Pular para o conteúdo
17/10/2021 16:09:35 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 3755 – 06/06/2017 – Sessão Solene em homenagem aos 70 anos do CRC RS

SESSÃO ORDINÁRIA

 

Presidência: Sr. Fabiano André Piccoli

 

Às 18:00 horas, o Senhor Presidente Vereador, Fabiano André Piccoli assume a direção dos trabalhos. Presentes os seguintes vereadores: Alberto Maioli, Aldir Toffanin, Arielson Arsego, Diego Tormes, Eleonora Broilo, Jonas Tomazini, José Mario Bellaver, Jorge Cenci, Odair Sobierai, Raul Herpich, Sandro Trevisan, Tadeu Salib dos Santos, Tiago Ilha, Thiago Brunet

 

PRES. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Boa noite a todos e a todas. Invocando o nome de DEUS declaro aberto os trabalhos da presente Sessão Solene comemorativa aos 70 anos do Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Rio Grande do Sul. Inicialmente a Câmara de Vereadores de Farroupilha agradece a presença de todos e saúda as autoridades aqui presentes, entidades de classe, em especial aos contabilistas, imprensa, senhoras e senhores presentes. Uma saudação especial ao Senhor Antônio Carlos de Castro Palácios, Presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul, ao ex Vereador e ex Presidente dessa Casa e também contador, o Carlos Mário Paese, o atual Delegado do CRC em Farroupilha, o Charles Paese e ao futuro Diego Sebben, a ex Presidente da CICS e contadora Nádia Emer Grasseli, o Vereador Josué Paese Filho que está de licença, e ao Vereador proponente desta Sessão Solene, ao Secretário Municipal Roque Severgnini e a todos de modo especial que trabalham com contabilidade e a imprensa aqui presentes. Convidamos de imediato para fazer parte da Mesa o Presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul contador Antônio Carlos de Castro Palácios. Informamos aos presentes que farão uso da tribuna nessa noite um Vereador por bancada por um tempo de aproximadamente 3 a 4 minutos e a bancada proponente dessa Sessão Solene que é a bancada do PP terá um tempo de até 15 minutos para falar na Tribuna. De imediato convido o Partido Progressista – PP para que faça uso da Tribuna. Com a palavra o Vereador Tadeu Salib dos Santos para que faça a sua homenagem.

