo ânimo para o nosso povo, futebol é paixão, é paixão seria bacana, se pelo menos chegasse na semifinal, mas nas quartas de finais, perder para um país sem mínima, sem pouca, como é que eu vou dizer, em termos de futebol não é, não é um país de grandes times de futebol, montaram uma seleção, jogaram sério, jogaram bonito, jogaram (inaudível) em termos de equipe, de competição, e chegaram lá, estão chegando. Nós éramos as figurinhas, veio, deu o, a manchete no jornal, o treinador já tem R$ 10 milhões de contrato publicidade. O fulano jogador tem não sei quantos milhões de contrato de publicidade. Vemos que a maioria dos jogadores, que participaram da seleção não jogam no Brasil, ok, (inaudível) temos jogadores com mais experiência, vimos o que de experiência isso, olha o que aconteceu Têm jogadores brasileiros muito mais competentes que iam jogar pelo amor, pela pátria. Que aconteceu? Agora (inaudível) voltou a seleção 5 ou 6 jogadores, o resto já ficou no seus países, lá com seu dinheiro, nadando em dólares, nós aqui lastimando o Brasil fora da Copa do Mundo. Então falta acho que muita coisa desse país, que tem que ser mudada infelizmente, principalmente essas leniências aí de valores. A JBS R$ 4.500.000,00, a ODEBRECHT R$ 2.750.000.000,00 para pagar em 22 anos; roubaram agora, agora vão pagar em 22 anos. Se esse dinheiro hoje tivesse no caixa, quanto que é que não daria isso para passar para os hospitais, para a saúde, para a segurança. Infelizmente não é assim, esse Brasil não é sério, infelizmente. Obrigado Senhor Presidente.

PRES. THIAGO BRUNET: A palavra à disposição dos Senhores Vereadores, com a palavra Ver. Eleonora Broilo.

VER. ELEONORA BROILO: Boa noite Presidente, colegas Vereadores. Eu gostaria de cumprimentar todos os meninos, não só os que permanecem aqui, mas todos que estiveram aqui, da Ordem DeMolay e seus familiares. Jorge e todas as autoridades que se encontram aqui, nossos funcionários. Bem, em primeiro lugar eu gostaria de dizer que eu entendo o orgulho que esses familiares sentem desses meninos, eu estaria sentindo o mesmo. Eu imagino que é algo extremamente gratificante para os pais, para os familiares verem que a educação que foi dada, que os preceitos, que os conceitos de moralidade estão sendo aplicados e que como é bom ver esses jovens comprometidos com a causa social, simplesmente pelo prazer de ajudar. Estão de parabéns tanto os meninos quanto os seus familiares. Bem, quanto ao que disse o Vereador Tiago Ilha, eu acho que todos nós, todos nós aqui, sabemos diferenciar emendas para custeio hospitalar, emendas para custeio de saúde básica e emendas que servem para compra de equipamentos. E acho que não é esse o problema que foi discutido aqui, que seria para ser discutido aqui. O grande problema foi que, se me permitem eu vou chamar de força tarefa, a força tarefa que foi para Brasília buscar emendas de custeio para o hospital e isso é o que eu acho que acabou causando todo esse problema. Porque essas emendas eram para ser de custeio para o hospital. Se houve algum problema e alguma delas não veio para o hospital, bem, realmente houve um equívoco, mas isso é que provocou toda essa polemica que vocês viram aqui, que não deveria nem estar sendo discutido. Eu acho que é uma perda de tempo discutir isso aqui. Com tanta coisa importante, nós estamos discutindo, vão me desculpar, o sexo dos anjos. Porque já veio ou para custeio do hospital, ou para custeio da saúde pública ou para a compra de material, nós não vamos ficar discutindo mais isso. Terminou. Então eu acho que isso é uma coisa que deve se encerrar, não sei se os Senhores concordam comigo, mas, por favor, vamos discutir coisas que importem que realmente nós possamos fazer alguma coisa, porque eu acho que nós não podemos fazer mais nada quanto a essas emendas, no momento. Não tem mais o que fazer, elas já foram direcionadas para um ou outro custeio. Então não tem mais o que ser discutido sobre isso. Quanto ao dia de pagamento do IPTU eu já falei, eu ia falar sobre isso, mas já está falado, eu agradeço pelas famílias que conversaram comigo, eu ia até numerá-las, mas não vai ser necessário, agradeço a atenção. Quanto ao problema dos Requerimentos que foram feitos e não foram atendidos. Eu acho que, só para terminar, eu acho que na realidade nem haveria necessidade de se fazer esse tipo de Requerimento, porque é uma obrigação do Executivo, é para isso que existem as Secretarias. Existe a Secretaria de Obras, Secretaria disso, daquilo, justamente para resolver esses problemas, mas por que é que tem que ser feito Requerimento para se trocar uma lixeira que foi queimada? Por que é que tem que fazer um Requerimento para se tapar um buraco? Se tem uma Secretaria pra isso, se tem um órgão para isso? Para que é que se tem que fazer isso? Vamos combinar que o Executivo existe para isso né? Eu acho que nós temos que discutir coisas aqui que são importantes. Agora, tapar um buraco? Trocar uma lixeira? Bom, meu tempo esgotou. Era isso, obrigado.

PRES. THIAGO BRUNET: A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores. Com a palavra o Vereador Arielson Arsego, espaço de líder.

VER. ARIELSON ARSEGO: Senhor Presidente, Senhores Vereadores. Primeiro gostaria de solicitar que a Câmara faça o pedido de informação ou refaça, o Executivo tem 30 dias para nos responder os pedidos de informação. Nós fizemos, a bancada do MDB fez, era PMDB ainda, 23/04/2018. Nós fizemos um pedido de informação: o número total de servidores em cargo efetivo, o número total de servidores em cargo de comissão, o número de estagiários, o número de servidores em função gratificada, o número de servidores em contrato temporário conforme a Lei 4.406, a Lei 4.367, a Lei 4.374 e o número de servidores contratado temporário conforme a Lei 4.210 e 4.375; Nome das empresas terceirizadas com o respectivo número de funcionários contratados e suas funções, número de servidores cedidos para a empresa ECOFAR. Então nós fizemos esse pedido de informação e não recebemos ainda e gostaríamos de receber as informações sendo que o prazo já passou em 40 ou 70 dias após nos termos feito o pedido de informação. Não é o Poder Executivo, nós já poderíamos encaminhar ao Ministério Público, mas nós vamos aguardar mais alguns dias para que venha então a resposta desse pedido de informação. Também Vereador Sandro Trevisan quando nós fizemos algumas colocações e a gente diz o dinheiro é nosso, todos nós sabemos que o governo ele não possui dinheiro, ele não fabrica o dinheiro que ele quiser. É sobre os impostos que nós trabalhamos. As verbas são verbas em que cada Deputado tem; infelizmente o jogo é este, a regra é essa. E nós temos que ter sim, aos jovens que estão aqui, Deputados que sejam comprometidos e aí é a vez de nós podermos falar quem está realmente comprometido com o Município de Farroupilha. Infelizmente a regra é essa, e se nós não estivermos comprometidos com aqueles também que estarão nos representando lá em Brasília, nós não vamos ter esse recurso. Mesmo que esse dinheiro seja nosso, que esse dinheiro seja de impostos pagos pelos munícipes de Farroupilha. Se o Deputados não estiverem comprometidos com o Município esse dinheiro não vai vir para cá. Esse dinheiro pode ir para POA, pode ir para Santa Rosa, para Ijuí, para o Caí e não necessariamente um Deputado precisa mandar para Farroupilha. Mas, no entanto nós temos alguns que estão enviando os recursos para Farroupilha, porque claro também tem os seus interesses eleitorais e que bom que neste jogo tenha isso. O ruim é que tem esse jogo, mas quando tem o jogo nós temos que jogar. E se o jogo é esse para ser jogado assim e nós sabemos que ele é assim nós temos que jogar o jogo para que a gente possa vencer. E vencer nesse caso é receber recurso dos Deputados sim! Porque se nós não tivéssemos recursos das emendas dos Deputados, nós não teríamos obra em Farroupilha. Porque nós já comentamos várias vezes aqui que o que está errado é as verbas que os Deputados têm, sim, mas é o jogo, mas o que esta errado é a divisão do bolo tributário. A divisão que é mal feita, que vai 60% para estado, 25 para o estado, 60 para união e 15 para os municípios. E esse dinheiro quando vai para a união ainda na hora de volta os 15% e 25 uma parte se perde pelos caminhos escusos da corrupção e assim vai. Então este é, infelizmente, o jogo que nós temos que jogar. Então Ver. Sandro Trevisan quando nos colocamos isso, e o Senhor que é professor , quando nós colocamos isto para nossa comunidade nós podemos não, é espaço de liderança, nós podemos não concordar, como eu não concordo como o Senhor não concorda, mas infelizmente é um jogo que tem que ser jogado. Até que não se mude isto. E nós vamos ver a renovação do Congresso vai ser assim, muito pequena. Uma por causa dessas coisas, outro porque eles têm verba de representação dos partidos lá, vão acabar pegando essas verbas para fazer campanha e é diferente do que aqueles que vêm novos e querem aparecer no mundo político. Diferente dos Vereadores que não tem verba nenhuma que um monte de gente acha que a gente ganha dos partidos políticos para fazer campanha e não tem absolutamente nada, a não ser contribuir com os partidos. Então Senhor Presidente, só relembrando fazer esta renovação do pedido de informação e dizer que, infelizmente, o jogo é esse e que nós temos sim que, dizer para as pessoas quem são os Deputados que apoiam o município de Farroupilha. Obrigado Senhor Presidente.

PRES. THIAGO BRUNET: A palavra à disposição dos Senhores Vereadores. Se nenhum Vereador quiser fazer mais uso da palavra, declaro, em nome de DEUS, encerrado os trabalhos da Sessão. Uma boa noite a todos.

 

 

 

 

 

 

 

 

Thiago Pintos Brunet

Vereador Presidente

 

 

 

 

 

 

 

 

Odair José Sobierai

Vereador 1º Secretário

 

 

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa.