Pular para o conteúdo
19/08/2022 23:54:35 - Farroupilha / RS
Acessibilidade

Ata 4155 – 01/11/2021

SESSÃO ORDINÁRIA

 

Presidência: Sr. Tadeu Salib dos Santos.

 

Às 18 horas o senhor presidente vereador Tadeu Salib dos Santos assume a direção dos trabalhos. Presentes os seguintes vereadores: Calebe Coelho, Clarice Baú, Cleonir Roque Severgnini, Davi André de Almeida, Eleonora Peters Broilo, Eurides Sutilli, Felipe Maioli, Gilberto do Amarante, Juliano Luiz Baumgarten, Marcelo Cislaghi Broilo, Mauricio Bellaver, Sandro Trevisan, Thiago Pintos Brunet e Tiago Diord Ilha.

 

 

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Boa noite a todos. Declaro abertos os trabalhos da presente sessão ordinária. Dada a verificação do quórum, informo a presença de 15 vereadores nesta sessão do grande e pequeno expediente do dia 01/11/2021. Em aprovação as atas nº 4.149 de 04/10/2021 e nº 4.150 de 05/10/2021. Os vereadores que estiverem de acordo, permaneçam como estão; aprovadas por todos os senhores vereadores. Antes de solicitar ao vereador Felipe Maioli, 1º secretário, a leitura do expediente da secretaria, queríamos aqui fazer um agradecimento a todos os senhores vereadores nesse período do qual estivemos em tratamento de saúde, agradecendo a sensibilidade de cada um e também o carinho seja ele em mensagens e manifestações o que nos deixa realmente muito feliz, desejando a todos que Deus abençoe a cada um e também retribuindo com o mesmo amor, com o mesmo carinho, que a gente teria caso fosse o contrário. Então o meu agradecimento a todos. E eu não poderia deixar de agradecer a nossa vice-presidente a doutora Eleonora pela condução, dado o momento de surpresa, né e o carinho com o qual ela sempre tratou, e também sabendo que mesmo que de surpresa, doutora, a sua disponibilidade foi algo que fez com que a gente fosse buscando resultados mais positivos para que retornasse o quanto antes a Casa. Então o meu muito obrigado a todos. E dando seguimento ao expediente dessa sessão do dia 1º de novembro, solicito ao vereador Felipe Maioli, 1º secretário, para que proceda à leitura do expediente da secretaria.

 

EXPEDIENTE

 

1º SEC. FELIPE MAIOLI: Ofício nº 162/2021 – SEGDH; Farroupilha, 28 de outubro de 2021. Assunto: Resposta ao Pedido de Informação nº 53/2021. Senhor presidente, honra-nos cumprimentar vossa excelência na oportunidade em que respondendo ao ofício nº 447/2021, que trata do pedido de informação nº 53/2021, de iniciativa do vereador Juliano Luiz Baumgarten, da bancada do PSB, segue o retorno em anexo fornecido pela secretaria municipal de educação, cultura, esporte e juventude. Atenciosamente, Fabiano Feltrin prefeito municipal. Ofício nº 163/2021 – SEGDH; Farroupilha, 28 de outubro de 2021. Assunto: Resposta ao Pedido de Informação nº 54/2021. Senhor presidente, honra-nos cumprimentar vossa excelência na oportunidade em que respondendo ao ofício nº 448/2021, que trata do pedido de informação nº 54/2021, de iniciativa do vereador Gilberto do Amarante da bancada do PDT, segue o retorno em anexo fornecido pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente. Atenciosamente, Fabiano Feltrin prefeito municipal. Ofício nº 165/2021 – SEGDH; Farroupilha, 29 de outubro de 2021. Assunto: Projetos de Lei. Senhor presidente, honra-nos cumprimentar vossa excelência, na oportunidade em que solicitamos a essa egrégia Câmara de Vereadores a apreciação dos seguintes projetos de lei: a) Projeto de Lei nº 51, de 29/10/2021, que autoriza o poder executivo municipal a firmar termo de convênio com o Estado do Rio Grande do Sul por intermédio da junta comercial, industrial e serviços do Rio Grande do Sul – JUCISRS; b) Projeto de Lei nº 52, de 29/10/2021, que autoriza a abertura de créditos especiais; c) Projeto de Lei nº 53, de 29/10/2021, que autoriza a contratação de pessoal por tempo determinado para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público; d) Projeto de Lei nº 54, de 29/10/2021, que dispõe sobre as diretrizes e regras para oferta por empresas privadas de atividades complementares de ensino, reforço e apoio pedagógico, contra turno escolar ou centro de recreação e lazer; e) Projeto de Lei nº 55, de 29/10/2021, que autoriza cessão de uso de bens públicos municipais ao Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Sul; f) Projeto de Lei nº 56, de 29/10/2021, que institui, em caráter excepcional e temporário, incentivo financeiro municipal para o custeio de procedimentos cirúrgicos eletivos de alta complexidade na especialidade de Traumato-Ortopedia. Atenciosamente, Fabiano Feltrin prefeito municipal. Pedidos de providência. Pedido de providência nº 34/2021 autor: Roque Severgnini e Juliano Luiz Baumgarten – bancada do PSB; assunto: Lixo no canteiro central. Os vereadores abaixo firmados solicitam que seja solucionado o problema de depósito de ‘lixo’ na Rua São Leopoldo/Bairro Industrial. Ocorre que, na referida rua o canteiro central é utilizado para depósito dos resíduos. Sugere-se que seja colocada terra fértil para posterior plantio de árvores uma vez que no local já há placa “proibido jogar lixo neste local”, que não é respeitada conforme é possível ver em algumas fotos. Roque Severgnini e Juliano Luiz Baumgarten – bancada do PSB. Pedido de providência nº 35/2021 autor: Juliano Luiz Baumgarten – bancada PSB, assunto: manutenção de esgoto. O vereador abaixo firmado solicita à prefeitura municipal que providencie o conserto de esgoto na Rua Santiago esquina com a Rua Antônio Sachet nº 997 no Bairro Primeiro de Maio. O esgoto está escorrendo pela calçada causando riscos à saúde pública. Vereador Juliano Luiz Baumgarten/bancada PSB.  Pedido de providência nº 36/2021 autor: Juliano Luiz Baumgarten – bancada PSB, assunto: Plantio de árvores. O vereador abaixo firmado solicita à prefeitura municipal que providencie o plantio de árvores na Praça do Bairro Imigrante. Vereador Juliano Luiz Baumgarten/bancada PSB. Pedido de providência nº 37/2021. O vereador signatário, após ouvida a Casa, requer a vossa excelência, que seja encaminhado ao Poder Executivo Municipal no seu setor competente, para que seja realizado patrolamento no interior, na estrada principal do Caravageto, pois a mesma se encontra em péssimas condições de trafegabilidade. Gilberto do Amarante/vereador bancada PDT. Pedido de providência nº 38/2021 do vereador Roque Severgnini/bancada PSB solicitando maior atenção ao Bairro Centenário quanto à limpeza e que seja providenciado capina, varrição, pintura, meio fio e roçada do mesmo. Vereador Roque Severgnini/bancada PSB. Mais um Pedido de providência nº 39/2021: Que seja encaminhado ao poder executivo municipal no seu setor competente, para que seja realizada a troca de iluminação no Bairro São Francisco. O solicitado inicia-se na Rua Ludovico Merlin na divisa com a Coronel Pena de Moraes. É necessário, pois entre as duas quadras, no total de 8 lâmpadas, apenas 1 está acesa como consta na foto. Nestes termos Gilberto do Amarante/vereador bancada PDT. Pedido de informação nº 71/2021. O vereador signatário, após ouvida a Casa, requer a vossa excelência, nos termos da lei orgânica combinado com o regimento interno, que seja oficiado ao setor responsável do poder executivo municipal para que encaminhe a esta Casa as seguintes informações: – Quanto o município gastou ao todo com a decoração natalina de 2021? Especificar os gastos e as licitações. – O dinheiro utilizado para cobrir os gastos com a decoração natalina de 2021 vieram do orçamento do município ou de outra fonte? Especificar. – Se proveniente do orçamento do município, de quais rubricas saíram os gastos efetuados com a decoração natalina de 2021? – O município utilizou sua mão de obra, serviços públicos municipais, para instalação da decoração natalina de 2021? – Qual expectativa /estimativa de gastos com a energia/luz com a manutenção da decoração natalina de 2021? Quem solicita Juliano Luiz Baumgarten/vereador da bancada do PSB. Pedido de informação nº 72/2021. O vereador signatário solicita que seja oficiado ao setor responsável do poder executivo municipal para que encaminhe a esta Casa, as seguintes informações: – a prefeitura municipal adquiriu o larvicida BTI no ano de 2021? Se sim, qual foi a quantidade e quanto se gastou com a aquisição? BTI é Bacillus Thuringiensis subsp. Israelensis. É isso aí né Juliano? Juliano Luiz Baumgarten/vereador da bancada do PSB. Pedido de informação nº 73/2021. O vereador signatário então solicita que seja oficiado ao setor responsável do Poder Executivo Municipal para que encaminhe a esta Casa as seguintes informações abaixo: – É verdadeira a informação que o Centro de Formação dos Professores do município, a antiga NATFAR, será instalado no prédio anexo ao Museu Municipal Casa de Pedra, aquele recentemente construído e localizado ao lado da Casa Paroquial. – Se verdadeira a pergunta anterior, será utilizado os dois andares do prédio anexo ao Museu Municipal Casa de Pedra ou apenas um deles? – Se apenas um dos andares será utilizado, qual deles? – Se verdadeira a primeira pergunta, qual o motivo da transferência? Especificar. – Se verdadeira a primeira pergunta, quanto será gasto com essa transferência, isto é, quanto será gasto com as adaptações necessárias? Especificar. Solicitante Juliano Luiz Baumgarten/vereador bancada do PSB. Senhor presidente, era isso, bom trabalho.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Obrigado, vereador 1º secretário Felipe Maioli. E não fizemos isso antes, mas sempre há tempo. Cumprimentar Leandro Adamatti e demais órgãos de imprensa que também se fazem presente; há pouco vimos aí o Zé Theodoro também passando por aí. Leandro fazendo o trabalho de levar toda a sessão para toda a comunidade de Farroupilha por conta e risco da TV Serra. Parabéns por este trabalho mais uma vez. Passamos ao espaço destinado ao grande expediente.

 

GRANDE EXPEDIENTE

 

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Convido a Rede Sustentabilidade para que faça uso da tribuna; abre mão. Convido o Republicanos para que faça uso da tribuna; abre mão.

Convido o Partido Democrático Trabalhista – PDT – para que faça o uso da tribuna; fará uso da tribuna o vereador Gilberto do Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Boa noite, senhor presidente, vereadores, vereadoras, a imprensa, o Adamatti, servidores da Casa e os demais que estão assistindo essa noite aqui presente e também em seus lares através da TV Serra e do Facebook. Eu vou fazer um requerimento na próxima terça-feira, senhor presidente, mais ou menos para nós tratarmos do assunto que está acontecendo nesse momento com as obras da CORSAN relacionado ao tratamento cloacal que está sendo feito lá no Bairro Bela Vista, e também foi feito em outros bairros, mas no Bela Vista, nesse momento, estou vendo que está sendo destruído as ruas. Tem algumas questões aqui que é do poder executivo que eu vejo até que ele vai fazer os reparo até de uma forma mais rápida, porque eu não vejo lá é uma situação costumeira de fazer bocas-de-lobo; então foi retirada as pedras e eles vão repor. Mas o preocupante é o trabalho que a CORSAN está fazendo. Então esse relatório serve para demonstrar os locais em que foram executados obras para CORSAN no que diz respeito ao calçamento e recolocação do mesmo no Bairro Bela Vista e carece de retrabalho, falta ainda a colocação de pedras onde há nivelamento após por sequência de colocação houve rebaixe no local e necessariamente regulamento ou recolocação do dreno que foi retirado, ou foi trancado onde foi interrompido e retirada de entulhos no passeio público que foi sendo deixado no decorrer do tempo. Ainda pode-se dizer que não foram considerado os pontos que na recolocação tem desnível e comparando com os locais onde não foram removidos exemplificando ficam, com efeito, quebra-mola; contudo em conversas com o Elton, coordenador da CORSAN, e o técnico e os técnicos o nivelamento será feito após ser passado o rolo compressor e o término de toda a obra no bairro em questão. Então nas próximas páginas eu vou apresentar aqui algumas fotos que o quê acontece? Ainda tem muita irregularidade, fora essas que a gente vai mostrar, porque segundo o Elton da CORSAN, eles vão passar uma vez só o rolo compressor. Eu não entendo, porque segundo eles me parece que o a licitação foi feito dessa forma, mas é nós do bairro, os moradores do bairro que estão sofrendo. Então aqui é algumas obras que é para o Executivo sim foi feito um dossiê, foi feita algumas bocas-de-lobo não vejo isso aqui como um problema, isso aqui é um conserto fácil de ser feito. Mas sim o que nós veremos para frente é a questão da situação, por exemplo, aqui tem várias ruas, a tampa está em desnível, está acima do paralelepípedo, têm pontos que não foi recolocado o paralelepípedo, tem outros pontos que o pessoal recolocou, mas baixou fazendo um valo no meio da rua, também tem a questão aqui embaixo que é um dreno que tinha no terreno e eu acho que ao fazer a drenagem, a tubulação que lá foi colocado, esse dreno foi interrompido e não foi religado. Aqui temos diversas situações e aqui eu só registrei as fotos, porque e ruas são pontos diferentes, são diversos problemas; as ruas do bairro hoje não têm condições de trafegabilidade, porque não vou dizer que estava 100% antes, mas hoje tá muito pior. Então aqui demonstra também que em várias colocações eu tenho citado que sobrou pedra, porque o distanciamento das pedras na recolocação ficou bem, os espaços ficou bem maior do que estava antes; então como tem partes nas laterais a gente observa a olho nu ali muito próximo. Tem aqui questões de buraco, de pontos que está faltando pedra, pontos que lá tem a tampa da própria CORSAN que tá em alta não sei se tu não andar a 20 km/h nas ruas hoje tu vai enroscar o carro numa tampa dessas e você vai perder o cárter do motor lá. Então eu peço aqui também estou solicitando sim uma fiscalização em conjunto com o executivo nessas obras da CORSAN. Aqui têm pontos que está faltando pedras em volta da tampa, aqui também afundou, os problemas são muitos. As pedras estão distanciadas, estão acima da tampa; então tem pontos que as pedras estão abaixo e outros pontos que as pedras ficaram acima da tampa. E aqui falta recolocação das pedras que pelo que a gente percebeu essa obra foi dada já como pronta esses pontos específicos. Outros pontos diversos que rebaixou, falta de pedra, a tampa está baixa; aqui são entulhos dos quais não foram recolhidos. Ou seja, nós estamos trabalhando junto com os moradores, a associação de moradores, trabalhando junto com a CORSAN. Fizemos uma reunião até a foto não está aqui há uns 60 dias atrás das quais nós já tínhamos apresentado todos esses problemas e não tomaram providência até o momento. Eu não sei, vamos ver vou procurar e marcar uma reunião com o Executivo com o Elton muito embora que na última reunião que nós fizemos lá o Schmitz, secretário de obras, estava presente, se eu não me engano o Schmitz e o Diogo, dos quais a gente tratou, mas as providências até agora eles colocam que no final da obra é que eles vão fazer todos os reparos. Mas eu vejo que já estão fazendo a obra já deixa pronto aquilo que eles terminam; já executa, já termina. Como que nós vamos cobrar da CORSAN depois que a empresa for embora, por exemplo. É quase impossível o tamanho descaso dessa obra. Eu não sei, segundo a CORSAN, trocou o fiscal; me parece que nas obras que eles estão dando continuidade está melhor, melhorou, mas não cabe, não cabe. Primeiro que eu acho que houve um equívoco da própria CORSAN ou de quem fez esse estudo, porque o bairro Bela Vista não tem uma demanda tão grande assim do cloacal até porque as casas são mais afastadas uma das outras, não tem prédio, não tem grande aglomerados de morador. Não sei se precisava lá ter feito; como é que foi feito esse estudo. Até foi uma um questionamento que a gente fez junto com os moradores, com várias pessoas, por exemplo, discutimos um pouco até com o doutor Mário que também está sofrendo esse problema como um todo. Por que não há uma justificativa. Poderia ter feito aqui no Centro, poderia ter feito aonde tem grande aglomerações sim para recolher e fazer o tratamento, mas tudo bem lá poderia continuar a questão da fossas que tem lá com o sumidouro que tem até hoje. Mas então a CORSAN hoje que resolva o problema que está lá. E eu queria também, terminando esse assunto da CORSAN, em último caso nós vamos até de repente se não resolverem, nós vamos procurar ingressar de alguma forma, através do Ministério Público, de outros órgãos, que possam depois no mínimo deixar parecido com o que eles ou que estava quando eles assumiram e que começaram as obras lá no bairro. Eu queria também retratar aqui, vereador Juliano, vereador Roque, nós que moramos lá no na ali passamos lá pela 453 tenho visto neste momento obras lá na 453 que há muito tempo não vi não via. Eu não lembro nos 35 anos que eu moro lá de obras efetiva, com recapeamento, com eficiência que está sendo feito hoje na 453. E temos que ser justo, Tiago Ilha, que a Fran Somensi trabalhou muito junto ao governo do estado em relação para trazer essas obras para nossa região, para nossa cidade. Eu sei que há um pouco de temor eu mesmo entreguei uma carta para o Artur Lemos, o chefe da casa civil, com assinatura de todos os vereadores dessa casa e demais vereadores deu em torno de quarenta e poucos vereadores aonde se não me engano o vereador Roque estava junto né a vereadora Clarice também, e depois até estivemos junto com o governador né, Tiago Ilha, no dia do lançamento que eu sinceramente não acreditava que seria feito obras conforme ele colocou na ocasião, os investimentos que seria feito em nossa região. Por que antes se falava que se fazia, mas de prática nunca aconteceu. Eu acho o que é certo é certo, eu sempre defendi aqui que sou contra o pedágio com valor de limitador de deságio e valor de outorga, mas temos que reconhecer o que está sendo feito. Acho que o Juliano aí traz o assunto também da questão da educação, mas tratando de obra, nós estamos depois de muitos anos, recebendo obras; que eu sei que tem que ter uma manutenção preventiva a cada 6 meses tem que rever, porque aqui o tráfego é muito intenso na nossa região. E claro somos merecedor disso. Eu acho que a serra por tudo o que produz é o mínimo que tem que fazer é obras. Mas também os outros governadores que lá passaram teriam que ter feito e não fizeram. Então esse que está fazendo eu acho que recebe, acho que merece sim o nosso aplauso pelo que está colocando através das obras em nossa região. Muito obrigado, senhor presidente. Um aparte para o vereador Juliano.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Aparte ao vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente, seja bem-vindo novamente a essa Casa. Quero cumprimentar o Marcelo Consorte e em nome dele saúdo os demais cidadãos que se fazem presente aqui e os que acompanham de forma virtual. Cumprimentar os meus colegas vereadores, vereadoras, a imprensa. Bom, sobre o tema o assunto (INAUDÍVEL) CORSAN. Bom, passei por lá sexta-feira e tá horrível, tá intransitável. O que foi feito lá foi destruir; então o que é algo recorrente… Deixa ver se funciona melhor aqui. Vamos lá, e é algo recorrente naquela; quando tem uma obra dessa amplitude da CORSAN de destruir aquele espaço e o problema é que depois nunca tem solução. Quanto à questão do Governo do Estado ali que tu fala eu realmente eu não tenho recordação ao longo desses meus 31 anos de vida de obras desse tamanho, nunca tinha visto. Muito obrigado pelo aparte colega vereador.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Só para concluir, vereador presidente e vereador Juliano. Nós tivemos sim uma das últimas obras do Alceu Collares que por coincidência era do PDT na época e o nosso prefeito aqui de Farroupilha era o Paulinho Dalsóchio do qual fez uma obra de expansão também que foi o viaduto da Colombo, uma das últimas obras que foram feitas no nosso município.  Muito obrigado, senhor presidente.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Obrigado, vereador Gilberto do Amarante. Convido agora o Movimento Democrático Brasileiro – MDB – para que faça uso da tribuna; fará uso da tribuna a vereadora doutora Eleonora Broilo.

VER. ELEONORA BROILO: Boa noite a todos. Antes de fazer uso do protocolo e cumprimentar os senhores eu quero agradecer os vereadores da minha bancada, vereador Marcelo Broilo e o vereador Felipe Maioli, por me concederem o espaço do grande expediente e assim representá-los. Muito obrigado aos dois. E segundo, eu quero agradecer ao nosso presidente Tadeu Salib dos Santos pelas palavras maravilhosas dirigidas a mim e eu quero dizer ao senhor que o senhor é muito bem-vindo e o senhor é um grande guerreiro, não é qualquer coisa que lhe derruba, porque o senhor é uma pessoa de fé. Seja muito bem-vindo. Muito boa noite aos senhores vereadores, a senhora vereadora doutora Clarice Baú, ao Adamatti aqui representando a imprensa, às pessoas que nos acompanham, ao Caetano filho do vereador Thiago Brunet, ao meu marido que hoje nos deu o prazer de estar aqui desde quase do início da sessão, todas as pessoas que estão nos acompanhando presencialmente ou pelos meios digitais, nossos assessores, e aqui eu quero fazer um parênteses; tenho que agradecer as assessoras das nossas bancadas, pelo menos no que diz respeito às bancadas com as quais eu tenho mais contato, sem elas seria impossível a gente fazer o que está fazendo. Muito obrigado a vocês. Bem, são vários assuntos que me trazem a essa tribuna. Vocês já, todos vocês me conhecem e sabem que eu não ocupo a tribuna por ocupar; eu não invento assuntos nem nada, simplesmente por politicagem ou coisas que o valham. Quando uso a tribuna eu realmente quero trazer alguma coisa que faça diferença para alguém para parte de uma comunidade, enfim. Então o primeiro assunto que eu quero trazer aqui é um projeto que está sendo desenvolvido pelo Executivo e que foi uma das minhas bandeiras de campanha que é uma creche para os idosos. A gente sabe que é um projeto muito difícil que é um projeto que precisa, que necessita de emendas federais, mas é um projeto que está sendo desenvolvido e eu me sinto muito orgulhosa por ter feito parte desse projeto dessa ideia. Logo em breve, nós sabemos que o secretário Cenci e o nosso vice-prefeito vão a Brasília buscar emendas habitacionais e estará incluído também o esqueleto desse projeto. Esta creche para idosos ela vem assegurar para uma parte da população de idosos que no momento está desassistida que são aqueles idosos cuja família não tem condições de arcar com alguém para cuidar deles, não tem condições de pagar uma casa geriátrica, mas que também não pode deixar esses idosos em casa sozinhos. Então assim como uma criança vai para uma creche, eles serão também, eles vão para essa creche de manhã ficarão o dia todo e irão para casa ao entardecer. Ali eles terão, poderão jogar com os outros de idosos, tomarão seus remédios, eles terão recreacionistas. Claro que tudo isso ainda é um esqueleto, mas eu vejo com muito bons olhos esse projeto. Não será para os próximos meses, talvez quem sabe para o próximo ano, mas ele estará no papel e ele será executado talvez não num ano, mas ele será executado e isso me deixa muito feliz, porque pela parcela da população de idosos que ele vai conseguir assistir. Nós temos que levar em consideração que a média de vida das pessoas no Brasil em 1945 era tinha uma média de 45,5 anos e atualmente nós temos uma média de 76,7 no geral, para mulheres é um pouquinho mais chega a 78 anos. Com a pandemia do covid nós tivemos uma diminuição de dois anos, mas vai se recuperar; com o fato da diminuição dos óbitos por covid nós vamos recuperar novamente talvez leve um pouquinho de tempo nós vamos chegar novamente a esses patamares. Nós temos um índice de natalidade que atualmente é de 14.000 por habitante e o índice de mortalidade e fica em torno de 6,8 por mil habitantes que é o último dado que nós temos. Deve ser menos agora, não considerando o tempo de pandemia que claro aumentou muito. Então a gente pode ter uma noção de que nós temos muito menos idosos indo a óbito do que tínhamos uma vez, portanto essa parcela da população está crescendo. Nós estamos tendo uma pirâmide que logo logo vai estar invertida como na Europa e isso nos preocupa, nos preocupa e nós temos que dar assistência para eles. Encerrando a questão creche para idosos, não posso deixar de falar sobre o pedido de informação do vereador Juliano Baumgarten sobre o que se gastou com o Natal por várias razões. Primeiro, recém estamos colocando a festa né para a comunidade, recém, e já tem o pedido de informação. Tudo bem, isso não é o mais importante. O mais importante é que nós, a gente vem vindo de um tempo muito ruim, nós tivemos dois anos em que só vinham notícias ruins, quem de nós não teve alguém próximo, alguém muito próximo que nós perdemos. Quem de nós não teve um amigo, parente, filho, pai e mãe que a gente perdeu por causa do covid. É impossível a gente não comemorar e comemorar de uma forma muito pontual o Natal, porque o Natal é pura magia, as crianças esperam o Natal e aqui não importa se a criança é pobre ou se não é, toda criança espera o Natal. O Natal é mágico. Então é impossível que a gente não se contamine com a magia do Natal, é impossível. É impossível não ver como essa cidade está bonita. Há quantos anos e aqui eu faço um apelo, há quantos anos a gente não vê não via uma cidade tão bonita como está agora? Uma cidade tão cheia de luz, uma cidade tão cheia de adereços, tão cheia de coisas bonitas. Nós temos uma data que nós comemoramos e que é o nascimento de Jesus, tem que ser comemorado, e nós estamos vencendo o covid é mais uma razão para estarmos comemorando. E nós temos mais um detalhe, tudo foi feito, tudo foi feito legalmente; foi feito com licitação, tudo foi feito com planejamento, com execução desde maio de 2021. E houve o apoio total das entidades. E pode ser feito graças à economia que foi realizada por esse governo municipal. Eu tenho que parabenizar o governo. Se eu tivesse qualquer dúvida sobre essa realização, eu poderia ficar quieta quanto a isso, eu poderia não dizer nada, mas não posso; eu não posso me aquietar quando eu vejo todos os meus pacientes, todas as pessoas com quem eu converso, achando maravilhoso, achando linda a cidade. Eu não posso ficar quieta. Talvez se gastou menos em anos anteriores? Talvez, talvez, com certeza. Mas o efeito foi o desejado? Ah, com certeza não; com certeza não foi. Então assim, eu gostaria muito que as pessoas pensassem um pouquinho no que esta festa deste natal está representando para comunidade de Farroupilha, não só para nós da comunidade, mas de uma maneira geral colocando Farroupilha até como um dos lugares onde existe um turismo natalino. Nós temos que pensar em tudo. E tem mais, tem mais algumas coisas. Eu se eu tivesse mais tempo, eu poderia ficar aqui por minutos colocando para vocês tudo que este governo tem realizado, mas vou colocar algumas coisas só. As filas para cirurgia da alta complexidade estão sendo zeradas, estão sendo feitas cirurgias de 2017; as filas para castração dos pets também estão sendo zeradas; nós temos ampliação de UBSs; o aumento de 10% dos valores previstos para o São Carlos e para o Pró-saúde. São apenas algumas das coisas que o Executivo está fazendo. Projeto de cercamento do canil; reforma das escolas. Então realmente nós estamos tendo muita coisa que está sendo feita. Eu só quero parabenizar o Executivo por tudo isso. Muito obrigada.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Obrigado, vereadora doutora Eleonora Broilo que ocupou o espaço do MDB. Convido o partido Progressistas para que faça uso da tribuna; abre mão. Convido o Partido Liberal para que faça uso da tribuna; fará uso da tribuna o vereador Mauricio Bellaver.

VER. MAURICIO BELLAVER: Boa noite, senhor presidente, boa noite às meninas, boa noite aos colegas vereadores, imprensa. Na última quinta-feira, dia 28 de outubro, a secretaria da agricultura e a EMATER de Farroupilha, desenvolveram o evento ‘um Dia de Campo’ que abordou práticas para retomada da produção de kiwi lá na Linha Jacinto, vereador Roque Severgnini também estava lá, foi um evento muito bom. O evento contou com diversas planejamentos foram abordados assuntos como podas, conduções de pomares, fertilizantes do solo, manejo da polinização em kiwi e produção. O evento contou com a presença de 120 pessoas a130 pessoas. Hoje 90% da produção é importada do Chile, Nova Zelândia, Argentina e Itália. Nos anos de 89 a 92 através do governo de Clóvis Zanfeliz foi realizado marco inicial do kiwi em nosso município quando Clóvis, Baretta, Gervásio Silvestrin, sindicatos e alguns agricultores foram para o Chile e foi importado dois containers de kiwi e os agricultores começaram a plantar. Ano que vem será realizada a Fenakiwi e o objetivo do evento foi a retomada do plantio de kiwi. Nosso município, senhor presidente, ficou nos últimos anos teve uma doença que atacou nossos pomares de kiwi e foi reduzido o plantio; e com estudos da EMATER/entidades nós vamos tentar retomar a produção aqui. E a Fenakiwi será um bom desenvolvimento para o nosso município aí que é a fruta que nós representamos. E dar o parabéns aí para Linha Jacinto que abriu as portas para nós aí para nossa produção de kiwi. E sobre o nosso Natal, enfeite, doutora Eleonora, a senhora falou, que a senhora é muito sábia, a cidade está muito bonita muito bonita e quero dar os parabéns aí ao nosso camisa 10, aí, o nosso prefeito, as entidades, quem botou a mão nesses enfeites que fazia tempo que não tinha mais. E nós estamos aparecendo aí nas mídias do Estado que todos nós estamos de parabéns, não só o governo todos nós. Então, senhor presidente, era isso aí. Muito obrigado.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Obrigado, vereador Bellaver. E o espaço vem através do convite ao Partido Socialista Brasileiro – PSB – para que faça uso da tribuna; fará uso o vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Senhor presidente vereador Tadeu, lhe saúdo e lhe cumprimento e lhe desejo boas vindas em retorno ao seu cargo de presidente e com a sua saúde reabilitada, então fique bem. E parabenizar a vereadora Eleonora por ter conduzido muito bem os trabalhos da Casa na ausência do nobre presidente. Cumprimentar os vereadores e as vereadoras, as pessoas que nos assistem aqui do plenário e as que nos assistem de suas casas, de seus lares ou do seu local de trabalho, cumprimento também à imprensa que aqui se faz presente. Eu gostaria de, inicialmente, também cumprimentar o vereador Thiago Brunet que retornou à sessão, né que retornou à Câmara após um período de licença; Thiago Brunet que é um dos pré-candidatos a deputado estadual. E é bom que a Câmara de Vereadores tenha representantes aqui disputando as eleições assim como também o vereador Juliano que é o nosso possível pré-candidato a deputado estadual; o partido está discutindo isso e tem o meu apoio, Juliano, internamente no partido e depois pela frente caso decida concorrer. Também informar que a comissão de finanças está se reunindo todas as segundas-feiras, às 16h, com a presença de todos os membros decidindo principalmente pautas importantes que é o orçamento que está na Casa que é o plano plurianual de investimento, a lei de diretrizes orçamentária e também a LOA que é a lei orçamentária anual. Na terça-feira, ou melhor, na quarta-feira, dia 3, nós teremos a nossa audiência pública aqui na Casa, todos os vereadores estão convidados, as pessoas que nos assistem também. É importante essa audiência pública, porque ela é uma um momento de esclarecer de tirar dúvidas, estará presente aqui também o secretário de finanças do município, o secretário Plínio Balbinot, e que todos possam também tirar dúvidas, porque eu acho que é a pessoa adequada para falar sobre o orçamento. Quero também comentar aqui, doutora Eleonora, da sua fala dividir ela em duas; primeiro o meu apoio a esse projeto que é da creche para idosos, é muito importante, fico feliz que era um projeto seu de campanha, uma proposta sua, mas também era uma proposta nossa, da nossa chapa, encabeçada pelo ex-prefeito Pedro Pedroso e pelo Francis Casali que era de criar sim um espaço para os idosos. E isso é muito importante, eu via também recentemente uma emenda do deputado federal Heitor Schuch para a cidade de Venâncio Aires que estão construindo lá uma casa né para as pessoas idosas como popularmente se chama creche para idoso. Acho que é um tema interessantíssimo, porque a gente precisa se preocupar; porque todos nós vamos nessa direção. E nós precisamos nos preocupar com quem já está nessa situação de idade mais avançada, nem todos têm uma família, enfim, para se ampararem nesse momento. Então parabéns, vai ter o meu apoio com certeza. Mas também quero falar da outra parte da sua fala em relação à questão do natal. Farroupilha sempre fez, um pouco menos, um pouco mais, sempre fez os enfeites natalinos, as decorações e cada administração vem melhorando, isso é inegável. A última, o último ano, em 2020, teve uma bela decoração natalina também e agora também se repete. Dizer que a cidade está totalmente linda não é uma afirmativa 100% certa; ela está, o centro está bonito no que diz respeito às decorações natalinas não há dúvidas disso, mas nós precisamos compreender que os bairros estão em grandes dificuldades quer seja na questão de limpeza pública, de reparo de esgoto, de problemas de saneamento básico, de problema de pavimentação e principalmente de problema de falta de iluminação pública que essa não é só nos bairro, é geral. Eu não sei o que está acontecendo, eu não sei o que está acontecendo. É geral a reclamação da falta de iluminação pública e já se passaram um bom tempo. Um outro detalhe importante que nós precisamos atentar aqui que o britador do nosso município ainda não está funcionando; já são mais de 10 meses ou 10 meses e um dia e o britador continua quebrado. Mas não é possível que o secretário de obras não conseguiu ainda buscar uma solução, ou o governo, enfim, mas é uma tarefa mais atribuída a Secretaria de Obras de resolver essa questão do britador que está quebrado. Eu acho que a brita que está sendo comprada ela é muito mais cara do que produzi-la com o nosso equipamento, com os nossos servidores que, aliás, quando eu entrei na secretaria de obras as pedras do britador eram quebradas à marreta; a pedra que ficava maior que não entrava na boca do britador era quebrada a marreta as pessoas tinham marreta, davam marretada nas pedras, braçal, para quebrar. Nós acabamos com isso aí, porque era uma injustiça com aqueles trabalhadores e modernizamos o britador. Mas o britador quebra pedra então quem quebra pedra quebra né não tem o que aguente; pedra ferro/basalto. Mas precisa consertar, precisa arrumar. Imagina 10 meses um britador quebrado não é possível. Eu gostaria de falar também aqui rapidamente para mim entrar num outro assunto, sobre a questão do cemitério; continua lá sem o muro de contenção está indo né por enquanto, passei lá hoje tem uma lona preta ali que tá cuidando por causa da chuva para evitar erosão, mas está na iminência de acontecer alguma coisa. Então seria interessante que desse uma atenção para isso. Vou pedir para o nosso colega servidor aqui da Casa por no telão aqui uma imagem de uma rua, de um mapa né, que ela é da Rua Raineri Petrini, depois que termina a Rua Raineri Petrini começa a Avenida dos Imigrantes e ela abraça ou passa a margem do loteamento Milanês. Se puder passar a outra foto essa aí nós temos a imagem da Rua Raineri Petrini de novo seguindo em direção ao loteamento Milanês e depois ela vai chegar em Nova Milano por algumas estradinhas rurais que tem ali. O que eu quero dizer com isso? Em 29 de setembro nós nos reunimos com moradores do loteamento Milanês e com o secretário municipal de obras pedindo o quê? Que fosse feito uma manutenção, porque ali havia e há um projeto de asfaltamento que era para ter sido executado ainda no ano passado, mas por questões de tempo de ordem técnica não foi executado, mas deixou-se o recurso para que pudesse pavimentar essa rua. O secretário disse que não tinha conhecimento, mas depois ia se informar e se inteirar; no meio da conversa surgiu a sugestão dos moradores de que pudesse ser colocado raspa de asfalto naquele trecho que falta ali a pavimentação que é poucos metros, deve ser uns duzentos e poucos metros até chegar pelo menos no Loteamento Milanês. E o secretário gostou da ideia. Gostou da ideia, saímos felizes da reunião, contentes, porque ele achava que seria viável isso e na ideia dele poderia se facilitar sim e colocar a raspa. Logo em seguida circulou um áudio do vice-prefeito informando aos moradores que não, que raspa não mais seria colocado nas ruas, porque raspa cria depois ali logo adiante criam buracos e esses buracos se transformam em crateras e fica difícil a manutenção. Então por conta disso o governo optou por fazer apenas as margens de passeio público alguns pátios de fluxo mais leve e tal, porque não iria mais fazer colocação desse material nas vias públicas. Então uma informação do secretário de obras dizendo que sim e depois uma informação do vice-prefeito, que eu não sei qual é a relação com as obras né, mas dizendo que não e passou o áudio para os moradores. Agora eu quero só passar uma outra foto e já dizer que concordo com o que foi feito tá para não haver nenhum mal entendido; olha só, depois que foi feita a reunião, depois que foi informado que não mais seria colocado, veja aqui nas margens da 453, acho que deve ter mais alguma foto, oh material colocado na rua. Isso aqui foi colocado sexta-feira talvez quinta-feira, olha ali tá bom e que bom que colocaram. Parabéns. Então não daria para fazer isso na entrada do bairro Loteamento Milanês? Por que lá dizer que não dá mais para colocar e daqui a pouco aqui colocar. Qual é o critério? Qual é a prioridade? Qual é a forma de definir isso? O secretário diz uma coisa e o vice-prefeito diz outra. Então eu acho que teria que fazer aqui, porque aqui agora tem uma norma e essa demanda me chegou no final de semana; então eu não vou formalizar aqui um requerimento, mas eu gostaria de pedir, aliás, pedir e parabenizar a doutora Clarice que tem sido sempre sido muito atenciosa, nem sempre consegue, mas pelo menos atenciosa e interessada em ir ver os assuntos, se pudesse fazer a gentileza de falar com o governo olha lá provavelmente com umas 5 ou 6 uns 5 ou seis truck de material consegue resolver momentaneamente o problema dos moradores, porque segundo o próprio secretário o ano que vem, embora que o ano que vem está próximo, mas eu acho que é meio temerário dizer e afirmar que vai ter a pavimentação, mas que está no radar para fazer pavimentação. Mas o que acontece ali? Têm empresas ali ao redor do Loteamento Milanês, é uma via de fluxo que liga lá a comunidade do Amizade, a própria Nova Milano, depois que desce para o Machadinho por ali e acaba circulando muita gente muitos carros por aí, muitos os caminhões inclusive, e mereceria, ao meu ver, uma atenção do governo porque ele é um loteamento que ele ficou um pouco posterior à área urbana. Então tem a área urbana, termina a área urbana, tem uma partezinha de área rural e depois vem esse loteamento. No loteamento está totalmente pavimentada de asfalto, porque a nova lei do plano diretor e tal, a testada do loteamento também é pavimentada então ficou aquele trecho no meio. E é uma rua larga, porque o gabarito dela é larga, então automaticamente é mais difícil fazer a manutenção aparecem buracos, aparecem crateras. E eu peço então se fosse possível dar uma conversada com o próprio prefeito que levasse em consideração já que tem essa raspa agora que felizmente a gente está vendo obras aqui na nossa região de infraestrutura asfáltica em rodovias estaduais e que a gente pudesse então contemplar aqueles moradores para pelo menos amenizar um pouco o barro, o pó e a buraqueira né que via de regra acaba acontecendo e inevitavelmente as pessoas passam por dificuldades grandes. Então deixa esse pedido, doutora Clarice, não que lhe obriga ou lhe deixe na obrigação de resolver, mas pelo menos você a mensageira para que o governo de um retorno em relação a isso até para tirar essa contradição que acabou no meio do caminho acontecendo talvez até involuntariamente. Obrigado. Cedo um aparte ao  vereador Maurício e depois para o vereador Juliano.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Aparte ao vereador Mauricio Bellaver.

VER. MAURICIO BELLAVER: Obrigado, Vereador Roque. Sobre o britador, sim demorou; eu não te digo que ele está 100% funcionando, mas ele tá funcionando. E tá funcionando, foi mexido as esteiras, foi feito uma geral nele que estava precisando lá; então o britador está funcionando sim. Muito obrigado, senhor vereador.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Obrigado, vereador Mauricio. Boa notícia então. Eu tinha informação que até essa semana não estava funcionando. Então parabéns que bom que a gente agora vai ter o britador funcionando. Obrigado pela informação. Vereador Juliano.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Ver. Juliano, aparte cedido pelo vereador Roque Severgnini.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Só para, primeira agradecer o aparte né, quanto à questão do natal, duas questões. Primeiro eu não vou me manifestar até vir o retorno do pedido de informações a cerca da temática; e segundo, doutora Eleonora, uma das prerrogativas do vereador é fiscalizar o recurso público, seja se for 10, se for 500, se for um milhão e assim sucessivamente. Vamos ver o valor o gasto/investido etc. etc. e depois farei minha avaliação sobre a temática. Muito obrigado pelo aparte, vereador Roque.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Muito obrigado, senhor presente.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Obrigado, vereador Roque Severgnini. Solicitamos aos nobres vereadores que quando pedirmos um aparte que seja relacionado ao assunto do qual o vereador vem abordando, enfim, para que a gente não perca o próprio foco do assunto. Encerramos o espaço do grande expediente e passamos ao espaço destinado ao pequeno expediente.

 

 

 

PEQUENO EXPEDIENTE

 

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: E a palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Juliano Baumgarten.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente, então eu queria dar entrada no PL nº 47/2021 que prevê então a semana da ciência, tecnologia e inovação. Então quero que dê entrada, tramite pelas comissões e no meu próximo o grande expediente irei explanar sobre a temática. Sobre o assunto que o colega de bancada vereador Roque falou da pré-candidatura a deputado, agradeço a confiança do colega, bem como do Partido Socialista Brasileiro aqui de Farroupilha pelo apoio e por acreditar no meu nome, estamos trabalhando, conversando, estudando e viabilizando essa possibilidade da então oficializar a candidatura o ano que vem. Então sou um pré-candidato a deputado estadual. Rose, eu gostaria que tu colocasse no telão, por gentileza, uma foto aí que ela é muito importante, talvez não fique tão visível assim por conta da iluminação, essa foto é na Rua São Vicente onde que fazem 2 ou 3 meses que foi asfaltado, ou seja, já abriu o buraco. Não estou aqui falando que foi mal executada a obra ou que o asfalto não é de boa qualidade, mas me preocupa, pouco tempo já tem um buraco desse tamanho. Já também avisei o secretário Argídio, mas até agora não obtive retorno, se a empresa vai ser notificada ou que vai ser feito. A minha preocupação primeiro enquanto morador é a questão do tráfego das pessoas e também a minha preocupação que não se deteriore cada vez mais esse local, porque a tendência é cada vez pior. Tem um fluxo gigante de veículos e tem passado também muitos caminhões, ou seja, então é o asfalto da São Vicente faz dois ou três meses que foram recém, nem inaugurado foi oficialmente, teve um ato e infelizmente tá dessa forma. Tem que fazer algumas cobranças pontuais à Secretaria de Obras; tá muito lenta algumas coisas sim, tá muito lenta, ontem recebi algumas fotos de moradores por conta da localidade onde que tem bueiro entupido que entrou água no passeio público, invadiu e em outro momento chegou a queimar o motor do portão. Então isso é na outra esquina na Luiz Fagherazzi em frente à casa do Sonaglio. Então faz um tempo já que nós solicitamos para o secretário isso para resolver esse desentupimento bem como um da São Vicente que faz mais de três meses que eu falei, já apresentei pedido de providência, já comentei, esperar mais um pouco se não vamos fazer um bolo de aniversário, acho que vou para Caravaggio fazer uma promessa para Santa ver se vou arrumar. Então são coisas assim, desculpa, muito simples que podem ser resolvidas. Uns 15 dias atrás estava na Secretaria de Obras conversando com o Joel, o secretário veio conversar comigo disse “não, não a semana que vem está resolvido o problema”. Se passou duas semanas já. Então tem coisas que elas precisam ser agilizadas; então vou fazer o pedido de providência para semana que vem desse outro alagamento ali. Também, doutora Clarice, se puder levar essa mensagem e pedir né para resolver a questão de um dia mata tudo essas questões do bairro Nova Vicenza, bem como o levantamento de cordões, na descida do Morro do Cinquentenário tá entrando água no na garagem, no box de um residencial que tem ali e também foi já feito pedido de providência. Então essa é minha cobrança. Quero fazer, eu sempre fui muito crítico a algumas coisas do governo do estado, mas eu quero externar meus parabéns ao governador Eduardo Leite pelo lançamento do programa: Programa Todos Jovem na Escola, talvez um pouco tardio, que prevê bolsa estudantil de R$ 150,00 para jovens de baixa renda até final do ano que vem, entrega de celulares, e também lamento que não foi levado adiante uma sugestão desse vereador de se fazer uma campanha de arrecadar, bem como fazer uma parceria com CRC – Centro de Recuperação de Computadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul; e também foi aderido a questão do programa de combate à pobreza menstrual onde alunas da rede pública estadual receberão o absorvente para não com isso não faltarão à aula. E também a questão que hoje se estuda o quarto ano para dar um reforço por conta da pandemia. Então, senhor presidente, essa é minha manifestação dessa noite, muito obrigado.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Obrigado, vereador Juliano Baumgarten. E a palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra a vereadora doutora Clarice Baú.

VER. CLARICE BAÚ: Boa noite, presidente, boa noite a todos os colegas. Um bom retorno, é um prazer ter o senhor de volta e que tenha sempre saúde e vida longa. Agradecer também todo o trabalho da doutora Eleonora no tempo que presidiu, é sempre um orgulho ter uma mulher aí e com toda a sua competência. Quero cumprimentar a imprensa, né, Zé Theodoro da Rádio Miriam, nossa TV Serra sempre nos prestigiando aqui e a todos que estão nos assistindo aqui e nos seus lares. Quero só dar um retorno para o Roque na questão do britador né já temos aqui a resposta de que está funcionando e, além disso, ele está com 30% mais de sua capacidade em função disso; então bem vindo o britador. E a questão do cemitério também pode estar lento, mas aí eu lembrei também, Roque, minha mãe faleceu dia 31 de outubro e ela foi então velada e após cremada ali no, ali né nas capelas e eu lembro que no governo da época, há 4 anos atrás, estavam arrumando a Papa João XXIII bem na semana dos finados. Então existem imprevistos, existem, que bom que nós estejamos aí para alertar né eu acho importante que a gente faça isso, mas também lembrar que às vezes não se faz, não consegue se fazer tudo e como os finados estão praticamente no final do ano pode acumular. Mas com certeza essa demanda foi ouvida e vai ter a sensibilidade de pelo menos nós evitarmos qualquer problema maior né. E também quero aqui corroborar as palavras da minha colega doutora Eleonora quem com muita sabedoria, sempre com propriedade, fala do natal. A festa natalina é sempre uma festa importante, porque realmente é tem que ser marcada pelo nascimento do menino Jesus, mas também por toda essa questão de unir as famílias, harmoniza com amigos e nós estamos passando por uma pandemia. Eu também quero parabenizar a sensibilidade do Executivo nesse sentido de ter tido a coragem em meio a uma pandemia em maio já ter sido assertivo nessa questão de já programar essa festa natalina que está linda demais. Eu tenho certeza que todos os governos sempre fizeram o possível e tivemos muitas festas bonitas, mas não podemos aqui fazer um contraponto, vereador Juliano, neste momento, nessa magia do natal, num resgate de nós estarmos enclausuradas e toda essa questão da pandemia e termos essa beleza que está Farroupilha. Um contraponto de fazer exigências, de fazer pedidos de informação nesse sentido de quanto foi gasto e tal. A gente sabe que é prerrogativa do vereador pedir informação, mas tudo tem momento, não se pode fazer, eu, é minha opinião, fazer contrapontos assim para macular essa festa, essa magia do natal. Está muito lindo, está de parabéns toda a equipe. Nós estamos saindo uma pandemia e eu quero te afirmar, vereador, que eu também sou vereadora e também tenho essa prerrogativa de fiscalização. Quando eu vi teu pedido de informação logo questionei e tu pode ter a certeza que a legalidade, o processo licitatório foi feito, está tudo perfeito, porque é uma prerrogativa minha, mesmo eu estando na situação, de fiscalizar. Então tu pode ter certeza que quando voltar o pedido de informação, a resposta, vai ficar satisfeito. Mas assim entra nesse clima natalino, porque nós te convidamos, tá muito linda a cidade, esquece a política um pouquinho e viva esse momento que é bem-vindo, só estou pelo Papai Noel; bem-vindos aí ao natal. E também tu pode ter certeza que uma informação, e que a doutora Eleonora já citou, que isso foi feito com a economia que tem sido feito neste nesses 10 meses e pode-se então ter gastos nessa festa natalina que tá muito linda. E tudo foi muito bem planejado e tu pode ter certeza que nós temos um procurador na prefeitura e toda uma assessoria jurídica que está sempre muito atento para que não aconteça o que aconteceu no governo passado que eu fiz parte. Eu sempre vejo assim que, já estou finalizando, eu sempre vejo assim que às vezes quando eu faço alguma crítica construtiva sempre, porque nós estamos aqui para debate e construir um mundo melhor, uma Farroupilha melhor, que fazem questão de dizer “não, tu fez parte daquele governo”. Eu me orgulho e enquanto eu estive lá eu fiz um trabalho belíssimo, tanto tenho orgulho que eu usei como currículo na minha campanha então vocês não precisam usar “ah, mas tu fez parte”. Fiz nunca neguei e tenho orgulho de ter desempenhado o trabalho lá. Então quero deixar sim um parabéns para todo o Executivo e toda sua equipe.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: A senhora quer usar o espaço de liderança?

VER. CLARICE BAÚ: Não. Já finalizei e isso que queria deixar claro. Vamos viver o natal aí, vereador Juliano.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Obrigado, vereadora doutora Clarice Baú. E o espaço do pequeno expediente a palavra está à disposição. Vereador Gilberto do Amarante.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Senhor presidente, eu quero mais uma vez aqui, vereador Roque, sei que já falamos das obras que o governo do estado está fazendo e também esperamos que ele faça as obras da 122 conforme está prometido. Estamos tendo obras de pavimentação em nossa cidade, eu conheço obra tenho que falar de obras. Nesse momento tínhamos muitas pavimentações asfáltica, calçamento, no governo anterior eu acho que de repente nesse momento está um pouco estagnado, porque eu não vejo obras. Nesse momento então veja o governador do estado fazendo obras em nossa cidade; então esperamos que o nosso governo também entre nessa seara e depois assim que o Estado termina até porque é limitado né o Estado ele tem ele termina e nós temos muitas obras por fazer em nosso município e dar continuidade naquilo que vinha sendo feito. E claro, vereadora Clarice, eu concordo com a doutora Eleonora com a vereadora Clarice assim como concordo com o vereador Roque também. Acho que o espírito de natal ele é único e nesse momento estamos vivendo novamente o natal que nos anos anterior não podemos esquecer que claro nós vamos evoluindo até como o próprio prêmio que foi cedido pelo SEBRAE recentemente houve uma evolução, teve outros prêmios anteriormente e como tudo há uma evolução e tomara que essa evolução esteja em todos os setores. Claro que quando nós falamos assim de espírito natalino fica difícil de nós convencer aquelas pessoas que estão escuro né, que chega da faculdade de noite, que chega dos seus empregos, de dizer para eles “olha, gente, nós estamos lá no centro aqui não se preocupe, aqui tá escuro, mas lá no centro tá muito lindo, parabéns”. Acho que uma coisa não justifica a outra. Nós temos que cuidar dos dois setores. Acho que o nosso natal está lindo, está muito bonito, mas este eu tenho certeza que é a mesma equipe que preparou o natal da cidade é aquele que cuida das ruas então. E esse problema lá nos bairros, nos postes da nossa iluminação pública, ela se arrasta desde o começo que nós estamos falando. Por exemplo, a própria 453 a 122, têm 90 lâmpadas queimada e foi colocado recente então faltou ali fiscalização para nós não deixar eu não sei se já não venceu o prazo que tinha para empresa fazer o reparo. Eu sei que foi lá colocado, vereador Roque, pela RGE, mas é o município que tem que fiscalizar assim como os trabalhos da CORSAN como tudo o que acontece em nosso município, o Executivo junto com a sua equipe tem que fiscalizar. E eu não sei daqui a pouco nós vamos perder essas 90 lâmpadas, o conserto, enfim, que tem que ser feito. Então a prioridade ela tem que ser para todos, o natal tem que ser todos. Parabéns ao prefeito pela pelo trabalho feito no centro da cidade, porque aqui eu até trouxe um requerimento que da eu acho que dá em trono de 900 metros do centro até a Ludovico Merlin pela Pena de Moraes que lá na quadra da direita tem em torno de quatro lâmpadas, na quadra da esquerda tem quatro lâmpadas, na quadra da esquerda nenhuma está acesa, na quadra da direita tem uma lâmpada acesa. Então isso eu acho que temos que trabalhar sim fazer uma força-tarefa como eu já disse para o próprio secretário nós temos que fazer uma força-tarefa para resolver alguns problemas do nosso município. A buraqueira que nós temos na nossa cidade que é muito citado no dia a dia, isso os moradores eles cobram através da Rádio Spaço todos os dias essa cobrança. Até veio um projeto para nós votarmos em relação acho que a R$ 1.200.000,00 para fazer as cirurgias eletivas, parabéns para o governo. Acho que tá carente, com a própria doutora Eleonora citou antes, há muito tempo que tá atrasado e acho que o covid fez atrasar muito mais ainda. Então esses dois anos não se fez, aliás, nem se atendeu nos hospitais, só atendia a prioridade estava totalmente para o covid. Então eu acho que a hora sim de fazer algumas ações do momento e que carece e claro depois nós darmos continuidade nas coisas boas, em todas as coisas boas que vinham sendo feito no governo anterior. Muito obrigado, senhor presidente.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Obrigado, vereador Gilberto do Amarante. E a palavra está disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Calebe Coelho.

VER. CALEBE COELHO: Boa noite a todos. Eu estava passando de carro ali próximo ao Moinho, descendo ali já, quando a gente começa a descer perto do Moinho tem um ipê, acho que é um ipê, porque é um ipê roxo uma árvore linda maravilhosa. E tem duas situações para essa árvore eu vejo as pessoas falando “nossa como é lindo” e as pessoas que dizem “bah, mas faz uma sujeira né”.  Sempre nós vamos ter essas duas coisas. No natal nós vamos ter a mesma coisa, vai ter quem vai dizer “nossa como é lindo” e vai tem quem vai dizer “mas quanto custou”. É uma situação que vai acontecer sempre. É normal tá. Então sobre esse assunto é isso que eu queria dizer. Queria dizer também que a partir da próxima semana ou a outra, em 15 dias, vai nós eu vou entrar com um projeto de uma campanha de doação de sangue muito legal aqui para nossa cidade. Que é muito importante doar sangue, gente. A gente vai para praia agora né, quem vai para praia ou quem vai para a serra ou outros lugares e o quê que a gente faz? As pessoas em geral esquecem de doar sangue e aí tem que ter aquelas campanhas correndo ‘venha doar sangue porque baixou o nível’. Então eu tenho um projeto muito interessante para que a gente possa fazer isso de forma perene, um projeto que vai envolver inclusive outras cidades, pode envolver, para chamar a atenção das pessoas sobre a doação. Por que a gente pode doar a cada tanto tempo né e o sangue é uma coisa que salva vida né. Eu já eu já vivi situações que era o outro extremo eu já fui de uma religião que não podia doar sangue, em que as pessoas podiam dizer assim “se tiver que deixar falecer, deixa falecer, porque a gente não quer sangue”. Hoje eu estou do outro lado e estou defendendo a doação de sangue não é, principalmente as pessoas que tem aquele que é universal né, doutora, que aquele é o mais né; essas pessoas eu conversei com uma essa semana eles sofrem um pouquinho, porque sempre chamam né. Mas que honra poder ter um sangue que a qualquer momento pode ser chamado e pode ser usado né. Eu tenho um sangue que não é muito, eu tenho A+, doutora. A+ né. Eu sou uma pessoa positiva até no sangue né. Mas eu acho importante que a gente dê muita atenção para isso. Então para deixar que as pessoas tenham conhecimento então acho de que vai haver um projeto nesse sentido também. Muito obrigado.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Obrigado, vereador Calebe Coelho. E a palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Sandro Trevisan.

VER. SANDRO TREVISAN: Boa noite, senhor presidente, senhores vereadores, senhoras vereadoras, imprensa aqui, pessoas que nos assistem. Eu gostaria de primeira mão no meio dessa nossa discussão tradicional de falar a respeito da informação que tive quem me passou foi o Pablo Barreto, e eles estiveram competindo em Blumenau Pablo Barreto e o Ademar Zini pela AFADEV, quer dizer pela AFADEV não. Eles foram convidados para jogar o goalball, que a gente teve até a oportunidade de participar, alguns vereadores aqui da Casa, e nesse campeonato que eles tiverem em Blumenau eles foram convidados então que ACERGS – Associação de Cegos do Rio Grande do Sul. Chegando lá, conseguiram além de representar então o nosso Estado como se fosse a convocação da seleção gaúcha então né e conseguiram nesse campeonato em Blumenau tirar o 1º lugar, ganharam todos os jogos. Então abraço aí ao Pablo, a AFADEV em si como um todo, né, ao Ademar por representar a nossa cidade, e a gente que foi lá jogar viu o quanto interessante que é porque é algo incrível no sentido de quem tem essa deficiência poder jogar o goalball é algo que dá deve ser muito prazeroso; se foi para nós né, vereadores. Bom, na verdade então eu gostaria de fazer um comentário bem rápido eu sei que isso gera polêmica sim e se tem uma quantidade de luz e reclamação e acho que em Farroupilha na verdade a reclamação da falta de lâmpadas nos postes são tão velhas, é tão velha quanto os próprios postos né e as lâmpadas aqui. Isso não justifica, deve-se ter sim essa troca com certeza deve-se ter essa troca, mas isso não vem de hoje. E mais um detalhe importante é que dentro da medida do possível está se fazendo trocas por um tipo de lâmpada que com o tempo então sendo substituídas essas lâmpadas de LED, a manutenção vai ser bem menor, o consumo é bem menor; então ela é ecologicamente viável para o município. Então se faz algumas coisas. Se faz a troca por lâmpadas LED e ainda se faz a manutenção das que estão sendo feitas. Logo, logo, agora logo estaremos com três caminhõezinhos para fazer a troca isso também acelera o processo. Todas as pessoas têm um investimento e a gente precisa investir, a gente precisa investir sim na iluminação e os valores são justos? Sim, com certeza e o vereador pergunta então. Mas o que a gente precisa fazer com o município para realmente querer se inserir numa rota turística? Nós temos Gramado e temos Bento Gonçalves né. Estamos bem no meio, a gente precisa investir. Aquele carrossel que foi feito aí é uma espécie, uma legítima propaganda de Farroupilha para todos os outros municípios. A quantidade, por exemplo, de postagens que os próprios munícipes fazem ou pessoas que estão ali atingindo pessoas de outro município ela é absurda. É muito bacana ver uma quantidade significativa de pessoas chegando ali olhando na praça e dizendo “cara, que legal que está isso”, “que bacana que está essa iluminação”. E o que me deixaria preocupado nesse sistema todo é que tivesse sido feito alguma coisa de maneira obscura, mas tudo foi planejado tudo foi feito dentro da legalidade. Então eu acredito que, e assim a gente sempre tem alguma necessidade de investimento próprio, mas tem que continuar investindo em si. Por exemplo, eu tenho que continuar me aperfeiçoando de alguma forma e eu já supri todas as necessidades que eu tenho como pessoa? Não, mas uma parte precisa ser investida. Mas assim, outra coisa que a gente pode dizer é que estamos, já lhe cedo, bem rapidinho, outra coisa que a gente está falando assim junto ao Executivo a gente está preocupado com as questões antigas de iluminação tá e logo aí na frente vai sanar. Tem o tempo restante aí, vereador.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Aparte ao vereador Juliano Baumgarten no tempo de 20 segundos.

VER. JULIANO BAUMGARTEN: Senhor presidente, então obrigado, Sandro, pelo aparte. Gente que preocupação com questionamento. Eu voltei alguns anos na história e me senti na Idade Média onde que a ciência questionava o dogma, já abriram o tribunal da inquisição, sou um herege, vou para a fogueira. Muito obrigado pelo aparte.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Obrigado, Vereador Juliano. Encerrou, vereador Sandro?

VER. SANDRO TREVISAN: Sim, senhor presidente.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Obrigado, Vereador Sandro Trevisan. E a palavra está disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador pastor Davi.

VER. DAVI DE ALMEIDA: Senhor presidente, uma boa noite. Boa noite aos senhores vereadores, todos aqueles que estão nos acompanhando estão nas suas casas também nos assistindo. Quero lhe desejar um bom retorno, que Deus possa lhe abençoar poderosamente lhe dando muita saúde nesse tempo né. Senhor presidente, eu quero trazer aqui a esta Casa a lembrança do dia de ontem, dia 31/10, o dia da Reforma Protestante. Um dia que marcou a história, né, trazendo uma reforma através de Martinho Lutero daquilo que ele entendeu né que a salvação ela é pela graça, não é por imposição, não é por pagamento de pecados ou qualquer indulgência. Mas ele teve a felicidade de descobrir tudo isso, deixando para nós as cinco Solas e as 95 Teses né que ele escreveu; que somente a escritura, somente Cristo, somente a graça, somente a fé, e somente Deus e a sua glória. Então é um tempo que nos marca muito, que nos traz uma reflexão daquilo que nós estamos fazendo. E eu reflito aqui com os senhores quando um dia os fariseus trouxeram a Jesus Cristo uma mulher que foi apegada, foi pega no ato de adultério, de promiscuidade e trouxeram ela, doutora Eleonora, a frente de Jesus e então os fariseus olharam para Jesus esperando uma resposta dele obviamente e disseram “Jesus, pegamos essa mulher em pecado”. Jesus ele estava escrevendo né na areia e ali ele ficou, então perguntaram “o que o senhor tem a dizer sobre isso?” Ele levanta, olha para mulher e olha para todos os fariseus, vereador Roque, e ele diz assim: “quem não tiver pecado atire a primeira pedra, quem for melhor do que ela, atire a primeira pedra”. As pessoas, que estavam armadas para jogar as suas pedras, começaram a largar, vereador Mauricio, e daqui a pouco Jesus olha para a mulher e diz assim “onde estão os teus acusadores?” Ela olha para eles, “pois é todos foram embora”. E ele diz “nem eu te condeno, vai e não peques mais”. A gente aprende com essa lição de que a nossa vida ela é cheia de erros e acertos e que a gente precisa procurar acertar, a gente precisa procurar fazer a coisa correta, se aproximar mais daquilo que a gente crê. E eu penso que neste tempo que nós caminhamos agora, nós estamos no mês de novembro, e nós vamos para o encerramento de mais um ciclo, alguns não conseguiram chegar até aqui, outros quem sabe não vão findar o ano e nós estamos buscando o quê para nós como pessoas, para a família, para o município e para tantas outras coisas. Será que nós estamos apegados a coisas vãs, limitadoras, ou nós estamos realmente aqui para buscar o interesse comum e buscar o crescimento da nossa cidade. Eu penso que eu nunca estive à frente do Executivo né ou, enfim, tive a oportunidade de estar à frente por um pequeno tempo da Secretaria da Saúde e as necessidades são gigantes. A gente sabe, vereador Roque, sei que esteve e teve oportunidade de fazer um alvará em um dia, menos que um dia, e facilitou a vida das pessoas, e tantos outros que passaram em tantas outras áreas as necessidades são tantas. E eu penso, presidente, que nós temos que unir esforços, tudo é importante, mas realmente para aquelas coisas que fazem a diferença sabe; investir tempo, tempo de qualidade, coisas que vão deixar nosso legado. E a gente vê que Farroupilha enfrenta muitas dificuldades em muitas áreas, todavia tem muita coisa boa também que está acontecendo. E encerrando esta minha fala e esse pequeno, essa pequena reflexão… Peço espaço de líder, senhor presidente.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Espaço de liderança iniciando agora, vereador pastor Davi.

VER. DAVI DE ALMEIDA: Então trago aqui uma reflexão aos nobres vereadores todos aqui competentíssimos nas suas funções, todos têm buscado o interesse da comunidade, mas eu trago essa reflexão para nós hoje aqui para que a gente possa entender um pouquinho do momento que a gente atravessa né e para o final do ano que nós vamos. Mas também trago aqui um pensamento de quê que bom que o governo Feltrin está investindo na saúde, esse R$ 1.200.000,00. Que bom que essas pessoas serão alcançadas, pessoas que estão ali, sei lá, a cinco seis anos, pessoas que já morreram e não fizeram a cirurgia, pessoas que tiveram que pagar, porque tinham a necessidade; mas que bom que agora a gente vai poder, eu não digo zerar a fila, porque na saúde a gente nunca zera nada. Quando a gente diz que zera a fila de exames a gente nunca zera, fila de cirurgia a gente nunca zera a gente coloca em dia, porque hoje já se gerou uma grande fila. Mas que bom que pelo trabalho e quando a gente ouve a fala da doutora Eleonora dizendo que através de economias e tantas coisas e eu penso que toda economia que o governo faz tem que voltar para o investimento na comunidade, senão não adianta fazer economia né. Mas que bom, que bom que nós vamos também poder investir num centro de atendimento né ao idoso e ter esta creche que o que me parece era uma proposta dos três candidatos né: do Feltrin, do Pedroso e da Glória né. E que bom que este governo tenha a sensibilidade de que há uma grande necessidade quando que o município vai deixar de investir em torno de R$ 4.000,00 por paciente quando aqueles valores são pequenos ainda, doutora Clarice, né que a gente tem que deixar num centro de atendimento e isso vai voltar para a comunidade. A gente traz aqui muitas demandas né de iluminação, de estradas e tantas coisas e eu penso que cada um na sua administração procura fazer o melhor. Na administração que passou Claiton/Pedroso se foi feito muita coisa; eu tive a oportunidade, o privilégio, senhor presidente, de trabalhar e contribuir um pouquinho nessa pandemia, mas penso que isso passou. Passou. Administração Claiton/Pedroso passou é um novo tempo e nós precisamos unir esforços para que a gente possa construir o melhor para a nossa cidade. E quando a gente fala mais do antigo governo e do novo governo, isso para mim às vezes me traz alegria às vezes desconforto, porque eu penso que nós temos que nos unir para o amanhã, ampliar a visão. Nós temos que ampliar a nossa visão, porque o governo Feltrin daqui três anos né também, quem sabe, seja passageiro e vai ficar aquilo que eles puderam contribuir de bom ou de ruim né; analisar como isso foi feito de bom isso poderia ter sido melhor e assim serão os governos e assim nós seremos transitórios nessa Casa. Mas que a gente possa estar aqui realmente né contribuindo para a nossa comunidade. E também para encerrar aqui, senhor presidente, parabenizo o Juliano pela candidatura aí, a pré-candidatura né, Juliano, a deputado estadual. Juliano ele tem feito aqui um pedido que traz polêmica nessa Casa, o gasto, mas o que eu penso da situação ou oposição né que a gente não tem nada para esconder né quando as coisas são transparentes. Se investiu o que se investiu Farroupilha está bonita Farroupilha está radiante o espírito natalino está vindo de encontro né fazendo uma transição quase que pós covid né e isso é bom. E a explicação que vem a essa Casa vem de um vereador que fez um pedido que ele traz consigo a necessidade da informação no detalhe, então eu vejo que nós não temos que nos apegar a informação ali ou essa situação, mas nós temos que sim correr de encontro aos nossos objetivos. Que Deus abençoe esta Casa, que Deus abençoe a todos. Muito obrigado, senhor presidente.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Amém. Pastor Davi com muita propriedade acabou nos trazendo aí inúmeras verdades e até acrescentando, permita-me, nós temos muito mais tempo do que vida. É só quem passa por algumas limitações que quando a gente dá desculpa não temos tempo; nós temos muito mais tempo do que vida. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Com a palavra o vereador Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Senhor presidente, colegas vereadores e vereadoras, as pessoas que nos acompanham de casa. Trazendo uma contribuição muito especial nessa noite, importante para que a gente possa trazer e discutir com os colegas sobre, primeiro sobre essa questão até levantada aqui pelo requerimento do vereador Juliano o pedido de informação do vereador Juliano, quanto à questão do custo do natal, enfim, das despesas com o natal; e também sobre a fala da vereadora Eleonora enquanto falava então sobre os aspectos da importância do custo referente ao natal. Eu sempre digo que uma questão que é muito difícil de mensurar, principalmente numa administração pública, é a relação custo/benefício; muitas vezes um investimento pode parecer na sua totalidade um valor muito alto porque a gente não mensura o que ele pode trazer de benefício para uma comunidade. Então é obviamente percebível de minha parte como vereador que a decoração escolhida pelo natal foi escolhida de muito bom gosto né, a cidade realmente não tem, como o vereador Roque até comentava, está muito bonita no aspecto né de passar pelo centro da cidade, chama a atenção aos olhos de quem é daqui chama atenção dos olhos de quem é de fora. E que entendo que é legítimo o pedido do vereador Juliano ele pede para que a informação venha a essa Casa no aspecto de criar uma forma de mensurar, de fiscalizar, né de entender as decisões administrativas que são única e exclusivamente do mandatário do prefeito. E eu falei aqui muitas vezes que esse vereador jamais vai criar aqui alguma forma de trancar a pauta ou a vida do administrador. Nós precisamos dar confiança ao administrador para que ele desempenhe o seu mandato da melhor forma possível. Por que se ele for bom, se o natal agradar a todos, se a administração estiver bem, que bom, a nossa cidade está bem. Se esse natal puder trazer realmente reativar a felicidade no farroupilhense sim que bom que ele faça né. Inclusive até digo mais aqui à vereadora líder do governo e vereadores de situação eu não vejo problema nenhum nesses atos em que o governo faz esses encontros de convidar todos os vereadores para estar junto; independente de estarmos em situação, imagino que todos aqui estão querendo o bem do nosso município né. E sempre que em algum motivo, em algum momento convidarem esse vereador se possível for, estarei lá. Até encontrei o vereador Mauricio, estava saindo do mercado, naquele exato momento estava saindo da rádio e o vereador Mauricio estava indo embora e percebi que tinha algum alguma espécie de lançamento ali pelo centro, não tem problema nenhum inclusive torço que esse momento que a gente vive na nossa cidade possa trazer e que a preocupação sim da administração seja ter talvez o melhor natal de todos. Mas também sim nós precisamos se preocupar que nós tenhamos o melhor esgoto de todos, nós precisamos se preocupar que nós temos o melhor pavimento de todos, sim nós precisamos se preocupar que nós temos comida na casa do povo. Então quando a gente conseguir que tudo funcione como uma cidade de todos, sim nós vamos estar cumprindo, como o vereador Tadeu falou aqui, a nossa missão que é passageira. E mais se nós conseguirmos fazer tudo, vereador Mauricio, no mandato do prefeito Fabiano, que ótimo a gente não está fazendo nada mais que a nossa obrigação né. Então a gente está fazendo, dando o melhor da gente porque isso foi o que as pessoas confiaram quando votaram para que a gente comandasse o município. Então de nossa forma a gente torce que esse espírito natalino sim possa trazer para nossa cidade o melhor ambiente possível nessa esperança de Natal. E que também me preocupo aqui que a gente possa ter uma ação do governo municipal e inclusive quero me colocar à disposição para o que o governo precisar para que a gente possa ajudar, vereadora Clarice, a muitas famílias da cidade terem um natal digno na sua casa né. Porque hoje a gente foi em sete oito famílias e percebeu que a gente precisa fazer alguma ação social também, emergencial, para que a gente possa ajudar também as famílias. Por que tu imagina a situação de uma de uma criança vai até a praça, vê todo um ambiente chega em casa não tem muitas vezes o que né então se alimentar. A gente precisa que essa Farroupilha linda, bonita e que está despertando muita coisa boa muito sentimento bom, para concluir, senhor presidente, ela possa também estar presente nos momentos da sociedade que não estão que estão precisando do nosso olhar. Muito obrigado.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Obrigado, vereador Tiago Ilha. A palavra está à disposição dos senhores vereadores. Se nenhum dos senhores vereadores quiser mais fazer uso da palavra, encerramos o espaço do pequeno expediente. Passamos ao espaço de comunicação importante para assuntos urgentes e inadiáveis, espaço destinado aos líderes de bancada ou por eles cedido a outro vereador pelo tempo de até 2 minutos.

 

ESPAÇO DE COMUNICAÇÃO

 

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Com o espaço de comunicação importante o vereador Tiago Ilha.

VER. TIAGO ILHA: Aproveitando já o embalo como presidente da comissão de infraestrutura conversei com os meus pares, a gente pede que se possível for, senhor presidente, que a gente crie uma delegação de documentos, um despacho documentos, uma não sei como a gente pode nomear isso para os presidentes de comissões dos projetos que estão tramitando. A gente sabe que tem aqui que ficar que é lido, enfim, mas para que fique mais organizado o senhor presidente poderia fazer uma pasta né com ofício simples e entregar ao presidente da comissão toda a semana que quando ele chega aqui ele se dirige até a Casa retira com quem o senhor achar que tem retirar e depois da reunião, da sessão, devolve junto com a ata. Que daí a gente consegue ter um controle ali parece que mais aprofundado no ponto de vista de distribuição de trabalho né; a gente percebeu essa dificuldade no andamento da comissão. Uma sugestão que eu deixo como líder da bancada e como presidente da comissão.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Perfeito. Muito obrigado, vereador. E as sugestões são sempre bem vindas para o melhor andamento de todo o nosso trabalho. Espaço de comunicação importante para o vereador Gilberto do Amarante por ordem de inscrição.

VER. GILBERTO DO AMARANTE: Senhor presidente, só quero informar que ali na frente a gente vai estar, nos próximos dias, montando, aliás, exercitando aí para fazer a frente parlamentar de obras que vamos estar trabalhando aí na frente dos cabeamentos junta a RGE; coisas que já estamos tocando no meio que só com esse vereador, então vamos ampliar aí o número de vereadores trabalhando no assunto. Muito obrigado, senhor presidente.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Obrigado, vereador. Passamos o espaço de comunicação importante ao vereador pastor Davi.

VER. DAVI DE ALMEIDA: Senhor presidente, quero estender o convite mais uma vez a todos os nobres vereadores que na sexta-feira, dia 5 de novembro, nós vamos ter aqui nessa Casa o “Concerto Didático”. Um projeto do legislativo em ação em parceria com a Escola Pública de Música. Nós vamos então ter aqui um vídeo documentário sobre a primeira década da Banda Municipal Cinquentenário e também a apresentação da nova formação com novo maestro e tal ‘startando’ aí novamente a banda municipal que também ficou parada diante da pandemia né e agora vem para um novo momento. E esse é um dos projetos da cultura que a gente defendeu enquanto no período das eleições né. E agora em parceria também com o Executivo a gente está conseguindo promover a banda municipal, incentivando né que as novas gerações possam também se impulsionar através da música e que a gente possa também ensinar as novas gerações aí um instrumento musical. Então vai ser uma noite muito bacana. É às 19h todos os nobres vereadores e a comunidade está convidada a comparecer nesta sexta-feira. Muito obrigado.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Obrigado, vereador pastor Davi. Comunicação importante para o vereador Roque Severgnini.

VER. ROQUE SEVERGNINI: Senhor presidente, eu faço uso desse espaço para colaborar com o vereador Tiago, Tiago Ilha, na questão das comissões. Eu acho que como reduziu o número de comissões, agora só são três, então o número de projetos que coube a cada comissão analisar aumentou e pelo que eu entendi, a sugestão do vereador Tiago é que fosse preparado uma pauta para comissão pela Casa. A comissão pode ser dirigida ao gabinete de quem preside a comissão ora é um no ano que vem vai ser outro, enfim, mas que recebesse no gabinete uma pauta, os projetos que entraram e que são desta comissão são estes. Então tu tem os projetinhos aí, tu chega para comissão, tu já tem os projetos em mãos e facilita a vida, porque a gente tem aquela sala ali e às vezes uma comissão fica esperando a outra terminar, porque às vezes precisa ficar se organizando. Então se chegar já meio que organizado ganha tempo, todas as comissões conseguem dar conta do recado mais rapidamente e todos ganham tempo com isso. Na verdade seria uma preparação de pauta roteirizada aí projeto nº 10/15/20/30, enfim, estão para dar parecer na comissão ‘X’. Uma coisa só acho que a primeira é um pouquinho mais difícil de organizar, mas depois pega o embalo aí já fica fácil também para a Casa organizar e dar a pauta pronta para as comissões. Era isso; obrigado.

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Perfeito. Obrigado, vereador Roque Severgnini. E o espaço está aberto para comunicação importante. Se nenhum dos senhores vereadores quiser usar esse espaço, encerramos o espaço de comunicação importante. Espaço destinado ao presidente, tempo de cinco minutos, para avisos e informações sobre assuntos institucionais do legislativo.

 

ESPAÇO DO PRESIDENTE

 

PRES. TADEU SALIB DOS SANTOS: Em não havendo assuntos para serem tratados pelo presidente exclusivamente, estamos encerrando os trabalhos da presente sessão desejando a todos… Antes nós temos o encaminhamento às Comissões de Legislação, Justiça e Redação, e Infraestrutura, Desenvolvimento e Bem-Estar os projetos de lei do executivo nº 51/2021, nº 53/2021, nº 54/2021 e nº 55/2021; às Comissões de Legislação, Justiça e Redação, Orçamentos, Finanças e Contas Públicas os projetos de lei do executivo nº 52/2021 e nº 56/2021; às Comissões de Legislação, Justiça e Redação, e Infraestrutura, Desenvolvimento e Bem-Estar Social o projeto de lei do legislativo nº 47/2020. Agora sim, nada mais a ser tratado, declaro encerrada a presente sessão ordinária. Boa noite a todos.

 

 

 

 

Tadeu Salib dos Santos

Vereador presidente

 

 

 

 

Felipe Maioli

Vereador 1º secretário

 

 

OBS: Gravação, digitação e revisão de atas: Assessoria Legislativa e Apoio Administrativo.