VER. TADEU SALIB DOS SANTOS: Senhor Presidente e Vereador Fabiano André Piccoli, Presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul Sr. Antônio Carlos de Castro Palácios, colegas Vereadores e Vereadora, Senhoras e Senhores, Senhores Secretários Municipais aqui representados pelo Secretário Roque Severgnini, Presidentes de entidades, Senhores da imprensa, Senhoras e Senhores. Cumprimento de forma especial nesta noite o Sr. Charles da Rocha Paese Delegado do CRC/RS, em seu nome cumprimento todos os contadores e técnicos em contabilidade aqui presentes, sejam bem-vindos. Há 70 anos, no dia 25 de abril ocorria no Salão Nobre da Associação Comercial de Porto Alegre a solenidade de fundação do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul. O livro com 109 assinaturas é o primeiro registro físico da entidade, também um marco histórico de uma trajetória que inclui muitas conquistas e avanços. Ao longo destes 70 anos, a entidade foi ampliando e melhorando sua atuação, sendo que hoje, ocupa posição de destaque no cenário nacional. Atualmente o plenário do Conselho Regional de Contabilidade é composto por 27 conselheiros titulares e igual número de suplentes, que são escolhidos mediante voto secreto, pessoal, direto e obrigatório de todos os contadores e técnicos em contabilidade com registro em vigor em situação regular. Os Conselhos Regionais de Contabilidade, hierarquicamente, subordinados ao Conselho Federal de Contabilidade, tem como finalidades: fiscalizar o exercício da profissão contábil e de efetuar o registro dos profissionais da contabilidade e das organizações contábeis. Também desenvolve o Programa de Educação Continuada, constituído de cursos, seminários, palestras e publicações aberto a todos os profissionais da contabilidade. A fiscalização do Conselho de Contabilidade investiga, analisa e apura as infrações éticas e disciplinares. É por meio deste trabalho que são apuradas as situações irregulares de forma preventiva e educativa. Em 2016, foram realizadas 2.455 diligências e lavrados 352 autos de infração. A equipe é também especializada em fiscalização eletrônica. Durante estes 70 anos, a entidade já concedeu registros a mais de 98.000 profissionais com grande aumento da presença da mulher na profissão contábil. Para viabilizar a interiorização das atividades do Conselho Regional de Contabilidade estão em funcionamento 104 delegacias e 16 escritórios regionais. Os escritórios regionais estão instalados em regiões com grande concentração de profissionais registrados e funcionam mediante acordos operacionais com sindicatos da respectiva região. O Conselho Regional de Contabilidade tem forte engajamento em uma série de projetos nas áreas social, cultural e ambiental, e conta também por uma ampla divulgação, visando adesão e comprometimento dos profissionais da contabilidade com a ética e com a responsabilidade fiscal e também não esquecendo a questão social. O programa de voluntariado da classe contábil tem por seu objetivo estimular a prática cidadã e a responsabilidade social entre os profissionais da contabilidade por meio da difusão do voluntariado organizado, incentivando-os com comprometimento e com as questões sociais. A cada dia que passa, a cada notícia que temos acesso, tenho mais forte a convicção do quão importante e fundamental é a atividade do profissional contábil para nossa sociedade. Atividade contábil bem-feita, com ética e seriedade garante a lisura dos processos e dá amparo e base para boas decisões. Falando nessa classe tão especial, o PP hoje de uma forma muito carinhosa e também muito gratificante, muito grata, quer trazer aqui também o seu reconhecimento a quem ocupou um cargo extremamente importante no nosso Poder Executivo Municipal, estou falando de Carlos Mário Paese, que presidiu essa Casa, além de presidir essa Casa, Carlos Mário Paese também foi Vereador desse Poder Legislativo, lembro seu Carlos, 20 de fevereiro de 1980, quando cheguei a esta cidade, totalmente órfão de tudo, de conhecimento, de saber alguma coisa a cidade a qual eu vim profissionalmente para também trazer aqui e buscar em Farroupilha aquilo que é o dever de um chefe de família, chegando em Farroupilha fiquei aqui durante oito meses sozinho, deixando em Caxias do Sul, na época três das minhas meninas, a mãe e as duas filhas quando tinha Ariane Laura e Aline Thaís, lembro de Vossa Excelência, permita chamá-lo assim porque eu ainda considero sempre o nosso vice-prefeito, o nosso sempre tão querido Presidente e Vereador atuante desta Casa, uma das referências foi de que eu na Rua Independência de número 803, próximo do que tinha o estabelecimento da Dossin, do Seu Alfredo, da Dona Inês, no outro lado da rua, naquele prédio, logo em seguida veio o Senhor Carlos Mario Paese ali. E o Senhor foi uma das grandes referências que eu tive aqui, eu tive o privilégio e gostaria que o CRC tivesse conhecimento disso, porque o CRC hoje conta com Charles da Rocha Paese, não somente com ele, mas também com o Felipe e não menos assessorando a esses nobres contabilistas da nossa cidade da família Paese, está o Luciano, trazendo a parte jurídica e assessorando com uma perfeita ética e competência naquilo que faz porque que eu me referi a Vossa Excelência Senhor Carlos? Porque em tudo aquilo que fizemos nós temos alguém que nós queremos seguir quando o caminho é o do bem e o Senhor para mim é uma pessoa do bem, sempre foi, tanto é que o Senhor empresta para Farroupilha aquilo que de mais precioso o Senhor tem, que são os seus filhos e a sua família em prol da comunidade para servir, para servir como profissionais de referência trazendo toda a classe de contadores e contabilistas de Farroupilha o orgulho maior de dizer que Carlos Mario Paese e a sua família fazem parte desta classe. Sei da missão que o Charles pegou como Delegado e sabia que o seu tempo não era tão grande, porque eu tinha muita gente que me cobra, tem muita gente que vem lá e diz: “Charles, tu é o meu anjo da guarda, me salva, me ajuda e me aconselha” vocês são os verdadeiros guias naqueles momentos em que não somente o profissional, mas o bom profissional que é uma referência para as pessoas traz a garantia de um Conselho bem dado, que é um caminho a seguir. Então em função disso, eu quero dizer a toda família Paese e não poderia esquecer Seu Carlos de que o Senhor, o Senhor ao longo dessa história, o Senhor também foi um dos homens que trouxe para o cenário da contabilidade a sensibilidade e a seriedade da mulher, Nádia Emer Grasseli, uma verdadeira referência, que com isso eu quero dizer a todos que eu tenho muito orgulho que o 20 de fevereiro de ter vindo a Farroupilha e de ter tido essas referências na minha vida. Espero é claro que através desta homenagem, através da Câmara de Vereadores, do PP, de que aquilo que eu não consegui dizer em forma de poesia, pois não sou poeta, em forma de um grande orador porque eu não o sou, sou apenas uma pessoa simples, humilde, mas que tem na sua caminhada sempre alguém como referência. Todos vocês que fazem parte da contabilidade de Farroupilha, eu quero que se sintam homenageados, tanto os contadores que aqui tem, nós temos aí o Luiz Alberto Gaviraghi, nós temos aí do escritório Centenário, nós temos de outros escritórios enfim, que fazem parte desse segmento tão importante para o crescimento de Farroupilha, pois afinal é através dos aconselhamentos dos Senhores que os empresários progridem, trazem divisas para nossa cidade e com isso Farroupilha é o que é e cresceu nesse tempo todo graças a competência e o trabalho de todos os Senhores. Ao mesmo tempo quero desejar ao Presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul, o Senhor Antônio Carlos de Castro Palácios, sucesso na sua caminhada representando a toda essa classe maravilhosa, como já em um pequeno relato que eu aqui fiz do CRC/RS de que uma das coisas importantes na nossa caminhada é levar sempre junto conosco a nossa fé, Farroupilha tem o privilégio de ter aqui, aonde recebe milhares e milhares de pessoas ao longo dos 365 dias do ano, a renovação da busca por essa fé através de Nossa Senhora de Caravaggio, o Senhor está numa terra abençoada e abençoado essa noite em que podemos homenageado desejar ao Senhor sucesso pleno, em uma caminhada muito tranquila, sabemos dos desafios, sabemos dos desafios que vem por aí nesse cenário onde que os contadores são aqueles que fazem os Projetos do amanhã, adivinhando o que acontece em alguns lugares, mas os Senhores são a verdadeira referência e o Senhor na condição de Presidente eu desejo que o Senhor tenha uma caminhada plena, de sucesso, de realizações e que realmente quando eu o cumprimentei, o saudei, acolhendo nesta Casa, desejando que o Senhor tenha uma boa estada na nossa cidade e que na sua saída, Nossa Senhora de Caravaggio o acompanhe e acompanhe durante toda sua caminhada. Sucesso a todos os Senhores, o nosso abraço, nosso carinho e também desejo aos Senhores que Nossa Senhora de Caravaggio nos dê uma grande festa hoje, pois afinal vocês merecem isso e nós estaremos lá compartilhando desse momento único que é de ser feliz e de proporcionar assim como vocês nos proporcionaram, alegria de compartilhar felicidade. Sejam felizes, que voltem para suas casas realizados como seres e também como profissionais íntegros e que a gente tem muito orgulho de vocês. Muito obrigado a todos e sintam-se nesta Casa que é a Casa do povo, a Casa de vocês. Muito obrigado, boa noite a todos.

PRES. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Obrigado Vereador Tadeu Salib dos Santos. Vou pedir a gentileza para que a gente faça ao final da Sessão uma salva de palmas para todos os Vereadores de forma igualitária, para todos os Vereadores após usarem a palavra. Convido o Partido Social Democrático Brasileiro – PSDB, para que faça uso da Tribuna. Com a palavra o Vereador Diego Tormes.

VER. DIEGO TORMES: Boa noite a todos, boa noite aos colegas Vereadores, os colegas da Casa, pessoal que nos assiste na internet, ao Presidente Conselho Regional de Contabilidade e em seu nome todos os demais que estão ali presentes. Uma saudação bastante especial a todos os profissionais da área de contabilidade que estão aqui hoje, ao nosso ex Vice-Prefeito, Seu Paese, muito bem descrito nas palavras do meu colega Vereador Tadeu e depois desse breve histórico que o Tadeu faz, me sobra também fazer aqui, trazer, perdão, uma informação histórica. Talvez muita gente não saiba mas são 70 anos do Conselho Regional de Contabilidade, mas essa trajetória vem muito antes, em 1.551 nós éramos de Portugal ainda, nomeado o primeiro contador do país, não era bem contador, mas tinha um nome bem gigante, que eu tenho até que ler aqui, era o provedor da fazenda real e contador das rendas e direitos da capitania, veja que são 70 anos de uma história, de uma dedicação de todos vocês, como vários de nós tem com as suas profissões, mas uma profissão bastante antiga nesse país, e vejo o meu  xará que está assumindo a responsabilidade ali, o Diego Sebben, que é uma história bastante longa de representatividades que tu vais levar nas costas, todos os contadores que estão aqui eu lembro às vezes uma passagem do Mário Quintana quando dizia que a maior dor do vento era não ser colorido, em uma alusão que muitas vezes a gente não vê. Então o trabalho de vocês às vezes parece assim, mas certamente horas altas da noite tem algum de vocês numa sala, em uma mesa fazendo algum trabalho para que as nossas empresas e nós mesmos na nossa vida pessoal possamos ter êxito, possamos ter sucesso, em especial as nossas empresas que geram emprego, geram renda para esse país nesse momento tão complicado. Chamou minha atenção, Vereador Tadeu, na sua fala e eu estive pesquisando e parabenizar também o Presidente do Conselho Regional de Contabilidade, porque o site de vocês tem muitas informações interessantes que futuramente vou estudar um pouco mais profundamente, mas chamou minha atenção a ascensão da mulher na área contábil no Rio Grande do Sul. Mais de 47% dos contadores no RS são mulheres. Eu que venho de uma área dominada por mulheres, que nós homens somos raridades no magistério, fiquei bastante surpreso, achei bastante positivo, as mulheres têm olhar diferente, não melhor, nem pior, mas diferente de nós às vezes e isso qualifica bastante o trabalho. Dizer a todos os contadores que estão aqui, ao Presidente, que o trabalho de vocês, sem o trabalho de vocês, como de muitas outras profissões, talvez, principalmente nessa região que a gente, desenvolvimento econômico que a gente vivencia ou vivenciou em função dos períodos que vivemos agora, não seria possível, Diego lhe desejo sucesso nessa empreitada, que tu leves a todos os teus colegas o nome de Farroupilha e a responsabilidade técnica e social que a profissão de vocês tem. Meus parabéns a todos vocês.

PRES. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Obrigado Vereador Diego Tormes da bancada do PSDB. Convido o Partido Socialista Brasileiro – PSB, para que faça uso da Tribuna. Com a palavra o Vereador Odair Sobierai.

VER. ODAIR SOBIERAI: Boa noite Senhor Presidente, Senhores Vereadores, uma saudação especial ao nosso Secretário do Desenvolvimento Econômico Roque Severgnini, a imprensa e demais aqui presentes. Parabenizar o Conselho pelos 70 anos e dizer que uma entidade para chegar a essa idade tem que ter tido um trabalho muito sério, transparente e com muita responsabilidade. Por isso quero parabenizar todos os 24 membros que presidiram o Conselho durante esses 70 anos. Em especial ao Presidente atual Antônio Carlos de Castro Palácios e ao nosso Delegado regional Senhor Charles Paese, que passa o seu cargo ao Diego Sebben, logo mais. Desde já desejar um bom trabalho seu mandato, mas também quero dizer que o Presidente é somente uma figura de liderança e de representatividade, e que precisa de uma equipe, e que muitas vezes de cada membro é exigido a responsabilidade de um Presidente. Fica aqui também os meus parabéns a todas as pessoas que fizeram parte de algum Conselho como integrante. Saudar a todos os contadores de Farroupilha, em especial a Ótima Contabilidade, aonde trabalhamos juntos já há algum tempo. Dizer que a contabilidade é alma do setor econômico ela é um dos pontos determinantes que contribuem para o bom andamento de uma empresa consequentemente de nosso país, não podemos imaginar o mundo de hoje com suas empresas e seus sistemas complexos sem o suporte desses profissionais. Por isso, essa homenagem ao conselho e ao seu trabalho de excelência é muito importante e no mínimo justa. Fica aqui em nome da Bancada do PSB os nossos parabéns ao Conselho. Obrigado.

PRES. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Obrigado Vereador Odair Sobierai representando a bancada do PSB. Convido o Partido Democrático Trabalhista – PDT para que faça uso da Tribuna. Com a palavra o Vereador Raul Herpich.

VER. RAUL HERPICH: Boa noite Senhor Presidente desta Casa, Senhor Fabiano André Piccoli, Excelentíssimo Senhor Antônio Carlos de Castro Palácios Presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul, já é a segunda oportunidade de nos encontrarmos, saúdo os nobres Secretários, servidores municipais, Excelentíssimos Senhores Vereadores e Vereadora, Presidentes de Partidos políticos, suplentes de Vereadores, representantes da imprensa, servidores da Casa, Senhoras e Senhores presentes nessa Sessão Solene em homenagem aos 70 anos do Conselho Regional de Contabilidade. Mas antes de iniciar eu gostaria de fazer algumas menções muito importantes, cumprimentar algumas pessoas que são realmente muito importantes dentro da contabilidade do nosso município, são ícones realmente da contabilidade nosso município. O seu Carlos Mario Paese, Vereador, Presidente desta Casa, vice-Prefeito Municipal, e o Senhor Basílio Pasa, também contador a tanto tempo e Secretário Municipal, então vocês realmente representam hoje o que é contabilidade do passado e atualmente. Cumprimentar a Nádia Emer Grasseli e em nome dela cumprimentar a todos os contadores e pessoas que se encontram neste recinto. Fazer menção especial ao Vereador licenciado hoje Josué Paese Filho que foi o autor desta proposta, que foi aceita por unanimidade por todos os Vereadores, obrigado Vereador Josué Paese Filho. Fazer uma menção também, acho muito importante a memória, referenciar a memória do Senhor Antônio Dotta, que segundo informações por 39 anos foi delegado do CRC em Farroupilha, veja bem, já não sei quanto tempo do seu passamento, mas mais de 50% do tempo do Conselho Regional de Contabilidade ele foi delegado aqui no município de Farroupilha. Cumprimentar o Luís Alberto Gaviraghi, que o substituiu, que veio depois, cumprimentar o Senhor Charles da Rocha Paese, que hoje é o nosso Delegado e também o Diego Sebben que daqui a pouco já vai assumir essa grande responsabilidade perante a contabilidade em nosso município. Gostaria de fazer uma menção a bancada do PDT, agradecer o Vereador Aldir Toffanin e o Vereador Thiago Brunet por me dar essa oportunidade de eu hoje fazer essa pequena homenagem aos contadores de Farroupilha, do CRC/ RS. Ser contador é realmente uma profissão muito digna e eu até faria uma comparação com a medicina. A medicina cuida do corpo humano e das suas funções, da saúde do corpo humano. O contador cuida da empresa, da parte administrativa contábil e financeira. Então ele é essencial e fundamental dentro de uma empresa a contabilidade, o contador, principalmente quando é terceirizada, a responsabilidade que se tem, que o contador tem, perante a empresa, a direção da empresa, daquilo que tem que ser feito, o que pode ser feito e o que não pode ser feito, então às vezes o contador até não é muito bem visto porque ele faz pelo certo, as vezes o empresário gosta de fazer algumas coisas um pouco mais acessíveis. Porque se nós formos ver hoje à nível de Brasil, como é que as empresas fazem contabilidade? É uma pergunta que fica no ar, movimentando milhões e milhões de valores e aqui nós estamos na nossa cidade, quando se movimenta R$ 9.000,00 tem que já informar a Receita Federal, muda a legislação praticamente diariamente, então o contador realmente tem uma função muito importante de muita responsabilidade, por isso que mais ou menos eu comparei com uma medicina, só com funções diferentes, mas a mesma responsabilidade, a mesma característica de cuidar da saúde, um do corpo humano, outro da saúde financeira e administrativa das empresas. Então essa é minha pequena manifestação dessa noite em nome da bancada do PDT, em nome meu, dos Vereadores Aldir Toffanin e do Thiago Brunet, cumprimentar a todos os contadores de Farroupilha, cumprimentar o nosso Presidente, muito obrigado pela sua presença, importante ter a sua presença aqui e de pessoas tão importantes para Farroupilha, eu normalmente referenciar a memória então do contador Antônio Dotta, pelos seus 39 anos de serviços prestados a esta entidade do CRC como Delegado. Então a todos um grande abraço, sucesso para vocês e novamente mencionar a grande responsabilidade que está nas mãos de vocês, obrigado por serem essas pessoas por fazerem este trabalho para as empresas, para os seus escritórios, para terem a tranquilidade do empresário quando entrega seus documentos, seus livros fiscais a um escritório de contabilidade. Um abraço a todos e sucesso a todos vocês, muito obrigado.

PRES. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Obrigado Vereador Raul Herpich representando a bancada do PDT. Convido o Partido Republicano Brasileiro – PRB para que faça uso da Tribuna. Com a palavra o Vereador Tiago Ilhas

VER. TIAGO ILHA: Senhor Presidente, Senhores Vereadores, Vereadora, pessoas que nos prestigiam nessa Casa, hoje realmente é um dia de festa, um dia de alegria, dia de comemorar. Saudando o Senhor Presidente e saudando a todos os Vereadores, na pessoa do Seu Palácios eu gostaria de saudar a todos os contadores que aqui estão presentes e também aos que estarão logo mais na atividade, comemorativa também de transição de cargo, de função, queria cumprimentar de forma carinhosa a imprensa, que leva todas as informações desta Casa aos lares dos farroupilhenses, tem um papel importante, queria cumprimentar aqui em nome do Executivo Municipal meu Secretário Roque, vejo aqui também o Gilmar Paulus, também contador, também o homem da contabilidade, que faz um excelente trabalho junto ao Executivo Municipal.

VER. TIAGO ILHA: E eu estava pensando no momento eu sou um futuro empresário dessa cidade e me vi numa situação nas últimas semanas, de abrir uma empresa, como milhares de brasileiros fazem isso a cada momento a cada hora, a cada minuto. E eu compartilho aqui a importância que tem a parte dos contadores, eu poderia talvez, chamar vocês dos anjos da administração moderna, porque ser empresário neste pais, gente, não é fácil, a complexidade que se tem hoje de ter uma empresa, para que ela possa andar com funcionários, sem funcionários, que forma que for, só de ter o seu CNPJ, já é extremamente complexo, por mais que tenha muitas frentes, que promovam o incentivo, como tem aqui na nossa Prefeitura né Roque, a gente sabe que ser empresário no pais não é fácil. E os contadores têm um papel importantíssimo de orientação, um papel importantíssimo que muda a todo o momento as informações as orientações se tenho certeza que muitos empresários têm a tranquilidade de tocar as suas empresas, porque a maioria dos nossos empresários ou boa parte dos nossos empresários se preocupa muito mais com o seu negócio, ele vem com aquela sede “eu quero fazer isso, eu quero ser um vendedor, eu quero botar a minha loja”, mas daí ele se depara que precisa de muitas e muitas outras coisas e aí entra os contadores, com uma conversa mansa, sempre calmos, tentando passar tranquilidade aos seus clientes, eu acho que isso é um diferencial fantástico, por isso que eu posso trazer a sugestão de nomear como os Anjos da Administração moderna. Porque ser empresário nesse país não é fácil e vocês tem um papel fundamental. Veja bem são 70 anos de história, 70 anos comemorado hoje, só sabe para onde vai, quem sabe de onde veio, Seu Carlos Paese, o Senhor tem uma responsabilidade também gigante, de ter como muitos contadores, feito parte dessa história seu Antônio Carlos de Castro Palácios, como o Senhor também e passar pelas novas gerações o amor por essa nova profissão. E eu vejo também de ter muitos amigos contadores, que é uma daquelas profissões, ou você se apaixona ou você detesta, então é aquelas profissões que você é contador, porque você é apaixonado por aquilo. Então como eu disse aqui na Câmara em outras oportunidades, eu sou uma pessoa que sempre valorizo as pessoas que são apaixonadas pelo que fazem, e eu vejo isso muito no brilho, nos olhos, na postura dos nossos contadores. Então em nome do PRB, Senhor Presidente, gostaria de trazer a nossa homenagem, o nosso carinho e também nos colocar à disposição dessa classe que nós admiramos e respeitamos tanto. Parabéns.

PRES. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Obrigado Vereador Tiago Ilha, que falou em nome da bancada do PRB. Convido nesse momento o Partido da Rede de Sustentabilidade através do Vereador Alberto Maioli, para que faça uso da palavra.

VER. ALBERTO MAIOLI: Senhor Presidente, Senhores Vereadores, Presidente desse Conselho, pessoas presentes. Uns dizem 25 de abril, outros 05 de maio dia da fundação deste conselho, mas pelo sim pelo não, estamos hoje homenageando e ovacionando essa fundação nesta casa do povo. Dado curioso é que nenhum conselheiro, nem mesmo o presidente recebe qualquer tipo de remuneração para o exercício das funções e ao longo desses 70 anos de fundação, o conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul cresceu, expandiu e qualificou suas funções. Tantas são as atribuições que vão desde a fiscalização da profissão contábil, formação continuada entre outras. Numa atividade que segue rigorosamente o tic-tac do relógio, porque precisa ser metódico, pontual e certeiro no processo de fiscalizar, ajustar e matematicamente organizar a vida mensal de toda uma organização de pessoas físicas e jurídicas, o trabalho do conselho da classe contábil é de uma matemática precisa. Vivemos um momento histórico no nosso país, e agora mais do que nunca, o trabalho dessas bravas pessoas também está sob o olhar da população que aguarda e acredita na tarefa de comprovar que tudo está se encaminhando para uma mudança de paradigmas, onde a matemática prevalecerá e as contas no final do mês voltarão a fechar positivas e certeiras. De grande importância o trabalho do contador foi além, auxiliando, instruindo, apoiando os empreendedores nas tomadas de decisões pautadas pelas regras e diretrizes que esses profissionais conhecem bem. Praticamente podemos dizer que é um sócio oculto, porque informação hoje é ouro e ser bem instruído na questão legal é de suma importância. De nada adianta boa vontade para trabalhar, num país extremamente burocrático se você não estiver bem amparado. Farroupilha conta com excelentes profissionais e reflexo disso está na nossa economia que mesmo sofrendo os abalos da crise generalizada que o país enfrenta, podemos dizer que estamos fazendo o tema de casa direito. Que venham mais 70, 80, 90 e tantos anos de cuidados, de trabalho sério, comprometido e qualificado desse Conselho para que todas as suas cadeias de colaboradores continuem realizando suas tarefas como tem sido e sempre será. Encerro aqui a minha fala, com muito carinho e amor, e olhando nos olhos de vocês, eu vejo um grande esplendor, e que DEUS Pai Celestial abençoe todos os nossos Contadores. Obrigado Senhor Presidente.

PRES. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Obrigado Vereador Alberto Maioli, que falou em nome da bancada da REDE da Sustentabilidade. Convido nesse momento o Vereador Jonas Tomazini, em nome do PMDB, nesta noite.

VER. JONAS TOMAZINI: Boa noite Senhor Presidente, boa noite a todos os Vereadores, boa noite ao Seu Antônio Carlos Palácios, Presidente do Conselho Regional de Contabilidade do RS, que é o motivo dessa nossa Sessão Solene, a comemoração dos 70 anos deste conselho, me permita Senhor Presidente Antônio Carlos Palácios, que a gente possa trazer um pouco da realidade do trabalho da classe contábil do nosso município e com isso, cumprimento seu Carlos Mário Paese, ex- Presidente desta Casa, ex Vice-Prefeito, a Sra. Nádia Emer Grasseli, ex-Presidente da CICS, Diego Sebben que vai assumir a Delegacia do Conselho Regional de Contabilidade em instantes, ao Charles da Rocha Paese, o atual e que fez um excelente trabalho à frente da Delegacia. Cumprimento aqui também, poderia cumprimentar a todos, mas cumprimento ao Luiz Alberto Gaviraghi, que também foi Delegado Regional de Contabilidade, Presidente da Fundação Nova Vicenza de Assistência Social, aqui do nosso município, ao seu Basílio Pasa, cumprimento a Rochele Verona minha colega de Banrisul, cumprimento ao Deusir e a Deise, que além de atuarem na área contábil levam os ensinamentos dos farroupilhenses para outros locais e também acolhem as pessoas que vem visitar o nosso município. Então nós poderíamos aqui citar a tantos pelo trabalho que realizam todos os dias, quero também, fazer um cumprimento assim como fez o Vereador Raul Herpich, a memória do Seu Antônio Dotta, que foi delegado por tantos anos aqui no nosso município, o seu Antônio Dotta, foi o responsável pelo meu primeiro emprego efetivo no Coplane, onde eu fiquei por quatro anos naquele Escritório de Contabilidade e levei comigo, muitos princípios que aprendi tanto na convivência com mais tempo de permanência teve a frente desta Delegacia de Contabilidade aqui do nosso município, como também para a vida como um todo. Quero dizer também que rapidamente, quando no ano 2000, estudava no Colégio São Tiago, teve a separação, o São Tiago formava naquela época junto com o ensino médio, tinha Técnico de Contabilidade, no ano de 1998, no ano de 2000 teve a formatura, separou-se isso aí tinha que estudar de manhã o ensino médio e quem quisesse fazer técnico em contabilidade, estudava a noite, nós começamos uma turma com trinta e poucos a fazer o técnico, eu estava nessa turma, terminamos a noite em cinco. Nos formamos em 5 naquela formatura do ano 2000, porque naquela época, jovens e tudo mais, não pensavam quem sabe na importância que poderia ter aquela formação, que não era obrigatória, que era complementar, mas que eu não me arrependo em nenhum momento em relação a isso. Poderia falar aqui, da confiança do empenho, da responsabilidade, do trabalho que o Profissional contábil faz aqui no nosso município. Quando digo profissional eu estou abrangendo o contador e o técnico em contabilidade ao qual eu me insiro e poderíamos falar aqui do período que eu permaneci à frente da Secretaria de Finanças, em que eu tive a oportunidade de conhecer um pouco cada um de vocês, no nosso convívio quase que diário que a gente tinha também com os melhoramentos que foram feitos naquele período e sempre ouvindo, a classe contábil que essencial, para o período que a gente esteve à frente da Secretaria através de diálogo, através de sugestões e através de melhoramentos que nós promovemos juntos. Mas como eu disse Senhor Presidente, eu gostaria de trazer essa discussão aqui para o nosso município, colocando a importância que a gente tem da inserção comunitária que a gente tem aqui na área contábil. Eu citei aqui o Seu Luiz Alberto Gaviraghi através da área da Educação e Assistência Social, citei o Seu Antônio Dota, que foi por muitos anos Presidente do nosso Hospital São Carlos e foi sucedido por outro colega contador o Dr. Itacir Sebben, depois nós tivemos também aqui a citação á Nádia que foi representante da classe empresarial, através da nossa maior entidade aqui do nosso município, a CICS. Então além da responsabilidade do trabalho que faz todos os dias, eu quero parabenizar a classe contábil pela inserção comunitária que tem no dia a dia da comunidade farroupilhense. Com isso Senhor Presidente pode ter certeza, que a classe contábil está muito bem representada em Farroupilha, eu quero que o Senhor leve em nome da bancada do PMDB, através do Vereador Jorge Cenci, da Vereadora Dra. Eleonora, do Vereador José Mário Bellaver e do Vereador Arielson Arsego, que compõe junto comigo essa bancada, os nossos parabéns pelos 70 anos desta importante entidade. E que o Diego tem agora um trabalho ainda mais intenso do que já realiza lá no escritório e com todas as suas inserções comunitárias que já tem, possa continuar realizando esse importante trabalho e levando esse trabalho junto a Delegacia do Conselho Regional de Contabilidade, meus parabéns a toda classe, um bom trabalho a todos e podem contar com essa Casa Legislativa, sendo parceira no trabalho de vocês no dia a dia. Muito obrigado.

PRES. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Obrigado Vereador Jonas Tomazini, que falou em nome da bancada do PMDB. Senhor Presidente Luiz Antônio Palácios, sinto-me muito feliz em fazer parte desse momento em que Farroupilha homenageia os 70 do CRC. O reconhecimento da Câmara de Vereadores de nosso município, estende-se a todos os profissionais da área de contabilidade de nosso município, porque enaltecer o trabalho dos contadores de nossa cidade, significa enaltecer o trabalho do Conselho, se o Senhor me permitir eu serei um pouco bairrista na minha fala, para que possamos mostrar a importância dos contadores no desenvolvimento da nossa cidade. Nós sabemos da importância e seriedade desses profissionais e com muita satisfação conseguimos construir uma grande parceria para gerar mudanças estruturais extremamente importantes para o desenvolvimento de Farroupilha ao longo dos anos. Mas falo especificamente dos últimos 4 anos, a qual tive a honra de ser Secretário de Desenvolvimento Econômico e hoje nós temos o Secretário Roque que segue o trabalho, aonde nós conseguimos alicerçar em parceria, com o Poder Público Municipal, Câmara da Industria e Comercio, o Charles representando o CRC e todos os contadores, os pilares de uma nova realidade para a abertura de empresa. Através de um inovador processo de desburocratização a qual o case nacional, e destaque em diversos veículos de comunicação de nosso país, o desejo de aprimorar, avançar e melhorar iniciou em 2013 com o suporte e incentivo e a parceria dos contadores e da Câmara de Indústria e Comercio de Farroupilha, que na 1º reunião com o Prefeito Municipal eleito sugeriu que Farroupilha aderisse a Rede SIM, essa sugestão veio através da então Presidente a Contadora Nádia, também teve um grande incentivo do Luiz Gaviraghi, que trouxe essa ideia para Farroupilha e foi um grande marco. Após 3 anos de trabalho, mudanças e quebras de paradigmas, porque não é fácil mudar, ainda mais num setor público, esse grupo de trabalho formados então por integrantes da Prefeitura, CICS e contadores, nós conseguimos migrar o tempo de abertura de uma empresa, desde o registro, que a junta comercial está na Sala do Empreendedor, até emissão de alvarás, que geralmente ele gerava uma média desde todo processo inicial, da concepção da empresa até a liberação de alvarás, chegou a demorar 400 dias, conseguimos reduzir para 48 horas em mais de 80% dos casos. Isso um trabalho de parceria feito entre o Poder Público e os contadores, nós temos que facilitar ao máximo a vida de quem gera emprego, postos de trabalho e tributos, pois o custo de trabalhar tudo certinho nesse país é muito elevado. E o custo de abrir uma empresa, de manter uma empresa, tendo uma grande tributação como nós temos não é fácil. Então aqui no nosso quintal nós temos que unir forças para facilitar a vida desses empreendedores, também eu quero ressaltar aqui que os avanços só foram possíveis pela parceria com a Câmara de Indústria de Comercio e Serviço e Agronegócios, que nas mãos de contadores, tivemos a Nádia, e o Carlos Alberto Paese, que não está presente, mas que foi um dos grandes pilares destas mudanças. E hoje existe um comitê que se reúne mensalmente e era o Carlos que fazia parte, para fazer uma análise dos Processos e das melhorias. E aqui eu brinco com o Carlos Mário que a nossa sinergia era tanto, que se ele não fosse tão tímido, ele sentava-se à mesa do Secretário, porque ele estava seguidamente lá na Secretaria em função dessa sinergia. Presidente vemos um momento extremamente delicado na política Nacional, hoje uma empresária me disse “com todo respeito os políticos devem se envergonhar de serem políticos” e eu respondi para ela “sim nós temos que nos envergonhar não dos políticos, mas nos envergonhar dos políticos que cometem ações ilícitas, que não são todos”. Mas nós precisamos ir além para combater a corrupção nesse país e nós temos que trabalhar todos unidos contra toda e qualquer forma de licitude que ela não acontece somente na política e um exemplo que nós podemos nos emanar e eu sei que este trabalho feito pelos contadores, pelo conselho é contra a sonegação fiscal, o sonegometro do SIMPROFAS, mostra que em 2016, aproximadamente R$ 275.000.000,00 foram sonegados e isso nós temos que combater, os nossos desafios são enormes, mas nós temos a certeza de que há um caminho correto a seguir e estamos de mãos dadas construindo políticas públicas eficazes que contribuem com o desenvolvimento de nossa cidade. Parabéns a todos os profissionais da área da contabilidade, parabéns pelo aniversário de 70 anos, ao trabalho realizado pelo Charles que sempre foi um grande parceiro dessas mudanças e ao futuro Delegado Diego, sucesso, um bom trabalho. Tenho certeza que o CRC está em boas mãos em Farroupilha. Passamos então agora a palavra ao Senhor Antônio Carlos de Castro Palácios, que falara em nome do CRC, do Estado do RS, nessa homenagem de 70 anos de atividades do Conselho.

PRES. CRC/RS ANTÔNIO CARLOS DE CASTRO PALÁCIOS: Muito obrigado Presidente, Boa noite a todos e a todas, faço a minha saudação especial ao Presidente Fabiano Piccoli, saúdo também o Vereador Tadeu, que aqui falou em nome da bancada que idealizou a homenagem, em nome deles me permito saudar a todos os Senhores Vereadores e Vereadora aqui presentes, faço a minha saudação também ao nosso Delegado Charles Paese e daqui a pouco também Delegado, novo Delegado o Diego Seben, não posso deixar de saudar aqui a nossa Conselheira Nádia Grasseli, quero saudar também a nossa vice-presidente Ana Tesser Rodrigues que nos acompanha, o nosso vice-presidente Celso Luft, em nome dele saudar todos os profissionais da Contabilidade presentes, saudar todos os Senhores e Senhoras, saudar a imprensa. Dizer a vocês que estar hoje aqui representando o CRC/RS, recebendo essa homenagem da Câmara Municipal de Farroupilha é ao mesmo tempo uma honra e ao mesmo tempo uma responsabilidade, responsabilidade, porque se torna difícil encontrar palavras para agradecer aquilo que nós acabamos de ouvir. Nós temos recebido de outras Câmaras Municipais homenagens e referências a nossa entidade, mas devo confessar a vocês que estas referências aqui mencionadas pelos Senhores foram as mais atualizadas e as mais corretas em relação à contabilidade que a gente ouve, porque na verdade os Senhores desenvolvem uma atividade pública, em favor da sociedade, em favor da população e não podem evidentemente se esperar que sejam especialistas em ciências contábeis ou nas coisas da contabilidade. Mas as referências que os Senhores fizeram demonstraram que cada um, todos aqueles que falaram tem conhecimento sabem o que é contabilidade e fizeram referencias altamente apropriadas que nos tocaram profundamente, pela singeleza, mas ao mesmo tempo objetividade a sinceridade com que elas foram colocadas. Ser chamado de Anjos da Administração Vereador, realmente toca, é uma expressão que não havia pensado antes, mas que de fato, mesmo que a gente não tenha intenção de ser anjo, muito bem colocado por vários aqui, a importância do profissional da contabilidade no sentido de que ele tem a missão, não mais como se via no passado de simplesmente registrar os atos acontecidos, não mais como se pensava no passado que o contador era um mal necessário dentro da empresa, hoje o contador é sim um instrumento de gestão absolutamente dispensável ao empresário. Nós trabalhamos com a informação, nós detemos a informação, informação essa da qual o empresário não pode prescindir para gerir os seus negócios, informação essa que o contador tem que ter a capacidade de saber traduzi-la numa linguagem inteligível ao empresário que obviamente não tem a obrigação e normalmente não é um expert na Ciência Contábil. É muito importante que nós tenhamos esse consciência, é muito bom que a gente ouça isso, que nós ouvimos hoje aqui do Legislativo Farroupilhense, mas eu fiquei refletindo o nível de conhecimento que os Vereadores tem é fácil de entender Presidente, quando a gente tem, como vocês mesmo destacaram pessoas da nossa classe que tem uma atuação tão dinâmica, tão interativa com o Poder Público, como são os colegas que foram aqui citados por vocês, eu acho que a gente consegue nessa interação cada um tirar proveito para o seu afazer daquele conhecimento de quem está trabalhando com a gente, o contador transmite isso aos Vereadores, ao  Executivo Municipal, ao Legislativo e também consegue ter a parceria, sem a qual é praticamente impossível que nós consigamos levar ao nosso dia a dia. O Presidente fez uma referência muito importante também, que eu gostaria de destacar, quando ele fala no valor sonegado, a quantidade de dinheiro que se sonega de imposto nesse país, se é verdade que nós temos uma carga tributária altamente exagerada em relação aquilo que nós temos de retorno e todos nós sabemos disso, também é verdade que nós como agentes responsáveis pela contabilidade e pelas contas públicas e privadas, nós temos uma responsabilidade de fazer com que esse número diminua, porque se nós considerarmos o que foi sonegado de imposto nesse país, e o nos foi desviado por outras vias, somarmos esses dois números e o segundo nem me atrevo a dizer quanto foi, porque na verdade, ninguém sabe, mas sabemos que foi muito e muito mais do que esse valor que foi sonegado. Se nós somarmos esses dois números nós teremos com certeza um valor que poderia resolver grande parte dos problemas do nosso país. Nós como profissionais da contabilidade responsáveis pelas contas públicas e privadas, nós somos sim, um elemento importante no combate aos dois males que geraram esses dois grandes rombos, vamos chamar assim, na economia nacional, do lado da sonegação a responsabilidade de nós conscientizarmos os empresários, que o esperto não é sonegar, que o esperto é conseguir ter resultado e pagar o imposto devido e assim poder cobrar do Poder Público, aquilo que ele contribui com imposto e buscar o retorno. Nós podemos contribuir sim, com ferramentas de controle, nas entidades públicas e privadas fazendo, mostrando para a sociedade os erros as más gestões que levam aos desvios, aos atos de corrupção, nós também podemos contribuir com isso. Portanto eu acho que a profissão contábil tem muito que contribuir com a retomada da moralidade e com o crescimento de nosso país. O CRC ao longo desses 70 anos, tem tido a felicidade de ter no seu comando pessoas que tem contribuído de maneira voluntária como também foi destacado aqui pelo Vereador Alberto, com relação a não remuneração das pessoas que trabalham para o Conselho, muitos poucos sabem que nós não temos nenhum tipo de remuneração, o trabalho para o Conselho é um trabalho voluntário, nós temos hoje 54 Conselheiros, 27 titulares, 27 suplentes, nós temos 104 Delegados Regionais, 112 Profissionais que atuam em Comissões de estudo, que dão suporte as decisões do Conselho, trabalhando absolutamente sem remuneração, apenas pelo ato volútivel de querer contribuir com a classe, com a profissão que lhes deu o prazer de estar prestando serviço para sociedade. Então eu quero em nome desses 40.000 profissionais que são representados pelo CRC, agradecer por essa homenagem, dizer que nós estamos sensibilizados com isso e que nós saímos aqui de Farroupilha mais ainda motivados a prestar um trabalho, que possa rever tem favor de nossa sociedade, felizes por termos aqui em Farroupilha, colegas de profissão que vem desenvolvendo um trabalho que foi elogiado por todos os Senhores e a certeza de que Farroupilha tem uma contribuição essencial ao crescimento e a valorização da classe contábil do RS. Muito obrigado de coração em nome do CRC do RS, pelas homenagens que recebemos hoje aqui, obrigado de coração a todos os Senhores Vereadores e sinto honrado em poder estar aqui agradecendo essa noite a homenagem que recebemos. Muito obrigado a todos.

PRES. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Obrigado Presidente Antônio Carlos de Castro Palácios. Neste momento, entregaremos uma singela homenagem, uma placa comemorativa aos 70 anos de fundação do CRC, oferecida por essa Casa, por todos os Vereadores que aqui estão. Após essa singela homenagem em nome dos 15 Vereadores dessa Casa, queremos agradecer a presença de todos, ao Senhor Antônio Carlos de Castro Palácios, aos demais contadores, profissionais da área de contabilidade, as Senhoras, Senhores, imprensa, funcionários dessa Casa e demais presentes. Nada mais a ser tratado nessa noite, declaro em nome de DEUS, essa Sessão encerrada, uma boa noite a todos, uma boa semana e fiquem com DEUS.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fabiano André Piccoli

Vereador Presidente

 

 

 

Sandro Trevisan

Vereador 1º Secretário

 

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa.