Pular para o conteúdo
31/03/2020 14:12:06 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 3642 – 18/04/2016 – Sessão Solene Mérito esportivo 2015 a Angélica Malinverno

SESSÃO SOLENE

 

Presidência: Sr. Raul Herpich

 

Às 18:00 horas, o Senhor Presidente, Vereador Raul Herpich, assume a direção dos trabalhos. Presentes os Vereadores: Arielson Arsego, Fabiano André Picolli, João Reinaldo Arrosi; José Mário Bellaver, Josué Paese Filho, Juvelino Angelo De Bortoli, Leandro Somacal, Lino Ambrósio Troes, Maria da Glória Menegotto, Maristela Rodolfo Pessin, Paulo Roberto Dalsochio, Raul Herpich, Rudmar Elbio da Silva e Vinícius Grazziotin de Cezaro.

 

PRES. RAUL HERPICH: Boa noite a todos. Em nome de DEUS declaro abertos os trabalhos da Sessão Solene de outorga do Título Mérito Esportivo do ano de 2015 a Senhora Angélica Malinverno. Inicialmente a Câmara Municipal de Vereadores de Farroupilha agradece a presença de todos, saúda as autoridades aqui presentes, entidades de classes, a imprensa, Senhoras e Senhores. Convido para fazer parte da mesa o Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal Claiton Gonçalves. Convido também que faça parte da mesa a nossa homenageada desta noite a Senhora Angélica Malinverno, acompanhada de sua mãe Senhora Ivanes Maria Donadel Malinverno. Convido a todos em sinal de respeito ouvirmos o Hino Nacional Brasileiro, na voz do Tenor Dirceu Pastori.

(Execução do Hino Nacional Brasileiro.)

PRES. RAUL HERPICH: Agradecemos ao Tenor Dirceu Pastori pela execução do Hino Nacional. Gostaria de cumprimentar a todos que se fazem presentes nesta noite, e eu queria fazer uma homenagem especial também em menção especial ao Senhor Vasco Scussiatto, que foi muito amigo do seu Pai Senhor Volnei, e são pessoas que realmente a gente e poderia fazer menção a uma solenidade para você, e hoje estamos tendo a oportunidade de fazer, então em nome do Vasco eu cumprimento a todos que estão aqui esta noite. As manifestações, cada bancada tem direito a uma manifestação e após a homenageada e o Prefeito Municipal. Solicito ao Vereador Paulo Dalsochio, segundo secretário para que proceda a leitura do expediente do dia

VER. PAULO ROBERTO DALSOCHIO: Senhor Presidente, Senhor Prefeito Municipal, Vereadores, a nossa homenageada e seus familiares, demais presentes. PSD Partido Social Democrático – Excelentíssimo Senhor Presidente Raul Herpich, honra-me cumprimentá-lo na oportunidade e justifico a minha ausência na presente Sessão Solene, devido a procedimento cirúrgico onde posteriormente apresentarei atestado. No ensejo gostaria de parabenizar a nossa homenageada agraciada com a medalha Mérito Esportivo 2015 Angélica Malinverno. Parabéns Angélica pela sua garra, determinação pelo belo exemplo que trazes as crianças que frequentam as nossas escolinhas, e que vê em você a possibilidade de realizar os seus sonhos. Vendo no esporte a capacidade de se integrar a sociedade, transforma as suas vidas em reduzir os preconceitos e estereótipos. Tendo na prática esportiva uma melhor autoestima, e se sentindo capazes de enfrentar todas as barreiras para serem vencedoras. Sinto-me feliz por saber que esta Casa, este homenageado está farroupilhense que superou seus limites levando o nome de Farroupilha, Brasil a fora. Atenciosamente Sidinei Catafesta Vereador – PSD. Lei Municipal nº 4.161 de 30 de setembro de 2015, concede Título Mérito Esportivo do ano a Angélica Malinverno. O Prefeito Municipal de Farroupilha, faz saber que a Câmara Municipal de Vereadores Farroupilha, aprovou e ele sanciona a seguinte lei: Art. 1º – É concedido o Título Mérito Esportivo do ano no Município de Farroupilha a Angélica Malinverno, conforme disposições na Lei Municipal nº 3.353 de 02 de abril de 2008. Art. 2º – Serão atendidas com recursos consignados nas dotações orçamentárias próprias as despeças por venturas resultantes do cumprimento desta lei. Art. 3º Esta Lei entrará em vigor na data da sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Farroupilha, 30 de setembro de 2015. Pedro Evori Pedroso, Prefeito Municipal em Exercício. Temos o currículo da Angélica Malinverno: Brasileira, casada com o Senhor Luiz Cláudio Da mota Correa. Nascida em 05 de julho de 1989, 26 anos. Filha de Volney Malinverno aqui permito fazer um parêntese: eu sempre brincava com ele, que ele tinha uma filha bonita por causa da mãe e não por causa dele e Ivanes Maria Donadel Malinverno. Formação Escolar: Escola Estadual de Ensino Fundamental José Fanton/Farroupilha-RS. Pré-escola à 5ª série do Ensino Fundamental. Escola Municipal de Ensino Fundamental 1º de Maio/Farroupilha-RS da 5ª série à 8ª série do Ensino Fundamental. Colégio São Tiago/Farroupilha-RS 1º ano do Ensino Médio e Colégio Aplicação de Osasco/Osasco-São Paulo cursou o 2º e 3º ano do Ensino Médio. Experiência Profissional: 2001-2004 Universidade de Caxias do Sul-UCS (Caxias do Sul/RS): Campeã do Campeonato Estadual Gaúcho Infanto-Juvenil/2001;Campeã Copa RS Infantil/2002; Campeonato Mercosul Sub-15/2002; Vice-campeã da Copa RS Infanto-Juvenil/2002; Campeonato Mercosul Sub-15/2003; Torneio Internacional Sub-18 Argentina/2003; Campeã Copa RS Infanto (UCS-2004) Capitã de equipe; Campeonato Mercosul Sub-15/2004; Campeã dos Jogos Abertos do Rio Grande do Sul Adulto/2004 e Torneio Internacional Sub-18 Argentina/2004. De 2005-2008: Associação Desportiva Classista Finasa-Finasa/Osasco (Osasco/SP); Campeã do Torneio Início Infanto-Juvenil/2005; Campeã Paulista Infanto-Juvenil/2005; 3º lugar na Copa Piratininga Infanto-Juvenil/2005;Campeã da Copa Piratininga São Paulo/2006 (Capitã da equipe); Campeã Paulista Infanto-Juvenil/2006 (Capitã da equipe); 3º lugar no Torneio Início/2006 (Capitã da equipe); Campeã dos Jogos Regionais Adulto/2007; Campeã da Copa São Paulo Adulto/2007; Campeã Paulista Juvenil/2007; Vice-campeã do Torneio Início Juvenil/2007; Campeã dos Jogos Abertos Brasileiros/2008 (Capitã da equipe); Campeã do Torneio Início/2008 (Capitã da equipe) e 3º lugar no Campeonato Paulista/2008 (Capitã da equipe). Em 2008-2013 Praia Clube (Uberlândia/MG): Campeã dos Jogos Abertos Brasileiros/2009; Campeã dos Jogos Abertos de Goiás/2009; Campeã dos Jogos do Interior de Minas/JIMI/2009; 3º lugar na Copa Brusque /2009; 3º lugar na Copa Rio/2009; 9º lugar na Superliga Nacional 2008/2009; Campeã dos Jogos Abertos Brasileiros/2010; Campeã da Liga Nacional/2010; 3º lugar no Campeonato Mineiro/2010; 3º lugar na Copa Patrocínio/2010; 7º lugar na Superliga Nacional 2009/2010; 7º lugar na Superliga Nacional 2010/2011; Campeã dos Jogos Abertos Brasileiros/2011; Campeã Mineiro Adulto/2011; 6º lugar na Superliga Nacional 2011/2012; Campeã dos Jogos do Interior de Minas Gerais – JIMI/2013 e 5º lugar na Superliga Nacional 2012/2013. De 2013/2014 Amil (Campinas/SP): 4º lugar na Superliga Nacional 2013/2014. De 2014/2015 Brasília Vôlei (Brasília/DF): Campeã Brasiliense; 2º lugar na Copa Dentei Praia; 6º lugar na Superliga Nacional 2014/2015. De 2015/2016 SESI SP (São Paulo/SP): 2º lugar na Copa SP; 2º lugar no Campeonato Paulista e Superliga 2015/2016 em andamento. Seleções Estaduais de Base: Seleção Gaúcha Infanto-Juvenil e Juvenil entre os anos 2003 à 2005, disputando as seguintes competições:2003: Campeonato Brasileiro de Seleções Infanto-Juvenil; 2003: Jogos da Juventude Sub-15; 2004: Jogos da Juventude Sub-15; 2004: Campeonato Brasileiro de Seleções Infanto-Juvenil; 2004: Campeonato Brasileiro de Seleções Juvenil; 2005: Campeonato Brasileiro de Seleções Infanto-Juvenil; 2005: Campeonato Brasileiro de Seleções Juvenil; Sendo desses, as seguintes colocações importantes: 3º lugar nos Jogos da Juventude/2003; Campeã Brasileira Juvenil/2004 e Vice-campeã Brasileira Juvenil /2005. Seleção Paulista Juvenil no ano de 2006: 3º lugar no Campeonato Brasileiro Juvenil/2006. Convocações e Campeonatos pela Seleção Brasileira de Base e Adulta: Seleção Brasileira Infanto-Juvenil nos anos de 2004 e 2005: Campeã da Copa Campos/2004. Seleção Brasileira Juvenil nos anos de 2006 e 2007: Campeã do Campeonato Sul-Americano Juvenil/2006. Seleção Brasileira Adulta 2013. Seleção Brasileira Adulta 2014. 5º lugar no Montreux Masters na Suíça. Seleção Brasileira Adulta 2015. 2º lugar no Pan Americano em Toronto e 3º lugar no Grand Prix Mundial. Destaques Individuais: Melhor central campeonato Brasileiro Juvenil 2004; Troféu Destaque Esportivo em Farroupilha 2004; Troféu Destaque Esportivo em Farroupilha 2005; Melhor bloqueio Festival de Voleibol 2004; Atleta destaque ADC/Finasa Osasco 2006; Atleta destaque ADC/Finasa Osasco 2007; Troféu Viva Vôlei 2009 – Praia Clube/São Caetano; Troféu Viva Vôlei 2010 – Praia Clube/Minas Tênis Clube; Troféu Viva Vôlei 2011 – Praia Clube/São Caetano; Troféu Viva Vôlei 2012 – Praia Clube/Pinheiros; Terceiro melhor bloqueio da Superliga 2012/2013; Destaque esportivo 80 anos de Farroupilha em 2014 e Troféu Viva Vôlei 2014 – Brasília x São Bernardo. Esse é o extenso currículo da nossa homenageada e que por si só justifica essa homenagem.

ANGÉLICA MALINVERNO: Eu acho que nem eu lembrava que eu tinha tantos jogos.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Paulo Roberto Dalsochio pela leitura do Expediente do dia. Informamos aos presentes que farão o uso da Tribuna nesta noite, um Vereador por Bancada. Convido o Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB, para que faça o uso da Tribuna. A palavra está com Vereador João Reinaldo Arrosi.

VER. JOÃO REINALDO ARROSI: Excelentíssimo Presidente Raul Herpich, Excelentíssimo Senhor Prefeito Claiton Gonçalves, Senhores Vereadores, Senhora Angélica Malinverno, familiares, secretários aqui presentes, imprensa, senhor Vasco Scussiatto de maneira especial, Senhores e Senhoras presentes. Ocupo esta Tribuna, para cumprimentar a Angélica e agradecer sua dedicação ao esporte. Sinto-me feliz, honrado, e privilegiado em ser escolhido pela bancada do PMDB para falar nessa sessão Solene. Nossa bancada é representada pelo Vereador José Mário Bellaver, Vereadora Maristela Rodolfo Pessin, Vereador Arielson Arsego e Vereador Juvelino Angelo De Bortoli. Talvez você não consiga dimensionar o valor que você transmite à nossa juventude. Os jovens acompanham a sua trajetória e se espelham na atleta em que você se tornou. Neste momento político-econômico conturbado, prestes a iniciarmos os Jogos Olímpicos no Brasil, nos alegra vermos atletas como você, Angélica, que superou vários obstáculos e, com dedicação profissional, nos dá exemplo de vitória. Em suas manifestações, você ressalta o apoio da família – em especial seu avô Edgar Malinverno, seu pai Volney sua irmã Jéssica, sua mãe Ivanes e seu marido Luís Cláudio. Apesar de não lhe conhecer pessoalmente, convivi com seu pai e seu avô e, portanto, posso afirmar que é uma pessoa de censo crítico, além de ser uma das melhores jogadoras de vôlei “meio de rede” do Brasil. Aqui me permitam um pequeno comentário pessoal quando eu falei que eu não conhecia você pessoalmente, eu me passei, eu tive a nítida impressão nas conversas que eu tive com o seu pai de lhe conhecer, nas conversas ele citava você com muito carinho naquela simplicidade de caminhoneiro como o meu pai, com muito orgulho e a sensibilidade que ele tinha em transmitir e o orgulho que ele tinha do trabalho que você estava fazendo, consegui assim de uma forma um pouco diferente, começar a conhecer você e assistir pela televisão, e conhecendo a mais na forma esportiva, mas foi muito importante porque eu conheci muito o seu pai, um tempo ele começou a ficar doente, começou a fazer o uso de medicamentos, eu conduzi ele a conseguir os medicamentos de uma forma mais fácil, e neste período que ele vinha me contando, cada vez que nós se encontrava ele me contava um pouco da tua história com aquele orgulho vibrante que só ele tinha, continuando! Se perguntarmos às crianças o que elas querem ser quando crescerem, certamente nesta pesquisa aparecerá, nas primeiras posições, jogador de futebol e vôlei, que são os esportes mais difundidos no Brasil. A carreira de um atleta é curta, e é na juventude que ocorrem as oportunidades. Você abdicou do lazer próprio da juventude para avançar na carreira, que se iniciou aos 11 anos de idade, culminando na sua transferência para além do município aos 13 anos de idade. Para nós, Vereadores, este é um momento especial, tendo em vista que iremos outorgar-lhe o título Mérito Esportivo de 2015, pelo seu exemplo, dedicação, empenho e persistência. A comunidade de Farroupilha agradece o seu exemplo, culminando por tornar essa homenagem mais meritória que o normal. Você, Angélica, nasceu para vencer. Porém, para ser uma vencedora precisou planejar, treinar muito, exercitar-se, e sempre ter empenho. Assim, desejamos que continue a vencer, tanto no esporte quanto na vida. Que esta homenagem se torne motivação para alcançar patamares maiores em sua carreira. Parabéns novamente. Farroupilha e Volta Grande lhe cumprimentam. Estamos orgulhosos de você. Muito obrigado!

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador João Reinaldo Arrosi. Convidamos o Partido Socialista Brasileiro – PSB para que faça o uso da Tribuna. A palavra está com o Vereador Leandro Somacal.

VER. LEANDRO SOMACAL: Boa noite a todos, cumprimento o nosso Prefeito Municipal Claiton Gonçalves, cumprimento o Vereador Raul Herpich que é o Presidente desta Casa Legislativa, cumprimento o Vereador Rudmar meu colega de bancada que me permitiu nesta noite utilizar está Tribuna para lhe homenagear Angélica e em seu nome Rudmar quero cumprimentar os demais colegas Vereadores e as Vereadoras Glória e Maristela, cumprimento os servidores municipais que se fazem presentes, a imprensa, funcionários da Casa, os familiares da nossa homenageada e todas as demais pessoas que se fazem presentes nesta Casa, e aqui vai meu cumprimento especial a você Angélica, nossa homenageada desta noite. Hoje de uma forma especial me sinto honrado em estar aqui neste momento usando esta Tribuna, para homenagear está jovem que leva o nome de Farroupilha para todo o Brasil e para fora dele. Quando crianças com os seus 11 anos de idade foi incentivada pelo seu avô a jogar vôlei, pelo menos foi isso que me passaram! O incentivo deu certo, afinal de contas passou por 6 clubes, ganhou diversos títulos como já foram numerados pelo nosso colega Vereador Paulo, como campeã, vice-campeã, sem contar os prêmios individuais como melhor central, melhor bloqueio, atleta destaque, melhor da partida, sua lista realmente é longa Angélica. Nós sabemos do longo caminho que percorreu para se tornar uma profissional e imaginamos o significado que o voleibol tem para você. Vou te confessar um detalhe que esta semana conversei com um ex. professor seu, e que lá me confessou que no passado o quanto você era aplicada, esforçada, dedicada, tanto que logo deste o início, desde os seus primeiros toques na bola já chamava atenção, plena sua desenvoltura cada vez mais aprimorada por você mesma, que queria sempre buscar mais e buscar melhor, como ele mesmo disse, e aí ele me falou que lhe indicou logo a jogar e praticar vôlei na Universidade de Caxias do Sul que ele viu o seu talento. Imagina a tensão e a ansiedade que não deve te deixar dormir um dia antes do jogo, se eu aqui antes de vir usar esta Tribuna passo um a tensão imagina você antes de um jogo, a gente fica meio nervoso, acho que as vezes nem dorme. Imagina a dor que sentiu quando precisou ficar um ano sem jogar, por causa da lesão do joelho, a dúvida será que volto, ou será que não volto. Será que vou conseguir, será que não? Conseguiu né Angélica e voltou muito melhor do estava realmente, nos orgulha muito Angélica principalmente a mim, quando ligo a televisão e vejo você jogando vôlei e digo é Farroupilha que está lá, é fruto da nossa Terra, saiu daqui, perante o mundo jogando, nos representando, você nos representa Angélica, cada toque, a cada bloqueio, a cada recepção você nos orgulha, por que é Farroupilha que está lá. E me orgulha muito saber que você saiu daqui e eu faço parte desta Terra junto contigo. Angélica esta é sua vida, e na vida assim como no voleibol, assim quando perdemos um jogo, perdemos pouco, se perdemos a honra, perdemos muito, mas se perdemos a coragem perdemos tudo. Que Deus lhe de sempre muita coragem para seguir em frente, e não desistir jamais, diante dos obstáculos que veem, e que continuaram vindo diante da nossa vida e na sua também. Parabéns e por mais esta conquista, parabéns por esta medalha, que diferente das outras, mas não menos importante é do Mérito Esportivo, muito obrigado!

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Leandro Somacal. Convido o Partido Democrático Trabalhista PDT para que faça o uso da Tribuna. A palavra está com o Vereador Lino Ambrósio Troes.

VER. LINO AMBRÓSIO TROES: Excelentíssimo Senhor. Presidente do Legislativo Municipal Raul Herpich, Excelentíssimo Senhor. Prefeito Municipal. Claiton Gonçalves, Excelentíssimo Senhores Vereadores e Vereadoras, quero saudar a Secretária Elaine e em seu nome saudar os demais Secretários, os ex-secretários Miguel, Antônio, funcionários municipais, quero saudar os funcionários da Casa, quero saudar os representantes ou dirigentes de partidos políticos aqui presentes, quero saudar os familiares da Angélica Malinverno, os descendentes de Dante Malinverno, Angélica, os filhos e os netos de Edgar Malinverno, a filha do Volney Malinverno em saudosa memória, quero saudar o meu particular amigo Nelson Crestani que agente convive a mais de trinta anos, uma figura peculiar do nosso setor fotográfico de nossa cidade, quero saudar a imprensa, funcionários da Casa. Estou aqui minha querida Angélica em nome do PDT, em nome do Vereador Paulo Roberto Dalsochio, em nome do Presidente Raul Herpich. Estou aqui para lhe dizer que eu me sinto honrado e Farroupilha tem essa mesma honra em te ter como a nossa representante, vá superando diuturnamente os teus limites, sempre dizendo eu sou Farroupilha, eu sou da Serra Gaúcha, lá eu tenho as minhas raízes, lá eu tenho os meus valores. Fui buscar um pouco da tua história lá na Escola do 1º de Maio, aonde tu vais sair de uma Escola e vai para uma outra em busca da possibilidade de estudar e treinar. Saia da escola correndo para poder chegar no horário do treinamento, no horário do desempenho da atividade profissional e isso fez, na quinta, na sexta, na sétima e na oitava série, desempenho escolar sem qualquer mácula, muito bom! E o desempenho nas quadras é uma superação a cada dia. No último sábado Angélica, Farroupilha inaugurou uma Escola de Educação Infantil para 90 crianças de 04 meses a 3 anos, acredito Professora Elaine, que é através do trabalho desenvolvido por aquelas professoras, Senhor Prefeito que esses jovens que hoje estarão lá, talvez não conhecendo bem o meio, não conhecendo bem aquelas relações, não sabendo quem é o Prefeito, não sabendo quem é o Vereador, não sabendo quem é a Secretária Municipal, mas superando os seus limites a cada dia. A mesma coisa que tu fizeste quando teve que sair da escola que fica do outro lado da tua casa, para ir na escola do Bairro 1º de Maio e lá você conseguir associar a questão do tempo e do desejo de saber e do desejo de ser jogadora. Angélica como diziam os Vereadores que me antecederam o teu desempenho é uma superação a cada dia, o teu currículo é de fazer inveja a mim, muita inveja, mas sadia, eu te invejo, e velo o brilho dos teus olhos, o brilho do teu trabalho, da tua atividade esportiva, como algo de modelo, de exemplo de prática esportiva. Angélica tem uma parte do Hino do Rio Grande do Sul, que deve estar na sua memória com certeza, toda vez que você vai fazer uma recepção, ou quando você vai passar uma bola com qualidade, ou quando você vai fazer um corte indefensável, deve estar na tua mente que: “ Sirvam minhas façanhas de modelo a toda Terra”, é isso que deve passar na tua cabeça e é isso que deve passar na cabeça daqueles que buscam diuturnamente superar os seus limites. Aqui nesse Legislativo, Senhoras e Senhores, nos últimos anos temos procurado, e eu não estou dizendo que é este ou aquele Vereador, ou aquela Bancada, este Legislativo tem superado os seus limites na busca de uma Farroupilha ideal, este foi o trabalho que nós desenvolvemos na construção de todos os nossos projetos que eram mais complicados, que dependiam de um trabalho mais sério, ficamos 1 ano trabalhando no Código de Postura, procurando buscar o melhor, superando a cada momento o nossos limites. Talvez um pouco deste ar que passa pela Volta Grande, que te contaminou, contamina também o restante do nosso município para que a gente diuturnamente consiga superar os nossos limites, com ação, com bravura, com dignidade, com busca do interesse comum e coletivo da nossa comunidade, como forma de sermos e fazermos um município cada vez melhor, buscando o interesse público que ele se suplante ao interesse individual, de qualquer um de nós. Angélica o meu desejo é que você tenha muito, mas muito sucesso que você tenha muitas medalhas na tua vida, que essas conquistas sejam apenas algo a dizer: eu fiz, eu executei, eu desenvolvi, com amor, com carinho, buscando todas as virtudes possíveis para chegar lá, e será com certeza reconhecida, não apenas hoje, aqui neste momento no Legislativo, mas na escola que você e passou, a tua professora te pede desculpa por não estará que em razão de um compromisso, mas te manda um beijo. Acho que é possível nós ultrapassarmos determinadas barreiras, só a conseguiremos se nós fizemos diuturnamente, em exercício para alcançarmos algo a mais. Angélica parabéns, a mãe parabéns, aos tios parabéns, as irmãs parabéns. Aos tios, Crestani, parabéns, vocês são a alegria desta menina, e está menina é alegria de vocês, muito obrigado.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Lino Ambrósio Troes. Convido o Partido dos Trabalhadores PT para que faça o uso da Tribuna. A palavra está com o Vereador Vinícius Grazziotin De Cezaro.

VER. VINÍCIUS GRAZZIOTIN DE CEZARO: Boa noite Senhor Presidente, gostaria de saudá-lo, os demais Vereadores, os componentes de mesa, Vereador Paulo, nosso Prefeito, a Angélica, sua mãe, a família, todas as autoridades, a imprensa aqui representa, também com um vindouro mérito esportivo também da imprensa também. Eu queria dizer Senhor Prefeito, aproveitando para cumprimentar a Secretária Elaine, e estendendo a todos os servidores do Executivo deste Poder que nos acompanha aqui, que é uma honra para mim utilizar a Tribuna nesta noite, falar em nome do Partido dos Trabalhadores, cumprimento o nosso Presidente do Partido o Flávio e também agradecendo o espaço cedido pelo colega Vereador Fabiano, e também essa homenagem vem também do Vereador Ildo, Vereador Márcio, que também são nossos Vereadores aqui, que compõe nesta legislatura a bancada do Partido dos Trabalhadores. O Título Honorífico de Mérito Esportivo é um dos mais importantes que o Poder Legislativo, confere a uma cidadã que tenha se destacado no ramo do esporte, e que tenha contribuído, levando o nome de Farroupilha para outros paragens, outros estados, outros lugares, a Angélica tem levado não só o nome de Farroupilha, mas também levado o nome do estado, da região e consequentemente de nosso país, a atuar pelas seleções que já participou de várias categorias, Vereador Paulo aqui quase sem fôlego para ler todo o currículo da Angélica, todos os títulos, e realmente é um currículo que é exceção no esporte nacional. Nós temos também o orgulho, Angélica de fazer parte de uma cidade na qual o nosso Prefeito, tem e sabe da importância do esporte teve no ano de 2013 a criação do Fundel, Fundo para financiar ações para o esporte, porque o Senhor Prefeito sabe que o esporte quando ele é praticado, a gente sabe que a Angélica, foi uma entre tantas que se destacou e que chegou lá, mas quando um jovem pratica esporte, a química e a biologia que acontecem no seu corpo, a liberação de todas as dopaminas, todas aquelas coisa que acontecem no corpo humano, é uma coisa que vai saciar a vontade do jovem de talvez buscar em outros lugares não lícitos e que vão fazer muito mal para a sua vida. Então o esporte ele é sempre o melhor caminho, o esporte associado a educação, associado ao lazer, porque o esporte além da competição ele tem esse lado do lazer, e nisso nós também queremos a destacar a questão das praças, da revitalização das praças Prefeito, Vereador Fabiano que trabalhou nessa busca com essa parceria, porque é lá na praça que começa o gosto pelo esporte, é lá na escola o professor de educação física trabalhando, mostrando que a competição é importante, mas que o prazer de praticar o esporte ele é maior do que o prazer as vezes de ficar sentando, buscando algumas outras compensações, então o esporte tem sim essa função social, função pedagógica, e eu sempre defendo que o esporte esteja incluso em todas as possibilidades que o jovem tem de interação. Tenho aqui também que relatar que conversando com o Dirceu Pastori que brilhantemente já fez o canto do nosso Hino, me passou o profundo orgulho que tem da tua família, de ti Angélica, que representa o nosso município, e as pessoas tem muito este orgulho de falar da tua pessoa, da tua família, que embora hoje nós estamos aqui te oferecendo esta medalha do Mérito Esportivo a gente sabe que tem toda uma família por trás ele à é muito bem vista na comunidade e isto aparece em todas as conversas que a gente faz quando busca um pouco da história da Angélica, da atuação dela no município, lendo o currículo, então a gente sabe que tem uma estrutura familiar aí e que realmente a sua mãe aqui, receba também essa satisfação de saber que a sua filha tem todo esse sucesso e tem muito pela estrutura que vocês deram para ela e que não só da família mais próxima, mas da família mais ampla também. Eu gostaria de destacar Angélica que muitas pessoas tiveram oportunidade de trabalhar e conviver com você e nós que as vezes assistimos pela televisão, ou que vemos a notícia pronta já no jornal graças à imprensa que vem nos colocar, nós não fizemos ideia de quantas gotas de suor, de quantas horas de dedicação o esportista profissional tem que fazer para poder chegar e brilhar no final de semana, e brilhar em uma competição e poder se sobressair em uma competição sobre os outros, teríamos vários pontos para abordar a respeito do voleibol. O voleibol foi criado nos estados Unidos, no dia 09 de fevereiro de 1895 por um diretor de educação física, da Associação Cristã de Moços de Massachuster William George Morgan, esse Senhor ele achava que o voleibol e suas regras ele teria como objetivo principal que não teria contato físico com outros jogadores, então desta forma ele iria oferecer as pessoas principalmente aos mais velhos segundo a pesquisa, um esporte em que as lesões físicas provocadas por choques entre as pessoas seriam raras, mas todo esporte ele coloca a pessoa sempre num desafio constante. O que para nós é uma coisa insuportável, a dor no atleta é uma coisa que está presente no seu dia a dia, um atleta profissional a dor faz parte do seu vocabulário diário, não é uma coisa que vem esporadicamente, ela está sempre ali, a testar, a exigir, a alertar o atleta tem que ter muita experiência, muito conhecimento para ler essa dor, para saber como configurar isso no seu treinamento, porque o atleta tem o seu pico biológico, mas ele tem como treinamentos, com dietas, com concentração, nós por vezes reclamamos quando temos que nós privar de algum alimento de alguma bebida por uma orientação médica, e um atleta quanto tem que se privar de todas essas questões, porque o corpo dele é uma máquina maravilhosa e para ele o alimento não é unicamente uma fonte para sobreviver, ele é um combustível para o corpo, assim como nós não colocamos qualquer gasolina no nosso carro, o atleta não coloca qualquer nutriente para dentro do seu sistema digestivo, da corrente sanguínea. Então o voleibol exige uma concentração muito grande esse poder de explosão física com domínio das emoções, com concentrações das táticas dos jogos, que por vezes precisa mudar porque o adversário está bloqueando a nossa estratégia, precisamos executar uma jogada diferente, isso é muito complexo, e o teu currículo Angélica prova que coincidência ou não os times que você jogou tiveram resultados expressivos, se não títulos, tiveram resultados expressivos mesmos. Então não teria muito mais a declarar diante de tanta expressividade e vitórias, também a família sempre apoiando nas suas mudanças de cidade que é uma coisa que para nós também não é muito presente, mas o atleta está sempre buscando um novo lugar, troca de time, tem que se adaptar tem a família e para uma atleta principalmente quando ela é mulher sobram algumas cargas que os atletas masculinos não têm. Então esse era o outro ponto que eu queria tocar antes de encerrar a homenagem, Angélica, dizer que é muito bom estará aqui entregando uma medalha para mais uma mulher, para que nós tenhamos mais mulheres sendo homenageadas, somando posições de destaque na comunidade e você representa bem isso, por que você conseguiu conciliar todo esse brilhantismo com também a construção de uma família que é também uma realização fantástica para qualquer ser humano não só para a mulher. Então diante disso Angélica eu só tenho em nome do Partido dos Trabalhadores te parabenizar por ser essa pessoa que empregou tantos esforços na busca de alguns objetivos e que serve sim como o Vereador Lino falou, de modelo para as nossas crianças que praticam esportes, mesmo na sua forma não competitiva, mas que com certeza renderão frutos de extrema importância para eles na vida adulta, porque o esporte ensina muito, e, por conseguinte tu ensinas também, muito obrigado e boa noite.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Vinícius Grazziotin De Cezaro. Convido o Partido REDE Sustentabilidade para que faça o uso da Tribuna. A palavra está com a Vereadora Maria da Glória Menegotto.

VER. MARIA DA GLÓRIA MENEGOTTO: Boa noite a todos, quero cumprimentar o meu Prefeito Doutor Claiton Gonçalves, cumprimento nosso Presidente da Câmara Raul Herpich, cumprimentando o Raul eu quero cumprimentar todos os demais Vereadores, a Vereadora Maristela, cumprimento a todos os Secretários, em nome da Elaine Secretária da Educação cumprimento todos os demais Secretários, cumprimento muito especial a mãe da homenageada Senhora Ivanes, mais especial ainda a Angélica, eu cumprimento ao Dirceu Pastori que sempre está para abrilhantar qualquer festa, e hoje nesta homenagem ele abrilhantou com o Hino Nacional. Quero também cumprimentar a imprensa e os funcionários desta Casa, Senhoras e Senhores. A bancada da Rede Sustentabilidade tem muito orgulho Angélica, em participar dessa homenagem a você. Tanto poderia citar aqui sobre sua pessoa, seus feitos, mas veja bem, nosso Secretário da Casa, Vereador Paulo Roberto Dalsochio ele demorou 15, 20 minutos para citar todos os seus feitos, então essa sua caminhada ela é realmente magnífica, e tenho certeza que ainda teríamos muito para falar da Angélica, então tudo foi dito nesta noite, e eu sabendo disso, procurarei descrevê-la de uma forma muito especial e muito diferente do que talvez se espera. Porque a Angélica realmente é um exemplo de superação, realmente para aquele que aconteceu alguma coisa na sua vida, sabe o que é um exemplo de superação, e você é esse exemplo Angélica. Por que quando a gente pensa em um país tão grande, tão magnífico como é o nosso Brasil e com tantos esportistas que sonham alcançar os mais altos escalões do esporte, você já alcançou. Você já tem tudo isso. Aí eu pergunto: como conseguiu? Eu pergunto? Não, muitas pessoas perguntam, como você conseguiu? Mahatma Gandhi já dizia: “A vitória só é daquele que paga o preço. ”quando a gente quer a vitória a gente tem que pagar o preço, agora como você pagou o preço, você pagou o preço em espécie, em dinheiro? Muita gente pensa isso, não! Angélica, pagou o preço. Não esse preço em espécie, que muitas pessoas podem pensar, mas você pagou o preço com o seu esforço, o esforço que só você ninguém mais podia ter naquele momento, garra e muito empenho e esse preço para muitos é imensurável, não tem preço. Com foco, objetivo e muita determinação foi galgando seu caminho. Assim que tem que ser, determinação, tenha foco, saiba o que você quer, você quer ir para o lado direito, lado esquerdo, ou você quer ir no centro e ganhar todas as vitórias que você alcançou. Angélica você precisou deixar o conforto da casa dos pais, para ir cada vez mais longe, foi galgando. Precisou exercitar-se cada vez mais buscando o melhor de si mesmo todos os dias, alguém disse isso antes, todos os dias, mas foi recompensada alcançando o ápice de sua carreira quando você participou da Seleção Brasileira de Vôlei, você alcançou, inclusive foi o 2º lugar no Pan Americano em Toronto, no Canadá. Essa seleção essa, muitas vezes que também foi campeã mundial, e você está ali. Essa equipe que a gente fala só participam os melhores, então eu quero te dizer Angélica que você é a melhor. Disse antes que muitos sonham em estar no teu lugar, realmente, sonham, e eu reforço esse pensamento pois em nossa cidade que também é a sua cidade natal, você é referência esportiva, vencedora do maior prêmio. Qual é o maior prêmio? O nosso respeito, o nosso carinho. Esse prêmio é o maior que você poderia adquirir, o respeito, o carinho da tua família, amigos, da tua cidade, desta Casa que está te homenageando. Então eu diria assim: que a tua história sirva de exemplo para tantas pessoas que tem esse objetivo de crescer e que assim possam crescer como a Angélica que pagou o preço da vitória com dedicação, empenho e acima de tudo pagou o preço com muito amor por aquilo que ela optou e eu diria que muitos aqui em Farroupilha poderiam optar fazer de suas vidas, lutar por aquilo que a gente quer. No esporte assim como na vida, estamos todos competindo com nós mesmos na busca de reconhecimento e sucesso. E digam que isso não é verdade? Todos nós competimos com nós mesmos. Você Angélica já fez isso, a Angélica já fez uma grande caminhada e tenho certeza de que continuará nos trazendo muito, mas muito orgulho para a nossa cidade. Farroupilha te agradece, e este partido que eu represento que é a Rede Sustentabilidade e eu Glória, o Alberto Maioli que estava aí, que já saiu, estaremos sempre ao teu lado. Parabéns! Felicidades que Deus te abençoe sempre na tua caminhada.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereadora Maria da Glória Menegotto. Convido o Partido Progressista – PP para que faça o uso da Tribuna. Com a palavra Vereador Josué Paese Filho.

VER. JOSUÉ PAESE FILHO: Obrigado Senhor Presidente. Inicialmente eu quero dizer Angélica, quando você veio pela primeira vez nessa Casa, eu não estava aqui e as meninas disseram, Vereador Josué Paese Filho eu nunca vi uma mulher tão alta e eu estava vendo aqui o alcance de ataque 3,10 metros, alcance de bloqueio, 3,02 metros, realmente me disseram que era 1,94 cm, mas é 1,90. Senhor Presidente, quero cumprimentar Vossa Excelência, nobres colegas Vereadores, Vereadoras, quero cumprimentar os Secretários presentes, imprensa, Excelentíssimo Senhor Prefeito Claiton Gonçalves, Presidentes de Entidades, Senhoras e Senhores. Estamos aqui nessa noite em uma felicidade imensa, já se prestaram aqui a Angélica muitas homenagens esportivas, empresariais e todos os tipos de homenagem, mas hoje nós estamos homenageando uma pessoa farroupilhense que usa as cores verde-amarelo. Farroupilha tem um orgulho disso, de ter uma atleta na Seleção Brasileira, os colegas que me antecederam deixaram pouca coisa para falar, o Vereador Paulo Roberto Dalsochio já leu todo o seu Currículo, mas quero te dizer Angélica e seus familiares que eu conheci e conheço a maioria dos teus familiares, me lembro muito bem do seu avô, Edgar, o seu Pai Volnei, que no mínimo uma vez por mês eu parava no meu comércio para conversar, falava um pouco em política, esportes ou jogava conversa fora, conheci o seu tio, eu não conhecia a sua mana, uma simpatia também que nem você. Quando a gente imagina que vem para essa Casa uma atleta que já rodou nesse país, volto a dizer na Seleção Brasileira, tem gente que imagina! Eu nem vou chegar perto da Angélica, ela é da Seleção Brasileira e eu vi quando você entrou aí a simplicidade, cumprimentando todo o mundo, um sorriso aberto, eu particularmente não conhecia vocês, se eu te conhecia não me lembro, eu fui o segundo que você me cumprimentou, que bacana, uma pessoa humilde, simples que nem os seus familiares que eu conheci. Eu tenho a certeza Angélica que eu estou olhando aqui e eu vejo aquela medalha de prata, mas em breve você vai voltar nessa Casa mostrando para nós a Medalha de Ouro, tenho a certeza disso, também tenho a certeza, me desculpe entrar nesse assunto, que o seu avô Edgar, o seu pai Volnei estão presentes nessa noite, dizendo: obrigado Farroupilha por homenagear a minha filha. Tenho certeza disso. Quero cumprimentar também aqui a sua mãe Ivanes, parabéns pela filha, pela Jéssica aqui presente que também tem altura para ser uma jogadora, seus tios, seu marido que não está presente, o Luiz, parabéns a toda essa família que é conhecida pelo nosso município e realmente já foi falado aqui quando joga a Seleção Brasileira de Futebol por exemplo, as crianças, os meninos já dizem, quero ser jogador de futebol, quando eles vem um corredor em uma pista, aqui nós tivemos o João Campos e agora o filho Márcio e outros esportistas na nossa cidade, as crianças que assistem na televisão, pai e mãe: eu quero ser corredor de automóvel, é com certeza Angélica que você também atrai muitas crianças, tirar das ruas, junto com as escolas, tira das drogas e leva uma vida saudável, mesmo que nem todos tem a sorte e a competência para chegar aonde você chegou. Então em nome do Partido Progressista quero que eu acredito muito nela, não para você ganhar os campeonatos, mas que Nossa Senhora de Caravaggio te proteja, te dê saúde, sem lesões para seguir em frente, volto a dizer, quando você ganhar a medalha de ouro do Pan-americano, é uma honra nós te receber aqui novamente, muito obrigado e boa noite a todos.

PRES. RAUL HERPICH: Obrigado Vereador Josué Paese Filho, todas as bancadas já se manifestaram, quero nesse momento em nome do Poder Legislativo Municipal convidar o nosso Prefeito Claiton Gonçalves para que proceda a outorga do Título de Mérito Esportivo do ano de 2015 a atleta Angélica Malinverno, que também receberá das mãos deste Presidente, a medalha com o Brasão do Município, em ato contínuo a Vereadora Maristela Rodolfo Pessin, fará a entrega de um ramalhete de flores. Antes de darmos continuidade as manifestações, eu convido o nosso Tenor Dirceu Pastori, para abrilhantar ainda mais esta solenidade.

SENHOR DIRCEU PASTORI: Quando Giacomo Bertini compôs essa canção eu acho que ele pensou em mulheres que nem a Senhora.

PRES. RAUL HERPICH: Agradecemos novamente ao nosso tenor que nesse momento executou duas canções em homenagem a Senhora Angélica Malinverno. Convido a Senhora Angélica Malinverno para que faça a sua manifestação na Tribuna.

SENHORA ANGÉLICA MALINVERNO: Boa noite, eu estou muito feliz e muito honrada por todas as palavras lisonjeada, por tudo o que eu ouvi hoje, por todo o carinho e eu não imaginava receber tanto carinho nessa noite. Eu quero começar os meus agradecimentos primeiramente ao Presidente da Câmara Raul Herpich e ao Prefeito Claiton Gonçalves por me concederem essa honraria, aos Vereadores do nosso município por votarem essa lei e a todas as autoridades políticas presentes. Essa noite é única para mim e seria injusto não agradecer todas as pessoas quer me incentivaram, que me apoiam e que torcem por mim aonde quer que eu esteja, meu muito obrigado aos amigos e professores presentes, eu dificilmente lembraria de todos os nomes e seria injusto esquecer alguém, então fica o meu agradecimento em geral. Também quero agradecer aos meus padrinhos, tio e primas presentes, vocês estão aqui porque são muito importantes para mim e porque sempre torceram pelo meu sucesso. Ainda sem finalizar os meus agradecimentos, eu queria falar para as crianças, mas como não tem muitas crianças presentes, eu falo aos professores e a vocês também Vereadores porque levam a palavra nas comunidades. Eu saí da minha casa com 15 anos, abri realmente mão do meu conforto, da vida tranquila que você tem dentro de sua casa, com seus pais, com minha irmã e fui para São Paulo literalmente com a cara e com a coragem e se eu tivesse que fazer de novo eu faria exatamente igual, não me arrependo de nada. Eu queria muito ser uma atleta, cantar o Hino do Brasil vestindo a camisa da seleção, quando esse momento aconteceu, nós não fomos campeãs, mas eu estava imensamente realizada e eu queria dizer para vocês que levem as crianças a palavra de que o sonho é possível, nós viemos de uma cidade do interior, a gente sabe que as coisas são muito mais difíceis para quem não está nos grandes centros, mas levem para eles que se eles podem sonhar, eles podem realmente realizar. Eu digo para eles também que os pais são importantes nesse processo, que os não ouvidos são importantes. E que talvez a gente só vá perceber isso quando a gente fica mais velho, então que vocês levem isso para eles, todo o processo é muito importante, o aprendizado, a escola, se eles forem atletas ou não isso é apenas uma consequência, eles serão cidadãos melhores, pessoas melhores e nós queremos um Brasil e um mundo melhor. Seguindo os meus agradecimentos, eu não posso falar de mim se citar ela! Minha irmã, eu lembro de ver ela chorando quase todas as minhas férias e folgas, quando elas acabavam eu ia para ao aeroporto e ela chorava, aquilo acabava comigo, a gente tem 8 anos de diferença, então eu era uma criança e ela mais ainda e talvez as nossas idas e partidas nos fizeram tão próximas e tão unidas, então o nosso amor é indescritível, eu te agradeço muito por me amar e por estar sempre comigo, mesmo que a gente não se fale todo o dia. O meu marido não pode estar presente e nesses últimos anos a gente vive mais tempo longe do que junto e ele como poucos, me respeita e aceita as minhas escolhas, a parceria e a cumplicidade e o nosso amor mesmo na distância é algo raro de se ver. Eu casei fazem dois anos em Farroupilha e eu não morei mais com ele, eu não tive lua de mel com ele, ele aceita isso, é um grande incentivador para mim, mesmo ele não estando presente eu vou passar isso para ele. Agora vai ser um pouco triste: das duas pessoas mais importantes da minha vida, por vontade de Deus, só uma está aqui, eu te disse mãe que a homenagem iria ser para o nosso pai, mas ela também é tua, são poucos os que imaginam os sacrifícios que você fez por mim, que sabem o quando corajosa você foi em acreditar no meu sonho e o quanto você é minha referência, todos que te conhecem sabem que você é um a mulher guerreira, íntegra, trabalhadora, forte e eu desejo um dia poder ser um terço da mulher que você é, nos dividimos tudo, risada, medo, angústia, dúvida, choro, vitória, derrota, não faço ideia de quantas mil horas nós já falamos por telefone e quantas vezes você, mesmo que há mais de 1.000 km percebeu o meu choro e as minhas dúvidas e me deu coragem, e força para seguir, eu ficaria hora falando de ti, mas você sabe o quando eu te amo e o quanto eu sou grata por absolutamente tudo o que você fez e faz por mim. Meu pai quis muito que eu recebesse o reconhecimento na nossa cidade, junto com seus amigos Vasco e o Nelson, insistiram de forma acintosa para que isso acontecesse, ele não está fisicamente para ver, mas eu sei que de um lugar muito melhor do que esse, junto com o meu avô, ele me assiste com seu sorriso lindo e radiante, meu pai era meu fã número um, não de vôlei porque ele não entendia nada de vôlei, muitas vezes ele brigava com o técnico, ele estava vendo o jogo, xingava o técnico, “ah, você está tirando ela”, ele não estava me tirando, ele só estava trocando, ele nunca entendeu essa parte muito bem, nós cansamos de explicar. Ele era muito orgulhoso de mim e eu sempre soube disso, eu sei que ele anunciava os meus jogos pela cidade toda e tinha vezes que a gente brincava! “Pai, eu não se nem se eu vou jogar, não fala nada não”, as vezes o pessoal vai lá assistir e eu não vou jogar, é complicado e ele falava, “não, tem que falar, tu representas a cidade”, então eu sempre quis orgulhá-los, eu sei que eu consegui isso. Muitos amigos dele e alguns aqui presentes me contaram o quanto ele tinha orgulho da gente como família e eu sei graças a Deus que nós nunca tivemos dúvidas do nosso amor dentro da minha casa, do meu pai eu ganhei valores únicos que hoje eu me defendem como pessoa, ele era um homem boa praça, aqui fala “bonachón”,  eu vi muito isso nesses últimos tempos, ele sempre tinha piada para contar e um sorriso no rosto, tinha uma cara de bravo mas o coração era bom, mole, a gente brincava eu era só a cara, o resto era doce de mais, várias vezes ele me falou essa frase: “minha filha, você vai cair muitas vezes, mas você tem que lutar sempre porque você não pode desistir jamais”. Eu sei que ele foi um guerreiro e que cada vez que uma dificuldade chegar, eu vou lembrar da luta e da hombridade dele, é impossível dimensionar a saudade e a falta que nós sentimos dele, nós sabemos que ele estaria muito feliz em me ver aqui e é por ti meu pai que eu estou aqui. Cada entrada na quadra, cada conquista, cada título sempre foi e sempre serão por vocês minha família, por tudo o que eu abri mão, por todas as coisas que aconteceram de bom para mim, sempre foi por vocês e sempre vai ser, mãe eu sou muito feliz em ser tua filha e eu espero ser metade da mãe que tu és para mim, daqui a muitos anos, mas para o meu filho também. Eu tenho muito orgulho de ser farroupilhense e quando as pessoas me perguntam, eu tenho que explicar, Farroupilha, perto de Caxias do Sul, perto de Bento Gonçalves, mas eu tenho muito orgulho em levar o nome de nossa cidade aqui no Brasil e fora dele. Nós somos uma cidade pequena, mas de gente muito trabalhadora e esses valores estão nas pessoas que administram a nossa cidade e também nos trabalhadores das empresas, os trabalhadores do comércio, então eu tenho muito orgulho de ser farroupilhense e de ser gaúcha, antes de ser brasileira, a gente fala do Rio Grande do Sul, vem antes eu sou bem tradicionalista nisso. Peço desculpa para vocês pelas lágrimas, mas quem me conhece sabe que eu sou uma chorona nata e agradeço mais uma vez por todo o carinho que eu recebi hoje e que eu recebo diariamente, agradeço ao Prefeito que até já foi ver o jogo meu, acredito que a gente tenha ganhado senão eu não convido mais, voz de gente pé quente no ginásio e agradeço também por todo o carinho e todas as gentilezas que eu tenho por esse prêmio, levarei e continuarei levando o nome de Farroupilha para a frente, obrigada e espero voltar daqui alguns anos com a medalha Olímpica, meu objetivo é grande, mas é o meu objetivo.

PRES. RAUL HERPICH: Angélica, realmente é uma noite especial para todos nós, para toda a comunidade de Farroupilha, para a Câmara de Vereadores e nós não poderíamos deixar de fazer mais uma homenagem para você, homenagem que vai ficar gravada na sua mente e na sua vida diária, um pequeno mimo que poderia ser o seu instrumento de trabalho que é a bola, acho que é importante isso, sua mão suaves que tens, sua força de posicionar a bola, então eu quero em nome da Câmara de Vereadores, de todos os Vereadores venham aqui na frente para fazer entrega desse “Monumento” para você. Nesse momento passamos a palavra ao nosso Prefeito Municipal.

PREF. MUNIC. CLAITON GONÇALVES: É uma alegria estar aqui nesse momento especial, o Mérito Esportivo do Ano de 2015 e poder saudar nessa noite especial os nossos Vereadores em nome do Presidente do Parlamento Municipal Raul Herpich, saudar a nossa Secretária de Educação Elaine, os amigos da Angélica, tios, primos, os familiares de uma forma bastante carinhosa, a Dona Ivanes que produziu esse monumento de mulher e o papi Volney que não está aqui. Eu vou começar a minha fala dizendo que quando cheguei em Farroupilha, fazem alguns dias, o Senhor Edgar, em uma lavoura de milho, havia cravado no pé um todo de milho e ele chegou no Hospital Cibeli a bordo de uma Caravan café com leite, vinha acompanhado de 2 filhos, o Volney, teu pai e do Milton, até porque o Leopoldo era pequeno, eles trouxeram o Senhor Edgar e o Edgar e ele foi recebido pela Eroni que era a secretária que atendia na portaria do hospital e ela disse, “olha o Doutor Francisco Fontanela não está”, e aí um dos dois disse, mas então fala com o Doutor Jaime quem é que pode me atender e aí falaram dom o Doutor Jaime e o Doutor Jaime disse, “olha tem um guri aqui que é ginecologista”, mas ele está aqui no hospital e ele pode dar uma olhada no pé do pai de vocês e aí nós fomos limpar um pouco o pé e esse pé, não tenho muito na memória ele teve uma ferida ali praticamente até o final da vida por conta do seu diabetes, ele era diabético e a cicatrização não se dava por causa do diabetes e ele foi perdendo a saúde e aquele buraco ficava ali sempre incomodando reagutizando, enfim, mas entes que eu atendesse ele e é aí que eu quero chegar, o Volney teu pai e o Milton, fizeram uma pequena conferencia, olharam para aquele moleque de alto a baixo ficaram vendo se podia atender o pai, fizeram uma discussão pequena sempre em voz muito mansa, “não sei, talvez, pode ser”, aquele jeito bem italiano e eu acabei atendendo sempre com o olhar fiscalizatório do teu pai, então eu sei como é que foi a tua vida e a do tio, aquele olhar fiscalizatório importante, exatamente. Então Angélica, quero te saudar como agraciada do Mérito Esportivo do Ano de 2015, uma proposta do Presidente do Legislativo Raul Herpich no ano passado e que foi aplaudida pelo grupo de Vereadores e pelo Prefeito em exercício Pedro Pedroso. Nós poderíamos falar muitas coisas a teu respeito, a respeito do voleibol, da importância do voleibol na nação brasileira, da importância da juventude que pratica esportes em geral, nós poderíamos falar sobre modo de quem pratica esporte e alto rendimento e de excelência que é o teu caso. Nós vivemos em um país denominado o país de futebol, mas que nos últimos anos tem tido mais glórias no voleibol do que no próprio futebol, isso não é de graça. Então a fala de hoje é em homenagem a quem foi citado aqui pelos inúmeros feitos, mas quem tem por trás de si, uma família que deu sustentação para que tu pudesses galgar esses degraus que alcançou, nós temos dito que Farroupilha é uma terá de fé, é uma terra de família, é uma terra de trabalho e inovação e você está nesse contesto: da família, fé, trabalho e inovação, por isso alcançou degraus tão altos. Quando nós estivemos lá com aquela camisa vermelha do SESI jogando sobre modo São Paulo, nós lembramos da Bandeira do Rio Grande do Sul e da Bandeira de Farroupilha, forte, italiana, grande, possante, mão pesada, musculatura bem posta, mas muito trabalho por trás disso tudo, não um tríceps qualquer, não um bíceps qualquer, não é aquela fossa cubital que toda a noite dói por conta dos exercícios, não são os extensores longos dos dedos não são as faces, não é a musculatura do gastão da perna que te impulsiona com força, o coração periférico que joga sangue para ti ter força para isso tudo, não é a rapidez de raciocínio de movimento em uma jogada que poderia ser de ponta ou de meio mas que a central muitas vezes faz uma china muito rápida mas não tem coisa mais prazerosa do que aquele bloqueio que você avança e que você joga a bola no pé da adversária e aí você vira para as jogadoras do teu time e diz assim: “AHHHH”, isso é muito forte, isso parece Farroupilha, aquele negócio com garra, força, aquela bola cravada ali no pé do adversário. A gente sabe que é um esporte que e nós estávamos comentando quando alguém falou no início do voleibol, foi o Vereador Vinícius, para não ser de contato e de explosão só se fosse Nilko, porque o resto tudo é muita explosão e muita força. Agora eu quero dizer assim que tu galgaste isso tudo com muita garra e muito esforço pessoal da tua família, se nós tivéssemos nessa noite fazendo uma fala de integração do que a Angélica alcançou, do que o país da Angélica deu, seria uma fala insuficiente, nós estamos vivendo em um país de muita demagogia e de pouca efetividade, milhares e milhares de crianças desse país, Secretária Elaine tem destruído as suas articulações, sejam as coxas femorais, sejam as de tornozelos por conta de quadras ruins e por conta de orientação e de equipamentos de esportes inadequados, muitos joelhos e tornozelos se foram não só pela invasão da adversária que coloca o pé na tua quadra e que tu cai encima do pé dessa adversária, mas muitas vezes por conta de insuficiência muscular, nós estamos gastando milhões em emendas demagógicas, emendas parlamentares para o atendimento de infraestrutura e para o atendimento da saúde e nós nunca temos a condição real de saber se esse dinheiro foi investido de forma adequada, mas estamos gastando muito pouco nesse país em um investimento muito importante que é o investimento no esporte, porque esse é o verdadeiro investimento para que nós tenhamos sim atletas de excelência, mas para que nós tenhamos saúde evitando gastar quem sabe adiante dinheiro em males causados pelo alcoolismo, pelo cigarro, pela vida desregrada ou pelo controle do colesterol por que muitas vezes só para se olhar o resultado de um exame que a gente não muda uma agulha na nossa alimentação nós ficamos gastando dinheiro com isso, estamos investindo muito pouco, tanto na educação quando no esporte e eu acho que esse é o futuro desse país, não há outra saída, não há outro jeito. Para finalizar eu quero dizer Angélica que muito tem se falado no teu nome da televisão, nos jornais, enfim recentemente o Jornal Pioneiro fez um reconhecimento do ano de 2015 ao teu trabalho e enfim o que eu quero dizer que tu tens um futuro bastante gigante pela frente no esporte e não há de se dizer que pela Olimpíada estar próxima e tu tens hoje lá a Taísa que também fez cirurgia no joelho e tem a Fabiana foi preservada do PAM e do Grand Prix nessa temporada além da Juciele, da Denise, da Carol porque se o teu pai estivesse aqui ele dizia assim, não tem para elas, é a minha filha e eu quero fazer do Volnei as minhas palavras dizendo que com a tua garra, energia e explosão, tu vais estar lá e tu vai ser grande lá, nós vamos estar torcendo por ti e tu vai ser forte e vai representar a cidade porque tu merece, tu podes e tu sabes que tu pode. Então pensa a cada noite, mentaliza isso, eu estarei lá representando esse país e daqui a quatro anos de novo porque tu podes e tu sabes que tu podes. Então eu quero te cumprimentar por essa medalha que foi alcançada no último Pan-americano, te cumprimentar por toda a tua conquista galgada em degraus mas te cumprimentar sobre modo porque tu tens uma cidade que preza o trabalho, a família, a fé e a inovação e tu tens uma cidade a tua disposição que te ama e que te quer bem longe porque assim é o que a tua família tem feito e nós vamos juto com a tua família, te aplaudindo e dizendo que tu realmente é poderosa e tu vai aonde tu quiser e aonde os teus sonhos te conduzirem, parabéns, vida Angélica e força, conquistas mais, Muito obrigado.

PRES. RAUL HERPICH: Assim Angélica estamos chegando ao final dessa memorável noite, eu queria agradecer todos os que se fizeram presentes nessa noite, a minha família, tua família, tua mãe, lamentamos que o pai não esteja aí, mas certamente onde ele estiver estará vibrando junto conosco. Eu gostaria de agradecer a presença da Luana Malinverno a Princesa da Fenakiwi, muito obrigado pela presença da família, ficamos muitos orgulhosos, é mais uma que está levando o nome de Farroupilha por esse Brasil a fora, as entidades de classe, autoridades municipais, Senhoras e Senhores presentes, e dizer a nossa atleta Angélica, que esta Casa muito se orgulha em poder homenageá-la, uma cidadã farroupilhense que se destacou como atleta levando o nome deste município para todo o Brasil e para o mundo. Muito obrigado pela sua presença. Queremos agradecer também a Hermelu esportes que nos proporcionou com algumas coisas que identificam com o seu esporte, o Tenor Dirceu Pastori, enfim não é de praxe hoje quando eu disse que nós queríamos tocar o Hino Nacional até o Secretário da Casa disse assim: não é de praxe tocar o Hino Nacional em sessões Solene, mas eu disse assim: justamente porque é uma atleta, é para uma personalidade e em segundo lugar, todas as vezes em que vemos você jogando, nós queremos ouvir o Hino Nacional que é sinal que você está no pódio, mas também depois não poderíamos deixar de dizer aquilo que o nosso Rio Grande do Sul, as nossas façanhas, mais um artista nosso, vou convidar o Vereador Vinícius Grazziotin De Cezaro para a execução do Hino Rio -Grandense.(execução do hino).

PRES. RAUL HERPICH: Muito obrigado Vereador Vinícius Grazziotin De Cezaro pela excelente apresentação. Dizer também Angélica que nós estamos fazendo um DVD dessa noite que será entregue logo que for editado, para você levar para o Brasil a fora que Farroupilha produz, que Farroupilha tem a homenagem que Farroupilha fez para você e muito obrigado Farroupilha e agradece a você também por tudo o que tem feito pelo esporte e por nossa querida Farroupilha. Muito obrigado a todos e declaro encerrados os trabalhos dessa Sessão Solene, muito obrigado a todos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Raul Herpich

Vereador Presidente

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ildo Dal Sóglio

Vereador 1º Secretário

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa.