Pular para o conteúdo
05/08/2021 23:38:03 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 3689 – 03/10/2016

SESSÃO ORDINÁRIA

Presidência: Sr. Raul Herpich

Às 18:00 horas, o Senhor Presidente, Vereador Raul Herpich, assume a direção dos trabalhos. Presentes os Vereadores: Arielson Arsego, Fabiano André Piccoli, Ildo Dal Soglio, João Reinaldo Arrosi, José Mário Bellaver, Josué Paese Filho, Juvelino Angelo De Bortoli, Leandro Somacal, Lino Ambrósio Troes, Maria da Glória Menegotto, Maristela Rodolfo Pessin, Paulo Roberto Dalsochio, Raul Herpich, Rudmar Elbio da Silva e Sedinei Catafesta.

PRES. RAUL HERPICH: Invocando o nome de Deus, declaro abertos os presentes trabalhos da Sessão Ordinária. Solicito ao Vereador Ildo Dal Soglio para que proceda com a leitura do Expediente da Secretaria.

EXPEDIENTE

VER. ILDO DAL SOGLIO: Boa noite Senhor Presidente, Senhores Vereadores. Recebemos o seguinte expediente:

– Of. nº 156/2016 – Secretaria Municipal de Finanças, 28 de setembro. Informam que acerca do recolhimento e repasses das contribuições ao FPS, relativas aos meses de julho e agosto de 2016. Era esse o expediente da secretaria, Senhor Presidente.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Ildo Dal Soglio. Antes de iniciar com o Expediente, gostaria de aproveitar a oportunidade para cumprimentar os Vereadores que se reelegeram, desejando sucesso a todos, os Vereadores José Mário Bellaver, Arielson Arsego, Josué Paese Filho, Maria da Glória Menegotto, Rudmar Élbio da Silva, Sedinei Catafesta e Fabiano André Piccoli. Desejo a todos muito sucesso pelos próximos anos junto a nossa Câmara Municipal de Vereadores de Farroupilha. Passamos o espaço destinado ao Grande Expediente.

GRANDE EXPEDIENTE

PRES. RAUL HERPICH: Com a palavra, Vereador Fabiano André Piccoli da Bancada do PT.

VER. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Senhor Presidente, colegas Vereadores e Vereadoras, uma saudação especial ao Ricardo Ló, aos funcionários da Casa e demais presentes. É com muita satisfação que hoje, eu uso essa Tribuna pela última vez neste ano, deve estar chegando um requerimento com o meu pedido de liberação para retornar à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, na próxima quarta-feira e com grande alegria passei esses 6 meses nesta Casa, na qual podemos encaminhar alguns projetos, requerimentos, contribuir com o debate democrático da nossa Farroupilha. Também com muita alegria, passamos o pleito eleitoral, na qual o Prefeito Claiton Gonçalves se reelegeu para mais 4 anos à frente do município e muitos são os desafios para os próximos 4 anos, não há Governo que faça tudo certo e nem tudo errado, todos os Governos que passam por uma administração pública, tem os seus erros e acertos e o Governo do Prefeito Claiton e Vice Pedrozo também teve os seus acertos e os seus erros, felizmente, a população soube reconhecer que os acertos foram muito maiores que os erros, nós temos grandes desafios pela frente em um país onde a crise política está se estabelecendo e terá reflexos positivos na nossa economia. Nós temos um retorno de ICM muito menor e nós teremos que ter a capacidade administrativa de gerir esse recurso com todas as demandas que se colocam a cada dia, mas estamos muito contentes com a reeleição do Prefeito, na qual podemos, com muita satisfação fazer parte de um Governo e contribuir com várias ações que também tiveram reconhecimento da população. Eu também gostaria de agradecer nessa Casa, a oportunidade que a população farroupilhense está me dando, de ser um dos 15 representantes do nosso Legislativo para os próximos 4 anos. As voltas da vida, Vereador Josué Paese Filho, muitas vezes nós sofremos com votações menores, com mais trabalho, mas conseguindo entrar, na outra eleição, particularmente falando, eu fiz 200 votos a mais e não entrei e agora com 200 votos a menos, eu vou ter a honra de ser Vereador, mas eu não me elegi sozinho e eu queria fazer um agradecimento muito especial aos meus colegas de coligação, aos meus colegas de partido, porque sozinho eu não assumiria uma vaga na Câmara de Vereadores no ano que vem. Portanto, eu quero agradecer, quero ser um porta voz de vocês, Vereador Ildo Dal Soglio, um batalhador que infelizmente a população não reconheceu o seu trabalho, mas serei um representante do nosso partido em um momento tão difícil da nossa história, mas fica o meu agradecimento, porque sozinho eu não estaria aqui ano que vem, nós temos que ter essa consciência e esse reconhecimento a todos os nossos companheiros que deram a cara para bater, deram a cara para ser candidato e o número 1 lá na frente assume. Na outra eleição, eu fui para casa muito triste, porque não entrei, mas pude contribuir com o Márcio e com o Ildo e nessa, felizmente meus companheiros me ajudaram, porque sozinho eu também não teria conseguido, então fica o meu muito obrigado, Vereador Ildo e todos os meus companheiros de partido. Eu apresentei, Senhor Presidente, um requerimento de número 175/2016 e esse tema já foi tratado diversas vezes nesta Casa, mas acredito que nós temos que de forma oficial, fazer uma solicitação para a Secretaria Estadual de Transportes, o Vereador Josué Paese Filho tem parentes na Linha Paese e as reclamações são muitas. No ano de 2014, nós tivemos uma reunião com o então Secretário de Infraestrutura, o João Vitor Domingues, no mês de julho e o mesmo nos falou que havia sido destinado um recurso para fazer o recapeamento da Jacob Versteg até a Linha Paese e que estaria indo para a licitação após o período eleitoral. Assim, era a mesma situação da 448, a estrada que vai para São Marcos, já se passaram 2 anos e nós não tivemos notícias desse recapeamento, então eu peço a aprovação dos Senhores e até pediria a colaboração de todos para que assinem junto esse requerimento para nós solicitarmos alguma informação da Secretaria de Transportes, em que pé está essa obra, porque está passando dos limites a situação dela. Quando o Governador Tarso assumiu, eu tive uma briga muito forte com o então Secretário, o Beto Albuquerque, porque nós não aguentávamos mais os buracos dentro dos buracos. Portanto, agora está na mesma situação, sendo que há dinheiro do Banco Mundial para fazer esse recapeamento, então, Senhor Presidente, eu peço a todos os colegas Vereadores para que embarquem nessa briga junto, que não é uma briga partidária, mas uma briga para a nossa cidade, um aparte ao Vereador Josué Paese Filho.

PRES. RAUL HERPICH: Aparte ao Vereador Josué Paese Filho.

VER. JOSUÉ PAESE FILHO: Obrigado Vereador Fabiano André Piccoli. É um assunto interessante que se levanta nesta Casa, realmente, depois vou comentar mais sobre esse assunto. Só uma observação, na VRS 313, o correto é VRS 813, só para corrigir, então depois a Casa pode fazer essa correção.

VER. FABIANO ANDRÉ PICCOLI: Obrigado Vereador Josué Paese Filho. Você sabe que eu conversei com o pessoal de Porto Alegre, que quando foi feito um empréstimo, a solicitação de empréstimo ainda estava com a 313, algumas placas tem 313 e outras 813, então é uma dúvida que existe, mas eu peço a colaboração de todos os Senhores e Senhor Presidente, para que a gente possa ter o mais breve possível uma resposta de que pé está essa situação, a informação que temos é que já havia um projeto pronto e só faltava a licitação para ser feita, então, o dinheiro havia, o projeto havia, só faltava a licitação. Senhor Presidente, era isso e a gente acredita que agora com a definição da eleição municipal e as eleições de segundo turno também chegando ao final do mês, nós possamos voltar a receber os recursos que estão pendentes no Governo Federal, nós temos muitos projetos, Vereador Josué Paese Filho, que estão parados por falta de pagamento do Governo Federal e esperamos que o Governo do Estado também tenha um olhar para as questões do município que nós tanto precisamos. Senhor Presidente, muito obrigado e novamente, muito obrigado a população farroupilhense por depositar em mim, a confiança de ser o seu representante. Em 2017 estaremos de volta a esta Casa, obrigado pela acolhida, muito obrigado.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Fabiano André Piccoli. Convido o Partido da REDE Sustentabilidade para que faça uso da Tribuna. Com a palavra, Vereadora Maria da Glória Menegotto.

VER. MARIA DA GLÓRIA MENEGOTTO: Boa noite a todos, quero cumprimentar o nosso Presidente Raul Herpich, os nossos colegas Vereadores, a Vereadora Maristela Rodolfo Pessin, todos os presentes, funcionários da Casa, o Aldir Toffanin que será futuro Vereador. Eu gostaria de dizer que, como a gente tem falado sobre eleição, foram 45 dias e eu quero pedir licença a todos os meus colegas para que em poucas palavras, a gente possa compartilhar com vocês, o meu sentimento por tudo aquilo que eu vivi e que vocês viveram nesses 45 dias, não parece, mas é uma história, é um pedaço da nossa vida, ninguém para nesses dias de campanha, a gente não tem hora para dormir e nem hora para levantar. Eu estou feliz pela minha vitória, pela vitória dos colegas que aqui estão, mas eu também sinto muito por aqueles que não conseguiram a vitória, nesse primeiro momento, eu penso, mas que no final vai dar tudo certo, eu sinto muito pela nossa colega Vereador Maristela Rodolfo Pessin que há muito tempo nós estamos juntas e sempre nos damos bem, sempre procuramos fazer o melhor nesta Casa e para toda a população. Eu sinto muito também pelo colega Leandro Somacal, que não conseguiu se reeleger e Vereador Leandro, paciência, tudo na vida é assim. O Ildo Dal Soglio também, uma baita líder ali do Monte Pasqual que trabalhou muito e não conseguiu, até me surpreendeu. O Raul Herpich também, nosso Presidente, sinceramente para mim foi a maior surpresa, porque eu tinha certeza absoluta que o Vereador Raul seria o mais votado, eu nunca disse que eu seria a mais votada e todo mundo sabe, eu sempre disse que eu poderia estar entre os 3, imaginava isso, ontem mesmo, antes de iniciar a votação eu disse que iria estar entre os 3, mas que não seria a mais votada, até porque a gente sabe da luta, pois havia muitos candidatos, eram 149 candidatos e eu me sinto feliz por ter sido a segunda mais votada e todos nós que chegamos até os 15, temos que nos sentir felizes, muito embora, todos quisessem chegar no início. Eu digo que existe um pensamento de La Fontaine, que defende o seguinte pensamento: “Toda a força será fraca se não tiver unida”, baseada nesta afirmação, procurei unir forças, eu com minha família e meus amigos, para dar a sustentação a minha campanha, que foram 45 dias de trabalho e ainda falando assim, eu diria que a vida é uma roda gigante, colegas, ora nós estamos para baixo, ora nós estamos para cima. Eu penso que independente de cores partidárias ou de agremiação, nós somos seres humanos e aquele que não consegue se colocar no lugar de quem sofre e de quem perde, nunca vai conseguir saborear com gosto, aquilo que conquistou, por isso que eu me coloco no lugar daqueles que não tiveram sucesso nessa caminhada, para poder saborear aquilo que eu conquistei, independente das diferenças, todos nós temos objetivos em comum, fazer o melhor para os nossos munícipes. Eu, infelizmente, até diria que eu não consegui fazer muito e a minha tristeza foi não ter condições de ir de casa em casa, de fazer mais, até mesmo pelos colegas Vereadores que estavam comigo, mas Deus sabe o que faz e a gente tem que agradecer muito pelo cuidado que Ele tem com a gente, a gente se dispõe a fazer tudo, mas o processo político é um pouco difícil, a vitória foi conquistada com muito esforço, mesmo ainda estando debilitada por conta desta fratura que eu tive no tornozelo e sinceramente, passei noites em claro, quem teve uma fratura dessas sabe o que é dor, eu não desejo isso para ninguém e quando eu tirava a botinha e passava o dia caminhando, mesmo dentro no comitê e quando tirava a botinha de noite, eu chorava muito de dor, mas de qualquer forma a gente conseguiu e a lisura de todos os candidatos, para mim é a vitória de todos, pois todos tiveram lisura. Nós da REDE ficamos felizes, porque nós somos um partido novo e fizemos 3.216 votos, é bastante, então a gente ganhou, nós realmente conquistamos a cadeira, eu quero parabenizar e dizer que a nossa equipe foi maravilhosa, fantástica e tenho certeza que vamos fazer muito ainda por essa cidade. A gente fica feliz, porque muitos não acreditavam que nós faríamos um Vereador, mesmo eu, até porque o Vereador a gente faz com os votos de todos e nós trabalhamos, muitos fizeram poucos votos, 70 ou 80, mas são válidos, tudo são votos. Eu digo que 3.216 votos têm feito a diferença até para o Executivo e mais dois mil e poucos votos, PT e REDE, sinceramente, deu 5.800 votos, mas a diferença, Vereador Rudmar Élbio da Silva, é que o PT e a REDE fizeram esses 5.800 votos, fizemos um trabalho muito bom. O partido as vezes surpreende, o meu partido surpreendeu, eu estou muito feliz por ter compartilhado e estar junto com todos vocês, eu até vou falar, teve um partido aí que através do Facebook, jogavam lenha na gente, bem ridículo, mas sinceramente, o meu número é 18.700 e o cara fez 187 votos, o meu número, parece que ele gostava de mim, não venha jogar pedras em pessoas que não estão lhe jogando pedras, não venha falar mal, então, nós queremos dizer que vamos fazer muito por Farroupilha, estamos aqui trabalhando, eu vou pedir licença na quarta feira, porque eu vou reassumir a Secretaria da Saúde a convite do Prefeito Claiton e se estou reassumindo, Vereadora Maristela Rodolfo Pessin, acredito que tenho feito um bom trabalho, senão ninguém te chama para isso, é aí que está o problema, eu faço um trabalho, independente de Secretaria se fosse o caso, o meu trabalho atende a todos, qualquer hora, eu não marco o telefone para ligar depois e muito menos o endereço para visitar, é ao contrário, as pessoas me encontram na rua e agradecem, eu quero dizer que eu fiz uma bela votação, a maioria delas de agradecimento, chegaram e me agradeceram mas eu não sei nem o que fiz, eu não me lembrava, coisas de 10 anos atrás, isso é bonito. Nós estamos aqui não somente por nós, mas para fazer por todos, independentemente de partido ou de quem vai governar, vamos trabalhar, nos unir e fazer o melhor para a nossa população. Eu quero agradecer a todos aqueles que acreditaram em mim, que fica gravado aqui, agradecer a todas as pessoas que me deram apoio, que me ajudaram, correram por mim, entregaram santinho, enfim, agradeço, porque eu diria assim: “que campanha que não foi gasto”, graças à Deus que não precisou fazer isso, eu não vou apontar o dedo para ninguém porque todo mundo trabalhou franciscanamente, então, muito obrigado por essa oportunidade, Senhor Presidente e logo vamos falar novamente, obrigado.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereadora Maria da Glória Menegotto. Convido o Partido Progressista – PP, para que faça uso da Tribuna. Com a palavra, Vereador Josué Paese Filho.

VER JOSUÉ PAESE FILHO: Senhor Presidente, Senhores Vereadores e Vereadoras, funcionários da Casa, imprensa, um abraço ao Aldir Toffanin que também foi nesta luta, mas eu tenho certeza que você ainda vai ter um assento nessa Casa, pode ter certeza que se Deus quiser, nós vamos trabalhar juntos. Primeiro, eu quero deixar registrado nesta Casa, vou citar uns nomes que eu acho importante, até para saber, futuramente, quem era a família do Vereador Kiko Paese. Me deram um suporte muito grande e incansável, no começo alguns da minha família diziam: “pai, não vai mais ou Kiko vai de novo”, porque a gente sabe que uma campanha política é muito desgastante e apolítica não sai da gente, mas nós temos que saber a hora certa de sair dela. Portanto, eu quero deixar registrado, a minha esposa Inês, minha filha Roberta, meu genro Robson, meu filho Eduardo, minha futura Nora, se Deus quiser, a Mari e o meu neto Henrique, porque era ele que estava no computador ontem à noite, aquela coisa trancava e não saía do lugar e eu dizia que não sabia se era mais difícil esperar o resultado de uma campanha política na minha situação de ontem ou ver o Grêmio chutando os pênaltis com o Atlético Paranaense, mas o coração vinha para a boca, sinceramente, todos nós Vereadores, não só os que se elegeram, mas aqueles que também não conseguiram, eram 60, todos nós temos a expectativa. Eu quero dar os parabéns aos Vereadores eleitos pelos próximos 4 anos, a partir de janeiro, aqueles que não conseguiram se reeleger, meus sentimentos, mas a gente fica assim, porque fizemos uma amizade muito grande aqui dentro e a gente gostaria que continuássemos esse trabalho tão belo discutindo a política, discutindo propostas, mas infelizmente a política é assim, ela é diferente do futebol, você ganha ou perde, mas os que perderam não saíram derrotados, saíram vitoriosos, porque enfrentaram uma campanha, uma democracia e uma cidadania, cumprindo o seu papel. É muito fácil as pessoas na rua dizerem que os Vereadores não fazem nada, que os Vereadores isso e aquilo, mas não botam a cara na rua para pedir votos, fazer uma campanha e trabalhar para todo o município. Recentemente, eu vi um Vereador, antes de começar a Sessão, a gente ainda está um pouco de cabeça quente, Vereador Sedinei Catafesta, eu vi você comentando e tem razão, a gente luta, apresenta projetos e esperamos um resultado para continuar trabalhando e muitas vezes, não vem o esperado. Eu sinto algumas coisas que a gente fez nesta Casa, fez por Farroupilha, muitas emendas, muito trabalho, projetos importantes e eu realmente esperava uma votação um pouco maior, entrei “raspando o tacho”, mas o importante é que eu estou aqui e vou batalhar novamente nesses 4 anos pelo meu município. Eu dizia, recentemente, na minha entrevista para a Rádio Spaço ontem e hoje para a Rádio Miriam, que eu serei um Vereador de oposição, mas uma oposição consciente, que nem foi nesses últimos 4 anos, votando a favor dos projetos importantes para o nosso município e se tiver que votar contra, eu votarei sem problema nenhum. Aqueles que eu acho que não serão bons para Farroupilha e esse será o meu comportamento. Vereador Lino Ambrósio Troes, se me permite, vou repetir o que o Senhor sempre disse, Vereador de construção, para mim as eleições acabaram ontem às 20 horas da noite e hoje eu sou um Vereador de quase 80 mil habitantes de Farroupilha, independente de cores partidárias e de partidos, mas sou um Vereador que terá um assento nesta Casa para trabalhar pelo nosso município. Parabéns mais uma vez para os Vereadores eleitos, os que se reelegeram, aqueles novatos que vão chegar, são 9 Vereadores novos que entrarão nesta Casa e aqueles que não conseguiram se reeleger novamente, talvez Deus guardou algo melhor do que ser Vereador, vamos em frente que o mundo não acabou por aí. Vereador Fabiano André Piccoli, sobre o seu requerimento, tem o meu apoio e se me permite, eu assinarei junto esse requerimento, porque eu passo aí por essa estrada na 813 ou 313 e eu passo ali não só na época de campanha, mas no mínimo uma vez por semana, está intransitável, tem buracos esperando para entrar, é uma vergonha uma estrada onde tem um trânsito muito grande e pesado passar por essa situação que é uma vergonha, independente do Governo, assim foi no Tarso Genro conforme você falou, foi no Sartori agora. Eu lembro que estava em uma audiência em Porto Alegre, onde dizia que já tinha um financiamento do Bando Mundial e eu até reclamei dizendo que a 813 não terminava em Linha Paese, terminava na divisa de Garibaldi, perto da Fenachamp, aí diziam na época que vinha o segundo financiamento e que essa era a primeira etapa, mas não veio o primeiro e nem o segundo, eu não sei se não existe esse financiamento, se está engavetado ou o que está acontecendo, mas tem o meu apoio para esse requerimento ou para descer até Porto Alegre se precisar, para buscarmos essas soluções para os nossos munícipes e para a nossa região. Portanto, conta comigo que eu apoio essa sugestão, mais uma vez, parabéns a todos. Vereador Maria da Glória Menegotto, Vereadora Maristela Rodolfo Pessin, obrigado.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Josué Paese Filho. Convido o Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB, para que faça uso da Tribuna. Com a palavra, Vereador Arielson Arsego.

VER. ARIELSON ARSEGO: Senhor Presidente, Senhores Vereadores. A gente fica ouvindo e parece que é uma Sessão fúnebre hoje à noite. As lamentações, parece que nós estamos falando com tristeza, as coisas mudam, eu já me elegi, não me elegi e vamos indo, os que se elegeram vão continuar o trabalho, os que não se elegeram vão fazer trabalhos diferentes em outros lugares, a composição da Câmara de Vereadores não vai ser composta pelos 15 Vereadores que estão aí agora, vão ocorrer mudanças, vão ter suplentes no lugar, a gente tem um sentimento e na verdade o que se tem aqui é um cansaço, eu não tenho dúvidas que alguns que não estão eleitos agora, amanhã já vão estar aqui na Casa novamente ou vão estar lá na Administração Municipal trabalhando pelo município. O que eu quero, em nome da Bancada do PMDB, é desejar sucesso para o Prefeito nos próximos 4 anos e que ele realmente tenha adquirido experiência durante estes 4 anos para que o nosso município seja melhor do que está hoje, seja melhor em algumas áreas que eu digo, como a área do emprego, habitação, como nós vimos as invasões muito visíveis, a segurança, apesar de ser também dever do Estado, mas que o município possa ajudar também para tenhamos uma segurança melhor e principalmente, a saúde, para que unidos, possamos encontrar soluções para o nosso hospital, não só no final dessa administração ou durante esta campanha, para que tenham sido liberados os exames, consultas, cirurgias e que dê essa continuidade pelo menos até o final deste governo, deixando que as pessoas possam ser atendidas dignamente, que recebam o seu atendimento no hospital e que não tenha sido somente por 45 dias. O que nós temos visto, é que as pessoas receberam muitos atendimentos, consultas, cirurgias, muitas pessoas indo lá e sendo atendidas diferentemente do que foram durante quase 4 anos, mas nós sabemos a dificuldade do hospital, nós sabemos a dificuldade do município. Eu vi o Vereador Fabiano André Piccoli falando da questão da redução da vinda de valores de impostos e isso é natural, aconteceu mesmo, nós temos que começar a eleger algumas prioridades, eu vi o Vice-Prefeito ontem na sua entrevista dizendo que vai cuidar muito da arte e da cultura e eu disse na minha entrevista que eu acho que antes de cuidarmos muito da arte e da cultura, que não devemos deixar para trás, nós temos que cuidar do hospital, da segurança, saúde e habitação. É claro que eu também desejava me eleger e na outra eleição eu fiz 2.010 votos e nessa eu fiz 944, o que é a força de uma Secretaria, principalmente a Secretaria de Obras, mas já que nesta vez não teve um Secretário de Obras candidato, teve um Secretário da Agricultura que fez 1.700 votos que acabou ocupando o espaço da Secretaria de Obras, isto não é diferente, a gente tem que fazer algumas análises de porque algumas pessoas fazem 1.700 votos, a Vereadora Maria da Glória Menegotto sempre fez em torno de 1.300 a 1.400 e agora com a Secretaria da Saúde fez também os seus votos e é natural que façam mais, Vereador Raul Herpich, é natural que o Senhor ficou aqui na Câmara de Vereadores defendendo e com todas as dificuldades do Partido do PT, a gente viu em todos os lugares a diminuição dos votos, é natural que se faça a quantidade de votos e também, talvez a campanha tenha sido diferente. É natural que alguns Vereadores novos possam fazer mais votos que outros que já estão aqui ou fazer uma votação para poder estar aqui na Câmara de Vereadores, agora eu quero ver estar aqui botando a cara, defendendo a comunidade, colocando a cara todos os dias e ir lá na imprensa, será que vale a pena tudo isso? Será que vale a pena vir aqui e falar o que eu falei agora, que o Prefeito tomara que tenha aprendido nesses 4 anos ou tenha tido a experiência para lá na frente fazer coisas melhores pelo município? E discutindo aqui com o Vereadores de oposição e depois quando chega na hora da eleição você vir pedir o voto e a pessoa dizer: “já estou comprometido com outro candidato”, mas a pessoa sempre disse que você era o herói dela, era o para-choque do negócio, então, as vezes a gente vai aprendendo, Vereador Paulo Roberto Dalsochio, a construção, Vereador Lino Ambrósio Troes, tem que ser feita com a oposição e situação, por isso que nós vamos trabalhar juntos e não tenho dúvida nenhuma. Eu disse na entrevista ontem que talvez a gente tenha que mudar um pouco o nosso comportamento dentro da Câmara de Vereadores ou talvez, se eu não tivesse feito isso, não teria feito nem os 944 votos, quem sabe tivéssemos fora, mas nós vamos ter companheiros novos aqui na Bancada do PMBD, vamos ter 3 novos Vereadores aqui e eu quero desejar sucesso para eles na hora certa quando nós assumirmos no próximo ano, nós também vamos fazer isso, mas que nós possamos fazer um bom trabalho, sem ficar no desespero. Eu quero falar do nosso candidato Bolivar Pasqual que foi excelente durante a campanha, apanhou bastante, mas sempre de cabeça erguida, sempre sabendo da honestidade, da honradez e do trabalho dele e que as pessoas ali fora, não tem dúvida nenhuma de quem é o Pasqual, olhem a votação que ele fez, mesmo com tudo isso, dizendo que não pode assumir, junto com o Renato Tartarotti, fizeram uma excelente votação, poderia ter sido outro nome e hoje a gente poderia estar pensando diferente, nós poderíamos dizer: “mas e se fosse o fulano?”, mas daí ele não ganhava a eleição e poderiam dizer: “mas se tivesse sido o Pasqual, daí pelo menos depois ele discutiria na justiça, mas se não ganhou com o Pasqual porque não colocaram outro candidato?”, isso são coisas que vem após o resultado da eleição e aí nós vamos partir para frente, porque nós vamos ter muito para fazer, Farroupilha é muito nova, Farroupilha tem estar em construção, Vereador Lino Ambrósio Troes, nós precisamos de pessoas que trabalhem e aqueles que não vão estar aqui não podem largar, Vereador Paulo Roberto Dalsochio e Vereadora Maristela Rodolfo Pessin, eu tenho certeza que a Senhora vai estar sentada aqui novamente durante os 4 anos e nós vamos fazer um revezamento dos Vereadores e aí quando estiver aqui vai dar a sua contribuição que vai ficar guardada e vai passar para nós aqui da Bancada do PMDB, eu não tenho dúvidas, quem tem no sangue essa vontade que vem da família não vai largar nunca, vai vir aqui e ajudar, se não for candidato na próxima, porque isso, Vereador Josué Paese Filho, eu também conversei com a minha família, não era para eu ter sido candidato nesta vez, por causa dos problemas de saúde e mais o que eu sabia que iria cair em cima desses ombros, eu vou dizer para vocês que tem 2 ou 3 da situação que tem que cortar a língua, porque eles não falam as coisas com fundamento, eles falam aquilo que acham, o que vem na boca e ficam espalhando para todo mundo nas redes sociais, mas um dia nós vamos nos encontrar para acertar os ponteiros, essa palavra é como dizem os “chulos”: “nós vamos nos acertar logo ali na frente”. Portanto, não tem problema nenhum, nós vamos nos encontrar, Vereadora Maria da Glória Menegotto, aqueles que você falou agora, eu não sei a quem você estava se referindo, eu até imagino, mas não é desse que eu estou falando agora, mas tem outros, tem aqueles fora do partido, que não estavam com vocês, não estavam com nós, tem aqueles que estavam com vocês e provavelmente tenha algum que esteja conosco que tenha falado algo que também não diz respeito, a gente sabe que no meio de todas as agremiações partidárias, nós vamos ter pessoas que infelizmente a gente não consegue controlar tudo e todos, mas durante a campanha, tiveram pessoas que são uns dois de copas, uns “tapados”, pode ficar registrado na ata, os caras não sabem nada, coloquem a cara para bater que nem nós fizemos na rua e venham disputar uma eleição, esses caras tem que vir para a eleição, eles tem que mostrar a cara, alguns já vieram para mostrar a cara e sentiram o que é bom, tem outros que ainda não levaram, alguns gente vê com outros olhos, os nossos, mas então eu vou falar do outro lado, tem que convidar essas pessoas para serem candidatos e aí eu quero ver quantos votos eles vão fazer e o que vão falar dessas pessoas, uns inúteis, tem gente que carregava um caixão do PMDB e desistiu de ser candidato, é um inútil que ganha R$ 6.000,00 por mês, não tem dignidade para estar em um cargo público, é um cara que não merece estar na Prefeitura e são essas pessoas que denigrem a imagem daqueles que estão trabalhando lá dentro. Eu nem ia falar aqui nesta noite, porque para mim tanto faz se eu estivesse eleito ou não, claro que a torcida era para me eleger, eu não fui candidato para não me eleger, eu quis ser candidato para me eleger, mas poderia ter dado um contratempo e eu não me eleger também, eu sabia disso. Eu quero dizer que os votos, da mesma maneira que eu disse quando eu fiz 2.010 votos, eu digo agora, eu tenho os mesmos votos que os outros que fizeram 1.700, Vereadora Maria da Glória Menegotto, a gente sabe que é assim, aqueles que fizeram votos para se eleger, é da democracia, é da Lei Eleitoral e estão ali os votos. Há Secretarias, Vereador Fabiano André Piccoli, que conseguem fazer mais votos que outras e eu disse nessa relação que eu estava fazendo primeiro, se tivessem algumas pessoas diferentes dentro das Secretarias, de repente, a Vereadora Maria da Glória Menegotto iria fazer 1.700 votos somente ela, o outro talvez não fizesse 1.700 votos, porque a Secretaria de Obras e a Secretaria da Agricultura conflitam muito, então, a gente viu muito isso, vai lá no interior e levou o cascalho, levou a máquina, tem fotos, vídeos e tudo, tem muita coisa guardada, mas parece que alguns é que sofrem algumas situações, mas não tem problema nenhum, Aldir Toffanin, é muita lâmpada trocada, precisa e dá mais segurança, mas precisava ter trocado bastante antes, beleza, agora deu tempo para trocar e conseguiram fazer uma compra grande de lâmpadas nos 45 dias da campanha e aí deu para colocar mais nessa temporada, é importante, porque para a cidade fica melhor ter mais segurança, como eu falei aqui, nós temos que cuidar da segurança. Portanto, eu vou parar de falar, porque senão eu vou falar coisa que eu não devo e quero dizer a todos, Toffanin, se você não estiver na Prefeitura, você estar aqui, porque com certeza, eu estou dizendo isso porque o Toffanin é meu amigo, ele esteve junto comigo na UAB, apesar que foram filmar uns negócios, mas tudo certo, o Toffanin esteve comigo na UAB, passou pela Prefeitura e fez uma bela votação e com certeza, algum Vereador vai ir para a Secretaria, se não tiver lá, vai estar aqui, outros Vereadores se não estiverem aqui, vão estar na Prefeitura, Vereador Raul Herpich, a gente sabe que é assim, outros que não se elegeram também, mas enfim, a Vereadora Maria da Glória Menegotto parecia triste, mas é cansaço, o Vereador Josué Paese Filho também falou da família e a gente se emociona, ontem quando eu estava com a minha família, a torcida ao lado era grande e eu pegando os números para ver se chega ou não chega, mas deu tudo certo, quando Deus quer e não é porque alguns não se elegeram que Deus não quis, é que a gente vai dando lugar para outros e daqui a pouco eles saem e a gente volta, é assim mesmo. Eu quero desejar sucesso para a nova administração e eu não tenho dúvidas que se a Bancada do PMDB puder colaborar nos trabalhos, nós vamos fazer isso, porque nós queremos a nossa cidade, como diria o Ex-Prefeito Clóvis Sanfelice: “essa gente um pouco mais feliz”. Obrigado.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Arielson Arsego. Convido o Partido Socialista Brasileiro – PSB, para que faça uso da Tribuna. Abre mão do espaço. Convido o Partido Democrático Trabalhista – PDT, para que faça uso da Tribuna. Com a palavra, Vereador Paulo Roberto Dalsochio.

VER. PAULO ROBERTO DALSOCHIO: Senhor Presidente, Senhores Vereadores, demais presentes nesta Casa. Vereador Arielson Arsego, eu acho que não é um clima de velório, mas é um clima de cansaço da campanha, cansaço natural daqueles que estiveram participando, eleitos ou não. Os eleitos com a satisfação de terem conseguido a vitória e os que não conseguiram chegar lá, a decepção, mas talvez até o alívio de peso do que é participar e estar aqui. Eu gostaria de propor nesta noite, que em nome da Casa e da Mesa, a gente remetesse um ofício parabenizando todos os candidatos, os candidatos a majoritária eleitos, os candidatos a majoritária que não se elegeram, os Vereadores eleitos e todos os candidatos, porque estes engrandeceram a nossa democracia. A participação de quem teve o menor número de votos, mas que foi e participou com a vontade de fazer quem sabe, o maior número do que aquele que fez como primeiro colocado, todos ajudaram na realização da democracia e isso que é importante. Eu concordo com o Vereador Arielson Arsego, eu acho que algumas pessoas teriam que botar a cara, são os primeiros a criticar quem está aqui por ter feito ou não ter feito ou por estar ganhando demais, uma série de coisas, mas não vem aqui participar, não vem participar e eu disse um dia desse Concurso Público, que a cada 4 anos se repete, o nosso concurso tem data de validade, então eu gostaria, Senhor Presidente, que a Casa, se assim os demais Vereadores entenderem, pudesse fazer um ofício congratulando cada um dos candidatos, independentemente do número de votos, desde o Executivo até os candidatos a Vereador, em nome da Casa, agradecer a participação no pleito e pela ajuda na concretização e na construção da democracia, isso que é importante. Claro que eu quero, parabenizar o Prefeito eleito e o seu Vice e dizer que a responsabilidade por mais 4 anos, é maior do que dos 4 anos iniciais e independente de eu estar aqui nessa Casa ou não, porque eu não concorri e não vou estar, vou estar cobrando da mesma forma deles a responsabilidade, porque nós queremos que esse povo que aí está, quem votou nele e quem não votou também, quer uma Farroupilha melhor e nós temos a responsabilidade de fazer isso. Bobagens na campanha, isso a gente sempre houve e às vezes quem diz mais bobagens é quem tem menos responsabilidade, eu acho que cada um tem que saber o que tem que dizer, o que pode dizer e quando deve dizer. Depois que passa a campanha também, como o Vereador Arielson colocou, vem o porquê? Porque eu não fiz isso ou aquilo, porque o nosso partido não fez aquilo? Isso também é muito natural e não adianta chorar em cima do leite derramado, não resolve. Portanto, eu quero parabenizar os Vereadores eleitos: Arielson Arsego, José Mário Bellaver, Josué Paese Filho, Fabiano André Piccoli, Sedinei Catafesta, Maria da Glória Menegotto e também parabenizar os que não conseguiram se eleger, eu quero lamentar junto com eles, o Vereador Leandro Somacal, o Vereador Rudmar Élbio da Silva que se elegeu, Ildo Dal Soglio, Raul Herpich, Maristela Rodolfo Pessin, uma lástima, mas isso faz parte, ganhar ou não, eu também já tive essa experiência, eu não sei se eu nunca mais vou participar da eleição, mas me senti aliviado está vez por não ser candidato, mas dizer que não serei mais candidato é difícil, eu espero até não precisar, poder colaborar e ajudar na democracia sem ser candidato, mas de qualquer forma, eu quero dizer que cada um deveria ser candidato para sentir o que é e o que faz. Por outro lado, eu vejo que o país está precisando uma reforma política, onde eu acho que o número de partidos que nós temos é muito grande, então também fica complicado, nós tivemos praticamente 160 candidatos, uma série de partidos, então também muda esse coeficiente eleitoral, uma série de coisas. Eu vi no discurso da Presidente Dilma quando ela foi se defender no Congresso, algo que dizia mais ou menos assim, eu não gravei o número, pode fugir um pouco o que eu vou dizer, mas é para mostrar a dimensão. O Fernando Henrique tinha a maioria na Câmara e Senado com 6 partidos, o Lula no primeiro mandato precisou de mais ou menos 9 partidos, no segundo mandato, 12 ou 14 partidos. A Dilma no primeiro mandato, para ter a maioria, precisava de 16 partidos, no segundo mandato mais de 20 e ela disse: “é difícil governar” e de fato, fica complicado para reunir e conseguir conectar todas essas ideias para um único objetivo, então, a democracia que tem vários partidos é boa, mas talvez quando é demais, ficamos embriagados com essa democracia. Portanto, Senhor Presidente, mais uma vez, eu quero agradecer a todos os que participaram, parabenizar a todos, onde a gente tem gratas surpresas e às vezes até surpresas decepcionantes, mas isso faz parte da democracia e se os Vereadores assim entenderem, então que a gente oficialize a todos os candidatos cumprimentando-os para isso. Revezamento; eu hoje, Senhor Presidente, vou estar apresentando um requerimento pedindo licença de 30 dias para que um suplente venha e assuma, o lugar como eu tenho feito todos os anos dando 30 dias a um dos suplentes, e eu espero que o nosso partido continue fazendo isso na próxima Legislatura para que mais pessoas participem, peguem o gosto e venham participar também, obrigado a todos e sucesso aos eleitos.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Paulo Roberto Dalsochio. Convido o Partido Social Democrático – PSD, para que faça uso da Tribuna. Abre mão do espaço. Colocamos em votação o requerimento nº 175/2016 de autoria do Vereador Fabiano André Piccoli. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos os Senhores Vereadores e subscrito por todas as bancadas. Colocamos em votação a proposição do Vereador Paulo Roberto Dalsochio, para que seja oficiado a todos os candidatos a Vereadores em nome da Casa, Executivo e Legislativo. Aprovado por todos os Senhores Vereadores. Colocamos em votação, o requerimento nº 176/2016 de autoria da Vereadora Maria da Glória Menegotto, que é para que seja enviado votos de congratulações a Maria de Lourdes Anselmi, a sua filha Sandra, a Patrícia e ao Eduardo. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos os Vereadores e subscrito por todas as bancadas. Passamos o espaço destinado ao Pequeno Expediente.

PEQUENO EXPEDIENTE

PRES. RAUL HERPICH: A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores, a palavra está com o Vereador Lino Ambrósio Troes.

VER. LINO AMBRÓSIO TROES: Excelentíssimo Senhor Presidente, Senhores Vereadores e Vereadoras, eu quero saudar o membro do partido, um grande lutador, o Aldir Toffanin, eu quero saudar a imprensa em nome do Macalossi e do Ricardo Ló, eu quero saudar o Bellaver, o Benachio, os funcionários da Casa, obrigado pela presença. Senhor Presidente, Senhores Vereadores, eu quero cumprimentar todos os Vereadores que se elegeram e quero cumprimentar pela participação, pelo trabalho, por ter se envolvido no processo democrático, na defesa da democracia, os 144 que não se elegeram e os 15 que se elegeram, eu quero cumprimentá-los e acho que muita gente pode até ter se decepcionado, mas contribuíram muito. Aquilo que o Vereador Arielson falou sobre colocar a cara para bater. Críticas, disseram que éramos demais, depois disseram que ganhávamos demais, disseram que não fazíamos nada, todas essas formas, parece que isso tudo vira Lei, regra, coisa essencial, vira conceito, quando na realidade a gente sabe, nós convivemos aqui, eu convivi aqui com alguns dos Senhores por 8 anos e sei da capacidade, da idoneidade, do caráter de cada um dos Senhores e eu posso com certeza atestar da minha satisfação e da minha vaidade de ter estado aqui e ter podido conviver com vocês e poder ter a oportunidade, ter essa experiência de crescimento, principalmente no aspecto político, no aspecto de consideração e respeito aquele que está do outro lado com ideias diferentes, com propostas diferentes, sugestões diferentes, eu acho que é nisso que nós crescemos em termos de democracia. Por vezes, eu fico a pensar que não devo dar ouvidos aquilo que se escreve nas Redes Sociais, outras vezes, me sinto atraído para ver ou ouvir aquilo que estão dizendo, Vereador Josué Paese Filho, mas como eu disse no passado, talvez quase 4 anos atrás, eu disse que enquanto uns se preocupavam com o Facebook, eu iria ficar com o book, eu continuo com a mesma ideia, porque parece que foi dado voz através das Redes Sociais para algumas pessoas que não medem em absolutamente nada as consequências daquilo que estão dizendo ou fazendo, Vereador Arielson e Vereador Josué Paese Filho, então, eu quero cumprimentar aqueles que foram vencedores e quero dizer para aqueles que não chegaram lá, para que façam uma retirada estratégica, Vereadora Maristela Rodolfo Pessin, Vereador Leandro Somacal e Vereador Ildo Dal Soglio, façam uma retirada estratégica e voltem depois com mais força. Nesses 4 anos que vocês estarão fora, juntem forças e voltem para o próximo processo eleitoral com essas forças armazenadas, envolvidos e comprometidos com essa realidade, porque é bom e bonito. Para nós 4 que estamos nos retirando, Vereador João Reinaldo Arrosi, Vereador Juvelino Ângelo De Bortoli e Vereador Paulo Roberto Dalsochio, nós cumprimos uma determinada etapa na nossa vida, como o Vereador Paulo Roberto Dalsochio disse: “o que seremos amanhã? O futuro à Deus pertence”. Muito obrigado, Senhor Presidente.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Lino Ambrósio Troes. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores, a palavra está com o Vereador Sedinei Catafesta.

VER. SEDINEI CATAFESTA: Senhor Presidente, Raul Herpich, cumprimento Vossa Excelência, quero cumprimentar os demais Vereadores dessa Casa, os que nos prestigiam nessa noite, em nome do Aldir Toffanin, cumprimentar a todos, parabenizar você também pela campanha e os demais mencionados que se reelegeram, os que não se reelegeram, é um processo democrático e neste ano, Vereador Josué Paese Filho, tinha muita gente, foram tantas pessoas que me ajudaram nas outras campanhas, mas que hoje foram candidatos, Vereador Paulo Roberto Dalsochio, como foram candidatos no partido do PSB, PP e PMDB que já foram militantes junto com o Vereador Arielson Arsego e a Vereadora Maristela Rodolfo Pessin que hoje foram candidatos, tudo isso na hora da soma, a gente fica a desejar aqueles votos, mas foram para aqueles candidatos e a gente acaba não atingindo aquele objetivo desejado, mas ficamos felizes que estamos aqui por mais 4 anos para continuar representando a comunidade, agradando a alguns e não contentando a todos, isso é a democracia, Senhor Presidente, porque muitos, nesse momento em que nós estamos alegres, muitos estão com raiva, porque a gente se reelegeu, Vereadora Maria da Glória Menegotto. Hoje, um cidadão chamado Everton dos Santos, postou nas Redes Sociais e já estou com print e também vou entrar com processo contra este cidadão, só no final ele fala ofendendo o Vereador Arielson Arsego, o Vereador Sedinei Catafesta e a Vereadora Maria da Glória Menegotto, um absurdo o que ele escreve, as pessoas não sabem mais o que fazer, as Redes Sociais não são para ofender as pessoas, é vergonhoso o que escrevem e na hora de pedir o voto, as pessoas queriam dinheiro para votar e aí tem a razão de estar escrevendo, então, não tem com entender que democracia é essa, esse é mais um. Eu quero parabenizar a todos e desejar ao Prefeito Claiton um profícuo trabalho nesse tempo de campanha, eu tenho certeza que os demais viram as necessidades de muitas pessoas, Farroupilha não é um paraíso tropical, Farroupilha tem muito, Presidente Raul Herpich, Vereador Ildo Dal Soglio, muito para melhorar na habitação, na parte de saneamento básico em que as pessoas não tem, Vereador Josué Paese Filho, eu vi situações de chorar, uma pessoa me chamou para entrar na casa dela, não tinha 2 metros naquela casa e ali não é situação de viver, onde está a nossa Secretaria de Ação Social e de Habitação? Esse caso tem que ir para frente, a gente precisa arregaçar ainda mais as mangas, indiferente de partidos, de “A ou B”, na eleição a gente tem os ânimos a flor da pele, mas eu não tive problema com nenhum candidato, para mim eram todos colegas buscando o seu espaço novamente, não tive adversários, por mais que nas Redes Sociais apareçam coisas negativas de algumas pessoas que não tem coragem de colocar o nome e concorrer a um cargo letivo, então isso é vergonhoso. Presidente, eu tenho dois requerimentos de nº 177/2016 e 178/2016 que eu não apresentei no período eleitoral, porque senão iam dizer que eu estava comprando votos, colocando uma parada de ônibus, que é o mínimo que o nosso Governo deve fazer para a nossa comunidade e a licitação do período do transporte também é algo que a gente vai ter que rever nos próximos anos, que a nova empresa ou a empresa que está aí possa colocar abrigos padronizados, atendendo a comunidade, porque muitos esperam o transporte no relento do sol ou na chuva, isso a gente tem que estar aqui debatendo, é por isso que somos a Casa do Povo e esse requerimento vem para que possa ser colocado um abrigo de ônibus na Rua Domingos Roncatto, no Bairro Industrial, perto do numeral 177 e também para que a parte da Prefeitura na Secretaria de Obras possa ver o porquê tem tanto mau cheiro nas bocas de lobo na Rua Dalci Ferrari de Andrade, proximidades do nº 400 até o nº 477, eu peço que coloque em votação nessa noite se possível. Obrigado.

PRES. RAUL HERPICH: Colocamos em votação o requerimento nº 177/2016 e 178/2016 de autoria do Vereador Sedinei Catafesta. Encaminhamento Vereador Arielson Arsego.

VER. ARIELSON ARSEGO: Só para dizer que as bocas de lobo não são sifonadas e elas vão ter esgotos ligados diretamente de alguém, aí vai ter o cheiro, a resposta desse requerimento não vai ser outra, a não ser que tenha ligação que deveria estar na fossa, ao invés de estar ligado diretamente no cano da rua. A questão referente as paradas de ônibus, agora falando sobre isso e também não falei durante a eleição, porque tem algumas coisas que a gente sabe como funciona, mas a licitação dos ônibus foi feita, só que ela foi trancada pelo Tribunal de Contas do Estado, que segurou a licitação como se fosse uma impugnação da licitação, por supostos erros e que não são permitidos na licitação, isso o município recebeu, não é a empresa, mas sim o município que tem que fazer a sua defesa e essa questão dos abrigos nas paradas de ônibus não tem. Vocês viram o ônibus que eu coloquei aqui em cima? Alguns sabiam o que era, outros não, eu só coloquei ele em cima da mesa, está na gaveta do Vereador Juvelino Ângelo de Bortoli, isso são R$ 118.000.000,00 a licitação e a empresa tem que pagar em torno de R$ 650.000,00 para a Prefeitura, que não entrou nos cofres públicos por causa da licitação com erros, mas enfim, só para dizer, eu falei isso e poderia comentar muito mais sobre esse assunto, mas eu estou comentando isso porque os abrigos nas paradas de ônibus, nós vamos ter que solicitar para que a Administração faça sem esperar nova licitação, porque na licitação não vai estar isso, inclusive de 25 anos de concessão, não pode ser 25 anos, o Tribunal de Contas sugere 10 anos, assim como em outras cidades e mais outras coisas aí que a gente vai ver que tem que sair a licitação do Transporte Urbano. Portanto, nós votamos favorável para que tenha esses abrigos, porque realmente são necessários.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Arielson Arsego. Colocamos em votação os requerimentos nº 177/2016 e 178/2016 de autoria do Vereador Sedinei Catafesta. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos os Senhores Vereadores presentes. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores, a palavra está com o Vereador Rudmar Élbio da Silva.

VER. RUDMAR ÉLBIO DA SILVA: Eu quero cumprimentar o Senhor Presidente, demais Vereadores, a Vereadora Maristela, a Vereadora Maria da Glória Menegotto, Macalossi, Toffanin, funcionários da Casa e demais presentes. Quero também aqui deixar registrado e parabenizar todos os candidatos a Vereador que concorreram, todos foram guerreiros independente de número de votos, mas colocaram a cara a tapa para defender o nosso município, também quero parabenizar os que não conseguiram se reeleger, não desanimem, continuem, vocês diminuíram os votos, mas a personalidade e o caráter de vocês, ninguém tira, continuem lutando, trabalhando e defendendo a sua comunidade, eu também quero parabenizar o Prefeito Claiton pela sua vitória e pedir hoje, Senhor Presidente, eu quero apresentar um requerimento: o Vereador signatário requer a Vossa Excelência após ouvida a Casa, que seja concedida a licença por tempo indeterminado a partir do dia 05/10/2016 para assumir cargo no Executivo Municipal, eu peço que coloque em votação.

PRES. RAUL HERPICH: Colocamos em votação o pedido de licença formulado pelo Vereador Rudmar Élbio da Silva. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos os Vereadores.

VER. RUDMAR ÉLBIO DA SILVA: Obrigado Senhor Presidente, eu quero deixar um abraço aos demais Vereadores também que não concorreram, Vereador Paulo Roberto Dalsochio, Vereador Lino Ambrósio Troes, Vereador João, Vereador Juvelino, eu aprendi muito com vocês aqui nesta Casa e me sinto honrado em fazer parte, ficar junto com vocês nesses 4 anos, um pouco fora e um pouco aqui, mas eu tenho a certeza de que preciso aprender muito mais, agradeço a Deus por essa oportunidade que eu tive de poder defender grandes projetos, grandes debates e acredito que nesses próximos 4 anos, de 2017 até 2020, não vai ser diferente, vão ser grandes projetos, grandes debates e muitos projetos passarão por essa Casa e essa Casa com certeza deu um bom testemunho, sempre fez um grande debate, respeitando sempre um ao outro, isso é importante, a política passa, mas a amizade fica, obrigado Senhor Presidente, sucesso para todos nós.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Rudmar Élbio da Silva. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores, a palavra está com o Vereador Paulo Roberto Dalsochio.

VER. PAULO ROBERTO DALSOCHIO: Senhor Presidente, Senhores Vereadores e demais presentes nessa Casa. Como eu havia comentado na Tribuna, eu estou apresentando o requerimento, solicitando licença de 30 dias a partir do dia 10 de outubro de 2016 para deixar o suplente assumir essa Casa, dar uma nova oportunidade, o requerimento é para tratar de interesses particulares, se assim entenderem.

PRES. RAUL HERPICH: Colocamos em votação o pedido de licença formulado pelo Vereador Paulo Roberto Dalsochio. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos os Senhores Vereadores. A palavra continua à disposição dos Senhores Vereadores, a palavra está com a Vereadora Maria da Glória Menegotto.

VER. MARIA DA GLÓRIA MENEGOTTO: Senhor Presidente, Senhores Vereadores. Primeiro eu quero encaminhar um requerimento a Vossa Excelência para que seja enviado votos de congratulações a Senhora Maria de Lurdes Anselmi e seus filhos, Sandra, Patrícia e Eduardo que estão à frente da Marca Anselmi pela abertura e expansão de mais uma Loja Conceito, agora em Porto Alegre no Shopping Iguatemi, onde idealizaram um projeto que resgata o aconchego da casa da vovó e levam a marca a outros patamares.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereadora Maria da Glória Menegotto. Eu peço escusas por ter colocado em votação anteriormente, mas era outra coisa. Colocamos em votação o requerimento nº 176/2016 de autoria da Vereadora Maria da Glória Menegotto. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos os Vereadores.

VER. MARIA DA GLÓRIA MENEGOTTO: Senhor Presidente, eu também quero encaminhar um requerimento para que seja concedido uma licença por tempo indeterminado a partir do dia 05/10/2016 para assumir cargo no Executivo Municipal.

PRES. RAUL HERPICH: Colocamos em votação o pedido de licença formulado pela Vereadora Maria da Glória Menegotto. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos os Vereadores. A palavra continua à disposição dos Senhores Vereadores, a palavra está com o Vereador José Mário Bellaver.

VER. JOSÉ MÁRIO BELLAVER: Senhor Presidente, colegas Vereadores, Vereadora Maristela Rodolfo Pessin, Vereadora Maria da Glória Menegotto. Quero saudar também a imprensa, os colegas candidatos que foram Vereadores na última eleição, o Aldir Toffanin e o Djeison, funcionários da Casa, demais presentes. Hoje de manhã, eu estava ouvindo uma emissora da Capital, quando falava o locutor dizendo que ontem foi a festa da democracia, realmente foi uma eleição muito diferente das últimas, com menos tempo, menos material, menos gastos e acredito que agradou a todos, isso é muito importante que se diga, foi uma eleição que durou pouco tempo, apesar de nós, quero deixar claro e registrado nessa Casa. É lamentável o que aconteceu com o nosso candidato, algumas pessoas fazendo sérias calunias, falando coisas e principalmente nas Redes Sociais, caluniando o nosso candidato Bolivar Pasqual e quero dizer que a Comunidade de Farroupilha, todo mundo conhece quem é o Pasqual, o que ele fez para o nosso município na sua vida pública, um homem correto, ético, mas infelizmente algumas pessoas não entenderam assim e falaram muitas bobagens. Portanto, eu quero deixar registrado que a pessoa do Bolivar Pasqual não merecia tantas calúnias como recebeu nessa campanha de 2016. Infelizmente, alguns não medem as palavras e por isso se torna muito difícil ir na rua pedir votos, quando tem pessoas mal intencionadas que atingem outros que não tem nada a ver com essas calúnias que o nosso candidato recebeu, infelizmente aconteceu e vamos lá, a eleição acabou, vamos fazer um trabalho com o nosso município Farroupilha, todo mundo gosta e quer que seja uma cidade mais progressiva, uma cidade que todos amam e nós também estamos a favor disso e nos colocamos sempre à disposição para que possamos contribuir para que Farroupilha seja cada dia melhor. Eu também gostaria de parabenizar a todos os Vereadores que concorreram, foi uma campanha difícil, uma campanha que muitas pessoas nivelaram os candidatos, como o que aconteceu na Capital Federal e é lamentável que alguns não fazem a diferença com os candidatos daqui, aqui é uma eleição próxima, todo mundo conhece todo mundo e nivelam com os que aprontaram em Brasília, todos aqueles desvios, falcatruas e as pessoas dizem que os políticos são todos iguais, infelizmente existem pessoas que pensam dessa forma, a gente sabe que não é assim, aqui não tem pessoas que fazem esse papel que acontece na Capital Federal, mas nós lamentamos os ocorridos nessa eleição, no mais podemos agradecer a comunidade, os poucos que nos criticaram, mas a grande maioria entendeu a mensagem e se colocaram sempre receptivos aos candidatos, pelo menos onde eu passei, as pessoas sempre tentando fazer o melhor para os candidatos. Senhor Presidente, eu gostaria de ceder um aparte ao Vereador Lino Ambrósio Troes.

PRES. RAUL HERPICH: Um aparte ao Vereador Lino Ambrósio Troes.

VER. LINO AMBRÓSIO TROES: Obrigado pelo aparte, Vereador José Mário Bellaver. Eu quero lhe tranquilizar que todos os que foram candidatos, os 144 que não se elegeram e os 15 que se elegeram, todos fizeram um papel relevante na defesa da democracia, o custo do processo democrático tem esse problema. Nós sabemos que essa contaminação de Brasília não deveria ter vindo aqui, porque nós mostramos a nossa cara ali fora, em todo o lugar, na esquina, no bairro, a nossa maneira de ser e trabalhar, solidarizo-me com a vossa manifestação. Obrigado pelo aparte.

VER. JOSÉ MÁRIO BELLAVER: O aparte realmente contribuiu, Vereador Lino Ambrósio Troes e é nesse sentido que a gente lamenta algumas pessoas que fazem e nivelam, infelizmente a classe política pelo que aconteceu lá. Era isso, Senhor Presidente muito obrigado.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador José Mário Bellaver. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores, a palavra está com a Vereadora Maristela Rodolfo Pessin.

VER. MARISTELA RODOLFO PESSIN: Senhor Presidente, colegas Vereadores, demais presentes, o Djeison, nosso colega também. Em primeiro lugar, eu quero agradecer as palavras carinhosas de todos os colegas que se manifestaram aqui, com relação a nossa situação. A gente sabe que a vida é feita de vitórias e derrotas, esse é um momento difícil para nós que não conseguimos a reeleição, mas que faz parte e certamente serve para o crescimento. Eu gostaria, além de agradecer os colegas, Senhor Presidente, deixar registrado nessa Casa, o meu agradecimento em primeiro lugar e sempre, ao meu pai Zeno Pessin, que além do apoio que ele me deu durante a campanha e me deu durante toda a minha vida, ele ainda na semana retrasada ficou hospitalizado em Caxias do Sul com uma forte pneumonia e conseguiu convencer os médicos de sair na semana passada para vir votar no dia de ontem, com um esforço muito grande. Portanto, eu quero deixar aqui registrado que esse é um exemplo de cidadania que deve ser seguido e um respeito muito grande a todos os idosos que mesmo não precisando, foram às urnas nesse domingo. Eu quero agradecer também a minha filha Paula que me acompanhou e fez da maneira dela, através das Redes Sociais, com os colegas e até mesmo na rua que ela não era muito de fazer campanha na rua, mas foi comigo também. Eu quero agradecer ainda aos 617 farroupilhenses que confiaram a mim o seu voto, isso é uma votação expressiva também, me enche de orgulho, ao Deputado Boessio, ao nosso candidato Bolivar Pasqual, um grande guerreiro, que mesmo com todos os ataques que ele sofreu durante essa campanha, ele conseguiu com muita força e coragem chegar até o final deste pleito no domingo e alcançou uma excelente votação, levando em consideração todos esses ataques, então, um agradecimento ao Bolivar Pasqual, a Anita, a Amanda e ao Junior e registrar aqui que eles são grandes lideranças e são exemplos para o Partido do PMDB. Eu quero agradecer em especial aos meus amigos, porque a minha campanha foi feita com poucos recursos financeiros, uma campanha muito difícil, mas feita com muito trabalho e seriedade. Portanto, eu quero deixar aqui de coração o meu agradecimento a todas essas pessoas que me acompanharam nas ruas, pelo “WhatsApp”, pelas Redes Sociais, enfim, que estiveram lado a lado para que a gente chegasse a esse resultado. Senhor Presidente, isso conforta muito a gente, quem passou por esse momento sabe que é um momento muito difícil, a todas aquelas pessoas que estão ligando, estão mandando mensagens de apoio e que estão tentando confortar um pouco a gente. Eu quero deixar aqui o nosso agradecimento e o nosso carinho também e dizer que desde o início, eu sabia que essa campanha para mim seria bastante difícil, até em função de que na última campanha eu fui a última do partido a assumir uma cadeira aqui, mas que mesmo assim eu aprendi que a gente precisa colocar o nome da gente à disposição, mesmo sabendo que o momento é difícil, porque nós devemos estar junto com o partido da gente, tanto nos momentos difíceis como nas vitórias, eu aprendi isso e isso eu quero levar para a minha vida toda, então eu achei que era difícil para mim sim, tinha essa consciência, mas por outro lado, o meu partido precisava de mim e principalmente o Bolivar Pasqual, eu tenho certeza que através desses 617 votos que eu fiz nessa eleição, assim como os demais fizeram a votação, nós ajudamos para que os nossos 5 Vereadores fossem eleitos. Portanto, eu quero parabenizar Senhor Presidente, para encerrar, a todos os que conseguiram a reeleição, a gente sabe o quanto difícil é isso e também parabenizar o Prefeito Claiton e o Vice-Prefeito Pedrozo pela reeleição deles, desejando sucesso e dizendo que nós esperamos e que realmente nós temos a esperança de que cada vez a nossa Farroupilha seja melhor e dizer também que eu perdi o cargo nesse momento, mas que eu não perdi a vontade, a força, a garra e a determinação e que vocês não vão se ver livres de mim, porque eu não estarei aqui, mas eu estarei trabalhando pela comunidade da minha maneira, muito obrigada.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereadora Maristela Rodolfo Pessin e desejo melhoras ao seu pai. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores, a palavra está com o Vereador Josué Paese Filho.

VER. JOSUÉ PAESE FILHO: Obrigado Senhor Presidente, eu quero deixar aqui, contrariando um pouco o Vereador Arielson Arsego e o Vereador Paulo Roberto Dalsochio que nessa noite eu não vejo um clima de velório e nem de cansaço, eu vejo um clima nesta Casa hoje de agradecimentos, falando um pouco sobre as eleições, quem se elegeu, quem não se elegeu, as pessoas que realmente, eu falei na Tribuna, que colocaram a cara para bater, ao invés de ficar nas Redes Sociais detonando, Vereador Sedinei Catafesta falando muitas bobagens, mas não vieram colocar a cara para bater. Eu não vejo um clima de velório não, eu quero dar os parabéns ao Prefeito Claiton, ao seu Vice-Prefeito Pedrozo, por mais 4 anos e não lembro qual foi o Vereador que falou que tiveram muitos acertos, mas também muitos erros, vamos procurar errar cada vez menos, isso é bom para todos nós farroupilhenses. Parabéns também ao candidato Pasqual, que sofreu muitas críticas injustas, ao nosso candidato a Vice-Prefeito do PP, o Renato Tartarotti que também foi a luta, fomos vencidos, mas o mundo não acabou. Eu quero agradecer a todos os candidatos do meu Partido Progressista, ao PSDB e DEM que estava conosco nessa coligação e dizer que o PP com um Vereador nessa Casa, voltamos a ter 2 Vereadores. Eu quero parabenizar o Tadeu que fez uma bela votação pelo seu trabalho na comunidade a 37 anos realizando o próprio trabalho dele. Realmente, quando a pessoa tem um cargo de Secretário e vai para uma reeleição ou para uma eleição, isso é visivelmente mais fácil de buscar votos, sem dúvida, a gente sabe disso, quem foi Secretário aqui sabe que leva essa vantagem, que está em contato e atendendo o povo, não estou dizendo que estão fazendo favor, mas fazendo o que tem que ser feito, essa é a verdade e para aquelas pessoas que nunca tiveram uma Secretaria, nunca tiveram no Poder Público, se torna mais difícil, como é o meu caso, o caso do Vereador Sedinei Catafesta, o caso do Vereador Lino Ambrósio Troes, não sei mais quem não foi Secretário, o Vereador Ildo Dal Soglio, nada contra quem é Secretário, mas a gente sabe que tem uma chance a mais, mas o importante é que a gente está ai trabalhando junto e hoje aqui eu poderia falar que nessa caminhada, tanto no interior como nos bairros ou no centro, a gente ouviu muitas reclamações e nas próximas eleições nós vamos ouvir de novo, em cima da saúde, da infraestrutura, de alvarás, de casos aí, por exemplo,  eu vi pessoas já há muito tempo sem água ligada, porque não tem condições ainda de colocar o “Habite-se”, de fazer a sua planta e aí tem um alvará provisório, beleza o alvará provisório, mas até quando? Porque não tem uma maneira também de ligar a água para as pessoas e dar uma chance, dizer: “dentro de 6 meses você tem que legalizar a sua moradia para conseguir uma ligação definitiva”, então, tem muitas coisas para discutirmos, muitas coisas para concertar em Farroupilha, por isso que eu digo. Portanto, Senhor Presidente, para encerrar, quero dizer que eu estou feliz mais uma vez, quero fazer um agradecimento a Renata que foi uma batalhadora e registrar também uma pessoa honrada em Farroupilha por todos os partidos e tem o maior respeito por todos nós farroupilhenses, dos nossos migrantes e de quem nasceu nessa terra e esteve às 09 horas e 30 minutos votando com 95 anos e se chama Clóvis Tartarotti, que é o Presidente de honra do nosso partido, cumpriu o seu papel de cidadão, foi lá no SESC colocar o seu voto na urna, parabéns a nós todos e vamos em frente, eu cedo um aparte a Vereadora Maristela Rodolfo Pessin.

PRES. RAUL HERPICH: Um aparte a Vereadora Maristela Rodolfo Pessin.

VER. MARISTELA RODOLFO PESSIN: Eu só gostaria de registrar também que eu acabei não falando antes, eu falei do Bolivar Pasqual e não falei do nosso Vice-Prefeito Renato Tartarotti. Eu gostaria de parabenizar a ele também, porque esteve todo o tempo lado a lado com o Bolivar Pasqual, assim como todos os candidatos que não se reelegeram, obrigada Senhor Presidente.

VER. JOSUÉ PAESE FILHO: Só para finalizar Senhor Presidente, o Vereador Sedinei Catafesta levantou o assunto e até mostrou o celular, tem Vereadores aqui que foram atingidos gravemente, com problemas de saúde, eu não vou falar o nome do Vereador, mas procurem nas Redes Sociais que vocês vão encontrar, essas pessoas têm que ser processadas, nós somos 15 Vereadores, procurem que vocês vão encontrar o que está nas Redes Sociais, obrigado.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Josué Paese Filho. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores, a palavra está com o Vereador Fabiano André Piccoli.

VER. FABIANO ANDRÉ PICOLLI: Senhor Presidente, Senhores Vereadores. Eu gostaria de pedir para que seja colocado em votação o pedido informal que eu fiz para me licenciar e não sei se já chegou em suas mãos, o requerimento para o meu afastamento até o final do ano, peço para que seja colocado em votação.

PRES. RAUL HERPICH: Colocamos em votação o pedido de licença por tempo indeterminado do Vereador Fabiano André Piccoli. Os Vereadores que estiverem de acordo permaneçam como estão. Aprovado por todos os Vereadores presentes, obrigado.

VER. FABIANO ANDRÉ PICOLLI: Obrigado Senhor Presidente.

PRES. RAUL HERPICH: A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores, a palavra está com o Vereador Lino Ambrósio Troes.

VER. LINO AMBRÓSIO TROES: Senhor Presidente, Senhores Vereadores. Vereador Josué Paese Filho, eu também vi o conteúdo da mensagem do celular do Vereador Sedinei Catafesta, eu sugeriria a Vereadora Maria da Glória Menegotto, ao Vereador Arielson Arsego e ao Vereador Sedinei Catafesta que vão até um Cartório ou um Tabelionato e façam uma ata notarial do conteúdo dessa mensagem e depois tomem as providências necessárias para que tenha a responsabilização dessa pessoa, porque eu acho que é necessário dar um basta, nós não estamos promovendo aquele que está agredindo, estamos fazendo com que ele repense, quem sabe uma interpelação judicial, uma queixa crime contra ele, um registro de ocorrência, fazendo o sujeito se incomodar indo para o Fórum, isso tudo quem sabe ele repense para tomar as suas atitudes e eu trago aqui uma frase do Alceu Barbosa Velho, na sua experiência como Advogado, como Prefeito e como Vice- Prefeito, como Deputado Estadual, ele disse o seguinte: “as Redes Sociais deram voz aos imbecis”. Obrigado, Senhor Presidente.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Lino Ambrósio Troes. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores, a palavra está com o Vereador Arielson Arsego.

VER. ARIELSON ARSEGO: Senhor Presidente, Senhores Vereadores. Eu vi agora a solicitação da Vereadora Maria da Glória Menegotto voltando para a Secretaria da Saúde, uma das solicitações que nós gostaríamos de fazer nessa noite, foram chamadas várias pessoas para fazer exames e posteriormente as cirurgias, muitas pessoas, não é pouca coisa e nós ficamos sabendo no dia de hoje, que muitas já receberam um telefonema cancelando essas cirurgias. Portanto, foi mais cedo que a gente pensava o cancelamento das cirurgias, por isso eu gostaria, Vereadora Maria da Glória Menegotto que na sua volta para a Secretaria, pudesse realmente ver isso, porque nós estamos pensando em convocar através da imprensa todas as pessoas que foram solicitadas para irem até a Secretaria ou até o hospital para que de repente venham até a Câmara de Vereadores nos colocar quem recebeu essas autorizações ou confirmações de cirurgias e exames, que agora estão recebendo o cancelamento delas, porque isso não é justo, as pessoas não devem sofrer por terminar uma eleição ou pelo menos criar uma expectativa da solução do problema de saúde que ela tem e agora frustrar totalmente e ficar com o problema de saúde que eles tem. Portanto, nós gostaríamos até de saber se realmente é verídico isso, porque nós recebemos a informação e conforme for as denúncias que nós estamos recebendo, de repente nós vamos fazer o chamamento aqui na Câmara de Vereadores mesmo com autorização dos demais Vereadores para que as pessoas possam vir aqui e deixar os seus nomes, quais são as cirurgias, quando foram liberadas e quando foram canceladas. Obrigado, Senhor Presidente.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Arielson Arsego. A palavra está à disposição dos Senhores Vereadores. Nada mais a ser tratado nessa noite, declaro encerrados os trabalhos da presente Sessão Ordinária. Boa noite a todos.

Raul Herpich

Vereador Presidente

Ildo Dal Soglio

Vereador 1º Secretário

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa.